Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 Os ventos da música gravada

Ir em baixo 
AutorMensagem
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3445
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 61
Localização : Freiria - Torres Vedras

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyTer Mar 31 2020, 18:38

Caros,

O lançamento deste tópico não pretende levantar novamente a questão de qual o melhor suporte para usufruirmos do nosso hobby, mas sim perceber até onde nos levarão os ventos da música gravada e as das novas tendências, incluindo o hardware, para ouvir música com qualidade.

Apesar do recrudescimento constante, nos últimos anos, do formato em vinil, o certo é que, mesmo assim, o suporte mais vendido / utilizado é o digital nomeadamente em ficheiro ou em ficheiro streaming com recurso às diversas plataformas disponíveis, principalmente no "espaço" português.

Sou daqueles que tenho o maior dos gostos pelo formato em vinil, por variadíssimas razões, que não vem agora ao caso, mas não sou fundamentalista. Gosto de experimentar, aprender e compreender.

Já vários amantes da "actividade Áudio" têm falado e escrito sobre qual será o formato do futuro e para onde os ventos da música gravada nos levam.

Sou, contudo, um novato em matéria de streaming. Já há muito utilizava suporte digital em ficheiro adquirido em web- suppliers: HDtracks e NativeDSD, mas até há muito pouco tempo não tinha ainda experimentado as plataformas de streaming de qualidade, ex.: Tidal, Qobuz, Amazon Music Unlimeted e outras prováveis que não conheço. Eu disse que era um novato!

Então não é que estou a adorar!!!  Os ventos da música gravada 843159

Por aconselhamento de um companheiro, no nosso último evento Audio Vintage / PortugÁudio, estou a usar o Tidal, passando pelo software de media center Audirvana para o meu dac HD-DAC1 da Marantz.

Esta plataforma usa ficheiros com a qualidade CD 16bit / 44.1kHz até 24bit / 96kHz e, até agora, ainda não apanhei nada que me desiludisse ou pudesse dizer que não tinha a qualidade suficiente para dar prazer de audição.

Neste momento em que escrevo estou numa experiência de audição do álbum Primavera dos The Gift, primeiramente ouvido em CD e agora pelo Tidal e não noto diferenças!

Outros álbuns em Tidal, comparados com o que tenho fisicamente em vinil e ou em CD e mesmo considerando as diferenças características entre estes dois formatos, revelam, com algum esforço (muito mesmo) que a transmissão por Tidal é, segundo me parece, muito menos condescendente com edições menos conseguidas, do que os 2 formatos mais 'clássicos'

Isto leva-me à reflexão de que o streaming veio mesmo para marcar os ventos futuros do acesso a música, não só para os jovens, como para os jovens há mais tempo, como eu.

Aos primeiros, porque não têm, normalmente, muita pachorra para o coleccionismo e são muito mais desmaterializados do que os jovens há mais tempo e, por outro lado, procuram muito mais a simplicidade e a facilidade de uso (quando deixa de interessar, deita fora). Basta-lhes um smatphone e uns auscultadores e está andar de mota.

Aos segundo, porque com o passar dos anos e a experiência de vida, vai-lhes faltando a pachorra para levantar o dito cujo da cadeira (cada vez vai pesando mais), a cada 15'/20', limpar disco, limpar a agulha, colocar no prato e voltar a repetir a cena passados outros 15'/20' (vinil). Mesmo quando só se levantam, passados 60', para colocar o disco no leitor de CDs, já a dita cuja pachorra vai faltando. Atrai-lhes, e muito, o facto de usar o mesmo tipo de smatrphone e, sentadinhos no sofá, ir passando as músicas ad eternum. Até dá para fazer testes críticos de aparelhos sem mexer muito o dito Os ventos da música gravada 933723

Portanto... Vamos vendo para que lado sopra o vento...

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 5653
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyQui Abr 02 2020, 11:08

Goansipife escreveu:
... Neste momento em que escrevo estou numa experiência de audição do álbum Primavera dos The Gift, primeiramente ouvido em CD e agora pelo Tidal e não noto diferenças!

Outros álbuns em Tidal, comparados com o que tenho fisicamente em vinil e ou em CD e mesmo considerando as diferenças características entre estes dois formatos, revelam, com algum esforço (muito mesmo) que a transmissão por Tidal é, segundo me parece, muito menos condescendente com edições menos conseguidas, do que os 2 formatos mais 'clássicos'

Isto leva-me à reflexão de que o streaming veio mesmo para marcar os ventos futuros do acesso a música, não só para os jovens, como para os jovens há mais tempo, como eu. ...

O Streaming de alta qualidade (formato CD e HD) é a discotéca "quase" ideal que não ocupa espaço e ainda por cima é de uma simplicidade de utilisação fantàstica. Infelismente o resultado sonoro, mesmo se é do nivel do CD, continua a ser inferior ao disco desmaterialisado. Eu estive abonado mais de um ano ao Quobuz e experimentei Tidal um mês e os resultados são equivalentes. A comparação entre o ficheiro e a mesma obra em streaming inclina sempre para o mesmo lado. talvez seja uma questão de player não sei ... mas pelo momento suspendi o meu abono !!!...

Desde que a gestão do fluxo e do player esteja resolvido penso que serà a discoteca principal de nòs todos ... mas atenção pois muitas obras recentes ou underground não são disponiveis Wink

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3445
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 61
Localização : Freiria - Torres Vedras

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyQui Abr 02 2020, 11:59

Paulo,

Como disse, sou um novato nestas coisas do streaming, leia-se aqui, streaming, aquele que é transmitido por via de plataformas de qualidade.

Também como disse, este contacto com o Tidal foi-me incentivado por um companheiro de exposição no último ÁudioVintage / PortugÁuido, o qual julgo não ser companheiro nosso aqui no fórum, mas de quem já tinha ouvido falar e é amigo do nosso companheiro e amigo Fernando Salvado.

A conversa, muito agradável e oportuna, começou exactamente por este tema "para onde nos levarão os ventos da música gravada".

Como sabes, esta nossa última exposição não teve a afluência de visitantes correspondente a todo o esforço que fizemos para a levar a cabo, principalmente o esforço do Alexandre Vieira a quem sempre tiro 2cclzes

Nesta constatação, a conversa seguiu por esse caminho, pois tirando nós os entusiastas da coisa, já todos com idade suficiente para termos juízo, os mais novos, ligam pouco ou nada a iniciativas deste género e, é verdade as conclusões a que chegámos da nossa amena cavaqueira.

Na realidade, nós falamos em demasia de amplificação, de fontes assim e assado, de colunas deste e daquele tipo, de cabos e outros acessórios, de gravações de discos, cujo o real trabalho de gravação, na maioria das vezes desconhecemos, etc., etc.

É um género de discussão que se torna aborrecido e "cota" para os mais jovens, não porque eles não gostem de música, mas porque, para eles, ouvir música é um processo bem mais simples e imediatista.

Daí, esse tal companheiro de exposição, cujo o nome não me recordo, e com razão, afirmava que para quem tem múltiplas tarefas a fazer no seu trabalho ou nos momentos de lazer, ter a preocupação que a maioria de nós tem, é uma chatice.

O Tidal, o Qobuz e outras plataformas, mesmo ainda não estando a um nível de perfeição sonhado por todos e custando dinheiro de assinatura, já não deixa os créditos de prazer auditivo por mãos alheias.

Como tu dizes, ocupa muito menos espaço que os nossos sets habituais, ocupa muito menos tempo de dedicação de assistência no "troca-discos" e basta-nos criar uma playlist e usar o smartphone, para termos uma mão cheia de horas música, a fio.

O Tidal tem sido um óptimo companheiro de trabalho, nesta clausura forçada. Eu, em tele-trabalho em casa, tenho o mau hábito de cumprir rigorosamente um regime e um horário de trabalho idêntico ao que cumpro em trabalho na fábrica.

Levanto-me, tomo o meu banho, visto-me, sento-me à mesa da sala principal da casa (porque é onde tenho o router e necessito de um bom sinal de rede) às 8h00 e levanto o dito da cadeira por volta das 19 / 20h00. As minhas pausas são para tomar café, fumar cigarros e almoçar.

Ora a companhia da música, sem ter de interromper o trabalho que estou a fazer e sem ter de me levantar, é ouro.

Nestas 3 semanas em que estou nestas práticas caseiras, tirando sábado e domingo, ainda não ouvi um único disco de vinil.

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 5653
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyQui Abr 02 2020, 14:01

Goansipife escreveu:
... O Tidal tem sido um óptimo companheiro de trabalho, nesta clausura forçada. Eu, em tele-trabalho em casa,  tenho o mau hábito de cumprir rigorosamente um regime e um horário de trabalho idêntico ao que cumpro em trabalho na fábrica.  
...
Ora a companhia da música, sem ter de interromper o trabalho que estou a fazer e sem ter de me levantar, é ouro. ...

Tens perfeitamente razão, mas as possibilidades do streaming são quase infinitas. Na Qobuz podes ver as listas publicas dos outros e descobrir novas coisas, podes também partilhar as tuas e dar a descobrir. Alguns musicos e criticos fazém listas temàticas que te permite rapidamente de saltar de mundo em mundo. Sém ocupar as tuas paredes com uma grande coleção de discos compactos, tens uma imensa coleção ... uma discoteca de luxo e que cobre todos os estilos. O streaming é uma das melhores revoluções na musica gravada nmho Wink

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3445
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 61
Localização : Freiria - Torres Vedras

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyQui Abr 02 2020, 16:33

É verdade, mas só ouvi-o um pouco de Qobuz na minha última ida ao escritório de Amsterdam antes de ficar em casa e foi puxa coisa. O Qobuz ainda não tem serviço par Portugal

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 6425
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyQui Abr 02 2020, 16:49

O presente já passa por aí. Eu uso-o imenso no telemóvel o spotify e quando faço viagens de automóvel, em casa menos, porque uso um dac ligado ao computador e oiço mais o Youtube, gosto muito de ver e ouvir concertos de música clássica, ou até ver concertos de bandas antigas e descobrir tesouros.

Mas obrigado pela tua análise Gonçalo, porque até nem és de fazer afirmações de que estás satisfeito e pelos vistos estás!

Abraços

E continua seguro e em saúde!

Os ventos da música gravada 843159

Voltar ao Topo Ir em baixo
reirato
Membro AAP
reirato

Mensagens : 3457
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 76
Localização : Stª Maria de Belém, Lisboa

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyQui Abr 02 2020, 23:08

Alexandre Vieira escreveu:
… … …  mais o Youtube, gosto muito de ver e ouvir concertos de música clássica, ou até ver concertos de bandas antigas e descobrir tesouros.

… … …

Quando se chega aos 50  Os ventos da música gravada 874774  começa-se a ser revivalista convicto…   dvil

king
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://arato.rocha@gmail.com
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3445
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 61
Localização : Freiria - Torres Vedras

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptySab Abr 04 2020, 13:34

Goansipife escreveu:
É verdade, mas só ouvi-o um pouco de Qobuz na minha última ida ao escritório de Amsterdam antes de ficar em casa e foi puxa coisa. O Qobuz ainda não tem serviço par Portugal

cheers

Paulo,

Disse-te nesta resposta que o Qobuz não tinha serviço para Portugal, mas agora tenho dúvidas.

O que me aparece é esta janela

Os ventos da música gravada Captur13

Mas insisti abrir um login de acesso e nada me foi impedido.

Agora, a questão é esta:

- Na tua opinião Qobuz é melhor, pior ou igual ao Tidal? Quais as diferenças entre eles?

Faço esta questão aberta, porque penso que a tua resposta interessará e ajudará a todos os companheiros do fórum que, como eu, tenham pouca experiência. E, para os outros mais experientes, também poderá ser interessante.

Obrigado, Abraço
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 5653
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptySab Abr 04 2020, 14:54

Goansipife escreveu:
... - Na tua opinião Qobuz é melhor, pior ou igual ao Tidal? Quais as diferenças entre eles?

Faço esta questão aberta, porque penso que a tua resposta interessará e ajudará a todos os companheiros do fórum que, como eu, tenham pouca experiência. E, para os outros mais experientes, também poderá ser interessante. ...

Pela minha experiência, apoiada pelo meu grupo de amigos que fizeram também a comparação na casa deles ... e ao mesmo tempo pelas discussões nos forums franceses e de outros paises, aqui vai o que penso:

1) A proposta em musica classica e jazz é mais vasta na Qobuz e em musica moderna do tipo Rap e Hip-Hop na Tidal. Globalmente as duas plataformas anunciam mais ou menos o mesmo numero de obras em stock...

2) O som em qualidade CD apareçe mais quente na Tidal, com mais baixo-médio do que na Qobuz, é possivel que o som seja ligeiramente manipulado na Tidal ou é o resultado do algoritmo MQA utilisado ...

3) Em alta definição (24/96Khz ou 24/192Khz) acho que a Qobuz produz um som mais natural e detalhado, mas não tenho um Dac compativel MQA e isto pode criar a sensação de menos dinamica na Tidal.

4) A Qobuz que se orienta abertamente para os melomanos e audiofilos propõe mais informações sobre a obra e a gravação desta. O objectivo é de encontrar globalmente as mesmas informações que no formato fisico ...

5) A Qobuz tém uma série de playlists tematicas feitas por pessoas respeitadas que podem servir de iniciação em relação a alguns estilos e permite de partilhar as playlists publicas dos aderentes. A Tidal funciona mais em propondo outras alternativas no mesmo estilo que as tuas escutas ...

Globalmente, pareçem-me ser estas as diferenças principais que mereçem ser avaliadas. Se a escolha entre Qobuz e Tidal tém como objectivo de abandonar a leitura CD e de transformar a plataforma numa imensa discoteca virtual, então Qobuz pareçe-me ofereçer a melhor qualidade, de pouco mas é melhor. No entanto os estilos de escuta (subjectivamente) e de musica podem levar a preferir Tidal porque o som é mais quente e a musica moderna comercial melhor representada. Globalmente em qualidade CD as plataformas são equivalentes, até o preço do abono é o mesmo. O abono em qualidade alta-definição não me pareçe valer a pena, mas é a cada um de decidir em função do seu material e dos seus gostos sonoros...

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 6425
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptySab Abr 04 2020, 15:01

[quote="TD124"]
Goansipife escreveu:
... - Na tua opinião Qobuz é melhor, pior ou igual ao Tidal? Quais as diferenças entre eles?

e em musica moderna do tipo Rap e Hip-Hop na Tidal

cheers

Paulo não digas mais nada, o Goansipife já escolheu... Os ventos da música gravada 265963 Os ventos da música gravada 265963 Os ventos da música gravada 265963 Os ventos da música gravada 265963
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3445
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 61
Localização : Freiria - Torres Vedras

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptySab Abr 04 2020, 19:14

Obrigado Paulo.

A tua resposta, como sempre, foi didática e bastante objetiva, dentro do possível.

Mais uma vez, OBRIGADO!!!

Quanto ao Jovem Administrador, é já agora, por acaso não conheces nenhum portal que tenha somente ruído electrónico?

Ele agradece essa informação

Os ventos da música gravada 758687 Os ventos da música gravada 758687 Os ventos da música gravada 758687

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 5653
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 54
Localização : França

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptySab Abr 04 2020, 19:56

Goansipife escreveu:
... Quanto ao Jovem Administrador, é já agora, por acaso não conheces nenhum portal que tenha somente ruído electrónico?

Ele agradece essa informação ...

Creio que o colega Alexandre Vieira escuta Spotify em versão MP3 bem comprimida e com publicidade pelo meio ... então jà esta servido e do que sei pareçe estar contente !!!...

lol!

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 6425
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptySab Abr 04 2020, 20:25

Eu não noto diferença nenhuma no som, e ainda bem que me disseram que era publicidade, pensei que fazia parte da obra... Os ventos da música gravada 843159

Por isso é que estava achar tudo tão interessante... Os ventos da música gravada 447836
Voltar ao Topo Ir em baixo
reirato
Membro AAP
reirato

Mensagens : 3457
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 76
Localização : Stª Maria de Belém, Lisboa

Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada EmptyTer Abr 07 2020, 13:36

2cclzes

ChromeCast streaming, como é que se faz???

Estudem e expliquem-me… estou desesperadamente interessado para instalar até ao fim das quarentenas!!...

Chromecast Audio Review ,  11/29/2019


<< With Chromecast you can stream music from Qobuz & Co. directly from the cloud to your streamer – without a PC and in HiRes. Soundwise that should be ideal.

Ulrich Wienforth

Wire from the Cloud

All you need is a streamer and an app that supports the Chromecast protocol. The music is selected on your tablet or smartphone in the app of the respective streaming service, which then establishes a direct connection from Qobuz & Co. to the renderer. You can then use the handheld for other purposes – the music data does not run over the wi-fi path and does not suck on the phone's battery.










In the Apps of Qobuz, Tidal & Co. you simply tap the Chromecast icon and select the device for playback and immediately your music is sent to that Streamer – without a detour via your phone.

Chromecast is a streaming protocol from Google, which, in contrast to Apple's Airplay, also supports high resolution: on most devices up to 24/96, on some, such as Naim or Technics, up to 24/192 – ideal for the HiRes service from Qobuz. Chromecast can even group several devices into a multiroom system. Besides WAV and FLAC, the supported audio formats also include AAC, MP3, OGG and Opus.

The Chromecast Audio Adapter

The easiest way to stream music via Chromecast is Google's "Chromecast Audio" adapter, whose output can be connected to any line or optical S/PDIF input of the HiFi system. Google has stopped production, but it is still available in several online shops. Of course you can't expect audiophile qualities from the 30 Euro adapter, but it works well. However, it sometimes produces dropouts at 96-kHz signals and does not support 88 kHz clock.







Chromecast Audio Adapter


The Chromecast Audio Adapter from Google.

If you have a streamer with integrated Qobuz access (see box below), you can access the streaming service from the manufacturer's app. Then, a direct connection from the cloud to the streamer will be established and you don't need Chromecast

Chromecast built-in

If Qobuz is not integrated – or if you like the streaming provider's app better than the one of the streamer's manufacturer – you should look for the "Chromecast built-in" logo of your network player (cf. top of page). The Chromecast connection is up and running in a few minutes, and you don't have to agree to any major data shares with Google. Simply enter your access information for the streaming service, tap the Chromecast icon, select your streamer – and you're done. We've tested disabling WLAN on your smartphone: the playlist from Qobuz continued anyway. The same applies if you stream from the Qobuz desktop app on your PC via Chromecast.







Audirvana can also stream to DLNA network players. The audio data from Qobuz & Co. is always streamed via the PC.


Tidal subscribers, on the other hand, may encounter a problem with the direct connection: as the music data isn't run through the Tidal app, MQA files cannot be decoded – unless the player itself is MQA-capable. As an alternative, access via the Roon PC software, which can also access Tidal and Qobuz and stream to Chromecast devices, can be considered. The music data actually runs through the PC and can also be MQA decoded there. Roon's equalizer functions can also be used this way. However, some Chromecast devices, like the Technics SL-G 700 from our test, do not register correctly as HiRes-suitable with Roon, which is why Roon then downscales HiRes files.

Stream via UPnP

Players which have neither Chromecast nor native access to Qobuz & Co. integrated, can be supplied with music from Qobuz and Tidal via the standard DLNA protocol from the Audirvana software. The data also runs via the computer and is MQA decoded if necessary. Or you can stream from the Android app "Bubble UPnP", which can send music from Qobuz directly from the cloud – also in HiRes – to Chromecast or DLNA compatible network players.









Qobuz desktop app Even the Qobuz desktop app can connect directly to Chromecast devices.


That works fine. Bubble only gets somewhat overwhelmed with long playlists. The app can even stream music stored on the handheld via Chromecast or DLNA.

Test with Technics

Does the direct connection from the cloud to the player sound better than the detour via the PC? We tried the Technics SL-G 700: it was first supplied with music from Qobuz via DLNA using Audirvana and then directly from the cloud via Chromecast using the Qobuz app. The DLNA connection produced a more crisp sound with a little more attack, while the direct connection via Chromecast sounded a bit softer and smoother. Which version has the edge ultimately depends on the music material. So, the detour via the PC at least doesn't have any negative effect.

And how does Google's Chromecast audio adapter (via S/PDIF) sound in comparison? The Technics streamer with "Chromecast built-in" plays much cleaner and more dynamic than the 30-euro dwarf>>

https://stereo-magazine.com/review/chromecast-audio-review

king
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://arato.rocha@gmail.com
Conteúdo patrocinado




Os ventos da música gravada Empty
MensagemAssunto: Re: Os ventos da música gravada   Os ventos da música gravada Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Os ventos da música gravada
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: