Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe
 

 Será o fim da música comprada?

Ir em baixo 
AutorMensagem
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5429
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 11:06

Is this the end of owning music?
By Mark Savage BBC Music reporter
3 January 2019

https://www.bbc.co.uk/news/entertainment-arts-46735093

Sales of vinyl are at a 25-year high, but growth stagnated in 2018

Sales of CDs plummeted by 23% last year, as consumers flocked to streaming services for their music.

Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
jorge.henriques

Mensagens : 1234
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 49
Localização : Águeda

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 11:16

Não acredito!
Enquanto existirem maluquinhos como eu... Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3100
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 12:07

Caro Ricardo,

Não fico de boca aberta com a notícia, nem abrirei a boca quando vir, por exemplo, mais algumas lojas / distribuidores ditos de "especialidade" em matéria de Alta-Fidelidade, fecharem ainda mais do que aqueles que entretanto fecharam, pelas mais variadas razões, principalmente pela razão das crises económicas que afectaram, no passado mais ou menos recente, as pessoas e a sociedade em geral.

A posse de registos físicos de música está e irá estar ainda mais na senda do "chato" / "aborrecido" / "seca" / "não fashion e não millennium", não só principalmente para as camadas etárias mais novas como para aqueles cuja juventude tem já um certo (longo) caminho (onde eu me encaixo). Mesmo a actual "moda" do vinil, irá esbater-se.

Não tenhamos ilusões com os números crescentes, nos últimos anos, da venda deste formato, nem do reaparecimento de estúdios de gravação e prensagem; estamos perante uma moda que, como todas, tem os seus 15 minutos de "fama", mesmo que tais minutos signifiquem uns aninhos na ribalta e também muitos milhõezinhos a certos "players", de forma rápida.

As conversas que vou tendo com diversas pessoas de diversas idades, não constituindo ainda um universo de sondagem eleitoral, têm, consistentemente, revelado esta tendência. "Isso de levantar o cuzinho do sofá, ou da cadeira, para trocar o disco, era o que mais me faltava, quando através do smartphone posso fazê-lo, quer seja em resolução de lata, quer seja na mais alta resolução possível". "Já para não falar que teria de desatar a comprar móveis para arrumar os discos, quando posso muito bem tê-los numa nuvem qualquer, mesmo paga, que me sai muito mais barato".

O mesmo se passa com os equipamentos. Quando há pouco tempo, uma determinada marca ganhou o prémio EISA 2018/19 com um stereo receiver digital, onde rádio online - TuneIn - Spotify, DAB, Tidal, Deezer, Qobuz, acesso à nuvem, e por aí fora, com resolução que vai até DSD, um comerciante da nossa praça alertou exactamente para que os importadores de Hi-FI ditos de "especialidade", ou mudavam muitas das suas filosofias e modos de estar no mercado, ou então, iam, mais tarde ou mais cedo, à falência.

Como ele dizia, estes equipamentos ganham de dia-para-dia uma qualidade muito assinalável, à qual basta juntar um par de colunas e por pouco mais de 2000 € tem-se um sistema completo para ouvir música com uma qualidade bem superior àquela que há uns anos atrás seria necessário mais equipamento e também por isso mesmo, mais dinheiro. Isto para não falar na qualidade áudio que os gadgets móveis, vão também ganhando e acompanhando.

Et voilà


Voltar ao Topo Ir em baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod

Mensagens : 522
Data de inscrição : 14/04/2017

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 12:59

No japão o CD continua a ser uma força com novos formatos de qualidade superior dentro do Red book. Na europa está tudo á espera para ver o que vai acontecer e isso é um erro.
Tudo o que é formato físico vai ser de nicho. Mas cada pessoa com o seu gosto pessoal vai poder ouvir musica como lhe apetecer, cds, cassetes, bobines, vinil, rádio FM, rádio digital, cloud, tidal, etc.
Eu já não tenho tempo para me dedicar a todos os cds que tenho, quanto mais estar preocupado com o que aí vem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
Pierre

Mensagens : 1576
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 50
Localização : Elvas

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 13:04

Isso é muito interessante mas um dia qualquer pode haver apagão. Dados, acessos, passwords, web num milésimo, apagão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
Pierre

Mensagens : 1576
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 50
Localização : Elvas

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 14:32

E ainda por cima, falta-me compreender o que são ficheiros de alta resolução vindos de todas as falácias, menos das masters da Nina, Velvet, Stones, Bowie...
Compressão em alta resolução? Não gramo.
O vinil e CD com todos os males vence sonicamente perante a facilidade e conforto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5429
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 14:38

Enquanto as editoras virem €€€ nos formatos físicos ainda nos vamos safando...depois, acabou-se.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3100
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 14:53

ricardo onga-ku escreveu:
Enquanto as editoras virem €€€ nos formatos físicos ainda nos vamos safando...depois, acabou-se.

Sem dúvida, Ricardo! Será o fim da música comprada? 491368

Aqui não se trata de uma questão do formato A ser melhor, ou pior que o formato B, nem de que eu gosto mais deste ou daquele, ou até - no erro que muitas vezes caímos - de como penso assim e conheço 1/2 dúzia que pensa igual então o caminho vai ser este ou aquele.

Aqui trata-se de PODER. Ou seja estas questões da vida que se traduzem em interesses económico-financeiros, de uns quantos de dimensões estratosféricas, significam, hoje, e cada vez mais PODER.

É este poder que vai controlando e manipulando, inclusivamente o nosso "apelo". Quer queiramos, ou não, quer demos por isso, ou não, quer nos acomodemos à situação, ou nem tanto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
Pmoura43

Mensagens : 525
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 52
Localização : São Martinho do Porto

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 15:18

Goansipife escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
Enquanto as editoras virem €€€ nos formatos físicos ainda nos vamos safando...depois, acabou-se.

Sem dúvida, Ricardo! Será o fim da música comprada? 491368

Aqui não se trata de uma questão do formato A ser melhor, ou pior que o formato B, nem de que eu gosto mais deste ou daquele, ou até - no erro que muitas vezes caímos - de como penso assim e conheço 1/2 dúzia que pensa igual então o caminho vai ser este ou aquele.

Aqui trata-se de PODER. Ou seja estas questões da vida que se traduzem em interesses económico-financeiros, de uns quantos de dimensões estratosféricas, significam, hoje, e cada vez mais PODER.

É este poder que vai controlando e manipulando, inclusivamente o nosso "apelo". Quer queiramos, ou não, quer demos por isso, ou não, quer nos acomodemos à situação, ou nem tanto.

Concordo com ambos,

Por esta razão e por outras, num outro tópico dizia que por ora o formato "ficheiro" é o futuro imediato.

Nunca foi tão bom para nós (que ainda gostamos de CD's) comprar, os preços estão apetecíveis, nomeadamente no mercado de segunda mão, ou aguardar um pouco após a saída do título que entretanto baixam drasticamente o preço.

Dou um pequeno exemplo;

Estava (na época em que saiu) o álbum ao vivo do Bettencourt, na Fnac, a € 15,00, não comprei...passados cerca de 3 a 4 meses, comprei na mesma Fnac por € 5,00, excelente :-)

Aqui não tanto, mas em UK e USA, compram-se milhares de CD's a 1 USD...aqui por norma em segunda mão, ronda os € 5,00.

Creio que a "moda" do Vinil, também terá o seu tempo contado, até mesmo pelos preços que pedem pelo Vinil, é uma loucura, mesmo os usados, são caros.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
Pierre

Mensagens : 1576
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 50
Localização : Elvas

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 15:47

A história do "PODER" já vem de muito longe. No entanto... Passaram os melhores anos do assunto música e áudio.
Para além do fim dos formatos físicos que se apregoa, em que se abana a cabeça para escolher uma faixa em alta definição, resta saber em que FIM estará mais perto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3100
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 16:48

Depois há outra questão, que muitas vezes e não damos a devida conta, no devido tempo. Por outras palavras, esquecemos com facilidade.

O formato do disco de vinil (que tanto nos apaixona) existe há 70 anos, em termos comerciais, mas o CD já conta com 38 anos, nos mesmos termos. Quando este formato surgiu apareceu como o graal dos formatos. Aquele que iria dar a melhor qualidade percebida, a melhor durabilidade sem perda dessa qualidade, enfim..., o formato totalmente virado para a satisfação plena do consumidor e feito para o seu interesse.

Todavia, nada disso acabou por suceder. Não é, nem nunca foi unânime ser este o "FORMATO", como o vinil, não é.

Desde há 38 anos que nos prometem fazer um formato que será o "FORMATO", no pleno interesse e a pensar no consumidor final. Aqui e acolá apareceram formatos - DAT e SACD - que seriam os tais. Não foram! Agora fala-se em ficheiros em DSD, com muitos Bit e muitos Hz e companhia. Mas estes ainda não se afirmaram.

Paralelamente o negócio dos DACs que permitem upsampling para resoluções do "outro mundo", parece não ir mal. Pelo menos a quantidade de equipamentos exclusivamente DAC, ou equipamentos que sendo clássicos amplificadores e pré-amplificadores têm um DAC integrado, aumenta de dia-para-dia. Contudo e também paralelamente aquilo que aumentou, quase como por milagre, foi a produção de discos de vinil (não significa que sejam exactamente analógicos em todo o processo), a sua venda e, consequentemente, a produção de novos ou a reedição de gira-discos, mesmo em marcas que há muito tinham largado este SKU. Os mesmos amp integrados e pré, reapareceram com a possibilidade de ter uma unidade de pré-fono, também integrada. Sinais dos tempos. Dizem...

As minhas questões são:

- Será que não existe já, inventado, um formato que seja realmente o supra-sumo que sempre nos prometeram?
- Será que estas deambulações são meros acasos, ou é o sistema do PODER a funcionar extorquindo, à nossa boa-fé, mais uns cobres, que em conjunto farão uns valentes milhões?

Uma coisa, estou convencido: a música não acabará. A forma como a passaremos a ouvir, no futuro, essa será de acordo com aquilo que for consignado por aqueles que têm o PODER de MANIPULAR os interesse à volta desta eira.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5429
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 17:10

Para mim o CD cumpriu o prometido. Levou às massas uma qualidade quase ao nível da de um master num formato prático e resistente. Tal como o DVD aliás.
Mas as novas tecnologias trouxeram novos modos de comercializar e de escutar. Hoje com o streaming é possível escutar um catálogo infinito de gravações com a qualidade do CD. E os equipamentos de entrada de gama nunca produziram um tal nível de fidelidade. Nunca foi tão fácil ou tão bom ser-se um melómano.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3100
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 19:21

Nem de propósito, a Marktest publica hoje um teste, onde afirma que mais de 1,3 milhões de portugueses ouvem rádio pelo Telemóvel, ou seja recurso a streaming

https://www.marktest.com/wap/a/n/id~247c.aspx
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
fredy

Mensagens : 4598
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 57
Localização : Casal do Marco - Seixal

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 19:33

Olá

A música nunca acabará...
Assim como os novos formatos sejam eles quais forem...(actuais ou ainda por inventar)...
A busca é pelo lucro e não querem saber se o consumidor fica mais ou menos satisfeito...
Aquilo que der uma percentagem de lucro maior será sempre o suprasumo da barbatana....

O Audio é tramado... o que uns adoram... outros detestam...

Fredie
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cylon
Membro AAP
Cylon

Mensagens : 374
Data de inscrição : 26/12/2017

Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? EmptyTer Jan 08 2019, 20:43

Goansipife escreveu:
As minhas questões são:

- Será que não existe já, inventado, um formato que seja realmente o supra-sumo que sempre nos prometeram?
- Será que estas deambulações são meros acasos, ou é o sistema do PODER a funcionar extorquindo, à nossa boa-fé, mais uns cobres, que em conjunto farão uns valentes milhões?

Uma coisa, estou convencido: a música não acabará. A forma como a passaremos a ouvir, no futuro, essa será de acordo com aquilo que for consignado por aqueles que têm o PODER de MANIPULAR os interesse à volta desta eira.

Tal e qual como eu julgo que suceda na informática! Não acredito - e mesmo tendo em conta que a tão falada lei de Moore abrandou, pois o crescimento na capacidade de processamento não me parece tão notório como o foi nos anos '90 - que um Pentágono, por exemplo, tivesse no início dos anos '90 apenas acesso a 286, 386 ou 486s...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Será o fim da música comprada? Empty
MensagemAssunto: Re: Será o fim da música comprada?   Será o fim da música comprada? Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Será o fim da música comprada?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Inscrições para EMESP disponíveis desde 01/12/2010
» Colagens entre músicas
» Será que a qualidade de som no estúdio parou algures nos 80's ou valerá a pena evoluir?
» Contrabaixo muito facil de tocar!! Será??
» O contexto na música

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: