Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Sistemas longinquos ...

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
reirato
Membro AAP


Mensagens : 3580
Data de inscrição : 08/11/2010

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptyQui Out 01 2020, 15:40

Ghost4u escreveu:
... ... ... ... Quanto ao computador Cubo, a caixa, no aspecto da ventilação, me recorda o design de um amplificador de potência, cujo nome se evaporou da Caixa que ostento entre os ombros.
… … … …

Sistemas longinquos ... - Página 3 1136
Sistemas longinquos ... - Página 3 2124
Pass Labs,  Aleph 5

Só pode!?...  

king
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://arato.rocha@gmail.com
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8468
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptyQui Out 01 2020, 16:00

O Ricardo chegou a ter um 47 Labs Shigaraki que tem essa simplicidade, mas não os dissipadores - são peças muito elegantes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptyQui Out 01 2020, 16:14

José Miguel escreveu:

1) ... Esse computador nem tem ventoinha, uma enorme fonte de ruído, mas mesmo assim está colocado em bases que eliminam vibrações.

2) ... Existindo mais silêncio de fundo, o tal fundo negro necessário, cada pormenor musical aparecerá como que suspenso no vazio, ... A imagem de palco ter melhorado, imagino, deverá ser em boa parte fruto disto.

3) ... Simplificando, a multiplicação de pontos no trajecto do sinal não estará perto do limite da complexidade? ...

4) ... É sempre um gosto ver essa sala e sistema, é uma pena as Proac andarem paradas, mas estando sem uso, não seria melhor elas ficarem arrumadas num canto? (preciosismo meu)

5) ... Não poderia deixar de olhar para os vinhos e comida. ... umas boas conservas Portuguesas não ficariam aí bem? Esses tintos (de Puech Lazert) têm bom aspecto, pelo que li precisam de uns anos para incorporar bem algumas notas (acidez e madeira), pois envelhecem bem. Confere?...

Olà José, puz numeros afim de facilitar a resposta às tuas vàrias duvidas, aqui vai por ordem:

1) O facto que o computador "cubo" esteja posicionado em bases antivibratorias é uma escolha do Patrick e sincéramente não sei se é impactante. Penso que ele tenta evitar que as vibrações do ar (musica) tenham uma influência negativa na leitura digital ... mas não creio que a influência seja grande. Nesse ponto sò ele poderia explicar pois ném sequer falà-mos disso. Para mim as bases anti-vibratorias (fora o movel dos aparelhos) é como a lavagem dos discos, jà conheçem a minha posição  Wink

2) As amelhorações da escuta não podem estar ligadas à ausência de ventoinha e a um barulho de fundo inferior pois, o antigo computador (que continua na sala pois comanda este) também não tinha ventoinha e o ruido de fundo na sua sala foi sempre inexistente. Não hà globalmente grande diferença (fora as grandes colunas) entre o momento que o Manfred veio (hà vàrios anos) e hoje na evolução do sistema então as amelhorações estão nos detalhes técnicos e de posicionamento ... talvez as bases anti-vibratorias e o tratamento da sala ajude é claro. Mas hà dois meses quando fui da ultima vez jà tudo isso era igual, então o que mudou é simplesmente o que escrevi...

3) O sinal digital continua a fazer exactamente o mesmo trajecto que faz hà anos, nada mudou com o novo computador. A unica diferença é que o antigo computador tomava conta do teclado, do ecrã e do rato ... ora que este executa o player e lê a musica simplesmente, deixando ao computador antigo as tarefas subalternas supracitadas. O sistema digital é mais complexo e com mais elementos, mas o trajecto da musica e o seu tratamente é exactamente igual...

4) Elas não estão paradas pois ele escuta-as. Eu disse que nesse dia não as escutà-mos e ném tive a curiosidade de o fazer  Embarassed. Não disse que estavam paradas e que ele tinha deixado de as escutar...

5) Estàs bem informado pois é efectivamente o caso. È um vinho daqui (perto do Patrick) com um estilo potente e profundo ... é dificil a encontrar nas garrafeiras, mesmo aqui, pois pouco produzido. Bebemos um 2011 e um 2015 se bem me lembro. O 2011 jà tinha atingido a maturidade e apresentou-se com notas de frutos vermelhos, couro, cogumelos e um cheiro de floresta, longo na final e extremamente equilibrado com grande profundura. O 2015 ainda tinha notas de madeira e o chocolate/cacau predominava mas com uma bela dinâmica na boca ... jovém, desinvolto e arrogante! O branco do sul de Lyon era um Crozes-Hermitage de um grande produtor da safra de 2011 e estava uma pura delicia com notas subtéis de manteiga e flores brancas ... uma bela acidez equilibrava o corpo e fazia dele o vinho ideal para começar esse encontro ... esse sim, pedia umas sardinhas lusitanas  Wink

PS: Os vinhos teriam bem acompanhado de certeza algumas conservas e enchidos portugueses penso e poderiam fazer mesmo um belo acordo. Mas, aqui é dificil de encontrar produtos portugueses e de qualidade ainda menos. Dos lados de Paris aonde hà muitos portugueses talvez seja possivel mas aqui hà muito pouca escolha e o que hà é industrial. O proximo sistema longinquo serà o do outro Patrick (amplificador em madeira) e ele serve-me com magnificos brancos algumas conservas portuguesas que ele deixa envelheçer na adega ... c'est exquis !!!

Mas se me quizéres mandar conservas eu mando a morada  Laughing

Voilà  cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
Ghost4u

Mensagens : 8238
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptyQui Out 01 2020, 17:42

Prezado reirato,

Lamento informar, que não me refiro a esse Aleph. Quando a minha Caixa Idiota Instruída recuperar a informação colapsada, divulgarei neste tópico.

Com melhores cumprimentos,
What a Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8468
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptySex Out 02 2020, 00:11

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:


2) ... Existindo mais silêncio de fundo, o tal fundo negro necessário, cada pormenor musical aparecerá como que suspenso no vazio, ... A imagem de palco ter melhorado, imagino, deverá ser em boa parte fruto disto.

3) ... Simplificando, a multiplicação de pontos no trajecto do sinal não estará perto do limite da complexidade? ...


Olà José, puz numeros afim de facilitar a resposta às tuas vàrias duvidas, aqui vai por ordem:



2) As amelhorações da escuta não podem estar ligadas à ausência de ventoinha e a um barulho de fundo inferior pois, o antigo computador (que continua na sala pois comanda este) também não tinha ventoinha e o ruido de fundo na sua sala foi sempre inexistente. Não hà globalmente grande diferença (fora as grandes colunas) entre o momento que o Manfred veio (hà vàrios anos) e hoje na evolução do sistema então as amelhorações estão nos detalhes técnicos e de posicionamento ... talvez as bases anti-vibratorias e o tratamento da sala ajude é claro. Mas hà dois meses quando fui da ultima vez jà tudo isso era igual, então o que mudou é simplesmente o que escrevi...

3) O sinal digital continua a fazer exactamente o mesmo trajecto que faz hà anos, nada mudou com o novo computador. A unica diferença é que o antigo computador tomava conta do teclado, do ecrã e do rato ... ora que este executa o player e lê a musica simplesmente, deixando ao computador antigo as tarefas subalternas supracitadas. O sistema digital é mais complexo e com mais elementos, mas o trajecto da musica e o seu tratamente é exactamente igual...
(...)

Vou usar apenas essa parte, mas para não ficar uma citação muito longa.

Quando eu me referi ao computador novo, referi-me a título de exemplo do que me pareceu ser um grande cuidado a eliminar potenciais fontes de ruído no sistema de leitura de ficheiros/streaming.

O ficheiro ainda faz um longo caminho até chegar ao ouvinte, mas a cada passo pareceu-me existir o tal cuidado - desde as ferramentas utilizadas (por exemplo, esse computador) até ao tipo de ligações (muda de usb para s/pdif).

Depois de pensar nisto, pensei no que escrevi no ponto (2), projectando maior silêncio na reprodução, haveria lugar a uma melhor apresentação da Música.


Quanto às conservas... tudo se arranja. Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
mannitheear

Mensagens : 1231
Data de inscrição : 01/08/2013

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptySex Out 02 2020, 17:32

Hi Paulo,

I read the report of the last evolution of Patrick's systems with great pleasure, mainly for 2 reasons: 1. It reminds me of a very good time and 2. you recall there is always something to do on the system...

When I heard this system a (too) long time ago with the ProAc Anniversary it was yet a kind of reference for me, at least with music which were not beyond the physical limits of the tiny speakers.

Can you tell me please what since then changed in the system, except the Davis speakers and the evolution of digital (and the mains power cleaner)?

And then, what would you say is the difference in the listening qualities?

It would be very interesting to analyze the potential of improvements in the digital domain carefully in the future, here in the forums they are totally crazy and recomment even burn-in of Ethernet cables ...

The Puech Lezard is still there and waits for the appropriate occasion sunny

Biz!

cheers

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptyDom Out 04 2020, 11:35

mannitheear escreveu:

... Can you tell me please what since then changed in the system, except the Davis speakers and the evolution of digital (and the mains power cleaner)?

And then, what would you say is the difference in the listening qualities?
...
The Puech Lezard is still there and waits for the appropriate occasion  sunny

Beside what you've mentioned the main changes since you've came is the phono, the new power supply on preamp and Dac and the new power supply for the Yellowtec USB/SPDIF converter. Pat send me a mail, i guess he is following the topic Wink , and told me that the fuses have made a great difference on the sonics but i haven't made the experience. For me, the work around the power supplies have been decisive in the sound for sure...

Since you've came the evolution was made step by step and it's difficult to have a precise idea of the system many years ago, but there are some very clear changes. The overall transparence is greater with a real sense of natural. The different bands sound very linear in the room without any kind of echoes or reverberation. The notes are very clear and pure but its not a clinical sound since there's always the just amount of materia ... the overall equilibrium are really between light and darkness. There is an excitant sense of "flow" in the music and we almost forgive that's a system who is playing ... the illusion of listening to real music is much more clear now. To resume, the system equilibrium and sonical properties remains the same as you've heard but he become better in all aspects ... this leads to a "circular listening" as i've said and its difficult to find flaws cos everything is in place. There's really a great gap in neutrality and today in a blinded listening no one will notice that there are transistors and valves in the system ... the digital sound in his system is really excellent, a reference for me !!!...

I really believe, as i've said later, that modern digital (files or streaming) is so complex as a vinyl system. It really deserves the effort you give him and he can sound absolutely great, really great and Pat's system is an exemple of that and the streamer i've made proofs that also. Modern digital is really a great source of music...

The Puech Lazert is ageing in Germany, its fine but i don't understand. We've finished the german bottles years ago and you still have the french wine ???... you only like to drink here, with us, so its time to come again  Laughing

Biz Man  cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptyDom Out 04 2020, 11:46

José Miguel escreveu:


... O ficheiro ainda faz um longo caminho até chegar ao ouvinte, mas a cada passo pareceu-me existir o tal cuidado - desde as ferramentas utilizadas (por exemplo, esse computador) até ao tipo de ligações (muda de usb para s/pdif)...

Quanto às conservas... tudo se arranja. Wink

Efectivamente o cuidado està omnipresente no sistema do Patrick. Quando um sistema funciona verdadeiramente muito bem é ilusorio de acreditar que os passos para a frente serão gigantescos ... o que não quer dizer que a evolução não seja possivel. Faz vàrios anos que o Patrick amelhora alguns pontos importantes como a sala e os moveis ... ou pontos de detalhe como a rede, as alimentações, os fusiveis e isto tém conduzido a amelhorações que pouco a pouco são evidentes hoje. O salto para a frente tornou-se real e prova que dar atenção ao sistema acaba por pagar o esforço ... algo do qual nunca duvidei! Mas, o problema não é afinar o sistema ... o problema é de saber por onde começar e como afinar  Wink

Ora ai està uma boa noticia! Vamos nos evangelizar mutualmente e tu mandas-me umas quantas conservas bem escolhidas e daqui mando-te a mesma coisa ... e depois dizemos da nossa justiça aqui num topico  Laughing

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
Ghost4u

Mensagens : 8238
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 EmptyDom Out 04 2020, 15:26

TD124 escreveu:
(...) Faz vàrios anos que o Patrick amelhora alguns pontos importantes como (...) os fusiveis (...).

Se o AV lê essa frase, quererá saber a marca dos fusíveis adquiridos pelo seu amigo, cor, composição e o acabamento final quando explodem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Sistemas longinquos ...   Sistemas longinquos ... - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sistemas longinquos ...
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Apresentação :: O meu sistema-
Ir para: