Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal

Ir em baixo 
AutorMensagem
PauloSilva



Mensagens : 18
Data de inscrição : 05/10/2015
Idade : 54
Localização : Castelo Branco

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 10:19

Tenho quase 50 anos - faço dia 24 - sou engenheiro civil e ouço heavy metal e blues rock.
Deixo aqui uma entrevista que me fizeram do site 33rpm, em que podem ficar com uma ideia dos meus gostos.

Uma vida de Heavy Metal!
Domingo, Junho 02, 2013  

Se no passado Domingo fechámos a série de artigos dedicados aos Iron Maiden com o espantoso depoimento e louvável paixão do Paulo Silva pela banda britânica, hoje abrimos espaço para que o Paulo mostre que há vida para além de Iron Maiden e que o seu fascínio pelo heavy metal é tão abrangente quanto duradouro. Deliciem-se.


CARTÃO DO MELÓMANO

Nome: Paulo Manuel de Sousa Marques da Silva

Idade: 47 anos

Coleccionador há: 34 anos



Coração de: Apenas gosto de dois tipos de música: Blues e Heavy Metal. Relativamente ao Blues, só gosto do subgénero designado por Blues Rock, ou seja aquele em que geralmente a banda é composta apenas por vocalista/guitarrista, baixista e baterista, sem teclas nem instrumentos de sopro. Gosto especialmente daqueles guitarristas que têm um lado mais heavy ou seja em que as suas composições são mais agressivas e em que os solos de guitarra são mais extensos. Como expoentes máximos destaco Gary Moore, Johnny Winter e Steve Ray Vaughan. Não gosto mesmo nada de BB King e guitarristas do género. O Heavy Metal é uma grande paixão, no entanto apenas gosto de dois subgéneros: Heavy Tradicional e Thrash Metal. Para quem não sabe, o Heavy Metal é constituído por mais de 10 subgéneros, sendo que existem diferenças muito grandes entre eles, quer em termos de composição e agressividade, quer em termos de letras e vocalização. Não gosto do Hard Rock, género que existia antes de surgir o Heavy Metal, e decerto muitos fãs de Heavy Metal não acreditam que tal seja possível. Para não me estender muito, dentro do Heavy Tradicional gosto mais de bandas Inglesas, Francesas, Gregas, Italianas e algumas Suecas, Portuguesas e Americanas. Como bandas preferidas destaco Iron Maiden, Mercyful Fate, King Diamond, Manilla Road e Skullview. Este é o meu top 5. Já dentro do Thrash Metal, as minhas bandas preferidas são os Slayer, Artillery, Metallica (apenas até 1986), Kreator e Megadeth.

Primeiro Disco:AC/DC – Let there be rock

Último Disco: Manilla Road  – Mysterium
Na mesma semana em que comprei este, recebi também In Solitude, Portrait, Attic, Metalhead, Iron Curtain e Blackholicus.
Sonho todos os dias com: Não há nenhum disco que ainda não tenha. Aproveito para referir que muitas das alegadas pérolas em vinil, e que constam das fotos de outros colecionadores no vosso blog, não me dizem absolutamente nada. Não vou referir nomes de bandas, pois os gostos não se discutem, no entanto penso que muitas vezes fala mais alto o gosto em ser um de poucas centenas a ter discos de bandas underground que editaram um disco com uma prensagem de 500 exemplares. Tenho esses discos em mp3 e sinceramente são mesmo muito maus. É a minha honesta opinião.



O INÍCIO

Qual o teu primeiro contacto com a música?
Primeiro foi através de revistas estrangeiras como a Kerrang, Metal Attack, Enfer, Metal Forces, entre outras. Depois através da rádio portuguesa e espanhola - em especial o programa “Lança Chamas” do já falecido António Sérgio.

No incio houve alguém que te influenciou ou foste tu próprio que ganhaste este gosto especial de ouvir música?
Ninguém me influenciou. Vi as capas dos discos numa discoteca de Castelo Branco que importava os discos de Heavy desde França, entrei e pedi para ouvir. Chamava-se Platinium. Depois eu e amigos fomos partilhando lps e revistas e ficámos viciados.

E o teu primeiro disco, como foi essa memória e o que representou na altura?
Foi única. A primeira impressão foi a capa, depois o colocar o vinil no gira-discos, baixar a agulha e ser invadido por riffs fantásticos e solos impressionantes.

Ainda tens esse disco?
Tenho em cd, mas já não em vinil.




A PAIXÃO

O modo como vês e sentes a música mudou muito ao longo dos tempos?
Pode dizer-se que sim. Naturalmente que tudo o que é novo nos marca mais, em especial na nossa juventude. E nessa altura, anos 80, as primeiras bandas foram as que mais nos cativaram e quase todas elas se mantêm ainda no ativo, o que mostra a qualidade das mesmas. Aliado naturalmente à oportunidade de terem estado no lugar certo à hora certa e terem conhecido as pessoas certas. Infelizmente as editoras assim que vêm que determinado género está a vender bem, tentam explorar ao máximo essa mina de ouro, não se preocupando com a qualidade e inovação das bandas, o que faz com que surjam centenas, senão milhares de bandas, que pensam vir a profissionalizar-se e após 5 a 10 anos constatam que o seu sonho não se concretizou. Passou-se isso com o Heavy Tradicional nos anos 80, Thrash Metal nos anos 90, Death Metal nos 2000 e Black Metal nos 2010. Poucas pessoas fora do universo do Heavy Metal saberão que este género, não sendo como é óbvio o que mais vende, é o que tem fãs mais dedicados e mais revistas especializadas. No início as revistas que mais gostava, como a Metal Attack, Enfer e Metal Forces, traziam imensas entrevistas e criticas às bandas que eram mais promissoras. Infelizmente a Metal Attack não chegou a durar 3 anos, mas as restantes começaram pouco a pouco a converterem-se a outros subgéneros, como o Hard FM, AOR, Glam, Death, Grind, etc. Pessoalmente sou da opinião que não se devem misturar tantos géneros, porque em geral os fãs não gostam deles todos. A meio dos anos 90 já o universo do Heavy Metal estava algo descaracterizado, com imensas bandas a editarem discos que nada traziam de novo, sendo apenas más cópias de bandas mais antigas. Não se trata de saudosismo, até porque ainda agora compro discos de novas bandas com muitas influências dos anos 80, mas que por alguma razão ao ouvi-los consigo sentir a excitação dos primeiros discos que comprei. E então com o Grunge e o Nu Metal, que de Metal não têm absolutamente nada, surgiu a hora mais negra da nossa música, de novo muito por culpa das editoras e das revistas que passaram a incluir estas bandas nas suas edições. Falo de bandas como Nirvana, Pearl Jam, Rammstein, Tool, Korn, Marylin Manson, e mais lixo do género. Basta gravar umas guitarras com distorção, dar uns berros e já é Heavy Metal? Foi um período de grande desânimo, em que bandas grandiosas como os Metallica, Kreator e muitas outras começaram o seu declínio, porque contrariamente ao que diziam, não evoluíram, pura e simplesmente se venderam. Infelizmente o gosto pelo dinheiro falou mais alto e os fãs da velha guarda limitavam-se a ouvir os discos antigos. Felizmente os Kreator recuperaram a sua criatividade com o “Violent Revolution”, mas os Metallica já não conseguem copiar mais riffs dos Savage, Diamond Head, Jaguar, e outros. Como é que é possível que quem compôs “Kill’em all” e “Ride the lightning” tenha descido tanto em termos criativos? Mas há sempre revivalismos e graças a bandas como os Skullview, Twisted Tower Dire, Slough Feg, Doomsword, Battleroar, Holy Martyr, Iron Sword e muitas outras, uma nova vaga de boas bandas surgiram e fizeram esquecer os anos de trevas por que passámos.

Como é que as pessoas que te rodeiam e que conhecem esta tua paixão veem o facto de teres tantos discos e itens relacionados com música?
A maior parte não gosta sequer de música, pelo que não entende esta paixão e acham que é uma infantilidade. Já me cansei de discutir música e como os Ingleses dizem “opinions are like assholes, everyone has one”. Mas ainda tenho amigos que continuam a ouvir e comprar discos e estamos quase todos a chegar aos 50 anos. Poucos, mas bons.

Compras um disco e quando chegas a casa qual é o teu ritual?
Gosto de acompanhar as letras e ver todo o livreto nos cds e nos lps. Ouço o disco em geral 3 vezes em dias seguidos, de modo a puder interioriza-lo corretamente e decidir se traz algo de novo e que não seja meramente para fazer número na prateleira. Nunca fui de ter a discografia completa das bandas ou de ter discos ditos de “culto”. Se não gostei, tento trocá-lo ou vendê-lo. Decerto ficará outro fã mais satisfeito.
Tens algum cuidado em especial que queiras partilhar sobre limpeza e conservação dos discos?
No vinil, apenas o líquido adequado e trocar de agulha a cada sies meses. E tanto no vinil como no cd, ter sempre as mãos limpas ao manusear as capas e discos.

De que forma organizas e arquivas a tua colecção?
Por géneros (Heavy e Thrash) e depois por ordem alfabética.

Quantos discos tens no total, considerando todos os formatos físicos?
Cerca de 200 lps, 60 pic discs, 10 shapes pic discs, 10 singles, 80 dvd e 400 cds.
E apenas uma K7, uma demos dos Skullview que lhes comprei ainda eram eles desconhecidos. Está assinada e apenas foram editadas 100. Como referi anteriormente, gosto de poucas bandas. Caso nunca tivesse vendido os discos que acabei por não gostar, teria cerca de 800 lps e 5500 cds. Quando penso no dinheiro que gastei, fico perplexo, mas o passado já lá vai.

Qual é o item ou os itens que mais destacarias da tua colecção seja pelo afecto que representa, seja pelo próprio valor comercial ou em termos de raridade?
Em termos de afeto, são os lps e cds assinados pelas bandas, tendo-lhes comprado diretamente ou levado a concertos, em especial ao festival Keep it True, e assim assinados. Destaco Skullview, Twisted Tower Dire, Slough Feg, Brocas Helm, Holy Martyr, Battleroar, Thunder Rider, Overlorde, Satan, Blitzkrieg, Powerscourt, Griffin, Ravensire, Othyrworld, entre outros.
Alguma vez perdeste a cabeça a nível monetário na aquisição de um disco? Qual o valor que gastaste?
Sim, com o 7” dos Iron Maiden “The Soundhouse Tapes” que comprei na Vinyl Tap a meados dos anos 90. É melhor não dizer o valor!

Sei que nutres uma especial paixão pelos Iron Maiden. Procuras ter, não só os álbuns oficiais, mas também singles, ep´s, maxis, bootlegs e tudo o que encontras sobre a banda?
A par dos álbuns, compro os pic discs, shape pic discs e singles coloridos. Não tenho edições piratas. Quanto a merchandise e memorabilia tenho comprado sempre através do site deles, pois sou membro do clube de fãs. Tenho cerca de 400 artigos.
Em média, quantos discos compras por mês?
Até 2004 comprava cerca de 10, mas com a massificação de blogs com mp3, comecei a ouvir os discos antes e a comprar apenas os que realmente gostava. As críticas de revistas e fanzines nem sempre estão de acordo com o que depois me deparo ao ouvir os discos. Até a simples distinção entre melódico e não melódico, épico ou não, Speed Metal, Power Metal e Heavy Tradicional, faz uma grande diferença.

Onde costumas adquirir os teus discos?
Na discoteca online alemã Hellion Records e em outras no ebay.

Qual o local mais improvável onde adquiriste discos?
Nunca me aconteceu tal situação.

A(s) melhor (es) aquisição (ões) de sempre, aquele dia glorioso em que voltamos para casa ainda a nos beliscar se realmente aconteceu?
O referido single dos Iron Maiden, um poster do álbum “Them” do King Diamond assinado por toda a banda e que comprei também na loja Vinyl Tap.



Qual é o teu Top dos melhores discos de sempre, aqueles que independentemente do género aconselhas todos a ouvir antes de morrermos pelo menos uma vez?
TOP 20 HEAVY METAL ALBUMS
AC/DC – Let there be rock
AC/DC – Powerage
BLITZKRIEG – Unholy trinity
DOMINE – Champion eternal
IRON MAIDEN – Killers
IRON MAIDEN – Number of the beast
IRON MAIDEN – Powerslave
JUDAS PRIEST – Unleashed in the east
JUDAS PRIEST – Screaming Vengeance
JUDAS PRIEST – Painkiller
KING DIAMOND – Them
MANILLA ROAD – Crystal Logic
MANOWAR – Hail to England
MOTORHEAD – No sleep till Hammersmith
MERCYFUL FATE – In the shadows
OMEN – Battle cry
SKULLVIEW – Legends of valor
SLOUGH FEG – Down among the dead men
TRUST - Repression
VAN HALEN – Woman and children first

TOP 20 THRASH METAL ALBUMS
ARTILLERY- Terror squad
DARK ANGEL – Darkness descends
DEATH ANGEL – The ultra violence
DESTRUCTION- Infernal overkill
EXODUS-Bonded by blood
KREATOR – Pleasure to kill
KREATOR – Terrible certainty
KREATOR – Extreme aggressions
MEGADETH – Peace sells
MEGADETH – Rust in peace
METALLICA – Kill’em all
METALLICA – Ride the lightning
ONSLAUGHT – The force
POSSESSED –Seven churches
SLAYER – Show no mercy
SLAYER – Hell awaits
SLAYER – Reign in blood
TESTAMENT - Legacy
VOIVOD – War and pain
WHIPLASH – Power and pain
PREFERÊNCIAS

Vinil, CD ou Cassete?
Prefiro o cd pela comodidade, mas o vinil pela expressão da capa. Alguns lps têm um som mais cheio que os cds, mas deixo essa questão para os entendidos. Eu prefiro o som do vinil.

Vinil preto ou colorido?
O preto tem melhor som, mas o colorido é mais bonito.

Picture Disc ou 180gramas?
Em geral os picdiscs antigos tinham um som inferior aos normais, sendo mais adequados para exposição na parede. Conforme estão os meus.

Gatefold ou capa Simples?
O gatefold se for bem elaborado, como “Live after Death” dos Iron Maiden, é melhor, mas se for como o “Beyond The Gates” dos Possessed, não vale a pena. É tudo uma questão de arte.

Formato 12” , 10” ou 7”?
12”

Jewelcase ou Digipack?
Digipack, mas estragam-se mais facilmente.

Primeira prensagem ou reedição luxuosa?
Prefiro reedição com as letras e fotos ao vivo, sempre que a qualidade do som seja a mesma ou melhor do que a original. Não sou colecionador fanático.

Lojas físicas ou Internet?
Nesta altura já quase não há lojas físicas, e na Net a oferta é imensa.        
 


AUDIOFILIA

E para ouvires os teus discos, que artilharia pesada utilizas?
Aparelhagem de gama média, em que todos os equipamentos são de marcas diferentes.
Uma vez ouvi o “Master of puppets” numa aparelhagem que custava 6000 contos, ou seja 30000 euros, e o som era péssimo. Segundo o dono da loja, qualquer subgénero derivado do Rock não pode ser ouvido em aparelhagens topo de gama. Pelo menos naquela o som era mesmo mau.

Tens o teu lado audiófilo ao nível do HI-Fi ou apenas gostas de ouvir musica desde que soe bem sem te preocupares muito com a busca do som ideal?
Desde que me soe bem, não me preocupo em investir mais dinheiro. Gosto de ouvir com auscultadores e os meus que já têm 34 anos são fantásticos. Há uns anos tentei comprar outros, mas apenas os de valor superior a 600 euros eram algo superiores.
Há algum instrumento que te cative mais quando estás a ouvir musica?
Guitarra elétrica. Se tivesse que escolher o melhor guitarrista, seria o Eddie Van Halen.

Tocas ou gostarias de aprender a tocar algum instrumento?
Tentei a guitarra, tendo comprado uma Flyng V Kerry King da BCRich e outra Flying V da Gibson.
Mas devido a um problema no pulso esquerdo, a minha carreira morreu antes de ter começado. Vendi as duas ao meu amigo Nuno “Mordred” Silva, que nos Ravensire se está a sair bastante bem. Agradeceu ele e porventura o Eddie Van Halen, pois nunca se sabe se eu não seria outro guitar hero.

AO VIVO

Primeiro Concerto?
Iron Maiden em Cascais

Melhor concerto de sempre?
Satan no festival Keep It True na Alemanha. Nunca pensei vê-los, pois estavam separados há 18 anos.

Concerto de sonho?
Mercyful Fate / King Diamond

Que banda gostarias de ver ao vivo e que já não vai ser possível?
Pela última entrevista que li do King Diamond será Mercyful Fate. Uma banda de que se fala muito, como tendo dos melhores riffs, mas que segundo o KD, vende tão pouco que eles perdem dinheiro. Das ainda no pseudo ativo, Van Halen com David Lee Roth, pois parece que se desentenderam mais uma vez.

Tenta definir o que te vai na alma por escrito sobre esta nossa paixão?
Termino com uma expressão usada pelos grandes Skullview nos seus discos “Point the Sign up high … metal til you die!!!” Quem quiser trocar/vender/comprar CDS, LPS, DVDS, ZINES de Heavy e Thrash, contacte-me.
Voltar ao Topo Ir em baixo
luis lopes
Membro AAP
luis lopes

Mensagens : 4740
Data de inscrição : 25/02/2011
Idade : 53
Localização : Maiorca

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 12:04

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 468604
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 12:16

Li a entrevista na altura em que saiu. Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 754215 (també está lá uma entrevista minha Embarassed )


Muito bem vindo a este espaço, e estou certo que te vais divertir por aqui.


Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 96146

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PauloSilva



Mensagens : 18
Data de inscrição : 05/10/2015
Idade : 54
Localização : Castelo Branco

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 12:19

António José da Silva escreveu:
Li a entrevista na altura em que saiu. Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 754215  (també está lá uma entrevista minha Embarassed  )


Muito bem vindo a este espaço, e estou certo que te vais divertir por aqui.


Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 96146

Ok, obrigado. Tenho muito que ler nos fóruns.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
Ferpina

Mensagens : 10539
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 65
Localização : Assado - Perú

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 12:26

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 96146

... e faz uma leitura às regras do AAP, e em particular às dos "Classificados"

_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Vu-1_z10 Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Vu-1_z10
Voltar ao Topo Ir em baixo
PauloSilva



Mensagens : 18
Data de inscrição : 05/10/2015
Idade : 54
Localização : Castelo Branco

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 12:33

Ferpina escreveu:
Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 96146

... e faz uma leitura às regras do AAP, e em particular às dos "Classificados"

Não reparei que era necessário ter 30 pontos.
As minhas desculpas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
zaratustra

Mensagens : 4762
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 17:29

Bem-vindo, Paulo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
antpaubarcar
Membro AAP
antpaubarcar

Mensagens : 969
Data de inscrição : 20/12/2013
Idade : 63
Localização : SM Infesta

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 21:30




Bem vindo Paulo Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 96146
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
Milton

Mensagens : 15385
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 58
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptyQui Out 08 2015, 23:44

PauloSilva escreveu:
Tenho quase 50 anos .

Mais um cota para este ninho de cucos...

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal DIS

smedley Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 468604

_________________
Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Garfie10
Voltar ao Topo Ir em baixo
jcl
Membro AAP


Mensagens : 954
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 61
Localização : Viana do Castelo

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptySex Out 09 2015, 11:23

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 96146   Paulo Silva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Djlitss
Membro AAP
Djlitss

Mensagens : 878
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 53
Localização : Chaves

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal EmptySex Out 09 2015, 21:54

Boas

Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal 96146

Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty
MensagemAssunto: Re: Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal   Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Apresentação Paulo Silva de Castelo Branco fanático por Heavy Metal
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Apresentação-
Ir para: