Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Experiências com cabos...

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Rstuyvesant
Membro AAP


Mensagens : 140
Data de inscrição : 16/07/2013

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 21:22

TD124 escreveu:
Se não se experimenta não se aprende ...
(...) Estamos longe de poder retirar conclusões desta modesta experiência fora como disse antes ... arrumar os cabos, respeitar as distâncias e as associações! Coisas que jà sabia-mos e que são basicas  Wink

Amigo TD124, venham de lá mais experiências sff:
- pelo prazer de as ler;
- pelo contributo para a exigência de rigor;
- porque o fórum poderá conter quem não saiba o básico e fazer lembrar quem já o sabe.

Grato uma vez mais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 21:31

José Miguel escreveu:
... (eu não tenho uma máquina capaz de medir, mas gosto de perceber o que se faz com essas máquinas)...

José uma maquina de medir é como outra ferramenta qualquer, ou mesmo uma caneta, se não sabes o que escrever ela não te serve para nada! Eu tenho maquinas de medida jà hà mais de 25 anos e se nunca as utilisei para medir cabos é porque não hà grande coisa a medir que eu saiba aonde buscar ... desta vez medi interferências e estou contente, mas não sei o que medir de outro...

Um microscopio, um estetoscopio, um analisador de espectro, um osciloscopio e etc são ferramentas potentes e interessante se elas devem e podem provar uma hipotese ... mas são complétamente inuteis na vida de todos os dias se não hà hipoteses ném duvidas para esclareçer! Pessoalmente, ném sei quais seriam os aparelhos de medida necessarios ném por aonde começar as experiências para tentar provar ou refutar o "som dos cabos" ... e como eu todos os técnicos não sabém o que fazer pois como jà disse: ou é buscar uma agulha num palheiro ou então é buscar pulgas em marte ... nos dois casos é complicado e é por isso que a prova formal a favor ou contra ainda não existe  Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 21:44

Rstuyvesant escreveu:
... Amigo TD124, venham de lá mais experiências sff:
- pelo prazer de as ler;
- pelo contributo para a exigência de rigor;
- porque o fórum poderá conter quem não saiba o básico e fazer lembrar quem já o sabe...

Amigo Rstuyvesant, a sua primeira razão toca-me ... mas as outras duas são suficientemente potentes para que me esforçe o necessario e com entusiasmo! Afinal, nada de mau poderà sair destas experiências...

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 21:54

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
... (eu não tenho uma máquina capaz de medir, mas gosto de perceber o que se faz com essas máquinas)...

José uma maquina de medir é como outra ferramenta qualquer, ou mesmo uma caneta, se não sabes o que escrever ela não te serve para nada! Eu tenho maquinas de medida jà hà mais de 25 anos e se nunca as utilisei para medir cabos é porque não hà grande coisa a medir que eu saiba aonde buscar ... desta vez medi interferências e estou contente, mas não sei o que medir de outro...

Um microscopio, um estetoscopio, um analisador de espectro, um osciloscopio e etc são ferramentas potentes e interessante se elas devem e podem provar uma hipotese ... mas são complétamente inuteis na vida de todos os dias se não hà hipoteses ném duvidas para esclareçer! Pessoalmente, ném sei quais seriam os aparelhos de medida necessarios ném por aonde começar as experiências para tentar provar ou refutar o "som dos cabos" ... e como eu todos os técnicos não sabém o que fazer pois como jà disse: ou é buscar uma agulha num palheiro ou então é buscar pulgas em marte ... nos dois casos é complicado e é por isso que a prova formal a favor ou contra ainda não existe  Rolling Eyes

De tudo o que eu escrevi o Paulo pega na parte que menos interessa. Eu repito que não sei usar as máquinas de medir, mas isso não significa que não saiba (1) elaborar/compreender o problema e (2) verificar a validade das experiências e resultados.

Os seus resultados levantam questões pertinentes e eu não falei do som dos cabos, isso pouco ou nada me interessa para já (tal como o escrevi antes). Interessa-me compreender que premissas a experiência elabora para chegar a conclusões - estamos no campo do audível; estamos perante uma possibilidade de sistematizar o conhecimento retirado da experiência e definir cabos mais eficazes; podemos identificar as causas maiores de ruído e distorção; ...

Não é por acaso que se teoriza antes de partir para um laboratório, não é por acaso que se discutem resultados antes de se comunicar. A minha intervenção visa perceber a experiência e os objectivos, as possibilidades e alcance, não o som dos cabos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 22:00

José Miguel escreveu:
... Não é por acaso que se teoriza antes de partir para um laboratório, não é por acaso que se discutem resultados antes de se comunicar. A minha intervenção visa perceber a experiência e os objectivos, as possibilidades e alcance, não o som dos cabos.

Estamos em perfeita sintonia então e espero que seja o caso de todos cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 22:04

Rstuyvesant escreveu:

(...)

Admitindo, uma vez mais o tal sistema com cabos perfeitos. Admitindo que mesmo em contextos distintos a variação das interferências nesse sistema continuam em valores abaixo do limiar da audição humana, o modo como a música interage no sujeito está dependente das condições de percepção do sujeito que, por sua vez, são influenciadas pelo que está para além do seu limiar de audição.

O ponto é que se deixarmos o mundo perfeito as variações das frequências no campo geomagnético oscilam para níveis dentro do limiar de audição humana, podendo ser captados pelos cabos, donde as minhas notas em relação à sua “sala comum”.

Eu resumi a sua mensagem, mas não a deixei de ler com atenção. O que está cortado acaba por encaixar nas duas frases que deixei a negrito e ambas me merecem total consideração.

A primeira frase eu pouco ou nada poderei acrescentar, basta recordar as palavras que já trocamos e ficará perante essa evidência. Eu cheguei a alertar para o poder das simples palavras, veja lá! Wink

A segunda frase vai ao encontro das vibrações que tem referido e que eu aceito como existentes, ora quando eu referi uma constante, eu referi o facto delas existirem (até dei o exemplo da experiência retratada neste tópico). O campo geomagnético varia de tal forma que ou nos permite ter laboratórios e conhecimento científico ou varia de tal forma que não permite. O observador, como eu coloquei antes, estará sempre presente e a condicionar os resultados pela sua posição.

Quando falamos de Música em casa e sem afastar as vibrações que ocupam as nossas casas e planeta, para o cabo A ou B, para o amplificador C ou D, elas vão lá estar e afectar tudo (não por igual). Daí eu ter colocado as questões que coloquei, tentar perceber que premissas regem a experiência para perceber os potenciais resultados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 22:10

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
... Não é por acaso que se teoriza antes de partir para um laboratório, não é por acaso que se discutem resultados antes de se comunicar. A minha intervenção visa perceber a experiência e os objectivos, as possibilidades e alcance, não o som dos cabos.

Estamos em perfeita sintonia então e espero que seja o caso de todos cheers
Paulo, eu tenho respeito pelo trabalho que teve a fazer o que fez. Tentar compreender e participar (na medida do que posso) é disso sinal. Wink

Espero que continue e comunique as suas experiências, nós chegamos com uma nova sonda a Marte, ainda não estamos perto de saber se um dia poderemos lá viver ou perceber alguns mistérios do universo, mas do processo de investigação já ganhamos muito, basta olhar para as nossas cozinhas, carros, telefones, ... nada se perde.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQui Fev 25 2021, 22:30

Ao contrario do que se faz habitualmente a minha primeira experiência teve três actores principais que foram escolhidos metodicamente ... estou admirado que ninguém tenha reparado ou comentado isso! Tivémos um cabo de base (chinês), um cabo do comercio de meia gama (Chord) e um cabo professional (S2Ceb) ... em si isto cobre os três tipos de cabos que se encontram nos nossos sistemas consoante os gostos e ou convições!...

Para as proximas experiências estes três actores vão ser acrescentados de quatro novo actores que vão nos ajudar nesta commedia dell'arte! Quatro cabos de rede e um amplificador em Classe A vão se juntar à velha equipa para tentar levar as experiências até um nivel mais credivel e concreto, vamos tentar reproduzir coisas que sejam similares com o que se passa por detràs dos nossos aparelhos...

PS: Decidi e tenho encontro marcado na segunda feira para levar o meu PicoScope ao laboratorio para calibragem ... não se preocupem não vou vos pedir um "donate" ném um "donuts" mas devem-me todos um copo! Afinal são as minhas ferramentas e é a mim de tomar conta delas, é no meu interesse antes de tudo! Isto ao mesmo tempo permite de se assegurar que a maquineta faça abstração da sua subjectividade e faça o seu trabalho objectivista, não faltava mais nada do que ter placebos no analizador de espectro Laughing  
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 09:30

TD124 escreveu:
Ao contrario do que se faz habitualmente a minha primeira experiência teve três actores principais que foram escolhidos metodicamente ... estou admirado que ninguém tenha reparado ou comentado isso! Tivémos um cabo de base (chinês), um cabo do comercio de meia gama (Chord) e um cabo professional (S2Ceb) ... em si isto cobre os três tipos de cabos que se encontram nos nossos sistemas consoante os gostos e ou convições!...
(...)

Hoje o dia começa com algumas horas de sossego, ao ver esta mensagem lembrei-me de algumas experiências que foram sendo partilhadas, dos limites e qualidades delas. O Paulo deve recordar-se da experiência da Monster (no outro tópico eu e o Neo_2018 falamos dela), essa experiência de escuta em teste não foi conclusiva, com Música (se a memória não me trai) atingiu "apenas" 74% de erro (focou a baixo dos 75% requeridos). As conclusões do estudo publicado, contudo, têm uma qualidade: afirmam que apenas para aqueles cabos é possível usar a informação recolhida (há seriedade nesta posição).

As marcas/origens dos cabos que o Paulo testou a mim não me dizem nada, a não ser por isto: se eu quiser procurar cabos amanhã eu vou ter em conta a constituição deles e não a marca (por exemplo, o que teve melhor desempenho está esgotado, mas existirão semelhantes). É por isto que eu coloquei as perguntas, sistematizar os testes poderá conduzir a melhores respostas.

Vai acrescentar mais elementos de teste, o que me parece bem. Por outro lado, se os elementos forem todos muito distintos entre si, os resultados não serão mais completos do que os que já teve com a primeira experiência.

Se me permite concluir alguma coisa disto que digo e dar uma opinião: tente testar interconnects (três por exemplo) de gama baixa comercial, de gama média comercial e de gama profissional com elementos de construção semelhantes (o semelhante aqui vai permitir verificar as pequenas diferenças de construção e começar a pensar se nelas reside a diferença).

Quanto menos variáveis tem uma equação, mais simples se torna o caminho para a resolução/resposta.

As marcas dos cabos são irrelevantes, o Paulo diz não gostar de nenhum dos cabos (escuta subjectiva), o Chord parece ficar "mal visto", mas há quem goste dele... tornando a questão das vibrações (presentes nas casas e planeta) uma imagem metafórica, para nós terrível talvez seja um dia encontrar-mos um lugar onde elas não se façam sentir, precisaremos de habituação. Para a Música não se passará o mesmo? Não precisamos de alguma distorção e ruído para alegrar um cérebro que vive rodeado desses elementos?
(isto é apenas um comentário lateral)

Pense na minha sugestão dos cabos e não chame "chinês" aos baratos, da China chegam cabos de 1 Euro, 10 Euros, de 100 euros... os de dez seria giro ver em testes destes, parecem bem construídos. Réplicas!?! dvil



ps.: Os copos estão garantidos a Norte de Portugal, quando passar por estes lados já sabe que teremos preparadas algumas garrafas e petiscos para acompanhar (só beber faz mal). Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 10:31

José Miguel escreveu:
... As marcas dos cabos são irrelevantes, o Paulo diz não gostar de nenhum dos cabos (escuta subjectiva), o Chord parece ficar "mal visto", mas há quem goste dele...

Desde que se fala de cabos existe sempre um enfase positivo ou negativo que deve ser ponderado, eu proprio cometo esse erro. Eu não quiz dizer que não gosto desses cabos, aliàs não existe nenhum cabo que possa dizer que não gosto ... eu quiz dizer que subjectivamente prefiro e utiliso outros! Ontém para experiência utilisei o cabo do chinês no lugar do cabo SME entre o Anti-Lenco e o phono e o resultado é que o gira não desceu de um patamar ou de vàrios degraus ... a coisa ficou mais ou menos igual! Tive também o cuidado de me assegurar que o cabo não tocasse nenhum outro cabo, coisa que não faço com o SME ... então objectivamente não posso dizer que não gosto deles, simplesmente prefiro outros!...

Eu chamei "cabo do chinês" por simplicidade, poderia-lhe ter chamado cabo basico ou cabo "A" ... não havia nenhuma intenção pejorativa nesse apelido. Vou lembrar a geometria desses cabos para a facilidade de compreensão:

Cabo basico: Estructura coaxial (1 condutor central e a blindagem à volta) / Chord Anthem 2: Estrutura simétrica (dois condutores centrais) com folha de blindagem prateada à volta / S2Ceb: Estrutura simétrica (dois condutores centrais) com duas blindagens de cobre à volta e uma blindagem central em composito de carbono ... assim o Chord e o S2Ceb possuém a mesma geometria mas com materiais e tecnologias diferentes!

Infelismente não vou poder levar estas experiências para os lados que queres e comparar vàrios cabos nas gamas diferentes pois seria-me (temporalmente) impossivel! Esta pequena experiência jà deu origem a 9 oscilogramas e visto que fiz três vezes a medida para cada um isso corresponde a 27 medidas ... é uma tarde inteira e ném tém em conta a escrita e preparação das fotos, não posso dedicar tanto tempo a isto Mad

Vou continuar a verificar algumas hipoteses e a avançar isto com pragmatismo, mas haverà sempre zonas sombrias nos resultados que serão apenas vàlidos nestas condições experimentais e com os "actores" que estão no palco Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 10:54

Longe de mim querer dar-lhe trabalho, ainda por cima tem a relva para tratar. Laughing

Apenas dois reparos:
- Eu referi o Chord como exemplo do meu ponto de vista, ou seja, as marcas a mim não me interessam neste tipo de experiências. Wink
- Eu referi a questão China por já ter visto por aqui malta que comprou interconnects vindos de lá e com bons resultados - recordo-me de ver cabos bem construídos (aparentemente). Também por não ter a certeza se não serão feitos muitos por lá e já se sabe como aquela malta liga com patentes.

Os "actores" medidos serão sempre os que o Paulo terá em mãos (como o caso Monster), mas se aparecerem características relevantes e repetidas, talvez ajude no acto de escolha (pelo menos nas características evidenciadas). O "som dos cabos" não me interessa mesmo aqui, o Paulo já o disse de forma clara que isso não há como medir e por isso prefiro pensar a sua experiência pelo lado positivo, o que ela consegue revelar. Wink

Ah! Para tornar a experiência menos penosa, chame alguns amigos, leve tudo para o jardim, abram umas garrafas de vinho e peguem fogo aos charutos. Assim já parecerá um laboratório como deve ser e os resultados serão iluminados. Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 12:03

José Miguel escreveu:
... - Eu referi o Chord como exemplo do meu ponto de vista, ou seja, as marcas a mim não me interessam neste tipo de experiências. Wink
- Eu referi a questão China por já ter visto por aqui malta que comprou interconnects vindos de lá e com bons resultados - recordo-me de ver cabos bem construídos (aparentemente). Também por não ter a certeza se não serão feitos muitos por lá e já se sabe como aquela malta liga com patentes. ...

Eu utilisei o Chord pois queria que houvesse um cabo do comercio (marca) nestas experiências! Tenho um Van Den Hull mas é em carbono e isto falseia as comparações, tenho um Kimber mas não tém blindagem então seria o pior de todos nesta experiência então restou o Chord, é por isso que aqui està!...

Não hà segredos (que eu saiba) nos cabos e os chineses são capazes de fabricar cabos de qualidade mesmo sém copiar o que quer que seja! Um cabo simetrico de microfone é uma geometria tão antiga que os chineses sabem a fazer sém nenhuma dificuldade. Se eles são capazes de fazer cabos para os satelites e para os sectores de ponta ... não é um cabo audio que vai criar dificuldades penso Wink

Experiências com cabos... - Página 2 Cabos-10

Apresento os proximos quatro actores! A minha hipotese é que os cabos de rede podem induzir perturbações nos interconects e talvez por isso os cabos de rede blindados de marca ou DIY são reputados como amelhorando o som. Assim escolhi quatro cabos bem diferentes:

A - Cabo de rede basico dito cabo de computador...
B - Cabo com condutores entrelaçados sém blindagem...
C - Cabo profissional não entrelaçado mas blindado...
D - Cabo entrelaçado e com dupla blindagem...

As diferenças entre fichas e isolantes não vai ter um papel na experiência então não falseiam em nada o resultado ném o objectivo que vai ser exclusivamente concentrado na radiação (50Hz) da rede!...

Quanto ao jardim està aparado desde ontém e os copos com os amigos também jà està feito desde ontém Laughing

Experiências com cabos... - Página 2 P1090712

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 18:58

Paulo, o uso de um cabo comercial faz todo o sentido nesse teste, ainda por cima com uma construção relativamente "normal".

Estou curioso com esse outro teste, a hipótese colocada é provável que venha a ser verificada, contudo o uso de cabos regulares em ambientes exigentes promete alguma protecção. Vamos ver no que dá. Wink


O jardim está um mimo, havendo sol só ficam a faltar as cadeiras e pessoas. Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 19:45

José Miguel escreveu:
... Estou curioso com esse outro teste, a hipótese colocada é provável que venha a ser verificada, contudo o uso de cabos regulares em ambientes exigentes promete alguma protecção. Vamos ver no que dá. Wink ...

Visto os resultados com o transformador é mesmo provàvel que o impacto seja fraco nas medidas e perfeitamente inaudivel, au menos com o Chord e S2Ceb! Mas se as perturbações estiverem no limite da audição itso pode esplicar (parcialmente) as melhorias que as pessoas "sentem" quando comparam cabos de rede blindados ou de marca! Mas ao contrario do que fiz com o transformador aqui vou ligar os cabos de rede a um amplificador "energivoro" o que faz circular corrente no cabo e aumenta a radiação do 50Hz da rede ... talvez dê para ver qualquer coisa interessante Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 19:55

O Paulo vai usar o Sugden?

Esse menino parado na garagem seria interessante, até por se encontrar no mercado actual o "sucessor". Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
mannitheear

Mensagens : 1233
Data de inscrição : 01/08/2013

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySex Fev 26 2021, 21:14

In the biwire thread I mentioned Thomas Michael Rudolph from the german brand TMR who did a lot of investigation snd shares many information on his web page and the german forum.

He preaches like a mantra the influence of high frequency on the sound of a system. The frequency range goes from some 10kHz to some GHz. The interference comes from the mains or the air directly into the devices or all sorts of cables which act as antennas, even the shields.
The high frequency is not audible per se but can stress any circuit part of the system in an unpredictable way and might cause a congested and/or sharp sound.

This can explain at least partially the influence of cables on sound.

In reverse the better cable or a proper working mains filter can let a system sound less sharp, and if the unnatural sharpness is corrected in any way, for example with smooth sounding component, the improvements can lead even to dull and less exciting or dynamic sound!

So, briefly how I understood this. But to be honest, I never tried some serious efforts in that direction!
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 11:46

José Miguel escreveu:
O Paulo vai usar o Sugden?

Esse menino parado na garagem seria interessante, até por se encontrar no mercado actual o "sucessor". Smile

Sim, mas o Sugden vai servir de "carga" para os cabos de rede, então não vai sair um pio e ném sequer serà ligado às colunas ... que seja o Sugden ou um aqueçedor (aliàs o Sugden também é um!) seria a mesma coisa, o objectivo é passar corrente nos cabos então qualquer aparelho ou electrodomestico "energivoro" serve...

PS: Qual é a ligação entre o sucessor do Sugden e a nossa historia scratch

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 12:06

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
O Paulo vai usar o Sugden?

Esse menino parado na garagem seria interessante, até por se encontrar no mercado actual o "sucessor". Smile

Sim, mas o Sugden vai servir de "carga" para os cabos de rede, então não vai sair um pio e ném sequer serà ligado às colunas ... que seja o Sugden ou um aqueçedor (aliàs o Sugden também é um!) seria a mesma coisa, o objectivo é passar corrente nos cabos então qualquer aparelho ou electrodomestico "energivoro" serve...

PS: Qual é a ligação entre o sucessor do Sugden e a nossa historia scratch

cheers

Paulo, permita-me, as frases que deixei a negrito não servem de argumento, caso fizesse a experiência com um frigorífico ou máquina de café, o que retiraria dela? Eu lembro-lhe que quem ataca as medições consegue ser muito picuinhas, nem aceita a utilização de um "tom", quanto mais um aparelho que não seja áudio. dvil

Posto isto, eu lembrei-me do Sugden por ser um amplificador comercial e tem presença no mercado actual. Não servirá para concluir que todos os amplificadores do mercado perante tal experiência, com cabos semelhantes, alterarão a sua performance - se é que a experiência vai revelar tal possibilidade com ruído e distorções a entrar numa faixa audível.

Eu desde o início que digo que as marcas não me interessam, mas elogiei a presença do Chord (que poderia ser um Qed, Audioquest, Supra, ...) por isto mesmo, por ser um cabo relativamente comum e de uma marca comercial. Wink


Como eu não entendo mesmo tudo, deixo em avanço a pergunta que orientou esse meu pensamento: um amplificador (ou outro aparelho) pode ou não lidar bem (conseguir anular) com potenciais interferências nos cabos? (via construção eficiente do circuito)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7983
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 51
Localização : The Other Band

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 13:00

José Miguel escreveu:
O Paulo vai usar o Sugden?

Esse menino parado na garagem seria interessante, até por se encontrar no mercado actual o "sucessor". Smile

O sucessor do Paulo tem que ser uma solução menos ortodoxa, ou seja, classe D. Para ouvir parecido com o que tem não serve.
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 13:25

Alexandre Vieira escreveu:
José Miguel escreveu:
O Paulo vai usar o Sugden?

Esse menino parado na garagem seria interessante, até por se encontrar no mercado actual o "sucessor". Smile

O sucessor do Paulo tem que ser uma solução menos ortodoxa, ou seja, classe D. Para ouvir parecido com o que tem não serve.

Alexandre, a minha referência ao Sugden prende-se com o facto de ainda existir no mercado actual - daí a palavra sucessor estar entre aspas.

Se a memória não me trai, o Paulo já usou/usa amplificação de Classe D nas suas criações híbridas... Rolling Eyes


As Classes de construção e o tipo de "som" podem não ser gavetas certas. Wink (mas isso é para outro tipo de conversa)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7983
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 51
Localização : The Other Band

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 13:31

José Miguel escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
José Miguel escreveu:
O Paulo vai usar o Sugden?

Esse menino parado na garagem seria interessante, até por se encontrar no mercado actual o "sucessor". Smile

O sucessor do Paulo tem que ser uma solução menos ortodoxa, ou seja, classe D. Para ouvir parecido com o que tem não serve.

Alexandre, a minha referência ao Sugden prende-se com o facto de ainda existir no mercado actual - daí a palavra sucessor estar entre aspas.

Se a memória não me trai, o Paulo já usou/usa amplificação de Classe D nas suas criações híbridas... Rolling Eyes


As Classes de construção e o tipo de "som" podem não ser gavetas certas. Wink (mas isso é para outro tipo de conversa)

Desde Setembro até Dezembro experimentei muita coisa e de facto existem especificidades, mas no geral obtemos um tipo de som pelo tipo de classe, que é mais ou menos refinado pela qualidade dos componentes. Mas de facto tem razão hoje como quase tudo é "afinado" digitalmente tende-se a obter uma padronização clara especialmente ao nível das harmónicas, menos na separação dos canais, largura, altura e profundidade do palco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 14:17

José Miguel escreveu:
... quem ataca as medições consegue ser muito picuinhas, nem aceita a utilização de um "tom", quanto mais um aparelho que não seja áudio. dvil
...
um amplificador (ou outro aparelho) pode ou não lidar bem (conseguir anular) com potenciais interferências nos cabos? (via construção eficiente do circuito)

José Miguel escreveu:
... Se a memória não me trai, o Paulo já usou/usa amplificação de Classe D nas suas criações híbridas... Rolling Eyes ...

Alexandre Vieira escreveu:
... Desde Setembro até Dezembro experimentei muita coisa e de facto existem especificidades, mas no geral obtemos um tipo de som pelo tipo de classe, que é mais ou menos refinado pela qualidade dos componentes. ...

Complétamente de acordo e por isso utiliso o Sugden como "carga passiva"! O meu objectivo actual é de mostrar se os cabos de rede podem transmitir perturbações aos cabos interconect que possam afectar a escuta das passagens musicais ... para evitar os "picuinhas" vamos utilisar um amplificador do comércio e não um aqueçedor!...

Teoricamente um amplificador elimina as perturbações da rede na sua alimentação ... mas as perturbações que estiverem nos cabos interconect não! Elas serão amplificadas como sendo parte do sinal util, é esta a raiz da minha experiência! Quero saber se as perturbações dos cabos de rede passam para os interconect...

José, até ao dia de hoje utilisei quase todas as classes nos meus amplificadores menos a Classe D ... não descarto de o fazer um dia destes mas pelo momento nunca foi o caso!...

Alexandre, obter um tipo de som em função da classe do amplificador até me pareçe normal, resta a saber se às cegas alguém sente essas diferenças de classe! A qualidade dos componentes não torna um mau amplificador bom ném torna um Classe D num Classe A (a classe mais prestigiosa)  ... as tuas experiências são subjectivas e sabes muito bem que para um resultado teu, três amigos vão te dizer o contrario, o que escutas e experimentaste é so valido para ti, ainda bem pois é o principal num ponto de vista pessoal ... mas, é apenas o teu ponto de vista, é a tua verdade!

O problema é que a verdade de uns é a mentira dos outros e vice-versa Wink

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7983
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 51
Localização : The Other Band

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 14:25

TD124 escreveu:
dia de hoje utilisei quase todas as classes nos meus amplificadores menos a Classe D ... não descarto de o fazer um dia destes mas pelo momento nunca foi o caso!...

Alexandre, obter um tipo de som em função da classe do amplificador até me pareçe normal, resta a saber se às cegas alguém sente essas diferenças de classe! A qualidade dos componentes não torna um mau amplificador bom ném torna um Classe D num Classe A (a classe mais prestigiosa)  ... as tuas experiências são subjectivas e sabes muito bem que para um resultado teu, três amigos vão te dizer o contrario, o que escutas e experimentaste é so valido para ti, ainda bem pois é o principal num ponto de vista pessoal ... mas, é apenas o teu ponto de vista, é a tua verdade!

O problema é que a verdade de uns é a mentira dos outros e vice-versa  Wink

cheers

Acho que sem qualquer tipo de limitação objectiva (comprimidos ou álcool em excesso lol! ) consigo às cegas e sem grandes problemas diferencias válvulas de transistores e dentro dos transistores Class A e Class A/B. Também consigo distinguir as diferenças entre os vários cabos (cobre, cobre prateado e prata), também consigo pelo ouvido saber se uma célula está desalinhada e até se mandares uma nota de 500 euros ao chão aí em França, aqui na Margem Sul será sentido quase como o impacto de um cometa.

Sabes que o pessoal da Margem Sul treina desde pequenino a audição para não perder oportunidades! smedley

P.S. - Só não consigo fazer estes testes ao pé do Jorge, porque ele fala tanto que eclipsa todo o resto lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8469
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 14:39

TD124 escreveu:

José Miguel escreveu:
... Se a memória não me trai, o Paulo já usou/usa amplificação de Classe D nas suas criações híbridas... Rolling Eyes ...
(...)

José, até ao dia de hoje utilisei quase todas as classes nos meus amplificadores menos a Classe D ... não descarto de o fazer um dia destes mas pelo momento nunca foi o caso!...

(...)
cheers

As minhas desculpas, antes de outra coisa. Embarassed

Eu tinha a ideia que já havia utilizado na secção "power" Classe D e no secção "pré" uma válvula... devo ter confundido com transístores.

No resto eu estou de acordo e quando disse ao Alexandre que as Classes não são gavetas certas, disse-o a ponderar o que é a "voz" (voicing) de um amplificador. Quando lemos a etiqueta até podemos encontrar miudezas, sem etiquetas a coisa fica bem mais complicada - mas isto já não pertence aqui e foi falado em outros tópicos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySab Fev 27 2021, 17:14

Alexandre Vieira escreveu:
... consigo às cegas e sem grandes problemas diferenciar válvulas de transistores e dentro dos transistores Class A e Class A/B. Também consigo distinguir as diferenças entre os vários cabos (cobre, cobre prateado e prata), também consigo pelo ouvido saber se uma célula está desalinhada...

Sozinho e à frente de um écrã tudo é possivel e até eu posso dizer que falo melhor cantonês do que a maioria dos habitantes de Hong Kong ... mas se estivesse na Nathan Road faria-me todo miudinho! Eu um destes dias vou voltar a Portugal e a Black box é um objecto pequeno, vamos a ver se distingues o cabo do chinês de um cabo em carbono Razz

Com os olhos abertos distingue-se tudo ... até um Fiat 127 de um Autobianchi A112, com os olhos fechados jà é mais dificil Laughing

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7983
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 51
Localização : The Other Band

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyDom Fev 28 2021, 09:26

TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
... consigo às cegas e sem grandes problemas diferenciar válvulas de transistores e dentro dos transistores Class A e Class A/B. Também consigo distinguir as diferenças entre os vários cabos (cobre, cobre prateado e prata), também consigo pelo ouvido saber se uma célula está desalinhada...

Sozinho e à frente de um écrã tudo é possivel e até eu posso dizer que falo melhor cantonês do que a maioria dos habitantes de Hong Kong ... mas se estivesse na Nathan Road faria-me todo miudinho! Eu um destes dias vou voltar a Portugal e a Black box é um objecto pequeno, vamos a ver se distingues o cabo do chinês de um cabo em carbono Razz

Com os olhos abertos distingue-se tudo ... até um Fiat 127 de um Autobianchi A112, com os olhos fechados jà é mais dificil Laughing

cheers

Experiências com cabos... - Página 2 265963 Experiências com cabos... - Página 2 265963 Experiências com cabos... - Página 2 265963

Bonita alegoria, mas ainda assim cuidado porque cheguei a conduzir durante algum tempo um 127 SURF... Experiências com cabos... - Página 2 310490
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7983
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 51
Localização : The Other Band

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyDom Fev 28 2021, 09:33

Experiências com cabos... - Página 2 Z



Peço desculpa pelo off Topic mas não resisti.

Fernando Salvado gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui B.
Membro AAP
Rui B.

Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/11/2015

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyDom Fev 28 2021, 18:46

True Experiências com cabos... - Página 2 317942 Experiências com cabos... - Página 2 265963
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptySeg Mar 01 2021, 18:29

O PicoScope foi ao laboratorio para calibragem e finalmente estava certinho ... esses rapazes ingleses que fazém o aparelho são bons! Finalmente a rapariga ném me fez pagar nada, se calhar porque tinha feito a barba ... o resultado é que num pais aonde tudo se paga e nada é barato, até estou admirado desta excepção Shocked

Assim, vou poder durante a semana fazer tranquilamente as experiências e ver no que dà ... logo digo Wink

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Rstuyvesant
Membro AAP


Mensagens : 140
Data de inscrição : 16/07/2013

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyTer Mar 02 2021, 11:37

Amigo TD, embora não tendo pago nada em França, aqui na Lusitânia vai ser pago à mesma, a patuscada e o musicol acharutado estão reservados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyTer Mar 02 2021, 12:01

Esta manhã o tempo ameaçava chuva, não choveu mas deu para fazer as experiências que tinha prometido! Foi um bocado complicado para encontrar um metodo repetivel e igual para todos os cabos e finalmente foi com duas molas da roupa espaçadas de 10cm que prendi cada cabo interconect aos cabos de rede ... todos foram testados nas mesmas condições a alimentar um Sugden A21SE aceso o que permitiu de passar corrente nos cabos de rede! Deixo apenas os oscilogramas do cabo basico (aka do chinês) o Chord e o S2Ceb captaram menos as interferências da rede como na experiência anterior com uma pequena vantagem para o S2Ceb...
Experiências com cabos... - Página 2 Rede_111
Cabo de rede normal fornecido com os aparelhos

Experiências com cabos... - Página 2 Rede_210
Cabo de rede entrelaçado mas não blindado

Experiências com cabos... - Página 2 Rede_310
Cabo de rede professional star-quad blindado

Experiências com cabos... - Página 2 Rede_410
Cabo de rede entrelaçado e duplamente blindado

Assinalei as três frequências multiplas da rede para visualisar o 50Hz e as suas harmonicas. Como se vê o simples cabo entrelaçado jà diminui muito as interferências produzidas ... os cabos blindados ainda mais e no final a interferência de rede està ao mesmo nivel que o sinal mais ou menos. Também são visiveis vàrias harmonicas que vão até aos 750Hz e que se atenuam consoante o cabo de rede! Esta experiência mostra que existe a possibilidade que os cabos de rede possam comunicar aos cabos interconect uma parte das frequências o que explicaria (parcialmente) as vantagens de utilisar cabos blindados ou entrelaçados! Ninguém agarra os interconects com molas da roupa aos cabos de rede como eu fiz ... mas mesmo assim existe a possibilidade que por detràs do movel os interconect estejam paralelos aos cabos de rede e os tocar. Mais uma vez pareçe-me que a organisação dos cabos é algo que mereçe atenção...

Durante o ensaio com o cabo normal tive uma historia engraçada! O meu chà estava frio e decidi de o aqueçer no micro-ondas na cozinha que é perto do atelier aonde fiz as experiências ... enquanto o chà aquecia tive esta "bela" imagem no ecrã e o nivel de perturbações multiplicou-se como se vê! Não sei se as perturbações foram por via aérea, pela rede ou os dois ... mas desde que o micro-ondas parou tudo voltou ao normal Question
Experiências com cabos... - Página 2 Microo10

PS: Isto foram experiências feitas em alta-impedância (100kohm) e numa impedância mais baixa os sinais teriam uma amplitude inferior! Os cabos Chord e S2Ceb também reduziram a amplitude do sinal de uma maneira significativa! Não fiz experiências de escuta que seriam longas e induzidas pelas medidas assim deixo a cada um o espaço para fazer experiências com cabos de rede e ou interconects! Pelo momento visualisamos alguns fenomenos que podem explicar algumas das sensações durante as comparações entre interconects e cabos de rede, não hà nenhuma verdade encontrada mas hà pistas para optimisar os cabos por detràs do sistema ... jà é melhor do que nada Wink

Fernando Salvado gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyTer Mar 02 2021, 12:19

Experiências com cabos... - Página 2 Cabo10

Fica uma foto do método utilisado para as medidas com o interconect preso com molas no cabo de rede ... assim é ou fica mais claro penso Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rstuyvesant
Membro AAP


Mensagens : 140
Data de inscrição : 16/07/2013

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQua Mar 03 2021, 08:32

Amigo TD124, grato pelas experiências.
Delas destaco o efeito do "chá a aquecer".
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6912
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQua Mar 03 2021, 09:31

Rstuyvesant escreveu:
... Delas destaco o efeito do "chá a aquecer".

Pois é amigo Rstuyvesant ... se eu estivesse a degustar um Sencha do Japão teria pensado logo a Fukushima e diria-me que tal fenomeno seria o efeito dos isotopos de Césio 134 e 137 a se entrechocar por efeito das microndas Laughing

Mas, era um modesto chà verde da India então digo-me que o pobre liquido não é ele o culpado e que é mais a produção de ondas do magnetron que deve ser responsavel pelo fenomeno, associado à sua alimentação e consecutiva poluição da rede e do espaço ... entre isto, os computadores e os portamoveis ainda vamos ter que fazer salas de escuta com um Escudo de Faraday à volta Wink

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rstuyvesant
Membro AAP


Mensagens : 140
Data de inscrição : 16/07/2013

Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 EmptyQua Mar 03 2021, 09:44

TD124 escreveu:
ainda vamos ter que fazer salas de escuta com um Escudo de Faraday à volta Wink
cheers

Amigo TD..... Exactamente!
Era esse o ponto quando indiquei ao caro José Miguel, o caminho das radiações planetárias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Experiências com cabos... - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Experiências com cabos...   Experiências com cabos... - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Experiências com cabos...
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Cabos-
Ir para: