Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistarEntrar
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Krell KSP-7B

Ir para baixo 
2 participantes
AutorMensagem
Rui Pinho
Membro AAP



Mensagens : 467
Data de inscrição : 27/05/2011
Idade : 67
Localização : S.Domingos de Rana

Krell KSP-7B Empty
MensagemAssunto: Krell KSP-7B   Krell KSP-7B EmptySex Dez 09 2011, 11:44

Um préamplificador já com uns anos a precisar de um restauro que passou pela fonte com dupla regulação ,transformador novo ,condensadores novos,Fet,s....
A unidade de préamplificação desenhada com andares de saida em classe A de baixa impedância ,levou tambem condensadores novos e novos reguladores locais
Estes aparelhos pelo facto de não terem ,ON/OFF ,apresentam problemas de desgaste de material e consequente degradação de qualidade .
Alguns estágios de amplificação necessitam de substituição sendo o emparelhamento de semicondutores fundamental
Depois de testado ficou-me a grande curiosidade de o ouvir.Se for tão bom quanto é nos testes....
No teste de audição da minha ultima aquesição,Quarteto Lacerda,as cordas foram reproduzidas com um timbre muito realista .
Este disco é muito interessante, para além das obras de musica Portuguesa de Viana da Mota e Luis de Freitas Branco,oferece a possibilidade de aferir de quatro cordas.1º violino,2º violino,viola e violoncelo,numa gravação minimalista realizada na Igreja de Santiago(Santa Marta de Penaguião)

Gostei do Krell,dos melhores prés que por cá passaram e vão muitos






Krell KSP-7B Dsc09810
Krell KSP-7B Dsc09713
Krell KSP-7B Dsc09714
Krell KSP-7B Dsc09715
Ir para o topo Ir para baixo
http://www.avosgts.blogspot.pt
MJC
Membro AAP
MJC


Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 70
Localização : Lisboa

Krell KSP-7B Empty
MensagemAssunto: Re: Krell KSP-7B   Krell KSP-7B EmptySex Dez 09 2011, 11:56

Bom dia Rui.

Este seu post suscita umas quantas questões que continuam a pairar na minha tola

1- Serão os benefícios de manter os equipamnetos sempre ligados tão grandes que justifiquem um inevitável desgaste que leve, impreterivelmente, a uma revisão com substítuição de componentes por comprovada fadiga?
2- Por que carga de água não se dá mais relevo aos compositores portugueses da chamada música clássica?
3- Por via de uma troca de argumentos com o forista Jorge Ferreira, tenho estado a revisitar alguns dos álbuns que considero mais equiibrados em todos os aspectos. Tenho estado a escutar, precisamente, quartetos de cordas e, independentemente do meu gosto especial por este tipo de formação, acho que, na esmagadora maioria, são ferramentas óptimas pare testar sistemas. Qual a sua opinião?
4- Gostei da afirmação »um timbre muito realista«.
5- Que tal a rendição do espaço da igreja?

Abraço,
MJ
Ir para o topo Ir para baixo
Rui Pinho
Membro AAP



Mensagens : 467
Data de inscrição : 27/05/2011
Idade : 67
Localização : S.Domingos de Rana

Krell KSP-7B Empty
MensagemAssunto: Re: Krell KSP-7B   Krell KSP-7B EmptySex Dez 09 2011, 14:56

MJC escreveu:
Bom dia Rui.

Este seu post suscita umas quantas questões que continuam a pairar na minha tola

1- Serão os benefícios de manter os equipamnetos sempre ligados tão grandes que justifiquem um inevitável desgaste que leve, impreterivelmente, a uma revisão com substítuição de componentes por comprovada fadiga?
2- Por que carga de água não se dá mais relevo aos compositores portugueses da chamada música clássica?
3- Por via de uma troca de argumentos com o forista Jorge Ferreira, tenho estado a revisitar alguns dos álbuns que considero mais equiibrados em todos os aspectos. Tenho estado a escutar, precisamente, quartetos de cordas e, independentemente do meu gosto especial por este tipo de formação, acho que, na esmagadora maioria, são ferramentas óptimas pare testar sistemas. Qual a sua opinião?
4- Gostei da afirmação »um timbre muito realista«.
5- Que tal a rendição do espaço da igreja?

Abraço,
MJ


Sobre a primeira questão,é simples!Não há qualquer vantagem.
Alguns minutos são suficientes para que os circuitos adquiram estabilidade por drift térmico .Por exemplo a BB indica um periodo de 10min para proceder á afinação dos seus conversores .Isto dá uma ideia ,vindo que quem sabe

Sobre os compositores portugueses .Embora triste mas verdade,o ppl do audio vive á base de coisas de que todos falem ,é um tipo de linguagem para além do conteudo .
No panorama musical nacional é possivel ouvir algumas obras de compositores portugueses ,acontece que há pouca divulgação e interesse,tambem....

Muita da musica portuguesa "classica" tem sonoridades populares
Um outro compositor que gosto é Antonio vitorino de Almeida ,do qual tive oportunidade de ouvir em estreia uma obra intrepretada pelo Grupo de metais do seixal ,onde todas as sonoridades populares ,onde os sons do coreto ás romarias, estão presentes
Gosto da minha terra e por razão dos seus sons

sobre a terceira questão,concordo consigo.São instrumentos cuja sonoridade é muito presente para mim .Este caso das quatro cordas, permite verificar como um sistema consegue reproduzir cada corda de forma quase individual .Embora não sendo um melómano,longe disso , são instrumentos de que tenho alguma experiência como ouvinte ,dai a minha preferência

A sonoridade é bem conseguida sem muita presença do espaço
Ir para o topo Ir para baixo
http://www.avosgts.blogspot.pt
Conteúdo patrocinado





Krell KSP-7B Empty
MensagemAssunto: Re: Krell KSP-7B   Krell KSP-7B Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 
Krell KSP-7B
Ir para o topo 
Página 1 de 1

Permissões neste fórumVocê não pode responder aos tópicos
Áudio Analógico de Portugal :: Restauro & DIY-
Ir para: