Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalÚltimas imagensPublicaçõesRegistarEntrar
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023)

Ir para baixo 
2 participantes
AutorMensagem
Ghost4u
Membro AAP
Ghost4u


Mensagens : 13149
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Empty
MensagemAssunto: UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023)   UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) EmptySeg Nov 27 2023, 00:12

UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Uhf_vo10UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) 398852496_881927526631300_336961750659317372_n.jpg?_nc_cat=100&ccb=1-7&_nc_sid=5f2048&_nc_ohc=4MgC2DbiOCkAX9s5lRO&_nc_ht=scontent.flis3-1




UHF, 45 anos




        Sábado, alvorecer. Os habitantes de Almada, nas construções com avistamento para Lisboa, confirmavam que o comprimento e o volume de nevoeiro ocultava a ponte - "uma passagem p`rá outra margem". Ante este cenário e, principalmente, pela motricidade do antecedente fenómeno primogénito das tempestades Ciarán e Domingos, produzindo chuva musculada e dotada de persistência, causando inundações, acompanhada de vento que excedeu os limites do Código de Estrada e com Adamastor a revoltar o mar, gerando ondas de 18 metros, foi alterado o planejamento dos UHF em celebrarem 45 anos de actividade num concerto ao ar livre, decorrendo a actuação em ambiente fechado, no icónico Salão de Festas da Incrível Almadense.

        Num dois em um, o município integrou o aniversário do grupo, agraciado no Verão com a Medalha de Mérito da Cidade, nas comemorações dos 50 anos da passagem da vila de Almada a cidade.
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Grande17

       Este concerto que precede todos os outros na festividade dos UHF até 18 de Novembro de 2024, constitui um balanço histórico, acompanhado de análise incisiva, passando pelas vicissitudes da vida. «Hey! Hey! Bora lá», incluso em «Novas canções de bem dizer», novato álbum da banda, apresentada ao quilómetro zero na viagem pela discografia do grupo, "é já uma canção do caraças!"
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_ag10

       "Façam o favor de se sentirem em casa. Esta é a casa dos UHF!", convida e assertivamente afiança António Manuel Ribeiro, pois na mesma sala, no Verão de 1990, gravaram «Julho, 13», segundo registo ao vivo; o primeiro também foi captado nesta cidade, no Centro Cultural do Alfeite (Maio de 1985).
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_vi10UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_vi11UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_v10

      Na década 70, o conhecimento maléfico das drogas situava-se na ignorância; por conseguinte, a morte pulverizou esse período a quem se apegou às drogas, assombrando drasticamente as famílias. «Jorge morreu», tema inaugural na edição discográfica da banda, relata "a vivência dessa lastima por um almadense como nós que morreu cedo".
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_vi12UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_ix10

      Em todos os agrupamentos existem temas que resultam melhores que outros nos concertos. A interpretação crua de «Rapaz caleidoscópio», isenta de aditivos e condimentos aplicados na composição cozinhada em estúdio, conquista toda a audiência, salientando a segurança da base rítmica empregue no baixo, com qualidades melódicas desenhadas por Nuno Correia.
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Baixis12UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Baixis10

     "Desde o ano um dos UHF, a Incrível dava palco às bandas, rivalisando com Lisboa", afirmou António Manuel Ribeiro, desaguando em «A minha geração», "frequentou as aulas num barracão do liceu que seria provisório, durando 25 anos. Em estimativa, o nosso país é repetente no incumprimento de prazos..."
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Bateri11

     "Sobre a vida efémera e a vida caótica", seguiu-se a marcha «Estou de passagem», marcada pela subtil e perfeita técnica de execução do baterista Ivan Cristiano. Representando o LP «Persona non grata» (1982), quando o grupo decidiu enfrentar a multinacional EMI, tocaram «Um mau rapaz».
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_da11

     Após «Sonhos na estrada de Sintra», Ribeiro expõe o pensamento de que "a canção é uma pedra na engrenagem, gingando em decadência, e a música é capaz de agilizar a dor. David Mourão-Ferreira, Sophia de Mello Breyner e Ary dos Santos, escreveram para agitar consciências. A Câmara Municipal de Almada, que oferece este concerto à população local, do país e do estrangeiro, defende a palavra portuguesa". Entretanto, elementos da audiência empunhavam folhas de tamanho A4 com títulos dos êxitos da banda.
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Pzblic11UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Pzblic10UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Pzblic12UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Amr_ii10

     "Quando se chega ao fim, chega-se muito bem a trote", dica para «Cavalos de corrida». Com duplo encore, o primeiro preenchido com uma mão cheia de canções, no final de «A lágrima caiu», o público entoou o refrão a cappella, surpreendendo a banda que prolongou o tema. Em «Rua do Carmo», António Côrte-Real revelou energia extraordinária em função de uma sensibilidade de traçados sonoros preciosos na guitarra. "Querem mais um? Mais um? Três!!!", anuncia AMR, culminando o segundo encore e a actuação com «Menina estás à janela».
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Acr_i10UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Acr_ii10UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Acr_iv10

     O sucesso dá muito trabalho! Com 40 milhões de discos vendidos em Portugal, a história dos UHF, debateu-se com diversas alterações de formação. Graças ao timoneiro António Manuel Ribeiro, os actuais elementos desta entidade do rock nacional, fazem florescer o futuro do grupo, transpondo limites temporais. "Se conseguimos chegar até aqui, é porque nunca estivemos sós".






Tiro ao boneco e blá-blá-blá com a antiga grafia: Ghost4u

luis lopes, pjorgenunes, Fernando Salvado, paulov e Luis Carlos gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
Luis Carlos




Mensagens : 8
Data de inscrição : 24/03/2021
Idade : 57

UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) Empty
MensagemAssunto: Re: UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023)   UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023) EmptyTer Dez 19 2023, 05:22

Boa noite,
Grande reportagem escrita e visual. Tomara muitos meios de comunicação escreverem assim. Parabéns pelo relato e por ter estado presente.
Obrigado,
Luis Carlos
Ir para o topo Ir para baixo
 
UHF, 45 anos (Incrível Almadense, reportagem 2023)
Ir para o topo 
Página 1 de 1
 Tópicos semelhantes
-
» Táxi na Culturgest (reportagem, 2023)
» Obituário
» Audio Show 2016
» UHF em Almada (reportagem, 2019)
» Reportagem no Expresso

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
Áudio Analógico de Portugal :: Eventos * Reportagens * Recortes de Imprensa :: Fantasmas à solta-
Ir para: