Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 A rodar XXXIV

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20  Seguinte
AutorMensagem
zaratustra
Membro AAP


Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 18:09


E, como o nível do Vouga tresloucado continua a subir...

Miles Davis - Water Babies (CBS 1976, ed. pt LP-S-00-896), LP.


https://www.discogs.com/master/view/65128




Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 18:17

zaratustra escreveu:

E, como o nível do Vouga tresloucado continua a subir...

Miles Davis - Water Babies (CBS 1976, ed. pt LP-S-00-896), LP.


https://www.discogs.com/master/view/65128




Tenho namorado esse belo disco, contudo ainda não chegou a vez dele...
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 18:30


Esta edição portuguesa anda por aqui desde junho de 1982... devidamente vilipendiada (assinatura e datação) bem à moda da época...

Quanto ao som, parece-me bem acima da média das prensagens portuguesas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 18:39

zaratustra escreveu:

Esta edição portuguesa anda por aqui desde junho de 1982... devidamente vilipendiada (assinatura e datação) bem à moda da época...

Quanto ao som, parece-me bem acima da média das prensagens portuguesas.

Creio que no discogs há dois exemplares com origem em Portugal, mas entre escolhas ele vai ficando para depois... Mas gosto muito dele, da capa ao recheio e como não sou nada "gourmet" nas edições, nem na mesa onde prefiro uma bela posta ou um ensopado de cabrito, um dia espero chegar a esse disquinho!

Goso de objectos com história, mas isso é outra coisa e muitas vezes até se perde em qualidade - nos livros as traduções nem sempre são as melhores, nos discos as prensagens... Vivo bem com isso Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 18:46


Eu também vivo bem com a questão das edições (muito embora as consiga distinguir, claro).

Acima de tudo está a obra, a música disponibilizada naquele bocadinho de crude transformado.
Se for possível pescar uma edição XPTO, ótimo, caso o não seja, continuo na paz do "Senhor" (ou seja, comigo mesmo). Infelizmente, não sou "Senhor" com suficiente cabedal para atacar as melhores edições vinílicas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 18:53

zaratustra escreveu:

Eu também vivo bem com a questão das edições (muito embora as consiga distinguir, claro).

Acima de tudo está a obra, a música disponibilizada naquele bocadinho de crude transformado.
Se for possível pescar uma edição XPTO, ótimo, caso o não seja, continuo na paz do "Senhor" (ou seja, comigo mesmo). Infelizmente, não sou "Senhor" com suficiente cabedal para atacar as melhores edições vinílicas.

Perfeitamente de acordo, até na condição!
A mim o que me faz pensar duas vezes é algo como a história do objecto, um disco é um objecto como qualquer outro e gosto que me conte algo - na maior parte das vezes a idade permite-me viajar sozinho imaginando... Cada um com a sua!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 19:17


E, como atravessamos tempos de crise meteorológica...

Weather Report - Weather Report (Columbia 1971, reed. US PC 30661), LP.




https://www.discogs.com/Weather-Report-Weather-Report/master/21670

Ainda com Miroslav Vitous...

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 20:18

Depois de jantar(zinho)...

Brand X - Unorthodox Behaviour (Passport 1976, reed. Passport 1989 PB 9819), LP.


https://www.discogs.com/Brand-X-Unorthodox-Behaviour/master/34865

Fusão magnífica!
A ouvir bem altinho...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 20:41

zaratustra escreveu:
Depois de jantar(zinho)...

Brand X - Unorthodox Behaviour (Passport 1976, reed. Passport 1989 PB 9819), LP.


https://www.discogs.com/Brand-X-Unorthodox-Behaviour/master/34865

Fusão magnífica!
A ouvir bem altinho...


Adoro.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 20:51

Petrus escreveu:
A Rodar. . .



Isso deve ser muito giro.
Tens os dois primeiros?

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 21:02


Outro grande disco...

Didier Lockwood - New World (MPS 1979, ed. pt Dargil), LP.



https://www.discogs.com/Didier-Lockwood-New-World/master/316543

Didier Lockwood, Gordon Beck, Francis Lockwood, Jean-Michel Kajdan, John Etheridge, Niels-Henning Ørsted Pedersen, Tony Williams...... excelentes interpretações!

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7774
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 21:26

Roda
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 21:47


Jean-Luc Ponty Quartet - Sunday Walk (BASF 1967, ed. pt MPS-Dargil 15139), LP.




https://www.discogs.com/Jean-Luc-Ponty-Quartet-Sunday-Walk/master/246084

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7774
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 22:26

Roda
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 23:00


Jade Warrior - Jade Warrior (Vertigo 1971, Akarma 2008), LP.





https://www.discogs.com/Jade-Warrior-Jade-Warrior/master/17651

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Sab Fev 13 2016, 23:53


Deuter - Ecstasy (Kuckuck 1979), LP.





https://www.discogs.com/Deuter-Ecstasy/master/251

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 00:46


Os Mundi - 43 Minuten (Brain 1972, Missing Vinyl 2013 MV034), LP.



https://www.discogs.com/Os-Mundi-43-Minuten/master/264960

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
Petrus
Membro AAP
avatar

Mensagens : 826
Data de inscrição : 26/12/2015
Idade : 34
Localização : Vendas Novas

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 13:48

zaratustra escreveu:
Petrus escreveu:
A Rodar. . .



Isso deve ser muito giro.
Tens os dois primeiros?


Deles só me falta mesmo o primeiro, ainda não calhou achar uma copia com boa qualidade e a bom preço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 15:03

Petrus escreveu:
zaratustra escreveu:
Petrus escreveu:
A Rodar. . .



Isso deve ser muito giro.
Tens os dois primeiros?


Deles só me falta mesmo o primeiro, ainda não calhou achar uma copia com boa qualidade e a bom preço.



Acabei de comprar mesmo sem ouvir. Vou-me deixar surpreender.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10380
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 18:31

António José da Silva escreveu:
Petrus escreveu:
zaratustra escreveu:
Petrus escreveu:
A Rodar. . .



Isso deve ser muito giro.
Tens os dois primeiros?


Deles só me falta mesmo o primeiro, ainda não calhou achar uma copia com boa qualidade e a bom preço.



Acabei de comprar mesmo sem ouvir. Vou-me deixar surpreender.

Andas distraído .... esquecido.... fazes as mesmas perguntas...
Vá lá, foi desta!
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Petrus
Membro AAP
avatar

Mensagens : 826
Data de inscrição : 26/12/2015
Idade : 34
Localização : Vendas Novas

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 20:47

António José da Silva escreveu:
Petrus escreveu:
zaratustra escreveu:
Petrus escreveu:
A Rodar. . .



Isso deve ser muito giro.
Tens os dois primeiros?


Deles só me falta mesmo o primeiro, ainda não calhou achar uma copia com boa qualidade e a bom preço.



Acabei de comprar mesmo sem ouvir. Vou-me deixar surpreender.

É uma boa aquisição e espero que gostes, pois como alguém por este forum costuma dizer, " no audio o que uns gostam outros odeiam" . . .
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 20:51

Petrus escreveu:


É uma boa aquisição e espero que gostes, pois como alguém por este forum costuma dizer, " no audio o que uns gostam outros odeiam" . . .


Não quero saber do que dizem, só sei é que ficas 100% responsável pela compra.



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Petrus
Membro AAP
avatar

Mensagens : 826
Data de inscrição : 26/12/2015
Idade : 34
Localização : Vendas Novas

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 21:07

António José da Silva escreveu:
Petrus escreveu:


É uma boa aquisição e espero que gostes, pois como alguém por este forum costuma dizer, " no audio o que uns gostam outros odeiam" . . .


Não quero saber do que dizem, só sei é que ficas 100% responsável pela compra.



Pode ser, se não prestar pago um almoço... um dia destes lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 21:24

Petrus escreveu:


Pode ser, se não prestar pago um almoço...



Podes desde já ter a certeza de que o álbum irá ser um fracasso. dvil

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Petrus
Membro AAP
avatar

Mensagens : 826
Data de inscrição : 26/12/2015
Idade : 34
Localização : Vendas Novas

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Dom Fev 14 2016, 21:32

António José da Silva escreveu:
Petrus escreveu:


Pode ser, se não prestar pago um almoço...



Podes desde já ter a certeza de que o álbum irá ser um fracasso. dvil


Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Seg Fev 15 2016, 11:15

Para começar bem, mesmo bem um dia em que o Sol resolveu aparecer:

Herbie Mann!!!

Belo álbum Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Seg Fev 15 2016, 19:56


Boa noite para todos.

José Miguel, esse (ainda) não conheço.
Por vezes oiço o Memphis Underground (versão CD) e gosto muito.


Por aqui, acabei de ouvir este...

Bruce Palmer - The Cycle Is Complete (Verve Forecast 1970, Akarma 2003), LP.


https://www.discogs.com/Bruce-Palmer-The-Cycle-Is-Complete/master/327637


Agora roda este...

Aggregation, The - Mind Odyssey (LHI Records 1969, edição Sweet Dandelion), LP.


https://www.discogs.com/Aggregation-Mind-Odyssey/master/522383

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Seg Fev 15 2016, 20:05

Pudesse, estava eu a investigar esses dois que não conheço... Mas esta é hora de trabalho!

Esse álbum do Herbie Mann tem fortes influências latinas e como estava uma manhã de Sol... Lembrei-me dele!

Boa noite para a beira-Vouga, que espero estar mais distante da porta de casa Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Seg Fev 15 2016, 21:25

zaratustra escreveu:




Por aqui, acabei de ouvir este...

Bruce Palmer - The Cycle Is Complete (Verve Forecast 1970, Akarma 2003), LP.


https://www.discogs.com/Bruce-Palmer-The-Cycle-Is-Complete/master/327637



Estou a ouvir, estou a gostar.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Petrus
Membro AAP
avatar

Mensagens : 826
Data de inscrição : 26/12/2015
Idade : 34
Localização : Vendas Novas

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Seg Fev 15 2016, 22:46

A Rodar. . .

Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 611
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Seg Fev 15 2016, 23:38

Rodaram músicas deveras apreciadas por mim:



Todos os adjectivos positivos possíveis são poucos para Antony and the Johnsons.





Este piano ecoa na cabeça e dela não sai... Tão bom!

Que duas oferendas inesperadas!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tankado
Membro AAP
avatar

Mensagens : 659
Data de inscrição : 29/01/2016
Idade : 25
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Ter Fev 16 2016, 14:36

Aqui está a acabar de rodar:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Tankado
Membro AAP
avatar

Mensagens : 659
Data de inscrição : 29/01/2016
Idade : 25
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Ter Fev 16 2016, 14:42

Agora...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Tankado
Membro AAP
avatar

Mensagens : 659
Data de inscrição : 29/01/2016
Idade : 25
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Ter Fev 16 2016, 16:21

O ultimo (aqui no tópico) para não aborrecer ninguém xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Ter Fev 16 2016, 17:23

Colocar musica no tópico da musica é aborrecer alguém?

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 00:14

E enquanto não chega o "the real thing", ouve-se no trabalho este fabuloso álbum.





Chamo a atenção para a fantástica participação de Jimmy Knepper no trombone.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 00:18


_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tankado
Membro AAP
avatar

Mensagens : 659
Data de inscrição : 29/01/2016
Idade : 25
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 11:33

Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 15:13

A chuva hoje tardou, mas agora não quer seguir o seu caminho... parece que gosta deste cantinho da Terra!
Para relaxar rodou:

The Modern Jazz Quartet - Comedy.

E agora, para aumentar a adrenalina:

The Velvet Underground and Nico.

Muda o registo, mantém-se a qualidade!!!

Aproveito para enviar um grande abraço para o Alto Minho, onde o relógio dá horas em grande estilo!!! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 611
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 15:48

José Miguel escreveu:
A chuva hoje tardou, mas agora não quer seguir o seu caminho... parece que gosta deste cantinho da Terra!
Para relaxar rodou:

The Modern Jazz Quartet - Comedy.

E agora, para aumentar a adrenalina:

The Velvet Underground and Nico.

Muda o registo, mantém-se a qualidade!!!

Aproveito para enviar um grande abraço para o Alto Minho, onde o relógio dá horas em grande estilo!!! Wink

Aqui, oiço o vento, a força da corrente de ar e o som das ondas enfurecidas a bater no areal...



Este "disco" tem cheiro a inverno. Eu gosto!

Estte relógio também conheço! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4323
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 50
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 18:55

António José da Silva escreveu:
E enquanto não chega o "the real thing", ouve-se no trabalho este fabuloso álbum.



Chamo a atenção para a fantástica participação de Jimmy Knepper no trombone.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4323
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 50
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 18:58

José Miguel escreveu:

...
Para relaxar rodou:

The Modern Jazz Quartet - Comedy.
...

Essa capa (gatefold) é linda!

Por falar em MJQ, deixo uma foto curiosa tirada durante um dos seus concertos na Europa. Amesterdão 1956.
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qua Fev 17 2016, 19:39

Mister W escreveu:
José Miguel escreveu:

...
Para relaxar rodou:

The Modern Jazz Quartet - Comedy.
...

Essa capa (gatefold) é linda!

Por falar em MJQ, deixo uma foto curiosa tirada durante um dos seus concertos na Europa. Amesterdão 1956.
Uma bela imagem essa, um concerto intimista como já só se fazem em Jam Session's...
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4095
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 35
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 13:15

A cidade ainda se enfeita, mas esta é a hora de almoço, o sol brilha e toda a gente aproveita para descansar. Eu não sou diferente e por isso ouço um disquito, apanho sol e ...

Moby Grape...
Deixo uma amostra de uma das letras:
It's A Beautiful Day Today

Dawn to dawn a lifetime
The birds sing and day's begun
The heaven will shine from dawn to dusk
With golden rays of sun

People on their way
Beginning a brand new day
I love (a-)hearing people say
It's a beautiful day today

People in the streets
Rushing everywhere
Moving fast and how I know
They got to get somewhere (...)

Deixo ainda o que escrevi enquanto ouço, observo pela janela, ...
É o habitus Senhor.

O Senhor fazia o que sempre fazia pela manhã, era manhã e se fosse tarde o mesmo poderia ser dito, raras vezes de noite não fazia o mesmo de sempre, raras vezes. O dia não respeitava nenhuma agenda, o Senhor não a tinha e nunca tinha sentido falta de uma, desde que se levantava até se deitar para ele tudo batia certo. As horas sabia-as pelo simples facto de saber onde estava e não podendo afirmar a que segundo do minuto estava, seguramente acertaria no minuto da hora.

Chegada a hora de almoço, o Senhor dirigiu-se para o restaurante onde sempre fazia a sua refeição, onde demorava exactamente quarenta e sete minutos e de onde saía para voltar à sua rotina. A refeição estava mais uma vez como era hábito, quente e generosa na porção, fora a senhora de mão requintada para a cozinha que lhe levara o prato e sorridente soltara o não menos generoso «espero que não esteja diferente de ontem, que o almoço lhe satisfaça e permita o resto de dia como o foi até aqui».

O Senhor nunca tinha pensado naquela frase e no seu significado, ouvia-a desde que tinha memória, mas sabia que era o único que a ouvia da boca da senhora diariamente sem mais. O cuidado que a senhora demonstrava com os restantes fregueses não era menor, os pratos eram por ela servidos, eram por ela preparados, mas o momento que sucedia o serviço era diferente para com os outros. As frases pareciam multiplicar-se, ora curtas ora longas, nunca eram as mesmas e agora que sentia esse assalto ao pensamento reparava que a mesma senhora que já lhe dedicava um cumprimento algo longo por vezes encostava-se a algumas mesas de fregueses costumeiros e deixava-se ficar por longos minutos. O Senhor não ouvia com clareza o que era dito quer pela senhora quer pelos fregueses, mas desde sorrisos a expressões mais sérias tudo era possível. No final a senhora despedia-se com um simples «bom apetite» em alto e bom som, parecia quase uma repetição de votos para toda a sala sem periodicidade certa.

O movimento do restaurante era diferente do dia do Senhor, reparou naqueles segundos em que levantou a cabeça que as pessoas não obedeciam a uma regra, a menos que a regra fosse não ter regras. Comiam, paravam e falavam, levantavam-se e voltavam para o lugar sem que nada o fizesse necessário. Havia conversas entre pessoas de mesas diferentes e percebia agora a razão do ruído de fundo, afinal de contas para que se possa falar entre mesas seria necessário levantar a voz. Tudo aquilo era estranho, para Ele o acto de entrar no restaurante era bem definido, sentar-se à mesa, aguardar uns poucos segundos pelo prato de comida e pelo cumprimento da generosa senhora e baixar ligeiramente a cabeça para que o ângulo fosse o facilitador de deslocação do talher. Quarenta e sete minutos depois estava a sair de novo do restaurante e seguia com o seu dia, tal e qual como o fizera por toda a vida o seu pai.

O conceito de "habitus" pertence à história de vários que ousaram pensar, mas como é um feliz conceito que diz muito de nós, este animal que somos, não me canso de o ter em mente.
Somos um animal social, que incorpora hábitos que passam ao lado da razão... como pensar não custa, por vezes faz bem pensarmos no que andamos aqui a fazer.

Um grande dia de sol para todos e todas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7774
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 13:30

Roda
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luciana Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 611
Data de inscrição : 17/10/2015

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 14:52

José Miguel escreveu:
A cidade ainda se enfeita, mas esta é a hora de almoço, o sol brilha e toda a gente aproveita para descansar. Eu não sou diferente e por isso ouço um disquito, apanho sol e ...

Moby Grape...
Deixo uma amostra de uma das letras:
It's A Beautiful Day Today

Dawn to dawn a lifetime
The birds sing and day's begun
The heaven will shine from dawn to dusk
With golden rays of sun

People on their way
Beginning a brand new day
I love (a-)hearing people say
It's a beautiful day today

People in the streets
Rushing everywhere
Moving fast and how I know
They got to get somewhere (...)

Deixo ainda o que escrevi enquanto ouço, observo pela janela, ...
É o habitus Senhor.

O Senhor fazia o que sempre fazia pela manhã, era manhã e se fosse tarde o mesmo poderia ser dito, raras vezes de noite não fazia o mesmo de sempre, raras vezes. O dia não respeitava nenhuma agenda, o Senhor não a tinha e nunca tinha sentido falta de uma, desde que se levantava até se deitar para ele tudo batia certo. As horas sabia-as pelo simples facto de saber onde estava e não podendo afirmar a que segundo do minuto estava, seguramente acertaria no minuto da hora.

Chegada a hora de almoço, o Senhor dirigiu-se para o restaurante onde sempre fazia a sua refeição, onde demorava exactamente quarenta e sete minutos e de onde saía para voltar à sua rotina. A refeição estava mais uma vez como era hábito, quente e generosa na porção, fora a senhora de mão requintada para a cozinha que lhe levara o prato e sorridente soltara o não menos generoso «espero que não esteja diferente de ontem, que o almoço lhe satisfaça e permita o resto de dia como o foi até aqui».

O Senhor nunca tinha pensado naquela frase e no seu significado, ouvia-a desde que tinha memória, mas sabia que era o único que a ouvia da boca da senhora diariamente sem mais. O cuidado que a senhora demonstrava com os restantes fregueses não era menor, os pratos eram por ela servidos, eram por ela preparados, mas o momento que sucedia o serviço era diferente para com os outros. As frases pareciam multiplicar-se, ora curtas ora longas, nunca eram as mesmas e agora que sentia esse assalto ao pensamento reparava que a mesma senhora que já lhe dedicava um cumprimento algo longo por vezes encostava-se a algumas mesas de fregueses costumeiros e deixava-se ficar por longos minutos. O Senhor não ouvia com clareza o que era dito quer pela senhora quer pelos fregueses, mas desde sorrisos a expressões mais sérias tudo era possível. No final a senhora despedia-se com um simples «bom apetite» em alto e bom som, parecia quase uma repetição de votos para toda a sala sem periodicidade certa.

O movimento do restaurante era diferente do dia do Senhor, reparou naqueles segundos em que levantou a cabeça que as pessoas não obedeciam a uma regra, a menos que a regra fosse não ter regras. Comiam, paravam e falavam, levantavam-se e voltavam para o lugar sem que nada o fizesse necessário. Havia conversas entre pessoas de mesas diferentes e percebia agora a razão do ruído de fundo, afinal de contas para que se possa falar entre mesas seria necessário levantar a voz. Tudo aquilo era estranho, para Ele o acto de entrar no restaurante era bem definido, sentar-se à mesa, aguardar uns poucos segundos pelo prato de comida e pelo cumprimento da generosa senhora e baixar ligeiramente a cabeça para que o ângulo fosse o facilitador de deslocação do talher. Quarenta e sete minutos depois estava a sair de novo do restaurante e seguia com o seu dia, tal e qual como o fizera por toda a vida o seu pai.

O conceito de "habitus" pertence à história de vários que ousaram pensar, mas como é um feliz conceito que diz muito de nós, este animal que somos, não me canso de o ter em mente.
Somos um animal social, que incorpora hábitos que passam ao lado da razão... como pensar não custa, por vezes faz bem pensarmos no que andamos aqui a fazer.

Um grande dia de sol para todos e todas!

Como disse alguém, o conhecimento resulta da experiência empírica... o hábito fundamenta as nossas crenças e desencadeia novas ideias.
Queria estar a ouvir música, a obedecer à rotina...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 15:06

José Miguel escreveu:
... como pensar não custa, por vezes faz bem pensarmos no que andamos aqui a fazer.



...nada que afecte o cosmos nem nada que se volte a repetir. É aproveitar e desfrutar esta viagem única e só de ida.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7774
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 15:17

Para aproveitar a viagem roda o David Milhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7774
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 15:51

Mais David Milhas ou será Maravilhas?
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64287
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 15:56

anibalpmm escreveu:
Mais David Milhas ou será Maravilhas?


Quer dizer que andas a ouvir muitos Km de Davis, e fazes tu muito bem. Tem uma enorme estrada por percorrer.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10380
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XXXIV   Qui Fev 18 2016, 16:16

Por aqui, ouvindo música novamente,
resgatei este (não querendo ser premonitório...)

Shaa Khan - The World Will End On A Friday - lp - 1977


já fazia tempo que não ouvia estes "gajos"...
cheers
ED. Como tenho andado "distraído"..., só agora li o último texto do Senhor...
e, desejando uma feliz vida aos "viageiros" ...
. o hábito fundamenta as nossas crenças e desencadeia novas ideias.
Até já!


Última edição por Luis Filipe Goios em Qui Fev 18 2016, 16:26, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A rodar XXXIV
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 19 de 20Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A rodar XXXIV
» A rodar XXX
» A rodar III
» A rodar XVI
» A rodar XVII

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Música Geral :: O que andam a ouvir (a rodar)-
Ir para: