Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 *Os imortais do JAZZ*

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Mister W
Membro AAP


Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 13:30

Duarte Rosa escreveu:
Eu fico sempre maravilhado com os dicos de que vocês falam aqui neste tópico *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Há também um aspecto que é interessante, pelo menos para mim, é que mostra o longo caminho que ainda tenho de percorrer para aprender e ouvir todas estas maravilhas do Jazz e do Vinil, pois são duas coisas que tanto gosto *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Mister W e AJS, não sei se conhcem José James, de certeza que sim, eu gosto muito, ele lançou um Album novo este mês e vai sair também em Duplo LP e edição da Blue Note, deve ser super *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Duarte,
Sei apenas que é uma das promessas da música de fusão norte-americana e que mistura o Jazz com Funky e algum Hip-Hop. Do pouco que conheço, destaco a forte secção rítmica e a secção de metais. Apesar de não ser um especial admirador do Jazz cantado (com excepções) não à dúvida que José James tem uma excelente voz.
Ouvi um tema chamado "The Dreamer", que me agradou particularmente (a voz, a profundidade do trompte...) e parece ter uma produção e prensagem excelentes.
Tenho que ouvir melhor ... Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Duarte Rosa
Membro AAP
Duarte Rosa

Mensagens : 2033
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 44
Localização : Abrantes

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 13:37

Mister W escreveu:
Duarte Rosa escreveu:
Eu fico sempre maravilhado com os dicos de que vocês falam aqui neste tópico *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Há também um aspecto que é interessante, pelo menos para mim, é que mostra o longo caminho que ainda tenho de percorrer para aprender e ouvir todas estas maravilhas do Jazz e do Vinil, pois são duas coisas que tanto gosto *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Mister W e AJS, não sei se conhcem José James, de certeza que sim, eu gosto muito, ele lançou um Album novo este mês e vai sair também em Duplo LP e edição da Blue Note, deve ser super *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Duarte,
Sei apenas que é uma das promessas da música de fusão norte-americana e que mistura o Jazz com Funky e algum Hip-Hop. Do pouco que conheço, destaco a forte secção rítmica e a secção de metais. Apesar de não ser um especial admirador do Jazz cantado (com excepções) não à dúvida que José James tem uma excelente voz.
Ouvi um tema chamado "The Dreamer", que me agradou particularmente (a voz, a profundidade do trompte...) e parece ter uma produção e prensagem excelentes.
Tenho que ouvir melhor ... Very Happy

Esse tema é muito bom, e é o tema que dá nome ao Album, ouviste esse album em Vinil? sabes onde posso encontrar?

O Jorge Ferreira bem que podia começar a ter destas "coisinhas" para vender também *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 13:58

Duarte Rosa escreveu:
Mister W escreveu:

Duarte,
Sei apenas que é uma das promessas da música de fusão norte-americana e que mistura o Jazz com Funky e algum Hip-Hop. Do pouco que conheço, destaco a forte secção rítmica e a secção de metais. Apesar de não ser um especial admirador do Jazz cantado (com excepções) não à dúvida que José James tem uma excelente voz.
Ouvi um tema chamado "The Dreamer", que me agradou particularmente (a voz, a profundidade do trompte...) e parece ter uma produção e prensagem excelentes.
Tenho que ouvir melhor ... Very Happy

Esse tema é muito bom, e é o tema que dá nome ao Album, ouviste esse album em Vinil? sabes onde posso encontrar?

O Jorge Ferreira bem que podia começar a ter destas "coisinhas" para vender também *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
Apenas ouvi no Google... Rolling Eyes
Se houver em vinil, não creio que seja muito difícil arranjar. Se falares com o Jorge Ferreira, ele deve conseguir isso.
Caso não consiga, tens sempre a Jazz Messangers de Barcelona ou a Preterito Perfeito (de Lisboa), entre outras...
Boa Sorte.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 15:18

Desta feita trago-vos alguns registos ao vivo, que espelham bem o que de melhor se faz por terras de Vera Cruz, no que respeita à música popular. São autênticos tesouros e as suas datas bem distintas (66, 80 e 94) só provam que a música é intemporal. Os que já conhecem estes trabalhos, decerto concordarão comigo; quanto aos demais, sugiro que ouçam assim que tiverem oportunidade (isto se este género for do Vosso agrado, claro está).
Independentemente da qualidade das gravações ou do formato em que se encontram, tratam-se de excelentes obras, cuja audição regular não prescindo.

Bola Sete - At the Monterey Jazz Festival (1966, Verve) 1966, Verve V-8689, USA
O primeiro e o mais antigo dos três, refere-se ao incomparável Bola Sete e à sua mítica participação no Festival de Jazz de Monterey.

Djalma de Andrade (que adoptaria o nome de Bola Sete em alusão à Bola Preta do bilhar/snooker), nasceu em 1923 no Rio de Janeiro, onde estudou guitarra (no Conservatório) e onde participou em várias formações de samba bem como num sexteto que formou enquanto estudante.
O seu processo evolutivo, passou pela experiência adquirida durante uma estadia em Itália no inicio dos anos 50, onde tocou em Clubes e Hotéis. Regressou ao Brasil em 1954 e formou uma orquestra que utilizou numa tourné pela América do Sul (e Espanha) até se transferir, por fim, para os Estados Unidos onde tocou em vários hotéis da rede Sheraton e foi precisamente no Hotel Sheraton de San Francisco que viria a conhecer Dizzie Gillespie que lhe daria o "empurrão" final para o tão esperado sucesso.*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6586
Em1962, pela mão de Dizzie Gillespie, Bola Sete teria a oportunidade de participar pela primeira vez no Festival de Jazz de Monterey e os resultados superaram as expectativas mais optimistas.
Nos anos seguintes integrou a banda de Dizzie Gillespie e o Trio de Vince Guaraldi e em 1966 com o seu próprio Trio, participaria novamente no Festival de Jazz de Monterey, cujo espectáculo deu origem a este extraordinário àlbum, fortemente aclamado pelo público e pela rigorosa crítica da época.*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6587
A intensidade do desempenho de Bola Sete nesta actuação ao vivo é absolutamente "devastadora". Desde os dedilhados mais suaves aos ritmos mais intempestivos (como no tema "Flamenco"), tudo é desempenhado com uma imesurável paixão e não me refiro apenas ao artista principal. Sebastião Neto no Baixo e Paulinho na Bateria são dignos de figurar nesta magnifica obra. O divertimento de Paulinho nos temas de maior intensidade rítmica (como Samba de Orfeu) é bastante perceptível, facto facilmente comprovado pela forma delirante como o público se pronuncia em determinadas passagens.*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6588 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6589
Este trabalho não é apenas uma referência, é um estandarte do que de melhor a música popular brasileira nos ofereceu e por isso, considero-o absolutamente obrigatório.

Apesar de Bola Sete não ter gravado muitos álbuns enquanto "frontman", existem outros trabalhos igualmente importantes, no período compreendido entre 63 e 67, como é o caso de "Bossa Nova", "Tour de Force" e o "The Incomparable Bola Sete".
Bola Sete é, sem qualquer dúvida, um nome incontornável na história da cultura e da música popular brasileira e por isso, irá certamente merecer outros destaques neste espaço.

Toquinho e Vinicius - O Poeta e o Violão (1975, RGE) 1980, Vadeca, Portugal
Contrariamente ao trabalho anterior (totalmente instrumental), neste trabalho (integralmente vocalizado) as letras e as interpretações são altamente valorizadas, não estivéssemos perante um dos nomes mais sonantes da música popular brasileira, respeitado internacionalmente pelo legado de composições imortais.

Este àlbum foi registado durante uma actuação em estúdio e sem público, o que por si, constituí uma factor de enorme exclusividade. Além disso, a forte cumplicidade e a amizade de longa data entre Toquinho e Vinicius, traduz-se num clima de grande descontracção e naturalidade, que contribuiu fortemente para os excelentes resultados deste extraordinário disco. A interacção e o enorme à-vontade entre os dois amigos, resulta em diálogos (em jeito de conversa de café) e dedicações a colegas de profissão como João Gilberto ou Chico Buarque. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6590*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6591
Fazem parte do repertório deste espectáculo, canções da autoria de Vinicius de Moraes em colaboração com Toquinho, Tom Jobim, Baden Powell e outras escritas por Chico Buarque, Dorival Caymmi, entre outros.
Trata-se essencialmente de um disco de (excelentes) canções; canções de amores e desamores, de pensamentos, de alegrias e tristezas... enfim, de experiências de vida...

Ás excelentes letras e interpretações vocais junta-se o desempenho de um guitarrista extraordinário (Toquinho) detentor de uma enorme técnica, embora nem sempre aproveitado da melhor forma (quanto a mim) em trabalhos instrumentais. De Vinicius de Moraes muito haveria certamente para dizer, mas por não me considerar minimamente habilitado a falar de um dos maiores compositores brasileiros de sempre, vou-me escusar a tão difícil tarefa.

Trata-se pois de uma obra absolutamente indispensável no panorama da música popular brasileira.

João Gilberto - Eu sei que vou te Amar, Ao Vivo (1994, Epic) 2007 Sony/BMG, Brasil (CD)
Na linha do anterior, este registo ao vivo de 94 dá-nos a conhecer vários êxitos de um dos maiores "performers" da música popular brasileira.
Trata-se de uma actuação algo intimista, num registo tranquilo de João Gilberto e do seu inseparável violão, em que são re-visitados 18 temas, desde os mais populares (como "Desafinado", "Rosa Morena", "Corcovado", "Eu Sei Que Vou Te Amar", etc...) até aos menos conhecidos (se é que existem...).

Vulgarmente conhecido como "O Mito", o papel de João Gilberto no desenvolvimento da Bossa Nova é unanimemente reconhecido como um dos mais relevantes (a seguir a Tó Jobim). Mais do que um reconhecido Compositor, João Gilberto é essencialmente um grande intérprete, não necessitando de mais do que um simples Violão (e da sua inconfundível voz) para transmitir de forma arrebatadora, a música que lhe vai na alma.
Não pretendo prolongar-me muito em relação a João Gilberto, pois tenho em mente um tópico específico sobre a sua enorme carreira, de quem sou um confesso admirador.*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6597 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6598
A enorme popularidade entre e fora de portas, faz com que continuem a ser lançados a um ritmo considerável, vários trabalhos de João Gilberto, que conta actualmente com 85 anos de vida.

Para os menos familiarizados com o intérprete e compositor, este "Eu Sei Que Vou Te Amar" que desde já recomendo, constituí um agradável cartão de visita. No entanto, outros álbuns ao vivo são igualmente dignos de registo, pois comprovam a enorme reputação e popularidade que João Gilberto possuía, por onde quer que passasse: "Live in Montreux", "Farolito: Live in México", "In Tokyo" e o "Getz/Gilberto #2".

Por último, ficam mais alguns registos ao vivo (da familia Gilberto!) igualmente relevantes e de que gosto particularmente *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GilbertGetz_LiveUS
Joao Gilberto - Live In New York City 1964 / Live In Mexico 1974 (2011, B13 Records B139, Russia) LP Limited 500 copies *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GetzAstrud
Stan Getz Quartet featuring Astrud Gilberto - Getz Au Go Go - 1964, Virgin (2006, Universal Music K.K., Japan) 24 Bit CD *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GetZGilberto2
Stan Getz & João Gilberto - Getz/Gilberto #2 Recorded Live at Carnegie Hall - 1964, Verve (2008, Verve, E.U.) CD

Fica desde já marcado encontro para darmos continuidade a esta interminável, mas compensadora saga.

Boas Audições
Mister W
Very Happy


Última edição por Mister W em Sex Jan 11 2013, 18:00, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 15:41

Mister W escreveu:
... Festival de Jazz de Monterey ...
Boa e thanks *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692 , não fazia ideia que tivesse existido (ou ainda exista), um Festival de Jazz em Monterey ( *Os imortais do JAZZ* - Página 4 21181 a ignorância).

Só "conhecia" Monterey em matéria de concertos, no Monterey (International) Pop Festival (o tal em que Hendrix, "sacrifica" a guitarra).

Thanks again *Os imortais do JAZZ* - Página 4 843159


EDITO : esse baterista Paulinho que referes, é o Paulinho Da Costa?!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Mendes
Membro AAP
Rui Mendes

Mensagens : 3159
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 49
Localização : Alfragide

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:11

Mister W escreveu:


Por último, ficam mais alguns registos ao vivo (da familia Gilberto!) igualmente relevantes e de que gosto particularmente *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GilbertGetz_LiveUS
Joao Gilberto - Live In New York City 1964 / Live In Mexico 1974 (2011, B13 Records B139, Russia) LP Limited 500 copies

Fica desde já marcado encontro para darmos continuidade a esta interminável, mas compensadora saga.

Boas Audições
Mister W
Very Happy

Este album comprei novo e a bom preço na FNAC do Colombo há uns 3 ou 4 meses.
Desde aí já rodou muito e é de facto um prazer ouvir.

A quem estiver interessado sugiro um telefonema para a FNAC, quem sabe...


À semelhança de muitos, eu sou um daqueles que vem beber informação a esta maravilhoso rol de testemunhos e quero agradecer, em particular ao "Mister", o conhecimento, tempo e paixão que pôe nestas prosas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:13

Fran escreveu:
Mister W escreveu:
... Festival de Jazz de Monterey ...
Boa e thanks *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692 , não fazia ideia que tivesse existido (ou ainda exista), um Festival de Jazz em Monterey ( *Os imortais do JAZZ* - Página 4 21181 a ignorância).

Só "conhecia" Monterey em matéria de concertos, no Monterey (International) Pop Festival (o tal em que Hendrix, "sacrifica" a guitarra).

Thanks again *Os imortais do JAZZ* - Página 4 843159

EDITO : esse baterista Paulinho que referes, é o Paulinho Da Costa?!

Esse Festival de Jazz começou nos anos 60 e creio que ainda se mantém activo... e acho que não tem nada a ver com o famoso festival onde tocaram os The Who, a Janis Joplin e o Jimmy Hendrix, entre muitos outros...
Quanto ao baterista deste disco ser o Paulinho da Costa, a avaliar pelo autêntico show que ele dá ao longo do concerto, eu diria que sim... mas sem ter a certeza, pois as referências no disco são apenas de Paulinho. Por exemplo: "Listen to Paulinho's sensitive, skillful use of percussion instruments. Dig the weird, organic, humanized sounds he produces. Unbelievable!"




Última edição por Mister W em Sex Jan 11 2013, 18:02, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:25

O Montreux Jazz Festival que começou em meados de 60 era puramente de Jazz, mas no inicio dos anos 70 passou também a ter atuações de Rock e Blues, mantendo sempre o mesmo nome. Portanto, é o mesmo festival.

http://en.wikipedia.org/wiki/Montreux_Jazz_Festival

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:26

Rui Mendes escreveu:
Mister W escreveu:


Por último, ficam mais alguns registos ao vivo (da familia Gilberto!) igualmente relevantes e de que gosto particularmente *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GilbertGetz_LiveUS
Joao Gilberto - Live In New York City 1964 / Live In Mexico 1974 (2011, B13 Records B139, Russia) LP Limited 500 copies

Fica desde já marcado encontro para darmos continuidade a esta interminável, mas compensadora saga.

Boas Audições
Mister W
Very Happy

Este album comprei novo e a bom preço na FNAC do Colombo há uns 3 ou 4 meses.
Desde aí já rodou muito e é de facto um prazer ouvir.

A quem estiver interessado sugiro um telefonema para a FNAC, quem sabe...

À semelhança de muitos, eu sou um daqueles que vem beber informação a esta maravilhoso rol de testemunhos e quero agradecer, em particular ao "Mister", o conhecimento, tempo e paixão que pôe nestas prosas.

Caro Rui,
Agradeço as palavras simpáticas de incentivo. Wink

Eu também comprei o meu disco na FNAC e na altura havia lá uns 3 ou 4 e eram precisamente os últimos (pelo que passavam desapercebidos...). Laughing
O que é um facto é que ficámos com uma edição limitada (segundo dizem) de dois registos (parciais) de excelentes concertos e pouco me importa o facto de dizerem que é um Bootleg..
O mais importante é que a gravação é bastante razoável e o som agrada-me particularmente. E além disso, é verdinho! Rolling Eyes
Parabéns!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Mendes
Membro AAP
Rui Mendes

Mensagens : 3159
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 49
Localização : Alfragide

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:30

Mister W escreveu:
Rui Mendes escreveu:
Mister W escreveu:


Por último, ficam mais alguns registos ao vivo (da familia Gilberto!) igualmente relevantes e de que gosto particularmente *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GilbertGetz_LiveUS
Joao Gilberto - Live In New York City 1964 / Live In Mexico 1974 (2011, B13 Records B139, Russia) LP Limited 500 copies

Fica desde já marcado encontro para darmos continuidade a esta interminável, mas compensadora saga.

Boas Audições
Mister W
Very Happy

Este album comprei novo e a bom preço na FNAC do Colombo há uns 3 ou 4 meses.
Desde aí já rodou muito e é de facto um prazer ouvir.

A quem estiver interessado sugiro um telefonema para a FNAC, quem sabe...

À semelhança de muitos, eu sou um daqueles que vem beber informação a esta maravilhoso rol de testemunhos e quero agradecer, em particular ao "Mister", o conhecimento, tempo e paixão que pôe nestas prosas.

Caro Rui,
Agradeço as palavras simpáticas de incentivo. Wink

Eu também comprei o meu disco na FNAC e na altura havia lá uns 3 ou 4 e eram precisamente os últimos (pelo que passavam desapercebidos...). Laughing
O que é um facto é que ficámos com uma edição limitada (segundo dizem) de dois registos (parciais) de excelentes concertos e pouco me importa o facto de dizerem que é um Bootleg..
O mais importante é que a gravação é bastante razoável e o som agrada-me particularmente. E além disso, é verdinho! Rolling Eyes
Parabéns!

O meu é verde enquanto eu não encontrar um diy forum a explicar como é que ponho as faixas a alternarem entre o azul e o branco lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:34

Mister W escreveu:
Fran escreveu:
Mister W escreveu:
... Festival de Jazz de Monterey ...
Boa e thanks *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692 , não fazia ideia que tivesse existido (ou ainda exista), um Festival de Jazz em Monterey ( *Os imortais do JAZZ* - Página 4 21181 a ignorância).

Só "conhecia" Monterey em matéria de concertos, no Monterey (International) Pop Festival (o tal em que Hendrix, "sacrifica" a guitarra).

Thanks again *Os imortais do JAZZ* - Página 4 843159

EDITO : esse baterista Paulinho que referes, é o Paulinho Da Costa?!

Esse Festival de Jazz começou nos anos 60 e creio que ainda se mantém activo... e acho que não tem nada a ver com o famoso festival onde tocaram os The Who, a Janis Joplin e o Jimmy Hendrix, entre muitos outros...
Quanto ao baterista deste disco ser o Paulinho da Costa, a avaliar pelo autêntico show que ele dá ao longo do concerto, eu diria que sim... mas sem ter a certeza, pois as referência no disco são sempre de Paulinho. Por exemplo: "Listen to Paulinho's sensitive, skillful use of percussion instruments. Dig the weird, organic, humanized sounds he produces. Unbelievable!"
Thanks Mr. W *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
Sim, que são Festivais diferentes, já eu calculava, não sabia é que também havia um de jazz em Monterey.
Quanto ao Paulinho, penso que o unico "famoso" é exactamente o Da Costa *Os imortais do JAZZ* - Página 4 843159





António José da Silva escreveu:
O Montreux Jazz Festival que começou em meados de 60 era puramente de Jazz, mas no inicio dos anos 70 passou também a ter atuações de Rock e Blues, mantendo sempre o mesmo nome. Portanto, é o mesmo festival.

http://en.wikipedia.org/wiki/Montreux_Jazz_Festival
Bacoradas *Os imortais do JAZZ* - Página 4 57537 , sff ... obviamente que não são o mesmo festival ... Monterey, fica nos States (California) ... Montreux, fica na Europa (Suiça) *Os imortais do JAZZ* - Página 4 2912087259


Última edição por Fran em Sex Jan 11 2013, 16:35, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:34

Rui Mendes escreveu:
Mister W escreveu:

Caro Rui,
Agradeço as palavras simpáticas de incentivo. Wink

Eu também comprei o meu disco na FNAC e na altura havia lá uns 3 ou 4 e eram precisamente os últimos (pelo que passavam desapercebidos...). Laughing
O que é um facto é que ficámos com uma edição limitada (segundo dizem) de dois registos (parciais) de excelentes concertos e pouco me importa o facto de dizerem que é um Bootleg..
O mais importante é que a gravação é bastante razoável e o som agrada-me particularmente. E além disso, é verdinho! Rolling Eyes
Parabéns!

O meu é verde enquanto eu não encontrar um diy forum a explicar como é que ponho as faixas a alternarem entre o azul e o branco lol!

Podes tentar, mas garanto-te que o Saxofone do Stan Getz nunca mais vais soar igual... lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:40

Pois, referia-me que o de Jazz na Suíça era o mesmo para Jazz, Rock e Blues. Mas não tem realmente nada a ver com o realizado na América.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 16:46

António José da Silva escreveu:
Pois, referia-me que o de Jazz na Suíça era o mesmo para Jazz, Rock e Blues. Mas não tem realmente nada a ver com o realizado na América.
Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

O de Montreux, começou por ser conhecido como Festival de Jazz (mais tarde, começou a incorporar outros géneros, como bem referiste) ... é um único Festival.


O de Monterey, sempre o conheci como Festival de Rock, o tal do Summer Of Love, etc e tal ... mas pelos vistos, existe um festival "paralelo", na mesma cidade, que incorpora Jazz ... são dois Festivais (subentendido pelas palavras de Mr W).

Em Monterey, serão no mesmo sitio (obviamente, em datas distintas)?
Deduzo que sim (ou então estou redondamente enganado).



EDITO : yep, parece que o sitio é o mesmo (mais coisa, menos coisa) :

Monterey Pop Festival Arrow
Monterey County Fairgrounds
2004 Fairgrounds Rd., Monterey, CA, 93940




Monterey Jazz Festival Arrow
2000 Fairground Rd
Monterey, CA 93940

Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
anibalpmm

Mensagens : 9469
Data de inscrição : 05/03/2012

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 17:32

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215
a minha wishlist cresce e cresce.... não tem fim *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 17:34

anibalpmm escreveu:
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215
a minha wishlist cresce e cresce.... não tem fim *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293


Não te preocupes que não estás sozinho nessa dor e nesse flagelo. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 524928826

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 17:38

Anibal escreveu:
a minha wishlist cresce e cresce.... não tem fim *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293
Por isso é que a ignorância é santa (um gajo "vive em paz", se for ignorante) lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 17:39

Fran escreveu:
Anibal escreveu:
a minha wishlist cresce e cresce.... não tem fim *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293
Por isso é que a ignorância é santa (um gajo "vive em paz", se for ignorante) lol!


Isso é fácil, um gajo cancela a Internet e fechar-se em casa. E para além de viver na ignorância, poupa rios de dinheiro. lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 17:47

António José da Silva escreveu:
Fran escreveu:
Anibal escreveu:
a minha wishlist cresce e cresce.... não tem fim *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293
Por isso é que a ignorância é santa (um gajo "vive em paz", se for ignorante) lol!


Isso é fácil, um gajo cancela a Internet e fechar-se em casa. E para além de viver na ignorância, poupa rios de dinheiro. lol!
O ser "ignorância santa", tem a ver exactamente com o dinheiro, e outras me$&as menos boas que vivemos actualmente.



PS : dou-te um exemplo bem real, desde que conheço o site Windguru, onde vou ver a previsão da Meteorologia aqui para os Açores, que eu sofro muito mais, principalmente por "antecipação", o que é uma grande m*&da

PS' : outro exemplo, mas este favorável ao alargamento do meu conhecimento musical, tem a ver com o eu comprar muito mais discos actualmente, do que quando não havia internet ... just a mouse click *Os imortais do JAZZ* - Página 4 524928826
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 17:55

António José da Silva escreveu:
Fran escreveu:
Anibal escreveu:
a minha wishlist cresce e cresce.... não tem fim *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293
Por isso é que a ignorância é santa (um gajo "vive em paz", se for ignorante) lol!

Isso é fácil, um gajo cancela a Internet e fechar-se em casa. E para além de viver na ignorância, poupa rios de dinheiro. lol!

Vives em paz, poupas dinheiro mas transformas-te num bicho! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 524928826

Eu até tenho vergonha de dizer quantos títulos tem a minha Wish List... Embarassed
O que vale é que as Wish Lists não passam disso mesmo... Laughing

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 18:46

Mister W escreveu:
... Vives em paz, poupas dinheiro mas transformas-te num bicho! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 524928826
Por vezes, apetece-me ser um bicho, e excluir-me da Humanidade *Os imortais do JAZZ* - Página 4 491368


Mister W escreveu:
Eu até tenho vergonha de dizer quantos títulos tem a minha Wish List... Embarassed
O que vale é que as Wish Lists não passam disso mesmo... Laughing
Eu nem wishlist tenho, já me deixei disso há muito tempo ... conforme vão aparecendo, lembro-me logo Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 19:06

[quote="Fran"]
Mister W escreveu:

Eu nem wishlist tenho, já me deixei disso há muito tempo ... conforme vão aparecendo, lembro-me logo Wink


Mas isso é a wishlist da maioria, é na cabeça tal como a minha. Mas não ajuda. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 524928826

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
anibalpmm

Mensagens : 9469
Data de inscrição : 05/03/2012

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 19:31

Eu em contrapartida tenho-a espalhada pelo JPC, pelo discogs e ainda elo ebay, sem contar com os q tenho na cabeça, mas já eram tantos q tive q começar a registar
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 19:51

anibalpmm escreveu:
Eu em contrapartida tenho-a espalhada pelo JPC, pelo discogs e ainda elo ebay, sem contar com os q tenho na cabeça, mas já eram tantos q tive q começar a registar


Eu é como o Fran, estão na tola e o que aparecer é que vai.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Mendes
Membro AAP
Rui Mendes

Mensagens : 3159
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 49
Localização : Alfragide

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 19:55

Eu agora só compro aqueles que são mesmo mesmo indispensáveis.

Mas são tantos *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 20:01

António José da Silva escreveu:
anibalpmm escreveu:
Eu em contrapartida tenho-a espalhada pelo JPC, pelo discogs e ainda elo ebay, sem contar com os q tenho na cabeça, mas já eram tantos q tive q começar a registar


Eu é como o Fran, estão na tola e o que aparecer é que vai.
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
Jorge Ferreira

Mensagens : 3386
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 52
Localização : Palmela

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 21:06

Duarte Rosa escreveu:
Mister W escreveu:
Duarte Rosa escreveu:
Eu fico sempre maravilhado com os dicos de que vocês falam aqui neste tópico *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Há também um aspecto que é interessante, pelo menos para mim, é que mostra o longo caminho que ainda tenho de percorrer para aprender e ouvir todas estas maravilhas do Jazz e do Vinil, pois são duas coisas que tanto gosto *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Mister W e AJS, não sei se conhcem José James, de certeza que sim, eu gosto muito, ele lançou um Album novo este mês e vai sair também em Duplo LP e edição da Blue Note, deve ser super *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Duarte,
Sei apenas que é uma das promessas da música de fusão norte-americana e que mistura o Jazz com Funky e algum Hip-Hop. Do pouco que conheço, destaco a forte secção rítmica e a secção de metais. Apesar de não ser um especial admirador do Jazz cantado (com excepções) não à dúvida que José James tem uma excelente voz.
Ouvi um tema chamado "The Dreamer", que me agradou particularmente (a voz, a profundidade do trompte...) e parece ter uma produção e prensagem excelentes.
Tenho que ouvir melhor ... Very Happy

Esse tema é muito bom, e é o tema que dá nome ao Album, ouviste esse album em Vinil? sabes onde posso encontrar?

O Jorge Ferreira bem que podia começar a ter destas "coisinhas" para vender também *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 933723

Do José James já não se arranja nada em vinil neste momento (novos e selados). mas podes tentar nos sitios que o MisterW disse (pode ser que ainda tenham alguns antigos em stock).

Eu apenas vou conseguir arranjar em vinil o próximo album dele "No Beginning No End" que está previsto sair já no próximo dia 21, vai ser duplo, editado pela Blue Note e prensado na Holanda, o preço vai ser cerca de 28€ PVP.

Podem ouvi-lo aqui:
http://www.amazon.co.uk/No-Beginning-End/dp/B00AWZU2Y2/ref=sr_shvl_album_5?ie=UTF8&qid=1357937044&sr=301-5

A JPC também vai vender a 28€ PVP, tal como a Farmvinyl se quiserem que eu mande vir.

Os outros albuns do Stan Getz e do Laurindo Almeida de bossa nova da Verve que falaram aqui, também estou à espera de mais alguns titulos desses, reeditados pela Speakers Corner e feitos em Pallas na Alemanha, com os preços normais da Speakers Corner de 1 LP a 33rpm (28€ PVP).

Os discos da editora B13 também consigo arranjar alguns...

Se quiserem algum em especial podem falar comigo que eu vejo se arranjo a bom e preço e se for esse o caso mando vir.
Depois podem comprá-los na próxima compra conjunta Farmvinyl com 10% de desconto sobre estes preços PVP.

Aliás, se repararem bem no catálogo da Farmvinyl, já tenho lá bastantes titulos que descobri graças ao MisterW e ao AJS entre outros Foristas, estamos sempre todos a aprender e isso é óptimo!!!!

Bom tópico MisterW!!!! continuas a dar-lhe bem, como sempre!


Abraços,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 21:43

Jorge Ferreira escreveu:

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 933723
Do José James já não se arranja nada em vinil neste momento (novos e selados). mas podes tentar nos sitios que o MisterW disse (pode ser que ainda tenham alguns antigos em stock).

Eu apenas vou conseguir arranjar em vinil o próximo album dele "No Beginning No End" que está previsto sair já no próximo dia 21, vai ser duplo, editado pela Blue Note e prensado na Holanda, o preço vai ser cerca de 28€ PVP.

Podem ouvi-lo aqui:
http://www.amazon.co.uk/No-Beginning-End/dp/B00AWZU2Y2/ref=sr_shvl_album_5?ie=UTF8&qid=1357937044&sr=301-5

A JPC também vai vender a 28€ PVP, tal como a Farmvinyl se quiserem que eu mande vir.

Os outros albuns do Stan Getz e do Laurindo Almeida de bossa nova da Verve que falaram aqui, também estou à espera de mais alguns titulos desses, reeditados pela Speakers Corner e feitos em Pallas na Alemanha, com os preços normais da Speakers Corner de 1 LP a 33rpm (28€ PVP).

Os discos da editora B13 também consigo arranjar alguns...

Se quiserem algum em especial podem falar comigo que eu vejo se arranjo a bom e preço e se for esse o caso mando vir.
Depois podem comprá-los na próxima compra conjunta Farmvinyl com 10% de desconto sobre estes preços PVP.

Aliás, se repararem bem no catálogo da Farmvinyl, já tenho lá bastantes titulos que descobri graças ao MisterW e ao AJS entre outros Foristas, estamos sempre todos a aprender e isso é óptimo!!!!

Bom tópico MisterW!!!! continuas a dar-lhe bem, como sempre!

Abraços,
Jorge Ferreira

Caro Jorge,
Um grande bem-haja pelos comentários elogiosos...

Já agora, tens algum catálogo ou lista dos títulos da B13 que me possas passar?

Abraço
Mister W

Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
anibalpmm

Mensagens : 9469
Data de inscrição : 05/03/2012

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 23:09

Duarte Rosa escreveu:
Eu fico sempre maravilhado com os dicos de que vocês falam aqui neste tópico *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Há também um aspecto que é interessante, pelo menos para mim, é que mostra o longo caminho que ainda tenho de percorrer para aprender e ouvir todas estas maravilhas do Jazz e do Vinil, pois são duas coisas que tanto gosto *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Mister W e AJS, não sei se conhcem José James, de certeza que sim, eu gosto muito, ele lançou um Album novo este mês e vai sair também em Duplo LP e edição da Blue Note, deve ser super *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

eu gosto muito da cena nujazz e um dos seus maiores exemplares é o italiano nicola conte, tenho vários discos todos em cd mas gosto muito



Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
Jorge Ferreira

Mensagens : 3386
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 52
Localização : Palmela

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySex Jan 11 2013, 23:55

Da editora B13 em principio arranjo os seguintes com o preço PVP apresentado no final de cada linha:

Amon Duul Live In Munchen 17.. 24,00
Ayler, Albert Live In Saint..25th July 18,00
Ayler, Albert Live In Saint..27th July 18,00
Blind Faith Live In Goteborg,.. 24,00
Blues Creation Recorded Live At the.. 24,00
Buckley, Tim Live 1968 and 1974 24,00
Can A Double Promo Album By 40,00
Can Future Days: Live In.. 24,00
Can Live At Aston.. 24,00
Can Live In Hannover 24,00
Can Monster Movie: Live 24,00
Can Tago Mago: Live 24,00
Davis, Miles Live At Fillmore West 24,00
Davis, Miles Live At Hill Auditorium 24,00
Davis, Miles Live At Neue Stadthalle 24,00
Davis, Miles Live At Teatro Tenda..1st 18,00
Davis, Miles Live At Teatro Tenda..2nd 18,00
Davis, Miles Live At the Philarmonie.. 24,00
Deep Purple Live 1969-1972 24,00
Dew Recorded Live At the.. 18,00
Eno, Brian Live At the Bbc 24,00
Fleetwood Mac Live At the Bbc, 1970 24,00
Fleetwood Mac Live At the Bbc, London.. 24,00
Fleetwood Mac Live At the Record.. 24,00
Gentle Giant Live In Essen, Germany.. 24,00
Gilberto, Joao Live In Nyc October 9,.. 24,00
Guru Guru Live In Wiesbaden 1972 24,00
Guru Guru Live In Wiesbaden 1972/73 24,00
Joy Division Live At the Paradiso.. 24,00
Kosugi, Takehisa Studio Improvisations.. 18,00
Kraftwerk Live 24,00
Kraftwerk Live 1971 39,50
Mothers of Invention Fz At Artisan 24,00
Pastorius, Jaco & Rashid Live In Cannes, France,.. 23,00
Pastorius/Metheny/Bley/Di Live In New York City,.. 23,00
Soft Machine Live 1967-1969 24,00
Soft Machine (Proto) Earliest Recordings 24,00
Sun Ra Arkestra Live At the Storyville,.. 23,00
Taj Mahal Travellers Live 18,00
Taj-Mahal Travellers Live At Sohgetsu Hall.. 18,00
Taj-Mahal Travellers Live At the Moderna.. 24,00
Vaughan, Stevie Ray Live At McNichols Arena.. 24,00
Vaughan, Stevie Ray Live At Tingley.. 24,00
Velvet Underground Live At End of Cole.. 24,00
Velvet Underground Live In Dallas, Tx: 28.. 24,00
Wiffen, David At the Bunkhouse.. 18,00
Yardbirds Live In Stockholm April.. 24,00


Abraços,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
Duarte Rosa
Membro AAP
Duarte Rosa

Mensagens : 2033
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 44
Localização : Abrantes

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 12:02

Jorge Ferreira escreveu:
Duarte Rosa escreveu:
Mister W escreveu:
Duarte Rosa escreveu:
Eu fico sempre maravilhado com os dicos de que vocês falam aqui neste tópico *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Há também um aspecto que é interessante, pelo menos para mim, é que mostra o longo caminho que ainda tenho de percorrer para aprender e ouvir todas estas maravilhas do Jazz e do Vinil, pois são duas coisas que tanto gosto *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Mister W e AJS, não sei se conhcem José James, de certeza que sim, eu gosto muito, ele lançou um Album novo este mês e vai sair também em Duplo LP e edição da Blue Note, deve ser super *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Duarte,
Sei apenas que é uma das promessas da música de fusão norte-americana e que mistura o Jazz com Funky e algum Hip-Hop. Do pouco que conheço, destaco a forte secção rítmica e a secção de metais. Apesar de não ser um especial admirador do Jazz cantado (com excepções) não à dúvida que José James tem uma excelente voz.
Ouvi um tema chamado "The Dreamer", que me agradou particularmente (a voz, a profundidade do trompte...) e parece ter uma produção e prensagem excelentes.
Tenho que ouvir melhor ... Very Happy

Esse tema é muito bom, e é o tema que dá nome ao Album, ouviste esse album em Vinil? sabes onde posso encontrar?

O Jorge Ferreira bem que podia começar a ter destas "coisinhas" para vender também *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 933723

Do José James já não se arranja nada em vinil neste momento (novos e selados). mas podes tentar nos sitios que o MisterW disse (pode ser que ainda tenham alguns antigos em stock).

Eu apenas vou conseguir arranjar em vinil o próximo album dele "No Beginning No End" que está previsto sair já no próximo dia 21, vai ser duplo, editado pela Blue Note e prensado na Holanda, o preço vai ser cerca de 28€ PVP.

Podem ouvi-lo aqui:
http://www.amazon.co.uk/No-Beginning-End/dp/B00AWZU2Y2/ref=sr_shvl_album_5?ie=UTF8&qid=1357937044&sr=301-5

A JPC também vai vender a 28€ PVP, tal como a Farmvinyl se quiserem que eu mande vir.

Os outros albuns do Stan Getz e do Laurindo Almeida de bossa nova da Verve que falaram aqui, também estou à espera de mais alguns titulos desses, reeditados pela Speakers Corner e feitos em Pallas na Alemanha, com os preços normais da Speakers Corner de 1 LP a 33rpm (28€ PVP).

Os discos da editora B13 também consigo arranjar alguns...

Se quiserem algum em especial podem falar comigo que eu vejo se arranjo a bom e preço e se for esse o caso mando vir.
Depois podem comprá-los na próxima compra conjunta Farmvinyl com 10% de desconto sobre estes preços PVP.

Aliás, se repararem bem no catálogo da Farmvinyl, já tenho lá bastantes titulos que descobri graças ao MisterW e ao AJS entre outros Foristas, estamos sempre todos a aprender e isso é óptimo!!!!

Bom tópico MisterW!!!! continuas a dar-lhe bem, como sempre!


Abraços,
Jorge Ferreira

Boa Jorge *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Podes juntar o LP "No Beginning No End" à encomenda do "Time Out"

Obrigado *Os imortais do JAZZ* - Página 4 438006128
Voltar ao Topo Ir em baixo
Duarte Rosa
Membro AAP
Duarte Rosa

Mensagens : 2033
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 44
Localização : Abrantes

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 12:03

anibalpmm escreveu:
Duarte Rosa escreveu:
Eu fico sempre maravilhado com os dicos de que vocês falam aqui neste tópico *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Há também um aspecto que é interessante, pelo menos para mim, é que mostra o longo caminho que ainda tenho de percorrer para aprender e ouvir todas estas maravilhas do Jazz e do Vinil, pois são duas coisas que tanto gosto *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Mister W e AJS, não sei se conhcem José James, de certeza que sim, eu gosto muito, ele lançou um Album novo este mês e vai sair também em Duplo LP e edição da Blue Note, deve ser super *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

eu gosto muito da cena nujazz e um dos seus maiores exemplares é o italiano nicola conte, tenho vários discos todos em cd mas gosto muito




Não conhecia, mas estou a gostar *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:00

anibalpmm escreveu:
eu gosto muito da cena nujazz e um dos seus maiores exemplares é o italiano nicola conte, tenho vários discos todos em cd mas gosto muito

Muito interessante esse Nicola Conte, apesar de estar um pouco deslocado em termos de tópico... e por falar nisso, acho que seria bom criarmos um novo espaço para acomodar posts relacionados com a vertente mais actual do Jazz. Eu não sou um grande conhecedor mas prometo contribuir para a divulgação de alguns trabalhos que possuo desses géneros e de que gosto particularmente (Jestofunk, Fila Brazilia, United Future Organization, etc.).

As opções de estilos são várias: Acid-Jazz, Trip-Hop, Ethno-Jazz, Nu-Jazz, Jazz-Rap, Punk-Jazz, entre outros que certamente existirão mas que desconheço. (Ouvi à pouco tempo falar de Cyber-Jazz mas não faço ideia do que seja... scratch )

O tópico podia chamar-se ***O NOVO JAZZ***

Candidatos?! anibalpmm?
Vá lá, mãos à obra... não é assim tão dificil... *Os imortais do JAZZ* - Página 4 491368

Abraço
Mister W


Voltar ao Topo Ir em baixo
Duarte Rosa
Membro AAP
Duarte Rosa

Mensagens : 2033
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 44
Localização : Abrantes

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:07

Mister W escreveu:
anibalpmm escreveu:
eu gosto muito da cena nujazz e um dos seus maiores exemplares é o italiano nicola conte, tenho vários discos todos em cd mas gosto muito

Muito interessante esse Nicola Conte, apesar de estar um pouco deslocado em termos de tópico... e por falar nisso, acho que seria bom criarmos um novo espaço para acomodar posts relacionados com a vertente mais actual do Jazz. Eu não sou um grande conhecedor mas prometo contribuir para a divulgação de alguns trabalhos que possuo desses géneros e de que gosto particularmente (Jestofunk, Fila Brazilia, United Future Organization, etc.).

As opções de estilos são várias: Acid-Jazz, Trip-Hop, Ethno-Jazz, Nu-Jazz, Jazz-Rap, Punk-Jazz, entre outros que certamente existirão mas que desconheço. (Ouvi à pouco tempo falar de Cyber-Jazz mas não faço ideia do que seja... scratch )

O tópico podia chamar-se ***O NOVO JAZZ***

Candidatos?! anibalpmm?
Vá lá, mãos à obra... não é assim tão dificil... *Os imortais do JAZZ* - Página 4 491368

Abraço
Mister W



Mister W, grande ideia *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
Jorge Ferreira

Mensagens : 3386
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 52
Localização : Palmela

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:12

Duarte Rosa escreveu:

Boa Jorge *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Podes juntar o LP "No Beginning No End" à encomenda do "Time Out"

Obrigado *Os imortais do JAZZ* - Página 4 438006128

OK vou mandar vir um "No Beginning No End" mas vai demorar algum tempo a chegar até porque só vai sair no fim do mês...só devo recebê-lo no final de Fevereiro.

Quanto ao "Time Out" da Analogue Productions esse ainda vai demorar bastante mais tempo a chegar, já que esse vou ter de encomendar directamente à Acoustic Sounds quando eles voltarem a fazer preço de revenda nesse título (coisa que não estão a fazer neste momento, mas que irão voltar a fazer, não se sabe é quando).


Abraço,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
Duarte Rosa
Membro AAP
Duarte Rosa

Mensagens : 2033
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 44
Localização : Abrantes

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:14

Jorge Ferreira escreveu:
Duarte Rosa escreveu:

Boa Jorge *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Podes juntar o LP "No Beginning No End" à encomenda do "Time Out"

Obrigado *Os imortais do JAZZ* - Página 4 438006128

OK vou mandar vir um "No Beginning No End" mas vai demorar algum tempo a chegar até porque só vai sair no fim do mês...só devo recebê-lo no final de Fevereiro.

Quanto ao "Time Out" da Analogue Productions esse ainda vai demorar bastante mais tempo a chegar, já que esse vou ter de encomendar directamente à Acoustic Sounds quando eles voltarem a fazer preço de revenda nesse título (coisa que não estão a fazer neste momento, mas que irão voltar a fazer, não se sabe é quando).


Abraço,
Jorge Ferreira

Ok, avisa quando chegar algum deles Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:20

Jorge Ferreira escreveu:
Duarte Rosa escreveu:

Boa Jorge *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Podes juntar o LP "No Beginning No End" à encomenda do "Time Out"

Obrigado *Os imortais do JAZZ* - Página 4 438006128

OK vou mandar vir um "No Beginning No End" mas vai demorar algum tempo a chegar até porque só vai sair no fim do mês...só devo recebê-lo no final de Fevereiro.

Quanto ao "Time Out" da Analogue Productions esse ainda vai demorar bastante mais tempo a chegar, já que esse vou ter de encomendar directamente à Acoustic Sounds quando eles voltarem a fazer preço de revenda nesse título (coisa que não estão a fazer neste momento, mas que irão voltar a fazer, não se sabe é quando).

Abraço,
Jorge Ferreira
Ó meuz amigoz... Faxam o favor de dexculpar mas então o que vem a ser ixto?! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 57537
Então não há um tópico para compraz? e o PM? não serve pra nada? *Os imortais do JAZZ* - Página 4 2613325421 Óh valha-me Deuz! scratch

Voltar ao Topo Ir em baixo
Duarte Rosa
Membro AAP
Duarte Rosa

Mensagens : 2033
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 44
Localização : Abrantes

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:24

Mister W escreveu:
Jorge Ferreira escreveu:
Duarte Rosa escreveu:

Boa Jorge *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215

Podes juntar o LP "No Beginning No End" à encomenda do "Time Out"

Obrigado *Os imortais do JAZZ* - Página 4 438006128

OK vou mandar vir um "No Beginning No End" mas vai demorar algum tempo a chegar até porque só vai sair no fim do mês...só devo recebê-lo no final de Fevereiro.

Quanto ao "Time Out" da Analogue Productions esse ainda vai demorar bastante mais tempo a chegar, já que esse vou ter de encomendar directamente à Acoustic Sounds quando eles voltarem a fazer preço de revenda nesse título (coisa que não estão a fazer neste momento, mas que irão voltar a fazer, não se sabe é quando).

Abraço,
Jorge Ferreira
Ó meuz amigoz... Faxam o favor de dexculpar mas então o que vem a ser ixto?! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 57537
Então não há um tópico para compraz? e o PM? não serve pra nada? *Os imortais do JAZZ* - Página 4 2613325421 Óh valha-me Deuz! scratch


Tens razão, desculpa, nem me apercebi!!!!!! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 21181
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:39

Duarte Rosa escreveu:
Mister W escreveu:
Jorge Ferreira escreveu:
Duarte Rosa escreveu:

Boa Jorge *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215
Podes juntar o LP "No Beginning No End" à encomenda do "Time Out"
Obrigado *Os imortais do JAZZ* - Página 4 438006128
OK vou mandar vir um "No Beginning No End" mas vai demorar algum tempo a chegar até porque só vai sair no fim do mês...só devo recebê-lo no final de Fevereiro.
Quanto ao "Time Out" da Analogue Productions esse ainda vai demorar bastante mais tempo a chegar, já que esse vou ter de encomendar directamente à Acoustic Sounds quando eles voltarem a fazer preço de revenda nesse título (coisa que não estão a fazer neste momento, mas que irão voltar a fazer, não se sabe é quando).
Abraço,
Jorge Ferreira
Ó meuz amigoz... Faxam o favor de dexculpar mas então o que vem a ser ixto?! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 57537
Então não há um tópico para compraz? e o PM? não serve pra nada? *Os imortais do JAZZ* - Página 4 2613325421 Óh valha-me Deuz! scratch
Tens razão, desculpa, nem me apercebi!!!!!! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 21181
Sem problema! *Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692

Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
anibalpmm

Mensagens : 9469
Data de inscrição : 05/03/2012

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:56

Mister W escreveu:
anibalpmm escreveu:
eu gosto muito da cena nujazz e um dos seus maiores exemplares é o italiano nicola conte, tenho vários discos todos em cd mas gosto muito

Muito interessante esse Nicola Conte, apesar de estar um pouco deslocado em termos de tópico... e por falar nisso, acho que seria bom criarmos um novo espaço para acomodar posts relacionados com a vertente mais actual do Jazz. Eu não sou um grande conhecedor mas prometo contribuir para a divulgação de alguns trabalhos que possuo desses géneros e de que gosto particularmente (Jestofunk, Fila Brazilia, United Future Organization, etc.).

As opções de estilos são várias: Acid-Jazz, Trip-Hop, Ethno-Jazz, Nu-Jazz, Jazz-Rap, Punk-Jazz, entre outros que certamente existirão mas que desconheço. (Ouvi à pouco tempo falar de Cyber-Jazz mas não faço ideia do que seja... scratch )

O tópico podia chamar-se ***O NOVO JAZZ***

Candidatos?! anibalpmm?
Vá lá, mãos à obra... não é assim tão dificil... *Os imortais do JAZZ* - Página 4 491368

Abraço
Mister W

tenho algumas coisas, mas não sou um grande conhecedor, mas obviamente se alguém pegar vou contribuir com o pouco que sei e com os discos que possuo
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 13:58

anibalpmm escreveu:


tenho algumas coisas, mas não sou um grande conhecedor, mas obviamente se alguém pegar vou contribuir com o pouco que sei e com os discos que possuo


Podias começar por iniciares um tópico e colocares aquilo que já colocastes aqui.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
chicosta
Membro AAP
chicosta

Mensagens : 1074
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 50

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 14:32

Rui Mendes escreveu:
Mister W escreveu:


Por último, ficam mais alguns registos ao vivo (da familia Gilberto!) igualmente relevantes e de que gosto particularmente *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GilbertGetz_LiveUS
Joao Gilberto - Live In New York City 1964 / Live In Mexico 1974 (2011, B13 Records B139, Russia) LP Limited 500 copies

Fica desde já marcado encontro para darmos continuidade a esta interminável, mas compensadora saga.

Boas Audições
Mister W
Very Happy

Este album comprei novo e a bom preço na FNAC do Colombo há uns 3 ou 4 meses.
Desde aí já rodou muito e é de facto um prazer ouvir.

A quem estiver interessado sugiro um telefonema para a FNAC, quem sabe...


À semelhança de muitos, eu sou um daqueles que vem beber informação a esta maravilhoso rol de testemunhos e quero agradecer, em particular ao "Mister", o conhecimento, tempo e paixão que pôe nestas prosas.


Estas edições valem alguma coisa???
Aparece muito no eBay o Tago Mago Live dos Can (em vermelho *Os imortais do JAZZ* - Página 4 865586 ) desta editora, e já por diversas vezes estive para 'arriscar'.
E ainda ontem no Clube Ferroviário voltei a estar com ele na mão!
Mas não me apetece gastar €€€'s se o som fôr mau!
Opiniões?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 15:02

chicosta escreveu:
Rui Mendes escreveu:
Mister W escreveu:


Por último, ficam mais alguns registos ao vivo (da familia Gilberto!) igualmente relevantes e de que gosto particularmente *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GilbertGetz_LiveUS
Joao Gilberto - Live In New York City 1964 / Live In Mexico 1974 (2011, B13 Records B139, Russia) LP Limited 500 copies

Fica desde já marcado encontro para darmos continuidade a esta interminável, mas compensadora saga.

Boas Audições
Mister W
Very Happy

Este album comprei novo e a bom preço na FNAC do Colombo há uns 3 ou 4 meses.
Desde aí já rodou muito e é de facto um prazer ouvir.

A quem estiver interessado sugiro um telefonema para a FNAC, quem sabe...


À semelhança de muitos, eu sou um daqueles que vem beber informação a esta maravilhoso rol de testemunhos e quero agradecer, em particular ao "Mister", o conhecimento, tempo e paixão que pôe nestas prosas.


Estas edições valem alguma coisa???
Aparece muito no eBay o Tago Mago Live dos Can (em vermelho *Os imortais do JAZZ* - Página 4 865586 ) desta editora, e já por diversas vezes estive para 'arriscar'.
E ainda ontem no Clube Ferroviário voltei a estar com ele na mão!
Mas não me apetece gastar €€€'s se o som fôr mau!
Opiniões?

Caro chicosta,
Eu só tenho esse do Gilberto com o Getz, por isso à minha opinião é um pouco limitada...
De qualquer das formas, a qualidade (neste caso) é muito razoável e o disco ouve-se bastante bem. bounce

Segundo sei, a B13 só edita discos ao vivo e não sei se isso terá algum inconveniente camuflado...
Num disco ao vivo, quando a edição não é famosa, costumamos atribuir as "culpas" à qualidade menos conseguida do registo (e nunca da prensagem). Evil or Very Mad

Convém referir que esses discos são vendidos a preços bastante atractivos e que a tiragem é limitada (500 cópias no caso do J.Gilberto) e nem mesmo o facto de aparentemente (segundo dizem) serem "Bootlegs" faz com que o interesse pelos mesmos diminua.
Mister W

Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Mendes
Membro AAP
Rui Mendes

Mensagens : 3159
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 49
Localização : Alfragide

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 17:40

Mister W escreveu:
chicosta escreveu:
Rui Mendes escreveu:
Mister W escreveu:


Por último, ficam mais alguns registos ao vivo (da familia Gilberto!) igualmente relevantes e de que gosto particularmente *Os imortais do JAZZ* - Página 4 GilbertGetz_LiveUS
Joao Gilberto - Live In New York City 1964 / Live In Mexico 1974 (2011, B13 Records B139, Russia) LP Limited 500 copies

Fica desde já marcado encontro para darmos continuidade a esta interminável, mas compensadora saga.

Boas Audições
Mister W
Very Happy

Este album comprei novo e a bom preço na FNAC do Colombo há uns 3 ou 4 meses.
Desde aí já rodou muito e é de facto um prazer ouvir.

A quem estiver interessado sugiro um telefonema para a FNAC, quem sabe...


À semelhança de muitos, eu sou um daqueles que vem beber informação a esta maravilhoso rol de testemunhos e quero agradecer, em particular ao "Mister", o conhecimento, tempo e paixão que pôe nestas prosas.


Estas edições valem alguma coisa???
Aparece muito no eBay o Tago Mago Live dos Can (em vermelho *Os imortais do JAZZ* - Página 4 865586 ) desta editora, e já por diversas vezes estive para 'arriscar'.
E ainda ontem no Clube Ferroviário voltei a estar com ele na mão!
Mas não me apetece gastar €€€'s se o som fôr mau!
Opiniões?

Caro chicosta,
Eu só tenho esse do Gilberto com o Getz, por isso à minha opinião é um pouco limitada...
De qualquer das formas, a qualidade (neste caso) é muito razoável e o disco ouve-se bastante bem. bounce

Segundo sei, a B13 só edita discos ao vivo e não sei se isso terá algum inconveniente camuflado...
Num disco ao vivo, quando a edição não é famosa, costumamos atribuir as "culpas" à qualidade menos conseguida do registo (e nunca da prensagem). Evil or Very Mad

Convém referir que esses discos são vendidos a preços bastante atractivos e que a tiragem é limitada (500 cópias no caso do J.Gilberto) e nem mesmo o facto de aparentemente (segundo dizem) serem "Bootlegs" faz com que o interesse pelos mesmos diminua.
Mister W


No que ao disco em questão diz respeito, o do joão gilberto, o dinheiro vale a pena e o contraste dos 10 anos que medeiam os dois concertos é muito interessante.
A qualidade do som não desaponta.

Da minha parte, numa oportunidade que apareça, não me importo de emprestar o meu por uns tempos (limitados lol! )
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
Ulrich

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 42
Localização : Aveiro

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptySab Jan 12 2013, 17:48


Fantástico, mais tanta coisa boa... *Os imortais do JAZZ* - Página 4 424293 ...

...vocês não param Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
afonso
Membro AAP


Mensagens : 2309
Data de inscrição : 17/06/2012

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptyDom Jan 13 2013, 00:56

Mister W escreveu:
Caros Amigos,

Como referí no inicio, este tópico é bastante fértil e abrangente, pelo que muitos serão os intérpretes, compositores e álbuns que se enquadram perfeitamente no seu tema. Serão certamente os casos de John Coltrane, Donald Byrd, Hank Mobley, Stan Getz, Sonny Stitt, Thelonious Monk, Eric Dolphy, entre muitos outros... mas a seu tempo lá chegaremos.
Um dos que parece não oferecer qualquer dúvida é precisamente Bill Evans e um dos seus mais aclamados álbuns de sempre... mas porque não é certamente a única obra-prima do autor, estou certo que a ele regressaremos...

Bill Evans - Waltz for Debby (1961 Zeta Records)
Entre os mais atentos ao fenómeno do Jazz, creio que será com grande unanimidade que Waltz for Debby faça parte deste lote de obras eternas e intemporais. E os motivos para tal, são mais que evidentes... mas a eles regressaremos mais à frente.
Este trabalho foi registado numa actuação ao vivo no Village Vanguard em 1961 (o primeiro de uma série de 2), pelo lendário Trio constituído por Bill Evans, Paulo Motion e Scott LaFaro, cuja trágica morte aconteceria passado pouco tempo. Apesar da evidente química entre Evans e LaFaro, este foi o seu único trabalho conjunto (embora tenham participado num disco de Tony Scott em 1959). *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6369
A faceta sentimental e romântica de Bill Evans, que não tinha sido muito exposta até aqui, é revelada de forma evidente em temas como "My Foolish Heart" e "Detour Ahead". O tema da sua autoria, que dá nome ao àlbum é o melhor exemplo da excelente sonoridade conseguida neste belo espaço. Parece que o peso de tocar no famoso espaço nova iorquino, faz elevar as prestações de todos quantos tiveram a oportunidade de nele tocar (e gravar) e este é um caso flagrante.
Bill Evans é um músico excepcional. A magistralidade da interpretação, por vezes clássica, dos seus temas ao piano é de uma beleza e sensibilidade sem paralelo. Mas não é tudo. A forma como Paul Motion arrasta as vassouras na sua tarola ou a marcação encorpada do baixo de LaFaro e os seus brilhantes solos (que são dos momentos mais fantásticos deste álbum) são uma delícia para qualquer apreciador de Jazz. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6370
Recomendar este disco pode parecer por demais evidente, mas muitos outros não podem ser esquecidos. Por isso, em vez de recomendar um ou vários dos seus discos, limito-me a recomendar o próprio interprete e compositor (que a maioria de Vós certamente conhece melhor do que eu...). Dificilmente encontrarão um trabalho menos bom, apesar de, na minha opinião, os primeiros 20 anos da sua carreira (56-76) reflectirem o que de melhor o pianista tem para nos oferecer.

Até mais logo,
Mister W


Aqui vão fotos de 13 albums do Bill Evans.

Já sei que falta aqui o undercurrent !

https://2img.net/r/ihimizer/i/imageiyd.jpg
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptyQua Jan 16 2013, 02:50

Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (25 Jan 1927 – 8 Dez 1994) conhecido por Tom Jobim, foi um compositor, "arranjador", maestro, cantor, escritor de canções e músico (guitarrista, pianista e violinista), mas acima de tudo é considerado um dos maiores expoentes da música brasileira e um dos criadores do movimento Bossa Nova.
O impacto e a popularidade das suas músicas foi tal que ainda hoje fazem parte dos standards de Jazz e dos repertórios de um número incalculável de artistas. As suas letras e as suas músicas são frequentemente adaptadas e integradas em géneros musicais muito para além do Jazz.

A unanimidade entre críticos e público, sobre a sua qualidade e sofisticação musical, é praticamente absoluta, o que dificilmente acontece com outros músicos e interpretes.
Ao longo dos anos foi ganhando reconhecimento e respeito por colegas de profissão e artistas um pouco por todo o mundo, o que naturalmente levou que os seus temas fossem interpretados por músicos de topo como Judy Garland, Dizzy Gillespie, Frank Sinatra ou Ella Fitzgerald, entre inúmeros outros.
Gravou para editoras como a Verve, CTI, Warner Bros., Discovery, A&M e MCA para além de inúmeras colaborações com outros músicos. Uma das colaborações que lhe viria a trazer um maior reconhecimento internacional, seria a sessão com Stan Getz, João Gilberto e a sua esposa Astrud Gilberto e que resultou em dois extraordinários álbuns ("Getz/Gilberto" de 63 e "Getz/Gilberto Vol.2" de 64). Tom Jobim escrevera vários dos temas dessas obras-primas do Jazz e em particular de "Getz/Gilberto" (vencedor de vários Grammy Awards) que se tornaria um dos discos de Jazz mais vendidos de sempre. Além disso, ajudou a catapultar a intérprete de "The Girl of Ipanema" e "Corcovado" - Astrud Gilberto - para uma sensacional carreira internacional.

A titulo de curiosidade, gostaria de referir que as origens portuguesas de Tom Jobim, estiveram por detrás do nome Jobim acrescentado ao seu nome de nascimento, em jeito de homenagem à freguesia de Santa Cruz de Jovim em Gondomar.
Não possuindo qualquer aspiração a historiador de Jazz ou de Bossa Nova (e muito menos do artista em questão), gostava de deixar claro que este texto (à semelhança dos restantes) não passa de um mero artigo de opinião, onde são divulgadas algumas das minhas preferências e manifestados alguns dos sentimentos que nutro por este género musical (para além de apresentados alguns elementos discográficos dos autores e fotos respectivas). Uma das letras de Jobim refere precisamente: "...todos acham que falo demais..." e assim sendo, vou deixar-me de conversas e dar inicio ao que realmente interessa.

António Carlos Jobim - The Composer of Desafinado, Plays (1963, Polygram) - 2010, Verve (V6-8547) EU
Diz-se que Tom Jobim apresentou o Brasil e a Bossa Nova ao mundo através de temas como "Desafinado" ou "Insensatez" e neste primeiro trabalho destinado ao publico norte-americano, esses temas tão emblemáticos não podiam, de forma alguma, faltar. Estava a ser iniciado um fenómeno de dimensões incalculáveis e Tom Jobim era o seu grande reprecussor, ao lado de nomes como João Gilberto ou Luiz Bonfa.
Tom Jobim nasceu na Tijuca, no Rio de Janeiro, mas desde cedo se mudou para Ipanema com a sua mãe e irmã, na sequência do processo de separação dos seus pais. A proximidade da praia e a animada vizinhança fariam com que Ipanema fosse celebrada nas suas canções, como acontece em "Garota de Ipanema", cuja versão instrumental foi incluída neste álbum com o nome de "The Girl From Ipanema". Aliás, este disco é integralmente instrumental e fazem dele parte 12 temas, entre os quais, Água de Beber, One Note Samba (Samba de uma nota Só), para além dos já referidos Desafinado, Insensatez e mais uns quantos. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6625 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6626
Apesar da sua carreira (principalmente como compositor e "arranjador" mas também com algumas participações de relevo) já ter vários anos, este trabalho viria a ter um papel essencial na carreira de Tom Jobim (que contava com 36 anos), pelo reconhecimento internacional que possibilitou e ainda hoje é considerado um cartão de visita e um trabalho de referência por todo o mundo. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6627
Trata-se de um disco ligeiro e descontraído, com um formato que viria a ser utilizado mais vezes por Jobim e que passava pela utilização de uma orquestra que acompanha o seu desempenho (e da secção rítmica) quer de guitarra quer de piano. Neste disco, o desempenho de Jobim limita-se a pouco mais que algumas notas de piano e é Claus Ogerman quem verdadeiramente, através da inclusão de arranjos adicionais, consegue dar a este trabalho uma sonoridade envolvente e acima de tudo, convincente. O facto de ser um trabalho, em certos aspectos "minimalista", pode ser considerado surpreendente, mas creio que foi precisamente a vertente de simplicidade que esteve na origem do elevado sucesso desta obra. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6628
A gravação ocorreu em Nova Iorque e os arranjos, conforme referi, estiveram a cargo daquele que viria a ser o grande suporte de Jobim, durante grande parte da sua carreira: Claus Ogerman. A produção deste trabalho esteve a cargo da equipa do célebre Creed Taylor, cujos resultados são amplamente reconhecidos.

António Carlos Jobim - Wave (1967, A&M Records) - 2007, Lilith Records, Russia
Mais um excelente registo com a orquestra de fundo de que Jobim era um particular admirador, a que se juntam, numa primeira linha, a sua guitarra e piano bem como alguns solos intercalados de instrumentos como a flauta, o vibrofone, ou o excelente trombone de Urbie Green, em jeito de vocalização. Neste trabalho, existe apenas um tema cantado (Lamento) se bem que os vários instrumentos referidos, desempenham na perfeição o papel de "vozes" nos vários temas.*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6631
Apesar da sua extraordinária riqueza de melodias, "Wave" não incluí no seu repertório tantos temas que viriam mais tarde a consagrar-se como "standards" Jazz, como em "The Composer of Desafinado, Plays". Contudo, este trabalho é por muitos considerado uma das mais grandiosas obras do autor. Temas como "Wave", "Look to the Sky", "Diálogo" e "Lamento" comprovam, uma vez mais a genialidade e enorme sensibilidade do compositor. O excelente "Captain Bacardi" faz-nos relembrar que Tom Jobim foi, antes de mais, um enorme admirador de Jazz e possuía uma considerável colecção de discos, essencialmente de Jazz mas também de alguma música clássica, a quem atribuí algumas influências do seu trabalho.

É conhecida a preferência de Jobim pelos trabalhos de estúdio (em vez das cansativas tournés), onde pode desenvolver as suas capacidades de pianista, guitarrista e cantor, de uma forma mais tranquila e introspectiva. E os resultados estão à vista, não apenas nas geniais composições com que o autor nos brindou, mas também pela extrema atenção ao detalhe e pelos arranjos da mais alta qualidade que recaiam sobre as enormes competências de Claus Ogerman que neste trabalho desempenharia também o importante papel de Maestro da extensa formação.

Para termos uma ideia do que a gravação de um disco como este representava, torna-se imprescindível, conhecer minimamente o seu alinhamento. Para além dos 13 Violinos e 4 Violoncelos, fazem ainda parte, 2 trombones, 3 flautas, 1 trompa (French Horn), 3 baterias/instrumentos de percussão, 1 baixo, bem como 1 Piano, 1 Guitarra e 1 Cravo (Harpshichord) a cargo de Tom Jobim. Trata-se efectivamente de uma formação impressionante, contudo, exemplarmente coordenada e conduzida por Claus Ogerjman, sobre quem, uma parte considerável do mérito desta obra, deve indubitavelmente recair.

António Carlos Jobim - Stone Flower (1970, Epic/Legacy) - 2008, CTi USA
Gravado nos estudios de Rudy Van Gelder em Nova Jersey sob a produção de Creed Taylor e com a condução e arranjos de Eumir Deodato, Stone Flower é mais um brilhante àlbum instrumental (vocal apenas num tema) de Tom Jobim, que para além do habitual piano acústico, tem um excelente desempenho com um piano eléctrico Fender Rhodes, que transmite uma inovadora e refrescante espiritualidade aos seus temas. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6633*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6634
Nesta fantástica obra, Jobim apresenta-nos um conceito mais intimista, sem espaço para grandes orquestras e arranjos, embora conte igualmente com um rol considerável de instrumentos e músicos. A sua enorme sensibilidade como compositor, resulta num punhado de novos temas que se caracterizam essencialmente por um romantismo harmonioso e intenso.

Neste trabalho participam alguns músicos de renome, facto nem sempre conhecido pelo grande público, que normalmente limita as actuações de Jobim às suas composições e desempenho (instrumental e vocal). Mas Jobim, de entre as inúmeras virtudes, foi também um enorme orquestrador, conseguindo juntar nos seus trabalhos um número considerável de músicos de renome. Neste caso, deparamo-nos com as participações de Urbie Green (repetente com um magnifico desempenho) mas também do grande flautista Hubert Laws, do baixista Ron Carter, do guitarrista Eumir Deodato (também responsável pela condução e arranjos) do percussionista Airto Moreira, entre outros.

Do repertório deste trabalho fazem parte 8 temas originais de Jobim (embora alguns deles já tivessem sido gravados para a banda-sonora do filme "The Adventurers") e apenas um tema de Ary Barroso, o conhecido "Brazil" aqui re-visitado através de uma refrescante versão. Temas como Andorinha, Choro ou Stone Flower são extremamente representativos desta obra, apesar desta apresentar uma sonoridade mais alternativa e por esse motivo, não tenham atingido o estatuto de "standards" de Jazz, como era costume acontecer em outros trabalhos mais comerciais.

António Carlos Jobim - Look to the Sky (1967, A&M) - 1970 A&M England
Neste trabalho produzido por Creed Taylor é-nos apresentada uma compilação de temas orquestrados e co-produzidos por Claus Orgeman e Deodato. Não sendo um álbum de originais, faz parte da discografia oficial de Tom Jobim, já que reúne vários temas e versões de referência, no que tinha sido a carreira discográfica de Tom Jobim até ao final dos anos 60. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6635*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6636
São 11 os temas deste trabalho essencialmente instrumental, que não se limita apenas às canções de enorme sucesso (e posteriormente grandes "standards" do Jazz) mas em vez disso, foi criada um selecção que inclui temas menos conhecidos. Sem qualquer ordem, destacaria Mojave, Carinhoso, Rockanalia bem como o excelente Tema Jazz com um desempenho notável de flauta. Igualmente notável o Chega de Saudade que incorpora os sempre contagiantes ritmos de um "street samba".

António Carlos Jobim e a Nova Banda - Passarim - 1987, Verve Brasil
Com um som completamente diferente do que tinha feito anteriormente (principalmente nos anos 60 e 70) neste disco, Jobim decidiu juntar a família e amigos para dar forma a um grito de defesa do planeta, pela preservação ambiental, em virtude das inúmeras ameaças com que o planeta Terra, começava a ser confrontado.*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6641
Apesar das raízes indiscutíveis de Bossa Nova e Samba, neste trabalho transparece um estilo que, quanto a mim, está mais perto da musica ligeira e de que fazem parte uma imensidão de arranjos e detalhes, com insistentes coros femininos e uma quantidade considerável de instrumentos.
Mesmo sendo um trabalho, essencialmente destinado ao mercado brasileiro, são incluídas letras em inglês, como em Isabella, Fascinating Rhythm ou Chansong, a meu ver, fortemente motivadas pela internacionalização de que o autor costumava ser alvo. O álbum incluí também uma versão do tema imortalizado pelo filme Gabriela e que gozou de enorme sucesso na transposição para a televisão. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6642*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6643
Este trabalho acabou por ter algum reconhecimento, quanto a mim, mais em virtude da aclamada reunião de músicos e família, do que propriamente pelo seu conteúdo musical. Não sendo um trabalho que me atrai particularmente, não deixa no entanto de ser mais uma referência, numa fase derradeira da extensa e rica carreira de Tom Jobim. E para além disso, gostos não se discutem, pelo que deixo a análise desta obra, ao critério de cada um.

António Carlos Jobim - Gabriela (1983, RCA) - 1983, Polygram Portugal
Uma das facetas ainda não abordadas, no tão diversificado repertório de Tom Jobim é aquela que o liga à criação de bandas sonoras ou séries televisivas. De entre os trabalhos mais significativos, destacam-se as colaborações com Vinicius de Morais de que resultaram obras primas como "Black Orpheus" (1959) ou "Orfeu da Conceição" (1956).
Na vertente televisiva, não podemos ignorar a banda sonora criada para aquela que foi a primeira telenovela originária do Brasil, a ser transmitida na televisão portuguesa. Falamos obviamente de Gabriela, adaptada do romance de Jorge Amado de nome "Gabriela Cravo e Canela". Contudo, como podem comprovar pela imagem da capa em anexo, este trabalho refere-se à "trilha" sonora original do filme Gabriela de António Barreto (e não da telenovela), com a participação de Sónia Braga e Marcello Mastroianni nos papéis principais. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6639*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6640

Após a morte de Jobim em 1994, foram lançadas inúmeras obras: compilações em jeito de homenagem, meras re-edições, alguns registos de colaborações e até mesmo alguns trabalhos originais (como "António Brasileiro" de 1995) que haviam sido gravados antes da sua morte. No entanto, o fenómeno da sua popularidade vai muito para além dos trabalhos que lançou. Inúmeros artistas adoptaram os seus temas e quer através de novas versões, novas interpretações e até novos estilos musicais, incluiram-nos nos seus trabalhos. Para terminar esta crónica que já vai longa, deixo-vos alguns desses exemplos, bastante diversificados, em termos de género. *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6615 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6616
Toninho Horta - To Jobim with Love (2008, Resonance Records) CD
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6617 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6618
Vários - Tom Jobim, Lounge (2004, Som Livre) CD
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6619 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6620
Ana Caram - The Other Side of Jobim (1992, Chesky Records) CD
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6622 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 CIMG6623
Coleman Hawkins - Desafinado (1962, MCA / 1997, Impulse) CD

Como um critico um dia disse:
"Jobim is one of the most important songwriters of the 20th century. Many of Jobim's songs are Jazz standards".

Até mais ver.
Mister W


Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Mendes
Membro AAP
Rui Mendes

Mensagens : 3159
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 49
Localização : Alfragide

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptyQua Jan 16 2013, 11:21

Mais um excelente "paper" Mister.

Obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
Luis Filipe Goios

Mensagens : 10504
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 62
Localização : Lanhelas - Minho

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptyQua Jan 16 2013, 12:30

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215
Thanks (again), Mr. W
Bom de ler e "instrutivo", pelo menos, para mim!
Isto é serviço público ou serviço AAP ?
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 54
Localização : Quinta do Anjo

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptyQua Jan 16 2013, 12:39

Luis Filipe Goios escreveu:

Isto é serviço público ou serviço AAP ?



Pelo ordenado (mais regalias) que o AAP lhe concedeu, não faz mais do que a obrigação dele. lol!


A ver se leio a crónica.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  *Os imortais do JAZZ* - Página 4 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
Mister W

Mensagens : 4333
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 53
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 EmptyQua Jan 16 2013, 13:09

Luis Filipe Goios escreveu:
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215 *Os imortais do JAZZ* - Página 4 754215
Thanks (again), Mr. W
Bom de ler e "instrutivo", pelo menos, para mim!
Isto é serviço público ou serviço AAP ?
*Os imortais do JAZZ* - Página 4 22692
cheers
Talvez lhe chamasse antes Serviço Comunitário AAP Wink mas também acaba por ser um exercicio que me permite reciclar conhecimentos e recordar alguns discos que não oiço com tanta frequência.

Agradeço a todos, os comentários e a participação, mas também alguma dose de paciência para lerem crónicas tão extensas como esta última...

Mister W


Última edição por Mister W em Qua Jan 16 2013, 16:00, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




*Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: *Os imortais do JAZZ*   *Os imortais do JAZZ* - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
*Os imortais do JAZZ*
Voltar ao Topo 
Página 4 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Música Geral-
Ir para: