Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 A rodar XL

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11 ... 20  Seguinte
AutorMensagem
anibalpmm
Membro AAP


Mensagens : 7619
Data de inscrição : 05/03/2012

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 18:29

Magnífico CB
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3135
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 18:45

José Miguel escreveu:
O dia já anunciava a quadra festiva, a campainha tocou. (...) verificámos que havia Correio a chegar.
(...) um de nós teria que sair de casa e abrir a porta ao simpático senhor (...) Fui eu que desci (...)
Com a entrada em casa demos início a abertura do embrulho (...)
O álbum que agora vai rodar foi/é uma agradável surpresa até pela forma como chegou – inesperado.

Descrição pormenorizada que coloca a Caixa Idiota Instruída a imaginar o episódio.
Quanto a Scott Walker, encanto-me com a audição dos álbuns 3 e 4.
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7619
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 19:46

Magnífico álbum ao vivo
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 20:00

anibalpmm escreveu:
Magnífico álbum ao vivo



Não roda, mas também cá canta.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3238
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 20:09

José Miguel escreveu:
... O álbum que agora vai rodar foi/é uma agradável surpresa até pela forma como chegou – inesperado.
...

Luciana Silva escreveu:
...Quanto ao Scott Walker, há algum tempo que o Miguel quer o 2 e o 3, mas há sempre outras músicas a colocarem-se no caminho da aquisição. O Tilt é demasiado pesado para mim, deixa-me em baixo de forma… Não o quero por cá!  confused

Não sei se o 2 e o 3 jà chegaram... mas o 4, é certo que jà ai mora cheers. Eu em bolacha preta sò tenho o Tilt, que faz parte de uma trilogia que escuto sempre acompanhada e nesta ordem ... como se fossem uma unica obra (feita por heteronimos...) e a continuidade natural (intelectual) uns dos outros ... mas, sò as capas jà indicam que a musica dentro não é ném ligeira, ném para dançar !!!  Shocked

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 20:10

anibalpmm escreveu:
Magnífico CB



Não presta...

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 20:43

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
... O álbum que agora vai rodar foi/é uma agradável surpresa até pela forma como chegou – inesperado.
...

Luciana Silva escreveu:
...Quanto ao Scott Walker, há algum tempo que o Miguel quer o 2 e o 3, mas há sempre outras músicas a colocarem-se no caminho da aquisição. O Tilt é demasiado pesado para mim, deixa-me em baixo de forma… Não o quero por cá!  confused

Não sei se o 2 e o 3 jà chegaram... mas o 4, é certo que jà ai mora cheers. Eu em bolacha preta sò tenho o Tilt, que faz parte de uma trilogia que escuto sempre acompanhada e nesta ordem ... como se fossem uma unica obra (feita por heteronimos...) e a continuidade natural (intelectual) uns dos outros ... mas, sò as capas jà indicam que a musica dentro não é ném ligeira, ném para dançar !!!  Shocked
Para já, até a Luciana mudar de ideias, essa "triologia" está chumbada! Evil or Very Mad

Resta a que está na imagem e que é a nossa, para já: Música, Livros, Quadros... Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 21:00

Ghost4u escreveu:
José Miguel escreveu:
O dia já anunciava a quadra festiva, a campainha tocou. (...) verificámos que havia Correio a chegar.
(...) um de nós teria que sair de casa e abrir a porta ao simpático senhor (...) Fui eu que desci (...)
Com a entrada em casa demos início a abertura do embrulho (...)
O álbum que agora vai rodar foi/é uma agradável surpresa até pela forma como chegou – inesperado.

Descrição pormenorizada que coloca a Caixa Idiota Instruída a imaginar o episódio.
Quanto a Scott Walker, encanto-me com a audição dos álbuns 3 e 4.
As palavras são curtas, andam fugidias, mas se a Imaginação for rica... As palavras dirão sempre pouco da surpresa do dia! Smile Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4318
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 50
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 21:19

Duarte Rosa escreveu:
A rodar, um disco que gosto muito e que foi oferta de um amigo


Quem foi o malandro?!... cheers

Por aqui prepara-se um nova viagem com combustível francês misturado com aditivos pouco habituais (mandarim, árabe, etc.).

Hey DJ, scratch the engine!

Gasoline - A Journey Into Abstract Hip-Hop (2002, La Fondation, Fra)

Um Bom Ano! 2cclzes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3135
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 21:27

José Miguel escreveu:
As palavras são curtas, andam fugidias (...)

No meu caso, com tantas palavras que enriquecem a nossa língua, tem sido difícil encontrá-las para escrever. Mas, calmamente, aparece uma após uma...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 599
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Seg Jan 02 2017, 23:16

Antes de qualquer correcção ou encaminhamento para o tópico certo “As minhas audiofilias”, peço desculpa pelo atrevimento, mas é inevitável começar o ano com a verdade que rodeia a (minha) relação com a música. As palavras não são da minha autoria (não tenho qualquer dão, muito menos o da escrita), são do José Duro, um poeta oculto em vida e em morte. Ele diz assim:


O que eu quero é olhar e vêr o que apeteço,
Depois d’appetecer desejo possuir.
E tendo o que desejo logo me aborreço
E aborrecendo tudo vivo de sentir

O meu prazer é bruto, em mim só há desejos…
O que amo na Mulher não é immaculado…
Eu só lhe quero a Fórma e, quando saciado,
Desprezo-me a mim mesmo, enojam-me os meus beijos…

Pedir pureza á Carne é insultar a Carne!
Que as almas, como as flôres também se dão no marne
E a Lua também olha as podridões espúrias

E se a Natureza a própria que nos leva
Das Virtudes da Aurora aos peccados da Tréva,
Então bemdita seja a lama das luxurias!

(já imagino o António após imagem tão impura, tentado a anunciar o poema no tópico certo!!)

Se é certo que a música acompanha a nossa caminhada, também é certo que ela reveste-se de muitas “formas” e conteúdos, provoca-nos estados de alma, desejos, vícios, actos compulsivos, atracção e repulsa. A forma e o conteúdo é tão volátil como a sucessão do tempo e o que vamos querendo é tão (im)puro como o que vamos engavetando. A luxuria não é mais do que insatisfação… O que reprovamos hoje, não é a matriz para avaliarmos o amanhã.
Por isso, toda a música que aqui vai aparecendo, vai atiçando a carne… e macerando os pecados.

Com isto, quero desejar a todos um excepcional ano 2017, que todos pequemos neste vai-e-vem de ilusões musicais.

E acabo a noite a ouvir:



Quem me dera ter estado em Estocolmo a ver e ouvir estes senhores! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 00:30

José Miguel escreveu:
Ghost4u escreveu:
José Miguel escreveu:
O dia já anunciava a quadra festiva, a campainha tocou. (...) verificámos que havia Correio a chegar.
(...) um de nós teria que sair de casa e abrir a porta ao simpático senhor (...) Fui eu que desci (...)
Com a entrada em casa demos início a abertura do embrulho (...)
O álbum que agora vai rodar foi/é uma agradável surpresa até pela forma como chegou – inesperado.

Descrição pormenorizada que coloca a Caixa Idiota Instruída a imaginar o episódio.
Quanto a Scott Walker, encanto-me com a audição dos álbuns 3 e 4.
As palavras são curtas, andam fugidias, mas se a Imaginação for rica... As palavras dirão sempre pouco da surpresa do dia! Smile Smile



Esse Scott Walker também roda cá por casa com alguma regularidade.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 00:41

Luciana Silva escreveu:
Antes de qualquer correcção ou encaminhamento para o tópico certo “As minhas audiofilias”, peço desculpa pelo atrevimento, mas é inevitável começar o ano com a verdade que rodeia a (minha) relação com a música. As palavras não são da minha autoria (não tenho qualquer dão, muito menos o da escrita), são do José Duro, um poeta oculto em vida e em morte. Ele diz assim:


O que eu quero é olhar e vêr o que apeteço,
Depois d’appetecer desejo possuir.
E tendo o que desejo logo me aborreço
E aborrecendo tudo vivo de sentir

O meu prazer é bruto, em mim só há desejos…
O que amo na Mulher não é immaculado…
Eu só lhe quero a Fórma e, quando saciado,
Desprezo-me a mim mesmo, enojam-me os meus beijos…

Pedir pureza á Carne é insultar a Carne!
Que as almas, como as flôres também se dão no marne
E a Lua também olha as podridões espúrias

E se a Natureza a própria que nos leva
Das Virtudes da Aurora aos peccados da Tréva,
Então bemdita seja a lama das luxurias!

(já imagino o António  após imagem tão impura, tentado a anunciar o poema no tópico certo!!)

Se é certo que a música acompanha a nossa caminhada, também é certo que ela reveste-se de muitas “formas” e conteúdos, provoca-nos estados de alma, desejos, vícios, actos compulsivos, atracção e repulsa. A forma e o conteúdo é tão volátil como a sucessão do tempo e o que vamos querendo é tão (im)puro como o que vamos engavetando. A luxuria não é mais do que insatisfação… O que reprovamos hoje, não é a matriz para avaliarmos o amanhã.
Por isso, toda a música que aqui vai aparecendo, vai atiçando a carne…  e macerando os pecados.

Com isto, quero desejar a todos um excepcional ano 2017, que todos pequemos neste vai-e-vem de ilusões musicais.

E acabo a noite a ouvir:



Quem me dera ter estado em Estocolmo a ver e ouvir estes senhores! Wink



Fabuloso poema.


Também gostaria de ter estado em Estocolmo para ouvir, quem sabe acompanhado de um bom vinho e bom petisco, esse concerto relaxante sem ser relaxado. E como sempre, a gravação ajuda a enaltecer e valorizar a arte que nos reúne aqui, que é a musica. Ou dito ao contrário, mau som arruiná boa musica, o que não é o caso.
Já há muito que o meu não roda, outras prioridades se levantam.

Neste momento, roda o 10.000 anos do José Cid, gravado de um álbum original Orfeu para uma BASF Chrome Super II. Se houver seguinte, irei então para Estocolmo à boleia de uma TDK de Crómio.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 01:23

E directamente de Estocolmo, os senhores de que se fala. Numa TDK-SA, que está longe de ser das minhas favoritas, mas a gravação ficou mesmo assim excelente.




E o Paulo Marcelo (TD124) e o Manfred tinham razão, os DT 880 são mesmo fabulosos.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 01:31

Para depois do trabalho... Um destes dias tenho que experimentar um brinquedo desses (não necessariamente esse modelo!), um brinquedo já interessante para ver se me deixo levar.

Os auscultadores para a noite prometem, com os álbuns certos... Rolling Eyes

Força aí António, depois desse outros! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 01:37

José Miguel escreveu:
Para depois do trabalho... Um destes dias tenho que experimentar um brinquedo desses (não necessariamente esse modelo!), um brinquedo já interessante para ver se me deixo levar.

Os auscultadores para a noite prometem, com os álbuns certos... Rolling Eyes

Força aí António, depois desse outros! Wink


Isto será aquilo que muitos achariam uma união suicida para auscultadores, gravação de vinil para cassete ou, no pensamento de alguns, o pior dos dois mundos e algo de "assassino" para headphones. Quem quiser ouvir, posso provar algo de de diametralmente oposto.

O Deck convém ser razoavelmente bom. Os resultados obtidos são verdadeiros "espanta cépticos".

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 01:59

O foco lá em casa, não escondemos, passa pelo Vinil. Honestamente, por auscultadores fracotes e ligados ao amplificador, a união com o Vinil é complicada... mas lá está, ainda nem saímos do primeiro degrau.

Um destes dias experimentarei uns auscultadores catitas, andei a investigar com menos de 50 ohms para não precisar de amplificador dedicado - complicado!

Acredito que com bons equipamentos se consigam grandes resultados, mas em outros patamares é preciso igual cuidado para não se colocar dinheiro no lixo!

Por exemplo: um gira-discos melhor reduz o ruído de superfície...

Rolling Eyes  os compromissos são tramados!
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3238
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 08:58

António José da Silva escreveu:
...Também gostaria de ter estado em Estocolmo para ouvir, quem sabe acompanhado de um bom vinho e bom petisco, ...

O Pawnshop é uma bonita sala e Estocolmo uma rica Capital nordica, então o bom vinho é raro e mais caro do que o ouro, quanto aos petiscos fora o salmão fumado e o arenque  confused  ... então é melhor ires com uma carta de crédito pesada e dourada  Twisted Evil

António José da Silva escreveu:
... Isto será aquilo que muitos achariam uma união suicida para auscultadores, gravação de vinil para cassete ou, no pensamento de alguns, o pior dos dois mundos e algo de "assassino" para headphones. ...

Mesmo para um sistema de sala jà é "assassino"... para headphones então é  affraid . Respeitando a opinião e os desejos de cada um pois somos adultos, é verdade que não compreendo que se faça hoje, o que faziamos nos 80 de gravar o disco de um amigo numa K7. Muita gente tém um computador, e com uma bela placa de som e o audacity a copia numérica de um vinyl é perfeita e respeita integralmente os parametros técnicos do original ... e por um preço baixo !!! Um belo exemplo é o "Amigos em Portugal" dos Durutti Column" em CD que é gravado a partir do vinilo 0001 e que possui mesmo o pequeno toque de calor do analogico...

José Miguel escreveu:
O foco lá em casa, não escondemos, passa pelo Vinil. ...

... Rolling Eyes  os compromissos são tramados!

Amigo José Miguel, os CD's estão ao preço da chuva nos dias de hoje e um leitor jà tém no computador ou então transforma o CD em ficheiro. Visto que se queixa que o dinheiro é escasso ... eis uma boa alternativa para ter melhor, mais musica e mais barata ... sém deitar dinheiro fora Wink

Quanto aos compromissos, eles não são tramados pois fazemos todos. È a boa escolha que é dificil study

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 10:04

No dia em que nos voltarmos a cruzar para umas loiras aqui nos Portais da Arrábida, vens cá a casa ouvir e depois voltamos a falar.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3238
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 10:13

António José da Silva escreveu:
No dia em que nos voltarmos a cruzar para umas loiras aqui nos Portais da Arrábida, vens cá a casa ouvir e depois voltamos a falar.

Com grande prazer amigo Antonio !!!

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 14:00

TD124 escreveu:

(...)

José Miguel escreveu:
O foco lá em casa, não escondemos, passa pelo Vinil. ...

... Rolling Eyes  os compromissos são tramados!

Amigo José Miguel, os CD's estão ao preço da chuva nos dias de hoje e um leitor jà tém no computador ou então transforma o CD em ficheiro. Visto que se queixa que o dinheiro é escasso ... eis uma boa alternativa para ter melhor, mais musica e mais barata ... sém deitar dinheiro fora Wink

Quanto aos compromissos, eles não são tramados pois fazemos todos. È a boa escolha que é dificil study

cheers
Quando ontem cheguei a casa a Luciana estava bem desperta e falamos sobre esta questão, mas antes de qualquer coisa, o princípio.

Princípio: Não entro no debate sobre os formatos e qual deles o melhor... para mim, perdoem-me a imagem, é um debate semelhante ao que se pode ter sobre qual a melhor religião. O formato tem que estar depois da Música ou então algo estará errado.
O formato mexe com a escuta?
Sim!!! Desde logo porque "as coisas são o que nelas colocamos", não me canso de dizer, por isso cada um vai colocar as suas crenças no acto da escuta - é assim com tudo e a Música não será diferente. As nossas crenças toldam a nossa mundividência e não é possível viver sem crenças. A cada um de nós resta o caminho que o Paulo sugere no final com o bonequito study para que se separe o "trigo do joio".

Qual o melhor formato para mim?
O que reproduzir melhor a Música num determinado Momento/Circunstância.


A questão dos compromissos foi colocada tendo os auscultadores como mote de conversa e como o dinheiro de facto é curto tenho tentado ver o que se pode arranjar para ter uma experiência satisfatória. As poucas que tive - amplificador(comum)/auscultadores/gira-discos eu não gostei... Claro que sei das limitações deste conjunto e por isso coloquei a questão dos "compromissos".


Os CDs estão de facto baratos, mesmo no mercado de "Novo" hoje vamos a uma qualquer Fnac e temos muitos a 5 euros. De Jazz a Clássica, de Portuguesa a Música do Mundo. A selecção não é má e já aproveitamos algumas oportunidades. O nosso leitor de CD foi comprado para alimentar uma noite de festa, mas ficou e trabalha. Há mesmo álbuns que temos em CD e LP e já aqui disse que prefiro ouvir via CD - creio que isto não é um crime, muitas edições em vinil simplesmente não são boas.

Os Ficheiros são outra conversa... o Paulo sabe bem que não chega desmaterializar a Música ou ter uma assinatura no Spotify... ligamos um equipamento ao amplificador e o som é fraco.
A solução: comprar equipamentos para melhorar esta experiência...


Resumindo: "as coisas são o que nelas colocamos" e nós colocamos algo no Vinil. Não somos ortodoxos, mas ainda não estamos preparados para gastar dinheiro num equipamento que nos possibilite ouvir Música via ficheiros como deve ser. Não há nisto nada de errado, o Vinil e os CDs vão chegando e não requerem mais nenhum investimento - compromisso! Wink
Para conhecer e explorar, os ficheiros tal como os conseguimos reproduzir também vai chegando, até porque usamos muito pouco - é pelo telefone ligado ao amplificador que ouvimos ficheiros, está lá a conta do Spotify activa - outro compromisso. Wink

Para terminar a conversa, fica o que rodará a grande velocidade...

Um fresquinho de 2016... Yndi Halda - Under Summer

Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 14:35

Mudando o registo, não o formato...

Benjamin Sainte-Clémentine - At Least For Now
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7619
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 15:05

Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 599
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 15:09

José Miguel escreveu:
Mudando o registo, não o formato...

Benjamin Sainte-Clémentine - At Least For Now
Que linda obra!! Embarassed Embarassed Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 15:16

Luciana Silva escreveu:
José Miguel escreveu:
Mudando o registo, não o formato...

Benjamin Sainte-Clémentine - At Least For Now
Que linda obra!! Embarassed Embarassed Embarassed



Esse não conheço.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 599
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 15:35

António José da Silva escreveu:
Luciana Silva escreveu:
José Miguel escreveu:
Mudando o registo, não o formato...
Benjamin Sainte-Clémentine - At Least For Now
Que linda obra!! Embarassed Embarassed Embarassed



Esse não conheço.

Vale cada minutinho de audição. O menino Benjamin tem uma voz muito flexível e usa-a muito bem, a carga dramática reveste todo o álbum e os arranjos musicais estão muito bem conseguidos. Este menino merece palminhas e muito estímulo para continuar... será tudo o que quiser!!

E existe em VINIL! Wink
(José, ouviste, existe em vinil!?) pirat
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7619
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 15:48

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 15:49

anibalpmm escreveu:


Ouve bem e de seguida, que obra. O som não é xpto, mas come-se bem.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7619
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 16:01

António José da Silva escreveu:
anibalpmm escreveu:


Ouve bem e de seguida, que obra. O som não é xpto, mas come-se bem.
Sem ser fabuloso no som até q não é nada mau
Ouve-se muito bem
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3238
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 16:45

José Miguel escreveu:
... O formato mexe com a escuta?

Evidentemente que sim, e ninguém quer ouvir as "Variações de Goldberg do Bach" (entre outras obras clàssicas e não sò...) em vinilo ... ninguém!!! ... então segundo o sàbio ditado françês: Quém pode o mais, pode o menos !... penso que as outras musicas não vão se queixar de soar sém ruido de fundo ou e de "superficie" (para citar que estes elementos)... ném o auditor exigente !!!  Cool

Qual o melhor formato para mim?
O que reproduzir melhor a Música num determinado Momento/Circunstância.

Aqui, chama-se a uma intervenção como esta "não jogar o jogo"... pois o melhor não é uma questão de momento/circunstância, mas de meios, possibilidade, poder, saber... a menos que chame ao "melhor" o "que se tém ou pode", mas então é pura semântica  Exclamation

Resumindo: "as coisas são o que nelas colocamos" e nós colocamos algo no Vinil. Não somos ortodoxos, mas ainda não estamos preparados para gastar dinheiro num equipamento que nos possibilite ouvir Música via ficheiros como deve ser. ...

Em vez de ouvir mal os ficheiros, escolheu de ouvir mal os vinilos se compreendo bem ... o que conduz a uma escolha partisana. Suponho que é o que quer dizer a frase "nòs colocamos algo no Vinil", aonde o algo é abstrato e não comunica o sentido profundo do seu ser. Mas, digo-lhe abertamente amigo José, um sistema para leitura de ficheiros é muito mais barato do que um phono "simplesmente correcto" e dà resultados muito superiores. Mas, 30 ou 50€ é dinheiro (dois ou três vinilos e dez ou quinze CD's usados...) e compreendo que não possa ser feito quando se quer ... mas penso que a sua escolha dos vinilos seja "um affair pessoal" e não uma escolha qualitativa, quanto à escuta é claro pois hà soluções hoje muito mais baratas e muito melhores* nesse aspecto... Wink

Para terminar a conversa, fica o que rodará a grande velocidade...
Um fresquinho de 2016... Yndi Halda - Under Summer

Fico contente que goste dos Yndi Halda ... que escuto de vez em quando, nos dois formatos !!!... pois também existe en vinil  dvil  

* Terei um grande prazer a lhe comunicar essas soluções quando decidir de ouvir melhor... e mais barato !!!  pirat

cheers


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 16:52

E aqui roda de seguida...




Patricia Barber - Mythologies / Cole Porter


Ambos os álbuns gravados numa Memorex Ciré IV Metal.



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 18:00

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
... O formato mexe com a escuta?

Evidentemente que sim, e ninguém quer ouvir as "Variações de Goldberg do Bach" (entre outras obras clàssicas e não sò...) em vinilo ... ninguém!!! ... então segundo o sàbio ditado françês: Quém pode o mais, pode o menos !... penso que as outras musicas não vão se queixar de soar sém ruido de fundo ou e de "superficie" (para citar que estes elementos)... ném o auditor exigente !!!  Cool

Caro Paulo referia-me mesmo ao nível do Conhecimento. Quer se queira quer não, as nossas crenças mexem com tudo o que experimentamos.

Qual o melhor formato para mim?
O que reproduzir melhor a Música num determinado Momento/Circunstância.

Aqui, chama-se a uma intervenção como esta "não jogar o jogo"... pois o melhor não é uma questão de momento/circunstância, mas de meios, possibilidade, poder, saber... a menos que chame ao "melhor" o "que se tém ou pode", mas então é pura semântica  Exclamation

O que disse antes responde a esta sua dúvida. Não é apenas semântica, claro que as Circustâncias fazem escolher uma ou outra via. Já disse que entre uma edição em CD ou Vinil do mesmo álbum eu escolho a melhor: acontece por vezes ser o CD.  

Resumindo: "as coisas são o que nelas colocamos" e nós colocamos algo no Vinil. Não somos ortodoxos, mas ainda não estamos preparados para gastar dinheiro num equipamento que nos possibilite ouvir Música via ficheiros como deve ser. ...

Em vez de ouvir mal os ficheiros, escolheu de ouvir mal os vinilos se compreendo bem ... o que conduz a uma escolha partisana. Suponho que é o que quer dizer a frase "nòs colocamos algo no Vinil", aonde o algo é abstrato e não comunica o sentido profundo do seu ser. Mas, digo-lhe abertamente amigo José, um sistema para leitura de ficheiros é muito mais barato do que um phono "simplesmente correcto" e dà resultados muito superiores. Mas, 30 ou 50€ é dinheiro (dois ou três vinilos e dez ou quinze CD's usados...) e compreendo que não possa ser feito quando se quer ... mas penso que a sua escolha dos vinilos seja "um affair pessoal" e não uma escolha qualitativa, quanto à escuta é claro pois hà soluções hoje muito mais baratas e muito melhores* nesse aspecto... Wink

Estou de mente aberta... ainda que a trabalhar... o que disse é simples: o Vinil para mim tem um lado que não é Música, mas do qual eu gosto - o lado material do objecto. Disse também que o formato não pode ultrapassar a Música - prefiro ouvir melhor.
Tentamos conciliar algo, talvez estejamos a ouvir mesmo mal, mas é o melhor dos mundos possíveis!

Estarei atento, como sempre, às dicas e acredite que se der tentarei.

Posso estar mesmo limitado e enganado, mas há momentos em que acredito que não ouvimos Música assim tão mal... há melhor, mas já estivemos pior. O caminho faz-se caminhando!  Wink



Para terminar a conversa, fica o que rodará a grande velocidade...
Um fresquinho de 2016... Yndi Halda - Under Summer

Fico contente que goste dos Yndi Halda ... que escuto de vez em quando, nos dois formatos !!!... pois também existe en vinil  dvil  
dvil Eu sei... nem sempre, nem nunca!  Twisted Evil

* Terei um grande prazer a lhe comunicar essas soluções quando decidir de ouvir melhor... e mais barato !!!  pirat

Venham elas!!! Aprender é o caminho!!!
cheers

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 18:45

Gravado de um original Decca SLPDB 1024 de 1975 para uma cassete Sony Metal Master.



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 18:49

António José da Silva escreveu:
Gravado de um original Decca SLPDB 1024 de 1975 para uma cassete Sony Metal Master.


Esse álbum é mesmo muito bom!!!

Em Lp temos a reedição, que vale bem a procura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 18:52

José Miguel escreveu:
António José da Silva escreveu:
Gravado de um original Decca SLPDB 1024 de 1975 para uma cassete Sony Metal Master.


Esse álbum é mesmo muito bom!!!

Em Lp temos a reedição, que vale bem a procura.



O som deste original não é lá muito "católico", mas ouve-se. Merecia uma reedição xpto à maneira.

A seguir, vem outro dos nacionais muiiiiiiiiiiiiiiiiiiito bons.

Lado A da Sony Metal Master : Jorge Palma - Jorge Palma

Lado B da Sony Metal Master : Banda Do Casaco ‎– Dos Benefícios Dum Vendido No Reino Dos Bonifácios

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 19:00

A da Rastilho não está nada mal, mesmo nada mal!
É limitadae desapareceu rapidamente, mas vai aparecendo em usado.

Essa cassete é mesmo um mimo! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 19:03

José Miguel escreveu:

Essa cassete é mesmo um mimo! Wink




_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3238
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 20:08

José Miguel escreveu:
... o Vinil para mim tem um lado que não é Música, mas do qual eu gosto - o lado material do objecto. (...) Tentamos conciliar algo, ...

Ora ai me pareçe estar o ventre do problema amigo José Miguel... pois a paixão pelo vinilo (extensa aos giras e etc...), é mais a paixão do objecto do que verdadeiramente a da qualidade de reprodução, esta ultima sendo usada como alibi para justificar uma relação à musica, jà pervertida seminalmente pelo culto do objecto...

Eu também tenho uma relação material com alguns vinilos (poucos), pois são aqueles que acompanharam noites e noites de adolescência, forjaram aspectos da minha personalidade e devo-lhes então um pouco do que sou, pois sou uma geração do vinil! Necessito ter o London Calling em vinilo, que pouco escuto em bolacha ... mas que me recorda as DocMartens, os jeans "fit" e os t'shirts rasgados que tanto irritavam a minha mãe. Mas não preciso de ouvir o Monk, Trane, Bach, Glass, Reich em vinilo ... pois posso-os ouvir em melhores condições. O culto do objecto conduz ao culto do som, que por sua vez cria um padrão estético que conforta. Jà o disse aqui que, fora a qualidade superior da escuta com ficheiros o que me agrada e cada vez mais é a ruptura total com o objecto, capa, artwork, matéria que conduz à musica e nada mais do que ela !!!... o que me pareçe ser a essência da coisa não
 scratch  

... Posso estar mesmo limitado e enganado, mas há momentos em que acredito que não ouvimos Música assim tão mal... há melhor, mas já estivemos pior. O caminho faz-se caminhando!  Wink


Eu utilisei como comparativo com a escuta de ficheiros e não é uma afirmação que escute mal pois ... nunca escutei na sua casa. Mas posso-lhe afirmar que pela mesma despesa em gira e vinilos (qualquer que ela seja) ... no mundo dos ficheiros voçê escuta mais obras e com uma fidelidade melhor...  Cool

Eu disse-lhe hà pouco que comprava o Post e a Electronica e porquê, em vinilo desde sempre ... mas tenho o ficheiro ou o CD à borla então junto o util ao agradàvel ... pois não desgosto (ao contràrio) de escutar um vinilo e pratico isso hà mais de trinta anos com assiduidade. Mas não pretendo que essa escuta seja o supra-sumo da reprodução ném o caminho mais directo até à musica...  affraid

PS: Gosto de criar barafunda nas suas contradições pois destapo e descubro as minhas ao mesmo tempo...  

lol!


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António Teixeira
Membro AAP


Mensagens : 206
Data de inscrição : 08/07/2013
Idade : 50
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 21:13

Afinal tinha aqui este há muito tempo esquecido!
Há muitos anos que não rodava mas, com a inspiração que este tópico me está dar, está a rodar e, apesar do som não ser extraordinário (gravação??? limitações do meu sistema???) a verdade é que o violino não se sai nada mal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64084
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 21:45

TD124 escreveu:
Ora ai me pareçe estar o ventre do problema amigo José Miguel... pois a paixão pelo vinilo (extensa aos giras e etc...), é mais a paixão do objecto do que verdadeiramente a da qualidade de reprodução...



Ora bem, não poderia estar mais em desacordo. Para mim, e de tudo o que tenho ouvido até hoje, o vinil continua a ser o suporte que mais me fascina sonoramente.

Mas cada um tem a sua percepção.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 599
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 21:47

Por aqui, para relaxar, ouço o som de um sitar tocado maravilhosamente bem...



Este som indiano remete-me sempre para aromas de terra e especiarias... Num instante a viagem inicia-se... drunken
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2481
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 47
Localização : Outra Banda

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 21:51

Luciana Silva escreveu:
Por aqui, para relaxar, ouço o som de um sitar tocado maravilhosamente bem...



Este som indiano remete-me sempre para aromas de terra e especiarias... Num instante a viagem inicia-se... drunken

A mim a pimenta faz-me espirrar.

Prefiro a música!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António Teixeira
Membro AAP


Mensagens : 206
Data de inscrição : 08/07/2013
Idade : 50
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:00

Hoje fui ao fundo do baú e encontrei mais este!
Custou-me 1.100$00 nos anos 80...
O virtuosismo de ambos os músicos fica bem realçado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2481
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 47
Localização : Outra Banda

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:13

António Teixeira escreveu:
Hoje fui ao fundo do baú e encontrei mais este!
Custou-me 1.100$00 nos anos 80...
O virtuosismo de ambos os músicos fica bem realçado.

Não conheço! Parece-me ser um belo projecto, vou investigar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4036
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:14

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
... o Vinil para mim tem um lado que não é Música, mas do qual eu gosto - o lado material do objecto. (...) Tentamos conciliar algo, ...

Ora ai me pareçe estar o ventre do problema amigo José Miguel... pois a paixão pelo vinilo (extensa aos giras e etc...), é mais a paixão do objecto do que verdadeiramente a da qualidade de reprodução, esta ultima sendo usada como alibi para justificar uma relação à musica, jà pervertida seminalmente pelo culto do objecto...


José Miguel escreveu:

Estou de mente aberta... ainda que a trabalhar... o que disse é simples: o Vinil para mim tem um lado que não é Música, mas do qual eu gosto - o lado material do objecto. Disse também que o formato não pode ultrapassar a Música - prefiro ouvir melhor.
Tentamos conciliar algo, talvez estejamos a ouvir mesmo mal, mas é o melhor dos mundos possíveis!


Estarei atento, como sempre, às dicas e acredite que se der tentarei.

Posso estar mesmo limitado e enganado, mas há momentos em que acredito que não ouvimos Música assim tão mal... há melhor, mas já estivemos pior. O caminho faz-se caminhando!  Wink




Eu também tenho uma relação material com alguns vinilos (poucos), pois são aqueles que acompanharam noites e noites de adolescência, forjaram aspectos da minha personalidade e devo-lhes então um pouco do que sou, pois sou uma geração do vinil! Necessito ter o London Calling em vinilo, que pouco escuto em bolacha ... mas que me recorda as DocMartens, os jeans "fit" e os t'shirts rasgados que tanto irritavam a minha mãe. Mas não preciso de ouvir o Monk, Trane, Bach, Glass, Reich em vinilo ... pois posso-os ouvir em melhores condições. O culto do objecto conduz ao culto do som, que por sua vez cria um padrão estético que conforta. Jà o disse aqui que, fora a qualidade superior da escuta com ficheiros o que me agrada e cada vez mais é a ruptura total com o objecto, capa, artwork, matéria que conduz à musica e nada mais do que ela !!!... o que me pareçe ser a essência da coisa não
 scratch  

Eu sublinhei uma segunda frase que escrevi antes, mas que o Paulo deixou de fora... talvez verifique que num acto consciente não exista assim tanta contradição.
Claro que sou honesto e afirmo categaricamente que a relação com o vinil não passa apenas pelo som, mas há alguma coisa na vida desprovida de multiplas referências?
Se há, desconheço... O Paulo acabou de dar razão ao que venho a dizer desde que nos cruzamos por aqui, também sabe que existem objectos que gosta de ter por perto e isso, consciente, não lhe tolda as vistas.
Qual a razão que o leva a pensar que me tolda as minhas?  Rolling Eyes


Uma das coisas que gosto é destas conversas, porque quando abertas francas ajudam mesmo a que cada um evolua.
Talvez um dia destes consiga ouvir por ficheiros melhor do que por vinil, mas neste momento ainda não.
Por CD tem dias...  Wink



Agora vou trabalhar mais umas horitas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3238
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:20

António José da Silva escreveu:
... Para mim, e de tudo o que tenho ouvido até hoje, o vinil continua a ser o suporte que mais me fascina sonoramente. ...

Quando um suporte fascina sonoramente é que tém um som, e é o caso do vinilo. Quando um suporte tém um som então ele marca a reprodução dessa tonalidade (mesmo que esta seja eufonica), o que vai contra a neutralidade. Quando a neutralidade tonal deixa de existir a fidelidade està comprometida, mas o som pode continuar a agradar, e mesmo pareçer musical. O que te fascina então é um som, o tocar e o ver ... ora que nada disto tém a ver com a fidelidade ném mesmo sequer com a musica. Então o teu fascinio vém de um som ao teu gosto e não da reprodução fiel do que està no disco. Se tal fosse o caso, a tua relação com o digital seria muito mais nuanceada e sobretudo realista. È o teu direito de gostares do que queiras, e mesmo de adorar o som das vàlvulas, vinilos e ou K7's, mas não apregoes muito alto o termo "Hifi" e fica-te pelo termo "audio" que é um saco maior e aonde cabe tudo o resto ... Wink

Jà faz anos que te cito um ditado daqui: Não hà pior cego que aquele que não deseja ver !!!... Twisted Evil

2cclzes

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3238
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:26

Alexandre Vieira escreveu:
António Teixeira escreveu:
Hoje fui ao fundo do baú e encontrei mais este!
Custou-me 1.100$00 nos anos 80...
O virtuosismo de ambos os músicos fica bem realçado.

Não conheço! Parece-me ser um belo projecto, vou investigar.

Eu também, vou-me interessar a esse desconhecido duo !!! Obrigado pela descoberta cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António Teixeira
Membro AAP


Mensagens : 206
Data de inscrição : 08/07/2013
Idade : 50
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:28

Alexandre Vieira escreveu:
António Teixeira escreveu:
Hoje fui ao fundo do baú e encontrei mais este!
Custou-me 1.100$00 nos anos 80...
O virtuosismo de ambos os músicos fica bem realçado.

Não conheço! Parece-me ser um belo projecto, vou investigar.

Já não o ouvia há muiiiitos anos.
Estou a ouvi-lo e considero-o um trabalho notável de dois virtuosos do improviso...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 599
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:46

António Teixeira escreveu:

Hoje fui ao fundo do baú e encontrei mais este!
Custou-me 1.100$00 nos anos 80...
O virtuosismo de ambos os músicos fica bem realçado.

Já não o ouvia há muiiiitos anos.
Estou a ouvi-lo e considero-o um trabalho notável de dois virtuosos do improviso...

É realmente muitíssimo bom e soa ainda melhor devido a ser uma descoberta! Wink Se foi total improviso, o diálogo foi perfeito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António Teixeira
Membro AAP


Mensagens : 206
Data de inscrição : 08/07/2013
Idade : 50
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 22:50

Encontrei mais este da mesma altura (custou 1.150$00)...
Também estou a recordar e, para quem gosta de guitarra espanhola, é dos melhores executantes que conheço!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António Teixeira
Membro AAP


Mensagens : 206
Data de inscrição : 08/07/2013
Idade : 50
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Re: A rodar XL   Ter Jan 03 2017, 23:38

Agora está na hora de ir dormir, pois, amanhã às 7:00h já tenho de estar em vigília!
No entanto, aqui fica a notícia que também apareceu a seguinte colecção completa (100 LP's) quase novos!!!
Já tenho aqui muito para ouvir com toda a atenção...
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A rodar XL
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 20Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11 ... 20  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A rodar XXX
» A rodar III
» A rodar XVI
» A rodar XVII
» Som de Discos Novos em Comparação Velhos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Música Geral :: O que andam a ouvir (a rodar)-
Ir para: