Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistarEntrar
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Resistência

Ir para baixo 
+9
José Miguel
analog_sa
ricardo.canelas
galvaorod
tomaz
PedroH
Alexandre Vieira
TD124
agorgal
13 participantes
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
PedroH
Membro AAP



Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 10:56

Hoje li uma boa noticia de alguem que finalmente mostra coragem neste conflito , o Chamceler Austriaco Karl Nehammer

Este em vez de andar a vender ou a oferecer armas e a atirar lenha para a fogueira, faz aquilo que eu defendo, tentar a todo o custo se manter neutro e negociar a paz. Resistência - Página 5 754215



https://pt.euronews.com/2022/04/10/chanceler-da-austria-encontra-se-com-putin-nesta-segunda-feira
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 11:19

José Miguel escreveu:


Ler os textos desse senhor no Observador até dói, mas cada vez compreendo melhor como já se escreveu neste fórum sobre "marxismo cultural" (apontando com a outra mão os problemas do capitalismo e seus valores) ou sobre o que são os valores do nacionalismo (ai a globalização que mata a identidade), como se explica que não há racismo em Portugal e no mundo  

O racismo institucional como ele diz houve e acabou , houve  nos EUA e na Africa do Sul como apartheid , hoje e em Portugal não existe, é uma criação da extrema esquerda como instrumentalização politica . Alias este assunto é para ser discutido no tópico ao lado,  já foi desmistificado por várias pessoas uma delas Ossada Liber que fundou uma partido recentemente.

A obra literária de Gabriel Mithá Ribeiro não se resume a pequenos textos no observador ele tem vários livros editados como moçambicano que é tem vários livros editados e é doutorado em estudos africanos. É uma obra formidável !!

Claro que os textos dele tem uma linhagem diferente daquilo que o "politicamente correto" dos radicais de esquerda nos tentam transmitir.

Se prefere e se acha normal a lavagem cerebral que estamos habituados  de Fernando Rosas , Joana Gorjão Henriques, Joacine Katar Moreira ou Mamadu Ba que anda a fazer videos para matar o homem branco, tudo bem neste sistema de alienação mental estes terroristas que mencionei até ganham prémios , portanto são "oficialmente" o  "politicamente corretos" .

Eu não não faço parte do "politicamente correto"  dos dias de hoje. E esta ideia tem de ser desconstruída


Antes de se falar convem se conhecer um pouco da pessoa em questão.



Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 11:48

TD124 escreveu:


A França desagregou-se nestes ultimos trinta anos em que aqui vivo... a direita e a esquerda classica desapareceram complétamente abrindo a porta aos dois extremos.

Não vivo em França mas das minhas visitas a França tenho vindo a notar uma acentuada degradação social , da França liberal progressiva de outros tempos onde tinha uma sociedade avançada  hoje é uma França cheia de problemas social de vandalismo, criminalidade fruto de uma politica de emigração desenfreada e de outros factores desestruturantes dessa nação.

Acredito que em breve os franceses a sofrer na pele as politicas desastrosas de Macron possam mudar o rumo da politica do país.






Citação :

Jà disse que não gosto da Europa (CEE) tal qual é hoje e que sou um europeu 2.0. Também não gostei da mão estendida à Ucrânia pela Von Der Leyen em Kiev. Ou fazemos a Europa do De Gaulle do atlantico até ao ural... ou uma Europa de afinidades socio-politicas pois o que temos hoje é bastardo! Apesar do que digo e porque gostaria de acreditar nesta utopia, no sentido do De Gaulle, deixo a bandeira da Europa como simbolo dessa união sagrada. Recusei três vezes a nacionalidade francesa pois sinto-me mais português do que françês mas... pelas mesmas razões abandonaria amanhã a nacionalidade portuguesa para me tornar europeu, é assim!...


A  UE não passa de uma aliança com todos os pós e contras que cada aliança tem, é apenas isso, não representa um povo nem os paises todos europeus tanto que o UK e muitos outros paises não fazem parte dela.

A UE esteve em risco por várias vezes,  agora com a guerra os defensores dela tentam aproveitar a deixa e alarga-la de mão beijada , não sei se é bom ou mau ou o que isto implicará de positivo num futuro proximo para o futuro da UE
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 13:41

PedroH escreveu:


O racismo institucional como ele diz houve e acabou , houve  nos EUA e na Africa do Sul como apartheid , hoje e em Portugal não existe, é uma criação da extrema esquerda como instrumentalização politica . Alias este assunto é para ser discutido no tópico ao lado,  já foi desmistificado por várias pessoas uma delas Ossada Liber que fundou uma partido recentemente.

(...)

Eu já disse ao Pedro que a aplicação da Lógica serve para auxiliar o pensamento - quer falar de filosofia e de filósofos, pelo menos leve a sua conversa a sério.

O Gabriel Mithá tem um pensamento de expressão pública entrelaçado em teorias conspirativas de alcance universal... o problema é que ele não fala apenas de racismo institucional, o Pedro se leu mesmo devia saber e não atirar areia para os olhos alheios. O argumento para responsabilizar o chumbo do seu nome para Vice Presidente da Assembleia da República tem uma premissa de racismo e na conclusão está a tentativa de exclusão racial.

Ler um artigo ou um livro merece o mesmo empenho, a tentativa de sistematizar o pensamento por parte do Gabriel Mithá permite-nos compreender o alcance que ele quer atingir... como disse, as teorias da conspiração.

Apelar a teorias de esquerda num mundo cada vez mais capitalista... nem na China o Comunismo consegue impor regras sem força, tal é o grau de penetração do capitalismo na sociedade.

Cada um segue o que quer, chamar alienado aos que tentam compreender as coisas e não seguir umas conversas/textos/teorias que se encontram na internet torna-o menos alienado?
Pense lá nisto.

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 16:09

José Miguel escreveu:




O Gabriel Mithá tem um pensamento de expressão pública entrelaçado em teorias conspirativas de alcance universal... o problema é que ele não fala apenas de racismo institucional, o Pedro se leu mesmo devia saber e não atirar areia para os olhos alheios. O argumento para responsabilizar o chumbo do seu nome para Vice Presidente da Assembleia da República tem uma premissa de racismo e na conclusão está a tentativa de exclusão racial.

Ler um artigo ou um livro merece o mesmo empenho, a tentativa de sistematizar o pensamento por parte do Gabriel Mithá permite-nos compreender o alcance que ele quer atingir... como disse, as teorias da conspiração.
.

Não é teorias da conspiração!  a sociedade está feita por esquerdistas radicais, veja que ligações partidárias tem os históriadores das tvs como Fernando Rosas, veja quem escreve para jornais tipo o Publico, DN, Expresso etc...  e por aí fora que ao longo de várias decadas dizem o escrevem o que eles querem dentro da ideologia deles.

Sobre o que ele disse sobre o "chumbo" foi uma "boca" á esquerda, na verdade a esquerda nas ultimas decadas apagou completamente tudo o que não é de esquerda especialmente os lusofonos africanos de direita.

mais uma vez não é conspiração, quantos conhece? quantas ruas existem com o nome deles? zero!!!  existem ruas com marxistas como Amilcar Cabral que foi um guineese que andou a matar portugueses  etc e tal mas por exemplo um Marcelino da Mata que salvou portugueses e foi o militar mais condecorado da história portuguesa quantas ruas tem com o nome dele?  eu não conheço nenhuma. Quantas ruas temos como nome Honório Pereira Barreto Governador portugues africano? zero!!!  antes do 25 de Abril até um navio da marinha tinha o nome dele , hoje ele foi apagado da história , porque para os esquerdistas a história só pode ter negros  como escravos e brancos como opressores é essa a doutrina marxista ensinada e que não é nem de perto nem de longe a história verdadeira.

Daí o Gabriel Mitha Ribeiro seja escorraçado pela esquerda , não só por ser de direita mas ainda mais por ser um lusofono africano de direita.

Curioso tambem o partido mais acusado pela esquerda de ser racista ser precisamente esse o partido que tem como vice- Presidente  um deputado mulato moçambicano.
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 17:11

Uma coisa curiosa nestes "bastidores" da guerra é que os protesto tem varias frentes um pouco por toda a europa e não só , eu já tinha reparado que cá em Portugal já havia "guerra" entre russos e ucranianos nas redes sociais, mas o "fenómeno" ganha um maior formato por exemplo na Alemanha

https://cnnportugal.iol.pt/guerra/frankfurt/por-toda-a-alemanha-ha-protestos-a-favor-da-russia-e-vozes-ucranianas-a-dar-lhes-resposta/20220410/62530bc90cf2f9a86e9daf30


Por outro lado até nos refugiados ucranianos se teme que sejam "ajudados " por pró-russos infiltrados , diz a embaixadora da Ucrânia


https://cnnportugal.iol.pt/russia/embaixada/embaixadora-da-ucrania-teme-pela-seguranca-dos-refugiados-ucranianos-em-portugal-e-alertou-governo-sobre-infiltrados-pro-russos-em-organizacoes-que-os-acolhem/20220408/624f8b2d0cf2f9a86e9d4002


Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 17:39

PedroH escreveu:

(...)
Daí o Gabriel Mitha Ribeiro seja escorraçado pela esquerda , não só por ser de direita mas ainda mais por ser um lusofono africano de direita.

Curioso tambem o partido mais acusado pela esquerda de ser racista ser precisamente esse o partido que tem  como vice- Presidente  um deputado mulato moçambicano.

O Pedro gosta muito de acusar os outro de alienados, mas há frases suas que são quase impossíveis (diz o slogan de uma marca que "impossible is nothing") de não serem coladas a um tal nível de fanatismo que apenas a incapacidade de compreender o dito pode perdoar (já que gosta de filosofia, leia sobre saber fazer sem consciência).

Engolir um discurso desses e tomar como verdade é altamente problemático (mas as coisas são o que nelas colocamos), pensar um discurso desses como válido (insisto, quer debater de forma séria, pense a formalidade dos raciocínios) coloca-o perto do abismo do absurdo - já lhe expliquei que um argumento válido (e isto de forma muito simples, mas o que aí está é um argumento) é o que tem a conclusão obrigatoriamente verdadeira quando as premissas são verdadeiras.


Gosta de deduzir coisas a partir de teorias (para não dizer da conspiração, direi apenas teorias), conheço pessoas que se dizem de esquerda e usam as mesmas premissas para acusar o estado das coisas (da saúde ao ensino, da economia à agricultura...) como responsabilidade do capitalismo e da ambição desmedida.

Isto não é gozo, no sábado tive uma animada conversa sobre estes temas, em alguns momentos senti-me o "advogado do diabo", do capitalismo como forma da evolução do Homem e que se tornou imparável.


Mais uma coisa: aconselho a investigar sobre pedagogia, cruze os dados reais e não fantasiosos que por vezes debita por aqui, e verifique como a evolução do ensino tem prejudicado de forma sistemática as classes mais baixas e as que mais necessitam do elevador social.

Deixe lá isso do marxismo social, viu isso algures e pensa que por ser uma arma de arremesso contra o pensamento mais à esquerda repete.

Eu poderia pegar em palavra por palavra e dizer que há um "hobbesianismo social" e que os lobos afortunados querem manter o grosso da população ignorante e entretida com telefones e joguinhos na escola para nunca se afirmarem ou questionarem o real estado das coisas.

Veja lá se não faz sentido e adere a esta minha ideia.
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 18:21

José Miguel escreveu:



Mais uma coisa: aconselho a investigar sobre pedagogia, cruze os dados reais e não fantasiosos que por vezes debita por aqui, e verifique como a evolução do ensino tem prejudicado de forma sistemática as classes mais baixas e as que mais necessitam do elevador social.



.

Você tocou num ponto interessante,  se leu tudo o que escrevi certamente leu que eu defendo um Estado Social com Educação e Saúde gratuitos , portanto para estudar as classes baixas tem de ter o mesmo nivel que as altas,  nesses aspeto sou mais esquerdista que as direita em Portugal tendencialmente mais neoliberalistas .
Concordo plenamente quando um PCP ou BE defende o SNS e outras coisas,  mas isso já existia entre deste ultimo partido existir
Seja como for a defesa de um Estado Social com os direitos básica gratuítos não é um mesmo de uma politica vitimista de esquerda que coloca uns contra outros e divide a sociedade entre vitimas e opressores entre pretos e brancos entre sentimentos de culpa internacionais e etc.
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 20:39

PedroH escreveu:

(...)
...uma historia feita por eles só esquerdistas , terroristas e comunistas
(...)



Por falar em terroristas e por falar em Spínola: Este general, cujo ódio à esquerda e aos comunistas nada fica a dever ao seu, fundou o MDLP (Movimento Democrático de Libertação de Portugal), responsável por mais de quinhentas acções terroristas, um quinto das quais atentados à bomba.
Vários mortos, muitos feridos e muitas sedes de partidos destruídas, partidos de esquerda ou extrema-esquerda. Repito o nome do movimento liderado pelo general Spínola: Movimento Democrático de Libertação de Portugal!

Pelo menos as Forças Populares 25 de Abril tinham um nome mais generoso e menos enganador.

Quanto ao chanceler austríaco: ele não foi a Moscovo negociar nem tão pouco o poderia fazer. O "Pedro H" precisa de ler as notícias com mais atenção, eventualmente cruzar várias fontes...
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 20:59

agorgal escreveu:


Por falar em terroristas e por falar em Spínola: Este general, cujo ódio à esquerda e aos comunistas nada fica a dever ao seu, fundou o MDLP (Movimento Democrático de Libertação de Portugal), responsável por mais de quinhentas acções terroristas, um quinto dos quais atentados à bomba.
Vários mortos, muitos feridos e muitas sedes de partidos destruídas, partidos de esquerda ou extrema-esquerda. Repito o nome do movimento liderado pelo general Spínola: Movimento Democrático de Libertação de Portugal!

Pelo menos as Forças Populares 25 de Abril tinham um nome mais generoso e menos enganador.

Depois do 25de Abril alguem queria fazer de Portugal uma ditadura comunista, esse movimento revolucionário lutou e opôs-se a isso mesmo, até podia dar uma guerra civil, originou o 25 de novembro e com isso a democracia, o movimento acabou depois.   A acção desse movimento foi para o bem de todos, especialmente os que acreditam num Portugal livre e democrático.


Já as FP25 de Abril foi um grupo terrorista de extrema esquerda em era democrática, ou seja eram radicais anti democráticos que achavam que resolviam os problemas de um país democrático pela lei da bomba.  Entre um e outtro grupo não existe a minima comparação nem legitimidade.


.
Citação :


Quanto ao chanceler austríaco: ele não foi a Moscovo negociar nem tão pouco o poderia fazer. O "Pedro H" precisa de ler as notícias com mais atenção, eventualmente cruzar várias fontes...

Você então tem de se queixar á RTP do Estado por andar a noticiar noticias falsas
https://www.rtp.pt/noticias/mundo/chanceler-austriaco-em-moscovo-para-construir-pontes-de-dialogo-com-putin_n1397767

a sic disse o mesmo

https://sicnoticias.pt/mundo/conflito-russia-ucrania/foi-um-dialogo-muito-direto-e-duro-chanceler-da-austria-reuniu-se-em-moscovo-com-putin/

Se calhar estão todos errados e só você está certo...
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 21:19

PedroH escreveu:

 
...A acção desse movimento foi para o bem de todos, especialmente os que acreditam num Portugal livre e democrático.



Ok, já percebi: terrorismo de direita (de extrema direita) é uma boa acção pela democracia; terrorismo de esquerda (de extrema esquerda) é uma má acção pela democracia.

Defende um modelo de democracia à bomba!!! Contra os esquerdistas marchar, marchar...

Quanto ao chanceler austríaco: dialogar não é negociar, dialogar é trocar ideias, negociar é trocar coisas.
Nem Putin está virado para negociações, nunca as quis, muito menos as quer agora. Negociar para ele significa derrota militar. Não negociará enquanto não puder provar, perante o seu povo, uma inequívoca vitória militar. Se esta inequívoca vitória militar não existir dentro de um relativamente breve período de tempo, bye, bye Putin...

Putin apenas negociará quando puder impor condições leoninas. E essas condições serão apenas e tão só o fim da Ucrânia como nós a conhecemos: o acesso ao mar de Azov e as província do Donbass, e, penso eu, Odessa e o acesso ao Mar Negro !
Isto é outra coisa que ainda não percebeu, as verdadeiras intenções de quem governa a Rússia de hoje.
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 21:32

PedroH escreveu:
 

Ok, já percebi: terrorismo de direita (de extrema direita) é uma boa acção pela democracia; terrorismo de esquerda (de extrema esquerda) é uma má acção pela democracia.

Defende um modelo de democracia à bomba!!! Contra os esquerdistas marchar, marchar

Você está a comparar um movimento impossivel de comparar,  alias cronologicamente imcomparável ,  portanto não ha comparação alguma,  o Movimento Democrático de Libertação de Portugal existiu logo após o 25 de Abril numa epoca em que não havia democrácia, a revolução do 25 de Abril trouxe a Liberdade mas o 25 de Novembro trouxe a democracia,  devemos estar gratos a quem lutou pela democracia , tanto como quem lutou pela liberdade.  Spinola é tão heroí como Salgueiro Maia

Já as fp25abril foi nos anos 80 uma organização terrorista e criminosa sem qualquer lógica  numa era em que a democracia já existia há vários anos.

Citação :

Quanto ao chanceler austríaco: dialogar não é negociar, dialogar é trocar ideias, negociar é trocar coisas.
Nem Putin está virado para negociações, nunca as quis, muito menos as quer agora. Negociar para ele significa derrota militar. Não negociará enquanto não puder provar, perante o seu povo, uma inequívoca vitória militar. Se esta inequívoca vitória militar não existir dentro de um relativamente breve período de tempo, bye, bye Putin...

O chamceler austriaco não foi negociar foi tentar servir eventualmente de mediador,  se o Putin está disposto a negociar não sabemos,  até pode estar e o Zalensky não aceitar as negociações,  seja como for é de louvar estas atitudes diplomáticas[/quote]
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 21:55


As negociações que têm decorrido e de que deve ter ouvido falar, na Bielorussia e em Istambul, são aquilo que eu chamo de "encher pneus", são só um fingimento da parte da Rússia: Putin apenas negociará quando puder impor condições leoninas. E essas condições serão apenas e tão só o fim da Ucrânia como nós a conhecemos: o fim do acesso ao mar de Azov, o domínio das província do Donbass, e, penso eu, Odessa e o acesso ao Mar Negro !
Isto é uma outra coisa que ainda não entendeu: quais são as verdadeiras intenções de quem governa a Rússia de hoje. Ou, se entendeu, também partilha desses interesses e dessa forma de fazer geo-política, coisa que, à luz do que vem escrevendo, eu compreendo.


Quanto às suas observações sobre a democracia portuguesa, abstenho-me de comentar. A sua visão deste período da nossa História é tão redutora, tão preto-e-branco, que não tenho português (nem pachorra) para argumentar.


Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 22:34

agorgal escreveu:




Quanto às suas observações sobre a democracia portuguesa, abstenho-me de comentar. A sua visão deste período da nossa História é tão redutora, tão preto-e-branco, que não tenho português (nem pachorra) para argumentar.


Se aprendeu história com professores tipo Fernando Rosas ou outro radical de esquerda acredito que sim.  Longe vai o tempo em que a história era bem contada pelo saudoso José Hermano Saraiva .




Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 11 2022, 22:46

PedroH escreveu:


Se aprendeu história com professores tipo Fernando Rosas ou outro radical de esquerda acredito que sim.  Longe vai o tempo em que a história era bem contada pelo saudoso José Hermano Saraiva .


Não, não aprendi nada do 25 de Abril com ninguém. Estive na rua, tive a felicidade de viver esse dia com o povo que desceu à rua.
E vivi cada dia que se seguiu ao 25 de Abril com a intensidade de quem, com 16-17 anos, descobre o que é ser livre, livre de pensar, livre de dizer, livre de gritar! Militei em partidos políticos, aprendi/falei de política com a esquerda e com a direita.

E, nesses dias de descoberta/aprendizagem/luta, aprendi a ser o que sou: um ser humano livre, difícil de ser enganado, impossível de ser domado!

Nasci numa família politicamente informada, com ideais, com esperança num mundo melhor. Apenas continuo com essa herança.
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 10:41

agorgal escreveu:


Não, não aprendi nada do 25 de Abril com ninguém. Estive na rua, tive a felicidade de viver esse dia com o povo que desceu à rua.
E vivi cada dia que se seguiu ao 25 de Abril com a intensidade de quem, com 16-17 anos, descobre o que é ser livre, livre de pensar, livre de dizer, livre de gritar! Militei em partidos políticos, aprendi/falei de política com a esquerda e com a direita.

E, nesses dias de descoberta/aprendizagem/luta, aprendi a ser o que sou: um ser humano livre, difícil de ser enganado, impossível de ser domado!

.

Ainda bem, mas o 25 de Novembro não tira o protagonismo do 25 de Abril, nem um anula o outro, os 2 se complementam, Abril só ficou completo com o 25 Novembro, porque um trouxe a liberdade o outro a estabilidade democrática.



Sobre a Ucrânia


Zalensky visita os militares no terreno, este video tem 1 ano, e já a Ucrânia estava numa guerra civil , hoje com a ofensiva Russa esquecemos que alem do russos os ucranianos ainda enfrentam os separatistas pró russos que não acabaram, estes separatistas são ucranianos tambem que querem ser independentes.




Aqui uma noticia recente da tomada de Mariupol por separatistas , o que ainda complica mais toda esta situação na Ucrânia alem dos russos os ucranianos tem o problema da guerra interna há vários anos com os separatistas.

https://www.publico.pt/2022/04/11/mundo/noticia/separatistas-prorussos-conquistado-zona-portuaria-mariupol-2002161
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 10:54

PedroH escreveu:
José Miguel escreveu:



Mais uma coisa: aconselho a investigar sobre pedagogia, cruze os dados reais e não fantasiosos que por vezes debita por aqui, e verifique como a evolução do ensino tem prejudicado de forma sistemática as classes mais baixas e as que mais necessitam do elevador social.



.

Você tocou num ponto interessante,  se leu tudo o que escrevi certamente leu que eu defendo um Estado Social com Educação e Saúde gratuitos , portanto para estudar as classes baixas tem de ter o mesmo nivel que as altas,  nesses aspeto sou mais esquerdista que as direita em Portugal tendencialmente mais neoliberalistas .
Concordo plenamente quando um PCP ou BE defende o SNS e outras coisas,  mas isso já existia entre deste ultimo partido existir
Seja como for a defesa de um Estado Social com os direitos básica gratuítos não é um mesmo de uma politica vitimista de esquerda que coloca uns contra outros e divide a sociedade entre vitimas e opressores entre pretos e brancos entre sentimentos de culpa internacionais e etc.

O Pedro responde a todos as questões com a mesma ideia, creio que se dedicar umas horas a essa ideia terminará com uma teoria unificadora para as ditas ciências sociais e humanas - possa, nem sei se está a par das correntes de pedagogia, origem e como têm sido aplicadas por esse mundo fora... em Portugal há muito seguidismo nas escolas, acabamos por tentar beber de teorias já experimentadas em outros lugares e com resultados duvidosos. Como creio que saberá, os países que acabamos por seguir não são propriamente de esquerda, mas como acredita que há uma conspiração global...

Bem sei que pretende um mundo onde cada nação deveria ser um pouco mais fechada e protectora dos seus valores, mas aconselho a ler umas coisas mais actuais sobre a possibilidade de travar a evolução do desenvolvimento das sociedades. Travar a globalização é impossível, nem mil milhões a pensar como você travariam o avanço, simplesmente estamos perante um motor sem travão.

Poderemos corrigir coisas à superfície, podermos limar arestas para o motor se mover melhor e de forma mais eficiente, mas não o iremos colocar a rodar ao contrário.

O Mundo rege-se pelos valores que fundaram o conceito de "direita", não pelos que fundaram o conceito de "esquerda". Em todo o caso, cá estarei para ler tentativas de reescrever a História, não conte é que seja um seguidista de argumentos inválidos.

analog_sa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 11:46

José Miguel escreveu:


Como creio que saberá, os países que acabamos por seguir não são propriamente de esquerda
eu não sei o que se refere ao dizer países de esquerda, se está a falar de países comunistas tipo Venezuela ou Cuba isso não, mesmo assim temos uma Rua com o nome de Hugo Chavez

Os portugueses seguem é as importações dos fenómenos esquerdistas da moda, como  o "wokismo" , e os fanatismos, hoje se várias camaras municipais tem a bandeira da Ucrania, ha uns tempo tinham a bandeira LGBT, antes a do "Black Lives Matter" na cidade onde nasci até a bandeira cigana esteve num mastro da camara e eu posso garantir que esse pessoal nada vez nunca pela cidade alem de espancar médicos e enfermeiros no hospital Garcia da Orta




Citação :

Bem sei que pretende um mundo onde cada nação deveria ser um pouco mais fechada e protectora dos seus valores, mas aconselho a ler umas coisas mais actuais sobre a possibilidade de travar a evolução do desenvolvimento das sociedades. Travar a globalização é impossível, nem mil milhões a pensar como você travariam o avanço, simplesmente estamos perante um motor sem travão.
 Ninguem falou em travar a globalização,  longe disso, e curiosamente é bom não se esquecer que foram os portugueses que inventaram a o primeiro formato de globalização que foi evoluindo até ao que temos hoje.


O problema é não depender em demasia de uma globalização porque ela foi invetada para enriquecer não para nos tornar mais pobres e dependentes.



Citação :

O Mundo rege-se pelos valores que fundaram o conceito de "direita", não pelos que fundaram o conceito de "esquerda". Em todo o caso, cá estarei para ler tentativas de reescrever a História, não conte é que seja um seguidista de argumentos inválidos.

O conceito "direita / esquerda" é muito vago, muito discutível , lembro há  cerca de 2 ou 3 anos se um episódio meio hilariante de Bolsonaro numa visita a Israel afirmar e bater o pé  que Hitler era de esquerda , quem quem defenda que o socialismo é sempre de esquerda e as politicas capitalistas de direita.

Nós cá somos de esquerda, temos um Estado grande que tenta controlar tudo ,colocamos numa posição de ultimo lugar no ranking de riqueza dentro da UE mas até paga uma reforma á ministra da justiça de 6200euros , portanto está tudo bem Resistência - Página 5 843159
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 14:15

Como já lhe disse Pedro, está a tentar uma teoria unificadora onde tudo acabará por ser acusado de esquerda e rebanho... menos os crentes na tal teoria.

Quer continuar a bater na tecla da esquerda e dos chavões que servem para acusar de forma descontextualizada, por mim tudo bem. Quer sonhar com um Portugal que inventou a globalização, força. Não queira é que as pessoas comam e calem.

Portugal inventou o quê?
As viagens?
Já se faziam.
As trocas comerciais?
Já se faziam.
As trocas de ideias e cultura?
Já se faziam.

Vou contar-lhe uma coisa: um pensador antigo, depois de ver o efeito das cheias do Nilo, pensou que o elemento água era fundamental para a vida... veja lá, estas ideias saíram de Mileto para muitas paragens em 600 a.c. (mais ou menos).

A sua visão de Portugal é como a visão da Rússia ou Ucrânia, desfocada. Há muito mais para lá do que gostamos e o que gostamos não deixa de merecer o nosso empenho por ser outra coisa.

A complexidade de alguns temas merece a simplicidade das ideias. Wink
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 14:30

José Miguel escreveu:

Quer sonhar com um Portugal que inventou a globalização, força. Não queira é que as pessoas comam e calem.

Portugal inventou o quê?
As viagens?
Já se faziam.
As trocas comerciais?
Já se faziam.
As trocas de ideias e cultura?
Já se faziam.

Querem ver que alem de apagarem os africanos da história portuguesa agora tambem querem apagar as 1º forma de globalização ? quem foram os primeiros europeus a chegar ao Japão? e a negociar por mar em grande escala entre a asia e america?
Olhe que a globalização pioneira portuguesa foi bastante falada e defendida pelo PS por exemplo numas das web summit de Lisboa.

E mais, e relação e a importância que portugueses tiveram no Japão mudaram para sempre a história do Japão quer comercial, quer cultural, quer até em terem tornado um Japão com uma soberania muito mais forte.


Alias este tipo de comemorações é feita anualmente no Japão e avocar a história japonesa, de salientar que o Japão é um povo extremamente orgulhoso e organizado e inteligente.

Resistência - Página 5 Image


Este assunto dava conversa para mangas mas vamos ficar aqui só por o tema Ucrânia .

Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 18:02

PedroH escreveu:

(...)
Olhe que a globalização pioneira portuguesa foi bastante falada e defendida pelo PS por exemplo numas das  web summit  de Lisboa.

(...)

Não resisto: mas afinal quem é que anda a reboque das ideias de esquerda!?! dvil

Para si o mundo e a civilização começaram com os Portugueses e Espanhóis, fomos aquelas máquinas!

O tema é a Resistência que um povo e nação podem ter perante ataques, algo que só é compreendido com a abertura possível para se compreender que o passado é algo em constante mutação, pois a História é de quem a conta. Assim sendo, se vamos olhar para a História sem o mínimo de regras, estamos tramados.

Só os distraídos acompanham esse tipo de conversa, eu quando era criança e aprendia Economia via no meu professor um exemplo de como se pode contar as mais belas estórias da nossa História. Chegamos primeiro à Austrália, fomos colonizadores bondosos e sempre deixamos um rasto de generosidade nas terras por onde fomos passando, desbravamos o mundo e erguemos a bandeira da globalização, elevamos a fasquia para os outros, relatamos os nossos feitos no mais poderoso e completo texto alguma vez escrito, etc. O problema é que na aula seguinte logo se aprendiam outras coisas e o que os Portugueses fizeram num dado momento e na escala possível para esse momento, outros fizeram muito antes na escala possível para o tempo.

Cada um compra o que quer, mas a distração ou o excesso de foco (limite curto de horizonte), pode conduzir à pura especulação e teorias estranhas para chegar aos acontecimentos na Ucrânia. Estes não precisam de justificação nas longínquas páginas escritas da História, pois é muito fácil verificar que há erros sem justificação. Anda tudo ligado, como dizia o outro, mas por vezes é preciso saber desligar para melhor compreender.

Sou um orgulhoso Português e já disso fui acusado (no bom sentido!Smile ) por aqui, mas não sou nem cego nem acredito em tudo o que dizem por ser simpático para o meu gosto. Estamos longe de sermos os "maus" que por vezes aceitamos e estamos igualmente longe de sermos os "melhores" que tendemos a acreditar quando alguém de fora diz.

A maior resistência, a que mais nos pode valer neste momento, é a que podemos aplicar para não seguirmos as supostas verdades fáceis. Faz uma meia-dúzia de anos que toda a gente se lembrou de falar em pós-verdade, mas isso já é coisa velha, antiga... dá trabalho, mas quem quer compreender que chão pisa, procura cruzar os dados que tem e não segue pela mão a teoria que mais vai ao encontro das nossas crenças - as crenças devem passar quase todas pelo tribunal da razão, deixo de fora as metafísicas pela sua natureza.
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 18:39

José Miguel escreveu:
PedroH escreveu:

(...)
Olhe que a globalização pioneira portuguesa foi bastante falada e defendida pelo PS por exemplo numas das  web summit  de Lisboa.

(...)

Não resisto: mas afinal quem é que anda a reboque das ideias de esquerda!?! dvil

Para si o mundo e a civilização começaram com os Portugueses e Espanhóis, fomos aquelas máquinas!
.

Portugal e Espanha são as 2 maiores civilizações do mundo ocidental mas não foram as primeiras a civilização do mundo e neste caso l começou com as grandes colonizações muito anteriores e Portugal e Espanha, no nosso caso entre varias mais influentes durante muitos seculos foram a romana e a moura, eles é que trouxeram a civilização que permitiram depois que essa civilização fosse transmitida a outros , por alguma razão o espanhol é a 2ª lingua mais falada no mundo e o português a 6ª .

Segundo as ideias de esquerda e curiosamente o Dr Gabriel Mithá Ribeiro na sua obra colonial fala nisso, a esquerda gosta de vanglorizar o legado de forma positiva deixado pelo romanos e mouros mas depois o legado europeu no mundo resume tudo a escravos e toda uma visão apenas negativa... o que é uma falsidade tremenda e uma enorme hipocrisia, pois se pensarmos tanta próprio 1ºministro é fruto desse legado assim como imensos milhões de pessoas pelo mundo.
Dai para reforçar a ideia que era tudo escravos terem "apagado" os africanos influentes da história de Portugal entre muitas outras coisas.

Basta se pensar que um país com tão pouca população no seculo XV nunca podia ter feito um império em 4 continentes se não tivesse forte apoio local , isto é um assunto muito interessado desde a asia ao Brasil, quem fez esses paises foram portugueses mas não era na sua totalidade europeus, por exemplo no Brasil os bandeirantes portugueses muitos eram caboclos , em Africa vários governadores e chefes de regiões eram africanos e na asia asiáticos .

Totalmente diferente dos ingleses, alias basta comparar a america que fala espanhol e português da américa que fala inglês, a que fala espanhol e português tem muitos povos nativos e mestiços , a que fala inglês tem pessoas de aspeto europeu puro.

E já agora a história cada um compra o que quer, é e não é... há provas evidentes para se duvidar dos radicais , dos fundamentalistas . E cada povo tem a sua história e ela diz muito da forma de pensar e de estar, por isso falei um pouco da história recente da Ucrânia que alem de estar a ser invadida pela Russia anda tem uma guerra civil para resolver desde 2014 e que alguns destes ataques foram feitas por separatistas pró-russos .

Isto torna complicado ainda mais o conflito e mesmo com uma retirada russa as zonas dos separatistas dentro da Ucrânia estão por resolver.



Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 12 2022, 23:20

Hoje a ver as noticias , vi uma entrevista a Putin, e ele mantem-se tranquilo, a dizer que as suas causas na Ucrânia são "nobres" e a ajudar as pessoas do nazismo que existe nesse país...

Por outro lado esteve na agencia espacial russa que tudo parece funcionar, e avisou que ninguem pode isolar a Russia porque a Russia tem tudo..







E neste ponto acho que ele tem razão, a Russia é gigante e tem tudo, durante imensos anos nunca precisou do ocidente para nada,  e pode muito bem viver assim e continuar a ser uma super potência como sempre foi.

Nisso a autonomia da soberania Russa ganha ao ocidente muito mais pois depende de tudo e de todos.

A Russia vive bem sem o ocidente, mas nós é que nos lixamos porque estamos a pagar caro o gás e dependia-mos dos trigo e milho  da Ucrânia e como conseguência vamos pagar caro agora tambem.

Resumindo as sanções á Russia parecem mais ser um tiro nós pés do ocidente que destapou as nossas fragilidade de soberania alimentar e energética.
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQua Abr 13 2022, 23:44

Estive a ler um pouco os jornais e é incrivel o que aparece escrito...


Li isto:

A normalização da estupidez

Joana Amaral Dias
Joana Amaral Dias
10 Abril 2022 — 00:03
Facebook
Twitter
Comentar
Partilhar
TÓPICOS
Joana Amaral Dias
Opinião
Zelensky levou dois neonazis do Azov ao parlamento grego. Agora, à nossa Assembleia da República, trará quem? Malta do Svoboda e uma fotografia bem emoldurada do Stepan Bandera? Quem os aplaudirá? Mário Machado ou militantes do Ergue-te? Talvez fosse esse o momento em que, finalmente, emocionados, André Ventura e António Costa dessem as mãozinhas."  

https://www.dn.pt/opiniao/a-normalizacao-da-estupidez-14757668.html


A  tambem esquerdista Ana Gomes diz que Marine Le Pen ganhar em França  ganha o Putin Resistência - Página 5 758687





Será que este pessoal endoideceu?  


Assuntos abordados de uma forma tão básica,  parece que vivemos num mundo de atrasados mentais.

Eu sobre o Zelensky pergunto a muitos que o apoiam e sem perceberem nada defenderam a independência da Catalunha  como um direito, porque razão não apoiam tambem os separatistas ucranianos?   era a pergunta que eu fazia, apenas por mera curiosidade.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7930
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 08:57

Apreciei este artigo... não é verdadeiramente um exercicio de jornalismo mas face a um problema aonde as pulsões primarias dominam, abrandar um bocadinho e reflectir com o coração e a cabeça não nos pode fazer grande mal nmho Wink

Ninguém duvida do massacre de Bucha?

masa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 12:28

TD124 escreveu:
Apreciei este artigo... não é verdadeiramente um exercicio de jornalismo mas face a um problema aonde as pulsões primarias dominam, abrandar um bocadinho e reflectir com o coração e a cabeça não nos pode fazer grande mal nmho Wink

Ninguém duvida do massacre de Bucha?

É de louvar a equidistância a que se propõe Pedro Tadeu. Uma opinião que procura uma verdade que, como ele próprio assume, só passará a Verdade (isto se passar) daqui por uns anos.

A grande questão sobre a guerra (sobre todas as guerras) não é quem é o culpado mas sim quem sofre com ela. É lamentável que haja gente que não entenda isto e que insista no síndrome Adão e Eva: a serpente deu a maçã a Eva que comeu metade dando a restante parte ao Adão que fez o mesmo e, desde esse momento, estamos todos a caminhar para o inferno.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7930
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 13:26

agorgal escreveu:
... A grande questão sobre a guerra (sobre todas as guerras) não é quem é o culpado mas sim quem sofre com ela...

Amigo agorgal... sobre quém sofre com as guerras, e qualquer que seja, pareçe-me não haver duvidas. Em primeiro lugar temos todas as victimas directas, sém excepção, assim que as respectivas familias e seres socialmente ligados. Depois temos todos os refugiados com o desraizamento e a reconstrução social impregnada de sentimento de culpabilidade. Mais longe temos todas as victimas economicas e a espiral aterradora do vazio existencial. Enfim temos todos os ideais pacifistas que se fragilisam ainda um pouco mais...

Ao contrario de si eu diria que a grande questão é quém ganha com a guerra?... aqui sim, tenho algumas duvidas Wink

masa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 14:39

TD124 escreveu:


(...)

Ao contrario de si eu diria que a grande questão é quém ganha com a guerra?... aqui sim, tenho algumas duvidas Wink



No meu ponto de vista diria que ninguém...
As vitórias ou não acontecem ou são efémeras, pouco ou nada resolvendo definitivamente e, em grande parte dos casos, mantendo os conflitos num estado de latência, voltando tudo ao início uns anos depois.

No entanto, e numa outra perspectiva, diria que muita gente: as indústrias de armamento, a máquina militar e os políticos aproveitadores dos nacionalismos primários. Num outro nível e dito com um pouco de cinismo: a indústria da construção e reconstrução, a indústria em geral porque há que repor todos os bens que foram destruídos.


Última edição por agorgal em Qui Abr 14 2022, 14:45, editado 1 vez(es)

Fernando Salvado gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod


Mensagens : 983
Data de inscrição : 14/04/2017

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 14:39

TD124 escreveu:
Apreciei este artigo... não é verdadeiramente um exercicio de jornalismo mas face a um problema aonde as pulsões primarias dominam, abrandar um bocadinho e reflectir com o coração e a cabeça não nos pode fazer grande mal nmho Wink


Se o Pedro Tadeu tem duvidas de que fez os massacres, devia dizer as suas fontes. Há centenas de jornalistas estrangeiros na Ucrânia, se algum deles encontrasse uma ponta solta, isso seria imediatamente investigado partilhado (da mesma maneira que a execução de soldados russos desarmados foi partilhada). Não sei que "verdades" vão demorar anos a aparecer. Mas sentadinho no seu sofá, o Pedro tem medo de admitir que para este mal não há razões lógicas. Este regime russo é cínico e mentiroso desde o primeiro dia. A intelectualidade civilizada do Pedro não consegue perceber que isto é apenas um extermínio.

Mas os comentários ao artigo são mais interessantes que o mesmo:

"E eu só pergunto aos comunistas e as crentes nas teorias da conspiração, aos vesgos e aos canhotos e aos idiotas úteis se os 3.770.000 ucranianos que fugiram para a Polónia, a Roménia, a Hungria, a Moldávia e outros países da Europa, como Portugal, não chegam para contar de que lado está o invasor e o invadido, de que lado está o agressor e o agredido, de que lado está o nazismo e a democracia?"
José Costa

"A minha tolerância com os tolerantes desta invasão da Ucrânia pela Rússia é ZERO. A argumentação acerca de existirem excessos dos dois lados é metafísica e, ainda que com fundo de verdade, só serve para atirar poeira para os olhos dos incautos, manifestando, sem sombra de dúvida, a conivência com o invasor. Há um pais soberano, de pleno direito, e um país invasor, tudo o resto são lérias. Tolerância ZERO com coniventes e branqueadores desta invasão e guerra, de forças desproporcionadas e criminosas. Nem posso escrever o que sinto perante estes textos e pessoas que os escrevem, porque seria descer ao esgoto em que estes ratos proliferam."
Teresa Varela

"Desculpe Pedro, mas misturar soldados com civis (inclusive crianças) é misturar alhos com bugalhos. O problema da imparcialidade absoluta é de servir de ponte para comparações entre crimes incomparáveis. Quando vemos hospitais, lares e infantários bombardeados a imparcialidade só nos leva até certo ponto, por muito que exista propaganda dos dois lados.
A dúvida razoável (que neste caso até nem acho que exista, estando lá a amnistia internacional e vários grupos noticiosos) não serve de refúgio para a tranquiliade moral, estilo "all lives matter"."
Tiago Costa

"Crueldade é o contínuo aparecimento de textos destes que só vendem por controversos que são. Não há dois lados nesta história. A ausência de problemas de consciência do autor está diretamente relacionada com o facto de a sua casa/familia não estar a ser bombardeada por um país vizinho/agressor."
José Ricardo

E aqui está o amigo do templário, que duvida de toda a comunicação socia e dos jornalista todos que estão no local, são todos mentirosos:
"Claro que duvido e muito desta Comunicação Social Ocidental que anti-democraticamente, pratica esta perigosa unicidade ideologica, sem contraditório .
Qando uma das partes freneticamente só dá voz a uma das partes, não inspira confiança nem credibilidade, além de estar a cometer um crime, e a normalizar a encenação e a manipulação."
Carlos Manuel


Resumindo:
Pedro Tadeu = Parvalhão




Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7930
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 17:35

galvaorod escreveu:
...Mas os comentários ao artigo são mais interessantes que o mesmo:
(...)
Resumindo:
Pedro Tadeu = Parvalhão

Não sei quém é o Pedro Tadeu, ném qualquer outro jornalista português... esse artigo apareçeu-me ao lado quando estava a ler uma noticia economica no Diario de Noticias. Escrevi que o artigo não era um exercicio de jornalismo... gostei da ideia geral que consiste a duvidar da comida mediatica de uns e dos outros, sobretudo em tempo de guerra e ainda mais quando essa guerra é polarisada e polarisante pela natureza dos intervenientes.

Nunca gostei dos tribunais populares pois geralmente eles conduzém aos resumos como voçê faz... associar arbitrariamente um nome a um parvalhão é o primeiro passo de um caminho que pode acabar no cadafalso. E ainda por cima somos todos um parvalhão para alguém doutro Wink

Ir para o topo Ir para baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod


Mensagens : 983
Data de inscrição : 14/04/2017

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 18:22

TD124 escreveu:
galvaorod escreveu:
...Mas os comentários ao artigo são mais interessantes que o mesmo:
(...)
Resumindo:
Pedro Tadeu = Parvalhão

Não sei quém é o Pedro Tadeu, ném qualquer outro jornalista português... esse artigo apareçeu-me ao lado quando estava a ler uma noticia economica no Diario de Noticias. Escrevi que o artigo não era um exercicio de jornalismo... gostei da ideia geral que consiste a duvidar da comida mediatica de uns e dos outros, sobretudo em tempo de guerra e ainda mais quando essa guerra é polarisada e polarisante pela natureza dos intervenientes.

Nunca gostei dos tribunais populares pois geralmente eles conduzém aos resumos como voçê faz... associar arbitrariamente um nome a um parvalhão é o primeiro passo de um caminho que pode acabar no cadafalso. E ainda por cima somos todos um parvalhão para alguém doutro  Wink


Também não sabia que Pedro Tadeu é militante do PCP, assim a sua crónica faz mais sentido. Já não se trata de uma opinião esclarecida pois o seu motivo é mesmo a desinformação.

https://www.tsf.pt/portugal/politica/militantes-do-pcp-sentem-se-absolutamente-confortaveis-com-as-escolhas-para-substituir-jeronimo-14486958.html

Eu como parvalhão que sou, reconheço outro parvalhão a léguas.
Ir para o topo Ir para baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod


Mensagens : 983
Data de inscrição : 14/04/2017

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 18:31

Vale também a pena ler esta entrevista de Jorge Sousa Carvalho no DN, apesar de ser uma pessoa que não reúne consensos, ele diz algumas coisas interessantes sobre Putin e o regime.

https://www.dn.pt/sociedade/americanos-e-europeus-nao-perceberam-que-este-regime-russo-e-um-cancro-14755130.html




Ir para o topo Ir para baixo
analog_sa
Membro AAP
analog_sa


Mensagens : 265
Data de inscrição : 04/05/2017
Localização : Cascais

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 18:56

galvaorod escreveu:


"A minha tolerância com os tolerantes desta invasão da Ucrânia pela Rússia é ZERO. A argumentação acerca de existirem excessos dos dois lados é metafísica e, ainda que com fundo de verdade, só serve para atirar poeira para os olhos dos incautos, manifestando, sem sombra de dúvida, a conivência com o invasor. Há um pais soberano, de pleno direito, e um país invasor, tudo o resto são lérias. Tolerância ZERO com coniventes e branqueadores desta invasão e guerra, de forças desproporcionadas e criminosas. Nem posso escrever o que sinto perante estes textos e pessoas que os escrevem, porque seria descer ao esgoto em que estes ratos proliferam."
Teresa Varela



The above quote has a meaning so simple and obvious, a small child will understand and accept it. Can anyone seriously question the logic, let alone the morality of such a position? I am genuinely curious.

Of course loyal communists, Marxist scholars and the hypnotised by god-like Putin are excused as they need neither logic, nor morality.
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 19:31

Não me choca a neutralidade do Pedro Tadeu, bem pelo contrário. Levanta questões e deixa ao leitor a possibilidade de encontrar respostas.
É uma tradição do jornalismo anglo-saxónico citar as fontes da informação que proporcionam (aquando a notícia) deixando para os artigos de opinião a expressão da tendência do autor. Neste caso, é o próprio artigo de opinião a levantar a dúvida. E a dúvida pode, deve ser legítima.

O mesmo não se passa com uma outra citação, uns "posts" atrás, em que Joana Amaral Dias pretende dar respostas definitivas usando para isso uma série de argumentos falaciosos, generalizando o que não pode ser generalizado, e colocando a questão de uma "ida" ao parlamento grego, que não foi ida nenhuma, foi apenas uma mensagem gravada, o que é bastante diferente atendendo ao contexto, com um "acompanhamento" de nazis do Batalhão de Azov, que não foi acompanhamento nenhum, e que, pelo que deduzo de outros meios de comunicação, é uma mensagem independente da primeira.

Sim, porque entre tanta informação e contra-informação, compete ao leitor decidir onde (em que meio de comunicação ou em que partes da informação proporcionadas pelos variados meios de comunicação) a narrativa mais se aproxima da verdade. E isso só pode ser feito comparando os diversos pontos de vista e optando pelos mais credíveis.

Eu próprio, que já deixei aqui bem claro para que lado pendo, no início do trágico aparecimento de corpos nas ruas de Bucha e povoações próximas levantei, para mim próprio, questões: quem e quando. A quem beneficia, a quem prejudica e quando foi feito. Como tenho tempo disponível e praticamente 12 horas por dia sentado perante um ecrã de computador por necessidade profissional, vi dezenas de fotografias, textos e testemunhos na primeira pessoa. Que, obviamente, não são diretos mas filtrados pela informação que me chega de ambos os lados. E as dúvidas que tinha sobre a autoria foram-se dissipando. Depois de toda a informação ter passado pelos meus próprios filtros cheguei a uma conclusão. Que não é objectiva na verdadeira acepção da palavra, é apenas a soma do que vi e li deduzida das poucas evidências a que tive acesso. Não tenho, é claro, provas materiais mas tenho suficientes provas circunstanciais para dar o meu veredicto. Sublinho "o meu veredicto".


Última edição por agorgal em Qui Abr 14 2022, 22:31, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQui Abr 14 2022, 22:24

PedroH escreveu:
Estive a ler um pouco os jornais e é incrivel o que aparece escrito...

Li isto:

A normalização da estupidez

(...)

https://www.dn.pt/opiniao/a-normalizacao-da-estupidez-14757668.html

A  tambem esquerdista Ana Gomes diz que Marine Le Pen ganhar em França  ganha o Putin Resistência - Página 5 758687

Será que este pessoal endoideceu?  

Assuntos abordados de uma forma tão básica,  parece que vivemos num mundo de atrasados mentais.

Eu sobre o Zelensky pergunto a muitos que o apoiam e sem perceberem nada defenderam a independência da Catalunha  como um direito, porque razão não apoiam tambem os separatistas ucranianos?   era a pergunta que eu fazia, apenas por mera curiosidade.



Deixar-lhe o "domínio" deste tópico, deixar que ele seja a tribuna de onde faz os seus discursos inflamados (fanáticos mesmo, atendendo ao radicalismo dos termos que emprega), é um bónus que não lhe concedo!
Portanto vou, ao arrepio de decisões anteriores, continuar a sublinhar as contradições em que cai, a rebater as suas opiniões e a confrontá-lo, mesmo que não entenda (outros entenderão) do que estamos a falar.

Joana Amaral Dias desenha uma narrativa falaciosa porque assente numa série de mentiras, lugares comuns e generalizações.

1- Zelenski não foi ao Parlamento grego, ainda não saiu de Kyev. Como não foi lá também não levou com ele dois neo-nazis (com tanta informação e contra-informação estes pormenores semânticos são importantes).

2- O Batalhão de Azov foi constituído por voluntários de extrema-direita (pode chamar-lhes nazis que não me importo) aquando da invasão do Donbass em 2014 (uma máxima do universo da guerra: o inimigo do teu inimigo teu amigo é) e tem como emblema um símbolo nazi. Integrado na estrutura do exército ucraniano manteve o emblema e, ao que consta, abriu as suas fileira a outros que não apenas a nazis e neo-nazis. E depois? Qual o problema? Não há nacionalista mais fanático que um nazi (ou neo-nazi). Muito próximo das suas teorias social-nacionalistas, demasiado próximo, penso eu.
Ainda não há muito tempo correu por Portugal a notícia de elementos das forças de segurança portuguesas com conotações nazi (ou neo-nazis). E todos sabemos que o mundo dos seguranças privados está recheado de elementos com estas tendências políticas. Um país nazi? Forças de segurança nazis? Ou apenas elementos destas e que não fazem a cor do todo?

3- Os elementos do Batalhão de Azov, que não foram ao Parlamento grego mas que lá, e por mensagem videogravada, pediram apoio para a defesa da cidade de Mariupol são obrigatoriamente nazis? Ou serão do grupo de não-nazis que também fazem parte do referido Batalhão?
E se forem nazis? Afinal essa tão antiga frase (inimigo do meu inimigo meu amigo é) deixa de fazer sentido? Já se esqueceu que afirmou, num outro tópico, que o ouro roubado pelos nazis aos judeus era ouro alemão, justamente adquirido - e cito: "Essa do ouro judeu é uma conversa estranha, o ouro era alemão, nos anos 30 era legitimamente alemão, se era roubado ou não ninguem sabia,  os romanos usavam a expressão o dinheiro não tem cheiro,  portanto era alemão"? O termo "nazi" mudou entretanto de sentido para si? Ou ganhou sentido?
Movimentos neo-nazis apoiaram Trump. Não se apercebeu disso?

4- Congratulo-me com a sua convivência com as (a sua aceitação das) teorias da Joana Amaral Dias. Afinal não é tanto tão anti-esquerdista como vem afirmando. É apenas uma questão de conveniência no discurso. Umas esquerdistas são melhores do que outras. E o fascismo não passará, mesmo que essa não passagem seja feita com a ajuda determinante de um outro tipo de fascismo, o da Rússia dos dias de hoje. Pensa que um fascismo é, moralmente, melhor do que o outro, deduzo eu.


Marine Le Pen e a Rússia. Sabia da sua simpatia por Putin e era fácil de deduzir a sua simpatia pela Marine. Mas negar a associação das duas personagens dando uma simples gargalhada é quase assustador. Pelo menos um ponto em comum: simpatiza com as duas personagens. Mas há mais pontos em comum... dinheiro, a fragilização do projecto europeu e das democracias ocidentais e a simpatia por mãos duras.
O pessoal endoideceu? Parte do pessoal deseja isso, adora ditadores, governos fortes que ponham os que chama de niilistas na linha. Mesmo que à custa da democracia. Essa parte eu diria que endoideceu. Mas, e por agora felizmente, uma confortável maioria continua a preferir regimes democráticos que, com todos os seus defeitos, salvaguardam muito das liberdades adquiridas. Esta confortável maioria ainda não perdeu o juízo.


O que tem a ver o movimento independentista catalão com o do Donbass? Nada. O movimento independentista catalão parte de uma região autónoma de Espanha com a sua cultura própria, a sua língua e um estatuto com uma história antiga. O movimento independentista no Donbass (as ditas Repúblicas Populares de Donetsk e de Luhansk) nasce, não de uma exigência popular local mas de uma manipulação por parte do poder russo para contrariar a crescente europeização da Ucrânia e a saída da sua esfera de influência. Foi o exército russo, de forma mal disfarçada, que combateu o exército ucraniano em 2014 no seguimento da anexação da península da Crimeia (já ouviu falar dos "litle green men" - pequenos homens verdes?). As fronteiras da Ucrânia, enquanto estado, foram definidas no tempo da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas e essas fronteiras foram respeitadas no acordo que deu origem à independência formal da Ucrânia.
Se a consideração por estas duas novas repúblicas for séria leva à pergunta "porquê serem duas e não uma unificada". Afinal o povo é o mesmo... não é estranho?
Sendo apologista da eliminação das fronteiras, não simpatizo com a causa catalã na sua essência e pela mesmíssima razão mais o perceber que se tratou de manipulação por parte de um estado vizinho, não simpatizo com o movimento independentista pró-russo em Donetsk e Luhansk. Mas muito menos concordo que se destrua um país para impor programas expansionistas desenvolvidos por mentes alimentadas num sentimento de vingança por um império naufragado.

Pode parecer estranho mas recomendo-lhe a leitura do "Mein Kampf". Vai encontrar lá algumas ideias que tem afirmado por aqui assim como bastante do discurso do V. Putin sobre o que é a russofonia e como voltar a estabelecer o império russo que já foi soviético e hoje não é nada. Basta substituir a palavra "alemão" por "russo" que está lá tudo.

A sua visão da Rússia de hoje como país riquíssimo e capaz de de sobreviver sozinho acabará desmentida pelo tempo. Infelizmente para eles, os russos, são um país enorme, com também enormes potencialidades mas que perdeu os últimos anos a distribuir imensas fortunas pelos amigos do regime em vez de apostar no desenvolvimento tecnológico, económico e social. Neste momento a Rússia é um gigante com pés de barro no meio de um rio desenfreado. E os chineses esfregam as mãos com isto.

galvaorod, analog_sa e rjbv17 gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySex Abr 15 2022, 00:08

agorgal escreveu:


4- Congratulo-me com a sua convivência com as (a sua aceitação das) teorias da Joana Amaral Dias.

.

Infelizmente não sou chegado ás ideias dessa senhora, nem de nenhum dos outros.

Simplesmente é a opinião dela e deparamos com estas artigos de opinião e temos de debates que sentido ou não possa ter.


Tambem ha 3 dias no jornal Publico li que os separatistas conquistaram a cidade de Mariupol


https://www.publico.pt/2022/04/11/mundo/noticia/separatistas-prorussos-conquistado-zona-portuaria-mariupol-2002161

Curiosamente hoje li que os separatistas acusam a Ucrânia de bombardear a cidade.






Sobre os massacres de civis como os de Bucha, vários mortos de mãos atadas , tudo indica um massacre , mas quem eram esses civis, quem os matou?






Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7930
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySex Abr 15 2022, 10:04

galvaorod escreveu:
...Também não sabia que Pedro Tadeu é militante do PCP, assim a sua crónica faz mais sentido. Já não se trata de uma opinião esclarecida pois o seu motivo é mesmo a desinformação...

Como jà disse não conheço esse senhor... que ele seja de direita ou de esquerda, homo ou hetero, cristão ou ateu, do Belenenses ou do Sporting e que prefira a musica classica ao jazz estou me barimbando, acho esses elementos demasiado redutores para classificar uma pessoa. Também não penso que uma pessoa que convida a duvidar até que os feitos sejam comprovados pelos organismos competentes pratique a desinformação e vou-lhe explicar porquê:

A França negou durante 60 anos a pratica regular da tortura e as execuções sumárias de civis e militares durante a guerra da Argélia... isto apesar das fotos e outras provas dos argelinos. Hà poucos anos atràs o E. Macron desclassificou os documentos militares e tornou-os publicos e hoje toda a gente sabe que tanto a tortura quanto as execuções foram praticadas, e intensivamente, desde o inicio da guerra...

A França sempre negou não saber que o massacre do Rwanda ia se passar e então a impossibilidade de poder travar o genocidio dos Tutsis. As analises geo-politicas do François Graner a partir de 2007 e a comissão de inquerito sobre o Rwanda do E. Macron provaram que a França é culpada de apoio, dissimulação de provas judiciais e de não assistência perante e durante genocidio...

Todos se lembram das provas mostradas ao mundo e à ONU sobre a existência de armas de destrução massiva no Irak que justificou a invasão de 2003. Esse relatorio que se tornou publico em Março de 2015 mostra que na realidade não havia prova nenhuma. A verdade era na realidade uma mentira...

Hoje é conhecido o fenomeno de contra-depuração étnica praticado pelo Kosovo contra os serbos e ciganos... em resposta à mesma depuração iniciada por Belgrado! No entanto as causas, numero de vitimas e condições exactas dos acontecimentos ainda são por demasiado foscos e vemos hoje a Croacia e a Eslovenia reconhecer uma forma de culpabilidade global juguslava, Nato e Onu incluso, mais do que simplesmente serba. Portanto hà vinte anos atràs os serbos eram mostrados como nazis modernos e os unicos responsàveis...

Como estes, vàrios exemplos de manipulação perfeitamente orquestrados pelos estados, e pelos médias, durante vàrias crises deveria nos levar à reticência critica e à humildade intelectual. Se em alma e consciência voçê jà decidiu sozinho no seu sofà quém é culpado e quém é inocente... então jà fez em miniatura a mesma escolha que o Putin fez na poltrona dele no Kremlin! Com pouco se começa uma guerra ou um massacre...

Mas, se ao contràrio se sente uma pessoa animada pelo humanismo, pela empatia e pelo direito de todos os povos à sua auto determinação então hà questões suspendidas que me pareçem bem mais interessantes nmho:

Porque razão a ONU està em Nova Yorque e não num pais neutro?...
Porque razão a ONU é incapaz de impedir uma guerra ou de impor a paz?...
O que justifica a existência da Nato apòs a dissolução do Pacto de Varsovia?...
O que diferencia a guerra da Ucrânia das outras fora que desta vez é a Russia o agressor?...
Porque razão nada foi feito para impedir esta guerra de começar, pois tal era possivel?...
Porque razão os acordos de Minsk 1 e 2 nunca foram respeitados e constantemente violados?...
Porque razão a França e a Alemanha que são co-signatários não denunciaram as violações dos acordos de Minsk2?...
E a questão a milhões de euros... no fundo, quém ganha verdadeiramente com esta guerra?...

2cclzes
Ir para o topo Ir para baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod


Mensagens : 983
Data de inscrição : 14/04/2017

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySex Abr 15 2022, 10:37




Porque razão a ONU està em Nova Yorque e não num pais neutro?...
-No final da Segunda Guerra, o local era considerado neutro pela Liga das Nações e ideal. Isto foi uma decisão do seu tempo, e assim ficou.

Porque razão a ONU é incapaz de impedir uma guerra ou de impor a paz?...
-Por causa do direito de veto, na altura da fundação, mais uma vez, parecia uma boa solução para evitar mais guerras.

O que justifica a existência da Nato apòs a dissolução do Pacto de Varsovia?...
-A ameaça Russa, se não fosse a NATO, nós não estávamos aqui há muito tempo.

O que diferencia a guerra da Ucrânia das outras fora que desta vez é a Russia o agressor?...
-O que diferencia esta guerra é que a Rússia é o agressor.

Porque razão nada foi feito para impedir esta guerra de começar, pois tal era possivel?...
-Não era possível evitar esta guerra. Os alemães tentaram criar laços económicos fortes para aproximar a Rússia da economia mundial e tentar tornar o pais dependente do comércio global, como neste momento a China está, mas isso também não resultou, porque Putler acha que a Ucrânia é território Russo, ponto final.

Porque razão os acordos de Minsk 1 e 2 nunca foram respeitados e constantemente violados?...
-Não sei, mas é preciso matar tanta gente inocente por causa disto? A agressão é justificada?

Porque razão a França e a Alemanha que são co-signatários não denunciaram as violações dos acordos de Minsk2?
-Também não sei, e mais uma vez, seja o que for, não justifica a matança generalizada de civis. Violações, pilhagem e selvajaria. Tudo serve para desculpar o agressor.

E a questão a milhões de euros... no fundo, quém ganha verdadeiramente com esta guerra?...
-Os Russos, se a ganharem.
Ir para o topo Ir para baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod


Mensagens : 983
Data de inscrição : 14/04/2017

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySex Abr 15 2022, 10:50

TD124 escreveu:
Se em alma e consciência voçê jà decidiu sozinho no seu sofà quém é culpado e quém é inocente... então jà fez em miniatura a mesma escolha que o Putin fez na poltrona dele no Kremlin! Com pouco se começa uma guerra ou um massacre...


Quem mata pessoas civis inocentes com bombardeamentos à distancia é sempre culpado.

Quem tem medo de olhar a besta nos olhos, e justifica a pena de morte de civis no presente com erros do passado, é hipócrita.

Isto é muito simples, mas as pessoas tentam justificar o injustificável porque têm medo.
Eu também tenho medo pelos meus filhos, mas sei que Putler é uma besta sanguinária e não tento de maneira nenhuma o desculpar, pois não é um anjo caído, não tem arrependimento.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7930
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySex Abr 15 2022, 11:45

galvaorod escreveu:
... Porque razão a França e a Alemanha que são co-signatários não denunciaram as violações dos acordos de Minsk2?
-Também não sei, e mais uma vez, seja o que for, não justifica a matança generalizada de civis. Violações, pilhagem e selvajaria. Tudo serve para desculpar o agressor...

De todas as suas respostas que mostram que na sua alma e consciência jà escolheu quém é culpado e quém é inocente guardo esta, tão vaga quanto as outras mas suficientemente ciblada para que o seu ponto de vista apareça claro como o cristal...

Não sou nacionalista, ném soberanista, ném de esquerda, ném de direita, ném belicista, ném mundialista... e nesta guerra se devesse escutar o meu coração evidentemente que a Ucrânia seria sempre sentida como a minha segunda patria de adopção! A partir daqui não defendo o agressor e revolto-me contra qualquer pais que ultrapassa as suas fronteiras para entrar noutro estado, qualquer que estes sejam! Ao contrario de si e doutros não consigo ser ném anti-russo ném pro-russo... sendo isto valido para qualquer nação da terra, Portugal incluido pois também não sou chauvinista. Esta distância que se tornou natural permite-me de olhar para as coisas minimisando o filtro distorsivo das minhas crenças ou ideais. A violação da integridade humana por quém quer que seja é imperdoavel e inadmissivel... isto independentemente de quém é o agressor e o agredido pois para mim todos os homéns sém excepção são iguais nos direitos e deveres. Não pareçe ser o seu caso nas suas respostas aonde alguns paises, como a Russia, apareçem como naturalmente maus... em oposição de outros subentendidos como bons ou melhores suponho. Esta sua dicotomia encontra na doutros a metade que falta para justificar as eternas divisões ideologicas, base intelectual de qualquer guerra...

Na verdadeira justiça, não falo da popular como a sua, existe a noção de circunstâncias atenuantes ou agravantes aquando do julgamento do agressor. As coisas não são sò o que vemos e sentimos... são também tudo o que as rodeia e que por vezes directamente ou indirectamente influenciam os acontecimentos. por isso existém juizes, inqueritos, provas, advogados e testemunhas... jà no tribunal de Nuremberga tinha sido o caso e lembro que ném todos os nazis foram condanados, ném da mesma maneira. O Georges Clémenceau disse que: A guerra! È uma coisa demasiado grave para a confiar aos militares!... eu diria parafraseando que: A justiça! È uma coisa demasiado séria para a confiar ao povo!...

A bom entendedor 2cclzes

astra, masa e subdias gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7930
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySex Abr 15 2022, 11:57

galvaorod escreveu:
...Isto é muito simples, mas as pessoas tentam justificar o injustificável porque têm medo...

È tão simples quanto confundir o atacador da Ucrânia, o atacador do Sapato e o atacador do Iraque... às vezes um pouco de discernimento complica as coisas mas ajuda a melhor as separar e compreender Wink

masa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySex Abr 15 2022, 22:18

Citação :
...no fundo, quém ganha verdadeiramente com esta guerra?...

É uma pergunta tão complexa.... numa guerra costuma-se dizer que quem ganha são todos aqueles que não perdem....

Os que perdem com a guerra são como se sabe os que morrem e os que tem as familias destruídas, que são imensos.

Os que ganham tambem são imensos, o país que mais ganha será certamente os EUA , normalmente são eles que ganham com as guerras todas, os EUA desde o tempo do _Obama que andava com a sua industria de armamento em baixo, o Trump nunca se dedicou a ela , e aquilo toda a "maquina de guerra" americana foi reacendida com o Biden, daí o interesse em expadir a Nato, dar-lhe um novo folgo e uma guerra para poder desmonstrar toda a industria ainda para mais com tantos jornalistas..
Os EUA ja foram os grandes vencedores das outras guerras, portanto tudo isto não é novidade.

Depois há outros vencedores, que ganham novas vidas , casos isolados entre refugiados, casos de empresas que facturam com a guerra, imensa gente que de uma forma ou outra sem ter culpa acaba a médio prazo ganhando.

Depois ainda há os oportunistas que usam a guerra para ganhar votos, para criar conspirações, hoje vi a noticia de uma fulana que usou um coração para alegar um romance de amizade entre Putin e uma candidada presidencial, o triste acontecimento de um oportunismo sem precedentes só valeu pela forma triunfal como os seguranças a tiraram do local Twisted Evil

Depois alem dos paises, das pessoas que por sorte ou destino ganhem com a guerra ou dos eventuais oportunistas , quem pode ganhar a moral e a forma de se for o mundo e as pessoas.

No ultimos anos na ultima decada temos assistimo de forma invadida ao crescimento do fanatismo do wokismo , do politicamento correto, das lavagens cerebrais niilistas na imagem do mundo do heroì, figura lendarias como o "super homen" , "Pai Natal" "OO7 " e outros tem sido alvos de mudanças por movimentos wokistas subversivos.

Com esta guerra uma coisa é certa a figura de Zalensky apesar de eu lhe levantar criticas mas tenho de admitir que ele fez renascer a imagem de um verdadeiro Herói europeu nacionalista guerreiro, branco e hetero , algo que praticamente extinto nos ultimos anos, até a mim me surpreendeu, e no meio de tanta tragédia haja algo que nos faça acreditar que o futuro ainda é possivel Resistência - Página 5 874774
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 18 2022, 14:29

PedroH escreveu:

(...)

No ultimos anos na ultima decada temos assistimo de forma invadida ao crescimento do fanatismo do wokismo , do politicamento correto, das lavagens cerebrais niilistas na imagem do mundo do heroì,  figura lendarias como o "super homen" , "Pai Natal" "OO7 "  e outros tem sido alvos de mudanças por movimentos wokistas subversivos.

Com esta guerra uma coisa é certa a figura de Zalensky apesar de eu lhe levantar criticas mas tenho de admitir que ele fez renascer a imagem de um verdadeiro  Herói europeu nacionalista  guerreiro, branco e hetero ,   algo que praticamente extinto nos ultimos anos, até a mim me surpreendeu, e no meio de tanta tragédia haja algo que nos faça acreditar que o futuro ainda é possivel  Resistência - Página 5 874774

O Pedro sai-se com cada uma!

Para quem tanto ataca os outros de alienados, esses dois parágrafos são uma pérola. O problema são os outros ou os ídolos dos outros... como se existissem ídolos de primeira e ídolos de segunda e apenas uns pudessem ser idolatrados.

Agora o problema do mundo é o movimento designado por "woke", há um ou dois anos era o Marxismo Social, se recuarmos mais no tempo temos questões sérias como a aculturação, a gentrificação e a globalização.

Observe bem essas suas figuras lendárias, verá como está distante delas.

Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 18 2022, 14:52

TD124 escreveu:

(...)
Porque razão a ONU està em Nova Yorque e não num pais neutro?...
Porque razão a ONU é incapaz de impedir uma guerra ou de impor a paz?...
O que justifica a existência da Nato apòs a dissolução do Pacto de Varsovia?...
O que diferencia a guerra da Ucrânia das outras fora que desta vez é a Russia o agressor?...
Porque razão nada foi feito para impedir esta guerra de começar, pois tal era possivel?...
Porque razão os acordos de Minsk 1 e 2 nunca foram respeitados e constantemente violados?...
Porque razão a França e a Alemanha que são co-signatários não denunciaram as violações dos acordos de Minsk2?...
E a questão a milhões de euros... no fundo, quém ganha verdadeiramente com esta guerra?...

(...)

As perguntas que o Paulo levanta não estão todas no mesmo patamar de importância quando se tenta observar o curso da História e dos recentes acontecimentos. A localização da sede da ONU não tem qualquer relevância lógica para pensar os acontecimentos, ainda mais quando questiona por um país neutro - que seria qual? Não conheço verdadeiramente nenhum, nem a Suíça. Smile

A ONU não impede ninguém de agir, nem um deus qualquer. É óbvio por esta altura que as acções dos Russos e dos Ucranianos não foram impedidas pois quem está a agir não ouviu ninguém. Este conflito é "filho" de muitas decisões do passado, acções dos dois lados que encerram violações a tratados assinados pelos mesmos dois lados. Falar sobre os Tratados de Minsk não tem qualquer validade formal neste contexto, pois as violações repetiram-se e não justificam a conclusão que temos na nossa frente. Quem assinou os tratados com a Rússia e a Ucrânia não estava a dormir, as repetidas violações foram sendo apontadas, mas creio que no final cada um olha para e por si, não é? França e Alemanha fizeram-se de distraídos, falaram baixinho por não poderem falar muito alto (parece-me visto daqui).

A questão da NATO eu juro que não entendo, os países que ainda a sustentam fazem-no por livre vontade, pois acreditam que há algo a ganhar com a sua existência. O argumento Russo contra a entrada da NATO é tão descabido que basta ver que os países que aderem à NATO e a NATO como um todo não anda a violar a soberania Russa (que eu tenha conhecimento).

O Paulo levanta uma questão que para mim se liga à última, mas que não entendo bem qual o alcance: era possível impedir esta guerra como?

Honestamente, não creio que fosse possível impedir esta e nenhuma outra, neste caso o EUA até anunciaram as acções Russas com uns dias de antecedências e ninguém conseguiu impedir - foram feitos contactos.

Quem ganha com a guerra?

Há uma breve cena de um filme ligeiro (Kingdom of Heaven) que tem estas falas:
Personagem "cristã" (no filme tem bom carácter): O que vale esta cidade para ti?
Saladino (também, retratado como pessoa de bom carácter): Tudo... Nada...

Esta breve cena passa-se na frente de uma cidade destruída e a ser tomada, Jerusalém. Os símbolos valem isso mesmo, tudo e nada e o ganhar tem muito desta relação.

O que valem os territórios da Ucrânia para as diferentes forças no terreno?
Tudo... Nada...
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 18 2022, 18:04

José Miguel escreveu:


A questão da NATO eu juro que não entendo, os países que ainda a sustentam fazem-no por livre vontade, pois acreditam que há algo a ganhar com a sua existência. O argumento Russo contra a entrada da NATO é tão descabido que basta ver que os países que aderem à NATO e a NATO como um todo não anda a violar a soberania Russa (que eu tenha conhecimento).



.

Não entende? a guerra em donbass iniciada em 2014 é a chave para entender.

Que eu saiba nenhum país aderiu á Nato no meio de uma guerra, a Ucrania a convite de Biden quis aderir á Nato em plena guerra com separatistas , pró russos e depois da Russia ter anexado a Crimeia .

Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7930
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 18 2022, 19:06

José Miguel escreveu:
...As perguntas que o Paulo levanta não estão todas no mesmo patamar de importância quando se tenta observar o curso da História e dos recentes acontecimentos. A localização da sede da ONU não tem qualquer relevância lógica para pensar os acontecimentos, ainda mais quando questiona por um país neutro - que seria qual? Não conheço verdadeiramente nenhum, nem a Suíça. Smile ...

As minhas perguntas não tinham como objectivo de explicar o que se passa actualmente, ném no sentido geo-politico ném historico... mas de tentar mostrar que um dos grandes problemas actuais são as deficiências que as grandes organisações possuém na regulação dos grandes problemas do mundo. Tanto a ONu quanto a Nato mostraram os seus limites desde a guerra da Juguslavia e pareçe-me urgente que todas essas instituições sejam actualisadas afim de responder às necessidades de hoje e não às de ontém...

Numa entrevista em Novembro de 2021, poucos meses antes da guerra da Ucrânia o presidente françês tinha considerado a Nato como estando em morte cerebral... o que valeu a ira de Washington! Os meses que seguiram deram-lhe complétamente razão nmho...

O memorando de Budapest de 1994 permitia à Ucrânia (também à Bielorussia e Kazaquistão) em troca do arsenal nuclear soviético de verem a sua integridade territorial garantida pela Russia, EUA e UK... a Russia vém de romper o acordo mas nenhum dos outros manteve a sua promessa, ném mesmo aquando da invasão da Crimeia...

È tempo que os tratados e as organisações tenham mais coerência e sentido do que o que se passa hoje. A evolução das organisações internacionais pareçe-me prioritario afim de assegurar a paz no mundo. As minhas questões eram nesse sentido...
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptySeg Abr 18 2022, 20:31

José Miguel escreveu:


Para quem tanto ataca os outros de alienados, esses dois parágrafos são uma pérola. O problema são os outros ou os ídolos dos outros... como se existissem ídolos de primeira e ídolos de segunda e apenas uns pudessem ser idolatrados.

Agora o problema do mundo é o movimento designado por "woke", há um ou dois anos era o Marxismo Social, se recuarmos mais no tempo temos questões sérias como a aculturação, a gentrificação e a globalização.

Observe bem essas suas figuras lendárias, verá como está distante delas.


José Miguel acho que você não entendeu o que eu quis dizer, na ultima decada ou mais todas as figuras de heróis ou apenas figuras fictícias ou lendárias do cinema e não só , tem sido mudadas pelo movimento "woke" através da necessidade que alguns tem de lhe mudaram a sexualidade, raça ou até o género.

O perfil do Zalensky fez renascer o herói quase extinto, o sentimento de país com fronteiras num mundo que estava a caminhar para a imagem idílica de um mundo sem fronteiras onde seriamos todos iguais e amigos... o mesmo fez a guerra com o "renascer" de uma nato que há bem pouco tempo estava quase extinta para muita gente.

Enfim é normal uma guerra faz mudar de forma radicar a imagem de muita coisa, tambem não nos podemos esquecer que os grandes avanços tecnológicos do mundo a nível de infraestrutura e de pensamento politico e ideológico se deram durante guerras .




Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 19 2022, 15:49

TD124 escreveu:

(...)
È tempo que os tratados e as organisações tenham mais coerência e sentido do que o que se passa hoje. A evolução das organisações internacionais pareçe-me prioritario afim de assegurar a paz no mundo. As minhas questões eram nesse sentido...

Eu nada tenho a apontar a este princípio, mas este princípio não é menos utópico do que outros por aqui partilhados e acusados de utópicos. Smile

Como eu disse, usando o exemplo da cena de um filme, os tratados são palavras. Ora, palavras são as ferramentas do pensamento/consciência do Homem, mas as palavras não valem o mesmo para todos e este fórum é exemplo disso quando se fala de simples equipamentos de áudio. Os tratados, por mais curtos e objectivos que sejam, por mais radicais na simplicidade, não passam de uma cortina que esconde uma realidade para lá deles.

Quem é que se vai meter com a Rússia?

Repare, creio que estamos de acordo na visão das falhas grosseiras por parte da Ucrânia e da Rússia ao longo dos anos, mas apenas uma nação ousou invadir a outra?

No passado aconteceu o mesmo, há sempre um lado das guerras que toca as potências e estas entram em força - pois têm muita força. Faz muito tempo que não tínhamos uma das grandes potências a provocar este tipo de conflito, as restantes potências vão fazer o quê?

Ao contrário do que o Paulo levanta em pergunta, eu vejo as potências a tentar (mesmo quando parecem assobiar para o lado) não dar oxigênio a esta guerra. O material que chega à Ucrânia está longe de ofender (para já) a Rússia, ainda que cause perdas graves. Há países que enviam apenas material não bélico por saberem que não devem... Ninguém quer acordar o poderio Russo, o receio nuclear por vezes parece real (o que é transmitido pelos mesmos canais que anunciaram a guerra antes dela acontecer).

Quem assina e usa as palavras dos tratados acredita nelas? Se não acredita, serão os governantes que devemos ter?

Serão os que merecemos, pois votamos neles, por isso creio honestamente que devemos ter valores maiores em vista quando debatemos/pensamos estes assuntos - apontar à utopia (u-topos/que não tem lugar no presente) e conquistar algo positivo face ao que há.



ps.: já se falou muito de soberania, eu próprio falei, mas falta falar seriamente da soberania dos povos... há democracias e democracias.
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9180
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyTer Abr 19 2022, 15:50

PedroH escreveu:


José Miguel acho que você não entendeu o que eu quis dizer,  na ultima decada ou mais todas as figuras de heróis ou apenas figuras fictícias ou lendárias do cinema e não só , tem sido mudadas pelo movimento "woke" através da necessidade que alguns tem  de lhe mudaram a sexualidade, raça ou até o género.

O perfil do Zalensky fez renascer o herói quase extinto, o sentimento de país com fronteiras num mundo que estava a caminhar para a imagem idílica de um mundo sem fronteiras onde seriamos todos iguais e amigos...  o mesmo fez a guerra com o "renascer" de uma nato que há bem pouco tempo estava quase extinta para muita gente.

Enfim é normal uma guerra faz mudar de forma radicar a imagem de muita coisa, tambem não nos podemos esquecer que os grandes avanços tecnológicos do mundo a nível de infraestrutura e de pensamento politico e ideológico se deram durante guerras .


Eu creio que percebi bem e não é por acaso que você insistentemente usa um termo que tem meia-dúzia de anos de vida...
Ir para o topo Ir para baixo
PedroH
Membro AAP
PedroH


Mensagens : 333
Data de inscrição : 06/04/2021
Idade : 52
Localização : Margem Sul

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQua Abr 20 2022, 18:04

José Miguel escreveu:


Eu creio que percebi bem e não é por acaso que você insistentemente usa um termo que tem meia-dúzia de anos de vida...

Claro é uma "modernice" com poucos , anos, no passado não se mudava os perfis dos heróis existentes.

Citação :

ps.: já se falou muito de soberania, eu próprio falei, mas falta falar seriamente da soberania dos povos... há democracias e democracias.

A Ucânia está longe de ser um exemplo de uma soberania saudável pois não reconhece a República_Popular_de_Donetsk ? ou República Popular de Luganska ?


A nivel internacional isto é possivel, pois é o direito á autodeterminação dos povos.

o Artigo 1º - 1. Todos os povos têm direito à autodeterminação. Em virtude desse direito, determinam livremente seu estatuto político e asseguram livremente seu ..





Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1094
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 EmptyQua Abr 20 2022, 18:27

Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado





Resistência - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Resistência   Resistência - Página 5 Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 
Resistência
Ir para o topo 
Página 5 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
Áudio Analógico de Portugal :: Off Topic-
Ir para: