Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Free Jazz

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 895
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Free Jazz   Ter Maio 19 2015, 16:07

Dear friends,

what do you think about free jazz?

Which artists and records of this genre do you like and recommend to others?

And what does this music mean for you? Which feelings does it evoke?

Because I am the alien please feel free to continue em português!

Cheers
Manfred
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3836
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Ter Maio 19 2015, 16:34

mannitheear escreveu:
...

what do you think about free jazz?

Which artists and records of this genre do you like and recommend to others?

And what does this music mean for you? Which feelings does it evoke?

Because I am the alien please feel free to continue em português!

Cheers
Manfred

I like very much the free Jazz both in an artistic/intellectual way, cos this stream have created new musical schemas by opposition to the classic ones,... and doing this it was able to evoque things and feelings in a diferent way... but anyway, music as everything on life must go further, and not turn on circles till the end of the times...

Personally I like very much, Ayler, Sun Ra, Coleman, Dolphy, Coltrane (the hard one's as Interstellar Space...)... and all types of "destructured" music...

Free Jazz is freedom, irreverence, anti-conformism, health and elevation in my sense and its the way that I live that kind of music...


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Ter Maio 19 2015, 17:54

Provoca-me alguma urticária...confesso.
E eu que até me tenho na conta de ter um gosto bastante abrangente, ainda há mares que nao consigo navegar sem ser com terra á vista...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4764
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Ter Maio 19 2015, 18:34

TD124 escreveu:

I like very much the free Jazz both in an artistic/intellectual way, cos this stream have created new musical schemas by opposition to the classic ones,... and doing this it was able to evoque things and feelings in a diferent way... but anyway, music as everything on life must go further, and not turn on circles till the end of the times...

Personally I like very much, Ayler, Sun Ra, Coleman, Dolphy, Coltrane (the hard one's as Interstellar Space...)...   and all types of "destructured" music...

Free Jazz is freedom, irreverence, anti-conformism, health and elevation in my sense and its the way that I live that kind of music...


"Free Jazz is freedom, irreverence, anti-conformism, health and elevation..." no doubt!

Free jazz is born of dissatisfaction toward "traditional" language of bebop / hard bop.
Follows the bubbling of demonstrations for civil rights in the US.
Produced a strong agitation in the world of jazz / music in general, paving the way for fusion (of all kinds) and the emergence of independent labels.

In addition to the names highlighted by Paulo, would add... Mingus, Cecil Taylor, Don Cherry, Anthony Braxton, Art Ensemble of Chicago...

Have a nice trip, Manfred.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
fgq
Membro AAP
avatar

Mensagens : 123
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 34
Localização : Sem sinal GPS

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Maio 20 2015, 02:34

Isto é um tópico um bocado complicado de abordar visto existir várias formas de analisar o bicho, isto é, o resultado final ou as técnicas usadas para tentar desconstruir o que era na altura as regras bases do jazz assim como começou a ser feito com a música "clássica" no século XX.

Dito isto como resultado final não gosto muito Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 895
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Maio 20 2015, 07:23

My first encounter with free jazz many years ago was the Art Ensemble of Chicago, and it was really liberating for the mind and the feelings.
Seeing them live in Freiburg and feeling the power, energy, playfulness, spirituality and not least the great sense of humor of the ensemble was a thrilling experience.
Paulo mentioned the element of deconstruction, which can exemplary be found in the track Charlie M: it starts with a conventional and groovy tune and the listener can follow the fascinating process how it slowly falls into pieces and is luckily reborn at the end.

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Maio 20 2015, 09:23

mannitheear escreveu:


what do you think about free jazz?




I love it...


I don´t know where to start, but I would suggest the following (very) soft Free-Jazz album to someone that would like to embrace this magnificent adventure.


Steve Lacy - Evidence with Don Cherry

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3836
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Maio 20 2015, 13:04

António José da Silva escreveu:
...
but I would suggest the following (very) soft Free-Jazz album to someone that would like to embrace this magnificent adventure. ...

In the same way, and for those whom the dissonance are not their cup of tea, this one should be less acid and more digest !!!... in fact, this album proves that Ornette Coleman was at the time a fantastic melodist ...


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3836
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Maio 20 2015, 13:44

Chamem-lhe free-jazz ou jazz experimental ou que quizerem, mas para mim é um dos melhores discos neste espirito dos ultimos anos... que conheça é claro !!!, e existe mesmo em vinilo para os irreductiveis ...


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Maio 20 2015, 23:39

Mais uma sugestão de grande qualidade e fácil digestão são os dois primeiros de Sam Rivers.


Sam Rivers ‎– Fuchsia Swing Song

Sam Rivers ‎– Contours


Ambos maravilhosos e bons para os que se querem iniciar nestas lides.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
fgq
Membro AAP
avatar

Mensagens : 123
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 34
Localização : Sem sinal GPS

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Maio 21 2015, 02:28

Para quem se quiser iniciar também acho que um bocado de teoria musical iria ajudar a compreender melhor o estilo e a forma. Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3836
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Ter Maio 26 2015, 10:14

fgq escreveu:
Para quem se quiser iniciar também acho que um bocado de teoria musical iria ajudar a compreender melhor o estilo e a forma. Razz

Aqui està algo que pode ajudar:

http://canone.com.br/historia-da-musica/99-a-vanguarda-no-jazz-o-free-jazz

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Maio 29 2015, 11:46

E cá vai um pelo qual me apaixonei. Que grande álbum de Free.






_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 895
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Maio 29 2015, 14:21

António José da Silva escreveu:
E cá vai um pelo qual me apaixonei. Que grande álbum de Free.


[img]http://i60.tinypic.com/18emfa.jpg[/img

Dear António,

you mentioned this album a few months ago. I found it on Spotify and listened 3 times to the entire album, but couldn't get a connection of any kind to it.

Cheers
Manfred
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Maio 29 2015, 14:23

mannitheear escreveu:
António José da Silva escreveu:
E cá vai um pelo qual me apaixonei. Que grande álbum de Free.


[img]http://i60.tinypic.com/18emfa.jpg[/img

Dear António,

you mentioned this album a few months ago. I found it on Spotify and listened 3 times to the entire album, but couldn't get a connection of any kind to it.

Cheers
Manfred







_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
chicosta
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1074
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 48

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sab Maio 30 2015, 17:35

Grande disco!!!
Tenho os 3 primeiros capítulos, este é o meu favorito embora ainda não tenha ouvido o 3º...

TD124 escreveu:
Chamem-lhe free-jazz ou jazz experimental ou que quizerem, mas para mim é um dos melhores discos neste espirito dos ultimos anos...     que conheça é claro !!!, e existe mesmo em vinilo para os irreductiveis ...

Voltar ao Topo Ir em baixo
chicosta
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1074
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 48

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sab Maio 30 2015, 18:11

Boas!
Adoro Free Jazz em quase todas as suas vertentes!

Venho aqui sugerir um disco do qual não encontro nada no youtube... Sorry Razz

É um disco que tem algo de português, foi gravado ao vivo para os lados do Bairro Alto (Teatro do Bairro), e a edição em vinyl é da 'nossa' Clean Feed, a 1ª em vinyl por sinal.

Made To Break – Lacerba

http://www.freejazzblog.org/2013/04/made-to-break-lacerba-clean-feed-2013.html
http://www.discogs.com/Made-To-Break-Ken-Vandermark-Christof-Kurzmann-Devin-Hoff-Tim-Daisy-Lacerba/release/4511779
http://www.jazz.pt/ponto-escuta/2013/04/06/made-break-lacerba-clean-feed/

Os Made to Break deram 3 espectáculos em Lisboa a 17, 18 e 19 de Novembro de 2011 dos quais foram exctraídos este álbum em vinyl e o Provoke em CD. Têm alinhamentos diferentes. O Lacerba é o alinhamento da 2ª noite enquanto que o Provoke um apanhado das 1ª e 3ª. Não conheço o Provoke , mas quem conhece diz que o Lacerba é melhor, talvez por o alinhamento ser todo da mesma noite, tem mais 'continuidade'.

É uma formação da qual oiço falar muito pouco e a estrela da companhia é o Ken Vandermark, saxofonista que nas últimas duas décadas participa em projectos 'sem fim', muitos mesmo...



Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sab Maio 30 2015, 19:18

chicosta escreveu:
Boas!
Adoro Free Jazz em quase todas as suas vertentes!

Venho aqui sugerir um disco do qual não encontro nada no youtube... Sorry Razz

É um disco que tem algo de português, foi gravado ao vivo para os lados do Bairro Alto (Teatro do Bairro), e a edição em vinyl é da 'nossa' Clean Feed, a 1ª em vinyl por sinal.

Made To Break – Lacerba

http://www.freejazzblog.org/2013/04/made-to-break-lacerba-clean-feed-2013.html
http://www.discogs.com/Made-To-Break-Ken-Vandermark-Christof-Kurzmann-Devin-Hoff-Tim-Daisy-Lacerba/release/4511779
http://www.jazz.pt/ponto-escuta/2013/04/06/made-break-lacerba-clean-feed/

Os Made to Break deram 3 espectáculos em Lisboa a 17, 18 e 19 de Novembro de 2011 dos quais foram exctraídos este álbum em vinyl e o Provoke em CD. Têm alinhamentos diferentes. O Lacerba é o alinhamento da 2ª noite enquanto que o Provoke um apanhado das 1ª e 3ª. Não conheço o Provoke , mas quem conhece diz que o Lacerba é melhor, talvez por o alinhamento ser todo da mesma noite, tem mais 'continuidade'.

É uma formação da qual oiço falar muito pouco e a estrela da companhia é o Ken Vandermark, saxofonista que nas últimas duas décadas participa em projectos 'sem fim', muitos mesmo...





Apesar do teu mau gosto, dvil a ver se investigo a coisa.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 895
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Jun 24 2015, 06:55

Great music with much element of free jazz.

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qua Jun 24 2015, 07:21

mannitheear escreveu:
Great music with much element of free jazz.



I do not have any of his albums, but I do like his music a lot.
I will investigate your suggestion, thanks.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3836
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 07:30

Um album obrigatorio para os amadores de free jazz ao menos por duas razões: Em primeiro pela presença da emotiva faixa em homenagem ao Trane "For John Coltrane"... e em segundo porque vamos encontrar também a faixa "Truth is marching in", que ao pedido do Coltrane, foi tocada no dia da sua morte sobre o caixão pelo Ayler e irmão na igreja St John's de Nova Iorque...    então este é colectivel !!! cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 08:08

TD124 escreveu:
Um album obrigatorio para os amadores de free jazz ao menos por duas razões: Em primeiro pela presença da emotiva faixa em homenagem ao Trane "For John Coltrane"... e em segundo porque vamos encontrar também a faixa "Truth is marching in", que ao pedido do Coltrane, foi tocada no dia da sua morte sobre o caixão pelo Ayler e irmão na igreja St John's de Nova Iorque...    então este é colectivel !!! cheers



Tenho que analisar a coisa.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 12:53

António José da Silva escreveu:
TD124 escreveu:
Um album obrigatorio para os amadores de free jazz ao menos por duas razões: Em primeiro pela presença da emotiva faixa em homenagem ao Trane "For John Coltrane"... e em segundo porque vamos encontrar também a faixa "Truth is marching in", que ao pedido do Coltrane, foi tocada no dia da sua morte sobre o caixão pelo Ayler e irmão na igreja St John's de Nova Iorque...    então este é colectivel !!! cheers



Tenho que analisar a coisa.

Pois..., já somos dois...
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 12:56

Luis Filipe Goios escreveu:
António José da Silva escreveu:
TD124 escreveu:
Um album obrigatorio para os amadores de free jazz ao menos por duas razões: Em primeiro pela presença da emotiva faixa em homenagem ao Trane "For John Coltrane"... e em segundo porque vamos encontrar também a faixa "Truth is marching in", que ao pedido do Coltrane, foi tocada no dia da sua morte sobre o caixão pelo Ayler e irmão na igreja St John's de Nova Iorque...    então este é colectivel !!! cheers



Tenho que analisar a coisa.
 
Pois..., já somos dois...
cheers


E já estou á caça.... lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 13:03

António José da Silva escreveu:



E já estou á caça.... lol!

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3836
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 16:10

António José da Silva escreveu:
...
E já estou á caça.... lol!

Fonix!!!... és um cobiça lapiça, como dizia a minha avò no Algarve ...  

mas tens desculpa pois és o unico a admiti-lo...   entre todos os outros que andam na caça também !... Evil or Very Mad

então .............. ................   lol!

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3836
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 16:15

Luis Filipe Goios escreveu:
TD124 escreveu:
Um album obrigatorio ...
Pois..., já somos dois...  cheers

Como se diz aqui amigo Luis: Quand les grands esprits se rencontrent ...

Um grande abraço para ai !!! cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 895
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 16:35

TD124 escreveu:
Um album obrigatorio para os amadores de free jazz ao menos por duas razões: Em primeiro pela presença da emotiva faixa em homenagem ao Trane "For John Coltrane"... e em segundo porque vamos encontrar também a faixa "Truth is marching in", que ao pedido do Coltrane, foi tocada no dia da sua morte sobre o caixão pelo Ayler e irmão na igreja St John's de Nova Iorque...    então este é colectivel !!! cheers

Is just streaming on Spotify

Holy sh...t!
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9022
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 18:52

TD124 escreveu:
Um album obrigatorio para os amadores de free jazz ao menos por duas razões: Em primeiro pela presença da emotiva faixa em homenagem ao Trane "For John Coltrane"... e em segundo porque vamos encontrar também a faixa "Truth is marching in", que ao pedido do Coltrane, foi tocada no dia da sua morte sobre o caixão pelo Ayler e irmão na igreja St John's de Nova Iorque...    então este é colectivel !!! cheers
Faz parte da minha wishlist há muito tempo
Comprei este pensando ser o dito cujo
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9022
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 18:57

Dois discos q eu recomendo do free e q adoro são sem sombra de dúvida o spritual unity do Albert Ayler e um mais levezinho
Keith Jarrett o concerto de Colônia

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Jun 25 2015, 21:00

anibalpmm escreveu:





_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Jun 26 2015, 02:12

TD124 escreveu:
Luis Filipe Goios escreveu:
TD124 escreveu:
Um album obrigatorio ...
Pois..., já somos dois...  cheers

Como se diz aqui amigo Luis: Quand les grands esprits se rencontrent ...

Um grande abraço para ai !!! cheers


Nem mais, mon cher!.
Forte abraço, aí para as terras "gauloises".
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 21:11


Um belo tema e algumas boas sugestões

P.S.
Sôr Anibal, o "The Koln Concert" free jazz?!?! Só se tiveres o gira-discos avariado... Wink

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 21:17

Mister W escreveu:

Só se tiveres o gira-discos avariado... Wink  




Ele ainda não se apercebeu...


Mas por falar em Free, a minha nova aquisição e qualquer coisa.



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 21:19


Uma pequena contribuição:


Apesar do Free Jazz ter nascido em território americano, vários músicos europeus tiveram um papel determinante no seu desenvolvimento e diversificação.

Peter Brötzmann, um dos nomes mais relevantes e controversos do Jazz alternativo Europeu, faz parte de um núcleo de visionários que nos anos 60 deram um novo rumo ao jazz criativo e à música improvisada. Ao longo das mais de quatro décadas de actividade, este saxofonista (clarinetista, compositor, produtor, etc.) nascido em Remscheid, Alemanha, tem vindo a colaborar regularmente com músicos das mais diversas origens e estilos ao mesmo tempo que se opõe á designação "Free-Jazz", que considera demasiado redutora.

Da editora (BRÖ) que constituiu na década de 60 (e que só lançou dois ábuns até ser reactivada em 2003) faz parte um dos seus discos mais aclamados. Gravado em 1968, "Machine Gun" é revelador da magnitude imposta pela dinâmica deste irreverente improvisador, num estilo (quase) totalmente desprovido de orientações melódicas. Nesta sessão, Brötzmann lidera um octeto constituído por músicos de diversas nacionalidades europeias (Holanda, Bélgica, Inglaterra, Alemanha, Suécia...), alguns deles bem conhecidos do "grande" público. A saber:
Evan Parker, Willem Breuker, Fred Van Hove, Han Bennink, Sven-Åke Johansson, Buschi Niebergall e Peter Kowald.

Embora nunca tenha tido o reconhecimento da facção mais conservadora do jazz, este álbum único na história da música despida de preconceitos, estabeleceu uma direcção inovadora que tem inspirado várias gerações de amantes do Free Jazz e derivados.


Peter Brötzmann Octet ‎– Machine Gun (1968, BRÖ ‎– BRÖ 2, Ger)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 21:40

Mister W escreveu:

Uma pequena contribuição:


Apesar do Free Jazz ter nascido em território americano, vários músicos europeus tiveram um papel determinante no seu desenvolvimento e diversificação.

Peter Brötzmann, um dos nomes mais relevantes e controversos do Jazz alternativo Europeu, faz parte de um núcleo de visionários que nos anos 60 deram um novo rumo ao jazz criativo e à música improvisada. Ao longo das mais de quatro décadas de actividade, este saxofonista (clarinetista, compositor, produtor, etc.) nascido em Remscheid, Alemanha, tem vindo a colaborar regularmente com músicos das mais diversas origens e estilos ao mesmo tempo que se opõe á designação "Free-Jazz", que considera demasiado redutora.

Da editora (BRÖ) que constituiu na década de 60 (e que só lançou dois ábuns até ser reactivada em 2003) faz parte um dos seus discos mais aclamados. Gravado em 1968, "Machine Gun" é revelador da magnitude imposta pela dinâmica deste irreverente improvisador, num estilo (quase) totalmente desprovido de orientações melódicas. Nesta sessão, Brötzmann lidera um octeto constituído por músicos de diversas nacionalidades europeias (Holanda, Bélgica, Inglaterra, Alemanha, Suécia...), alguns deles bem conhecidos do "grande" público. A saber:
Evan Parker, Willem Breuker, Fred Van Hove, Han Bennink, Sven-Åke Johansson, Buschi Niebergall e Peter Kowald.

Embora nunca tenha tido o reconhecimento da facção mais conservadora do jazz, este álbum único na história da música despida de preconceitos, estabeleceu uma direcção inovadora que tem inspirado várias gerações de amantes do Free Jazz e derivados.


Peter Brötzmann Octet ‎– Machine Gun (1968, BRÖ ‎– BRÖ 2, Ger)



Vou ouvir....e já tinha muitas saudades das tuas sugestões.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 21:57

António José da Silva escreveu:


Vou ouvir....e já tinha muitas saudades das tuas sugestões.

Pois... eu gosto muito de sugerir e de ser sugerido mas no Verão a música (estranhamente) passa pra segundo plano...  sunny  Cool

Gosto muito desse com o John Tchicai e essa magnifica turma sul-africana.  
Outro do Johnny Dyani (creio que do ano seguinte) muiiiitooo bom.
http://thejazzspot.tumblr.com/tagged/Song-for-Biko

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 21:58

Também andei a "picar" esse.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9022
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 22:54

Mister W escreveu:


P.S.
Sôr Anibal, o "The Koln Concert" free jazz?!?! Só se tiveres o gira-discos avariado... Wink  

Não sou que inventei essa ideia
há algumas opiniões /correntes que o afirmam embora eu concorde contigo que é um bocado "abusado" chamar-lhe free jazz

"No dia 24 de janeiro de 1975, Keith Jarrett sentou-se contrariado ao piano na Opera House de Colónia. A desconfiança era infundada. Não só o The Köln Concert viria a ser um álbum transformador na disciplina free jazz como permanece até hoje como o disco de jazz solo e o álbum de pianista mais vendidos da história, com 3,5 milhões de unidades."
se a fonte é fidedigna ou não isso não posso confirmar, mas não é o primeiro que  eu leio e que faz tal afirmação


Última edição por anibalpmm em Sex Ago 28 2015, 00:22, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15359
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 57
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Qui Ago 27 2015, 23:53

Já agora, o que é que define o free jazz ? Ou que fronteira existe ?
Podem começar pelo Jazz ...


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9022
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 00:26

será que ajuda ou vem complicar ainda mais?

wikipedia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 01:10

anibalpmm escreveu:
Mister W escreveu:


P.S.
Sôr Anibal, o "The Koln Concert" free jazz?!?! Só se tiveres o gira-discos avariado... Wink  

Não sou que ientei essa
há algumas opiniões /correntes que o afirmam embora eu concorde contigo que é um bocado "abusado" chamar-lhe free jazz

"No dia 24 de janeiro de 1975, Keith Jarrett sentou-se contrariado ao piano na Opera House de Colónia. A desconfiança era infundada. Não só o The Köln Concert viria a ser um álbum transformador na disciplina free jazz como permanece até hoje como o disco de jazz solo e o álbum de pianista mais vendidos da história, com 3,5 milhões de unidades."
se a fonte é fidedigna ou não isso não posso confirmar, mas não é o primeiro que  eu leio e que faz tal afirmação

Bem... ao afirmares que é um "bocado abusado" já se vê que também não corroboras com o conteúdo dessa transcrição...

A confusão deve certamente vir do termo "free-improvisation" que é algo diferente de free-jazz (ou pelo menos não é a mesma coisa). Improvisação livre é uma técnica/disciplina (que Jarrett domina como poucos) enquanto que o Free-Jazz é uma variante (sub-género) do Jazz que tem como principais linhas a ausência de um padrão melódico e de uma progressão rítmica pré-definida.  

A improvisação livre pode ser praticada em vários géneros e estilos (Jazz, Rock, Clássica, etc.) mas o Free-Jazz não se resume á improvisação livre.

Em termos mais latos, o Free-Jazz não possui o swing, a melodia (e a cadência repetitiva) tão característicos de estilos como o BeBop (Crossover, Fusão, etc.). Ora se há traços bem vincados na música do "The Koln Concert", eles são precisamente a estética melódica e o balanço ou swing, pelo que, mesmo tratando-se de uma sessão de improvisação (livre) nada tem a ver com Free-Jazz.

É claro que não existem fronteiras e por isso é que são adoptadas designações intermédias (casos do Post-Bop ou do Avantgarde) para estilos que não se enquadram nas principais categorias. Outras definições existem (casos do Jazz Mainstream, o Jazz Clássico ou Tradicional) que pela sua abrangência, servem para um leque quase ilimitado de opções (muitas vezes usadas no jornalismo não-especializado, ups...).  

Esta é apenas uma opinião (a minha) de certa forma relativa, como tudo no mundo dos sentidos. Esta coisa maravilhosa que chamamos música, mais do que explicada deve ser sentida...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 50
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 12:51

Mister W escreveu:
anibalpmm escreveu:
Mister W escreveu:


P.S.
Sôr Anibal, o "The Koln Concert" free jazz?!?! Só se tiveres o gira-discos avariado... Wink  

Não sou que ientei essa
há algumas opiniões /correntes que o afirmam embora eu concorde contigo que é um bocado "abusado" chamar-lhe free jazz

"No dia 24 de janeiro de 1975, Keith Jarrett sentou-se contrariado ao piano na Opera House de Colónia. A desconfiança era infundada. Não só o The Köln Concert viria a ser um álbum transformador na disciplina free jazz como permanece até hoje como o disco de jazz solo e o álbum de pianista mais vendidos da história, com 3,5 milhões de unidades."
se a fonte é fidedigna ou não isso não posso confirmar, mas não é o primeiro que  eu leio e que faz tal afirmação

Bem... ao afirmares que é um "bocado abusado" já se vê que também não corroboras com o conteúdo dessa transcrição...

A confusão deve certamente vir do termo "free-improvisation" que é algo diferente de free-jazz (ou pelo menos não é a mesma coisa). Improvisação livre é uma técnica/disciplina (que Jarrett domina como poucos) enquanto que o Free-Jazz é uma variante (sub-género) do Jazz que tem como principais linhas a ausência de um padrão melódico e de uma progressão rítmica pré-definida.  

A improvisação livre pode ser praticada em vários géneros e estilos (Jazz, Rock, Clássica, etc.) mas o Free-Jazz não se resume á improvisação livre.

Em termos mais latos, o Free-Jazz não possui o swing, a melodia (e a cadência repetitiva) tão característicos de estilos como o BeBop (Crossover, Fusão, etc.). Ora se há traços bem vincados na música do "The Koln Concert", eles são precisamente a estética melódica e o balanço ou swing, pelo que, mesmo tratando-se de uma sessão de improvisação (livre) nada tem a ver com Free-Jazz.

É claro que não existem fronteiras e por isso é que são adoptadas designações intermédias (casos do Post-Bop ou do Avantgarde) para estilos que não se enquadram nas principais categorias. Outras definições existem (casos do Jazz Mainstream, o Jazz Clássico ou Tradicional) que pela sua abrangência, servem para um leque quase ilimitado de opções (muitas vezes usadas no jornalismo não-especializado, ups...).  

Esta é apenas uma opinião (a minha) de certa forma relativa, como tudo no mundo dos sentidos. Esta coisa maravilhosa que chamamos música, mais do que explicada deve ser sentida...

Essa não é apenas a tua opinião não senhor,
essa é a tua FABULOSA OPINIÃO !!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 13:13

Bela descrição.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 19:58

Jorge Ferreira escreveu:

Essa não é apenas a tua opinião não senhor,
essa é a tua FABULOSA OPINIÃO !!!

Jorge, também não é preciso exagerar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 19:59

Mister W escreveu:
Jorge Ferreira escreveu:

Essa não é apenas a tua opinião não senhor,
essa é a tua FABULOSA OPINIÃO !!!

Jorge, também não é preciso exagerar...



Ele é assim, que se há-de fazer? lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 22:09

António José da Silva escreveu:
Mister W escreveu:
Jorge Ferreira escreveu:

Essa não é apenas a tua opinião não senhor,
essa é a tua FABULOSA OPINIÃO !!!

Jorge, também não é preciso exagerar...

Ele é assim, que se há-de fazer?   lol!

Ele é assim mas é bom moço...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 22:11

Mister W escreveu:


Ele é assim mas é bom moço...



Ainda sou novo e terei tempo de descobrir isso. lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sex Ago 28 2015, 22:16


Este é obviamente um tema que dá pano para muitas mangas... mas começando pelo principio, como convém, ocorrem-me três álbuns absolutamente essenciais, de 1966, 67 e 69.

Reporto-me á epóca dourada e para muitos a fase seminal desta corrente também apelidada de "The New Thing", cujos principais polos criativos se concentravam em Nova Iorque e Chicago.

Apesar de relativamente curto, este período viria a revelar-se extremamente produtivo, estabelecendo novos rumos para uma diversidade de conceitos e formas que inspiraram várias gerações de artistas por todo o mundo. Desde então, a música nunca mais foi a mesma...

Marion Brown Quartet - Marion Brown Quartet (1966, ESP Disk ‎– 1022, USA)
O menos abstracto dos três, este disco inspirador revela-nos um Avantgarde de traços orientais e momentos de uma criatividade impar. O primeiro e o mais longo dos três temas que integram esta obra - "Capricorn Moon" - desenrola-se sobre um serpentear envolvente e longos diálogos entre o saxofone de Brown e o trompete de Alan Shorter. Não menos importante para o resultado final deste trabalho, a secção rítmica é constituída por dois baixistas (Ronnie Boykins e Reggie Johnson) e o grande percussionista Rashied Ali. O último tema "Exhibition" conta igualmente com a participação de Benny Maupin (sax).

John Coltrane - Expres​sion(1967, Impulse! ‎– AS-9120, USA)
Gravado em duas sessões no inicio de 1967, poucos meses antes da sua morte, este trabalho reveste-se de um interesse particular para os seguidores do mestre Coltrane. Para além das habituais deambulações no saxofone tenor, em "To Be" Coltrane brinda-nos com uma rara interpretação de flauta, que conta igualmente com a participação de Pharoah Sanders, também em flauta (piccolo). Para a espiritualidade desta derradeira viagem, contribuem os parceiros habituais desta fase: Alice Coltrane, Jimmy Garrison, Rashied Ali e Pharoah Sanders.


Chick Corea - Is (1969, Solid State Records – SS 18055, USA)
Simultaneamente abstracta e contemplativa, esta obra remete-nos para uma sonoridade tridimensional para a qual contribui a intensidade dos geniais Chick Corea, Dave Holland e Jack DeJohnette. Para além do trio central, esta sessão memorável conta também com a participação de Hubert Laws (flauta), Woody Shaw (trompete) e Horace Arnold (bateria). Um trabalho essencial, da fase mais criativa e despreconceituosa de Chick Corea. Infelizmente, durou pouco...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64943
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Free Jazz   Sab Ago 29 2015, 20:37

Não será demais mencionar a genialidade das tuas crónicas.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Free Jazz   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Free Jazz
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Free Jazz
» Lamar Jones (Pra quem curte Smooth Jazz !!!)
» Squier jazz bass olympic white
» Fender Jazz Bass Std Made In Mexico
» Squier Jazz Bass Deluxe V Active - Audio e Fotos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Música Geral-
Ir para: