Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Diario de um confinado ...

Ir em baixo 
AutorMensagem
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 4984
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptySeg 23 Mar - 12:40

Diario de um confinado ... P1090317

Faz exactamente uma semana que estou (estamos) confinados. Na nossa aldeia, naturalmente silenciosa, às portas de Montpellier o barulho da sociedade desapareçeu, ném carros, ném obras, ném passos se ouve ... apenas os sons da vida animal, da natureza. Para mim que sou um urbano isto é inabitual, opressante mesmo e o que era um assumido acto civico està a se transformar progressivamente em fardo, necessario e obrigatorio. Habitualmente o meu quotidiano està entrecortado pela visita de amigos, por uma garrafa aberta no auditorio com um queijo e paio, pelas saidas ao mercado, ao restaurante e os jantares com amigos no fim de semana. Tudo isso pareçe longe paradoxalmente, pois faz apenas uma semana, e o novo ritmo instala pouco a pouco uma reflexão profunda sobre o que se passa, sobre a sociedade, sobre o futuro. As noticias são màs, o pior està ainda por aconteçer e paralelamente o futuro desenha-se dificil, apocaliptico. De natureza optimista continuo a acreditar que algo de bom vai sair disto, que não é por acaso e que talvez este sinal seja escutado, compreendido. Entretanto aproveito no limite do possivel desta primavera que vém de nascer, estranha mas é a primavera na mesma. Os pàssaros cantam como se tudo estivesse na mesma, mas não està. Deixo as ideias se desentrelaçar, deixo o espirito devanear, escuto os passaros e isto leva-me até esta linda canção. Abro uma cerveja no jardim, ponho os auscultadores e enquanto "vaporiso nicotina" escuto esta bela faixa do Peter Hammill ...


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 4984
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyQui 26 Mar - 16:36

Diario de um confinado ... Picstl10


Esta serra que se vê ao longe é o Pic Saint Loup. nas suas encostas é produzido um dos melhores vinhos da região e mesmo do sul da frança que é a AOC Pic Saint Loup. Como està a menos de 10km de casa, no fim de semana vou visitar alguns viticultores que conheço e aprecio e comprar um pouco de vinho. Este confinamento não me permitiu de ir na semana passada e não sei quando poderei voltar, pois a coisa pode durar vàrias semanas ao que se diz. Os agricultores pedem ajuda para as colheitas pois téem falta de mão de obra ... propuz-me de ir ajudar um dia ou dois se for necessario. O estado françês vém de decidir de pagar todas as pessoas que tiveram que deixar de trabalhar não salariadas, mais uma vez a intervenção do estado providência leva as pessoas a esperar em vez de agir ... a republica tornou-se a mamã. Os amigos telefonam-me vàrias vezes por dia e muitos inquietam-se para o futuro. Todos estão a anular as reservações para o verão, talvez deva fazer a mesma coisa. As reportagens são alarmistas e a crise sanitària deve atingir um maximo na semana que vém. O exercito jà montou hospitais de guerra nas zonas mais infectadas e alguns barcos hospital estão a tratar das pessoas e a trazê-las das ilhas até ao continente. Entretanto escuto musica e penso que tudo isto é um sonho e que vou acordar ... ao menos evita de ter uma reflexão profunda sobre o que se passa. Veremos mais tarde o que tudo isto vai dar como resultado socio-politico ...

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 6676
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 38
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyQui 26 Mar - 17:28

Espero que o Paulo continue a dar entrada neste seu diário, é sempre um gosto poder observar o mundo pelos olhos de outra pessoa. Wink


Não querendo invadir o seu espaço, deixo apenas nota de uma conversa que muitas vezes se vem repetindo aqui por casa ou com amigos: apesar de toda esta situação levar a crer que estão a acontecer mudanças, verdadeiramente eu/nós não as vemos a acontecer.

É certo que a Economia abrandou, afinal de contas está quase tudo fechado, mas e o Homem, abrandou?


A velocidade a que acontece a vida parece mesmo ter acelerado nos últimos dias, a procura pela informação ao segundo trava a possibilidade de reflexão e pode muito bem servir de metáfora para este tempo. Estamos preocupados com os números, mas estaremos preocupados com as pessoas ou com a vontade de não pertencer aos números?
Quem abrandou a Economia foi o Homem e o mesmo Homem voltará a colocar o pé no acelerador...

Uma imagem que também serve para ilustrar quão mal estamos é esta:
Diario de um confinado ... Img_797x448$2020_03_18_12_30_54_623066
https://www.publico.pt/2020/03/19/fugas/noticia/peixes-cisnes-patos-quarentena-deixar-aguas-veneza-cristalinas-nova-vida-1908484

Dá que pensar, a imagem é de Veneza e em algumas semanas parece ter sido mudada, como se de uma piscina se tratasse... até peixes se podem ver por lá!

Na China também se notou a melhoria da qualidade do ar, mas ninguém quer saber dos Chineses... eles estão longe, o ar deles é deles... a não ser que... isto ande tudo ligado.


Como o Paulo fala e gosta de vinho, não sei se aí 2017 foi um ano de eleição, aqui foi! Ano particularmente quente, convidou a vindimas antecipadas e produziu vinhos que ficarão na memória. Este talvez venha a ser menos quente, mas pode gerar grandes surpresas, quem sabe o que poderá produzir um ano "clássico". Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 4984
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyQui 26 Mar - 19:51

José Miguel escreveu:
... Não querendo invadir o seu espaço, deixo apenas nota de uma conversa que muitas vezes se vem repetindo aqui por casa ou com amigos: apesar de toda esta situação levar a crer que estão a acontecer mudanças, verdadeiramente eu/nós não as vemos a acontecer. ...

José isto é um topico como qualquer outro ... participa quanto queiras !!!

Também não penso que algo mudarà aqui. Como sempre a grande maioria dos franceses contam com o estado para tudo, e mesmo as compras gostariam que fosse o exercito que as faça e que lhes traga a casa Laughing

O que vai mudar aqui serà pouco ... talvez a dependência em relação à china no que diz respeito a alguns produtos sanitàrios mude, mas fora isso vai ser acelarar a fundo e re-lançar a economia como ela estava. De todas as maneiras nunca ninguém imaginou mudar ... as mudanças preparam-se antes e não depois, e de todas as maneiras mudar em que direção pois não hà plano B previsto no sistema socio-economico actual !!!

Mas, se isto durar talvez deixe um rastro na memoria das pessoas e então com o tempo, quém sabe Wink

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
mannitheear

Mensagens : 1057
Data de inscrição : 01/08/2013

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyOntem à(s) 10:47

Here in Germany it's also much more quiet than normally which gives a spooky feeling. Shops and restaurants are closed, also all hotels, campings etc., only grocery shops are open and restaurants are allowed to sell take-away food.
Most people with office jobs work from home, which is quite normal for some like me and very unusal and new for many others.
We are not totally confined and are allowed to go outside, but only alone, with family or household members or one other person.
So, we have kind of a Corona "deluxe" situation at the moment.

We live here at the border to France, so for many people it's everyday life to go to work, school, go shopping or spend leisure time in the other country. Now the border is closed (which was unthinkable until now) and only people with permissions are allowed to cross. The same situation is 60 km south at the border to Switzerland.

This all gives a very strange impression of being "imprisoned" which feels very bad...

And to be honest, I'm much more afraid from the social and economic consequences of the current sitation than of the virus itself. I can't get out of my head are the numbers which are very different from country to country. While the number of infected people in Germany is also very high and still increasing, the difficult cases and the mortality is signicicantly lower than in Italy, Spain or the direct neighbourhood in France, Grand-Est. I have still no valid explanation for that strange phenomenon but I'm afraid there were made many mistakes made in the begining, For example I've read that hundreds of medical staff are infected alone in the Alsace and perhaps they might have spread the virus too fast among the risk group of older and ill people without knowing it.

But the numbers in Germany gives me hope, not only for the people here of course, but for all people because I'm sure there is a way out of this very unique situation!

Daily life is very different, of course. Because our youngest 15 years old son cannot go to school he studies at home. He's quite introverted, so he's quite satisfied with the situation and meets from time to time with a close friend outdoors. Our older son is 21 and normally lives, works and studies during the week in his own appartment, now he's here. So we talk and discuss much more als a family than normally. Our daughter (23) moved, long planned to Sweden, luckily that happened the week before the confinement and the closing of borders! She had to cancel her long planned travel to Asia with her friends and stays in Sweden for now with her boyfriend, who is quite happy about that.

The daily music listening session usually in the evening gives me much calm, strength and joy, and it connects me somewhat with the musicians and the creators of my loved system!

I like (and share) Paulo's hope that there might emerge something good from that very much!

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 4984
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyOntem à(s) 14:20

mannitheear escreveu:
... While the number of infected people in Germany is also very high and still increasing, the difficult cases and the mortality is signicicantly lower than in Italy, Spain or the direct neighbourhood in France, Grand-Est. I have still no valid explanation for that strange phenomenon but I'm afraid there were made many mistakes made in the begining ...

I guess that in Germany you get the problem earlier, fastier and maybe in a better way then we did it here. Furthermore the discipline isn't the greatest strengh of the latin people, so when you see at Paris (in all the country was the same) the day before the containement all the people gathered in the bars to drink a last drink, it is on that the problems would only grow. As if by chance, the countries most affected by the epidemic are Spain, Italy and France ... this gives us questions to ask ourself later and answers to find Wink

Biz Man and take care of you and your family !!!

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 4984
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyOntem à(s) 15:28

Diario de um confinado ... Aaa10


A relação sinal ruido aqui em casa é muito boa pois vivemos numa aldeia, mas actualmente està espectacular. Se juntar-mos a isto a necessidade e obrigação de estar em casa então é o momento ideal para ouvir musica em boas condições. Fui fazer compras esta manhã e o supermercado estava deserto, muitas estantes quase vazias e as pessoas evitavam cruzar-se umas com as outras e mesmo tocar nos frutos e legumes, como se cada outro ou cada objecto fosse um leproso. O "outro" tornou-se numa arma biologica e basta ver as operadoras de caixa com os escafandros anti-contaminação para perceber que estamos em guerra. Curiosamente, a zona dos vinhos estava cheia e sém buracos levando-me a pensar que os franceses deixaram de beber vinho, ou que sò bebem agua durante o confinamento ... é algo que eu deveria experimentar pois faço o contrario. A guerra entre os eminentes ciêntificos gauleses para encontrar um remédio eficaz contra o virus chinês està no seu auge. Cada um gabando os seus resultados e cuspindo nos do vizinho, pois jà se sabe que as guerras do ego são sempre batalhas solitàrias, o outro é apenas pretexto à auto-valorisação. O hospital de campanha montado pelo exercicito françês em Mulhouse levou mais de uma semana a ser instalado, em caso de guerra ele servirà a proteger os mortos da chuva. Um dos meus amigos intimos aqui no burgo vive calafetado, isolado e sozinho hà mais de dez dias no seu apartamento. Hoje ao meio dia tinha vertigens e palpitações cardiacas, imagino que se trata de uma crise de angustia. Disse-lhe para vir aqui até casa, não quiz, então disse-lhe para beber uma ou duas garrafas de branco, açeitou, telefonou-me a me dizer que jà se sente melhor. A grande maioria da população francesa foi condenada à prisão domiciliária, mas como sempre o sonho do detido é de escapar. Da janela vejo alguns a correr com o intuito de se afastar mais depressa do seu presídio e outros a passear descontraidamente, para não dar nas vistas das autoridades de certeza. Os meus dois gatos não pareçem preocupados por esta crise sanitària e não respeitam as ordens de confinamento. Jà lhes preveni que se forem multados vão ter que se desenrascar sozinhos, eu não pago! A Sanofi vém de anunciar a oferta de 6 milhões de doses de cloroquina aos hospitais, pareçe-me ser uma maneira discreta de se desculpar que esse medicamento seja feito na china, para economisar 2cts por comprimido. Aliàs, aprendi que a grande maioria dos medicamentos criados em frança são produzidos em todo o lado menos aqui, que país tão generoso é a Gália. Bom, agora que jà fiz um pouco de exercicio mental e que deixei as minhas ideias passear é tempo de ouvir musica. A relação sinal-ruido està mesmo excelente por aqui, até me entendo pensar ...

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 6676
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 38
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyOntem à(s) 15:58

A escolha do tema de fundo é preciosa, mas infelizmente aqui é ao contrário... no prédio ao lado prepara-se um apartamento para quem o comprou e o ruído dos martelos é constante, das 8h às 18h não há sossego.

Para trabalhar eu escondo-me nas traseiras da casa, a esta hora apanho sol de frente... as costas da casa são voltadas para o mar, mas para mal dos meus remédios eu apenas consigo ver cimento cada vez menos entrecortado por movimentos de pessoas. As janelas pouco se abrem, as pessoas de forma fugida espreitam e voltam para a segurança do interior.


Tenho dado algum uso aos Sennheiser Momentum, assim não cruzo sons com a Luciana e não recebo as marteladas nas paredes vizinhas, melhoro significativamente a relação silêncio/ruído... para o devido efeito, não fico muito mal servido, escuto Música com tons pastel, não cansa, mas não resisto a pensar que falta alguma coisa.


In vino veritas é uma frase que entra aqui bem, por vezes é preciso baixar os níveis de tensão para ver as coisas como elas são, o vinho ajuda a abrandar e na medida certa pode colocar-nos no ponto certo.
Perto de casa temos um supermercado relativamente pequeno, mas com uma garrafeira que deixa ficar mal alguns dos maiores. Lá encontramos os Burmester, tintos que nos andam a encher as medidas - desde as gamas de entrada, estes tintos do Douro revelam grande equilíbrio. Há notas de fruta madura bem presentes, há acidez no ponto, taninos controlados, boa persistência e o nariz é bom logo ao abrir a garrafa... Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
mannitheear

Mensagens : 1057
Data de inscrição : 01/08/2013

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyOntem à(s) 17:59

Our daughter told me just at the telephone that a friend of her living not far from us has been infected and was positively tested. Until she got the result, she's almost totally recovered again. The rest of the family (parents, two brothers and a grandma with 80) had it probably, too but even the grandma is over the hill. They had minor symptoms and fever on one day but lost sense of taste and smell for a week or so but didn't need treatment or hospital...

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
Ghost4u

Mensagens : 5593
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... EmptyOntem à(s) 19:07

TD124 escreveu:
Diario de um confinado ... Aaa10

(...) agora que jà fiz um pouco de exercicio mental e que deixei as minhas ideias passear é tempo de ouvir musica. A relação sinal-ruido està mesmo excelente por aqui, até me entendo pensar ...

Exercício intelectual apreciado, assim como o álbum «Anastasis».
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Diario de um confinado ... Empty
MensagemAssunto: Re: Diario de um confinado ...   Diario de um confinado ... Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Diario de um confinado ...
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Off Topic-
Ir para: