Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistarEntrar
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.

Ir para baixo 
2 participantes
AutorMensagem
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptyQui Jan 14 2021, 14:30

14 de Janeiro, 2021.

Hoje parto para esta conversa contigo, o meu diário, pois não consigo resistir mais a esta luta que me ocupa. Já não são só as ideias que nascem em mim que me apoquentam, sempre que vejo uma imagem que apresenta algo que pode melhorar um nadinha a qualidade do som em casa fico em pulgas.

Esta é a primeira página, creio que é melhor escrever-te como tudo começou e que ideias tinha então. A memória é um mecanismo traiçoeiro, ela não é melhor do que eu, sei que consigo pregar partidas a mim mesmo, ela também o fará. Ainda assim tentarei ser duro comigo mesmo, perseguirei o que penso ter acontecido de facto, não posso permitir que esta dúvida que cresce em mim e até já dá flores continua a crescer.

A esta hora já te perguntarás o que raio aconteceu para dar início a esta aventura, não a de ouvir Música em casa, mas a de te escrever. Pois bem, vi mais uma imagem de um pequeno equipamento com um batente de porta em cima (num tópico de fórum). Logo que vi tal coisa peguei no telefone e pesquisei por batentes de porta, descobri que são tão baratos e pesados, podem ser um excelente upgrade por tão pouco, o sistema com certeza permanecerá simples e barato ou audiófilo.

Já me estou a perder, disse-te que queria começar pelo início do meu percurso para perceber como cheguei aqui. Percebes como estou?

Continuo amanhã, o batente pesa-me.




ps.: este diário não visa concorrer com o de confinamento que se escreve aqui ao lado, desde logo por que não confinarei; qualquer semelhança com a realidade será mesclada com muitos condimentos.

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 7127
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptyQui Jan 14 2021, 17:10

José Miguel escreveu:
... Já não são só as ideias que nascem em mim que me apoquentam, sempre que vejo uma imagem que apresenta algo que pode melhorar um nadinha a qualidade do som em casa fico em pulgas.
... vi mais uma imagem de um pequeno equipamento com um batente de porta em cima (num tópico de fórum)
. Logo que vi tal coisa peguei no telefone e pesquisei por batentes de porta, descobri que são tão baratos e pesados, podem ser um excelente upgrade por tão pouco, o sistema com certeza permanecerá simples e barato ou audiófilo. ...

Bem vindo ao mundo audiofilo ... o batente é barato e eficaz ao que pareçe, mas também hà coisas caras e ineficazes neste pequeno e esoterico mundo! Também hà coisas caras e um pouco eficazes ... os batentes são baratos mas a eficiência depende do modelo ou da marca ... alguns preferem os pesos da Decathlon que são mais homogeneos nos estremos de banda. Também barato é o pequeno saco de areia que pareçe fazer milagres nos médios ... mas corta os extremos de banda, tém de ser utilisado com o batente para uma eficiência optimal ... o ideal seria um batente com areia dentro mas não existe ainda ao que pareçe dvil

À medida que o diario avançar vou dando umas dicas audiofilas e baratas... lol!

Boa ideia o topico, fiquei curioso cheers

Alexandre Vieira e masa gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptySex Jan 15 2021, 01:08

(madrugada) 15 de Janeiro, 2021.

Não pensei voltar a socorrer-me de ti tão cedo, mas as ideias são assim mesmo, aparecem quando menos se espera. Pouco depois da primeira entrada que fiz voltei a ser assaltado pelas dúvidas, eu que comecei por querer um sistema simples, não mais do que três peças e todas elas ao meu gosto com certeza. Já vou com o dobro no número de peças, o meu gosto já mudou tanto e tantas vezes desde que entrei naquela pequena loja de velharias onde encontrei o que me permitiu iniciar. Agora sei que não é qualquer batente de porta que serve para o fim de pisar pequenos equipamentos. Ao que parece há um tal saco de areia que promete o milagre de tornar a gama média um sonho e eu tenho sonhos, creio até que os sonhos além de comandar a vida também comandam o meu gosto. Ai, como é isto possível?

Podes não acreditar, as tuas linhas são os teus sentidos e entre eles está o da visão. Volto-te para o sistema e vês as pedras no chão, a outra por baixo de um dos equipamentos? Acredita, eu queria tudo simples, o culpado foi o gosto, esse é como as ideias, aparece diferente quando menos se espera. Talvez não tenha sido o gosto, mas eu gostei tanto de ver umas pedras mármore em outro chão parecidas com as que estão neste chão. O som era uma maravilha, tudo o resto era diferente, mas eu procurei e percebi que poderia ter as pedras por tão pouco. No caminho para o trabalho passava por uma empresa que se dedicava a pedras e ao seu tratamento, tive que parar e perguntar. Elas eram bonitas e baratas, prometiam ser eficientes. Olhei para o lado e vi a outra pedra, calcário extraído aqui em Portugal. O calcário tem propriedades muito boas, o senhor da empresa confirmou que o poderia tornar ainda mais bonito e eficaz. Não sei se consegues ver, mas a pedra tem uma resina que lhe fica tão bem. O som ficou mesmo ao meu gosto, ou não tivesse eu escolhido as pedras com cuidado.

Tenho de encontrar mais informações sobre o saco de areia, pois ele deve estar para o calcário como o batente de porta está para o mármore, estou certo disso. O sistema, esse, ficará simples e barato ou audiófilo.

Agora vou tentar dormir, precisava mesmo desabafar, colocar estas ideias fora de mim e partilhá-las.
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptySab Jan 16 2021, 07:43

(manhã) 16 de Janeiro, 2021.

Tenho dispersado, parto para a escrita em ti com um fito, mas acabo sempre por me desviar. Não sei se a culpa é tua, se a culpa é minha, vamos dividir e ficamos os dois com uma quota de responsabilidade. Vou tentar dedicar umas palavras ao início, ao ponto onde tudo começou.

Já tenho na cabeça o jogo de palavras com a canção do Netinho, aquela que diz que tudo começou há um tempo atrás, que diz ainda que no coração ficou lembranças de nós dois... é verdade que tudo começou há uns tempos, mas não ficou grande lembrança. A compra foi a possível, já tínhamos álbuns em vinil, mas não tínhamos como os tocar. Pode parecer que se começou a casa pelo telhado, mas os álbuns foram brincadeiras, formas de transportar surpresas maiores do que eles. Quando entramos numa loja de velharias lá vimos uma aparelhagem completa, amplificador, gira-discos e colunas, ainda recebemos um sintonizador e três LPs como bónus. Assim que chegamos a casa nem nos preocupamos em verificar se era preciso mudar a célula ou apenas a agulha do gira-discos, tínhamos algum conhecimento sobre aqueles artefactos, mas só pensamos em colocar um dos LPs de oferta para ouvir um som que fosse. Finalmente havia forma de colocar os álbuns em vinil a tocar, mas aquilo não foi amor, foi uma paixão de dias que logo esmoreceu. Sentimos falta de tanta coisa, sentimos desde logo falta de Música.

Ainda hoje é assim, estamos sossegados, contudo sabemos que num instante poderá nascer uma dúvida ou um desejo. Normalmente o que origina isto é a sensação de falta. Lembro-me do dia em que decidimos trocar um belo receiver praticamente acabado de comprar, mas a oportunidade de experimentar um conjunto amplificador de potência com pré-amplificador separado estava ao nosso alcance. Avançamos, de um sistema com três peças passamos logo para um de cinco, pois ouvíamos rádio e lá colocamos o sintonizador que estava guardado algures. O som era diferente, a satisfação de escutar Música estava presente, mas o princípio de simplicidade e a curiosidade voltariam a atacar. Trocamos novamente para receiver, para separados, para integrado e receiver mais uma vez. O sistema foi um laboratório de experiências durante uns tempos, mas sempre simples e barato ou audiófilo.

Trocas e mais trocas, ainda trocamos umas quantas vezes de equipamentos até estabilizarmos com o que temos. Voltei a saltar uns quantos passos da história, mas como dividimos a responsabilidade já não me sinto tão mal. Vou-me, mas voltarei.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 7127
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptySab Jan 16 2021, 17:51

José Miguel escreveu:
... Trocas e mais trocas, ainda trocamos umas quantas vezes de equipamentos até estabilizarmos com o que temos. ...

Finalmente ... apesar das nossas diferenças profundas, todos os audiofilos téem um percurso algo similar study
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptySeg Jan 18 2021, 00:54

(madrugada) 18 de Janeiro, 2021.

Não sei se esta página poderá contar como a de um dia, sendo que o dia já passou e um novo começou faz alguns minutos. Se olharmos para o relógio notaremos que estive um dia sem te escrever, mas isso não é grave, também há dias em que não ligo o sistema, tem acontecido ultimamente.

Quero voltar ao ponto em que parei na última vez, mas o que mais me vem à cabeça é algo que ainda não consegui compreender nesta sala. Sou preguiçoso, depois de colocar tudo no lugar espero que por magia algo aconteça da melhor forma possível. Claro que me lembro de momentos parvos, no início tinha muitas preocupações estéticas e a colocação das colunas, por exemplo, visava primeiro não ferir o fluxo das coisas na sala. Cheguei a experimentar soluções que hoje me fazem corar, mas aprendi a equilibrar as coisas com a evolução. É curioso, quanto melhores eram as colunas que íamos experimentando, mais vontade nos dava de cicatrizar a disposição do mobiliário.

As várias mudanças de sala permitem-me pensar como é importante a interacção entre as colunas e o meio ambiente em que elas se inserem. Nesta sala já tentei quase todos os ângulos possíveis, ainda não cheguei ao certo. Esta é uma daquelas coisas que não custa dinheiro, ou melhor, não custa se não pensarmos em grandes deslocações de posição, caso contrário poderá nascer a necessidade de compra de novos cabos. Partindo do princípio que as mudanças não são radicais e se pode trabalhar com o que se tem, brincar com o posicionamento das coisas pode resultar em melhorias com algum peso. No final é caso para dizer que o sistema se manterá simples e barato ou audiófilo.

Não é pelas falhas que sinto que não ligo o sistema, até tenho que o ligar para afinar e talvez escrevendo-te ganhe coragem para o fazer. Vou pensar nisso.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 7127
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptySeg Jan 18 2021, 09:46

José Miguel escreveu:
... Partindo do princípio que as mudanças não são radicais e se pode trabalhar com o que se tem, brincar com o posicionamento das coisas pode resultar em melhorias com algum peso. No final é caso para dizer que o sistema se manterá simples e barato ou audiófilo. ...

2cclzes
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptySeg Jan 18 2021, 16:21

(tarde) 18 de Janeiro, 2021.


Confesso-te que sempre ambicionei chegar ao um ponto em que o som produto do sistema me fizesse apenas pensar nele, no som e em nada mais. Este era e é um objectivo complicado de atingir, pois requer conhecimento e capacidade de investimento. Estes dois problemas enfrentei-os de forma a que não os afastasse muito, pois compreendia que assim que um fosse atenuado, respostas para o outro surgiriam.

O conhecimento é uma faculdade que está activa de forma constante em nós, felizmente posso fazer parte desse nós e não ser uma excepção – aqui as excepções talvez se evidenciem pela diferença no acto de conhecer e não pela ausência da possibilidade de conhecer. Não me quero perder nesse assunto, adiante. Procurei conhecimento de muitas formas, em vários lugares e seguindo a premissa que tento aplicar de forma geral, tendo presente o contraditório. Dei de caras com um mundo de opiniões mais ou menos especializadas, com um mundo de opiniões contra as opiniões. Encontrei o caminho sem precisar de o procurar, o contraditório era algo activo, nem sempre saudável e respeitoso, mas eu sabia que haveria de aplicar filtros e peneiraria o que não me interessasse. A terminologia em Inglês chama “reviews” ás opiniões partilhadas de forma mais sistematizada, ou organizada. Os que não gostam das “reviews” (ainda não percebi se por não gostarem da palavra em si) partem para o campo da opinião (já que escrevo em Português deveria ter dito crítica, ou agora poderei dizer “opinion”), como se neste campo fosse plantada uma qualquer virtude inatacável que serve para enfrentar os que pensam poder opinar de forma sistematizada.

Meu querido diário, o conhecimento é uma ferramenta e uma arma, sabia-o de outras andanças. Esperava que fosse aquela no âmbito dos consumidores e amadores, que fosse esta mais próxima dos profissionais e empresas. Fui surpreendido, por vezes parece ser ao contrário, acabei sem saber se terei algum conhecimento e poderei algum dia ser crítico nas escolhas ou é o campo da opinião o único possível para ter um sistema simples e barato ou audiófilo.

Continuarei depois, neste momento, longe de pensar em trocas, mantenho o gosto de me entreter com elas quando são bem escritas e contam histórias e/ou estórias, quando partilham conhecimento.
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptyTer Jan 19 2021, 20:13

(quase na hora de jantar) 19 de Janeiro, 2021.

Hoje cruzei-me com a necessidade de utilizar algumas palavras, nenhuma delas se cruzava com som ou Música, mas logo me lembrei que há umas quantas que nos permitem olhar para os equipamentos que temos e pensá-los, assim como nos permitem cruzar ideias com quem nos acompanha nestas aventuras.

O vocabulário que se utiliza para falar de som e de equipamentos que nos possibilitam ouvir Música requer aprendizagem, não basta conhecer as palavras e o que elas significam em termos de dicionário ou no mundo do senso comum. O som ser arejado não significa que uma porta ou janela tem que estar aberta para ele aparecer dessa forma, apenas significa que há uma zona do espectro sonoro que aparece com facilidade. Quando se ouve ou lê que um equipamento é rápido, isso não deve ser compreendido como possibilidade de correr ou chegar ao final das faixas antes do tempo devido, se isto acontecer então o equipamento estará desafinado. Gosto particularmente da palavra musical, que utilizada no domínio da reprodução de Música não significa que há Música, é um pouco mais do que isso, musical é um equipamento que aparentemente faz a Música “soar como música para os ouvidos”. Aqui a terminologia aproxima-se do senso comum, ou da sabedoria popular, mas logo depois volta a afastar-se, basta lembrar-me que todo o detalhe da Música pode não ter que (ou dever) participar da reprodução para o equipamento ser musical. Perde-se Música e ganha-se musicalidade.

Acho que dei um nó em mim mesmo e talvez tu já vejas as tuas linhas como mal empregues quando as vês ocupadas com estas minhas dúvidas. Procurar um sistema que nos agrade não é a tarefa mais simples do mundo, desde logo porque ele tem que ser enquadrado com todos estes termos e nem sempre a reunião de todos os positivos é sinónimo de coisa boa. Continuarei a tentar fazer do conhecimento algo meu, ou seja, tentarei aprender para ver se chego a um sistema simples e barato ou audiófilo.

Agora vou ver se o vinho já arejou, neste caso significa mesmo apanhar ar. Estando no ponto, beberei e espero que não seja rápido, as coisas boas querem-se de forma prolongada, como música para os sentidos.
Ir para o topo Ir para baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 7127
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptyQui Jan 21 2021, 17:24

José Miguel escreveu:
... Procurar um sistema que nos agrade não é a tarefa mais simples do mundo, desde logo porque ele tem que ser enquadrado com todos estes termos e nem sempre a reunião de todos os positivos é sinónimo de coisa boa. Continuarei a tentar fazer do conhecimento algo meu, ou seja, tentarei aprender para ver se chego a um sistema simples e barato ou audiófilo. ... Agora vou ver se o vinho já arejou

Sempre senti pessoalmente o meu sistema como o objecto mais intimo que possuo, o mais representativo da minha personalidade ... muito mais do que os meus quadros! Isto levou-me a dizer regularmente às pessoas que o "nosso" sistema é a carta de visita da nossa sensibilidade, uma maneira pudica e indirecta de dizer quém somos!...

Visto deste angulo singular, efectivamente a escolha de um sistema não é tarefa fàcil ... ele deve cristalisar uma série de elementos que nos correspondém. Não vou divagar sobre a autoestima, mas apresentar-se aos outros e a si mesmo é um exercicio dificil se queremos evitar de cair na commedia dell'arte...

No meu caso o vinho jà arejou e bebo este bonito Laudun escutando Maceo Parker ... tudo vai bem por aqui Wink

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. P1090612
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptyQui Jan 21 2021, 18:09

(tarde) 21 de Janeiro, 2021.


Não me procuro em tudo o que faço ou tenho, mas é comum encontrar-me nas e pelas minhas escolhas. Ainda hoje a minha mãe insiste em contar como era chatinho e desde pequeno insistia na escolha do que deveria ser comprado para mim, lembra ainda episódios de compras que fez e que acabaram guardadas em armários, coisas esquecidas e sem uso. O dinheiro era curto, percebia-o, era melhor ser eu a escolher o que seria para mim.

A esta hora já te deves estar a perguntar o que tem o rabiosque a ver com as calças, uma vez que já disse que comecei esta aventura com coisas ligadas ao áudio faz uns poucos anos. O episódio que a minha mãe gosta de lembrar não retrata equipamentos e escolhas relacionadas com áudio, mas o episódio ajuda a enquadrar o que hoje te quero escrever. Voltei a passar os olhos por uma expressão com a qual me vou cruzando de quando-em-quando e fiquei a pensar nela. Os olhos, dizem, podem ser o espelho da alma, mas os outros não estão sempre a olhar para os nossos olhos e não nos conhecem apenas pelo sentido da visão. Quando damos Música aos outros, não damos apenas o conteúdo – a própria Música -, também damos a forma – o som. Sorrio, acabo de pensar naquela famosa expressão: o problema não é o que me dizes, mas a forma como o dizes. Esta expressão tem alguma razão de ser, afinal não há conteúdo sem forma.

Cada uma das peças que fazem parte do sistema foi comprada a pensar em quem utiliza, a escolha, apesar de ponderada, teve uma dose de impulso típica de quem parte do princípio que está pronto para se colocar perante o outro com o que tem e escolheu. Quando se soma toda a ponderação e todas as doses de impulso, acabamos com um resultado que é bem capaz de ilustrar algo de pessoal. Já pouca gente se admira da roupa que visto, creio que não surpreenderei com o que virá a ser um sistema simples e barato ou audiófilo.

Não me parece que um dia volte a ler esta página e aprenda algo com ela sobre áudio em casa. Se a der a ler a alguém que procure algo semelhante, igualmente pessoal, também não sei se transmitirei uma mensagem útil. Em todo o caso, não me procurando no que escrevo, acabo a encontrar-me e isso já é alguma coisa, talvez ainda sirva para alguma coisa.
Ir para o topo Ir para baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8685
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. EmptyQui Fev 04 2021, 19:30

(noite pré jantar) 04 de Fevereiro, 2021.

Meu querido, faz algum tempo que não te escrevo, tenho andado com a cabeça ocupada e algo distraído. Escutar Música passou a ser algo menos frequente, mas não deixei de ouvir coisas novas e outras que me transportam para lugares conhecidos, por isso a minha dúvida não foi ultrapassada.

Tenho assistido a inúmeros debates sobre como atingir objectivos e resultados práticos com base na prática, cada vez mais parece certo que o conhecimento teórico é para os que não sabem nada de nada ou têm crenças infundadas. É curioso olhar para o curso da História e ver como tanto se fez para distinguir conhecimento científico de conhecimento de senso comum, como se fez para perceber que dessa distinção é possível observar que um bebe do outro e que este compromisso é um caminho de duplo sentido. Mas o áudio é diferente, é algo especial e a ciência parece não entender o fenómeno enquanto prática.

A evolução do áudio em casa e dos equipamentos que nos permitem escutar Música, que me permitem ouvir de forma relaxada melhor do que tantos tentaram escutar faz algumas dezenas de anos, deu-se com o suporte de conhecimento científico, esse que se baseia na experimentação, na observação e crítica. Também é verdade que a evolução tem uma parte de senso comum e de intuição, mas só poderia ter, pois aquele como esta bebem constantemente do nosso saber individual e colectivo. Quase todas as pequenas mudanças impostas a um sistema acabam por mexer com uma zona precisa do espectro sonoro, curiosamente a zona das baixas frequências. Não sei se será coincidência ou uma construção colectiva, mas tenho que começar a entender melhor estas coisas, quero chegar a um sistema simples e barato ou audiófilo.

E por hoje é isto meu querido diário, vou tentar voltar a escrever-te todos os dias, sinto que estou cada vez mais longe de uma resposta, logo agora que tudo parece estar mais próximo de um tipo de conhecimento que pouco ou nada tem de exigência.
Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado




Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty
MensagemAssunto: Re: Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.   Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo. Empty

Ir para o topo Ir para baixo
 
Diário de quem queria um sistema simples e barato ou é um audiófilo.
Ir para o topo 
Página 1 de 1

Permissões neste fórumVocê não pode responder aos tópicos
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: