Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Fábrica de K7´s no norte

Ir em baixo 
AutorMensagem
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 09:48


Bons dias pessoal,

Lembro-me de ler por aqui há uns 2 anos que havia uma fábrica no norte que ainda fabricava cassetes de crómio.
Ainda existe? E alguém sabe se a qualidade da fita dá para fazer umas boas gravações?


Agora ando com a "pica" das gravações dos meus singles, gravando colectâneas ao meu gosto.
Com esta brincadeira o meu Denon já tirou a virgindade a 3 Sony Metal XR, muito macho aquele aparelho!lol!

Mas ainda tenho uns quantos para gravar e gosto de ter tb cassetes em stock.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 10:18

É a EDISCO na Maia
http://www.audioanalogicodeportugal.net/t4512-edisco-fabrica-de-cassetes?highlight=fabrica+cassetes

Mas para gravares é melhor comprares no olx, porque essa fábrica é de cassetes pré-gravadas

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 10:51


Obrigado Milton!

julgava que eram cassetes virgens, no olx tem umas coisas interessantes por lá.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1227
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 48
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 12:44

Milton escreveu:
É a EDISCO na Maia
http://www.audioanalogicodeportugal.net/t4512-edisco-fabrica-de-cassetes?highlight=fabrica+cassetes

Mas para gravares é melhor comprares no olx, porque essa fábrica é de cassetes pré-gravadas

Olha que eles vendem também cassetes virgens.
Para aceder à posição II (crómio) terás de ter um deck com utilização manual.
Os decks de seletor automático conhecem-nas como tipo I (normal=ferro).
Há uns dois ou três anitos pedi um orçamento. Os preços até eram bem simpáticos.

Edit:

Aqui está o orçamento (01/11/2013):
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 14:26

Até são baratinhas!
Mas o meu deck é com selector automático,sendo assim não vale a pena.

Mas já compraste alguma jorge.henriques?


Estas não estão caras, mas nunca experimentei estas marcas.

http://olx.pt/anuncio/10-cassetes-audio-cromio-novas-virgens-e-seladas-IDvtmTi.html#d021c825d9
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 17:09

jorge.henriques escreveu:
Milton escreveu:
É a EDISCO na Maia
http://www.audioanalogicodeportugal.net/t4512-edisco-fabrica-de-cassetes?highlight=fabrica+cassetes

Mas para gravares é melhor comprares no olx, porque essa fábrica é de cassetes pré-gravadas

Olha que eles vendem também cassetes virgens.
Para aceder à posição II (crómio) terás de ter um deck com utilização manual.
Os decks de seletor automático conhecem-nas como tipo I (normal=ferro).
Há uns dois ou três anitos pedi um orçamento. Os preços até eram bem simpáticos.

Edit:

Aqui está o orçamento (01/11/2013):

Nada que um berbequim não faça. lol Um buraco do lado de dentro onde está o lado da patilha para gravar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1227
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 48
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 17:11

Nunão escreveu:

Até são baratinhas!
Mas o meu deck é com selector automático,sendo assim não vale a pena.

Mas já compraste alguma jorge.henriques?

Não comprei porque o meu é como o teu - selector automático.
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 17:13

Aqui estão elas (crómio a do meio e ferro a de cima):

Voltar ao Topo Ir em baixo
agorgal
Membro AAP
avatar

Mensagens : 616
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qua Jan 27 2016, 20:36

jorge.henriques escreveu:
Nunão escreveu:

Até são baratinhas!
Mas o meu deck é com selector automático,sendo assim não vale a pena.

Mas já compraste alguma jorge.henriques?

Não comprei porque o meu é como o teu -  selector automático.

Posso não estar a entender bem a questão mas nos tempos em que gravava cassetes (agora só ouço essas velhas gravações...) não havia inconveniente no selector automático dos gravadores. Tal como é visível na imagem existe, no dorso da cassete, uma perfuração para metal (1ª) e crómio (2ª), não tendo as de ferro nenhuma. O que se passava era que os mais antigos gravadores automáticos (de fabrico prévio ao aparecimento das cassetes de metal) "viam" estas como de crómio.
É apenas nas cassetes de metal o erro na leitura do tipo de cassete e apenas nos automáticos mais antigos. É fácil "sentir" a diferença por apalpação na parte superior da gaveta, uma patilha lateral para impedir a gravação (os de selecção manual), 2 patilhas laterais, sendo a segunda o sensor do tipo crómio, uma ao centro para o sensor registar as de metal. Nos gravadores com auto-reverse elas estão em duplicado. É isto que me lembro...


Um site onde se pode saber algo sobre os fabricantes de K7:
http://vintagecassettes.com/index.htm
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 09:26

A minha duvida é saber se o gravador seleccionar como sendo fita Tipo I, vai influenciar a gravação e retirar o potencial máximo que se pode atingir na gravação.

Quando era chavalo isso pouco importava, agora que estou na ternura dos 40 sou mais picuinhas.

Como o cabb diz posso sempre fazer uns furinhos ao lado...

Esse site agorgal é fantástico!

Voltar ao Topo Ir em baixo
agorgal
Membro AAP
avatar

Mensagens : 616
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 09:44

@ Nunão: o "bias" é diferente para as diferentes fitas. E isso vai impedir o aproveitar do potencial destas. Como escrevi no post anterior, não encontro razão para o deck não reconhecer fitas de crómio, e é fácil de verificar que tipos de K7 ele reconhece.
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 09:53

agorgal escreveu:
@ Nunão: o "bias" é diferente para as diferentes fitas. E isso vai impedir o aproveitar do potencial destas. Como escrevi no post anterior, não encontro razão para o deck não reconhecer fitas de crómio, e é fácil de verificar que tipos de K7 ele reconhece.


Mas agorgal, segundo eu percebi nos posts anteriores: o problema não está no deck ter capacidade automática de reconhecer as cassetes de crómio através dos tais furinhos, que se vê nas imagens, o problema é se aquelas cassetes que eram vendidas da fábrica a preços da "uva mijona", vêm em caixas das de ferro e como estas não têm o buraquinho na zona de detectar o crómio o sensor/interruptor do deck não vai actuar e como tal para ele a cassete é de ferro (pois se até está na caixa de uma...)

A solução seria ou furar a cassete para "enganar" o deck de detecção automática, ou então usar um de detecção manual e ser o próprio Nunão a escolher tipo II "manualmente".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 10:07

É isso mesmo cabb.
Vale mais ir ao olx e comprar meia dúzia delas.

Vejo é poucas cassetes de Metal seladas à venda...

E depois vejo uns gajos a vender cassetes em 2ª ou 3ª mão a uns preços exorbitantes.
E dizem sempre: "apenas foi feita uma gravação!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 10:40

Nunão escreveu:
É isso mesmo cabb.
Vale mais ir ao olx e comprar meia dúzia delas.

Vejo é poucas cassetes de Metal seladas à venda...

E depois vejo uns gajos a vender cassetes em 2ª ou 3ª mão a uns preços exorbitantes.
E dizem sempre: "apenas foi feita uma gravação!"

Olha que em crómio ainda são boazinhas e preços aceitáveis, que deck é que tens o Denon DRM-700? Se for esse (eu também tenho um parecido, o DRM-710), uma Maxell de crómio, ou uma Sony, ou uma TDK, fazem um bom trabalho, metal vai ficar com melhor som, mas já me aconteceu ter que ouvir em decks acima deste para perceber realmente o quão melhor ficou - Pioneer CT-95 ou Sony TCK-990ES! Há uma melhoria, mas nestes decks mais de entrada, para o preço a que estão as tapes de metal, acho um pouco deitar pérolas a porcos! Depois passei a preferir as de crómio face às de ferro, porque estas últimas sujam muito mais todo o sistema de transporte e cabeças dos que as de crómio ou metal.

Outro truque: liga directamente (claro que se for gira-discos tem que passar pelo pré-phono) a saída da fonte à entrada do deck. Já experimentei e o som fica mais definido,até com mais alguma dinâmica, conclusão, fica mais próximo do som original! Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 11:14

O meu é o DRM 710A, já tem a tampa em cerâmica, só difere do 800 porque não tem CD direct, mas gosto das gravações em cassete de Metal, ficam mais "vivas". Apesar que em crómio tb me soam muito bem!

Ando a pensar comprar um pioneer CT 939 MKII acho eu, se a memória não me falha. mas o vendedor fala num problema ao rebobinar tanto para a frente como para trás. O preço é apelativo, 150 paus...o receio é ter de gastar outro tanto para o meter em condições.

Já agora por curiosidade vejam quanto este vendedor pede por 5 TDK MA XG...
http://www.ebay.com/itm/5-x-TDK-MA-XG-60-Metal-Alloy-Box-Blank-Audio-Cassette-Tape-New-Rare-Sealed-/172076390861?hash=item28108d59cd:g:~ncAA

Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1227
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 48
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 11:23

A série DRM-700A, 710 e 800 (os que tenho/conheço) da DENON são excelentes decks.
Com uma boa cassete de crómio ou Metal (é sempre melhor Metal) criamos cópias extraordinárias.
Por vezes, fico com a sensação quer ficam até melhores do que o original Very Happy

Dica (a que uso): sempre NO DOLBY (por causa da portabilidade entre diferentes máquinas)
Voltar ao Topo Ir em baixo
agorgal
Membro AAP
avatar

Mensagens : 616
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 11:27

cabb escreveu:

Mas agorgal, segundo eu percebi nos posts anteriores: o problema não está no deck ter capacidade automática de reconhecer as cassetes de crómio através dos tais furinhos, que se vê nas imagens, o problema é se aquelas cassetes que eram vendidas da fábrica a preços da "uva mijona", vêm em caixas das de ferro e como estas não têm o buraquinho na zona de detectar o crómio o sensor/interruptor do deck não vai actuar e como tal para ele a cassete é de ferro (pois se até está na caixa de uma...)

A solução seria ou furar a cassete para "enganar" o deck de detecção automática, ou então usar um de detecção manual e ser o próprio Nunão a escolher tipo II "manualmente".

Realmente parecia-me estranha a conversa mas não a relacionei com fitas de crómio em caixas de ferro, não imaginei que tal pudesse acontecer. Por isso estão a preços de "uva mijona", assim entendo... obrigado pelo esclarecimento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 11:36

Nunão escreveu:
O meu é o DRM 710A, já tem a tampa em cerâmica, só difere do 800 porque não tem CD direct, mas gosto das gravações em cassete de Metal, ficam mais "vivas". Apesar que em crómio tb me soam muito bem!

Ando a pensar comprar um pioneer CT 939 MKII acho eu, se a memória não me falha. mas o vendedor fala num problema ao rebobinar tanto para a frente como para trás. O preço é apelativo, 150 paus...o receio é ter de gastar outro tanto para o meter em condições.

Já agora por curiosidade vejam quanto este vendedor pede por 5 TDK MA XG...
http://www.ebay.com/itm/5-x-TDK-MA-XG-60-Metal-Alloy-Box-Blank-Audio-Cassette-Tape-New-Rare-Sealed-/172076390861?hash=item28108d59cd:g:~ncAA


E o teu não tem dois cabestrantes nem cabeças laser amorphous pois não?

Sinceramente o CT-939MKII nunca o ouvi! Mas tem bom aspecto!
Porrkljlkj essas cassetes qualquer dia custam mais que um gravador e de 3 cabeças!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 11:41

agorgal escreveu:

Realmente parecia-me estranha a conversa mas não a relacionei com fitas de crómio em caixas de ferro, não imaginei que tal pudesse acontecer. Por isso estão a preços de "uva mijona", assim entendo... obrigado pelo esclarecimento.

Por isso é que a duvida surgiu agorgal. São crómio mas têm a "carcaça" das de ferro.

Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1227
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 48
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 11:47

Nunão escreveu:
agorgal escreveu:

Realmente parecia-me estranha a conversa mas não a relacionei com fitas de crómio em caixas de ferro, não imaginei que tal pudesse acontecer. Por isso estão a preços de "uva mijona", assim entendo... obrigado pelo esclarecimento.

Por isso é que a duvida surgiu agorgal. São crómio mas têm a "carcaça" das de ferro.


Exacto! Quem tiver leitor com seletor manual, utiliza-as como crómio.
Quem tiver leitor com selector automático (o meu caso) serão utilizadas como tipo I (ferro).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 11:51

cabb escreveu:

E o teu não tem dois cabestrantes nem cabeças laser amorphous pois não?

Sinceramente o CT-939MKII nunca o ouvi! Mas tem bom aspecto!
Porrkljlkj essas cassetes qualquer dia custam mais que um gravador e de 3 cabeças!


Para te ser sincero não sei. É questão de ver. Mas é uma maquina já razoável.

O Pioneer tem aquele aspecto de maquinão. E os olhos tb comem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
agorgal
Membro AAP
avatar

Mensagens : 616
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

MensagemAssunto: re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 12:06

O pormenor de as furar, resolvendo o problema, penso que acarreta um outro: partículas de plástico que, no interior da caixa, acabem agarradas à fita, para desgraça desta e das cabeças...

Por outro lado: desapareceu da página da empresa a venda de cassetes virgens, juraria que este facto é relativamente recente.
http://www.edisco.pt/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 12:23

agorgal escreveu:
O pormenor de as furar, resolvendo o problema, penso que acarreta um outro: partículas de plástico que, no interior da caixa, acabem agarradas à fita, para desgraça desta e das cabeças...

Por outro lado: desapareceu da página da empresa a venda de cassetes virgens, juraria que este facto é relativamente recente.
]

Eu tb já tinha visto hoje...a única coisa relacionada com cassetes é a duplicação.


cabb o meu deck é o 700A(me.da do PDI que só me lixa!)

E o que achei sobre ele foi isto:

Specifications
Type: 3-head, single compact cassette deck

Track System: 4-track, 2-channel stereo

Tape Speed: 4.8 cm/s

Heads: 1 x combination record/playback, 1 x erase

Motor: 1 x capstan, 1 x reel, 1 x actuator


O meu é este:



E o que ando de olho nele:


Qualquer um deles são boas máquinas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
agorgal
Membro AAP
avatar

Mensagens : 616
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 13:33

Por coincidência, acabo de ter acesso (e divulguei aqui: http://www.audioanalogicodeportugal.net/t9903-festa-da-musica-cedofeita-30-e-31-de-janeiro) ao programa de uma feira/festa da música aqui no Porto. Segundo a página do facebook da Festa da Música Cedofeita, a Edisco vai estar presente, apostando nas K7 como tema. Prometo (para aqueles que não são de cá) esclarecer a questão das famigeradas caixas incompatíveis com os decks automáticos. Até pode ser que haja novidades, nomeadamente um aumento de produção... e caixas novas!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 13:46

agorgal escreveu:
O pormenor de as furar, resolvendo o problema, penso que acarreta um outro: partículas de plástico que, no interior da caixa, acabem agarradas à fita, para desgraça desta e das cabeças...

Por outro lado: desapareceu da página da empresa a venda de cassetes virgens, juraria que este facto é relativamente recente.
http://www.edisco.pt/

Ainda há outra ideia maluca... com um prego e um alicate universal ou de pontas que tenha borracha isoladora, aquecer o prego no lume e depois deste estar quase em brasa, furar a cassete no sítio certo. Ainda assim teriamos um pequeno problema: lixo que entraria por esse buraco!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1227
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 48
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 14:11

cabb escreveu:
agorgal escreveu:
O pormenor de as furar, resolvendo o problema, penso que acarreta um outro: partículas de plástico que, no interior da caixa, acabem agarradas à fita, para desgraça desta e das cabeças...

Por outro lado: desapareceu da página da empresa a venda de cassetes virgens, juraria que este facto é relativamente recente.
http://www.edisco.pt/

Ainda há outra ideia maluca... com um prego e um alicate universal ou de pontas que tenha borracha isoladora, aquecer o prego no lume e depois deste estar quase em brasa, furar a cassete no sítio certo. Ainda assim teriamos um pequeno problema: lixo que entraria por esse buraco!

Uma outra ideia é desapertar a carcaça, sacar a fita crómio e colocá-la num chassis de cassete crómio. Naquelas em que a fita se enrolou ou se estragou pelas mais diversas razões.
Eu não sou é tipo para fazer isso porque tremo um pouco de mãos Very Happy


agorgal escreveu:
O pormenor de as furar, resolvendo o problema, penso que acarreta um outro: partículas de plástico que, no interior da caixa, acabem agarradas à fita, para desgraça desta e das cabeças...

Por outro lado: desapareceu da página da empresa a venda de cassetes virgens, juraria que este facto é relativamente recente.
http://www.edisco.pt/

Liguem para lá e esclareçam logo o assunto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 15:32

cabb escreveu:
Nunão escreveu:
O meu é o DRM 710A, já tem a tampa em cerâmica, só difere do 800 porque não tem CD direct, mas gosto das gravações em cassete de Metal, ficam mais "vivas". Apesar que em crómio tb me soam muito bem!

:

E o teu não tem dois cabestrantes nem cabeças laser amorphous pois não?

Sinceramente o CT-939MKII nunca o ouvi! Mas tem bom aspecto!
Porrkljlkj essas cassetes qualquer dia custam mais que um gravador e de 3 cabeças!


cabb em termos técnicos não sou grande coisa, e fiquei na duvida com os dois cabestrantes.
Com medo de cometer alguma asneira, alguém me pode explicar?
Eu penso que sei o que é. supostamente tem 2 motores e as 2 rodas de borracha.(não sei o termo técnico)
E como não sei não custa perguntar. What a Face

O Pioneer que ando a namorar tem lá escarrapachado dual capstan.
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 16:25

Nunão escreveu:
cabb escreveu:
Nunão escreveu:
O meu é o DRM 710A, já tem a tampa em cerâmica, só difere do 800 porque não tem CD direct, mas gosto das gravações em cassete de Metal, ficam mais "vivas". Apesar que em crómio tb me soam muito bem!

:

E o teu não tem dois cabestrantes nem cabeças laser amorphous pois não?

Sinceramente o CT-939MKII nunca o ouvi! Mas tem bom aspecto!
Porrkljlkj essas cassetes qualquer dia custam mais que um gravador e de 3 cabeças!


cabb em termos técnicos não sou grande coisa, e fiquei na duvida com os dois cabestrantes.
Com medo de cometer alguma asneira, alguém me pode explicar?
Eu penso que sei o que é. supostamente tem 2 motores e as 2 rodas de borracha.(não sei o termo técnico)
E como não sei não custa perguntar. What a Face

O Pioneer que ando a namorar tem lá escarrapachado dual capstan.

Penso não dizer nenhuma asneira: os cabestrantes são aqueles ferrinhos em que as rodas de borracha apoiam e puxam a fita. Normalmente os com 2 ferrinhos (e claro está duas borrachas), são mais estáveis pois a fita está mais apertada e também muitas vezes tens 3 cabeças acompanhar este duplo cabestrante (a vantagem das 3 cabeças é que está uma apagar a gravação anterior, outra a gravar e a terceira a ler), assim em tempo real e com a ajuda do interruptor SOURCE/MONITOR, podes ouvir entre a fonte e a fita que acabou de ser gravada fracções de segundo antes, assim podes ir regulando o Volume, o BIAS e o balanço entre os dois canais, tentando que o deck se adapte às características da fita que está a gravar e realize uma gravação o mais parecida com o original. Há fitas que reagem com mais agudos, outras são menos sensíveis e podemos aumentar o volume do som de gravação, outras estão um pouco desequilibradas e o canal esquerdo grava com um volume diferente do direito. Os decks da TEAC de topo, até chegam ao "descaramento" de poderem afinar o nível de BIAS (e consequentemente gravas com mais ou menos agudos) o canal esquerdo e direito!!!! Mas li na review que às vezes tanta afinação ainda é mais  complicada!

Só com um cabestrante (uma borrachinha e um ferro, com 2 cabeças (apagamento e outra de leitura/gravação aqui ou lês ou gravas não podes fazer as duas coisas ao mesmo tempo, desvantagem não poder afinar o deck em tempo real, tens que gravar e voltar a ouvir, mas entretanto já te esqueceste se estava com muito mais agudos ou nop... Sad )):


Com duplo cabestrante e se reparares 3 cabeças: uma apaga, outra grava e a que está mais à direita lê o que acabou de gravar:



Em diagrama, consegue-se identificar melhor os elementos que compõem o transporte da fita:


Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 17:32

Como funciona um deck e 3 cabeças eu sei cabb.
Não entendi foi o sistema duplo cabrestante, graças á tua disponibilidade fiquei a entender.
Sendo assim os autoreverse têm todos duplo cabrestante. Estou certo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 17:43

Por acaso em algumas fitas, e tenho umas BASF maxima II, e notei mais com essas, o canal esquerdo estava sempre um level abaixo do direito,tinha de regular no balance para o acertar, pensava que tinha as cabeças sujas...mas com fitas de metal tal já não acontecia, achava estranho. Mas enfim...

um gajo está sempre a aprender!
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 17:56

Nunão escreveu:
Como funciona um deck e 3 cabeças eu sei cabb.
Não entendi foi o sistema duplo cabrestante, graças á tua disponibilidade fiquei a entender.
Sendo assim os autoreverse têm todos duplo cabrestante. Estou certo?

Sim só que tirando o Nakamichi Dragon com o seu auto-reverse especial, os outros quando estão a ler o lado A, apenas o rolo da borracha que pressiona o cabestrante do lado direito está activo, quando lê o lado B é o rolo da esquerda que está a pressionar o respectivo cabestrante... da esquerda claro está! Atenção que no autoreverse normais os dois cabestrantes estão a andar em sentidos contrários. Porque depois é o rolo de borracha correspondente que ao pressionar a fita contra esse cabestrante é que vai puxá-la para a direcção pretendida!

Vês bem isto a trabalhar aos 1:20 deste filme:

Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Qui Jan 28 2016, 21:52

cabb escreveu:
Nunão escreveu:
Como funciona um deck e 3 cabeças eu sei cabb.
Não entendi foi o sistema duplo cabrestante, graças á tua disponibilidade fiquei a entender.
Sendo assim os autoreverse têm todos duplo cabrestante. Estou certo?

Sim só que tirando o Nakamichi Dragon com o seu auto-reverse especial, os outros quando estão a ler o lado A, apenas o rolo da borracha que pressiona o cabestrante do lado direito está activo, quando lê o lado B é o rolo da esquerda que está a pressionar o respectivo cabestrante... da esquerda claro está! Atenção que no autoreverse normais os dois cabestrantes estão a andar em sentidos contrários. Porque depois é o rolo de borracha correspondente que ao pressionar a fita contra esse cabestrante é que vai puxá-la para a direcção pretendida!

Vês bem isto a trabalhar aos 1:20 deste filme:


Não é só o Dragon no seio da Nak que têm o auto reverse esquisito, os 505 até viram a cassete automaticamente.  

Outro ponto importante nem todos auto-reverse funcionam na forma como ai mencionaste, tenho aqui apenas dois decks com auto-reverse, o Akai GX44R e o Pioneer CT-720.

O Akai funciona sempre com os dois cabrestantes em pressão e tem outra particularidade ou seja 3 cabeças, uma dupla para ler nos dois sentidos e duas de apagamento nas extremidades e dois motores.

O Pioneer utiliza apenas um cabrestante de cada vez e duas cabeças mas tem um motor em cada um dos cabrestantes, no total tem 3 motores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Sex Jan 29 2016, 09:30

Tive um amigo que teve um 505, onde tampa do deck saía um pouco e a cassete rodava 180 graus.
Foi no longínquo ano de 1991...
Mas nos deck normais o duplo cabrestante serve para a fita ir mais certinha por assim dizer.
Melhora o transporte da fita.
Duplo cabrestante = a 2 motores dedicados?
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Sex Jan 29 2016, 16:37

Nunão escreveu:
Tive um amigo que teve um 505, onde tampa do deck saía um pouco e a cassete rodava 180 graus.
Foi no longínquo ano de 1991...
Mas nos deck normais o duplo cabrestante serve para a fita ir mais certinha por assim dizer.
Melhora o transporte da fita.
Duplo cabrestante = a 2 motores dedicados?

Nem sempre no meu Sony TCK-990ES, tens o cabestrante da direita directamente ligado ao motor DD, depois o outro funciona por solidariedade à custa de uma cinta que une um ao outro.

vejam nesta página a foto que se encontra no canto inferior esquerdo:

http://www.thevintageknob.org/SONY/sonyes/TCK890990ES/TCK890990ES.html

P.S.: Obrigado Ducar, eu não conheço nem pouco mais ou menos todos os decks do mundo e tu enriqueceste aquilo que eu disse(escrevi), gracias!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Sex Jan 29 2016, 19:40

cabb escreveu:
Nunão escreveu:
Tive um amigo que teve um 505, onde tampa do deck saía um pouco e a cassete rodava 180 graus.
Foi no longínquo ano de 1991...
Mas nos deck normais o duplo cabrestante serve para a fita ir mais certinha por assim dizer.
Melhora o transporte da fita.
Duplo cabrestante = a 2 motores dedicados?

Nem sempre no meu Sony TCK-990ES, tens o cabestrante da direita directamente ligado ao motor DD, depois o outro funciona por solidariedade à custa de uma cinta que une um ao outro.

vejam nesta página a foto que se encontra no canto inferior esquerdo:

http://www.thevintageknob.org/SONY/sonyes/TCK890990ES/TCK890990ES.html

P.S.: Obrigado Ducar, eu não conheço nem pouco mais ou menos todos os decks do mundo e tu enriqueceste aquilo que eu disse(escrevi), gracias!

Voltar ao Topo Ir em baixo
agorgal
Membro AAP
avatar

Mensagens : 616
Data de inscrição : 19/12/2012
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Sab Jan 30 2016, 22:14

Acabo de chegar da Festa da Música Cedofeita onde estive à fala com gente da EDISCO e as notícias são boas: Ainda têm fita para K7 em stock fabricada na BASF, ainda vendem K7 virgens (ferro e crómio) com os tempos constantes na lista que está publicada num post mais acima e preços semelhantes. Finalmente, usam umas caixas com uma solução engenhosa: o mesmo sistema de protecção de gravação (buraco + patilha quebrável) aplicado na identificação do tipo de K7. Uma segunda patilha, logo ao lado da primeira, que mantida identifica como sendo de ferro, retirada identifica como crómio.
Como prometido, resposta encontradas para a dúvida existencial das K7 da Edisco: as de crómio são reconhecidas como tal em gravadores com reconhecimento automático do tipo de fita.
Quanto a quantidades, não condicionam a venda a apenas grandes encomendas. Pelo que depreendi, uma encomenda de dez será satisfeita sem problemas.
Falei com o Sr. Armando Cerqueira (comercial@edisco.pt), 229774427/919792556.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nunão
Membro AAP
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 13/12/2010
Idade : 48
Localização : Oeste

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Dom Jan 31 2016, 14:40

agorgal escreveu:
Acabo de chegar da Festa da Música Cedofeita onde estive à fala com gente da EDISCO e as notícias são boas: Ainda têm fita para K7 em stock fabricada na BASF, ainda vendem K7 virgens (ferro e crómio) com os tempos constantes na lista que está publicada num post mais acima e preços semelhantes. Finalmente, usam umas caixas com uma solução engenhosa: o mesmo sistema de protecção de gravação (buraco + patilha quebrável) aplicado na identificação do tipo de K7. Uma segunda patilha, logo ao lado da primeira, que mantida identifica como sendo de ferro, retirada identifica como crómio.
Como prometido, resposta encontradas para a dúvida existencial das K7 da Edisco: as de crómio são reconhecidas como tal  em gravadores com reconhecimento automático do tipo de fita.
Quanto a quantidades, não condicionam a venda a apenas grandes encomendas. Pelo que depreendi, uma encomenda de dez será satisfeita sem problemas.
Falei com o Sr. Armando Cerqueira (comercial@edisco.pt), 229774427/919792556.


Obrigado agorgal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Seg Fev 01 2016, 10:18

Nunão escreveu:
agorgal escreveu:
Acabo de chegar da Festa da Música Cedofeita onde estive à fala com gente da EDISCO e as notícias são boas: Ainda têm fita para K7 em stock fabricada na BASF, ainda vendem K7 virgens (ferro e crómio) com os tempos constantes na lista que está publicada num post mais acima e preços semelhantes. Finalmente, usam umas caixas com uma solução engenhosa: o mesmo sistema de protecção de gravação (buraco + patilha quebrável) aplicado na identificação do tipo de K7. Uma segunda patilha, logo ao lado da primeira, que mantida identifica como sendo de ferro, retirada identifica como crómio.
Como prometido, resposta encontradas para a dúvida existencial das K7 da Edisco: as de crómio são reconhecidas como tal  em gravadores com reconhecimento automático do tipo de fita.
Quanto a quantidades, não condicionam a venda a apenas grandes encomendas. Pelo que depreendi, uma encomenda de dez será satisfeita sem problemas.
Falei com o Sr. Armando Cerqueira (comercial@edisco.pt), 229774427/919792556.


Obrigado agorgal!

ATENÇÃO! O que eu vou escrever é algo que fiquei na memória e vou tentar encontrar a cassete para saber se foi isso, ou é a minha cabeça a trair-me, mas pareceu-me ler numa cassete pré-gravada, Money For Nothing dos Dire Straits, tinha lá a dizer que a fita era de crómio, mas para tirar o maior partido da gravação, deveria no caso de ser deck de escolha do tipo de fita manual, esta ser colocada em Ferro ou Tipo I e que nos decks de automáticos iria aparecer tipo I (o que realmente se constacta).

Mas a minha dúvida é que eu olho para a fita e aquilo é de cor castanha! Então mas as de crómio não são muito escuras quase pretas?

É esta:

http://olx.pt/anuncio/dire-straits-money-for-nothing-IDvs4uo.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Seg Fev 01 2016, 13:12

cabb escreveu:

ATENÇÃO! O que eu vou escrever é algo que fiquei na memória e vou tentar encontrar a cassete para saber se foi isso, ou é a minha cabeça a trair-me, mas pareceu-me ler numa cassete pré-gravada, Money For Nothing dos Dire Straits, tinha lá a dizer que a fita era de crómio, mas para tirar o maior partido da gravação, deveria no caso de ser deck de escolha do tipo de fita manual, esta ser colocada em Ferro ou Tipo I e que nos decks de automáticos iria aparecer tipo I (o que realmente se constacta).

Mas a minha dúvida é que eu olho para a fita e aquilo é de cor castanha! Então mas as de crómio não são muito escuras quase pretas?

É esta:

http://olx.pt/anuncio/dire-straits-money-for-nothing-IDvs4uo.html

Isso acontece com muita frequência, grande parte dessas cassetes são fornecidas com fita de ferro e de facto tens razão as fitas de crómio são bem escuras.

Outro pormenor é que muitas são gravadas com Dolby B.

Tenho aqui uma cassete dos Chaka khan original que diz que foi gravada em HDCD e não com Dolby o que é completamente impossível.



Última edição por ducar em Seg Fev 01 2016, 13:14, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
cabb
Membro AAP


Mensagens : 760
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 42
Localização : Lisboa/Coimbra

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Seg Fev 01 2016, 13:14

ducar escreveu:
cabb escreveu:

ATENÇÃO! O que eu vou escrever é algo que fiquei na memória e vou tentar encontrar a cassete para saber se foi isso, ou é a minha cabeça a trair-me, mas pareceu-me ler numa cassete pré-gravada, Money For Nothing dos Dire Straits, tinha lá a dizer que a fita era de crómio, mas para tirar o maior partido da gravação, deveria no caso de ser deck de escolha do tipo de fita manual, esta ser colocada em Ferro ou Tipo I e que nos decks de automáticos iria aparecer tipo I (o que realmente se constacta).

Mas a minha dúvida é que eu olho para a fita e aquilo é de cor castanha! Então mas as de crómio não são muito escuras quase pretas?

É esta:

http://olx.pt/anuncio/dire-straits-money-for-nothing-IDvs4uo.html

Isso acontece com muita frequência, grande parte dessas cassetes são fornecidas com fita de ferro e de facto tens razão as fitas de crómio são bem escuras.

Outro pormenor é que muitas são gravadas com Dolby B.

Tenho aqui uma cassete dos Chaka khan original que diz que foi gravada em HDCD e não com Dolby.




Sim esta também diz que é Dolby B que é isso do HDCD, isso não era nos cds? Será que fizeram uma cópia do texto que estava na capa do cd e copiaram a mais?
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Seg Fev 01 2016, 13:19

cabb escreveu:
ducar escreveu:
cabb escreveu:

ATENÇÃO! O que eu vou escrever é algo que fiquei na memória e vou tentar encontrar a cassete para saber se foi isso, ou é a minha cabeça a trair-me, mas pareceu-me ler numa cassete pré-gravada, Money For Nothing dos Dire Straits, tinha lá a dizer que a fita era de crómio, mas para tirar o maior partido da gravação, deveria no caso de ser deck de escolha do tipo de fita manual, esta ser colocada em Ferro ou Tipo I e que nos decks de automáticos iria aparecer tipo I (o que realmente se constacta).

Mas a minha dúvida é que eu olho para a fita e aquilo é de cor castanha! Então mas as de crómio não são muito escuras quase pretas?

É esta:

http://olx.pt/anuncio/dire-straits-money-for-nothing-IDvs4uo.html

Isso acontece com muita frequência, grande parte dessas cassetes são fornecidas com fita de ferro e de facto tens razão as fitas de crómio são bem escuras.

Outro pormenor é que muitas são gravadas com Dolby B.

Tenho aqui uma cassete dos Chaka khan original que diz que foi gravada em HDCD e não com Dolby.




Sim esta também diz que é Dolby B que é isso do HDCD, isso não era nos cds? Será que fizeram uma cópia do texto que estava na capa do cd e copiaram a mais?

Claro que foi, isto quer dizer que a malta que imprime as capas não vê a diferença de uma couve  para uma margarida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
somdigital



Mensagens : 1
Data de inscrição : 15/02/2016

MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   Sab Abr 02 2016, 04:16

Confirmo as cassetes dos Dire Straits. Tenho essa "Money for nothing" e tenho uma outra "Brothers in arms" que está referido no interior da sleeve serem de crómio (mais outras tretas...) e na verdade são de ferro. A cassete em Inglaterra (Phonogram) é realmente de crómio e, em Portugal, reproduziram o sleeve apenas alterando de Phonogram para Polygram.
Mas também tenho uma dos Tears For Fears, "The seeds of love" (também da Polygram), que é realmente é de crómio e assim soa. As cassetes realmente de crómio têm na lombada exterior um símbolo indicativo (letra C) ou indicação "Chromium dioxide tape" (CBS/Sony).

Mas do que tenho mais saudades são das cassetes da WEA (Warner) (tenho Madonna, REM, Eric Clapton) fabricadas na Alemanha que tinham um som muito bom e puro que, apesar de serem de ferro, eram gravadas com Dolby B e HX-Pro.
Cada editora tinha o seu som caraterístico. Mas isso é para outro tópico...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Fábrica de K7´s no norte   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Fábrica de K7´s no norte
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Fábrica de K7´s no norte
» Fábrica da Fender em 1959
» Agentes federais na fábrica da Gibson
» Existe algum Luthier na Zona Norte do RJ que regule baixolão
» UFO / OVNI - Captado em praia do Rio Grande do Norte - Brasil. 12

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Fitas-
Ir para: