Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira

Ir em baixo 
AutorMensagem
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Dom Ago 16 2015, 23:25

A JVC não anda a brincar, ora vejam isto.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Dom Ago 16 2015, 23:36

As minhas Tannoy tens cones de madeira...ou papel que é feito da madeira....


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Dom Ago 16 2015, 23:37

Milton escreveu:
As minhas Tannoy tens cones de madeira...ou papel que é feito da madeira....


Decidi-te lá é papel ou madeira?

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Dom Ago 16 2015, 23:40

ducar escreveu:
Milton escreveu:
As minhas Tannoy tens cones de madeira...ou papel que é feito da madeira....


Decidi-te lá é papel ou madeira?

lol!
São cones de papel de pau feito...
lol!

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Dom Ago 16 2015, 23:41

Milton escreveu:
ducar escreveu:
Milton escreveu:
As minhas Tannoy tens cones de madeira...ou papel que é feito da madeira....


Decidi-te lá é papel ou madeira?

lol!
São cones de papel de pau feito...
lol!

Vá-lá ao menos as colunas...

Voltar ao Topo Ir em baixo
johnnys14
Membro AAP
avatar

Mensagens : 584
Data de inscrição : 22/02/2015
Idade : 46
Localização : Amadora

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 00:23

Isto do audio tem muitas surpresas...
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 00:26

johnnys14 escreveu:
Isto do audio tem muitas surpresas...

Sempre a aprender, existem colunas com cones em esferovite
Voltar ao Topo Ir em baixo
João da Bernarda
Membro AAP
avatar

Mensagens : 251
Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 44
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 21:29

Como se pode ver pelas MINIS da JVC já se fazem à alguns anos com cones de pau feito. Vão ao google e busquem JVC EXD1 ou JVC EX-S1S .
Diz que têm um som mais alçado...!

Abraço
João
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2717
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 21:42

ducar escreveu:


Vá-lá ao menos as colunas...


Bom, se não estou enganado, para além do pau feito, também existe uma solução de resina. Agora o Milton...
lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 21:58

Goansipife escreveu:
ducar escreveu:


Vá-lá ao menos as colunas...


Bom, se não estou enganado, para além do pau feito, também existe uma solução de resina. Agora o Milton...
lol!

A resina dever ser para não perder o pau feito

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 22:31

ducar escreveu:
Goansipife escreveu:
ducar escreveu:


Vá-lá ao menos as colunas...


Bom, se não estou enganado, para além do pau feito, também existe uma solução de resina. Agora o Milton...
lol!

A resina dever ser para não perder o pau feito

lol!
Resina ???xiçaaa
Com vaselina ainda vá lá...


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2717
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 23:04

Milton escreveu:

Resina ???xiçaaa
Com vaselina ainda vá lá...


Mas a vaselina agora também é azul?

Esta Malta hoje inventa tudo
smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Seg Ago 17 2015, 23:54

Goansipife escreveu:
Milton escreveu:

Resina ???xiçaaa
Com vaselina ainda vá lá...


Mas a vaselina agora também é azul?

Esta Malta hoje inventa tudo
smedley

Pois inventam...até chupas-chupas....



lol!

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2045
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Ter Ago 18 2015, 12:00



A conversa já está descambada portanto vou introduzir um pouco de cultura (sem fugir à temática)

Orquestra

First Rule of the Ant Colony: No Hanky-Panky  

To the long list of reasons you should be glad you're not an ant   , add this: You'd have to forget about having sex  scratch . You'd also have to forget about even trying   . Sneak off for a little insectile assignation and the other members of the colony would know immediately — and attack you for it  affraid . Entomologists have long known this was the practice in the ant world, but what they didn't know is the forensic science that allows the community to uncover the crime. Now, thanks to a study  study  in the current issue of Cell Biology, they do.

Ant colonies have good reason to be abstemious places   . When you're trying to hold together so complex a society without — let's face it — a lot of brainpower, you want a population made up of the fittest individuals you can get. A queen that has the genetic mettle to crank out lots of good eggs  bounce  that produce lots of good babies  bounce  doesn't need any competition from other, lesser females setting up a nest nearby. Even the queen herself is not allowed to fool with the gene pool once it's been set. She mates only once in her life and stores all the sperm she'll ever need for the thousands of eggs she'll produce. (See pictures of the insect world.) (acabou-se a bonecada porque dá muito trabalho, agora é só sopinha de letras)

The rules, of course, don't prevent the other ants in the colony — which spend their lives tending eggs, gathering food and digging tunnels — from feeling a little randy now and then (never mind the fact that they're all, genetically speaking, brothers and sisters). But not only are those who give into the procreative urge pounced on, those who are even considering it are often restrained before they can try. The tip-off, as with so many other things in the animal world, appears to be smell.

Earlier studies had shown that a queen that senses potential competition from another fertile female will chemically mark the pretender; that female will then be attacked by lower-ranking females. Biologists Jürgen Liebig and Adrian Smith of Arizona State University suspected that something similar might go on even without the queen's intervention and believed the answer might lie in scent chemicals called cuticular hydrocarbons.

Ants that are capable of reproducing naturally emit hydrocarbon-based odors, and the eggs they produce smell the same way. Ants that can't reproduce emit no such odor. Liebig and Smith produced a synthetic hydrocarbon in the lab that had the same olfactory properties as the natural one, then plucked a few innocent ants from a nest and dabbed the chemical on them. When they were returned to the colony, they were promptly attacked — never mind that they had essentially been framed.

The sexual environment does sometimes loosen up in ant colonies. While the place may never become a Caligulan free-for-all, collective breeding will resume if the queen dies or is experimentally removed — but only until a new queen establishes herself and the reproductive lockdown resumes.

We complex critters might be glad to be part of a species that's free of such Draconian sexual rules, but Liebig doesn't think it's wise to get above ourselves. All manner of lawsuits, divorces and blood feuds can erupt over people breeding when — or with whom — they oughtn't. Often, the methods used to expose the cheaters aren't terribly different from those of the ants: more than one philanderer, after all, has been exposed by a whiff of the wrong perfume on his clothes when he came home. "The idea that social harmony is dependent on strict systems to prevent and punish cheating seems to apply to most successful societies," Liebig explained in a comment released with his paper. Regardless of the genome, in matters of sex, nature still appears to prefer us not to stray.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Ter Ago 18 2015, 21:44

Mário Franco escreveu:


A conversa já está descambada portanto vou introduzir um pouco de cultura (sem fugir à temática)

Orquestra

First Rule of the Ant Colony: No Hanky-Panky  

To the long list of reasons you should be glad you're not an ant   , add this: You'd have to forget about having sex  scratch . You'd also have to forget about even trying   . Sneak off for a little insectile assignation and the other members of the colony would know immediately — and attack you for it  affraid . Entomologists have long known this was the practice in the ant world, but what they didn't know is the forensic science that allows the community to uncover the crime. Now, thanks to a study  study  in the current issue of Cell Biology, they do.

Ant colonies have good reason to be abstemious places   . When you're trying to hold together so complex a society without — let's face it — a lot of brainpower, you want a population made up of the fittest individuals you can get. A queen that has the genetic mettle to crank out lots of good eggs  bounce  that produce lots of good babies  bounce  doesn't need any competition from other, lesser females setting up a nest nearby. Even the queen herself is not allowed to fool with the gene pool once it's been set. She mates only once in her life and stores all the sperm she'll ever need for the thousands of eggs she'll produce. (See pictures of the insect world.) (acabou-se a bonecada porque dá muito trabalho, agora é só sopinha de letras)

The rules, of course, don't prevent the other ants in the colony — which spend their lives tending eggs, gathering food and digging tunnels — from feeling a little randy now and then (never mind the fact that they're all, genetically speaking, brothers and sisters). But not only are those who give into the procreative urge pounced on, those who are even considering it are often restrained before they can try. The tip-off, as with so many other things in the animal world, appears to be smell.

Earlier studies had shown that a queen that senses potential competition from another fertile female will chemically mark the pretender; that female will then be attacked by lower-ranking females. Biologists Jürgen Liebig and Adrian Smith of Arizona State University suspected that something similar might go on even without the queen's intervention and believed the answer might lie in scent chemicals called cuticular hydrocarbons.

Ants that are capable of reproducing naturally emit hydrocarbon-based odors, and the eggs they produce smell the same way. Ants that can't reproduce emit no such odor. Liebig and Smith produced a synthetic hydrocarbon in the lab that had the same olfactory properties as the natural one, then plucked a few innocent ants from a nest and dabbed the chemical on them. When they were returned to the colony, they were promptly attacked — never mind that they had essentially been framed.

The sexual environment does sometimes loosen up in ant colonies. While the place may never become a Caligulan free-for-all, collective breeding will resume if the queen dies or is experimentally removed — but only until a new queen establishes herself and the reproductive lockdown resumes.

We complex critters might be glad to be part of a species that's free of such Draconian sexual rules, but Liebig doesn't think it's wise to get above ourselves. All manner of lawsuits, divorces and blood feuds can erupt over people breeding when — or with whom — they oughtn't. Often, the methods used to expose the cheaters aren't terribly different from those of the ants: more than one philanderer, after all, has been exposed by a whiff of the wrong perfume on his clothes when he came home. "The idea that social harmony is dependent on strict systems to prevent and punish cheating seems to apply to most successful societies," Liebig explained in a comment released with his paper. Regardless of the genome, in matters of sex, nature still appears to prefer us not to stray.

O Milton têm uma tara especial por formigas?
Ou as formigas atacam os cones em madeira?

 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2045
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Qua Ago 19 2015, 08:29

ducar escreveu:


O Milton têm uma tara especial por formigas?
Ou as formigas atacam os cones em madeira?

 

Foi simplesmente um interlúdio musical lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Qua Ago 19 2015, 20:05

Mário Franco escreveu:
ducar escreveu:


O Milton têm uma tara especial por formigas?
Ou as formigas atacam os cones em madeira?

 

Foi simplesmente um interlúdio musical lol!
Andas com formigas nos interludios ??
Isso é chato....s


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2045
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Qui Ago 20 2015, 11:28

Milton escreveu:
Mário Franco escreveu:
ducar escreveu:


O Milton têm uma tara especial por formigas?
Ou as formigas atacam os cones em madeira?

 

Foi simplesmente um interlúdio musical lol!
Andas com formigas nos interludios ??
Isso é chato....s


Isso é coisa de meninas generosas que partilham o que têm, são medalhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
tiagottx
Membro AAP


Mensagens : 74
Data de inscrição : 14/09/2012

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Sab Ago 22 2015, 20:09

Lembro-me bem do 1º modelo de micro hi-fi com cone em madeira. Tenho uma ligação especial à JVC, tendo mesmo chegado a trabalhar na JVC cá em Portugal.

A JVC tem inclusivé modelos de colunas com cone em madeira vendidas separadamente, mas nunca chegaram ao mercado português (penso que nem sequer à europa).

Assim de repente (e se não me falha a memória) creio que as "folhas" de madeira são embebidas em saké (ou algo parecido) para amolecerem, e depois são colocadas num molde cónico para ganharem forma enquanto secam.

Supostamente a madeira é dos melhores materiais para usar em acústica Question
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Soares
Membro AAP
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 26/08/2018
Idade : 98
Localização : Aqui

MensagemAssunto: Vou desenterrar um tópico devido à última pergunta "Supostamente a madeira é dos melhores materiais para usar em acústica"   Qua Ago 29 2018, 21:27

tiagottx escreveu:
Lembro-me bem do 1º modelo de micro hi-fi com cone em madeira. Tenho uma ligação especial à JVC, tendo mesmo chegado a trabalhar na JVC cá em Portugal.

A JVC tem inclusivé modelos de colunas com cone em madeira vendidas separadamente, mas nunca chegaram ao mercado português (penso que nem sequer à europa).

Assim de repente (e se não me falha a memória) creio que as "folhas" de madeira são embebidas em saké (ou algo parecido) para amolecerem, e depois são colocadas num molde cónico para ganharem forma enquanto secam.

Supostamente a madeira é dos melhores materiais para usar em acústica Question


Antigamente, a música era quase toda criada com instrumentos de madeira e peles de animal. Mais tarde, adicionamos papel, latão, alumínio, diversos de tipos de plásticos, cobre, cerâmica, titânio, etc. Todo material tem seu próprio caráter tonal, caráter que por sua vez é ainda determinado pela sua temperatura.



Batam em qualquer material com os nos dos dedos e ouçam o som.



Todos os materiais soam de forma diferente e muito embora não se possa dizer que este ou aquele materiais soem pior, o facto é que se ouvirmos um alto falante durante muito tempo mas um alto-falante feito do “material errado” podemos acabar por nos incomodar com o som. Ouvir drivers de plástico como são os OEM na maior parte dos carros (sim, mesmo em muitos modelos de carro de gama alta), ou titânio, ou alumínio durante o dia inteiro acaba por nos cansar durante uma viagem. Já notaram isso?



O ouvido humano, tem o seu próprio caráter tonal. Se os nossos ouvidos fossem  feitos de alumínio ou metal, teriam um caráter tonal diferente. A característica tonal de nosso ouvido é o critério que muitos construtores de colunas high end usam de forma a avaliar quais os materiais que vão escolher para os seus drivers.



O som de um material que se aproxima mais do caracter tonal no nosso ouvido é a madeira a seda e o papel. A construção as características e o material do nosso próprio ouvido são o critério para a escolha de um alto-falante. Quanto mais um som se aproximar das características do nosso próprio ouvido mais nos vamos sentir atraídos pelo mesmo. Basta experimentar e tentar ouvir os sons que gostam mais ou que menos os incomodam e perceber de que materiais são feitos.



Como não podemos fabricar alto-falantes a partir de carne (já tentaram. As primeiras colunas electro estáticas da Bell Laboratorys eram enormes e feitas de intestino de porco coberto com uma fina folha de ouro para conduzir o sinal elétrico), temos que procurar um material que esteja à mão e se aproxime mais à característica dos nossos ouvidos.



O material em questão é a madeira. Um material vegetal celular, que é Ideal para a construção de instrumentos musicais, que também é usado em alto-falantes, embora se tenha optado por um derivado da madeira, o papel visto ser mais fácil de “trabalhar”.
Se vocês notarem que um violino ou um piano não soam bem no vosso sistema de som pode ser porque o diafragma de um ou dos dois alto-falantes são feitos de polipropileno, alumínio, berílio, cerâmica ou titânio e as caixas de outros materiais que não a madeira.
Sim. Todas as generalizações estão erradas e há por aí colunas de som feitas em metal, as Magico seriam um bom exemplo e alto-falantes com diafragmas feitos de polipropileno como são os da Harbeth e são colunas que tocam muito bem. Mas o crossover tende a ser “mais complicado” para se ter um maior controlo do driver, no caso das Harbeth e as caixas das Magico são muito bem “tratadas” e insonorizadas.



Por exemplo, se tivermos a falar de cornetas em metal fundido como são algumas, estas colunas são excelentes para se ouvirem saxofones, instrumentos de latão e címbalos, mas não não são muito boas com vozes, violinos e pianos. Se mudarem a corneta para uma de madeira o som muda radicalmente. Se mudarmos o a corneta para outro tipo de metal e juntarmos um driver com calote de alumínio, o caráter metálico volta a aparecer. Quando a onda sonora reflete num material, ela adapta o caráter sonoro desse material.
As diversas tentativas da ciência para explicar os segredos do caráter do som até agora não tiveram sucesso. Daí que ninguém ainda tenha conseguido replicar o som do Stradivarius. Mas há imensa experiencia acumulada ao longo dos anos pelos fabricantes de instrumentos, que, em séculos anteriores, antes da ciência ter qualquer impacto, tiveram enormes sucessos com as propriedades acústicas dos materiais que usaram. O que levanta a questão sobre a existência de uma propriedade acústica de referência. E, de acordo com alguns cientistas parece que o carbono é o elemento decisivo na qualidade do som, juntamente com a temperatura do material usado. Os materiais que mais se aproximam á temperatura do ser humano são, mais uma vez, a madeira o papel e a seda natural.



Os sons mais quentes dos materiais acima referidos podem estimular uma paleta de emoções mais agradáveis, excitantes e sutis que os sons mais frios produzidos por outros materiais como o metal.



Se não tivéssemos a capacidade de “filtrar” aquilo que ouvimos pelo cérebro, ficando com uma imagem objetiva do ambiente acústico que nos rodeia tudo seria mais complicado. No entanto, esta objetividade é enganosa. O nosso cérebro ajuda a que consigamos perceber que é um piano que está a tocar, ou um violino, mesmo quando o som quente que ambos os instrumentos produzem, não esteja presente. E isto complica a escolha certa dos materiais quando decidimos procurar o alto-falante que mais nos agrada. Por esta razão acabamos por encontrar colunas no mercado que tocam muito bem um tipo de musica mas não conseguem ser tão fieis a outros tipos de musica. Tweeters de metal são muito bons para guitarras electricas e vários instrumentos de metal mas podem não ser tão bons para outros instrumentos ou vozes. Aqui usamos compromissos para a nossa escolha. Os alto-falantes de metal tendem a ser mais vivos e por vezes agressivos os de papel e seda natural tendem a ser mais suaves quentes e envolventes. Os alto-falantes de metal tendem também a entrar em distorção de uma forma mais radical quando chegam ao seu limite e os de papel e seda tendem a entrar em distorção de uma forma mais suave. Razão pela qual muitos dos alto-falantes de qualidade superior tendem a ser de papel ainda que os cones possam ser cobertos com camadas de outros materiais de forma a lhes dar mais rigidez.



Este fenômeno também explica por que muitos sistemas caros de reprodução de som conseguem soar tão diferentes, enquanto os sistemas mais baratos têm geralmente uma característica sonora similar.



Mas, como em todo o audio, a escolha do alto-falante começa no ouvido de quem o esta a escolher. A Feastrex acima usa papel, a Voxativ abaixo usa madeira



A Acouton usa ceramica



A Focal gosta do beryllium



A B&Ws gosta de fibra de carbono e diamante



A ScanSpeak gosta do papel



E, no fim, o que é importante é ouvir a música de forma que não incomode o ouvido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cylon
Membro AAP


Mensagens : 237
Data de inscrição : 26/12/2017

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Qua Ago 29 2018, 21:41

O papel não é feito de madeira? Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Soares
Membro AAP
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 26/08/2018
Idade : 98
Localização : Aqui

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Qua Ago 29 2018, 21:48

Cylon escreveu:
O papel não é feito de madeira? Twisted Evil

Sim e não. É um derivado da madeira. Daí terem nomes diferentes? O papel é um material constituído por elementos fibrosos de origem vegetal, geralmente distribuído sob a forma de folhas ou rolos. Tal material é feito a partir de uma espécie de pasta desses elementos fibrosos, secada sob a forma de folhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cylon
Membro AAP


Mensagens : 237
Data de inscrição : 26/12/2017

MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   Qua Ago 29 2018, 21:52

Exacto. A minha... paródia foi mais no sentido de que não me espantou muito ver estes cones em madeira por, na verdade, a raiz ser - por assim dizer - a mesma. Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Alto e para o baile! - colunas de som com cones em madeira
» Impressões - Gallien Krueger 400RB-IV + SWR Workingmans 4x10T
» sobre criar amplificadores
» Ajuda baixo de 5 cordas para banda Baile!
» Case de fibra de vidro?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Colunas, Altifalantes e Crossovers-
Ir para: