Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 NBU – Novos Bimbos Urbanos

Ir em baixo 
AutorMensagem
Ferpina
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10164
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 63
Localização : Assado - Perú

MensagemAssunto: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sex Ago 28 2015, 13:46

NBU – Novos Bimbos Urbanos

São urbanos.
Andam pelos 30 e os 45 anos.
Têm cursos superiores.
São já tendencialmente dependentes dos smartphones e i-phones e das Redes Sociais.
Vivendo num constante vazio, para se sentirem integrados nesta sociedade que se quer global, aderem a modas fáceis, em busca de felicidade efémera que se desfaz como o fumo.
São conhecidos como os NBU ou os Novos Bimbos Urbanos.
Não faça parte desse grupo.
São 10 modas parvas: Gin, Sushi, SWAG, Selfie sticks, etc.
Vivemos num mundo de modas e de gostos influenciados pelos media.
Sempre assim foi, agora é ainda mais devido à velocidade e visibilidade que a Internet veio dar a todas as novas tendências.
Vamos lá então falar das modas mais parvas que andam por aí.

Gin

Sim, aquela bebida que era a dos nossos pais e que era servida com água tónica e, nos sítios mais finos, com uma rodela de limão.
Essa bebida que ninguém gostava e que era azeda, está na moda.
Nas prateleiras dos hipermercados, onde outrora havia apenas uma marca, a mais rasca, estão agora uma enormidade de diferentes marcas e estilos.
A moda do Gin apareceu do nada, mas planeada, e encostou as caipirinhas e os mojitos a um canto.
Sim, é bom, eu bebo e já dei uma vez 14€ por um gin.
Sou estúpido.
Um palerma, mesmo.
Não há bebida que valha esse dinheiro a não ser pelo marketing, branding e impinging que nos fazem.
Fazer um gin não é arte, meus amigos.
É misturar cenas lá para dentro e logo se vê.
"Ai, o copo tem que estar gelado, tem que se passar as folhinhas de menta nas bordas para aromatizar, meter a tónica numa colher em espiral para não quebrar as bolhinhas frágeis da menina".
Menos, se faz favor.
Não estou para estar cinco minutos à espera de um gin, para no fim saber igual aos outros todos, especialmente se for o quinto da noite.
Tomem juízo.
Assim ainda me fazem perder o engate.
O gin conseguiu vencer a barreira da mariquice que muitos homens não se sentem confortáveis em ultrapassar.
Antigamente, qualquer bebida doce com fruta lá dentro era para gaja ou designers de interiores.
Hoje, uma bebida com bagas e folhinhas é de homem.

Aromatizar um gin também requer indicações específicas. Quando usamos citrinos deve-se cortar a casca fina com um descascador (no caso das laranjas, por exemplo, não se pode chegar à parte branca do fruto porque isso vai conferir amargura à bebida). As ervas aromáticas, dependendo do tipo, são colocadas diretamente no copo — mas antes de o fazer deve-se colocar a folha nas mãos e apertá-la, de modo a libertar os aromas, e ainda passá-la pela borda do copo.
As ervas aromáticas  o preço das ervas aromáticas vai desde 40€ a 80€ mas para os NBU isso não tem importância.


O gin deve ser bebido em cerca de 15 minutos para que não fique muito aguado, mas os parolos  dos NBU e as parolas das NBU demoram uns 30m ou mais.

Kizomba

A Kizomba sempre esteve na moda onde eu vivo, Buraca.
Sempre ouvi Kizomba, à força, nas festas das escolas e atráves dos carros que passam na minha rua ao som da sua batida característica.
Não tenho nada contra, confesso que não é o meu estilo de música, mas até sou capaz de não trocar de estação e até, na loucura, de ouvir com gosto num carro cheio de amigos a caminho da praia.
Mas há limites, caraças!
A rubrica da RFM "10 músicas seguidas sem parar", deveria chamar-se "5 músicas seguidas intercaladas por 5 Kizombas".
Não há paciência, especialmente, porque a Kizomba que nos chega é, na sua maioria, má.
É a comercial, que de africana tem muito pouco e é feita só para vender.
É engraçado é que não se pode dizer mal da Kizomba sem se ser acusado de racismo.
Eu também digo mal do Pimba e isso não faz de mim xenófobo contra os portugueses.
Não gosto, acho que as pessoas papam porque dá na rádio e porque não têm paciência para letras que as façam pensar.
Não tenho problemas que um Anselmo Ralph encha um MEO Arena, só tenho é pena que não haja tanto público a querer ouvir um Jorge Palma ou um Sérgio Godinho.
Se calhar têm que se adaptar e fazer novas versões: Jorge Palma ao piano, com batida Kizomba por trás, a cantar "Agora não mete mais a mão no queixo...".
Ou o Sr. Godinho a cantar "Bo tem um brilhozinho nos olhos...".

Selfie Sticks

Os famosos paus de selfie.
Pau de selfie faz lembrar uma espécie de condimento para comida ou um brinquedo sexual para auxiliar a masturbação, mas não!
É aquele cabo para as pessoas tirarem fotos a elas próprias.
No meu tempo, pedia-se a alguém que fosse a passar para tirar uma fotografia e dizia-se "Carregue aqui neste botão".
Aquele botão igual em todas as máquinas, mas que nós sentimos sempre necessidade de dizer, não vá a pessoa carregar no flash ou no botão que ejecta a bateria.
Devo dizer que reconheço a utilidade dos paus de selfie, acho que até criam um efeito giro e são práticos de utilizar em várias situações.
Isso não quer dizer que não sejam ridículos.
São.
Andar com o telemóvel preso na ponta de uma moleta é só estúpido.
Mas o pior não é isso, o pior é que as pessoas andam muito obcecadas com elas próprias.
Eu, quando vou a algum lado, estou mais interessado em tirar fotografias às paisagens, aos monumentos, às pessoas na rua e a momentos únicos, do que a mim.
Parecem a Cristina Ferreira que tem que aparecer sempre na capa da sua revista.
Se querem tirar uma foto do pôr-do-sol em Belém, para que é que a vão estragar com o vosso focinho?

Sushi

Não gosto.
Sim, já experimentei mais que uma vez.
Sim, já experimentei diferentes restaurantes.
Sim, já me disseram que é uma questão de hábito.
Não gosto e não quero experimentar mais, pode ser?
Há sempre um amigo que nos tenta convencer que sushi é a melhor comida do mundo!
Que nós só não gostamos porque ainda não experimentámos com os planetas alinhados e vestidos todos de ganga.
Metam na cabeça que há pessoas que não gostam de peixe cru!
Não devia ser assim algo tão estranho, o estranho é gostar.
Antes, a norma era não se gostar, mas agora anda tudo maluquinho com o sushi.
É uma falta de respeito para com os nossos antepassados que inventaram o fogo.
Não percebo como é que se insiste em comer algo que não se gosta.
Se não estivesse na moda, ninguém experimentava dez vezes até gostar.
Experimentavam uma, ou duas, como eu, e pronto, não gostam, nunca mais lá vão.
Mas, como é fixe comer sushi e dá boas fotos para o Instagram, o pessoal obriga-se a comer até gostar.
Dêem lá 50€ por um sushi que eu, com isso, janto a semana toda no Zé Manel, na minha praceta, onde gostei logo à primeira.

Fast-food gourmet

Se a moda do gourmet já é parva que chegue, como já aqui escrevi, então o Fast food gourmet é o pináculo do disparate.
No fundo, adicionar a palavra gourmet, não é mais do que dizer que é um hambúrguer na mesma, só que no prato e mais caro.
Ele é cachorros gourmet, francesinhas gourmet, alheira com ovo gourmet, é tudo gourmet!
Um bitoque é um bitoque e nunca pode ser gourmet!
O mesmo como tantas outras comidas que são boas, porque não é sofisticado.
Tasca gourmet?  
Não faz sentido, são conceitos que não ligam.
Aliás, a palavra gourmet está tão na moda que eu aposto que já alguma rapariga disse a um namorado o seguinte: "Oh amor, não é nada pequeno, é gourmet. Se fosses Adão até podias tapar isso só com uma folhinha de rúcula".

Fotografar comida

O gourmet e o sushi deram origem a outro flagelo, o de fotografar a comida.
O Instagram e o Facebook foram invadidos por fotografias daquele prato decorado na perfeição.
Tenho a certeza que esta moda levou a que muitos restaurantes dessem mais importância à aparência do prato do que ao seu sabor.
As pessoas, por seu lado, passaram a dar mais importância ao filtro que aplicam na foto do que ao tempero.
Esta comida está insonsa mas eu compenso com um Nashville.
Está uma pessoa a tentar fazer dieta e tem o mural que parece um catálogo de receitas para gordos que querem manter as curvas.
As únicas pessoas que deviam tirar fotos à comida são as crianças subnutridas de África, porque seria uma recordação de algo que elas não sabem quando, e se, vão voltar a ver.

Twerking

Abanar o rabo de forma sexual e com os calções mais curtos do mercado, dois números abaixo, com a desculpa que é uma dança.
Por mim, venham mais modas destas!
O twerk está para os homens, como abanar o saco dos biscoitos está para os cães salivarem.
A moda ainda não está muito disseminada por Portugal, que já se sabe que as portuguesas são todas meninas de respeito.
Por isso e porque, talvez, não tenham jeito para abanar o pacote, já que o nosso sangue latino anda muito arrefecido pela austeridade.
Quando é bem feito, o twerk e as meninas que o fazem, é sem dúvida hipnotizante.
Nós, homens, conseguimos estar horas a ver um rabo jeitoso a rebolar-se todo.
É genético e diz que faz bem à circulação.
No entanto, é uma moda parva, especialmente quando é feito em nome da não objectificação do corpo da mulher.
Ridículo, mas continuem a fazê-lo, se faz favor.

SWAG

O SWAG é o que a malta jovem chama ao estilo.
Implica ter bonés com autocolantes de origem, camisolas de alças, calções curtos a mostrar a esquina do cu, óculos escuros e fumar para a foto.
Cores berrantes, gorros com pompons no pico do Verão e leggins com padrões à Joana Vasconcelos.
O que mais me irrita no SWAG é quem adere a esse estilo dizer que tem SWAG.
É a palavra em si que me irrita.
O estilo, em si, não me faz grande confusão, sempre houve modas parvas e cada um veste o que quer, mesmo que pareça que foi vestido por um estilista autista e daltónico.
É lá com eles.
Metam a calça no fundo do cu a mostrar os boxers e vistam roupa artística à vontade.
Vocês vestem o que quiserem e eu digo o que me apetecer.
Digo, por exemplo, que esse cenário que vocês pensam que bate bué, é pausa que vos faz parecer pintassilgos vestidos de palhaços.

Running

Toda a gente corre, mas já ninguém diz que corre.
É muito mais fino dizer "Hoje não vou poder ir ao teu jantar, porque tenho que ir fazer running".
Aliás, aqui na Buraca, efectuam-se manobras de fuga em running!
Muito mais fino que dizer que se fugiu a correr dos bandidos.
"Ontem fiz mais cinco quilómetros em 53 minutos", partilha-se amiúde no Facebook.
Mas quem é que quer saber?
O que é que a mim me interessa qual a distância que vocês percorreram a pé, enquanto eu estava sentado ao computador a comer donuts?!
Correram?
Efectuaram um running gostoso?
Epá, que bom para vocês!
Levaram o iPhone no braço e foram vestidos com roupa de marca que vos custou cem euros?
Epá, bom para vocês!
Não, não me interessa a marca dos vossos ténis.
Eu não vos chateio com os meus feitos, pois não?
Aliás, no outro dia também fiz 6km.
De carro.
Para ir buscar três pizzas.
Não me viram a vangloriar-me disso, pois não?

Sumos detox

Nunca experimentei nenhum, mas até sou gajo para o fazer um dia destes.
Um sumo detox no fundo é uma sopa fria.
Uma espécie de gaspacho mas com "super-alimentos", que são também eles, por si só, uma moda parva.
As mulheres acham que beber sumo detox as vai fazer expelir pelo ânus toda a porcaria que comem durante o dia.
"Bem, vou comer dois Big Macs, que mais logo bebo um sumo com chia, brócolos e sementes de girassol tresmalhado do Zimbabwe, mando isto tudo cá para fora".
Os homens bebem às escondidas, tendo medo de ser rotulados como quem tem um piquinho a azedo, como tem a maioria desses sumos.
Mais uma vez, nada contra, bebam à vontade, até fazem bem à saúde.
O que mais me irrita é o orgulho com que gritam aos sete ventos que acabaram de beber um sumo.

Estágios não remunerados

Para o fim, a moda mais parva de todas.
A moda das empresas que acham que ter trabalho de borla é bom.
Aquelas empresas que contratam estagiários e que já sabem que não vão ficar com eles.
Que sabem que eles vão dar o máximo e trazer ideias frescas para a empresa, mas que são dispensáveis a partir do momento em que tenham que lhes dar ordenado.
"Procura-se colaborador, recém-licenciado, que saiba falar cinco línguas, saiba fazer mortais encarpados à rectaguarda, saiba cozinhar comida asiática e mediterrânica, tirar cafés, com conhecimentos sólidos das ferramentas office e grande capacidade de sacrifício, de lidar com o stress e que tenha um espírito de equipa fantástico, para se juntar à nossa, já fantástica, equipa. Oportunidade imperdível para aprender e crescer profissionalmente. Salário fixo de 0€. Não é negociável.".

E tu quais destas modas praticas?  clown

Orquestra

_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1888
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sex Ago 28 2015, 16:26

Novos Bimbos Urbanos scratch

Todos os dias os encontro mas pensava que eram figurantes smedley

Já agora, o VU esquerdo do teu Avatar anda mais depressa do que o direito lol!

Bom fim de semana 2cclzes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10164
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 63
Localização : Assado - Perú

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sex Ago 28 2015, 16:48

Mário Franco escreveu:
... Já agora, o VU esquerdo do teu Avatar anda mais depressa do que o direito lol!

Bom fim de semana 2cclzes

Devem ser as cabeças desalinhadas, ou magnetizadas, ou gastas, ou... mas eu inclino-me mais para um desalinhamento generalizado lol!

_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64841
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sex Ago 28 2015, 17:08

Porra, feliz ou infelizmente, concordo com o gajo a 100%.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
luis lopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4568
Data de inscrição : 25/02/2011
Idade : 51
Localização : algueirão

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sex Ago 28 2015, 17:34

NOVOS- eu gosto mais das novas. morenas.
BIMBOS- prefiro panrico
URBANOS- fico-me pela periferia. de preferência á beira mar
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4308
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 56
Localização : Casal do Marco - Seixal

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sex Ago 28 2015, 19:48

Olá

Já houve a geração Rasca... (actualmente no governo)...
Agora a geração NBU... smedley
Estamos tramados...
Voltar ao Topo Ir em baixo
tfonseca
Membro AAP
avatar

Mensagens : 822
Data de inscrição : 18/04/2012

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sex Ago 28 2015, 20:10

Muito bom texto, retrata bem o que temos. Eu estou quase nessas idades, mas felizmente não me revejo no texto. Vá, Gin até gosto. Sushi, comecei a experimentar muitos anos antes da moda, mas não gosto. Gosto doutras comidas japonesas.

Os estágios, nem se fala. É triste.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5131
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sab Ago 29 2015, 09:01

Acho que as modas das Tatuagens e dos Piercings não ficavam mal nessa lista.



Não deixa de ser curioso que numa era em que os cidadãos do "primeiro mundo" um pouco por todo o planeta têm finalmente dinheiro no bolso, educação (escolar) e acesso à Cultura a maioria tenha optado por adoptar a "cultura de rua" oriunda dos guetos pobres e "desenraizados" da América do Norte...
Hoje encontramos esses símbolos "mitra" (ruidosos carros kitados a berrar rap e hip hop, bonés e "calças de sultão" a mostrar as cuecas e correntes grossas ao pescoço, paredes escarradas com grafitti e o seu parente pobre "piching", penteados "à Ronaldo", skaters barulhentos que partem a ponta dos degraus e raspam os corrimãos) um pouco por toda a parte no "mundo ocidental", desde a aldeia mais remota de Trás-os-Montes ao centro de São Paulo ou Cantão.

É o triunfo da MTV e do McDonald's, do imperialismo comercial Norte Americano, o triunfo dos porcos...

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64841
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sab Ago 29 2015, 09:41

ricardo onga-ku escreveu:


É o triunfo da MTV e do McDonald's, do imperialismo comercial Norte Americano, o triunfo dos porcos...



Nem mais.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
johnnys14
Membro AAP
avatar

Mensagens : 582
Data de inscrição : 22/02/2015
Idade : 46
Localização : Amadora

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sab Ago 29 2015, 16:11

António José da Silva escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:


É o triunfo da MTV e do McDonald's, do imperialismo comercial Norte Americano, o triunfo dos porcos...



Nem mais.

Diria que apesar da dita liberdade de expressão, muitos de nós são "bimbos" ou "ovelhas" sem se darem conta do cenário maior...o macaquinho segue os macacos, que seguem os grandes macacões, estes macacões têm como objectivo o desvio da realidade, querem sim a manipulação das massas através dos mídia, etc, para satisfazer as necessidades não dos macacos nem dos macaquinhos mas as deles "macacões" (bancos, petróleo, mega empresas etc.) acima destes (os gorilas) querem o controle e o poder sobre toda a humanidade, estes não querem saber nem do humano nem do planeta Terra... é neste caminho que esta humanidade segue sem questionar o porquê da sua existência, nem porque continua a ser um escravo do dinheiro e do trabalho.
***(atenção o termo macaco foi mostrado apenas como um representativo de etapas ).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2495
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sab Ago 29 2015, 19:48

Só agora li este post. Fantástico!

Poder-se-à concliclui que estes NBU, são os tais que não têm pachorra para isto e para aquilo.

Cultura = 0
Princípios? O que é isso?
Socialização? Sim! O facebook, o Twitter, o linkdin, etc. e os festivais de música, goste-se ou não da música. O que é preciso é estar 'in'
Intervenção cívica = 0. É uma chatisse! Até podem estar contra a situação, mas chegando pelo menos à hora certa, não estão lá. A praia e/ ou o curtir da bebedeira do fim-de-semana, são prioridade.

No entanto penso, que pelo o menos a minha geração, é responsável pelo que se passa hoje. Éramos tão intervencionistas e idealistas, mas, depois, ficamo-nos por aí
Voltar ao Topo Ir em baixo
johnnys14
Membro AAP
avatar

Mensagens : 582
Data de inscrição : 22/02/2015
Idade : 46
Localização : Amadora

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sab Ago 29 2015, 20:02

"Metam a calça no fundo do cu a mostrar os boxers" eu acho que se muitos soubessem de onde apareceu isso. acho que a maioria o deixava de fazer...  pois esta "moda" apareceu nas prisões dos U.S. os meninos presos que andavam de calças baixas mostrando os boxers, andavam assim para se mostrarem e queriam ser "enrabados" para ganharem uns trocos e segurança dos outros prisioneiros mais influentes e ... infelizmente essa moda ridícula ganhou adeptos, aqui do outro lado do oceano a maioria deles com idades com menos de 25 anos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64841
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Sab Ago 29 2015, 20:04

johnnys14 escreveu:
"Metam a calça no fundo do cu a mostrar os boxers" eu acho que se muitos soubessem de onde apareceu isso. acho que a maioria o deixava de fazer...  pois esta "moda" apareceu nas prisões dos U.S. os meninos presos que andavam de calças baixas mostrando os boxers, andavam assim para se mostrarem e queriam ser "enrabados" para ganharem uns trocos e segurança dos outros prisioneiros mais influentes e ... infelizmente essa moda ridícula ganhou adeptos, aqui do outro lado do oceano a maioria deles com idades com menos de 25 anos.


Acho que esse teoria que foi lançada na net, não corresponde à verdade mas, não meto o meu cu no fogo. lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5131
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Dom Ago 30 2015, 12:56

Goansipife escreveu:
Socialização? Sim! O facebook, o Twitter, o linkdin, etc. e os festivais de música, goste-se ou não da música. O que é preciso é estar 'in'

Por falar em festivais de música, quando espreitei o programa do Sudoeste deste verão fiquei surpreendido por ver que os músicos estavam a ser substituídos pelos DJs...os músicos escolhidos para as últimas edições podiam não valer grande coisa mas pelo andar da carruagem daqui a dias estão a passar gravações e vídeos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8730
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Dom Ago 30 2015, 18:42

ricardo onga-ku escreveu:
Goansipife escreveu:
Socialização? Sim! O facebook, o Twitter, o linkdin, etc. e os festivais de música, goste-se ou não da música. O que é preciso é estar 'in'

Por falar em festivais de música, quando espreitei o programa do Sudoeste deste verão fiquei surpreendido por ver que os músicos estavam a ser substituídos pelos DJs...os músicos escolhidos para as últimas edições podiam não valer grande coisa mas pelo andar da carruagem daqui a dias estão a passar gravações e vídeos.

também topei essa tendencia - é muito festival e muita concorrencia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1888
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   Dom Ago 30 2015, 21:51

Sófaltam aqui os ciclistas que andam em cima dos passeios na baixa lisboeta porque é perigoso andar na estrada por causa dos automóveis, podem ser atropelados. Devo ser um protegido do Sinhõ porque andei toda a vida de bicicleta na estrada e ainda estou vivo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: NBU – Novos Bimbos Urbanos   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
NBU – Novos Bimbos Urbanos
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» NBU – Novos Bimbos Urbanos
» SWITCHTENSE - 2 videos novos on line!
» Novos emoticons
» Music Man - Site Oficial com os novos baixos
» Novos modelos Condor Jazz Bass

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Off Topic-
Ir para: