Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio
Áudio Analógico de Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

 

 MICROMEGA STAGE3

Ir em baixo 
AutorMensagem
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Mar 15 2020, 11:27

O micromega Stage 3 é um leitor de cd´s com 2 dacs x TDA1305T. Tem uma sonoridade muito interessante porque consigo ouvir muito mais música de cd do que com qualquer outro leitor, o que não quer dizer que tenha o micro-detalhe de outros, mas tem uma musicalidade, muito, muito interessante. Ao nível das vozes e até em peças complexas, torna tudo mais fácil.

Por outro lado tem um sistema de leitura manhoso, volta e meia não reconhece os cd´s.

Com o cabo de corrente de fábrica o seu som parecia amorfo, resolvi colocar-lhe um dos melhores cabos que cá tenho e traduziu-se numa enorme diferença no resultado final. Palco sonoro mais definido, graves mais extensos e uma maior naturalidade em todo o experto musical.


MICROMEGA STAGE3 649331369_large_f7b9fe12cc5f3d2a90fa916b1b5812bb





Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Mar 15 2020, 13:47

Alexandre Vieira escreveu:
O micromega Stage 3 é um leitor de cd´s com 2 dacs x TDA1305T. ... Por outro lado tem um sistema de leitura manhoso, volta e meia não reconhece os cd´s. ...

Um leitor de CD françês que era apreciado nos anos 90 ... visto que a fiabilidade da marca foi sempre criticada por aqui, é espantoso de constatar que apòs 25 anos ainda funcione !!!

Geralmente a mecânica e o laser não duravam mais do que cinco anos, diziam as màs linguas lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Mar 15 2020, 13:52

TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
O micromega Stage 3 é um leitor de cd´s com 2 dacs x TDA1305T. ... Por outro lado tem um sistema de leitura manhoso, volta e meia não reconhece os cd´s. ...

Um leitor de CD françês que era apreciado nos anos 90 ... visto que a fiabilidade da marca foi sempre criticada por aqui, é espantoso de constatar que apòs 25 anos ainda funcione !!!

Geralmente a mecânica e o laser não duravam mais do que cinco anos, diziam as màs linguas lol!

Mesmo, mas tem uma sonoridade muito interessante. MICROMEGA STAGE3 22692
Voltar ao Topo Ir em baixo
galvaorod
Membro AAP
galvaorod

Mensagens : 804
Data de inscrição : 14/04/2017

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Mar 15 2020, 14:07

Alexandre Vieira escreveu:
TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
O micromega Stage 3 é um leitor de cd´s com 2 dacs x TDA1305T. ... Por outro lado tem um sistema de leitura manhoso, volta e meia não reconhece os cd´s. ...

Um leitor de CD françês que era apreciado nos anos 90 ... visto que a fiabilidade da marca foi sempre criticada por aqui, é espantoso de constatar que apòs 25 anos ainda funcione !!!

Geralmente a mecânica e o laser não duravam mais do que cinco anos, diziam as màs linguas lol!

Mesmo, mas tem uma sonoridade muito interessante. MICROMEGA STAGE3 22692

Aparelho fabuloso, em termos de sonoridade e estética. Um pesadelo na parte de fiabilidade, já tive um e jurei para nunca mais… não se pode contar com ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
anibalpmm

Mensagens : 9469
Data de inscrição : 05/03/2012

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Mar 15 2020, 14:11

TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
O micromega Stage 3 é um leitor de cd´s com 2 dacs x TDA1305T. ... Por outro lado tem um sistema de leitura manhoso, volta e meia não reconhece os cd´s. ...

Um leitor de CD françês que era apreciado nos anos 90 ... visto que a fiabilidade da marca foi sempre criticada por aqui, é espantoso de constatar que apòs 25 anos ainda funcione !!!

Geralmente a mecânica e o laser não duravam mais do que cinco anos, diziam as màs linguas lol!
Tenho um que me foi oferecido por um amigo
Mas já foi ao JP duas vezes e ainda por lá está 🥺
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Mar 15 2020, 14:13

galvaorod escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
O micromega Stage 3 é um leitor de cd´s com 2 dacs x TDA1305T. ... Por outro lado tem um sistema de leitura manhoso, volta e meia não reconhece os cd´s. ...

Um leitor de CD françês que era apreciado nos anos 90 ... visto que a fiabilidade da marca foi sempre criticada por aqui, é espantoso de constatar que apòs 25 anos ainda funcione !!!

Geralmente a mecânica e o laser não duravam mais do que cinco anos, diziam as màs linguas lol!

Mesmo, mas tem uma sonoridade muito interessante. MICROMEGA STAGE3 22692

Aparelho fabuloso, em termos de sonoridade e estética. Um pesadelo na parte de fiabilidade, já tive um e jurei para nunca mais… não se pode contar com ele.

Mesmo mas este veio para completar o meu conhecimento dos diversos dacs mais importantes na historia do Cd.

Agora falta-me só um 1541 (s1 ou s2) e o Cirrus Logic CS4397 em aparelhos decentes.

E fico com um leque interessante de leitores e de dacs.

Eu só tenho verdadeiramente uma opinão quando as peças ficam cá por casa pelo menos seis meses...


Última edição por Alexandre Vieira em Dom Mar 15 2020, 14:19, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Mar 15 2020, 14:14

anibalpmm escreveu:
TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
O micromega Stage 3 é um leitor de cd´s com 2 dacs x TDA1305T. ... Por outro lado tem um sistema de leitura manhoso, volta e meia não reconhece os cd´s. ...

Um leitor de CD françês que era apreciado nos anos 90 ... visto que a fiabilidade da marca foi sempre criticada por aqui, é espantoso de constatar que apòs 25 anos ainda funcione !!!

Geralmente a mecânica e o laser não duravam mais do que cinco anos, diziam as màs linguas lol!
Tenho um que me foi oferecido por um amigo
Mas já foi ao JP duas vezes e ainda por lá está 🥺

Normalmente é o mecanismo 12.4 da Philips que dá para o torto. Mas vale a pena o esforço. Dos melhores dacs para vozes que conheço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
subdias



Mensagens : 14
Data de inscrição : 22/03/2016
Idade : 58
Localização : LEIRIA

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySex Maio 08 2020, 22:44

Embora já tenham passado alguns dias deste tópico, não quero deixar de participar.
É com prazer que ouço alguém falar desta marca, o stage 3 nunca ouvi, sou o feliz proprietário de um stage 4 há alguns 20 anos??? e ainda não me cansei, já ouvi melhores mas não consigo alcança-los €€€ e realmente com o meu o mecanismo também é muito manhoso e tem vontade própria, penso que a sonoridade não deve ser muito diferente entre os dois.
Também tenho um Pionieer pd-s802, com um  prato invertido como um gira discos, mas é mais agressivo na sonoridade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 00:51

subdias escreveu:
Embora já tenham passado alguns dias deste tópico, não quero deixar de participar.
É com prazer que ouço alguém falar desta marca, o stage 3 nunca ouvi, sou o feliz proprietário de um stage 4 há alguns 20 anos??? e ainda não me cansei, já ouvi melhores mas não consigo alcança-los €€€ e realmente com o meu o mecanismo também é muito manhoso e tem vontade própria, penso que a sonoridade não deve ser muito diferente entre os dois.
Também tenho um Pionieer pd-s802, com um  prato invertido como um gira discos, mas é mais agressivo na sonoridade.

O Pionner tem tudo de bom (tenho cá um dessa série) menos o som. Mas se o ligar a um dac externo, vale bem a pena, porque esse mecanismo de leitura é de facto muito bom.

Relativamente ao Micromega eles são muito idênticos, o 3 tem duplo dac e o 4 só tem um dac. Confesso que nunca ouvi um 4. Mas deve ter uma sonoridade semelhante. O Chip TDA 1305 não é tão aclamado como o 1541 mas tem uma sonoridade idêntica, mas o que realça nesse é a capacidade de reproduzir sons naturais, vozes humanas e peças de música clássica, foi uma enorme surpresa para mim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
analog_sa
Membro AAP
analog_sa

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/05/2017
Localização : Cascais

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 08:56

The TDA1305 is a delta sigma dac and has a completely different presentation from a TDA1541. Not much personal experience with the 1305 apart from once owning a Studer D732. Unpleasant memories.

Which doesn't mean the Micromega is not great Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5794
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 10:59

No início dos anos 90, quando comprei o meu primeiro DAC (Audio Alchemy DDE v1 - SAA7323), comparei-o com alguma da concorrência (Arcam Delta Black Box 3 - SAA7321, Audiolab 8000DAC - TDA1547, Deltec Bigger Bit - TDA1547, Meridian 203 - TDA1547, Micromega Duo.BS. - SAA7321, Roksan ROK DA1 - CS4328).
Todos eles utilizavam chips Delta-Sigma, o grande furor da altura.

O Micromega Duo.BS. era o DAC mais bonito daqueles que se encontravam ao alcance da minha carteira mas não foi aquele que mais me cativou o ouvido.

O Audio Alchemy foi de todos aquele que curiosamente me soava menos a "Bitstream"... Alimentei-o inicialmente com o Marantz CD-50 que mais tarde substitui pelo transporte e filtro de jitter da AA.
Foi a minha fonte de CD durante 12 anos.

O digital avançou bastante desde então.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 11:55

Alexandre Vieira escreveu:
... Confesso que nunca ouvi um 4. Mas deve ter uma sonoridade semelhante. O Chip TDA 1305 não é tão aclamado como o 1541 mas tem uma sonoridade idêntica, mas o que realça nesse é a capacidade de reproduzir sons naturais, vozes humanas e peças de música clássica, foi uma enorme surpresa para mim.

Resumir o som de um complexo leitor CD a um unico componente (chipDac), seria como resumir o som de uma leitura vinilo à célula utilisada ou um vinho à casta da uva...

Existém leitores de CD que utilisam o mesmo Dac e soam "radicalmente" diferentes ... a mecânica, controlo da mecânica, alimentações, caixa, peso e sobretudo o andar analogico e a filtragem imprimem uma sonoridade que vém se juntar à do chipDac! As coisas não são tão lineares ném simples quanto isso Wink

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
analog_sa
Membro AAP
analog_sa

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/05/2017
Localização : Cascais

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 13:19

You are certainly right Paulo, but my philosophy is much simpler: it is much easier to achieve the best possible results if you use the best available ingredients.

There are of course diametrically opposed views . Just look at AN UK whose philosophy about digital is that digital ingredients just don't matter: use any old digital part, ignore clocks, jitter and all the technical mumbo-jumbo, just add a mellow valve stage and some oil caps and all will be peachy. There will be magic Laughing



Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 13:35

Pois eu acho que que o andar de alimentação dos leitores de cd´s têm uma influência enorme no som. Muitas vezes até mais determinante que o próprio dac.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 13:38

TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
... Confesso que nunca ouvi um 4. Mas deve ter uma sonoridade semelhante. O Chip TDA 1305 não é tão aclamado como o 1541 mas tem uma sonoridade idêntica, mas o que realça nesse é a capacidade de reproduzir sons naturais, vozes humanas e peças de música clássica, foi uma enorme surpresa para mim.

Resumir o som de um complexo leitor CD a um unico componente (chipDac), seria como resumir o som de uma leitura vinilo à célula utilisada ou um vinho à casta da uva...

Existém leitores de CD que utilisam o mesmo Dac e soam "radicalmente" diferentes ... a mecânica, controlo da mecânica, alimentações, caixa, peso e sobretudo o andar analogico e a filtragem imprimem uma sonoridade que vém se juntar à do chipDac! As coisas não são tão lineares ném simples quanto isso Wink

cheers


Pois claro que não, se um bom "coração" não estiver bem acompanhado de nada serve. O primeiro a chegar a essa conclusão foi o Stan Curtis que com o projecto Cambridge Cd 1, enunciou todos os problemas, muito antes de todos os outros concorrentes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 13:41

analog_sa escreveu:
You are certainly right Paulo, but my philosophy is much simpler: it is much easier to achieve the best possible results if you use the best available ingredients. ...

What you say is true ... but isn't completely true. The best available ingredients are the basis of a great cuisine, great wine and of course great audio ... but isn't enough since these disciplines aren't linear and depend of the human touch:

With the same amount of components, all from the higher quality, one will do a Quad II, another one wil do a parafeed SE ... and another one a PSE! The components are all the same in amount and quality, but the results no !!!...

Audio is complex ... even when it seems very simple Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 13:43

Alexandre Vieira escreveu:
Pois eu acho que que o andar de alimentação dos leitores de cd´s têm uma influência enorme no som. Muitas vezes até mais determinante que o próprio dac.

O mais audivel é o andar analogico de saida sobretudo quando é mal feito, como tudo no audio Wink

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 13:45

TD124 escreveu:
analog_sa escreveu:
You are certainly right Paulo, but my philosophy is much simpler: it is much easier to achieve the best possible results if you use the best available ingredients. ...

What you say is true ... but isn't completely true. The best available ingredients are the basis of a great cuisine, great wine and of course great audio ... but isn't enough since these disciplines aren't linear and depend of the human touch:

With the same amount of components, all from the higher quality, one will do a Quad II, another one wil do a parafeed SE ... and another one a PSE! The components are all the same in amount and quality, but the results no !!!...

Audio is complex ... even when it seems very simple Wink

What can I say to make it appear that I still know how to complicate things more than you? MICROMEGA STAGE3 265963 MICROMEGA STAGE3 265963 MICROMEGA STAGE3 265963 MICROMEGA STAGE3 265963
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 13:45

TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
Pois eu acho que que o andar de alimentação dos leitores de cd´s têm uma influência enorme no som. Muitas vezes até mais determinante que o próprio dac.

O mais audivel é o andar analogico de saida sobretudo quando é mal feito, como tudo no audio Wink

Fonte de alimentação!!! MICROMEGA STAGE3 2912087259

Claro que na perspectiva do projecto estar em conformidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 14:26

Alexandre Vieira escreveu:
... What can I say to make it appear that I still know how to complicate things more than you?...

To decomplex the complexity doesn't create simplicity ... and to complex the simplicity doesn't create hypercomplexity, it just adds a bit of complexity to the former complexity ... anyway you're turning complexity into a complex affraid

MICROMEGA STAGE3 933723

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5794
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 15:22

analog_sa escreveu:
You are certainly right Paulo, but my philosophy is much simpler: it is much easier to achieve the best possible results if you use the best available ingredients.

There are of course  diametrically opposed views . Just look at AN UK whose philosophy about digital is that digital ingredients just don't matter: use any old digital part, ignore clocks, jitter and all the technical mumbo-jumbo, just add a mellow valve stage and some oil caps and all will be peachy. There will be magic Laughing





The late Charles Hansen (Ayre Acoustics) made an interesting post about the art of DAC cooking shortly before he passed away:

The thing that I see over and over and over in this thread is an irrational belief in the importance of the DAC chip itself. Just about everything affect the sound of an audio product, but when it comes to DACs, I would rank (in order or sonic importance the general categories as follows:

1) The analog circuitry - 99.9% of all DACs are designed by digital engineers who don't know enough about analog. They just follow the app note. The specs on the op-amps are fabulous and digital engineers are inherently seduced by the beauty of the math story. There are minor differences in the sound quality between various op-amps, but it's kind of like the difference between a Duncan-Heinz cake mix and a Betty Crocker cake mix. 99.8% of the op-amps are used a current-to-voltage converters with the inverting input operating as a virtual ground. This is probably the worst way to use an op-amp as the input signal will cause the internal circuitry to go into slewing-limited distortion. http://www.edn.com/electronics-blogs/anablog/4311648/Op-amp-myths-ndash-by-Barrie-Gilbert

With discrete circuitry, the only limit is your imagination. You are free to adjust the topology of the circuit, the brands of the parts, the active devices, the bias current in each stage - anything you can think of. Think of this as going to a world-class patisserie in Paris and seeing all the different things that can be made.

2) The power supplies - 99.9% of all DACs use "3-pin" power supply regulators, which are pretty much op-amps connected to a series pass transistor. Everything in #1 applies here.

3) The master clock - jitter is a single number assigned to measure the phase noise of an oscillator over a fixed bandwidth. It is far more i important to know the spectral distribution of the timing variations and how they correlate to audible problems. 99.9% of all DACs use a strip-cut AT crystal in a Pierce gate oscillator circuit. It's pretty good for the money but the results will depend heavily on the implementation, particularly in the PCB layout and the power supplies (#2).

It's hard to rank the rest of these so I will give them a tie score.

4) The digital filter - 99.9% of all DACs use the digital filter built into the DAC chip. About a dozen companies know how to make a custom digital filter based on either FPGAs or DSP chips.

4) PCB layout - grounding and shielding, impedance-controlled traces, return currents, and return current paths are all critical. For a complex digital PCB, 8 layers is the minimum for good results.

4) The DAC chip - almost everything these days is delta sigma with a built-in digital filter. Differences between different chips is one of the less important aspects of D/A converter designs. Both ESS and AKM have some special tricks to reduce out-of-band noise, which can be helpful, but not dramatic.

4) Passive parts - the quality of these can make a large difference in overall performance, especially for analog. Not many digital engineers sit around listening to different brands of resistors to see what sounds best.

These are just a few of the things that make differences in the way that a DAC will sound.

Hope this helps,
Charles Hansen
Voltar ao Topo Ir em baixo
analog_sa
Membro AAP
analog_sa

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/05/2017
Localização : Cascais

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Maio 09 2020, 16:45

Hi Ricarcdo

Thanks for bringing this up, always been a huge fan of Mr Hansen's writings. Looks like i have forgotten some of the fine points like the difference between a Duncan-Heinz cake mix and a Betty Crocker cake mix Laughing

I have also forgotten his recommendation for a minimum of 8-layer digital board Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySex Nov 27 2020, 21:24

Após uma enorme disputa cá em casa, com cabos IC e Cabos de corrente, para colocar o Micromega a dar aquilo que considero ser o seu máximo e atendendo ao restante sistema, tive resultados ótimos com um cabo corrente da Atlas. O "bicho" ganhou outra alma e maior alcance no detalhe.

Afinal o diabo também se esconde nos detalhes, e são todos os detalhes, em conjunto, que nos levam a alcançar o resultado final. MICROMEGA STAGE3 22692

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Nov 28 2020, 08:55

Alexandre Vieira escreveu:
... tive resultados ótimos com um cabo corrente da Atlas. O "bicho" ganhou outra alma e maior alcance no detalhe.

Afinal o diabo também se esconde nos detalhes
, e são todos os detalhes, em conjunto, que nos levam a alcançar o resultado final. ...

Quanto eu gostaria que o que critico ao meu sistema fosse resolvido por uma questão de cabos (rede, sinal, digital, colunas...), vàlvulas ou fusiveis pois são coisas que tenho com fartura aqui por casa ... mas não, seria demasiado simples e no audio nada é simples Suspect

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Nov 28 2020, 10:10

Discordo totalmente, normalmente o segredo está na simplicidade e no audio cada vez mais entendo isso! Mas tu estás a outro nível vês por conhecimento técnico pormenores que não estão ao meu alcance. Eu apenas, empiricamente, vejo a evolução pelo resultado final.

Aliás é esse pormenor que mais gosto da Antitom. Nunca mais vou esquecer a evolução que fizeste da M-75. Despida de tudo o que não interessa, mas evoluída com o essencial. MICROMEGA STAGE3 1213685197


Eu agora vou fazer umas experiências com a rede eléctrica de casa. Companheiros têm-me falado maravilhas sobre essas evoluções. E só experimentando é que consigo saber se faz diferenças. Se gosto ou não, se é uma evolução ou não.

É esta chama que mantém o meu hobby vivo! E dá-me mais razões para ouvir música. Para estar com os nossos Companheiros e querer conhecer as suas experiências sempre de espírito aberto.


Última edição por Alexandre Vieira em Sab Nov 28 2020, 14:37, editado 1 vez(es)

masa gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
masa
Membro AAP


Mensagens : 326
Data de inscrição : 29/01/2013
Idade : 75
Localização : Vale de Milhaços

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Nov 28 2020, 14:25

Compadre Alexandre ,cuidado porque na rede electrica doméstica não há fusíveis ,são dijuntores . Portanto , nada de substituir por fusíveis seja qual for a cor .
Se for para não pagar à edp tambem alinho .
Um bocadinho de veneno , de reserva , anima o confinamento .
cts

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Nov 28 2020, 18:10

Alexandre Vieira escreveu:
Discordo totalmente, normalmente o segredo está na simplicidade e no audio cada vez mais entendo isso! (...) Eu agora vou fazer umas experiências com a rede eléctrica de casa. Companheiros têm-me falado maravilhas sobre essas evoluções. (...) É esta chama que mantém o meu hobby vivo! E dá-me mais razões para ouvir música. ...

Olà Alexandre, tens razão até certo ponto pois (efectivamente) não vejo as coisas como tu ... mas no final ficamos ambos no mesmo ponto! Tenho muitos discos que os quero escutar nas melhores condições possiveis ... como tu, e a maioria dos outros colegas por aqui. Que eu seja designer ajuda-me em vàrios pontos é certo, mas não resolve tudo senão todos os sistemas seriam perfeitos ... ora isso é uma raridade rarissima pelo que escuto!!!...

Mas o problema aqui é outro, não é uma questão de como contornar as leis da fisica, ném de inventar uma nova topologia, ném de tornar maleàvel o som e adaptà-lo ao nosso gosto ... é de compreender o que é eficaz para levar um sistema a soar como nòs queremos, sém ser prisioneiro da subjectividade...

Tenho um amigo que cozinha bem*, muito bem mesmo, mas tenho um (grande) problema quando como na casa dele! Cada vez que ele faz um prato ele não os tempera, e depois mete no meio da mesa um tabuleiro com muitos condimentos, vàrios azeites, vinagres diferentes e diversos tipos de sal ... para que cada um tempere ao seu gosto! È giro e mesmo "moderno" (diria bô-bô  Laughing ) de deixar cada um condimentar ao seu gosto, mas é esqueçer que a boa cozinha não necessita de tempero ... é mesmo a base da boa cozinha! Então finalmente ele faz como tu ... ele deixa a cada um o direito de escolher o cabo, fusivel, afinagem que lhe corresponde e no fim não é cozinha ném nada, é um concepto vago...

* Eu disse que ele cozinha bem e é verdade pois ele domina todos os gestos técnicos das cozeduras que são sempre perfeitas ... fora o tempero! Então fica a questão, a cozinha perfeita mas sém tempero é grande cozinha ou simplesmente um prato inacabado? Um grande sistema necessita uma perfeita escolha de cabos ou mesmo com cabos reles é impressionante?... tenho a minha ideia sobre o assunto e por isso digo que os cabos são acessorios, são apenas a pitada de "sal do himalaia" num arroz cantonês, mas é necessario que o arroz seja perfeito senão é apenas placebo e areia nos olhos ... perdão, nos ouvidos! Aliàs, é por isso que os amadores de cabos, fusiveis, moveis, spikes e etc estão sempre a mudar e a experimentar ... creio que o que é interessante não é o resultado, mas a experimentação pois o resultado é sempre "inacabado"  Wink

Alexandre Vieira e masa gostam desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Nov 28 2020, 20:09

Sabes Paulo

Aproveitando a tua analogia à culinária. Acho que não vale a pena reinventar o Ovo Estrelado, ele é estrelado. Mas um pouco de sal e pimenta ao gosto do freguês permite personaliza-lo ao gosto. MICROMEGA STAGE3 265963

A não ser que exista a capacidade de reinventar tecnicamente o modo de se ouvir música (desde a fonte, à amplificação e reprodução) ninguém, mas mesmo ninguém, por mais que faça, desde os fabricantes aos amadores, faz mais do que colocar um bocadinho maior ou menor de número de condimentos a seu gosto, uns mais exóticos que outros, uns a olhos outros através de um livro de receitas. O resto é, literalmente e não por analogia da palavra, é música. MICROMEGA STAGE3 491368

masa gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8243
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySab Nov 28 2020, 20:34

A reprodução de Música nunca será perfeita, mas isso não significa que usando a palavra "gosto" se feche o assunto sem mais.

Lamentavelmente por aqui já nem se tenta argumentar a razão de um caminho escolhido, de gosto que seja, aparecer como válido ou, no limite, mais válido do que outros.

Todos saberão responder ao "o quê?" numa conversa que envolva Audio (querer ouvir Música, querer ouvir Música como gosto, querer experimentar coisas, ...), mas a partir dessa resposta deveria partir-se para mais duas perguntas: "como?" e "porquê?", depois dar as respectivas respostas.

O Alexandre deverá perceber bem que quem tempera muito o som arrisca-se a ouvir algo bem diferente do que os autores/Músicos gravaram, mas bem explicado até pode fazer sentido, nem que seja no caso parricular.

Quem tempera pouco tende a justificar-se, seja por tentar não temperar nada e acabar um pouquinho temperado (limitações, concessões, crenças, ...), seja por acreditar que temperando daquela forma acaba a revelar o mais importante (dar mais relevo nas frequências próximas dos extremos para dar alguma vitalidade ao som, dar mais relevo à gama média por ser onde se concentra a maioria da informação que o nosso cérebro processa, ...)... seja pelo que for, ainda há quem se esforce por explicar.


A "autópsia da alta fidelidade" já foi anunciada, assistimos apenas ao decompor de um corpo de conhecimento...

masa gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 11:59

José Miguel escreveu:

O Alexandre deverá perceber bem que quem tempera muito o som arrisca-se a ouvir algo bem diferente do que os autores/Músicos gravaram, mas bem explicado até pode fazer sentido, nem que seja no caso parricular...

Estimado José Miguel

Temperar muito o quê?

Só alterava o som dos Autores/músicos se fosse assassinar as Matrizes originais. Quanto muito posso desvirtuar o trabalho dos engenheiros que fizeram os aparelhos e os afinaram ao gosto e orçamento possível,  nunca o trabalho dos músicos. Esse é desvirtuado desde a gravação!  lol!

masa gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 12:08

Alexandre Vieira escreveu:
... Aproveitando a tua analogia à culinária. Acho que não vale a pena reinventar o Ovo Estrelado, ele é estrelado. Mas um pouco de sal e pimenta ao gosto do freguês permite personaliza-lo ao gosto. ...

Tens perfeitamente razão e é ai que o problema reside ... o que faz destas conversas um assunto polémico e em todos os forums da terra. De um lado està o ovo estrelado e do outro lado està o tempero! È então possivel de dizer que mesmo um ovo de aviàrio do mais reles que hà e mal estrelado vai acabar por ser bom pois o tempero à moda do freguês vai compensar o resto. Também é possivel de dizer que um bom ovo de galinha que vive ao ar livre e come trigo, estrelado rapidamente com um pouco de manteiga dos açores meio-sal e ligeiramente estufado com tampa não necessita de tempero ... e que serà mais gostoso assim! Efectivamente podemos dizer tudo e o seu contràrio e todos téem sempre razão, é o aspecto absurdo destas conversas que cria a fonte da discordia...

Pessoalmente, quando vou à casa de uma pessoa e escuto um sistema desconhecido, nunca perguntei quais cabos ele utilisa. Que o som seja mau, médio ou bom eu sei que o efeito dos cabos é por demasiado fraco para poder explicar a qualidade da reprodução, é um tempero que tempera muito pouco, mas agrada ao freguês! È isso que explica que hoje hajam temperos mais caros do que o ovo e que muitas pessoas achém isso normal. Um destes dias tu vais ter um fusivel, mais um cabo de corrente, mais um cabo de sinal e mais uns spikes que serão mais caros do que o teu Stage 3 e vais achar que ele funciona muito melhor, que funciona mesmo ao dobro do que era, ora que eu vou achar que continua a ser um Micromega Stage 3 ... com as suas qualidades e defeitos. Não Alexandre, o tempero não torna o ovo duas vezes melhor ou pior ... no melhor dos casos torna-o comestivel se esse ovo estrelado estiver mal cozinhado Laughing

masa gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 12:13

TD124 escreveu:
Um destes dias tu vais ter um fusivel, mais um cabo de corrente, mais um cabo de sinal e mais uns spikes que serão mais caros do que o teu Stage 3 e vais achar que ele funciona muito melhor, que funciona mesmo ao dobro do que era, ora que eu vou achar que continua a ser um Micromega Stage 3 ... com as suas qualidades e defeitos. Não Alexandre, o tempero não torna o ovo duas vezes melhor ou pior ... no melhor dos casos torna-o comestivel se esse ovo estrelado estiver mal cozinhado Laughing

De acordo lol! por isso  é que tenho muitos ovos, para não invejar os ovos da Gailnha da Vizinha. MICROMEGA STAGE3 265963
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 12:19

José Miguel escreveu:
...Lamentavelmente por aqui já nem se tenta argumentar a razão de um caminho escolhido, de gosto que seja, aparecer como válido ou, no limite, mais válido do que outros. ...

Para argumentar a razão de seguir um caminho é necessario o ter escolhido ... ora estamos a falar do Alexandre e ele vai por todos os caminhos. A explicação seria muito longa...

MICROMEGA STAGE3 265963
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 12:25

TD124 escreveu:
José Miguel escreveu:
...Lamentavelmente por aqui já nem se tenta argumentar a razão de um caminho escolhido, de gosto que seja, aparecer como válido ou, no limite, mais válido do que outros. ...

Para argumentar a razão de seguir um caminho é necessario o ter escolhido ... ora estamos a falar do Alexandre e ele vai por todos os caminhos. A explicação seria muito longa...

MICROMEGA STAGE3 265963


Só quem experimenta alcança! Claro que o experimentalismo metódico só está ao alcance alguns, poucos, que têm a certeza do que querem. Mas não faço parte desse grupo porque não quero ficar aborrecido com o audio, nem aborrecer ninguém.

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 12:40

Alexandre Vieira escreveu:
... Mas não faço parte desse grupo porque não quero ficar aborrecido com o audio, nem aborrecer ninguém. ...

Nada disso rapaz!, enquanto gostares de Musica o audio nunca vai te aborrecer, qualquer que seja o caminho que escolhas ... e nunca vais aborrecer ninguém também enquanto respeitares o adagio: Entrém na minha maluquiçe e eu entrarei na vossa... Wink

cheers

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8243
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 13:06

Alexandre Vieira escreveu:
José Miguel escreveu:

O Alexandre deverá perceber bem que quem tempera muito o som arrisca-se a ouvir algo bem diferente do que os autores/Músicos gravaram, mas bem explicado até pode fazer sentido, nem que seja no caso parricular...

Estimado José Miguel

Temperar muito o quê?

Só alterava o som dos Autores/músicos se fosse assassinar as Matrizes originais. Quanto muito posso desvirtuar o trabalho dos engenheiros que fizeram os aparelhos e os afinaram ao gosto e orçamento possível,  nunca o trabalho dos músicos. Esse é desvirtuado desde a gravação!  lol!

Colocar panos quentes alivia a dor, mas não nos diz onde está a raiz do problema. Debater e/ou conversar sobre os assuntos não ofende ninguém, pelo menos não ofenderá quem tem abertura de espírito para dar e receber.

Quanto ao desvirtuar desde o início... que eu compreenda, um trabalho discográfico está terminado após toda a produção, honestamente não sei onde o Alexandre quer chegar com essas ideias... mais ainda quando se apresenta como alguém que experimenta soluções em casa para ouvir todo o trabalho feito em estúdio, até o de produção.

Fico mesmo confuso... então se há um caminho possível para tornar um sistema mais transparente e/ou agradável, melhor, ..., por que não o explicar, tornar esse caminho possível para que outros o possam seguir?
Por outro lado, se o Alexandre segue esse caminho, acreditará nele em contra-ponto com outros, ou não?
Eu já tentei várias vezes compreender a sua crença no poder dos cabos, digo-lhe mais, é um interesse honesto pois vejo que tem muitos equipamentos e ainda mais cabos, pelo que deve ter muito para partilhar.

Alexandre eu não aponto um problema a alterar cabos ou alterar equipamentos, já se falou disso antes. Eu gostava de compreender e aprender com isso, mas para isso tem que se ir para lá da ideia de "gosto" e argumentar, explicar, tornar o caminho possível para os outros.

Os construtores tendem a seguir ideias, ou se quiser usar a palavrinha, tendem a seguir filosofias. Cada um de nós, com as compras que faz, por exemplo, também está a seguir uma ideia maior. Qual? Como? Porquê?  
Somos capazes de comprar qualquer peça e afinar com cabos, ou mais vale ter cuidado com o que se compra pois os cabos apenas vão ter um impacto mínimo (como diz o Paulo)? Devemos apostar em peças com um tal ou tal tipo de "assinatura" sónica pois essa é mais fácil de ser trabalhada com cabos? Tem esta experiência?
Perguntas assim, coisas simples que podem promover ideias de fundo.

Possa, estarei a escrever assim tão mal e longe do objectivo que nos une a todos!?!
Talvez este nem seja o tópico certo, mas por estes dias os tópicos são todos fechados da mesma forma e depois espera-se que se fale de Audio e Música...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 13:52

José Miguel escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
José Miguel escreveu:

O Alexandre deverá perceber bem que quem tempera muito o som arrisca-se a ouvir algo bem diferente do que os autores/Músicos gravaram, mas bem explicado até pode fazer sentido, nem que seja no caso parricular...

Estimado José Miguel

Temperar muito o quê?

Só alterava o som dos Autores/músicos se fosse assassinar as Matrizes originais. Quanto muito posso desvirtuar o trabalho dos engenheiros que fizeram os aparelhos e os afinaram ao gosto e orçamento possível,  nunca o trabalho dos músicos. Esse é desvirtuado desde a gravação!  lol!

Colocar panos quentes alivia a dor, mas não nos diz onde está a raiz do problema. Debater e/ou conversar sobre os assuntos não ofende ninguém, pelo menos não ofenderá quem tem abertura de espírito para dar e receber.

Quanto ao desvirtuar desde o início... que eu compreenda, um trabalho discográfico está terminado após toda a produção, honestamente não sei onde o Alexandre quer chegar com essas ideias... mais ainda quando se apresenta como alguém que experimenta soluções em casa para ouvir todo o trabalho feito em estúdio, até o de produção.

Fico mesmo confuso... então se há um caminho possível para tornar um sistema mais transparente e/ou agradável, melhor, ..., por que não o explicar, tornar esse caminho possível para que outros o possam seguir?
Por outro lado, se o Alexandre segue esse caminho, acreditará nele em contra-ponto com outros, ou não?
Eu já tentei várias vezes compreender a sua crença no poder dos cabos, digo-lhe mais, é um interesse honesto pois vejo que tem muitos equipamentos e ainda mais cabos, pelo que deve ter muito para partilhar.

Alexandre eu não aponto um problema a alterar cabos ou alterar equipamentos, já se falou disso antes. Eu gostava de compreender e aprender com isso, mas para isso tem que se ir para lá da ideia de "gosto" e argumentar, explicar, tornar o caminho possível para os outros.

Os construtores tendem a seguir ideias, ou se quiser usar a palavrinha, tendem a seguir filosofias. Cada um de nós, com as compras que faz, por exemplo, também está a seguir uma ideia maior. Qual? Como? Porquê?  
Somos capazes de comprar qualquer peça e afinar com cabos, ou mais vale ter cuidado com o que se compra pois os cabos apenas vão ter um impacto mínimo (como diz o Paulo)? Devemos apostar em peças com um tal ou tal tipo de "assinatura" sónica pois essa é mais fácil de ser trabalhada com cabos? Tem esta experiência?
Perguntas assim, coisas simples que podem promover ideias de fundo.

Possa, estarei a escrever assim tão mal e longe do objectivo que nos une a todos!?!
Talvez este nem seja o tópico certo, mas por estes dias os tópicos são todos fechados da mesma forma e depois espera-se que se fale de Audio e Música...

Com todo o respeito José Miguel

Mas os meus comentários só irão reflectir sempre o meu gosto, mas o meu gosto reflecte muita experimentação. Tecnicamente não consigo explicar o que ocorreu, pois se os Engenheiros muitas vezes também não conseguem, e muitos deles até são descrentes, faz pouco tempo tive aqui um Engenheiro Electrotécnico que me disse que não existia influência até ouvir, por isso tirando o facto de tentar realçar o que oiço nada mais tento explicar,. por manifesta ignorância MICROMEGA STAGE3 21181

Por outro lado vou começar a escrever menos sobre cabos, de modo a que não me digam que eles desvirtuam o som, pois como todos nós sabemos, só os de "fabrica" é que não desvirtuam, para não correr risco de ver os meus cabinhos serem arrestados por um qualquer Tribunal pela prática do crime de detoriação de prestação artística! lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
José Miguel

Mensagens : 8243
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 39
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 14:06

Que o Alexandre não queira continuar a conversa, eu entendo. Que o Alexandre parta para esse outro tipo de proposição comigo eu já não compreendo.

Fechem-se todos os argumentos no gosto, afinal a Aprendizagem e o Conhecimento são invenções que nele não tocam.

Não o incomodarei mais, nada nem ninguém seguirá para um qualquer tribunal por minha causa, Respeito antes de tudo.

Alexandre Vieira gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptyDom Nov 29 2020, 14:10

José Miguel escreveu:

Não o incomodarei mais, nada nem ninguém seguirá para um qualquer tribunal por minha causa, Respeito antes de tudo.

Não fui esse de todo o sentido, porque tenho e demonstro enorme respeito por todos, apenas brinquei com o assunto, mas na verdade, porque cínico não sou, fico satisfeito com o desfecho 2cclzes

Voltar ao Topo Ir em baixo
masa
Membro AAP


Mensagens : 326
Data de inscrição : 29/01/2013
Idade : 75
Localização : Vale de Milhaços

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySeg Nov 30 2020, 10:19

Compadres o que se passa convosco ? O confinamento azeda as opiniões ?
Fica aqui um reparo dum gajo de 75 anos .NINGUÉM É DONO DA RAZÃO ,mas formular opiniões e partilhar experièncias ajudam a olhar para as coisas de outra maneira .
cts

Ferpina, TD124, Alexandre Vieira e Fernando Salvado gostam desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
TD124

Mensagens : 6439
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 55
Localização : França

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySeg Nov 30 2020, 10:26

masa escreveu:
Compadres o que se passa convosco ? O confinamento azeda as opiniões ?
Fica aqui um reparo dum gajo de 75 anos .NINGUÉM É DONO DA RAZÃO ,mas formular opiniões e partilhar experièncias ajudam a olhar para as coisas de outra maneira . ...

Caro masa ... desta vez é três vezes que faço uma vénia à sua intervenção 2cclzes 2cclzes 2cclzes

O que diz é uma vacina melhor do que outra que ainda não existe MICROMEGA STAGE3 4019496139


cheers

Alexandre Vieira e masa gostam desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
Alexandre Vieira

Mensagens : 7369
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 50
Localização : The Other Band

MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 EmptySeg Nov 30 2020, 10:31



Estamos todos de acordo!


E como dizem na Madeira, e siga a dança! lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MICROMEGA STAGE3 Empty
MensagemAssunto: Re: MICROMEGA STAGE3   MICROMEGA STAGE3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
MICROMEGA STAGE3
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Digital-
Ir para: