Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalÚltimas imagensPublicaçõesRegistarEntrar
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Nakamichi 125-E um deck acima da média

Ir para baixo 
4 participantes
AutorMensagem
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira


Mensagens : 8560
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 54
Localização : The Other Band

Nakamichi 125-E um deck acima da média Empty
MensagemAssunto: Nakamichi 125-E um deck acima da média   Nakamichi 125-E um deck acima da média EmptyDom Mar 27 2022, 15:07

O Nakamichi BX-125E foi desenvolvido com base na vasta experiência desta empresa com decks de cassetes de alta qualidade. Incorporando grande parte da tecnologia superior da Nakamichi e seguindo sua política de som, este modelo básico oferece características gerais altas e representa um valor extraordinário a um preço moderado, conseguindo facilmente decks muito superiores e até da mesma Marca. Desde logo os engenheiros da Nakamichi quiseram criar uma deck acessível a todos e que fosse a referência para todos os outros decks. Penso que fizeram um trabalho bom demais, pois não me lembro de ouvir um deck assim (exceptuando um deck que foi manipulado pelo João da Bernarda num Audio Vintage).

A descompressão do som é a sua maior arma, não sei tecnicamente o que fizeram os Engenheiros da Nakamichi, mas o som é descomprimindo o suficiente para se ouvir uma múltipla variedade de tipos de música, incluindo a clássica.

Outra nota dominante é o seu equilíbrio tonal, ouvir Mahler e o seu Kindertotenlieder (edição da DG – em crómio) é uma experiência arrepiante, a voz humana torna-se o centro de todas as atenções,  a emoção totalmente representada de quem perdeu dois filhos não se consegue com esta perfeição em mais nenhum dos formatos que tenho cá em casa (cd e vinil) a fita reforça a emoção. Beach House no seu B-Sides and rarities, um compêndio de pérolas perdidas ordenadas pela banda como se fosse um álbum de originais, é também extremamente beneficiado pela fita, a voz de Victoria Legrand, conhecida pela sua suavidade, fica aveludada mas em que se ouve todas as suas sibilâncias e emotividades e também pelo efeito mágico do 125-E centramos a atenção para o essencial, a melodia.

Estou a escrever este artigo de opinião ao mesmo a ouvir o 125-E a encantar-me com a obra de De Falla nas suas noites nos jardins de Espanha (Edição DB) com a suas encantadoras cordas e dinâmica de uma orquestra presente e bem enquadrada no espaço com um perfeito placo.

Existem peças reprodutoras de Áudio que merecem a nossa atenção e esta é uma delas. Recomendo até aos possuidores de aparelhos bem mais caros que façam constar este deck no acervo, ele pode precisar de condensadores novos, note-se que a sua produção é de 1985, seguramente de borrachas, mas depois de limpo vai fazer-vos certamente encostar muita coisa bem mais cara que têm aí por casa e vontade, muita, de colecionar cassetes originais.


Caracteristicas técnicas:

Track Configuration: 4 tracks/2-channel stereo

Heads: 2 (1 x erase, 1 x record/playback)

Motors:

Tape Transport:

1 x DC servo motor (capstan drive),

1 x DC motor (reel drive)

Power Source: 100, 120, 120/220-240, 220 or 240V AC; 50/60 Hz

Power Consumption: 23 W max.

Tape Speed: 1-7/8 ips. (4,8 cm/sec.) ±0,5%

Wow-and-Flutter:

Less than ±0,11% WTD Peak;

Less than 0,06% WTD RMS

Frequency response: 20 - 20,000 Hz

Signal-to-Noise Ratio:

Dolby C-Type NR on [70 μs, ZX tape] Better than 68 dB (400 Hz, 3% THD, IHF A-WTD RMS)

Dolby B-Type NR on [70 μs, ZX tape] Better than 62dB (400 Hz, 3% THD, IHF A- WTD RMS)

Total Harmonic Distortion:

Less than 1,0% (400 Hz, 0 dB, ZX tape);

Less than 1,2% (400 Hz, 0 dB, SX, EXII tape)

Erasure: Better than 60 dB (100 Hz, +10 dB)

Separation: Better than 36 dB (1 kHz, 0 dB)

Crosstalk: Better than 60 dB (1 kHz, 0 dB)

Bias Frequency: 105 kHz

Input (Line): 50 mV/40k ohms

Output

(Line): 0,5 V (400 Hz, 0 dB, output levelcontrol at max.) 2,2k ohms;

(Headphones): 2,2 mW into 8 ohms (400 Hz, 0 dB, output level control at max.)

Fast-Wind Time: Approx. 80 sec. (with C-60 cassette)

Dimensions: (WxHxD) 430 x 100 x 250 mm, ( 16-15/16 x 3-15/16 x 9-7/8 inches)

Weight: 5,0 kg, (11 lbs.)
Nakamichi 125-E um deck acima da média Bx-125

EuricoB, Fernando Salvado e paulov gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
paulov
Membro AAP
paulov


Mensagens : 216
Data de inscrição : 19/03/2018
Idade : 46
Localização : Évora

Nakamichi 125-E um deck acima da média Empty
MensagemAssunto: Re: Nakamichi 125-E um deck acima da média   Nakamichi 125-E um deck acima da média EmptyDom Mar 27 2022, 16:25

Excelente artigo Nakamichi 125-E um deck acima da média 754215

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
unidade
Membro AAP
unidade


Mensagens : 201
Data de inscrição : 08/03/2012
Idade : 61
Localização : Almada

Nakamichi 125-E um deck acima da média Empty
MensagemAssunto: Re: Nakamichi 125-E um deck acima da média   Nakamichi 125-E um deck acima da média EmptySeg Mar 28 2022, 17:57

Boa tarde,

Parabéns pela sua aquisição,

Também adquiri recentemente um Nakamichi Bx-300E e estou encantado com ele, revendo-me em grande parte parte
na sua descrição do BX-125.

No meu caso foi "saudosismo", relativo a voltar a ouvir diversas, TDK SA e TDK MA, que gravei à muitos anos atrás...
Recentemente, alguém igualmente detentor de um Nakamichi (o que vira a cassete), me referiu, que gravava a partir do CD, mas que preferia ouvir no Deck...mesmo que questionável esta afirmação, creio compreender a sua justificação...

Alexandre Vieira, ReVoX e paulov gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
ReVoX




Mensagens : 21
Data de inscrição : 23/12/2014

Nakamichi 125-E um deck acima da média Empty
MensagemAssunto: Nakamichi   Nakamichi 125-E um deck acima da média EmptyQui Mar 31 2022, 13:37

Nakamichi. qualidade suprema no fabrico de leitores de cassetes.
o seu fabrico esta dividido em 2 épocas. A com o transporte clássico e a segunda com o transporte incorporando motores do fabricante Sankyo que iniciou com a serie BX e continuou com a serie CR e DR
Foi o primeiro fabricante de leitores de K7 a utilizar 3 cabeças separadas nos leitores de 3 cabeças (discreet heads),
Mesmo os leitores de 2 cabeças como o BX 125 ou o BX 150, bem calibradas proporcionam uma claridade sonora equivalente a leitores de 3 cabeças de outras marcas.
Eu tenho a honra de possuir 4 leitores, 3 dos quais são com o transporte Sankyo.
já possui muitos leitores de varias marcas mas o som da Nakamichi continua a ser o meu preferido
boa audição

unidade e paulov gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado





Nakamichi 125-E um deck acima da média Empty
MensagemAssunto: Re: Nakamichi 125-E um deck acima da média   Nakamichi 125-E um deck acima da média Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 
Nakamichi 125-E um deck acima da média
Ir para o topo 
Página 1 de 1
 Tópicos semelhantes
-
» Nakamichi Deck 1
» calibração deck Nakamichi
» deck Nakamichi DR2 avariado
» Sony TC-K6ES vs Nakamichi Deck 1
» Qual o melhor: Nakamichi 700ZXL ou Nakamichi ZX-7?

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
Áudio Analógico de Portugal :: Fitas-
Ir para: