Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico

Compartilhe | 
 

 Project Xpression 2 e a caixa de Pandora

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Qua Jan 20 2016, 00:17

Orquestra
Boas a todos.

O problema do "Rumble" no gira discos é uma verdadeira "putice". Eu detesto ouvir o ruido mecânico com 100Hz proveniente do motor e transmitido ao prato pelo apoio do motor no chassi e pela correia de transmissão.
No meu caso, o Project Xpression 2 começou a piorar o nível do "rumble". Tocando no motor nota-se um vibração exagerada e claro que aquele nervoso todo vai contaminar a reprodução do vinil.
Pela Project existe um "solução" baseada numa fixação com apoios de material amortecedor e uma correia de secção cilíndrica em vez da tradicional secção plana.
Por um lado fixa-se a fonte de ruido (vibração) e acredita-se que os apoios isolem a transmissão do mesmo ao chassi e por outro a correia deve ter uma superfície de contacto mais pequena com o sub-prato por ter secção  cilíndrica e também mais capacidade de amortecimento (elasticidade) à vibração do motor.

O dito Kit de upgrade existe à venda na Supportview e já está devidamente documentado na Net.

Eu, como sou um velho canalha e já tive a minha "dose" com o primeiro Xpression 2 que recebi, resolvi visitar novamente a "caixinha" das ligações do menino.


Nesta fase já estavam instalados os componentes "novos".

É visível uma rede de "blindagem" conectada à massa. Restos de um primeira intervenção a tentar solucionar o mesmo problema, mas a solução aparenta ser mecânica e elétrica.

Esquema equivalente mas com teoria sobre as relação de fase entre a tensões e correntes dos vários intervenientes. Só aproveitei o boneco por conveniência.
A voltagem do condensador C-sw, cerâmico com 2,7nF é de 500V e não de 250V como referido na imagem.
smedley


O material original e o de substituição.



A caixa já fechada.


Uma ideia possivelmente idiota, para tentar amortecer o motor mais um pouco. Pode acontecer é que o elástico fica tão largo que as "cuecas acabam por cair" se voltar à montagem inicial.


O resultado tem-se apresentado muito construtivo; o "rumble" reduziu bastante mesmo com o "Puk" da Project que agrava o dito ruído. Já é possível ouvir um vinil até ao fim com um bom rácio entre "rumble" e o sinal. O ruído de superfície é de modo geral mais do dobro em amplitude, relativamente ao "rumble" no final da última faixa.

O Xpression 2 e  a "Velha do bigode".


Esperemos que continue a desempenhar pela positiva.


Inté
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15096
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 55
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Qua Jan 20 2016, 10:06



Tens que patentear essas tuas ideias e vende-las à Pro-ject...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Qua Jan 20 2016, 11:31

Milton escreveu:


Tens que patentear essas tuas ideias e vende-las à Pro-ject...

Orquestra
Bom dia Milton.

Não se pode patentear porque já foi inventado. A técnica de "aliviar" o torque e reduzir a vibração do motor é já conhecida. Reduz-se é o impulso da bobine que assiste o arranque e a "manutenção" da rotação. Eventualmente pode-se perder alguma força, mas o que interessa é reduzir o "coice" que ajuda a provocar a vibração na estrutura.
De resto já desisti de stressar a suspensão do motor; de inico revelou-se melhor, mas ao fim de algumas horas acho que voltou ao mesmo e resolvi fazer "marcha atrás".
O rumble varia bastante com as características do vinil. Com o LP dos Dire Straits - "Making Movies", que a meio da Àrea já apresentava um rumble elevado, testei vários valores de capacidade, desde que se consiga torque suficiente para o arranque e o valor que ficou é o que apresenta menos ruído.
A solução do Kit continua válida e a substituição da correia por uma de secção cilíndrica é uma proposta que eu vou tentar seguir.
É inteligível a redução da superfície de contacto com sub-prato e o eventual aumento de amortecimento da vibração transmitida pelo eixo do motor.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Qui Jan 21 2016, 23:28

Olá, o meu Pro-Ject Debut Carbon melhorou o ruído com as borrachas do Kit que vendem, quanto à correia cilíndrica e a poli não utilizo pois forçava o veio do motor lateralmente devido à correia ser curta.
Quanto à imagem que mostra do motor do Expression ele está praticamente ligado ao plinto, coisa que faz muita diferença em relação às vibrações transmitidas ao prato.
Um abraço

_________________
Junta-te aos bons, serás como eles. Junta-te aos maus serás pior que eles

"Food is music to the body, music is food to the heart  (Gregory David Roberts)"
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sex Jan 22 2016, 02:25

Fernando Mota escreveu:
Olá, o meu Pro-Ject Debut Carbon melhorou o ruído com as borrachas do Kit que vendem, quanto à correia cilíndrica e a poli não utilizo pois forçava o veio do motor lateralmente devido à correia ser curta.
Quanto à imagem que mostra do motor do Expression ele está praticamente ligado ao plinto, coisa que faz muita diferença em relação às vibrações transmitidas ao prato.
Um abraço

Orquestra
Viva.
Atualmente o motor só está suspenso pelo O-ring original. Eu testei os diferentes valores de capacidade nessa forma e acontece que com 5.2uF o ruído já se apresentava bem evidente a meio do LP. Falhei a testar o valor de ressonância a 50Hz para a referida bobine (38uF), mas para 100Hz o valor será de 9,6uF- contra os 10,8uF medidos no condensador original (8,2uF) e a situação já não era simpática. De qualquer modo os 38uF só iriam arrastar o processo para um impulso ainda mais forte; se eu estiver errado avisem-me.
É notório que as contas da Project apontam para o cálculo a 100Hz (8,2uF), agora o que temos de contar é com o desvio dos valores previstos na produção dos motores e dos condensadores: às vezes saem limões, como o primeiro que veio parar às minhas mãos, na maior parte dos casos laranjas e muito raramente uma tangerina docinha, para um sortudo qualquer.
santa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patolas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 170
Data de inscrição : 14/05/2015
Idade : 31
Localização : Quinta do Conde

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sex Jan 22 2016, 11:32

Fernando Mota escreveu:
Olá, o meu Pro-Ject Debut Carbon melhorou o ruído com as borrachas do Kit que vendem, quanto à correia cilíndrica e a poli não utilizo pois forçava o veio do motor lateralmente devido à correia ser curta.
Quanto à imagem que mostra do motor do Expression ele está praticamente ligado ao plinto, coisa que faz muita diferença em relação às vibrações transmitidas ao prato.
Um abraço

Boas,

No meu caso, o meu Debut Carbon, melhorou o ruído (Não o consigo ouvir) apenas com ajuste do aperto dos parafusos que suportam o oring e o motor (Devo ser dos sortudos). Como referiu o Fernando, pelas fotografias o motor parece que está praticamente ligado ao plinto, o Debut Carbon vem com umas semi esferas de borracha entre os apoios do motor e o plinto.



Pelo menos no meu caso acho que as semi esferas fazem a diferença
Voltar ao Topo Ir em baixo
FBatista
Membro AAP
avatar

Mensagens : 943
Data de inscrição : 21/03/2013
Idade : 38
Localização : Região Saloia

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sex Jan 22 2016, 17:09

Posso referir que nunca tentei mexer com o amortecimento ou insonorização do meu Thorens TD145 que tem motor de 110V mas liga directamente à tomada vulgar de 230V.

O ruído do motor é audível e perceptível ao tacto, mas também não me estorva na reprodução do que considero ser o mais complicado para qualquer giradiscos : música clássica.
Neste prato o ruído de superfície com a célula é várias vezes superior ao ruído rumble, por mim percepcionado.

No entanto, realizei há tempos precisamente o "impatenteável" que o PALUSE refere, com uma diferença : feita a redução de torque na bobina de inércia (não só para conter o "coice" mas também para compatibilizar o motor com os 230V, pois este modelo tem mais de 30 anos), realizei o corte completo do 2º enrrolamento.

Ou seja, depois de fazer arrancar o prato não há lugar a trabalho útil a desempenhar pelo 2º enrrolamento. Este é desligado e o ruído do motor caí para o virtualmente negligenciável.

Tudo de forma visualmente discreta.
Como referi, não era um problema na reprodução de vinil, mas ouvia o motor só de chegar perto do giradiscos e claro que tinha de fazer algo.

E agora sim, depois de cortar o mal pela raiz, poderei avançar com alguma eventual insonorização.

Parabéns pela exposição feita neste tópico
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sex Jan 22 2016, 19:04

FBatista escreveu:
Posso referir que nunca tentei mexer com o amortecimento ou insonorização do meu Thorens TD145 que tem motor de 110V mas liga directamente à tomada vulgar de 230V.

O ruído do motor é audível e perceptível ao tacto, mas também não me estorva na reprodução do que considero ser o mais complicado para qualquer giradiscos : música clássica.
Neste prato o ruído de superfície com a célula é várias vezes superior ao ruído rumble, por mim percepcionado.

No entanto, realizei há tempos precisamente o "impatenteável" que o PALUSE refere, com uma diferença : feita a redução de torque na bobina de inércia (não só para conter o "coice" mas também para compatibilizar o motor com os 230V, pois este modelo tem mais de 30 anos), realizei o corte completo do 2º enrrolamento.

Ou seja, depois de fazer arrancar o prato não há lugar a trabalho útil a desempenhar pelo 2º enrrolamento. Este é desligado e o ruído do motor caí para o virtualmente negligenciável.

Tudo de forma visualmente discreta.
Como referi, não era um problema na reprodução de vinil, mas ouvia o motor só de chegar perto do giradiscos e claro que tinha de fazer algo.

E agora sim, depois de cortar o mal pela raiz, poderei avançar com alguma eventual insonorização.

Parabéns pela exposição feita neste tópico

Orquestra
Viva.

Parece mas não estava encostado ao "pilinto". smedley
Ainda existia espaço entre os pontos de travamento e o "pinto".
Voltei a colocar na forma original por não estar a mostrar vantagens , mas a alteração do condensador faz efeito e como o FBATISTA refere, se desligarmos o enrolamento o ruido tende a ser minimo e só temos de dar um empurrão no sentido certo. Também é útil para a audição de mensagens "satânicas" no vinil sem a segunda "fase" do motor ligada porque parece-me que dá para os dois lados. /flower

Inté
smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
FBatista
Membro AAP
avatar

Mensagens : 943
Data de inscrição : 21/03/2013
Idade : 38
Localização : Região Saloia

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sex Jan 22 2016, 19:57

PALUSE escreveu:
Também é útil para a audição de mensagens "satânicas" no vinil sem a segunda "fase" do motor ligada porque parece-me que dá para os dois lados. /flower

Inté
smedley
antigamente a rádio fazia uns concursos com o pessoal a tentar adivinhar músicas tocadas "ao contrário". Mas só de pensar na célula a tocar ao contrário,....faz lembrar as caminhadas à beira-mar e uma vara de cana a fazer riscos no chão, deve ser mais ou menos o mesmo efeito no vinil a tocar para trás........é o ai o meu rico vinil!!!!!!

Bem, mas é possível colocar um comutador para desligar o 2º enrrolamento manualmente (depois de verificado o arranque), não esquecendo que a ponta solta tem de ver drenada a tensão gerada. Porque nessa altura fica o 1º enrrolamento a funcionar como motor (o de inércia) e o 2º, agora desligado a funcionar como gerador com o campo gerado. Importa drenar essa tensão sem provocar curto magnético, porque isso sim trava a rotação do prato, ou estabiliza o coice, dependendo da receita confeccionada.

Talvez a tensão gerada não perturbe o Project, pois pelo diagrama publicado acima, o circuito é simples. No caso do Thorens que tem o AutoStop ligado em série, esta tensão tem mesmo de ser drenada, caso contrário o tipo fica maluco, não disparando, ou disparando tardiamente.

Eu optei por esta receita, mas tenciono aplicar um circuito temporizador que desliga o 2º enrrolamento ao fim de x segundos automáticamente. Não sei quando, mas tenciono.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sex Jan 22 2016, 23:04

O meu com as novas borrachas do Kit





Com estas o ruído reduziu imenso

_________________
Junta-te aos bons, serás como eles. Junta-te aos maus serás pior que eles

"Food is music to the body, music is food to the heart  (Gregory David Roberts)"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sex Jan 22 2016, 23:05

Esqueci-me de dizer, que estas são maiores do que as de origem.
Um abraço

_________________
Junta-te aos bons, serás como eles. Junta-te aos maus serás pior que eles

"Food is music to the body, music is food to the heart  (Gregory David Roberts)"
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3091
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 09:20

PALUSE escreveu:
...
No meu caso, o Project Xpression 2 começou a piorar o nível do "rumble". Tocando no motor nota-se um vibração exagerada e claro que aquele nervoso todo vai contaminar a reprodução do vinil.
Pela Project existe um "solução" baseada numa fixação com apoios de material amortecedor e uma correia de secção cilíndrica em vez da tradicional secção plana.    ...


Existe uma solução barata, elegante e eficaz (são as melhores), que consiste a montar quatro aneis passa fios em borracha com um buraco central de 3mm em cada parafuso de apoio da suspensão. Talvez seja necessario um parafuso mais longo de 3/5mm e deve-se deixar a anilha em latão para não agredir a borracha. Depois é sò passar a suspensão pela ranhura central do passa fios e o motor està desacoplado do plinto... e tudo isto por 1 ou 2 euros fora a mão de obra... Very Happy

Era a solução que eu utilisava no gira discos Matiére que produzia hà anos atràs, então a eficacidade està provada pois o rumble era equivalente a um gira suspendido... e nos ultimos modelos, afundava o motor num banho de silicone...

PS: Os passa fios devem ser mudados todos os anos para assegurar um rumble minimo, pois a borracha endureçe e esmaga-se um pouco, por isso torna-se torna-se menos eficaz...

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patolas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 170
Data de inscrição : 14/05/2015
Idade : 31
Localização : Quinta do Conde

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 10:43

Fernando Mota escreveu:
O meu com as novas borrachas do Kit



Com estas o ruído reduziu imenso

Realmente essas são muito maiores que as de origem, anteriormente optei por não investir no kit porque li em alguns fóruns que a puley e o cinto reduziam a velocidade. Como não tenho nenhum controlador de velocidade para poder afinar acabei por não seguir esse caminho.

A Solução apresentada pelo TD124, parece muito fácil de executar e com bons resultados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 63515
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 10:52

TD124 escreveu:


PS: Os passa fios devem ser mudados todos os anos para assegurar um rumble minimo, pois a borracha endureçe e esmaga-se um pouco, por isso torna-se torna-se menos eficaz...

cheers


Essa ideia é excelente e até parece mentira os gajos da pro-ject não o fazerem de origem.
Quanto ao mudar os passa fios todos os anos, quem sabe se um pouco de vaselina nas borrachas (em todas elas) não possa evitar que a borracha seque tão depressa visto que a mantém sempre hidratada.

Um tópico bastante útil tendo em consideração a enorme quantidade de pro-ject's vendidos.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 16:27

TD124 escreveu:
PALUSE escreveu:
...
No meu caso, o Project Xpression 2 começou a piorar o nível do "rumble". Tocando no motor nota-se um vibração exagerada e claro que aquele nervoso todo vai contaminar a reprodução do vinil.
Pela Project existe um "solução" baseada numa fixação com apoios de material amortecedor e uma correia de secção cilíndrica em vez da tradicional secção plana.    ...


Existe uma solução barata, elegante e eficaz (são as melhores), que consiste a montar quatro aneis passa fios em borracha com um buraco central de 3mm em cada parafuso de apoio da suspensão. Talvez seja necessario um parafuso mais longo de 3/5mm e deve-se deixar a anilha em latão para não agredir a borracha. Depois é sò passar a suspensão pela ranhura central do passa fios e o motor està desacoplado do plinto... e tudo isto por 1 ou 2 euros fora a mão de obra... Very Happy

Era a solução que eu utilisava no gira discos Matiére que produzia hà anos atràs, então a eficacidade està provada pois o rumble era equivalente a um gira suspendido... e nos ultimos modelos, afundava o motor num banho de silicone...

PS: Os passa fios devem ser mudados todos os anos para assegurar um rumble minimo, pois a borracha endureçe e esmaga-se um pouco, por isso torna-se torna-se menos eficaz...

cheers

Orquestra
Viva.
Eu já usei os passa fios e não gostei do resultado, talvez o material tenha de ser mais apropriado para a função, tipo silicone ou outra "treta" mais elástica.
Lembrem-se que eu já não tenho a suspensão do motor sobre tensão extra; está com a montagem normal.


Última edição por PALUSE em Sab Jan 23 2016, 16:34, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 16:33

FBatista escreveu:
PALUSE escreveu:
Também é útil para a audição de mensagens "satânicas" no vinil sem a segunda "fase" do motor ligada porque parece-me que dá para os dois lados. /flower

Inté
smedley
antigamente a rádio fazia uns concursos com o pessoal a tentar adivinhar músicas tocadas "ao contrário". Mas só de pensar na célula a tocar ao contrário,....faz lembrar as caminhadas à beira-mar e uma vara de cana a fazer riscos no chão, deve ser mais ou menos o mesmo efeito no vinil a tocar para trás........é o ai o meu rico vinil!!!!!!

Bem, mas é possível colocar um comutador para desligar o 2º enrrolamento manualmente (depois de verificado o arranque), não esquecendo que a ponta solta tem de ver drenada a tensão gerada. Porque nessa altura fica o 1º enrrolamento a funcionar como motor (o de inércia) e o 2º, agora desligado a funcionar como gerador com o campo gerado. Importa drenar essa tensão sem provocar curto magnético, porque isso sim trava a rotação do prato, ou estabiliza o coice, dependendo da receita confeccionada.

Talvez a tensão gerada não perturbe o Project, pois pelo diagrama publicado acima, o circuito é simples. No caso do Thorens que tem o AutoStop ligado em série, esta tensão tem mesmo de ser drenada, caso contrário o tipo fica maluco, não disparando, ou disparando tardiamente.

Eu optei por esta receita, mas tenciono aplicar um circuito temporizador que desliga o 2º enrrolamento ao fim de x segundos automáticamente. Não sei quando, mas tenciono.

Orquestra
Boas FBatista.
Eu opino que o enrolamento deixado em vazio não te vai trazer qualquer oposição à rotação, agora se drenares corrente dele isso sim; lembra-te quando ligas os médios do carro com o motor ao ralenti, "idle"; por norma nos carros com motor a gasolina nota-se um decréscimo ligeiro na rotação e o ruido demonstra mais esforço no processo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
FBatista
Membro AAP
avatar

Mensagens : 943
Data de inscrição : 21/03/2013
Idade : 38
Localização : Região Saloia

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 18:49

PALUSE escreveu:
FBatista escreveu:
PALUSE escreveu:
Também é útil para a audição de mensagens "satânicas" no vinil sem a segunda "fase" do motor ligada porque parece-me que dá para os dois lados. /flower

Inté
smedley
antigamente a rádio fazia uns concursos com o pessoal a tentar adivinhar músicas tocadas "ao contrário". Mas só de pensar na célula a tocar ao contrário,....faz lembrar as caminhadas à beira-mar e uma vara de cana a fazer riscos no chão, deve ser mais ou menos o mesmo efeito no vinil a tocar para trás........é o ai o meu rico vinil!!!!!!

Bem, mas é possível colocar um comutador para desligar o 2º enrrolamento manualmente (depois de verificado o arranque), não esquecendo que a ponta solta tem de ver drenada a tensão gerada. Porque nessa altura fica o 1º enrrolamento a funcionar como motor (o de inércia) e o 2º, agora desligado a funcionar como gerador com o campo gerado. Importa drenar essa tensão sem provocar curto magnético, porque isso sim trava a rotação do prato, ou estabiliza o coice, dependendo da receita confeccionada.

Talvez a tensão gerada não perturbe o Project, pois pelo diagrama publicado acima, o circuito é simples. No caso do Thorens que tem o AutoStop ligado em série, esta tensão tem mesmo de ser drenada, caso contrário o tipo fica maluco, não disparando, ou disparando tardiamente.

Eu optei por esta receita, mas tenciono aplicar um circuito temporizador que desliga o 2º enrrolamento ao fim de x segundos automáticamente. Não sei quando, mas tenciono.

Orquestra
Boas FBatista.
Eu opino que o enrolamento deixado em vazio não te vai trazer qualquer oposição à rotação, agora se drenares corrente dele isso sim; lembra-te quando ligas os médios do carro com o motor ao ralenti, "idle"; por norma nos carros com motor a gasolina nota-se um decréscimo ligeiro na rotação e o ruido demonstra mais esforço no processo.


Certíssimo PALUSE! Mesmo no TD145 com Autostop em série, é possível contornar o problema, de forma capaz e recorrendo a deixar o 2º enrrolamento em vazio, senão mesmo isolado.

Reforço : na prática este já conhecido truque resolve o problema na raiz e de forma 'eterna'.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 22:43

Orquestra
E pronto!
Resolvi ir à caixa da "costura", sacar uns "passa-fios" completos e instalá-los no Xpression 2.

Na 1ª audição aparentou ser "+ positivo".
Com o tempo logo se vê.

Agora não há que enganar, são mesmo "passa-fios".
smedley


Última edição por PALUSE em Sab Jan 23 2016, 23:46, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 63515
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 22:52

Não duvido que esse passa fios possam melhorar um pouco a situação, mas para ser algo mesmo à séria, o parafuso de aperto não deveria de trespassar de um lado ao outro directamente.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 63515
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 22:58

O ideal para o isolamento mecânico, seria algo assim...




Com alguma ingeniosidade, dá para fazer algo similar e em silicone, e ai estou convencido que a separação será quase total.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 23:06

FBatista escreveu:
PALUSE escreveu:
FBatista escreveu:
PALUSE escreveu:
Também é útil para a audição de mensagens "satânicas" no vinil sem a segunda "fase" do motor ligada porque parece-me que dá para os dois lados. /flower

Inté
smedley
antigamente a rádio fazia uns concursos com o pessoal a tentar adivinhar músicas tocadas "ao contrário". Mas só de pensar na célula a tocar ao contrário,....faz lembrar as caminhadas à beira-mar e uma vara de cana a fazer riscos no chão, deve ser mais ou menos o mesmo efeito no vinil a tocar para trás........é o ai o meu rico vinil!!!!!!

Bem, mas é possível colocar um comutador para desligar o 2º enrrolamento manualmente (depois de verificado o arranque), não esquecendo que a ponta solta tem de ver drenada a tensão gerada. Porque nessa altura fica o 1º enrrolamento a funcionar como motor (o de inércia) e o 2º, agora desligado a funcionar como gerador com o campo gerado. Importa drenar essa tensão sem provocar curto magnético, porque isso sim trava a rotação do prato, ou estabiliza o coice, dependendo da receita confeccionada.

Talvez a tensão gerada não perturbe o Project, pois pelo diagrama publicado acima, o circuito é simples. No caso do Thorens que tem o AutoStop ligado em série, esta tensão tem mesmo de ser drenada, caso contrário o tipo fica maluco, não disparando, ou disparando tardiamente.

Eu optei por esta receita, mas tenciono aplicar um circuito temporizador que desliga o 2º enrrolamento ao fim de x segundos automáticamente. Não sei quando, mas tenciono.
Orquestra
Boas FBatista.
Eu opino que o enrolamento deixado em vazio não te vai trazer qualquer oposição à rotação, agora se drenares corrente dele isso sim; lembra-te quando ligas os médios do carro com o motor ao ralenti, "idle"; por norma nos carros com motor a gasolina nota-se um decréscimo ligeiro na rotação e o ruido demonstra mais esforço no processo.


Certíssimo PALUSE! Mesmo no TD145 com Autostop em série, é possível contornar o problema, de forma capaz e recorrendo a deixar o 2º enrrolamento em vazio, senão mesmo isolado.

Reforço : na prática este já conhecido truque resolve o problema na raiz e de forma 'eterna'.

Bem, talvez com uma PTC em serie com o enrolamento e o condensador a coisa resulte...



...só falta escolher a mais apropriada; por exemplo a PTCCL05H181DBE ou a PTCCL05H131DBE??!!
lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 23:19

António José da Silva escreveu:
O ideal para o isolamento mecânico, seria algo assim...




Com alguma ingeniosidade, dá para fazer algo similar e em silicone, e ai estou convencido que a separação será quase total.

Orquestra
Dois zingarelhos desses com o polímero certo e com as dimensões corretas seriam a apoteose na solução deste problema de "trampa".

Um então um motor novo.
Esta imagem é mais antiga.
Será que fiz o "levantamento do circuito" de forma incorreta?
Ou é o "boneco" do motor que está mal ou incompleto?

Sigam os fios...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 63515
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 23:23

PALUSE escreveu:


Orquestra
Dois zingarelhos desses com o polímero certo e com as dimensões corretas seriam a apoteose na solução deste problema de "trampa".


E que tal duas bases dessas em silicone, ou mesmo o "passa fios", mas sem o parafuso? Uma experiência com fita cola de dupla face em ambos os lados?

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Sab Jan 23 2016, 23:45

António José da Silva escreveu:
PALUSE escreveu:


Orquestra
Dois zingarelhos desses com o polímero certo e com as dimensões corretas seriam a apoteose na solução deste problema de "trampa".


E que tal duas bases dessas em silicone, ou mesmo o "passa fios", mas sem o parafuso? Uma experiência com fita cola de dupla face em ambos os lados?  

Orquestra
Bem AJS, para usar silicone com o fator de amortecimento correto, será melhor falar com o Dr. das prótese mamárias. Ai sim...
lol!
Mas se souberes de algo concreto para produzir apoios em silicone ou algo mais eficaz, diz à malta.
A Rega tem os motores apertados contra o "plinto" com batentes de material  amortecedor. Acredito é que os motores sejam mais equilibrados que os antigos da Project.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 63515
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Dom Jan 24 2016, 05:58

PALUSE escreveu:

Mas se souberes de algo concreto para produzir apoios em silicone ou algo mais eficaz, diz à malta.
A Rega tem os motores apertados contra o "plinto" com batentes de material  amortecedor. Acredito é que os motores sejam mais equilibrados que os antigos da Project.


Não teria que ser forçosamente silicon, até pode ser esse passador, ou outra coisa idêntica. Era uma questão de fazer uma ou outra experiência tentar ouvir os resultados.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 63515
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Dom Jan 24 2016, 09:05

Bom, depois de pensar mais um pouco no assunto e de ver mais algumas coisas na net, parece-me que afinal uma das soluções é retirar os parafusos.

Vale a pena ler este site e ver as conclusões a que chegaram e os fixes para lá chegar.


http://www.theapplechap.webspace.virginmedia.com/TheAppleChap/Blog/Entries/2011/5/24_Enhancing_the_sound_from_Pro-ject_turntables_by_removing_rumble.html

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Dom Jan 24 2016, 14:59

António José da Silva escreveu:
Bom, depois de pensar mais um pouco no assunto e de ver mais algumas coisas na net, parece-me que afinal uma das soluções é retirar os parafusos.

Vale a pena ler este site e ver as conclusões a que chegaram e os fixes para lá chegar.


http://www.theapplechap.webspace.virginmedia.com/TheAppleChap/Blog/Entries/2011/5/24_Enhancing_the_sound_from_Pro-ject_turntables_by_removing_rumble.html

Orquestra
Caro António, é realmente a solução da Henley que anda em modo de kit.
Sobre a politica da Project, nada tendo a ver com o seu representante em Portugal,só posso dizer que o dever da marca era fornecer a custo de transporte postal o referido kit a quem reportasse o problema com o modelo e nº de série identificado.
Pagamos por um nado deficiente fecundado na Alemanha e nascido no leste da Europa; Scheiße für dieses problem! ( Traduzido pelo Google!)
P.S. O artigo é bestial!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patolas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 170
Data de inscrição : 14/05/2015
Idade : 31
Localização : Quinta do Conde

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Dom Jan 24 2016, 15:38

António José da Silva escreveu:
Bom, depois de pensar mais um pouco no assunto e de ver mais algumas coisas na net, parece-me que afinal uma das soluções é retirar os parafusos.

Vale a pena ler este site e ver as conclusões a que chegaram e os fixes para lá chegar.


http://www.theapplechap.webspace.virginmedia.com/TheAppleChap/Blog/Entries/2011/5/24_Enhancing_the_sound_from_Pro-ject_turntables_by_removing_rumble.html


Olá,

Essa solução depende depende do modelo do Project, era aconselhada para o Debut III por exemplo mas para o Debut carbon já não, eu já experimentei tirar esses parafusos do meu e transformava o meu plinto numa placa vibratória.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3091
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Seg Jan 25 2016, 07:16

PALUSE escreveu:
Orquestra
E pronto!
Resolvi ir à caixa da "costura", sacar uns "passa-fios" completos e instalá-los no Xpression 2.
(...)

Agora não há que enganar, são mesmo "passa-fios".
smedley

O problema é que està a rigidificar o acoplamento do motor com a caixa. Num gira não suspendido é o motor que o deve ser, ora neste caso as vibrações do motor são transmitidas pelo parafuso à tabua directamente..., mas se funçiona então é deixar!!!...

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patolas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 170
Data de inscrição : 14/05/2015
Idade : 31
Localização : Quinta do Conde

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Seg Jan 25 2016, 10:09

Bem há malucos para tudo,

https://www.youtube.com/watch?v=GY1bZ55iVDI
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 63515
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Seg Jan 25 2016, 12:57

PALUSE escreveu:
Orquestra


Agora não há que enganar, são mesmo "passa-fios".
smedley

Já agora, e para melhorar mais um pouco o isolamento, acho que deverias de ter umas anilhas em borracha na parte de cima para os parafusos não apertarem directamente contra a chapa do motor.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Dom Jan 31 2016, 17:17

António José da Silva escreveu:
PALUSE escreveu:
Orquestra


Agora não há que enganar, são mesmo "passa-fios".
smedley

Já agora, e para melhorar mais um pouco o isolamento, acho que deverias de ter umas anilhas em borracha na parte de cima para os parafusos não apertarem directamente contra a chapa do motor.

Então fica aqui o meu novo testemunho. As borrachas que eu comprei com o kit são maiores que as de origem e são mais macias (tipo gel). O que é que eu fiz de novo? Só virei as bases das borrachas (parte mais larga) para os suportes do motor e a parte mais fina para baixo assentando no plinto, e desta vez não pus os dois parafusos que agarram o motor e voilá, está muito melhor, não se ouve nada.
Agora como estou a ouvir discos não tirei a foto para mostrar, mas ainda hoje posto aqui.
Um abraço e espero que desta vez não mexa mais no assunto.

_________________
Junta-te aos bons, serás como eles. Junta-te aos maus serás pior que eles

"Food is music to the body, music is food to the heart  (Gregory David Roberts)"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1691
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Project Xpression 2 e a caixa de Pandora   Dom Jan 31 2016, 18:43

As fotos que prometi





Espero que isto ajude a mais pessoas com Pro-Ject's deste género
Um abraço

_________________
Junta-te aos bons, serás como eles. Junta-te aos maus serás pior que eles

"Food is music to the body, music is food to the heart  (Gregory David Roberts)"
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Project Xpression 2 e a caixa de Pandora
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Projeto de caixa ativa com 10'' - Custo x Benefício
» GK MB 200 + Caixa 410MBX 400W 4x10
» The Alan Parson Project
» Tascam Bass Trainer ou Korg Pandora, quem ja usou ou recomenda?
» Caixa "Clone" do Ibanez Promethean.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Phono Geral-
Ir para: