Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 A rodar XXXVIII

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20  Seguinte
AutorMensagem
anibalpmm
Membro AAP


Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Dom Out 02 2016, 21:39




Indigo Jam Unit “Pirates”
Há bombas amigas do ambiente? E podem elas vir das imediações de Hiroshima? Líricos como Evans e telúricos como Coltrane não batem “leve levemente” mas são como “quem chama por mim”. Porque não lhes falta saber para dar com a essência do jazz nem engenho para leva-lo a vestir alma nova em corpo novo. Piano, baixo e bateria chegam para provar como há vida depois do mergulho fatal de Esbjorn Svensson.”
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Dom Out 02 2016, 22:15

anibalpmm escreveu:



Indigo Jam Unit “Pirates”
Há bombas amigas do ambiente? E podem elas vir das imediações de Hiroshima? Líricos como Evans e telúricos como Coltrane não batem “leve levemente” mas são como “quem chama por mim”. Porque não lhes falta saber para dar com a essência do jazz nem engenho para leva-lo a vestir alma nova em corpo novo. Piano, baixo e bateria chegam para provar como há vida depois do mergulho fatal de Esbjorn Svensson.”


A ouvir e... a gostar.

A associação a E.S.T. não está nada mal, não senhor!

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 49
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Dom Out 02 2016, 22:34

anibalpmm escreveu:


Indigo Jam Unit “Pirates”
Há bombas amigas do ambiente? E podem elas vir das imediações de Hiroshima? Líricos como Evans e telúricos como Coltrane não batem “leve levemente” mas são como “quem chama por mim”. Porque não lhes falta saber para dar com a essência do jazz nem engenho para leva-lo a vestir alma nova em corpo novo. Piano, baixo e bateria chegam para provar como há vida depois do mergulho fatal de Esbjorn Svensson.”

Essa banda de Jazz de Osaka é muito interessante especialmente por ter dois bateristas no grupo,
um deles mais virado para os solos de bateria típicos num grupo de Jazz,
enquanto que o outro baterista mais virado para a percussão.



Concordo com o AJS,
o Anibal está On Fire !!!



Abraços,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Dom Out 02 2016, 22:42

E por aqui, uma exibição em Monterey que segundo se consta, fez parar e por conseguinte, atrasar o festival. É que o público nunca tinha ouvido Jazz assim. O álbum é realmente qualquer coisa...






_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Dom Out 02 2016, 23:07


Não conheço esse Monterey mas, no mundo das big band, há um tema da Orquestra de Don Ellis que me enche... Turkish Bath...



https://www.discogs.com/Don-Ellis-Orchestra-Electric-Bath/master/113910

Vou dar uma espiadela ao Monterey...

Wink

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 49
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Dom Out 02 2016, 23:42

Este é um dos meus albuns favoritos de uma cantora feminina de Pop/Rock.

Tori Amos "Little Earthquakes"


Temas fantásticos como "Silent All These Years", "Winter", "Me and a Gun", "Crucify", "China", "Tear In Your Hand", "Little Earthquakes", entre outros...

Tem a sensualidade da Kate Bush, emotiva e frágil, com um Soul cerebral.

Sendo dos albuns mais simples e acessíveis de Tori Amos, é talvez aquele que mais mostra a sua Alma,
com magnificas letras cantadas através da sua voz de cristal enquanto toca no seu piano.

Este é um dos melhores albuns de sempre, que sobreviverá ao tempo,
porque na realidade quando se ouve este Album o tempo não existe.

Abraços,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Dom Out 02 2016, 23:45

Jorge Ferreira escreveu:
Este é um dos meus albuns favoritos de uma cantora feminina de Pop/Rock.

Tori Amos "Little Earthquakes"


Temas fantásticos como "Silent All These Years", "Winter", "Me and a Gun", "Crucify", "China", "Tear In Your Hand", "Little Earthquakes", entre outros...

Tem a sensualidade da Kate Bush, emotiva e frágil, com um Soul cerebral.

Sendo dos albuns mais simples e acessíveis de Tori Amos, é talvez aquele que mais mostra a sua Alma,
com magnificas letras cantadas através da sua voz de cristal enquanto toca no seu piano.

Este é um dos melhores albuns de sempre, que sobreviverá ao tempo,
porque na realidade quando se ouve este Album o tempo não existe.

Abraços,
Jorge Ferreira
Grande Jorge
Excelente escolha, faço minhas as tuas palavras
É um disco q de vez em quando vai ao castigo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 49
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Seg Out 03 2016, 00:20

Outro dos meus albuns favoritos de uma cantora feminina,
neste caso de Pop/Rock/Folk com bastantes influências Celtas.

Loreena McKennitt "The Visit"


A capa tem fotos tiradas em Évora e um dos temas chama-se "Tango To Évora",
será que foi essa a Visita ?

Mais outra voz de Cristal especialmente em "Bonny Portmore", meu Deus...que voz Divinal.

E tem outros belos temas como "The Lady Of Shalott", a música "Between The Shadows" que é linda,
bem, na verdade todas as músicas deste Album são lindas.

Com a sua voz celestial e a tocar a sua Arpa de uma forma bela e pura a grande Artista Loreena McKennitt cria um Ambiente realmente Mágico.

Este é mais um grande Album para todo o sempre,
mais um daqueles que nos transportam para outro lugar onde existe apenas tudo aquilo que é Belo.

Abraços,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3306
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Seg Out 03 2016, 07:57

Jorge Ferreira escreveu:
(...) Mais outra voz de Cristal especialmente em "Bonny Portmore", meu Deus...que voz Divinal.

E tem outros belos temas como "The Lady Of Shalott", a música "Between The Shadows" que é linda,
bem, na verdade todas as músicas deste Album são lindas.

Com a sua voz celestial e a tocar a sua Arpa de uma forma bela e pura a grande Artista Loreena McKennitt cria um Ambiente realmente Mágico. ...

Eu conheci a LM pelo "The visit" que continuo a escutar regularmente mas o live na Allambra é o que escuto mais actualmente e convido-vos a descobrir esse album maravilhoso e elegante.

Mas, visto que o Jorge falou da LM, começei o dia a escutar o Swordfishtrombones do Tom Waits...


...pode pareçer estranho de passar de um universo musical céltico/new age a um outro mais Jazz/nocturno/alcoolico, mas aconteçe que estes dois musicos apreciam-se muito e ao ponto que sobre a faixa "Greensleeves" no album "The Visit" a Loreenna McKennitt escreveu:

I always wondered how Tom Waits would sing Greensleeves. When preparing my previous recording Parallel Dreams, while waiting to do something else, we accidentally and spontaneously recorded this track in one take without ever intending to release it. However, here is, Tom. - L.M.

Continuem a partilhar assim pois isso enriqueçe o topico imho  cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3306
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Seg Out 03 2016, 08:48

José Miguel escreveu:
(...)

Sobre o vinho que veio connosco de Freixo de Espada-à-Cinta falaremos depois, em outro tópico.

The Smiths vai muito bem com (Douro Branco Montes) Ermos!

Jà parece estar fresquinho e pronto para ser degustado bounce

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3472
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Seg Out 03 2016, 14:36

anibalpmm escreveu:
Mister W escreveu:


Quem fala assim não é gago... Continua Anibal! (mesmo que demores uma hora)  

Obrigado W, não sei se tenho paciência, isto é muito para minha camioneta, acho que prefiro ouvir a musica e quem quiser que vá pesquisar na net

Prezado anibalpmm,

Fazendo minhas as palavras de Mister W, saliento que, analisando os seus textos, deparo que a sua "camioneta" está bem organizada. Assim, continue, pois o que custa são os primeiros escritos; depois de tomar o gosto...

Com melhores cumprimentos,
What a Face4u
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Seg Out 03 2016, 18:47

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
(...)

Sobre o vinho que veio connosco de Freixo de Espada-à-Cinta falaremos depois, em outro tópico.

The Smiths vai muito bem com (Douro Branco Montes) Ermos!

Jà parece estar fresquinho e pronto para ser degustado bounce

Estava fresquinho e pronto a beber, a fotografia foi tirada com a garrafa a sair do frigorífico e mesmo antes de ser aberta. Wink

Não é um vinho caro, mas o Branco sabe bem e diz-nos bastante. O ano...

O dia hoje foi muito bem preenchido, mas em breve escreveremos no tópico certo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Seg Out 03 2016, 21:37

O comentador social, com alma de profeta Gill-scott Heron constituí a referência histórica de que o poeta branco Rob Galliano (cujo verdadeiro apelido é Gallagher) se apropriou, tal como muitos músicos brancos o tinham feito em relação a Muddy Waters, Wollin’ Wolf e J. B. Lenoir, no início dos anos 60. Gesto cuja defesa o próprio Galliano se encarrega logo na faixa de abertura de “In Pursuit of the 13th note”, onde a uma invectiva de Scott-Heron captada pelo processo de samplig (white people continue to rip off black artists; they continue to steal their material, their styles, the cultural elements that make black artists outstanding artists) responde ao sabor da linha melódica de “The creator has a master plan” (de Leon Thomas e Pharaoh Sanders) com esta clareza - I come with respect not as vulture. I’m awere of another history, I realize race defining me. Skin is race and culture ideology, difference in thought small biolo’gy. When black is black, withe is withe.
Produto da subcultura londrina do acid jazz, galliano foi durante algum tempo artista free lancer particularmente assíduo nas jam sessions daquele movimento, onde se entregava à leitura da sua poesia. Com o tempo e a experiência veio a redefinição do projeto com a inclusão da música , fazendo assim com que as palavras e a música dessem a mão resultando algo de novo. Galliano tornou-se assim nome de grupo: com Constantine, Spry e Crispin Taylor, núcleo socorrido pela mão de Roy Ayers, Steve Williamson, Mick Talbot, Steve White (ambos ex Style Council) e outros. O projeto Galliano é feliz no modo como gere uma multiplicidade de referências no sentido da criação de um produto final coeso mas deliciosamente ambíguo. O espirito da música filia-se no jazz, mas a estruturação dos temas oscila entre o jazz e o hip-pop ao passo que os ingredientes básicos são recrutados em áreas muito diversas. No engenho da articulação entre samples e instrumentos ao vivo terá decidido a sua sorte e na serenidade das leituras de Galliano encontrado o elemento unificador. Em definitivo “In pursuit of the 13th note” não é mais um conjunto de canções sobre habitação, comida e/ou amor mas talvez aquilo que na altura (1991) mais se reaproximava da ideia de renascimento do cool. Brilhante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Seg Out 03 2016, 22:19

Mais um grande momento Aníbal, muito agradecido!

Eu não conheço o álbum nem o senhor Galliano, mas assim que li o nome de Gil Scott-Heron fiquei curioso.
Gosto muito da obra de Gil Scott-Heron, cujo princípio de carreira é fabuloso, mas o final representa, para mim, um ressurgir em força como poucos conseguem. Do "Pieces of a man" ao "I'm new here", obras que conheço bem, o caminho que nos é proporcionado é de uma ... a visão do senhor e a capacidade de comunicar são de grande força e beleza.

Não estamos a falar dele, mas pelo nome dele presente no seu texto fiquei curioso e vou procurar este Galliano - o da moda eu gosto muito, John Galliano ofereceu grandes espectáculos em forma de desfiles...


Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3306
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 08:07

José Miguel escreveu:
...

Estava fresquinho e pronto a beber, a fotografia foi tirada com a garrafa a sair do frigorífico e mesmo antes de ser aberta. Wink ... mas em breve escreveremos no tópico certo!

Toca a botar faladura... eu também tenho que ir a esse topico escrever... cheers

anibalpmm escreveu:
... Gill-scott Heron constituí a referência histórica de que o poeta branco Rob Galliano (cujo verdadeiro apelido é Gallagher) se apropriou, ...

pelo texto amigo Anibal e mais um desconhecido que tenho que provar !!!...

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3306
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 12:05

Este não precisa de apresentação... ou talvez sim. Gravado na vivenda Villa Nellcôte alugada pelo Keith Richards em Villefranche-sur-Mer na Côte d'Azur, este exilio forçado pelo produtor do grupo transformou-se em opus magistral. O vinilo ainda tém o cheiro dos cones e dos vinhos abundantemente consumidos num clima pasoliniano durante esse verão de 1971. Constantemente partilhados entre a droga, o sexo, as bebedeiras e as disputas entre o Jagger e o Richards... cada take é feito numa atmosfera que alterna entre a tragédia grega e a orgia romana. Mas o milagre aconteçeu e o que poderia ser um "drug album" caotico, tornou-se numa obra prima e primal... talvez a melhor de toda a carreira deles. Jamais um disco de rock transpirou tão intensamente o Blues, Gospel, Rythm & Blues e a Soul. È dificil de imaginar que foi feito em frança e por um grupo inglês... tanto o resultado pareçe vindo directamente do estuario do Mississipi. No calor meridional de 1971 os Stones fazem uma obra que transpira a desinvoltura, a insolência e a energia do rock'n roll. Um disco que funciona como um elixir de juventude eterna e que prova que antes de serem "burgueses empopesados" os Rolling Stones foram grandes mestres do rythm & blues... então roda Exile on Main Street,....... ohyeaaah!!! Cool

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 614
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 13:07

Dentro desta casa ouvem-se sons do interior da terra... às vezes há sons que se assemelham a uma frágil voz humana. Mas tudo é núcleo, manto, crosta...



Crosta, manto, núcleo... e nós estamos aqui -- na superfície -- pasmos com os sons!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 13:23

Luciana Silva escreveu:
Dentro desta casa ouvem-se sons do interior da terra... às vezes há sons que se assemelham a uma frágil voz humana. Mas tudo é núcleo, manto, crosta...



Crosta, manto, núcleo... e nós estamos aqui -- na superfície -- pasmos com os sons!



Vai ficar alinhado para a descoberta mais logo durante o turno da noite.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 13:46

TD124 escreveu:
Este não precisa de apresentação... ou talvez sim. Gravado na vivenda Villa Nellcôte alugada pelo Keith Richards em Villefranche-sur-Mer na Côte d'Azur, este exilio forçado pelo produtor do grupo transformou-se em opus magistral. O vinilo ainda tém o cheiro dos cones e dos vinhos abundantemente consumidos num clima pasoliniano durante esse verão de 1971. Constantemente partilhados entre a droga, o sexo, as bebedeiras e as disputas entre o Jagger e o Richards... cada take é feito numa atmosfera que alterna entre a tragédia grega e a orgia romana. Mas o milagre aconteçeu e o que poderia ser um "drug album" caotico, tornou-se numa obra prima e primal... talvez a melhor de toda a carreira deles. Jamais um disco de rock transpirou tão intensamente o Blues, Gospel, Rythm & Blues e a Soul. È dificil de imaginar que foi feito em frança e por um grupo inglês... tanto o resultado pareçe vindo directamente do estuario do Mississipi. No calor meridional de 1971 os Stones fazem uma obra que transpira a desinvoltura, a insolência e a energia do rock'n roll. Um disco que funciona como um elixir de juventude eterna e que prova que antes de serem "burgueses empopesados" os Rolling Stones foram grandes mestres do rythm & blues... então roda Exile on Main Street,....... ohyeaaah!!! Cool
Podia ser dito de outra maneira?!!?, podia..., não podia era dizer...melhor!!!!


Luciana Silva escreveu:
Dentro desta casa ouvem-se sons do interior da terra... às vezes há sons que se assemelham a uma frágil voz humana. Mas tudo é núcleo, manto, crosta...



Crosta, manto, núcleo... e nós estamos aqui -- na superfície -- pasmos com os sons!

Fico feliz por poder ver que A "toupeira"!, também já mora por aí!

Por aqui, blues... a, branco e negro

Johnny Winter - Guitar Slinger - lp - 1984

antes,

Son Seals - Chicago Fire - lp - 1980

cheers




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 614
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 14:18

A conversa das "toupeiras" terminou e como deixou a sua marca fomos buscar algo que também tem o seu toque (o toque do senhor Wyatt).


Os sons continuam a encher-nos o espírito e inquietam, permitindo viagens "verticais"... às profundezas de quê!?! Rolling Eyes




ps.: António as "toupeiras" serão uma boa companhia logo, sem dúvida. Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 14:26

Luciana Silva escreveu:
A conversa das "toupeiras" terminou e como deixou a sua marca fomos buscar algo que também tem o seu toque (o toque do senhor Wyatt).


Os sons continuam a encher-nos o espírito e inquietam, permitindo viagens "verticais"... às profundezas de quê!?! Rolling Eyes




ps.: António as "toupeiras" serão uma boa companhia logo, sem dúvida. Wink



Excelente álbum. Apesar de gostar de tudo deles, o 5 tem qualquer coisa de especial.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3306
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 16:42

Luciana Silva escreveu:
Dentro desta casa ouvem-se sons do interior da terra... às vezes há sons que se assemelham a uma frágil voz humana. Mas tudo é núcleo, manto, crosta...  ...Crosta, manto, núcleo... e nós estamos aqui -- na superfície -- pasmos com os sons!

Amiga Luciana, não creio que tenhamos o mesmo médico de familia... mas vejo que o seu também lhe reçeita opiáceos de vez em quando !!!... drunken

lol!

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 16:52

TD124 escreveu:
Luciana Silva escreveu:
Dentro desta casa ouvem-se sons do interior da terra... às vezes há sons que se assemelham a uma frágil voz humana. Mas tudo é núcleo, manto, crosta...  ...Crosta, manto, núcleo... e nós estamos aqui -- na superfície -- pasmos com os sons!

Amiga Luciana, não creio que tenhamos o mesmo médico de familia... mas vejo que o seu também lhe reçeita opiáceos de vez em quando !!!... drunken

lol!




_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 18:05

Ouvindo este belo e intemporal disco
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3306
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 18:18

Fim de dia chato... quase desesperante mesmo. Apòs o arrumo do atelier e de me ter servido um copo de branco do Douro (logo falarei dele...) decidi de me pousar antes de fazer o jantar com um disquito. Não é um album que escuto muito... mas quando o faço é com prazer. Este grupo teve duas vidas e ambas possuem uma particularidade que se tornou rara... a identidade. Desde as origens americanas, esta banda oriunda de Cincinnati surpreende pelo seu rock sombrio, elegante e quase desmodado. Mas a voz do Matt Berninger é qualquer coisa e dà ao grupo o pequeno "não sei o quê" que faz toda a diferença e as harmonias do grupo são clàssicas mas excelentes. Os dois ultimos albums são produzidos pela 4AD e a produção (britanica) deu-lhes a pitada de profundura e de cor tonal que faltava para serem excepcionais. Este album que saiu apòs o High Violet (o melhor! imho) é o ultimo opus do grupo e é o meu preferido. Os The National são a evolução na continuidade e jà é muito hoje, pois por demasiado invulgar. Puz o album a tocar afim de re-re-escutar Pink Rabbits que é um slow monumental... e que por si sò mereçe que déem uma escuta a este estranhamente classico, mas fantàstico disco...

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 19:35

Na procura do que ouvir, passando "os olhos" pela estante, surgiu

Deep Purple/Royal Philharmonic Orchestra - Concerto For Group And Orchestra:Composed By Jon Lord / "Live At Royal Albert Hall" - lp - 1969


fazia tempo...
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 19:47

anibalpmm escreveu:
Ouvindo este belo e intemporal disco
Este álbum do Charlie Haden foi o primeiro que ouvi dele e foi precisamente por o ver desfilar no Fórum (aqui ou no Não roda...) que segui a procurar algo dele. Apenas temos um dele com Hampton Hawes, mas esse não está esquecido - só teima em não aparecer no Porto. Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 20:04

Luis Filipe Goios escreveu:
Na procura do que ouvir, passando "os olhos" pela estante, surgiu

Deep Purple/Royal Philharmonic Orchestra - Concerto For Group And Orchestra:Composed By Jon Lord / "Live At Royal Albert Hall" - lp - 1969


fazia tempo...
cheers
Este já o vi no Porto, os senhores Deep Purple é que andam a ser ultrapassados por outros... mas não é por alta de qualidade!


Ah! O que seria de nós sem este tópico e belas participações... As "toupeiras" são fruto desta troca! Wink
Que belo, belíssimo álbum, apareceu naquela bela loja Portuense e ainda tivemos direito a uma hora de grande conversa, muita animação e Punk a rolar! bounce


Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 20:35

José Miguel escreveu:

Que belo, belíssimo álbum, apareceu naquela bela loja Portuense e ainda tivemos direito a uma hora de grande conversa, muita animação e Punk a rolar! bounce

Essa hora de grande (e, habitual Cool )conversa, e, com o Punk a"rockanrollar", serviu com certeza, para que a degustação da "toupeira", se tornasse mais profunda... Wink é realmente, belíssimo!

Agora e depois das "orquestrações" do saudoso Jon Lord, roda uma das vozes maiores do "rock"(?) (imo)

Graham Nash - Songs For  Beginners - lp - 1971


cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 21:31

E, porque alguém "pediu"..., roda

Matching Mole - Matching Mole - lp - 1972


há dias assim.... "O Caroline"...
boa noite
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 21:39

Até a capa é um regalo!!!

Na minha opinião esse álbum é um e foi conhecido precisamente com uma "entrada" a pés juntos do Luís aqui. Eu fiquei logo estendido! Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 22:14

The revolution will not be televised
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 22:16

anibalpmm escreveu:
The revolution will not be televised

Outro álbum


... quero ir para casa...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 22:25

anibalpmm escreveu:
Ouvindo este belo e intemporal disco


Maravilhoso a cada escuta.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 23:12

Continuando pelas revoluções
Sly & the Family Stone - There's a riot going on
Álbum magistral de uma banda q revolucionou a música como a entendemos hoje
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Ter Out 04 2016, 23:21

anibalpmm escreveu:
Continuando pelas revoluções
Sly & the Family Stone - There's a riot going on
Álbum magistral de uma banda q revolucionou a música como a entendemos hoje


Já toca no trabalho, bastante funky...

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3472
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 01:46

Natural de Lyon, Jean Michel Jarre fez o ensino clássico de música. Passou por grupos rock e, por intermédio de um amigo no liceu, conheceu Pierre Schaeffer, mentor da música concreta. Já com estudo em música electrónica, conheceu Francis Dreyfus, trabalhando com ele na composição para a banda sonora da película americana «Desert Palace».
Depois de ter editado o seu primeiro álbum, aos 30 anos de idade surgiu «Equinox». Trata-se de um álbum datado de 1978, que revela uma certa forma de estar ofertada pela música electrónica, transformando-nos em viajantes.

(Sony Music, 88843024691)


Última edição por Ghost4u em Qua Out 05 2016, 02:05, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 02:00

Ghost4u escreveu:
Natural de Lyon, Jean Michel Jarre fez o ensino clássico de música. Passou por grupos rock e, por intermédio de um amigo no liceu, conheceu Pierre Schaeffer, mentor da música concreta. Já com estudo em música electrónica, conheceu Francis Dreyfus, trabalhando com ele na composição para a banda sonora da película americana «Desert Palace».
Depois de ter editado o seu primeiro álbum, aos 30 anos de idade surgiu «Equinox». Trata-se de um álbum datado de 1978, que revela uma certa forma de estar ofertada pela música electrónica, transformando-nos em viajantes.



Álbum que ouvi pela primeira vez quando tinha uns 15 anos. Foi uma sensação algo estranha, porque nunca tinha ouvido nada comparável.
Hoje em dia ja roda pouco (outros "valores" se levantam), mas é sempre um local seguro onde se pode voltar.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 614
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 13:12

TD124 escreveu:
Luciana Silva escreveu:
Dentro desta casa ouvem-se sons do interior da terra... às vezes há sons que se assemelham a uma frágil voz humana. Mas tudo é núcleo, manto, crosta...  ...Crosta, manto, núcleo... e nós estamos aqui -- na superfície -- pasmos com os sons!

Amiga Luciana, não creio que tenhamos o mesmo médico de familia... mas vejo que o seu também lhe reçeita opiáceos de vez em quando !!!... drunken

lol!

Laughing Tenho um médico parco em explicações... mas o que ele aconselha a tomar, eu tomo...Rolling Eyes Embarassed
E como em tudo na vida, a seu tempo tudo passa.

Agora a minha mulher preferida, uma raridade no panorama musical:

Que voz e interpretações fascinantes! flower
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 13:56

Boa tarde,
como nunca fui de «entrar a pés juntos» citando o amigo José... Wink Laughing , vai uma entrada "rasgadinha"...

Led Zeppelin - Led Zeppelin - lp - 1969


bom feriado
cheers

A propósito, José e Luciana, muito bem acompanhados por essa Senhora voz!
sunny

Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 15:56

Um dia chegou-nos um presente vindo do outro lado do Atlântico, entre outros estava lá:

A Capitol (esta edição é a americana) escreveu assim no fundo da contra-capa:
"This monophonic microgroove recording is playable on monophonic and stereo phonographs. It cannot become obsolete."

E continua, mas a verdade é que passados tantos anos comprovamos que tinham razão! Wink

Um dia ainda ficamos fãs dos rapazes...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 16:00

José Miguel escreveu:
...It cannot become obsolete."

E continua, mas a verdade é que passados tantos anos comprovamos que tinham razão! Wink

Um dia ainda ficamos fãs dos rapazes...



Contrariamente a outro formato que se dizia perfeito e que já está totalmente obsoleto. dvil

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 21:28

Roda,

Frank Zappa - Chunga's Revenge - lp - 1970


quase a acabar a vingança de chunga... está a chegar a ... sharleena...
cheers


Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 22:31

Recordando memórias de tempos idos, ou, como gostaria de voltar a ter 16 anos. Estou-me a ver a comprar o álbum assim que saiu.


Mike Oldfield - Five Miles Out



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Petrus
Membro AAP
avatar

Mensagens : 830
Data de inscrição : 26/12/2015
Idade : 34
Localização : Vendas Novas

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 22:33

Aqui roda este recém adquirido que ainda está em audições

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 22:35

Petrus escreveu:
Aqui roda este recém adquirido que ainda está em audições





_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Petrus
Membro AAP
avatar

Mensagens : 830
Data de inscrição : 26/12/2015
Idade : 34
Localização : Vendas Novas

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 22:47

António José da Silva escreveu:
Petrus escreveu:
Aqui roda este recém adquirido que ainda está em audições





Pois, eu também não conhecia e fui ouvir uma musica ao youtube e até gostei do que ouvi
https://www.youtube.com/watch?v=KOToWTruUdU&spfreload=5

Adquiri-o no OLX esta semana, até que é bastante audível .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qua Out 05 2016, 22:49

... e, do gelo do Norte, este excelente guitarrista

Terje Rypdal - Descendre - lp - 1980


cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10383
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Qui Out 06 2016, 21:43

Roda, há uns bons minutos...

Buddha-Bar - IV - box 5 lps - 2002


cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4230
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Sex Out 07 2016, 00:35

Em tempos idos conheci muito bem um Budha Bar... Era eu um jovem que ia parar a lugares estranhos.

Hoje o dia reservou algumas surpresas, por isso nada como terminar a noite em lugares bem conhecidos:



Como hoje estou com uma tosta-mista de sentimentos, 21st Century Schizoid Man fica-me bem...

... e depois I Talk to the Wind, à procura de Epitaph...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   Sex Out 07 2016, 00:57

José Miguel escreveu:


Como hoje estou com uma tosta-mista de sentimentos, 21st Century Schizoid Man fica-me bem...

... e depois I Talk to the Wind, à procura de Epitaph...


Magnificent...

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A rodar XXXVIII   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A rodar XXXVIII
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 18 de 20Ir à página : Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A rodar XXXVIII
» A rodar XXX
» A rodar III
» A rodar XVI
» A rodar XVII

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Música Geral :: O que andam a ouvir (a rodar)-
Ir para: