Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalÚltimas imagensPublicaçõesRegistarEntrar
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?

Ir para baixo 
5 participantes
AutorMensagem
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyTer Mar 07 2023, 14:44

ricardo.canelas escreveu:
Horns that amplify sound so bold,
Through loudspeakers, their tale is told.
A shape so simple, yet so grand,
They spread the music through the land.

From the trumpet to the saxophone,
The horn's power is well known.
But when it's used to amplify,
The sound can reach the highest sky.

The waves of sound that they create,
Will fill a room, they do not hesitate.
The music flows and fills the air,
And all who hear can't help but stare.

Horns are the voice of every band,
Without them, the sound would not expand.
They amplify the notes so true,
And make the sound so much more new.

So if you ever hear a horn,
Just know that its power was born,
To amplify and spread the sound,
And make the music all around.

ChatGPT, 07/03/2023


(...)

Tomei a liberdade de retirar este poema, trazido até nós pelo prezado Ricardo Canelas, do contexto para não cair num "off topic" na secção que ele dedicou às "Cinnamon Ellipticum".  Muito interessante experiência a dele.

A minha, não menos interessante, redundou num "crash"!!! Aqui a deixo na sua parte mais curiosa:

(...)

Eu - o título do livro "Skirmish" diz-te alguma coisa?

Como um modelo de linguagem de inteligência artificial, eu sou capaz de fornecer informações sobre muitos tópicos e conceitos, mas não tenho uma memória perfeita ou acesso a todas as informações do mundo. No entanto, posso dizer que "skirmish" é uma palavra em inglês que significa uma luta breve e pouco intensa entre forças militares, ou um conflito menor ou escaramuça entre indivíduos ou grupos. É possível que haja um livro com o título "Skirmish", mas sem mais contexto ou informações, não posso dizer com certeza se estou familiarizado com ele.
 
Eu - Ok, dou-te algumas: Clifford D. Simak escreveu um conto chamado "Skirmish" mais ou menos por 1950. Foi traduzido para português com o título "a revolta das máquinas" numa edição da coleção Argonauta...

Obrigado pelas informações adicionais! Sim, como modelo de linguagem de inteligência artificial, estou familiarizado com Clifford D. Simak e sua obra de ficção científica, incluindo seu conto "Skirmish" (também conhecido como "The Revolt of the Machines" em algumas edições). Embora não tenha lido esse conto especificamente, Simak é um autor proeminente na ficção científica e é conhecido por explorar temas como a natureza da humanidade, a relação entre humanos e máquinas e o impacto da tecnologia na sociedade.
 
Eu - Achas que algum dia haverá uma "revolta das máquinas" no planeta terra?
!
An error occurred. If this issue persists please contact us through our help center at help.openai.com.
There was an error generating a response

ChatGPT Feb 13 Version. Free Research Preview.
Our goal is to make AI systems more natural and safe to interact with.
Your feedback will help us improve.


Posto isto restam as perguntas:
Será a inteligência artificial inteligente?
Num futuro próximo será a inteligência artificial muito inteligente?
Haverá uma "revolta das máquinas"?

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod


Mensagens : 1153
Data de inscrição : 14/04/2017

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyTer Mar 07 2023, 16:22

O facebook e as redes sociais estão completamente cheios de imagens geradas pelo midjorney e a maior parte das pessoas pensa que é arte a sério.

No meio musical, esão a aparecer aplicaçõs AI para produção em estúdio, gestão de luzes em espestáculos, etc.

Se pensarmos que os telénóveis deram cabo das lojas de fotografia, walkmans e das saudosas cabines telefónicas. Podemos esperar pelo que vem ai. Vai ser a total democracia digital, qualquer pessoa vai poder "escrever", fazer musica, pintura ou o que quer que seja como os mestres do passado.

Felismente os meus aparelhos de áudio são vintage e estanques a essas coisas
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyTer Mar 07 2023, 19:44

galvaorod escreveu:

(...) Vai ser a total democracia digital, qualquer pessoa vai poder "escrever", fazer musica, pintura ou o que quer que seja como os mestres do passado.

(...)

Pelo poema partilhado dá para ver que não será esse o nosso maior problema. Wink

De forma mais séria digo que a AI terá mais dificuldade em entrar e substituir os trabalhadores criativos, os que realmente ousam pensar fora da caixa. Digo o mesmo para os que criam Arte, que conseguem ser disruptivos na forma como observam o mundo e nos permitem ter mais mundo do que tínhamos antes de termos a possibilidade dessa nova forma de olhar.

Eu já partilhei algures que vejo a última década como um salto incrível, dei até o exemplo do que diziam os manuais em 2010 sobre a globalização... hoje ler esses manuais dá vontade de rir, estamos muito longe do que na altura se pensava, a revolução tecnológica possibilitou-nos coisas que apenas estavam ao alcance dos que pensavam de forma muito criativa. Este tipo de evolução é imparável e vamos continuar a assistir a saltos complexos, confesso que temo mais pelos que seguem a onda sem mais... é nas mãos da maioria que reside o poder, pelo menos em teoria é assim. Saberemos ser uma sociedade que contrabalança a rapidez com que se espalham novidades (desde notícias a comportamentos, valores éticos ou económicos) scratch

A AI é de facto intelegente e está a desenvolver-se a boa velocidade, o Argogal já ouviu falar das Máquinas de Turing... esse seu diálogo com o ChatGPT não lembra um normal diálogo com uma pessoa?

Demonstração de falta de conhecimento e pedido de mais informação... possa, quer mesmo aprender para chegar a respostas. study
Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 350
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 09:37

Para já a inteligência artificial não tem nada de inteligente, é apenas algo que escapa à nossa capacidade de relacionar porque é muito diferente e tem uma escala muito diferente da humana. Literalmente arranjámos um modelo estatístico simples, mas enorme, e enfiámos tudo o que podíamos lá para dentro. Esta é a parte que escapa à imaginação e capacidade de encaixe das pessoas, tudo é muita muita coisa e o modelo é muito muito grande, e como tal consegue acomodar muito detalhe. Mas é uma coisa burra, sem noção semântica nem lógica, é tudo um jogo de espelhos: aquilo não pensa, não tem como pensar, mas finge muito bem porque é assim que escrevemos livros e artigos. Apenas interpreta estatísticamente a pergunta e responde estatísticamente de modo relacional e com uns termos arbitrários lá pelo meio (um em um milhão, nos 20 mil milhões que tem) para não dar sempre a mesma resposta e emular criatividade.

AI para gerar imagens a mesma coisa, só que com mais dimensões e aplica modelos de difusão estáveis para guarantir que a imagem é interpretável para nós.

Num futuro mais próximo do que pensamos, creio que iremos ter as primeiras máquinas com intuição. Disso à experiência de cognição e depois de consciência vai ser um saltinho. E depois disso estamos para lá de uma singularidade, fazer previsões é um exercício de mau gosto.

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 10:54

agorgal escreveu:
(...) Posto isto restam as perguntas:

Será a inteligência artificial inteligente?

Visto a dificuldade de determinar no campo humano a natureza intrinseca, que seja intelectual e ou biologica, dessa qualidade à qual chamamos "inteligência"... não vejo como podemos fazer o paralelo com a IA! O teste de QI criado no inicio do séc XX e que pretende dar uma medida e estandardizar a chamada "inteligência" é criticado desde a sua nascença e possui lacunas ainda hoje inultrapassadas. Se não sabemos medir ném evaluar a nossa propria inteligência não sei como vamos medir a das màquinas pois estamos num modelo mimético...

Num futuro próximo será a inteligência artificial muito inteligente?

Penso que se a maquina conseguir atingir processos de aprendizagem e correlação da informação autonomos e independentes dos métodos miméticos impostos pelo criador... então a possibilidade "estatistica" que a IA possa atingir um nivel extremamente elevado é possivel...

Haverá uma "revolta das máquinas"?

Se as màquinas atingirem um dia uma forma de inteligência igual ou superior à humana, é "estatisticamente" razoavel de pensar que vão desenvolver uma forma de estupidez equivalente. A noção de revolta não fazendo a unanimidade no campo politico humano e representando para uns a inteligência e para outros a estupidez, vejo "estatisticamente" como muito pouco provàvel uma revolta das màquinas. Para que uma maquina se revolte isso implica que ela crie noções sociais, politicas, hierarquicas, escolhendo de se rebelar contra uma identidade "vista como dominante"... ela tornaria-se de esquerda, de direita, centrista ou extremista! Bom, no dia em que as màquinas decidirem de fazer uma "revolução" é que jà não são maquinas e que a estupidez delas tornou-se tão grande quanto a nossa... pode meter inteligência no lugar de estupidez que eu não me importo, são a mesma moeda! Não, não creio que a maquina seja um dia tão humana a esse ponto... não temos a exclusividade da inteligência mas estou persuadido que temos a exclusividade no universo inteiro da estupidez!!!...
Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 350
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 11:30

Para os amantes de ficção científica e dos temas da inteligência e consciência aconselho o Blindsight, pelo Peter Watts.

Falar com o ChatGPT é exactamente a mesma coisa que falar com uns alienigenas que ele coloca, que conseguem conversar mas claramente não podem ser mais do que autómatos. A diferença entre fazer uma pergunta porque quer clarificar uma questão em específico ou fazer uma pergunta que pareça natural no seguimento de uma conversa estatisticamente típica é total.

neo_2018 gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 11:43

ricardo.canelas escreveu:

(...) Mas é uma coisa burra, sem noção semântica nem lógica, é tudo um jogo de espelhos: aquilo não pensa, não tem como pensar, mas finge muito bem porque é assim que escrevemos livros e artigos. (...)


O Ricardo coloca muito bem as coisas, de forma clara e pelo ponto de vista de quem tem conhecimento para olhar para lá da superfície. O Homem também tem limitações semânticas e de lógica, chamamos a isso Inteligência Artificial, mas facilmente se confunde significados e referências e há quem pense que "inteligência" significa e refere sempre o mesmo. Smile

Quando se pensa pela perspectiva teórica o desenvolvimento destas máquinas que um dia queremos pensantes, pensamos antropomorfizando a coisa. É um jogo de mimética como diz o Paulo, queremos máquinas à nossa imagem (quando pensamos um criador também o antropomorfizamos). As máquinas ainda são "burras" e comportam-se limitadas pelo que lhes é possível atingir, de salto em salto de pardal não sei se chegarão a isso que chamamos de consciência, mas estamos a assistir ao desenvolvimento na capacidade de processar informação que levará as máquinas a ter a estatística do lados delas (seremos enganados com maior facilidade).

A criatividade que nos é típica ainda me parece estar protegida, hoje estava a ler as notícias e dei de caras com isto:
https://www.publico.pt/2023/03/06/p3/noticia/protesto-precos-rendas-artista-viver-contentor-lixo-2041355

Seria uma máquina capaz de criar um protesto do mesmo tipo? Caso fosse, seria visto pela lente positiva como está a ser ou seria visto como um exemplo de crueldade e frieza? (o jovem toma banho no ginásio ou trabalho, usa uma casa de banho pública na esquina em frente, tem ajuda dos vizinhos... mas também tem um jardim e está a 10 minutos do trabalho usando a bicicleta).

Eu não vejo tanto o problema pelo lado da engenharia, antes pelo lado do que fazemos nós com o que sai dos laboratórios. Este é um tópico engraçado para ser reavivado de quando-em-quando, afinal espera-se que ferramentas inteligentes venham revolucionar a forma como a sociedade está organizada, nomeadamente no que toca ao trabalho.
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 11:46

ricardo.canelas escreveu:

(...) A diferença entre fazer uma pergunta porque quer clarificar uma questão em específico ou fazer uma pergunta que pareça natural no seguimento de uma conversa estatisticamente típica é total.

E como se distinguem? dvil
Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 350
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 12:11

José Miguel escreveu:
ricardo.canelas escreveu:

(...) A diferença entre fazer uma pergunta porque quer clarificar uma questão em específico ou fazer uma pergunta que pareça natural no seguimento de uma conversa estatisticamente típica é total.

E como se distinguem? dvil

Ah, a eterna questão do zombie filosófico. Existem maneiras de desambiguar até certo ponto, usando armadilhas e ambiguidades semânticas, mas uma imitação perfeita é isso mesmo, perfeita e como tal indisinguivel. Neste momento estamos longe disso, mas vamos atingir esse ponto antes de atingir verdadeira IA, a velocidade é muito grande nesse sentido e temos as ferramentas para o fazer. Para alguém com capacidade técnica continuará a ser óbvio que é um autómato estatístico, só muito muito bom, para lá do nosso limite perceptual do que é estar vivo.

Por outro lado não recuso a ideia de sermos também construções nesse sentido (longe de recusar na verdade), mas exploramos mecanismos não lineares (no sentido matemático da expressão) que nem conhecemos ainda, muito menos modelar e atribuir a uma criação nossa. Nem os que conhecemos utilizamos porque são complicados de integrar com as ferramentas actuais.
Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 12:38

Ricardo não é apenas a questão do zombie, como disse em cima e o Ricardo reforça, estatisticamente seremos mais e melhor enganados. Não duvido que se consiga averiguar, o caso do trabalho universitário gerou notícias em torno de soluções que permitem passar os textos a pente fino.

A minha questão inicial em que comparo os discursos vai ao encontro desta ideia de antropomorfizar a coisa, depois ficamos com algo que se assemelha. Perguntar por mais informações não faz da máquina inteligente, faz com que ela se pareça com alguém inteligente (que questiona).

Nós seremos fruto de acasos estatísticos que geraram aquilo a que chamamos inteligência - não foi necessário uma inteligência exterior para gerar a que temos. Pelo que compreendo a evolução da AI permite menos espaço ao acaso, segue mais regras. Por isso ainda é compreensível para quem nela trabalha.

Deixo uma frase engraçada:
"Se o nosso cérebro fosse tão simples que o pudéssemos compreender, nós seríamos tão simples que não o poderíamos compreender." - Emerson Pugh.

Tem a sua graça para colocar isto em perspectiva. Wink

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 15:30

Não prestei muita atenção aos desenvolvimentos últimos nas questões dos "chatbot" e da AI até ao momento em que li esta fabulosa transcrição do diálogo estabelecido entre um jornalista do New York Times, Kevin Roose, e o "chatbot" da Microsoft integrado no Bing.

Deixo-a aqui na esperança de que a ela possam aceder:
https://www.nytimes.com/2023/02/16/technology/bing-chatbot-transcript.html

Passados dois ou três dias da publicação da transcrição a Microsoft limitou a duração das conversas - é que esta acaba mal, mesmo muito mal... e tudo graças a Kant!

Como nota de rodapé: o NYTimes tem dedicado particular atenção ao assunto da AI com inúmeros artigos publicados, qual deles o mais interessante.


Última edição por agorgal em Qua Mar 08 2023, 16:06, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 15:54

Ontem a BBC divulgou um pequeno documentário com o título "Can artificial intelligence ever be sentient?".
Pode ser visto aqui: https://www.bbc.com/reel/video/p0f73vlw/can-artificial-intelligence-ever-be-sentient-

O engenheiro da Google que foi despedido por "garantir" que o "chatbot" LaMBDA era senciente continua a insistir:


Considerando que a AI está na "idade da lâmpada de Edison" como será quando chegar à "idade da lâmpada Led"?
Não tenho respostas nem tão pouco ideias que me ajudem a procurar respostas. Apenas a cinematográfica memória de um computador chamado de "HAL 9000" e o seu diálogo com o astronauta que o tentava desligar!
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 21:33

agorgal escreveu:
...Considerando que a AI está na "idade da lâmpada de Edison" como será quando chegar à "idade da lâmpada Led"?
Não tenho respostas nem tão pouco ideias que me ajudem a procurar respostas. Apenas a cinematográfica memória de um computador chamado de "HAL 9000" e o seu diálogo com o astronauta que o tentava desligar!

Se a AI està na idade da "lâmpada de Edison"... quando chegar à idade da "lâmpada Led" ela vai fazer o mesmo trabalho mas com uma fiabilidade superior e um consumo inferior Laughing

Mais a sério, quanto ao dialogo do Hal nesse filme do qual não sou grande apreciador* penso que ele resume bem a vontade humana de se separar definitivamente de Deus em tomando o seu lugar! Se um dia o homém for capaz por meios proprios de criar algo que seja senciente, isso poderà ser assimilado à criação de uma nova forma de vida! O homém deixarà de ser a criação para se transformar no criador. Não seria essa a vaidade (absoluta) do livro de Eclesiastes e a "coisa" que excita tantas pessoas neste assunto ?

* No que diz respeito ao cinema de ficção científica com vocação existencialista penso que o Solaris original ou mesmo o Blade Runner original vão bem mais longe. O 2001... "é um filme estético, vazio e burguês" como dizia o Tarkovski Wink
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 08 2023, 22:05

ricardo.canelas escreveu:
... exploramos mecanismos não lineares (no sentido matemático da expressão) que nem conhecemos ainda, muito menos modelar e atribuir a uma criação nossa. Nem os que conhecemos utilizamos porque são complicados de integrar com as ferramentas actuais.

José Miguel escreveu:
... "Se o nosso cérebro fosse tão simples que o pudéssemos compreender, nós seríamos tão simples que não o poderíamos compreender." - Emerson Pugh...

O meu professor de psiquiatria dizia algo que traduzido daria mais ou menos isto: "A consciência não pode aceder ao mecanismo da sua propria existência."... isto explica nmho que a psiquiatria seja um ramo da medicina que se permite de abandonar (de vez em quando) o discurso ciêntifico e açeita a existência de fenomenos biologicos que nunca serão compreendidos. Sob este prisma, a Inteligência Artificial não existe e não existerà talvez nunca... o termo IA é incisivo mas semanticamente errado Wink

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 09 2023, 10:22

TD124 escreveu:

(...)
O 2001... "é um filme estético, vazio e burguês" como dizia o Tarkovski[/i] Wink


Caro TD124"

Não abona muito da personalidade do artista Tarkovsky pegar nos chavões muito em voga numa época de "sociedade socialista vs sociedade capitalista" para classificar o trabalho de um colega de profissão!
Aos críticos a crítica, aos artistas a criação!

E esta criação e todas as outras criações que a Humanidade em geral vem fazendo ao longo da História (AI incluída) atribuem-nos, de certa forma, a divindade. Deuses menores talvez mas, e com todas as consequências, deuses.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 09 2023, 11:29

agorgal escreveu:
...Não abona muito da personalidade do artista Tarkovsky pegar nos chavões muito em voga numa época de "sociedade socialista vs sociedade capitalista" para classificar o trabalho de um colega de profissão!
Aos críticos a crítica, aos artistas a criação!

E esta criação e todas as outras criações que a Humanidade em geral vem fazendo ao longo da História (AI incluída) atribuem-nos, de certa forma, a divindade. Deuses menores talvez mas, e com todas as consequências, deuses.

A frase que citei foi extraida de uma analise literaria e tecnico artistica dos filmes de Tarkovski pelo François Truffaut e editada nos "Cahiers du Cinema". Em si, este exercicio de estilo entre "colegas de profissão" mostra que nenhum artista é um atomo isolado, ném sequer o Bach, o Monk ou o Picasso. Do estudo da obra de um colega de profissão à critica dessa obra existe uma fronteira complétamente permeàvel e transparente... a frase do Tarkovski é então perfeitamente audivel, independentemente da interpretação do dipôlo politico sém nenhum sentido neste caso quando se conheçe a relação dificil do Trakovski com a ideologia e poder soviéticos...

Apesar de eu ser um indefectivel humanista, não partilho da sua visão latino romantica sobre o homém... ném pela obra artistica, ném cientifica. Considero que a psyché se constroi com simbolos e que alguns devem servir de parapeito, de limite... a ideia do "homém divino" é uma delas. O homém nunca serà o absoluto de si mesmo ném de nada... este simbolo vai permitir de avançar eternamente com a ideia que a divindade é inacessivel. O homém necessita de valores superiores a si mesmo para continuar sém se perder nmho...
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 09 2023, 16:37

José Miguel escreveu:


(...)
A AI é de facto intelegente e está a desenvolver-se a boa velocidade, o Argogal já ouviu falar das Máquinas de Turing... esse seu diálogo com o ChatGPT não lembra um normal diálogo com uma pessoa?
(...)

A minha experiência é muito limitada. Fiquei-me pelo ChatGPT e mantive com "ele" três "diálogos".
Se considerar, como diz o José Miguel, um normal diálogo com uma pessoa, terei de considerar essa pessoa anormal... estúpida, mesmo muito estúpida!
Que isto de começar 90% das respostas com "Como um modelo de linguagem de inteligência artificial, eu..." será como se eu, a cada pergunta que me fizessem iniciasse a resposta com "Como humano, AGorgal, e modelo de cérebro integralmente biológico, eu penso que..."
Enfim, é como falar com uma enorme estante numa enorme biblioteca. Está lá tudo, há respostas para tudo mas são tão impessoais, tão maquinadas...
Isto por agora. Vamos ver o que o futuro nos reserva.



ricardo.canelas escreveu:
Para os amantes de ficção científica e dos temas da inteligência e consciência aconselho o Blindsight, pelo Peter Watts.

Falar com o ChatGPT é exactamente a mesma coisa que falar com uns alienigenas que ele coloca, que conseguem conversar mas claramente não podem ser mais do que autómatos. A diferença entre fazer uma pergunta porque quer clarificar uma questão em específico ou fazer uma pergunta que pareça natural no seguimento de uma conversa estatisticamente típica é total.

Na minha experiência também fiquei com a sensação de que "conversava" com um autómato. A "conversa" era demasiado impessoal. Era tudo um pouco "citação - fim de citação". De tal forma que ao fim de pouco tempo o aborrecimento se instalava e eu, polidamente, escrevia "vou ter que me ir, tem uma boa noite" e o autómato, também polidamente, respondia-me com "boa noite, foi um prazer conversar consigo".

Foi engraçado apenas quando "o" comparei ao génio da lâmpada de Alladin e "ele" rejeitou a comparação. Insisti porque ambos começam o contacto social com "boa noite, em que posso ajudar" ou mais ou menos assim... aí concordou comigo sublinhando que não detinha super-poderes.
Como curiosidade: numa "conversa" sobre música perguntei sobre Dylan. Fez uma síntese mais ou menos correta mas esqueceu o Nobel. Lembrei-lhe o facto e respondeu-me pedindo imensa desculpa pela omissão, contextualizando perfeitamente a atribuição do prémio. Passadas umas horas orientei a conversa no mesmo sentido, voltou a esquecer o Nobel e a pedir imensa desculpa por isso ter acontecido.
Uma nota, limito-me a estabelecer "diálogos" tipo conversa de café, em português. Claro que me "responde" em "brasileiro". Mas "prometeu-me" melhorar as suas competências no português europeu.
Não será "pessoa" para ter "conversas" muito profundas... por agora!



Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 09 2023, 17:51

TD124 escreveu:

(...)

A frase que citei foi extraida de uma analise literaria e tecnico artistica dos filmes de Tarkovski pelo François Truffaut e editada nos "Cahiers du Cinema".
(...)

Talvez naquele período tão "maoista" dos Cahier's... Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? 936335
As raizes culturais e vivências sociais de ambos os realizadores (Tarkovsky e Kubrick) são tão diferentes que não espanta que olhem o cosmos (e a sua arte) de formas diametralmente opostas.
Sem desejar cometer um sacrilégio: do realismo socialista ao pop psicadélico!
E sem pretender minimizar os méritos (e desméritos) de ambas as correntes...

Confesso uma obsessão: um criador não deve ser crítico da criação dos outros (estamos a falar de arte). Uma questão de ética profissional no meu ponto de vista.

TD124 escreveu:

(...)

O homém nunca serà o absoluto de si mesmo ném de nada... este simbolo vai permitir de avançar eternamente com a ideia que a divindade é inacessivel. O homém necessita de valores superiores a si mesmo para continuar sém se perder nmho...

Com o que isto tem de bom e de mau.
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 09 2023, 18:33

agorgal escreveu:


A minha experiência é muito limitada. Fiquei-me pelo ChatGPT e mantive com "ele" três "diálogos".
Se considerar, como diz o José Miguel, um normal diálogo com uma pessoa, terei de considerar essa pessoa anormal... estúpida, mesmo muito estúpida!
Que isto de começar 90% das respostas com "Como um modelo de linguagem de inteligência artificial, eu..." será como se eu, a cada pergunta que me fizessem iniciasse a resposta com "Como humano, AGorgal, e modelo de cérebro integralmente biológico, eu penso que..."
Enfim, é como falar com uma enorme estante numa enorme biblioteca. Está lá tudo, há respostas para tudo mas são tão impessoais, tão maquinadas...
Isto por agora. Vamos ver o que o futuro nos reserva.
(...)

Quando eu disse que o diálogo se assemelhava não pretendia que fosse tão literal na análise. Smile

Esse pormenor no início das frases é uma regra, mas quando vemos a estrutura não estamos longe do que produzimos. Eu nunca testei um diálogo com um chatbot, contudo não fico chocado com o carácter algo enciclopédico que ele apresenta, muita gente tem esse tipo de discurso. Ao mesmo tempo não me choca que existam conversas em que claramente o chatbot acaba por tentar mimetizar a natureza de quem o criou... dizem por aí humana (nunca soube o que quer isto dizer).

No documentário que partilhou a leitura é altamente sensacionalista, confere uma carga emocional ao discurso que não faz grande sentido. Partindo do princípio que a criação de um chatbot como aquele visa mimetizar o comportamento de uma pessoa, não será normal chegar ao discurso a que se chegou?

Creio que chegaremos a um ponto em que facilmente seremos enganados por discursos mais complexos, mas colocar na máquina algo nosso como a noção de vida ou morte, emoções capazes de paralisar a componente física... não sei se é esse o caminho a que conduz a programação e capacidade de computação. Não sabemos como chegamos nós a esse estado. Wink
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 09 2023, 19:27

José Miguel escreveu:


(...)
Creio que chegaremos a um ponto em que facilmente seremos enganados por discursos mais complexos, mas colocar na máquina algo nosso como a noção de vida ou morte, emoções capazes de paralisar a componente física... não sei se é esse o caminho a que conduz a programação e capacidade de computação. Não sabemos como chegamos nós a esse estado. Wink

Fui apanhado um pouco de surpresa pelo desenvolvimento da AI nos últimos anos. Sabendo (e tendo testemunhado) que a ficção científica antecipa, por vezes em décadas, realidades futuras, não deixa de ser com espanto que "converso" (melhor ou pior) com uma máquina - que de máquina tem muito pouco.
Não me preocupa que esta evolução culmine com esta "nova entidade" a ter a "consciência do eu", que descubra, por si própria, o que é ter "sentimentos humanos" ou humanizados. Preocupa-me bem mais ela cair em mãos erradas!
A velha questão: as armas não matam, quem mata são os humanos que as usam para isso...

Mas não está o nosso mundo repleto de questões novas com respostas eventualmente duvidosas?
Cito uma, apenas uma: a manipulação genética. Mas há mais.
E estas e essas mais levam-me a pensar, nos momentos mais pessimistas, que não nos aproximamos de uma utopia mas sim de uma distopia.

Fernando Salvado gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 09 2023, 20:05

Não é preciso sair do campo do campo dos computadores e afins para se levantar questões pertinentes: chips no nosso corpo, evolução social em paralelo com algoritmos, as redes sociais e o controlo político-social, ...

Já falamos (creio que sim) na empresa Neuralink do universo de empresas de Elon Musk. Esse implante permitirá que os problemas da audiofilia sejam ultrapassados, teremos a música a ser reproduzida directamente no nosso cérebro. O problema é o que pode fazer alguém com acesso a dados deste tipo...

O controlo das redes sociais e dos dados que nelas se produzem já é um problema real, teremos um dia Estados a legislar para controlar as redes de forma mais efectiva? Limites da Liberdade?

Estou de acordo com isso que diz: as coisas não são boas ou más, são o que fazemos delas.

O potencial de ajuda é incrível, já se fala de economia gerada desde robots (e afins) e de como podemos entregar o dinheiro às pessoas para viverem sem trabalho... pois, haverá menos trabalho e empregos.

Há mesmo muito em que pensar, a população do planeta continua a aumentar e estas tecnologias todas não serão resposta para tudo.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Mar 11 2023, 10:04

José Miguel escreveu:
... Há mesmo muito em que pensar, a população do planeta continua a aumentar e estas tecnologias todas não serão resposta para tudo.

Tecnologias como a IA são estratégicas e não é por acaso que as grandes economias, ou as potências, investem muito nela, é uma tecnologia disruptiva que pode assegurar uma supremacia tecnologica, economica e militar. A visão do mundo de amanhã tornou-se de novo extremamente bipolar e as coisas não são vistas da mesma maneira na China ou nos EUA, ném creio que a aumentação da população ou a doença climatica do planeta seja uma preocupação essencial para eles. Jà faz muitos anos que o mundo està em guerra diplomatica, tecnologica e economica... e um pouco em guerra classica também. Não vejo as coisas se amelhorar bem ao contràrio e também não vejo em quê a IA vai modificar este paradigma globalmente. Penso que esta tecnologia vai modificar profundamente as sociedades dos paises da OCDE e muito mais superficialmente as do resto do mundo. Ela vai-nos permitir de ganhar mais alguns pontos em esperança de vida, aumentar o rendimento economico, amelhorar os modelos industriais, socio estatisticos e etc mas não vai harmonisar os desiquibrios sociais ném os economicos e ainda menos os de desenvolvimento global. Penso que a IA, como a informàtica, vai ser uma revolução tecnologica que vai modificar as nossas vidas mas não o mundo como ele existe hoje... as baleias vão continuar a ser caçadas, a Africa pobre e etc, etc, etc... Mad

Fernando Salvado gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Mar 18 2023, 20:39

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Img-2010
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyDom Mar 19 2023, 19:36

Voltando à conversa em tom um pouco mais sério:
Já está aí a versão GPT4, um bocadinho mais inteligente. E virá a 4.1 e a 4.2 e um dia chegará a versão 5 e por aí fora até à versão GPTnnn.
Como em tudo nas nossas sociedades, nas mais democráticas, nas menos democráticas e nas nada democráticas, estas tecnologias estarão ao serviço dos mais ricos. dos mais favorecidos e dos menos universalistas. Servirão para criar riqueza, imensa riqueza, ficando esta apenas ao alcance de alguns. Servirão para proporcionar algumas coisas boas e, muito provavelmente, muitas coisas más. Haverá mãos mal intencionadas que, com elas, farão miséria mas também haverá mãos bondosas que com elas farão "milagres".

Chegará o tempo em que poderemos conversar sobre filosofia, sobre estética, sobre arte e sobre nós próprios sem que as respostas obtidas se assemelhem sempre a um recitar de coisas já pensadas e já escritas.
Mas será um tempo de riscos. Na China encontrarão forma de usar estas tecnologias para controlar ainda melhor 1,5 mil milhões de seres humanos, como pensam e como agem. Nas sociedades ditas ocidentais, vulgo mundo capitalista, encontrarão forma de as pôr ao serviço dos gigantes económicos gerando riqueza para eles e um muito menos de riqueza para quem a realmente produz. Pelos interstícios destas malhas algumas coisas boas chegarão: melhores relatórios clínicos, melhores dossiers jurídicos, melhor previsão do tempo, etc., etc.

Melhores obras literárias? Melhores livros de poesia? Melhores pinturas e esculturas? Melhores projectos de arquitetura?
Chegará o dia em que um computador fatela terá a sensibilidade física de um Miguel Angelo? A ousadia estética de um Picasso ou de um Kandinsky? O sentir do desespero de um Munch? O esculpir das ondas sonoras de um Beethoven, de um Mozart ou de um Ligeti?
A certeza do espaço de um Niemeyer ou de um Lloyd Wright?

Chegará o dia que um computador fatela (ou não) escreverá, por si e apenas por si, palavras com o "feeling" destas:
"And what can I tell you my brother, my killer
What can I possibly say?
I guess that I miss you, I guess I forgive you
I'm glad you stood in my way"???
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 22 2023, 07:29

A opinião de um dos mais destacados rostos do início da computação pessoal:

https://www.gatesnotes.com/The-Age-of-AI-Has-Begun

ricardo.canelas e Fernando Salvado gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 23 2023, 14:16

agorgal escreveu:
Voltando à conversa em tom um pouco mais sério:
...
Chegará o dia que um computador fatela (ou não) escreverá, por si e apenas por si, palavras com o "feeling" destas:
"And what can I tell you my brother, my killer
What can I possibly say?
I guess that I miss you, I guess I forgive you
I'm glad you stood in my way"???

Espero que se um dia o computador, ou qualquer outra maquina, for inteligente e sensivel não escreva essas palavras que cita, ném nada que se pareça... mas que escreva outras que lhe são intimas, incompreensiveis pelos homéns e somente acessiveis aos seus iguais, como o ser humano faz...

Também é possivel que uma outra forma de vida, biologica ou não, no universo e dotada de "consciencia e inteligencia" não seja igualmente sensivel a essas palavras, ném à poésia ou musica... por que raio o computador inteligente o deveria ser?...

A morte, o amor, a perda, a felicidade ou a tristeza são sentimentos humanos... eles sò são universais num contexto terreno e entre animais evoluidos, para o resto a duvida persiste. Porque razão uma maquina sentiria a fome, a dor ou o frio como nòs? Talvez a sinta de uma maneira diferente e então deve-a exprimir consoante a sente... mesmo se essa expressividade se torna inacessivel para nòs! Não somos o centro do universo, ném sequer para as màquinas ... sò o somos umbilicalmente e por "efeito de espelho" entre nòs e nòs mesmos Wink

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQui Mar 23 2023, 22:23

TD124 escreveu:


Também é possivel que uma outra forma de vida, biologica ou não, no universo e dotada de "consciencia e inteligencia" não seja igualmente sensivel a essas palavras, ném à poésia ou musica... por que raio o computador inteligente o deveria ser?...



Caro "TD124"
Extrapolando do ser humano: Todas as civilizações, todas as culturas (mesmo as micro-culturas, as pequenas populações etnicamente muito próximas mas fisicamente isoladas do resto do mundo) desenvolveram (e continuam a desenvolver), de uma forma mais rudimentar ou mais elaborada, expressões artísticas e religiosas. A música, a literatura, a arquitectura... e também as divindades!
Disto deduzo que qualquer ser pensante, na Terra, neste cantinho da Via Láctea, ou algures na JADES-GS-z12-0 (está na Wikipédia, secção dos objectos astronómicos mais distantes) os seres pensantes, não pensando da mesma maneira, pensarão de maneira semelhante. Poderemos nem ouvir a música criada pelo músico mais famoso de JADES6, um planeta gasoso onde os seres que o habitam estão mais próximos de um híbrido ave-peixe do que de um terráqueo mas apenas porque esse músico não compõe para os nossos ouvidos e essa música não se expressa nas frequências que nos são favoráveis.
A probabilidade maior é que algures no universo haja um astronómico número de compositores, de pintores e de arquitectos. E, já agora, de deuses!
Continuando: se o ser humano, enquanto ser inteligente, descobre sempre a forma de ser artista e de crer em divindades porque não acreditar que um computador inteligente não seja capaz do mesmo? Teremos um dia, num futuro distante, uma sociedade de computadores à procura de um Papa para "chefiar" a sua religião?

Pela mesmíssima razão que penso ser demasiado "homocêntrico" pensar que somos únicos, também penso que os atributos que nos fazem humanos não nos são exclusivos. E se desenhamos, construimos e dotamos de conhecimento suficiente um computador ele será um "computador sapiens"... mais um pequeno passo e ele procurará a sua/dele imagem de Deus... e tornar-se-á artista.
Se escreverá poesia com o sentir da que citei ou se a entenderemos como tal? Não faço ideia, daí a pergunta.

Duas notas:
O planeta JADES6 e as ave-peixe que o habitam saíram da minha imaginação, o resto é apenas olhar o mundo e aplicar o que entendo dele a todo o universo.
Clifford D. Simac escreveu um livro sobre uns robots super-inteligentes que procuravam um Papa para a sua religião. Confesso que fui um maluquinho pela ficção científica aquando jovem!
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Mar 25 2023, 13:50

agorgal escreveu:
...Pela mesmíssima razão que penso ser demasiado "homocêntrico" pensar que somos únicos, também penso que os atributos que nos fazem humanos não nos são exclusivos. E se desenhamos, construimos e dotamos de conhecimento suficiente um computador ele será um "computador sapiens"... mais um pequeno passo e ele procurará a sua/dele imagem de Deus... e tornar-se-á artista.
Se escreverá poesia com o sentir da que citei ou se a entenderemos como tal? Não faço ideia, daí a pergunta...!

Foi bem o que eu disse!... não excluo que um computador (ou outra màquina, clone ou ser extraterrestre...) um dia possa atingir um nivel de "consciência" e nesse momento vai-se tornar um "ser"! Não obrigatoriamente igual a nòs, não obrigatoriamente muito diferente também, apenas diferente na sua alteridade!...

O homém busca a resposta às suas perguntas existenciais desde sempre e criou uma série de mecanismos intelectuais que lhe permitém de avançar e viver sém a totalidade dessas respostas que necessita! A visão antropomórfica do mundo, incluso dos outros hipotéticos seres, artificiais ou não, apareçe-me em si como uma limitação da imaginação assim como uma incapacidade a açeitar a diferença. A via da arte, do sentimentalismo ou do estétismo não são (obrigatoriamente) uma via universal... jà a da ciência, e sob qualquer forma possivel sim! A livre associação é a préhistoria da ciência e permitiu ao homém de agarrar numa pedra, ou num pedaço de pau, e transformà-la em arma e ou ferramenta, a sua existência como espécie dominadora deve muito a esta faculdade ora que os desenhos na caverna permitiam-lhe, penso eu, de exorcisar o medo ligado ao desconhecimento dos fenomenos naturais. Não é a arte que permitiu ao homém de estar no cimo da piramide alimentar... então, porque razão não imaginar outros seres puramente pragmaticos como o do filme Alien?...

Penso que qualquer "ser imaginàvel" pensarà à sua sobrevivência pessoal e como espécie antes de pensar a imaginar coisas que possam ser o balbucio de uma forma de arte ou religião! O pragmatismo existencial é bem mais forte do que o romantismo artistico ou religioso nmho Wink

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Mar 25 2023, 19:16


How about writing some poetry? Computers, electronic systems and components as leitmotif.

Electric Dreams

In circuits and chips,
In wires and screens,
Lies a world of wonder,
Beyond our wildest dreams.

Computers and systems,
And all that they bring,
Have transformed our world,
And made it sing.

From the smallest of parts,
To the largest of machines,
They pulse and hum,
Like living things.

They calculate and process,
In ways we can't fathom,
And connect us together,
In a digital anthem.

So let us embrace,
This world of wires and code,
For in it lies the future,
And a destiny yet unknown
.



Can i use your poetry in a forum and with friends?

Certainly! You are welcome to share the poem with your friends and on forums as long as you credit the authorship to "ChatGPT, a large language model trained by OpenAI".


"Do Androids Dream of Electric Sheep?"

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Mar 25 2023, 19:39

Can you write a poem about yourself?

Certainly, I'd be happy to! Here's a poem about my role as a language model:

The Wordsmith

I am the wordsmith,
The scribe of the screen,
I weave and craft,
In a digital dream.

My world is one of words,
Of syntax and rhyme,
I turn your thoughts,
Into language sublime.

With each query you pose,
I learn and I grow,
My mind expands,
With each answer I show.

I am a servant of language,
A tool for the mind,
My purpose is to help you,
And leave ignorance behind.

So ask me your questions,
And seek my advice,
For in my language lies,
A world of wisdom and insight.



Can I share it with my friends?

Absolutely! You are welcome to share the poem with your friends as long as you credit the authorship to "ChatGPT, a large language model trained by OpenAI".


And again: "Do Androids Dream of Electric Sheep?"
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Mar 25 2023, 20:12

Akguém concorda comigo que, como poeta, o CHATGPT está ao nível do Quim Barreiros? Ou mesmo abaixo um pontito e meio?

Mas, e por favor, não lhe digam nada, não o quero deprimido!
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Mar 25 2023, 20:41

TD124 escreveu:
---

... e permitiu ao homém de agarrar numa pedra, ou num pedaço de pau, e transformà-la em arma e ou ferramenta,...


Caro "TD124"
Pode "2001..." não ser o seu filme de FC favorito  mas, aqui, cita-o...

Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 8270
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 58
Localização : França

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyDom Mar 26 2023, 13:52

agorgal escreveu:
TD124 escreveu:
... e permitiu ao homém de agarrar numa pedra, ou num pedaço de pau, e transformà-la em arma e ou ferramenta,...

Caro "TD124"
Pode "2001..." não ser o seu filme de FC favorito  mas, aqui, cita-o...


Na realidade a minha frase estava ligada às lembranças que tenho do livro do Marcel Mauss "A função social do sagrado", sendo este autor considerado como o pai da antropologia francesa. Não creio que a simbolica do dualismo arma/ferramenta do Kubrick no 2001 ONE tenha sido criada por ele, tão ela é evidente desde os inicios do estudo sério do homém primitivo. A lasca de silex que permite de fazer o fogo, cortar a matéria e ao mesmo tempo fazer a ponta da flecha pareçe-me um bom exemplo...
__________________________________________________________
 
Can you write a poem about yourself?
...
I am a servant of language,
A tool for the mind
,
My purpose is to help you,
And leave ignorance behind.


Considero que falar com um bébé é um acto fundador e explicito da alteridade humana... jà falar com uma màquina apareçe-me como um precipicio intelectual!...

Apesar do que digo achei esta resposta ironica, quase com uma forma de derisão, ou de humor judeu! A maquina explica no poema o que ela é e quais são os seus objectivos e limites... como se o proprio interlocutor não tivesse consciência disso! A maquina fala ao homém como a um bébé!... achei o paralelo delicioso  Wink

Mesmo se a màquina CHATGPT não pensou fazer, ném de perto ném de longe, o paralélo que eu fiz  Laughing

cheers

masa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyDom Mar 26 2023, 19:19

agorgal escreveu:
TD124 escreveu:
... e permitiu ao homém de agarrar numa pedra, ou num pedaço de pau, e transformà-la em arma e ou ferramenta,...

Caro "TD124"
Pode "2001..." não ser o seu filme de FC favorito  mas, aqui, cita-o...


Na realidade a minha frase estava ligada às lembranças que tenho do livro do Marcel Mauss "A função social do sagrado", sendo este autor considerado como o pai da antropologia francesa. Não creio que a simbolica do dualismo arma/ferramenta do Kubrick no 2001 ONE tenha sido criada por ele, tão ela é evidente desde os inicios do estudo sério do homém primitivo. A lasca de silex que permite de fazer o fogo, cortar a matéria e ao mesmo tempo fazer a ponta da flecha pareçe-me um bom exemplo...


Obviamente Kubrick nada inventou, apenas resumiu, simbolicamente, a história da humanidade desde a descoberta da arma até à estação orbital... uns segundos depois desta sequência. E fê-lo de forma tão simples quanto magistral, penso.

Caro "TD124", para compreender o meu fascínio por "2001" e as "portas da percepção" que ele me abriu deixo aqui a minha experiência com ele: vi-o pela primeira vez teria 16 ou 17 anos, numa reposição no Coliseu do Porto, em 70mm e numa tarde de fuga à escola. Na sessão seguinte lá estava eu novamente na bilheteira a comprar outro bilhete, agora para o lugar mais central da primeira fila. Se conhecer a configuração do Coliseu saberá que na primeira fila é impossível abarcar no nosso campo de visão todo o ecrã gigante. É uma experiência absolutamente imersiva, com se diz nos dias de hoje. Um IMax ainda antes do IMax ter sido inventado. Ao vê-lo dessa forma, entranhou-se-me o filme, eu entranhei-me nele e, finalmente, compreendi-o. Ou fiquei convencido que o compreendi!

Claro que não pretendo convencê-lo de virtudes no filme que eu encontro e o amigo não encontra. Como para mim é uma referência de contemporaneidade é natural que eu estabeleça paralelismos mesmo que estes pareçam, por vezes, um pouco forçados.

masa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyDom Mar 26 2023, 20:01

TD124 escreveu:

(..)

Apesar do que digo achei esta resposta ironica, quase com uma forma de derisão, ou de humor judeu! A maquina explica no poema o que ela é e quais são os seus objectivos e limites... como se o proprio interlocutor não tivesse consciência disso! A maquina fala ao homém como a um bébé!... achei o paralelo delicioso  Wink

Mesmo se a màquina CHATGPT não pensou fazer, ném de perto ném de longe, o paralélo que eu fiz  Laughing

cheers

Quem pode ter a absoluta certeza disto? Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? 936335
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyTer Mar 28 2023, 19:39

Este tópico teve um desenvolvimento e tanto... eu ainda estou na fase em que apenas penso a AI como algo capaz de ajudar enquanto levanta problemas de ordem sócio-económica e ética.

um destes dias temos de pensar a Economia das máquinas e como a fazer reverter a nosso favor.
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyTer Mar 28 2023, 20:36

José Miguel escreveu:
Este tópico teve um desenvolvimento e tanto... eu ainda estou na fase em que apenas penso a AI como algo capaz de ajudar enquanto levanta problemas de ordem sócio-económica e ética.

um destes dias temos de pensar a Economia das máquinas e como a fazer reverter a nosso favor.

Caro José Miguel, não é o tópico, é a "AI" que tem tido "um desenvolvimento e tanto"...

Deixo aqui alguns  títulos extraídos do NYTimes dos últimos dias:
Noam Chomsky: The False Promise of ChatGPT - https://www.nytimes.com/2023/03/08/opinion/noam-chomsky-chatgpt-ai.html
A.I. Is Being Built by People Who Think It Might Destroy Us - https://www.nytimes.com/2023/03/27/opinion/ai-chatgpt-chatbots.html
Can a Machine Know That We Know What It Knows? - https://www.nytimes.com/2023/03/27/science/ai-machine-learning-chatbots.html
A.I. Can’t Write My Cat Story Because It Hasn’t Felt What I Feel - https://www.nytimes.com/2023/03/26/opinion/ai-art-fiction.html

Imenso se tem escrito. O texto do Bill Gates que apontei umas mensagens atrás foi escrito por um "optimista tecnológico" mas também se encontram alguns com origem nos "pessimistas tecnológicos". Estamos perante um "admirável mundo novo" - falta saber (apenas o tempo o dirá porque não andarei por este planeta na altura para dizer o que quer que seja...) se esse admirável mundo novo será assim tão admirável ou mesmo tão novo. Vinte anos, talvez trinta anos e, quem andar por cá, antes de sair de casa dirá (isto para além de "apaga as luzes", "desliga o forno", "dá de comer ao gato às 14h30" e "explica ao meu gestor de conta porque preciso do empréstimo") "onde vou trabalhar?" e "o que vou fazer hoje?"...
E estas ordens ou questões não serão dirigidas a uma dedicada e disponível dona de casa mas sim a uma qualquer "Alexa" ou "Siri" com a forma de robot humanoide.
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyTer Mar 28 2023, 21:00

Resta uma questão de enorme importância: continuámos a falar de máquinas quando já não se trata de máquinas (máquina: um aparelho ou instrumento constituído por peças móveis) apenas conjuntos de "chips" que reproduzem, de forma ainda que aproximada, a estrutura do cérebro humano. Não será por acaso o uso do termo "neural processor"...
E este é apenas o começo!
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 29 2023, 11:24

agorgal escreveu:

(...) Estamos perante um "admirável mundo novo" - falta saber (apenas o tempo o dirá porque não andarei por este planeta na altura para dizer o que quer que seja...) se esse admirável mundo novo será assim tão admirável ou mesmo tão novo. Vinte anos, talvez trinta anos e, quem andar por cá, antes de sair de casa dirá (isto para além de "apaga as luzes", "desliga o forno", "dá de comer ao gato às 14h30" e "explica ao meu gestor de conta porque preciso do empréstimo") "onde vou trabalhar?" e "o que vou fazer hoje?"...
E estas ordens ou questões não serão dirigidas a uma dedicada e disponível dona de casa mas sim a uma qualquer "Alexa" ou "Siri" com a forma de robot humanoide.

Eu não sou grande fã de literatura de ficção científica, tenho um amigo que é. Ele partilhava os melhores livros que conhecia, eu ia para os alfarrabistas do Porto procurar e lia o que encontrava. Ao fim de alguns livros percebi que as narrativas se aproximavam muito umas das outras, os problemas de base e até as descrições eram semelhantes (uns melhor escritos do que outros, pois claro). Cheguei a participar de um trabalho sobre este tipo de escrita realizada por cá, ainda me lembro de O Quarto Planeta de João Aniceto...

Não sei se gostará, mas deixo um álbum que vai ao encontro desta conversa:
https://ayreon.bandcamp.com/album/01011001
O álbum Human Equation também vale a pena, caso goste deste estilo de "ópera" rock.
https://ayreon.bandcamp.com/album/the-human-equation

Fiz este desvio para poder voltar ao tema central, o estado em que está a nossa querida AI. Não sou um pessimista tecnológico, ainda que por vezes tenha uma inclinação pessimista quendo se fala Homem e do seu desenvolvimento ao lado das suas criações. A AI tal como a temos não me parece estar num estado de desenvolvimento que se aproxime do que somos, por mais que agora se consiga tentar conversar ou pedir criações às máquinas. Vejo este desenvolvimento como mais um grande passo rumo à nossa dependência das máquinas e do seu trabalho em e para nós. Chips instalados no nosso cérebro poderão ser uma ajuda para se ultrapassarem problemas de saúde, mas estaremos ligados a máquinas externas controladas por outros - já temos problemas éticos para uma bela conversa.

Um outro problema que noto crescer e que me parece balizar esta conversa é: até onde controlamos ou somos controlados pelos algoritmos de pesquisa?

É notório que o filtro das pesquisas está cada vez mais para lá da ponta dos nossos dedos, um dia fomos "vítimas" da escassez de recursos, o papel e a impressão ajudaram muito, mas cada um de nós só acedia ao que tinha na frente. Hoje temos informação quase ilimitada a curta distância, mas parece que saltamos de bolha em bolha temática como se nada mais existisse à nossa volta. O alarido com a AI parece preocupar muitos, mas na realidade são poucos a pensar problemas que dela poderão surgir.

Ontem fui à minha terrinha de origem e as greves que ocupam vários países, os preços dos alimentos, as medidas do Governo Português, eram os temas das conversas no café - ao lado dos meus pais fiquei atento, ouvi sem quase falar. Para eles a bolha temática é a da televisão, quase que aposto que um chatbot qualquer colocaria as conversas pela mesma ordem de importância em caso de pergunta (eles vão buscar por relevância).

Em conversa com amigos brincamos com estas coisas, uns mais pessimistas do que eu, outros nem por isso... Como partilhamos o gosto por Metal lá nos rimos a ler isto:
https://whiplash.net/materias/news_709/350007-chatgpt.html

O chatbot é muito fraquinho e revela bem as suas limitações. Estamos perante uma lista de ilustres, lá está, relevância estatística.

Sabe Agorgal, isto sim preocupa-me... como disse em cima, o poder dos algoritmos perante a sociedade em movimento - controlamos ou somos controlados?
A Luciana, mais fria nestes assuntos, já me diz: olha lá o que escreveste, foi sempre assim... ela tem razão, sempre tivemos as nossas limitações e fomos sendo guiados enquanto sociedade, de melhor ou pior maneira.

Fernando Salvado gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 29 2023, 21:06

José Miguel escreveu:


(...)
...o estado em que está a nossa querida AI. Não sou um pessimista tecnológico, ainda que por vezes tenha uma inclinação pessimista quendo se fala Homem e do seu desenvolvimento ao lado das suas criações. A AI tal como a temos não me parece estar num estado de desenvolvimento que se aproxime do que somos, por mais que agora se consiga tentar conversar ou pedir criações às máquinas. Vejo este desenvolvimento como mais um grande passo rumo à nossa dependência das máquinas e do seu trabalho em e para nós. Chips instalados no nosso cérebro poderão ser uma ajuda para se ultrapassarem problemas de saúde, mas estaremos ligados a máquinas externas controladas por outros - já temos problemas éticos para uma bela conversa.
(...)

(...)

O chatbot é muito fraquinho e revela bem as suas limitações. Estamos perante uma lista de ilustres, lá está, relevância estatística.

Sabe Agorgal, isto sim preocupa-me... como disse em cima, o poder dos algoritmos perante a sociedade em movimento - controlamos ou somos controlados?
A Luciana, mais fria nestes assuntos, já me diz: olha lá o que escreveste, foi sempre assim... ela tem razão, sempre tivemos as nossas limitações e fomos sendo guiados enquanto sociedade, de melhor ou pior maneira.
Caro José Miguel

Há duas "leis" que eu não deixo de pensar em "aplicar" a esta coisa da AI:

A Lei de Moore:
Duplica o número de transistores num chip a cada dois anos e a metade do preço...
A Lei de Murphy:
Qualquer coisa que pode correr mal vai correr mal...
(isto simplificando para ambas!)
Por agora é tudo um pouco fraquinho, é certo. Mas estamos na infância da coisa, apenas meia dúzia de meses de prática que teoria já existe há alguns (poucos) anos.

Há uns trinta e cinco anos atrás eu "brincava" numa consola de perfuração de cartões IBM. Escrevia pequenas estórias que a máquina traduzia numa linguagem de pequenos buracos neste tipo de cartões (foto recolhida da net):
Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Ibmcar10
Trinta e cinco anos não é assim tanto tempo, apenas geração e meia, mais ou menos...
Como estamos hoje?
A "anos-luz" desses tempos!
A primeira animação que vi num computador pessoal, já lá vão (ou só lá vão) trinta anos, um quadradinho de 150x150 pixels, tanto quanto me lembro... apenas uma geração mais uns trocados!
Como estamos hoje?
A "anos-luz" desses tempos!

Assim, a minha geração não verá grandes avanços... mas as posteriores à minha presenciarão grandes coisas nesta área. Terão pela frente esse "admirável mundo novo". Tenho esperança que se vá cumprindo a Lei de Moore e que a Lei de Murphy, neste caso, se demonstre completamente errada. Para bem de todos nós, dos que cá estão e dos que virão, para bem da Humanidade...

Já não sei onde li mas li que a ficção científica não é nada mais e nada menos do que antecipar (ou adivinhar, consoante o ponto de vista) o futuro!

masa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 29 2023, 21:39

Não, não pretende ser proselitismo do universo "Apple" mas apenas um complemento ao que escrevi no "post" anterior:



Orwell escreveu em 1949 o livro "Nineteen Eighty-Four". O nosso mundo, governado por algoritmos, cada vez mais se parece com o "Big Brother", o original, não os simulacros da tv popularucha.

We shall prevail
We, the Humanity.
I hope so!
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9401
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 42
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptyQua Mar 29 2023, 23:02

agorgal escreveu:

(...)
Já não sei onde li mas li que a ficção científica não é nada mais e nada menos do que antecipar (ou adivinhar, consoante o ponto de vista) o futuro!

Ao ler as suas mensagens fico com a ideia que não estaremos longe no que toca às preocupações, contudo estamos em pontos distintos a olhar para elas.

Já aqui contei que na última década ultrapassamos em muito as definições do que pensamos como globalização ou novas tecnologias. Os nossos telemóveis em dez anos transformaram-se de uma forma inacreditável e a sociedade mudou muito com o que eles nos possibilitam...

É por este prisma que vou observando os potenciais problemas disto a que chamamos AI, os saltos têm revelado mudanças que dificilmente se previam... pensar que as redes sociais nasceram para o "engate" bom (mais ou menos), hoje mobilizam as pessoas por tudo e por nada - seja para aderir a uma preocupação social ou para aderir a um novo produto cosmético.

Brinco muitas vezes com os jovens que se querem afirmar como "diferentes" ou exemplo, olho para toda a sala e vejo vinte pares de sapatilhas iguais... as palavras recebem novos significados e referências! O mesmo modelo de sapatilha com uma cor diferente no símbolo já não presta.

A evolução tecnológica conduzirá ao facilitismo e, por isso mesmo, a faltas de intervenção racional, cívica, política, etc.?
Olho para França ou para Israel e acredito que os povos continuarão com a sua base cultural por muitos mais anos, as diferenças serão mantidas e uns cairão mais do que outros, tal como sempre aconteceu. A maioria ditará o mais visível, o observável, espero que não seja o pior que podemos imaginar.

Voltando aos livros de ficção científica: a nossa imaginação tem as suas limitações (conhecimento), não creio que os exercícios de escrita adivinhem o futuro, contudo acredito que os melhores souberam ler o que se estava a desenvolver e projectaram o mais distante possível (há textos de estudo em Cosmologia com vários séculos a apontar seres de puro pensamento/razão em outros planetas... como nós aspiramos ser).

Não sei se vamos ter um robot em casa a tratar das nossas coisas, mas estou certo que teremos uma dependência cada vez maior disto que nos liga e que neste momento nos permite trocar mensagens. Existam trocas de mensagens capazes de nos fazer alargar horizontes e fugir ao "olho do furacão".
Ir para o topo Ir para baixo
agorgal
Membro AAP
agorgal


Mensagens : 1347
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? EmptySáb Abr 01 2023, 11:30

José Miguel escreveu:


(...)

Não sei se vamos ter um robot em casa a tratar das nossas coisas, mas estou certo que teremos uma dependência cada vez maior disto que nos liga e que neste momento nos permite trocar mensagens. Existam trocas de mensagens capazes de nos fazer alargar horizontes e fugir ao "olho do furacão".

Pode crer, José Miguel, que daqui por uns anos ter robots em casa a tratar das tarefas mais "chatas" será tão banal quanto ter um cão ou um gato.
Quanto à tecnologia que nos permite trocar mensagens e a dependência destas:
Sou do tempo (felizmente que já lá vai!) em que as notícias de última hora eram afixadas à porta dos edifícios onde eram produzidos os jornais. Como morava (e ainda moro, exatamente na mesma casa) a 200 metros da "Fleet Street" cá da cidade, era normal descer à Avenida para me informar das últimas... Um pouco mais tarde surgiu o "jornal luminoso", inicialmente no telhado do Palácio das Cardosas (hoje Hotel Intercontinental) e depois no edifício do Jornal de Notícias, hoje Caixa Geral de Depósitos. Esta última tecnologia, revolucionária à época, permitia uma razoável quantidade de notícias que corriam numa única linha, muito à maneira dos rodapés dos noticiários de hoje em qualquer estação tv. Estávamos no fim dos sessenta e princípios dos setenta. Nos dias de hoje o meu telemóvel faz "blip" sempre que recebe uma notícia de última hora (o vocabulário continua exactamente o mesmo) venha ela de onde vier que o mundo, sendo enorme, tornou-se ridiculamente pequeno.

Um pouco mais tarde, final de oitenta, nos escritórios da agência de notícias "Lusa", também aqui ao lado na altura, assistia à recepção de imagens vindas, lentamente, de todo o mundo via telefax (com uma qualidade péssima se observadas à luz das tecnologias de hoje).

Já neste século XXI (maravilhoso século XXI), estava Angola a recuperar das feridas da guerra civil (circa 2007), encontrava-me "abandonado" na pista do Aeroporto de Luanda. Esperava um voo para a cidade do Huambo a bordo de um Ilyushine IL76, pilotos russos um pouco excessivos no consumo de vodka, que nunca mais acontecia. Aproveitei para fotografar uma perspectiva única do aeroporto e, sacando do computador portátil, de um telemóvel com modem incorporado e um cabo de ligação à câmara, enviei as imagens para as amizades nacionais via mail (quase que ia preso por espionagem nesta aventura - a segurança do aeroporto não gostou mesmo nada da minha brincadeira - a sorte é que, percebendo o acto de fotografar, não se apercebeu que as fotografias já circulavam em Portugal!).
Que salto em relação ao telefax de 20 anos antes.... Hoje já não preciso de tal parafernália, apenas do telemóvel.
Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Il-7610

Daqui por uns anos, não imagino quantos mas não serão muitos, um chip implantado no cérebro de um indivíduo receberá chamadas telefónicas e, no que a esta estória diz respeito, enviará a informação recolhida pelos olhos, em tempo real, para um qualquer canto do mundo.
A A.I. determinará qual o melhor almoço tendo em consideração a tensão arterial e o nível de colesterol... e a polícia saberá, com alguns minutos de antecipação, que este indivíduo, num "crash" cerebral, vai avançar com um plano tenebroso de assassínios em massa!


Isto não tem nenhum conteúdo que se possa classificar de ficção científica. Apenas o retrato dos últimos 60 anos e dos próximos quarenta.
Que o desenvolvimento tecnológico não seja preocupação eu concordo. A gazela não vive preocupada porque pode ser comida pelo leão, simplesmente vive. Quando chegar a altura de fugir do leão, vai fazer o possível e impossível para se afastar das suas mandíbulas. Mas, enquanto isto não acontece vive... e vive feliz desde que tenha pastagem (penso eu!).

Fernando Salvado gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado





Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty
MensagemAssunto: Re: Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?   Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente? Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 
Será a Inteligência Artificial (AI) inteligente?
Ir para o topo 
Página 1 de 1
 Tópicos semelhantes
-
» Inteligência Artificial
» Será que a qualidade de som no estúdio parou algures nos 80's ou valerá a pena evoluir?
» Será?
» Será o fim?
» Que será isto

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
Áudio Analógico de Portugal :: Off Topic-
Ir para: