Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistarEntrar
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)

Ir para baixo 
5 participantes
AutorMensagem
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 18 2022, 13:33

A jornada do Paulo com a série Arno inspirou-me a escrever uma pequena memória do que se passa nas caves da Cinnamon, não tenho jeito para fazer caixinha.

Gosto de fazer colunas, quero aprender mais e fazer mais. As Cassia surgiram da minha necessidade e a sua projecção na parede da caverna delimitou uma forma agradável para um produto, que lançou a Cinnamon. A electro acústica fascina-me, é a minha praia. No final deste ano deverá surgir a irmã mais nova das Cassia, um desafio interessante.

Com tudo isto surge a obrigatoriedade de ter um caminho digital para o meu sistema que possa acompanhar o desenvolvimento e levar as colunas e amplificação ao limite. Procurei e inventariei a oferta do mercado em servidores, streamers e DACs com afinco e saí frustrado: claro que o que quero começa num patamar de valores aos quais não tenho acesso. A oferta à qual posso demonstrar interesse tornou-se rápidamente também um exercício de desespero. Ou com demasiados compromissos funcionais ou com designs irrelevantes na melhor das hipóteses, ofensivos na pior.

Entro imediatamente no meu modo por defeito: não há, fazes tu. Um protótipozinho, só para ti, enche as medidas e continuas caminho. Procurei, liguei, arranjei componentes e planos, sabia exactemente por onde começar: actualizar o meu streamer, depois o meu DAC. Passa o extase da ideia inicial e surge a primeira ideia madura: sabes o que queres, queres porque não há. Tens uma coisa que outras pessoas podem querer. Tens a semente de um aparelho que pode ser um produto.

Requisitos do streamer:
- técnicamente irrepreensível
- flexível e não encaixotar o utilizador em tretas proprietárias
- não parecer um streamer

As duas primeiras são 'simples'. Sabia faz algum tempo o chipset que queria usar, o tipo de funcionalidade e sabia a performance que ia tirar disso, sabia com quem falar para me customizar as placas em que me queria basear e o que pedir. Rapidamente falei com o meste JP que com toda a graciosidade do mundo me ensinou sobre fontes de alimentação e com toda a graciosidade do universo me desenhou e montou uma para a Cinnamon.

A parte complicada é fazer isto não se parecer com um streamer ou um brinquedo mas sim com uma coisa com toda a dignidade que se exige de um componente de hifi Smile

Mais na parte 2.

TD124, tomaz, mannitheear, Fernando Salvado e neo_2018 gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 18 2022, 14:21

Isto começa a mexer  Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 754215
Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 18 2022, 14:56

Há poucas coisas que me desconcertem mais do que ver computadores mal disfarçados a ocupar lugar num sistema de hifi. É uma panca, nada mais, mas posso justificar-me o melhor que consigo. Não gosto das caixas fininhas em metal quinado, com uma frente cuja única inspiração é a necessidade de camulflar a caixa de PC adaptada, as conecções nas traseiras ainda com as portas ínuteis das motherboards a mostrar. É uma reação primária à perguiça e falta de empenho. E quase respeito Smile

Percorro as minhas referências, tenho umas ideias, mostro a confidants e... não recebo o feedback desejado. Para além disso, há uma sensação de claustrofobia que se desenvolve quanto ao design: sinto que estou a explorar os limites da minha capacidade aqui. Que estou a deixar desmasiadas coisas na mesa e a vedar caminhos futuros. Parece exagerado, mas aprendi a confiar nesta sensação quando surge.

Volto às minhas referências e noto uma coisa interessante: é claro quando isto foi desenhado pelo próprio ou quando passou por um processo de design rigoroso e regrado, por mãos que sentem de modo diferente. Segunda ideia madura: "deixa-te de tretas Ricardo, sozinho não vais a lado algum e precisas de ajuda a perceber sequer o que queres". Umas poucas conversas depois, chego a uma proposta que me agrada a todos os níveis: uma amiga de infância, agora afastada (pelo espaço e tempo) está a montar o seu estúdio de design com o companheiro. Arquitectura, design industrial e gráfico, têm B&O dos 80s na sala, idolatram o altar do Dieter e não percebem nada mais de HiFi. O que mais há a pedir?

Briefings, conversas, esquemas e muitas horas a bater contra o ar.

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Path10

O processo foi muito gratificante: duas pessoas a transbordar de curiosidade e criatividade, uma visão do mundo muito própria e não contaminadas com as vicissitudes de ter que fazer coisas como HiFi, a debater comigo sobre tudo e a empurrar para trás em tudo onde se podia agarrar. O desafio de criar uma linguagem de design que dê corpo à minha missão para a Cinnamon foi acolhido por todos e trilhámos muito espaço ao longo dos meses.
A sua inabalável certeza de que tudo pode ser escultural e funcional ao mesmo tempo era precisamente do que eu precisava. De que tudo pode ser máximo sendo simultaneamente mínimo. A minha convicção de que materiais e processos pesados, ancestrais podiam ser combinados nessa visão e encontrar o lugar de uma peça de destaque numa sala bem recheada. Junto deu lugar ao que esperamos ser uma peça singular, diferente mas ao mesmo tempo reconhecível e que deve a sua leveza ao seu peso.

Mais na parte 3!

TD124 e tomaz gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 18 2022, 15:50

ricardo.canelas escreveu:
Há poucas coisas que me desconcertem mais do que ver computadores mal disfarçados a ocupar lugar num sistema de hifi...
...
A sua inabalável certeza de que tudo pode ser escultural e funcional ao mesmo tempo era precisamente do que eu precisava. De que tudo pode ser máximo sendo simultaneamente mínimo. A minha convicção de que materiais e processos pesados, ancestrais podiam ser combinados nessa visão e encontrar o lugar de uma peça de destaque numa sala bem recheada. Junto deu lugar ao que esperamos ser uma peça singular, diferente mas ao mesmo tempo reconhecível e que deve a sua leveza ao seu peso...

Gostei desta fase de tensão e resolução... é do GY!BE em palavras, bem escritas ainda por cima! Confesso que sou uma pessoa com uma relação muito especial com o design... gosto que ele exista sém que seja visivel da mesma maneira que prefiro a sugestão à afirmação! Penso que pouco a pouco começas a dar uma resposta à questão deixada em suspensão no topico das Cassia; O que é o High End? Estou curioso de seguir esta nova epopeia Wink
Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 18 2022, 22:24

Porquê Galle? Galle é um porto no Sri Lanka onde a canela era carregada nos barcos e levada para os outros cantos do mundo. O paralelo pareceu-me demasiado bom para lhe resistir, para além da beleza do nome.

Paralelamente ao design, que muito ia entusiasmando, ia refinando e experimentando com o lado técnico. Nunca tinha pedido transformadores à medida, muito menos envolvidos em mu-metal e mergulhados em epoxi. Medido e optimizado fontes de alimentação para garantir bom comportamento térmico numa caixa fechada. etc...

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Path210

O streamer em si é na verdade um transporte (partindo de Galle se chega a todo o lado...), pensado para ser o quebra ruido entre o servidor de música (o PC, servidor de rack, um Roon Nucleus, o que for que usam para armazenar/escolher/stream os fiheiros), ao mesmo tempo que permite fazer algumas das funções do mesmo. Podemos ler e gerir a biblioteca de armazenamento local (pen, disco usb), rádio online, ler de um NAS, fazer stream de spotify, tidal, Qobuz, Dropbox e serve de endpoint para Roon também. É só ligar o cabo de rede e estamos a correr. Para além de por defeito passar música bit-perfect, pode também fazer operações sobre a mesma para quem precisar. Disponível estão equalização (gráfica e paramétrica), resampling e upsampling e DSP com mais taps do que é preciso para tudo o que ouver. Tudo isto servido por uma versão custom do Moode pela Cinnamon, que corre belamente no processador ARM. A saída USB tem um BUS próprio, as saídas SPDIF e I2S são isoladas galvanicamente. As conexões todas Neutrik e isoladas.

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 20220710

TD124 e tomaz gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 18 2022, 23:09

Os requisitos para o design sempre contemplaram algumas linhas mestras, principalmente o resultar numa linguagem, isto é, um desenho com elementos de geometria, materialidades ou conceitos fortes que sejam transponíveis para outros produtos, de modo a criar uma linhagem, várias coisas que façam sentido tanto separadas como juntas.

Enquanto mexíamos a panela do design, como não tinha já suficiente no prato, decidi por a escalabilidade do que saía da colaboração com os designers a teste: então e se fizer o DAC também já? Lançar as duas coisas em conjunto seria muito mais interessante e desafiante.

Requisitos do DAC:
- não baseado num chip de prateleira, para isso compro mais um smsl
- flexível e não encaixotar o utilizador em tretas proprietárias Smile
- não parecer um dac Smile
- suporte para altas taxas de amostragem e profundidade de palavra
- entradas usb e coax
- saidas single ended e balanceado
- 'modular' - mais sobre isto a seu tempo

Já tinha feito pequenos dacs, brincadeira de 1 e 5 bits, não para áudio. Lembrei-me de trazer mais uma cabeça para o jogo, naquela que é provavelmente a terceira ideia madura desta pequena saga: um colega dos tempos de IST, com quem tinha perdido contacto. Lembro-me no entanto da sua tese de mestrado na construção de DACs para áudio de alta performance...

O resto escreveu-se mais rápido do que pensei possível: selecionámos a topologia, arranjámos fornecedor, recebemos amostras, programámos e testámos os filtros de entrada e saída, e pow, soube quando estava certo. Simplesmente dava para ouvir. Quando estamos a usar uns binóculos, temos que focar. Um pouco para a frente. Mais um pouco. Demasiado, um pouco atrás. Quase. Perfeito. Conseguimos ver tudo em foco e sabemos como era quando não estava focado. A experiência foi semelhante, um pouco mais laboriosa.

Para os mais inclinados, o DAC é dual mono, completamente diferencial, com uma FPGA encarregue do recklocing e alimentação da escadaria. São quatro escadas de resistências com 0.01% de tolerância a peneirar 28 bits. As entradas de sinal são isoladas galvanicamente. Há tres fontes de alimentação independentes. etc etc. Os filtros (entrada+saída) completamente desenhados pela Cinnamon, resultam num comportamento quasi-NOS. Representam, tanto quanto sei, o melhor compromisso entre a beleza do NOS e fazer aquilo que é suposto, que é fazer a vénia ao mestre Niquist. Conseguem ao mesmo tempo não ter ringing (efectivamente), não deformar o impulso de resposta e não produzir quantidades copiosas de ruído ultrasónico. Uma parte interessante do DAC é a saída: directa da conversão na escada. Não há amplificação no andar de saída, não há exactamente um andar de saída. Não há opamps ou outros entre o sinal à saída do dac e o amplificador.

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 20220610

E assim habemus Cinnamon Galle Transport e Cinnamon Galle DAC.

Continua na próxima parte, já perdi a conta.

TD124, tomaz, rjbv17 e neo_2018 gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
Goansipife
Membro AAP
Goansipife


Mensagens : 3790
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 63
Localização : Freiria - Torres Vedras

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyTer Jul 19 2022, 08:14

Olá Ricardo,

Antes demais muitos parabéns pelo projeto, que me contenta que o tenhas levado a cabo, depois das nossas conversas.

Não sei se existe, ou não, algo igual ou semelhante no mercado. Não é isso eu me interessa!

O que me interessa é tudo aquilo que escreveste até agora. Não um produto diferente, mas sim um produto distinto, o que não é, de todo, a mesma coisa.

Como se diz no campo das arte performativas… Muita m*&da, ou Break a leg
cheers

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyTer Jul 19 2022, 10:05

TD124 escreveu:
Penso que pouco a pouco começas a dar uma resposta à questão deixada em suspensão no topico das Cassia; O que é o High End? Estou curioso de seguir esta nova epopeia Wink

Espero que vá ficando claro (até para mim) o que é esta coisa do high-end para a Cinnamon aqui nestes posts nos próximos dias.

Neste momento, antes de ir revelando o desenho, a construção e mais detalhes, posso afirmar que para mim, mais do que tudo, high-end é a resolução entre a minha necessidade (que pode ser mais do que estritamente funcional, e tão extrema quanto a sentir e minha e só minha) e o meu desejo (mediado por tudo o que sabemos criar estas sensações), liberto de tudo o resto que puder. Isto lê muito abstrato e bacoco, mas escolhi bem as palavras. A minha necessidade enrolada pelo meu desejo, durante uma décima de segundo que se lixe o resto do mundo. Se isto entrar em ressonância com alguém, fico feliz por poder proporcionar esse momento de high-end.
Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyTer Jul 19 2022, 10:10

ricardo.canelas escreveu:
... Os filtros (entrada+saída) completamente desenhados pela Cinnamon, resultam num comportamento quasi-NOS...

È sabido que o audio é um reino repleto de igrejas e religiões... não sou um especialista do digital mas sempre pensei que este não seria diferente do analogico ao nivel dos deuses, pareçe-me ser o caso. Quando falo com colegas ou leio sobre a conversão digital para analogico apareçem sobretudo duas topologias em concurrência, a R2R (escada) associada aos chips NOS da Philips e mais recentemente à DCS e TotalDac e os DS (Delta Sigma) que representam a maioria, ou a totalidade dos chips monoliticos modernos. Evidentemente isto é o alfa e o omega e não posso deixar de pensar à eterna lenga lenga entre vàlvula ou o transistor. Para uns sò um Dac R2R sém filtragem pode ser açeite em audio e ofereçe o som analogico... para outros, sò o DS bem implementado faz a vénia ao mestre Niquist, utilisando a tua expressão Wink

Voçês fizeram a vossa escolha pelo que vejo e adicionaram a filtragem, suponho que experimentaram também sém filtros no espirito dos Dac's NOS que estão na moda. Podes explicar as razões dessa vossa escolha assim que as diferenças sonoras (ou de medida) ressentidas com e sém filtragem?...

cheers

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyTer Jul 19 2022, 11:06

TD124 escreveu:

È sabido que o audio é um reino repleto de igrejas e religiões...

Voçês fizeram a vossa escolha pelo que vejo e adicionaram a filtragem, suponho que experimentaram também sém filtros no espirito dos Dac's NOS que estão na moda. Podes explicar as razões dessa vossa escolha assim que as diferenças sonoras (ou de medida) ressentidas com e sém filtragem?...

Boa pergunta. Vou no entanto ser um pouco elusivo, se me permites Very Happy É um mecanismo de defesa perante a tua primeira constatação, que entendo e sobre o qual tenho (temos) que me (nos) equilibrar.

Existem milhentos argumentos para ser feitos, que misturam a técnica com a experiência auditiva. Posso argumentar de um lado ou de outro com facilidade.
Por um lado, é óbvio que temos que filtrar a descodificar, é a imagem espelhada do que foi feito pelo ADC quando foi codificado, já lá está, não o fazer é errado. É como tentar abrir uma porta sem a chave certa. E por aí a fora.
Por outro é também notório que não filtrar (mesmo NOS tem um filtro implícito, mas assumamos que não há filtro...) resulta em comportamentos interessantes e a maioria do problema está fora da nossa gama auditiva, logo não interessa. E por aí fora.

A parte importante disto é que todos estejam cientes do seguinte, qualquer escolha é um compromisso. Não há escolhas perfeitas, mas sim um contínuo de vales e montanhas, e toda a gente aponta para o topo da montanha que vê à frente, esperando que seja o everest e não o kilimanjaro.

No final do dia, depois de argumentar trás para a frente, cima para baixo, e repetir os últimos 30 anos de drama, tivémos a capacidade de experimentar algo um pouco diferente, proporcionado pela arquitectura que rodeia a escada deste dac (naquilo que é a verdaeira beleza do r2r, és livre de implementar o que queres como queres, não estás preso aos cordeis de um fabricante de chips). Não é NOS (no verdadeiro e estrito significado, há um filtro FIR de entrada) mas o filtro resultante dessa entrada mais o de saída tem uma resposta que é típica de NOS onde interessa, de OS onde dá jeito.

O resultado é... injusto de descrever. Tenho muita vontade de o ouvir em outros sistemas, com outras colunas e amplificadores. Aqui em casa, estávamos a mudar os filtros de modo cego e conseguimos sempre acertar qual era o nosso, ao longo de vários dias, porque a janela para a música parece consistentemente mais transparente.

TD124 gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyTer Jul 19 2022, 11:44

ricardo.canelas escreveu:
...Aqui em casa, estávamos a mudar os filtros de modo cego e conseguimos sempre acertar qual era o nosso, ao longo de vários dias, porque a janela para a música parece consistentemente mais transparente.

Visto pelo ângulo de uma das minhas religiões... essa frase por si sò serve-me perfeitamente como resposta Laughing

2cclzes

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyTer Jul 19 2022, 13:02

ricardo.canelas escreveu:
... Uma parte interessante do DAC é a saída: directa da conversão na escada. Não há amplificação no andar de saída, não há exactamente um andar de saída. Não há opamps ou outros entre o sinal à saída do dac e o amplificador...

Para continuar a dar corda à conversa, e a te obrigar a escrever, confesso que é a parte do Dac que me pareçe arriscada e aonde podes (podém) te encontrar numa posição de equilibrista. Existém dois pontos aonde a impedância pode jogar um papel importante na saida desse Dac: (1) Entre o FPGA e a escadaria... e (2) entre a saida do Dac e a entrada do Pré ou do Integrado. No segundo caso com material a vàlvulas o problema està resolvido em principio, com transistores depende... mas no primeiro caso scratch

È sò para dar conversa Laughing Laughing Laughing Cool

rjbv17 gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9186
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyTer Jul 19 2022, 22:30

É um gosto e um gozo poder assistir ao desenvolvimento de uma marca e produtos de forma tão próxima.

Não sei se o Ricardo pensou em algo como o "travel & listen", não necessariamente como o plano aqui ao lado, mas alguma apresentação pública (restrita).

Os princípios da Cinnamon estão a ganhar força, o desenvolvimento dos vários produtos permitirão circunscrever o melhor raio de acção. Wink

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyQua Jul 20 2022, 10:10

TD124 escreveu:


(2) entre a saida do Dac e a entrada do Pré ou do Integrado

A impedância de saída é de 1250 Ohm/~2.5V em balanceado, metade disso em single ended. Claro que uma entrada de um pré com muito baixa impedância vai baixar a voltagem, mas não conheço nenhum que levante problemas. Claro que o normal é ter uma ordem de magnitude menos Zout.

TD124 escreveu:


No segundo caso com material a vàlvulas o problema està resolvido em principio, com transistores depende... mas no primeiro caso scratch

È sò para dar conversa Laughing Laughing Laughing Cool

Conversa aceite! A ideia da 'modularidade' do DAC prende-se precisamente com isto: ao ser viável sem andar de saída, posso desenhar andares de saída com caracteristícas diferentes, que podem simplesmente ser adicionadas à posteriori. No limite posso dar a opção ao ouvinte de transformar o seu som, ou adaptar a uma qualquer particularidade do seu sistema... É algo que me excita e assusta simultaneamente Very Happy

TD124 gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyQua Jul 20 2022, 13:22

ricardo.canelas escreveu:
... posso afirmar que para mim, mais do que tudo, high-end é a resolução entre a minha necessidade (que pode ser mais do que estritamente funcional, e tão extrema quanto a sentir e minha e só minha) e o meu desejo (mediado por tudo o que sabemos criar estas sensações), liberto de tudo o resto que puder. Isto lê muito abstrato e bacoco, mas escolhi bem as palavras. A minha necessidade enrolada pelo meu desejo, durante uma décima de segundo que se lixe o resto do mundo. Se isto entrar em ressonância com alguém, fico feliz por poder proporcionar esse momento de high-end.

Tinha deixado para mais tarde esta intervenção que me pareçe mostrar uma façeta deveras interessante da Cinnamon audio, ou tua para resumir. Tu assumes e carregas nas tuas costas os conçeitos e objectivos da tua marca, ela confunde-se contigo... é ousado e intenso e acho mesmo extremamente refrescante. Tu falas raramente de mercado e deixas uma imagem de liberdade criativa que não se prende ném com as tendências ném se dobra às linhas directivas comerciais. Essa independência intelectual pode limitar, ou aumentar, o numero de pessoas capazes de entrar em ressonância contigo (Cinnamon) criando um obstaculo inesperado entre o desejo e o fantasma do consumidor. Pessoalmente, e tendo uma maneira complétamente diferente de conduzir a minha marca, acho que a tua atitude tém "a maneira" e é suficientemente rara para que eu sinta a vontade de o sinalar, Bravo!  cheers

ricardo.canelas escreveu:
... A ideia da 'modularidade' do DAC prende-se precisamente com isto: ao ser viável sem andar de saída, posso desenhar andares de saída com caracteristícas diferentes, que podem simplesmente ser adicionadas à posteriori. No limite posso dar a opção ao ouvinte de transformar o seu som, ou adaptar a uma qualquer particularidade do seu sistema... É algo que me excita e assusta simultaneamente Very Happy

No seguimento do que disse antes considero que esta resposta (ainda) confirma mais o que eu disse atràs... mesmo se introduzes a ideia que a tua audàcia acaba por te assustar. Compreendo o problema e sei que hoje estàs em frente dessa realidade, que é bom de partilhar com os outros. Ver o horizonte maritimo cortado por eolicas pode ser assustador, ver o mar cheio de eolicas como em Rødsand pode ser assustadormente belo... sempre o problema da quantidade, dos extrêmos. Roçar os limites é excitante, ultrapassar os limites é assustador... eis a impenetràvel complexidade da criação no audio, escolher ou deixar escolher! cherry

Não te vou largar o colarinho dvil

ricardo.canelas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyQui Jul 21 2022, 15:16

Sem querer revelar ainda o design final, posso partilhar aromas.

Como disse, não gosto quando material de HiFi se confunde, se deixa confundir (ou é) um banal exercício em electrónica e digital. Acho que perde uma capa de dignidade e intemporalidade que lhe assenta bem. Quando falamos de equipamento particularmente caro... A minha pressão arterial sobe ainda mais. Um amplificador de 150Kg, enorme, imponente. Sabem o que falta? Um rídiculo ecrã tft de 5x5cm na frente, com indicações e botões e menus, digno de um telemóvel de 2005. Isto sim, eleva a proposta. No mercado dos componentes digitais então, chego a sentir repulsa pelo design de algumas coisas. Como isto para mim é um exercício em necessidade e desejo, não posso deixar de tentar abordar o tema.

Os designers com que me emparelhei perceberam completamente a missão, como apaixonados por escultura moderna e contemporânea que são. Partimos então para a descoberta de materialidades e processos capazes de cumprir a função básica (acomodar os componentes) e apresentar-se como uma proposta anti-obsolescencia. Na verdade sempre quis mais, adoro quando os objectos têm uma vida própria, um tempo próprio. Uma qualquer estátua numa praça em bronze é um exemplo disso, nos seus ciclos de envelhecimento e renovação, nunca perde a sua função e desempenha-a com uma inabalável gravidade.

Algo importante para mim é também o respeito pelo conceito de sustentabilidade, no seu sentido mais largo. Produção local, trabalho local, material reciclável (quiçá já até reciclado) com pouca ou nenhuma perda.

Tudo isto junto resultou num vector demasiado definido para ignorar. Encontrámos uma pequena metalúrgica a 20 min da Cinnamon, familiar, com muito orgulho no que faz e com uma mensagem pouco comum no seu pequeno site: "Desafie-nos". Como assim?

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 20220110
Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 20220111
Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 20220713


Não houve dúvidas e conversas depois da primeira visita ao espaço do Sr. Óscar. Ao nos afastarmos do calor da gigante forja sabíamos exactamente o caminho a correr, sabiamos o que iamos sentir ao pegar e olhar para a peça, sabiamos que ia ser pesada. Só faltava saber o quão desafiante iria ser para o Sr. Óscar e para nós.

TD124 gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyQui Jul 21 2022, 19:17

José Miguel escreveu:
É um gosto e um gozo poder assistir ao desenvolvimento de uma marca e produtos de forma tão próxima.

Não sei se o Ricardo pensou em algo como o "travel & listen", não necessariamente como o plano aqui ao lado, mas alguma apresentação pública (restrita).

Os princípios da Cinnamon estão a ganhar força, o desenvolvimento dos vários produtos permitirão circunscrever o melhor raio de acção. Wink

Estão soltamente planeadas algumas sessões de escuta... mas não tinha pensado lançar alguns à estrada. A ver...
Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9186
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySex Jul 22 2022, 18:43

ricardo.canelas escreveu:


Estão soltamente planeadas algumas sessões de escuta... mas não tinha pensado lançar alguns à estrada. A ver...

Existirem essas sessões de escuta já é um passo, eu apenas deixo o desafio para que se apresente em mais pontos de Portugal. Wink

Não sei, e não será este o lugar certo para falar, se tem ou pensou parcerias, se vai optar de forma exclusiva pelo "direct-to-consumer", contudo a exposição nunca fez mal a ninguém. Wink
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9186
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySex Jul 22 2022, 18:52

TD124 escreveu:
ricardo.canelas escreveu:
... posso afirmar que para mim, mais do que tudo, high-end é a resolução entre a minha necessidade (que pode ser mais do que estritamente funcional, e tão extrema quanto a sentir e minha e só minha) e o meu desejo (mediado por tudo o que sabemos criar estas sensações), liberto de tudo o resto que puder. Isto lê muito abstrato e bacoco, mas escolhi bem as palavras. A minha necessidade enrolada pelo meu desejo, durante uma décima de segundo que se lixe o resto do mundo. Se isto entrar em ressonância com alguém, fico feliz por poder proporcionar esse momento de high-end.

Tinha deixado para mais tarde esta intervenção que me pareçe mostrar uma façeta deveras interessante da Cinnamon audio, ou tua para resumir. Tu assumes e carregas nas tuas costas os conçeitos e objectivos da tua marca, ela confunde-se contigo... é ousado e intenso e acho mesmo extremamente refrescante. Tu falas raramente de mercado e deixas uma imagem de liberdade criativa que não se prende ném com as tendências ném se dobra às linhas directivas comerciais. Essa independência intelectual pode limitar, ou aumentar, o numero de pessoas capazes de entrar em ressonância contigo (Cinnamon) criando um obstaculo inesperado entre o desejo e o fantasma do consumidor. Pessoalmente, e tendo uma maneira complétamente diferente de conduzir a minha marca, acho que a tua atitude tém "a maneira" e é suficientemente rara para que eu sinta a vontade de o sinalar, Bravo!  cheers

(...)

Não te vou largar o colarinho dvil

Eu é que tenho a fama, mas o Paulo está a ficar um perito em transformar as conversas técnicas em conversas realmente interessantes: onde se junta a técnica aos princípios teóricos ou orientadores.

Gosto muito de ler aqui como as ideias se vão formando e transformando, se atingem objectivos e se juntam sensibilidades para que nasçam produtos.

Toda a marca passa por vários pontos ao longo do processo de crescimento, no início os valores pessoais marcam muito e, tal como em nós, dificilmente sairão de cena. Com a maturidade poderemos assistir ao atenuar de algumas características, mas que não se percam os conceitos.

O high end descrito pelo Ricardo daria uma conversa e tanto, mas vai ao encontro do que está presente no site da marca e nos genes da marca. A procura pela resposta, a melhor resposta, é às perguntas dos consumidores, elevação de uma sensibilidade que poderá vir a chocar.

Pergunta malandra: quanta flexibilidade tem o Ricardo para tornar essa sua máxima uma lei universal? dvil

Não resisti... Wink
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySab Jul 23 2022, 15:46

ricardo.canelas escreveu:
Sem querer revelar ainda o design final, posso partilhar aromas.
...
Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 20220713

Não houve dúvidas e conversas depois da primeira visita ao espaço do Sr. Óscar. Ao nos afastarmos do calor da gigante forja sabíamos exactamente o caminho a correr, sabiamos o que iamos sentir ao pegar e olhar para a peça, sabiamos que ia ser pesada. Só faltava saber o quão desafiante iria ser para o Sr. Óscar e para nós.

Excelente teasing Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 58893
Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 25 2022, 10:45

José Miguel escreveu:


Existirem essas sessões de escuta já é um passo, eu apenas deixo o desafio para que se apresente em mais pontos de Portugal. Wink

Não sei, e não será este o lugar certo para falar, se tem ou pensou parcerias, se vai optar de forma exclusiva pelo "direct-to-consumer", contudo a exposição nunca fez mal a ninguém. Wink

Estas duas caixas são as coisas que me permitem pensar, explorar e estruturar esse tipo de relações. A ver o que se encontra Smile
Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySeg Jul 25 2022, 11:00

José Miguel escreveu:


O high end descrito pelo Ricardo daria uma conversa e tanto, mas vai ao encontro do que está presente no site da marca e nos genes da marca. A procura pela resposta, a melhor resposta, é às perguntas dos consumidores, elevação de uma sensibilidade que poderá vir a chocar.

Pergunta malandra: quanta flexibilidade tem o Ricardo para tornar essa sua máxima uma lei universal? dvil


Não tenho a certeza de ter percebido a pergunta, arrisco-me a dizer que não na verdade... Smile

Há uma coisa que tenho ciente, desde a génese da Cinnamon. Este não é um caminho que possa tentar fazer sequer sem ser absolutamente honesto no meu ethos interno. Pela escala, falta de recursos e simplesmente porque é a coisa correcta a fazer, tudo aqui tem que ser directo e sem artifícios, tem que apelar a mim e eu tenho que me manter o meu maior céptico.

Não sei se é uma prática particularmente sustentável ou escalável, mas estou a tentar colocar-me em posição de descobrir Smile

TD124 e mannitheear gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptyQui Ago 04 2022, 21:58

Hoje foi dia de fazer uma visita ao Sr. Óscar e fazer mais experiências no nosso dac e transporte.



Fiz questão de não capturar o sorriso de todos durante o fascinante e hipnótico ritual.

TD124 e tomaz gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySex Ago 05 2022, 11:37

ricardo.canelas escreveu:
Hoje foi dia de fazer uma visita ao Sr. Óscar e fazer mais experiências no nosso dac e transporte.

...

O nosso amigo Ricardo possui a arte, em vias de extinção, da Mise en Scéne e do deslocamento! Agarrar em dois produtos digitais reputados frios e impessoais e decidir de forjà-los jà é em si ironico. Portanto não foram os altos fornos do inferno que ele escolheu mas o fogo metafisico do Hefesto... aquele que cria a beleza pela liquefação disforme do metal em fusão, aquele que forja as armas eternas dos deuses. Não posso deixar de pensar até que ponto ele deve andar entusiasmado com a ideia de modelar todos estes simbolos tal um Deus criador dando forma e insuflando um suspiro de alma em objectos reputados inertes de vida. Não posso deixar de ver nesta irredutivel atitude, quase arrogante, uma vontade de trilhar um caminho pessoal que conduza a um além desconhecido mas repleto de essência, hà uma forma de panache nisto tudo...

tomaz gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel


Mensagens : 9186
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 40
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySex Ago 05 2022, 12:15

O Ricardo está de parabéns pela evolução da sua marca, produtos, dedicação a estas causas. Espero que ele tenha filmado mais, é uma excelente forma de revelar o trabalho que tem feito, ao mesmo tempo colocar outros a trilhar um percurso que se sobrepõe dele - consumidores apaixonados valem por muitos. Wink


Fico a aguardar por mais novidades e imagens dos procesos.

tomaz e ricardo.canelas gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
ricardo.canelas
Membro AAP
ricardo.canelas


Mensagens : 278
Data de inscrição : 02/04/2014
Localização : Lisboa

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySex Ago 05 2022, 12:20

Fica aqui mais um cheirinho...

https://www.instagram.com/reel/Cg2mlH4ly9w/?utm_source=ig_web_copy_link

tomaz gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
https://cinnamonaudio.com/
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySex Ago 05 2022, 12:25

ricardo.canelas escreveu:
Fica aqui mais um cheirinho...

https://www.instagram.com/reel/Cg2mlH4ly9w/?utm_source=ig_web_copy_link

Excelente! A Cinnamon està a se tornar mestre no teasing... Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) 874774

tomaz gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
mannitheear
Membro AAP
mannitheear


Mensagens : 1359
Data de inscrição : 01/08/2013

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySex Ago 05 2022, 20:33

This is extremely fascinating and unique!

tomaz gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124


Mensagens : 7938
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : França

Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) EmptySab Ago 06 2022, 14:02

mannitheear escreveu:
This is extremely fascinating and unique!

Indeed... and Ricardo became a master delivering some sneak peeks to increase the frustration on the readers. I guess that Cinnamon audio have a very skilled, and expensive, marketing service... Laughing

tomaz gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado





Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty
MensagemAssunto: Re: Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)   Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?) Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 
Cinnamon Galle - História de mais aparelhos (de Z a A?)
Ir para o topo 
Página 1 de 1
 Tópicos semelhantes
-
» Aparelhos novos... mais ou menos.
» As 12 Colunas mais Importantes da História da Alta-fidelidade
» Canal História - A História da Eletricidade
» Cabo USB AudioQuest Cinnamon
» Introdução das Cinnamon Cassia

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
Áudio Analógico de Portugal :: Digital-
Ir para: