Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Algumas vergonhas no nosso jardim

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 12 ... 20  Seguinte
AutorMensagem
António José da Silva
Membro AAP


Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Qui Fev 26 2015, 22:26

Mister W escreveu:


Gostas?! Tenho a ideia que elas não gostam de tí...


E se eu disser que li Marx e Engels e aparecer com uma garrafa de Dom Pérignon?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4357
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 51
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Qui Fev 26 2015, 22:31

António José da Silva escreveu:
Mister W escreveu:


Gostas?! Tenho a ideia que elas não gostam de tí...


E se eu disser que li Marx e Engels e aparecer com uma garrafa de Dom Pérignon?

é capaz... ou então alistas-te na ala coquete... lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
vlopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2993
Data de inscrição : 03/07/2010
Localização : Azeitão

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Qui Fev 26 2015, 22:51

Mister W escreveu:
Rui Mendes escreveu:
Eu também prefiro pensar nisso Mister W.
Mas uma deputada escrever isso, num país que a elegeu e que é tão iliterado nestas matérias... parece-me que não o devia fazer.

Não é deputada mas não deve faltar muito... direito de antena já tem, na "Barca do Inferno". Se ainda não viram, recomendo... em doses moderadas...

Juntamente com a Isabel Moreira (elas amam-se...) fazem parte da chamada ala coquete do bloco de esquerda... (ou pensavam que só há coquetes na direita?!). Um conceituado bloguista diz que são aquelas que defendem um socialismo que não lhes perigue o guarda-roupa...


Ou a muito catalogada "esquerda caviar" a mesma que calça sapatos Louboutin, janta no Belcanto a 250€ por cabeça, veste Prada e Louis Vuitton, e á noite nas TV´s defende os pobrezinhos do ordenado mínimo e RSI, apenas porque estes são a razão da sua existência política!

Esta RV que pelos vistos era uma ilustre desconhecida por aqui, já é conhecida de ginjeira pelas suas celebres calinadas á buéeee!!!


Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Qui Fev 26 2015, 23:02

vlopes escreveu:
Mister W escreveu:
Rui Mendes escreveu:
Eu também prefiro pensar nisso Mister W.
Mas uma deputada escrever isso, num país que a elegeu e que é tão iliterado nestas matérias... parece-me que não o devia fazer.

Não é deputada mas não deve faltar muito... direito de antena já tem, na "Barca do Inferno". Se ainda não viram, recomendo... em doses moderadas...

Juntamente com a Isabel Moreira (elas amam-se...) fazem parte da chamada ala coquete do bloco de esquerda... (ou pensavam que só há coquetes na direita?!). Um conceituado bloguista diz que são aquelas que defendem um socialismo que não lhes perigue o guarda-roupa...


Ou a muito catalogada "esquerda caviar" a mesma que calça sapatos Louboutin, janta no Belcanto a 250€ por cabeça, veste Prada e Louis Vuitton, e á noite nas TV´s defende os pobrezinhos do ordenado mínimo e RSI, apenas porque estes são a razão da sua existência política!

Esta RV que pelos vistos era uma ilustre desconhecida por aqui, já é conhecida de ginjeira pelas suas celebres calinadas á buéeee!!!




Gosto muito mais dela do que de ti.


_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
vlopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2993
Data de inscrição : 03/07/2010
Localização : Azeitão

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sex Fev 27 2015, 14:53

ok. fico mais descansado assim!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
vlopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2993
Data de inscrição : 03/07/2010
Localização : Azeitão

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sex Fev 27 2015, 14:59

E desta gostas??? Smile


P: "Porque tinha a PT tanto dinheiro investido no BES?"
R:  "Porque sim, porque tinha.. "
P: "É um bocadinho de amadorismo para quem ganhou tantos titulos de CO do ano e do sector, não é?"

Inspirem-se senhores jornalistas, perguntem á Mariana quem os tem no sitio!!!
O jornalismo tuga tornou-se inutil e incapaz, por exemplo, até de questionar assim os deputados, limitam-se a deixá-los falar….


Esta Mariana Mortágua, deve ser mesmo a unica coisinha de jeito que o BE tem nas suas fileiras.



Última edição por vlopes em Sex Fev 27 2015, 15:07, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Mendes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3174
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 47
Localização : Alfragide

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sex Fev 27 2015, 15:04

vlopes escreveu:


E desta gostas??? Smile


P: "Porque tinha a PT tanto dinheiro investido no BES?"
R:  "Porque sim, porque tinha.. "
P: "É um bocadinho de amadorismo para quem ganhou tantos titulos de CO do ano e do sector,não é"

Inspirem-se senhores jornalistas, perguntem á Mariana quem os tem no sitio!!!
O jornalismo tuga tornou-se inutil e incapaz, por exemplo, até de questionar assim os deputados, limitam-se a deixá-los falar….


Esta Mariana Mortágua, deve ser mesmo a unica coisinha de jeito que o BE tem nas suas fileiras.


Assisti a várias intervenções dela na comissão parlamentar por estar muitas vezes a dar em direto e diria mesmo que é a única coisinha de jeito da comissão parlamentar...
Os outros seguem todos a sua agenda política e ela pelo menos faz as perguntas que devem ser e resultantes da análise que fez.

Espero que continue assim porque precisamos de muitas Marianas no espectro político todo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
vlopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2993
Data de inscrição : 03/07/2010
Localização : Azeitão

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sex Fev 27 2015, 15:08

Competente, jovem e bonita!!!

Que mais queremos?

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sex Fev 27 2015, 15:19

vlopes escreveu:
E desta gostas??? Smile







Também. Mas prefiro de longe a outra, deve de ser bem mais "fácil".

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sex Fev 27 2015, 17:07

E O BURRO SOU EU….



SÓ PARA RELEMBRAR QUEM É O MUITO SÉRIO PR: (e sem qualquer ligação á banca claro).

O CASAL SILVA ENSINA-NOS COMO FAZER UMA ESCRITURA BEM FEITA !

No dia 9 de Julho de 1998, a notária Maria do Carmo Santos deslocou-se ao escritório de Fernando Fantasia, na empresa industrial Sapec, Rua Vítor Cordon, em Lisboa, para proceder a uma escritura especial.

O casal Cavaco Silva (cerimoniosamente identificados com os títulos académicos de “Prof. Dr.” e “Dra.”) entregava a sua casa de férias em Montechoro, Albufeira, e recebia em troca da Constralmada – Sociedade de Construções Lda. uma nova moradia no mesmo concelho.

Ambas foram avaliadas pelas partes no mesmo valor: 135 mil euros. Este tipo de permutas, entre imóveis do mesmo valor, está isento do pagamento de sisa, o imposto que antecedeu o IMI, e vigorava à época.( chamem-lhe parvo)

Mas a escritura refere, na página 3, que Cavaco Silva recebe um “lote de terreno para construção”, omitindo que a vivenda Gaivota Azul, no lote 18 da Urbanização da Coelha, já se encontrava em construção há cerca de nove meses. ( é ou não espertalhão?)

Segundo o “livro de obras” que faz parte do registo da Câmara Municipal de Albufeira, as obras iniciaram-se em 10 de Outubro do ano anterior à escritura, em 1997. ( que diferença faz? )

Tal como confirma Fernando Fantasia, presente na escritura, e dono da Opi 92, que detinha 33% do capital da Constralmada, que afirmou, na quinta-feira, 20, à VISÃO que o negócio escriturado incluía a vivenda.

“A casa estava incluída, com certeza absoluta. Não há duas escrituras. ( cada vez melhor )
“Fantasia diz que a escritura devia referir “prédio”, mas não é isso que ficou no documento que pode ser consultado no cartório notarial de António José Alves Soares, em Lisboa, e que o site da revista Sábado divulgou na quarta-feira à tarde.

Ou seja, não houve lugar a qualquer pagamento suplementar, por parte de Cavaco Silva à Constralmada. ( e os favores?????)
A vivenda Mariani, mais pequena, e que na altura tinha mais de 20 anos, foi avaliada pelo mesmo preço da Gaivota Azul, com uma área superior (mais cerca de 500 metros quadrados), nova, e localizada em frente ao mar. ( é justamente por causa do vento)
Fernando Fantasia refere que Montechoro “é a zona cara” de Albufeira e que a Coelha era, na altura, “uma zona deserta”, para justificar a avaliação feita. ( afinal já estava a pensar mal do homem!)
A Constralmada fechou portas em 2004. ( claro)

Fernando Fantasia não sabe o que aconteceu à contabilidade da empresa. ( perdeu-se de certeza )O empresário, amigo de infância e membro da Comissão de Honra da recandidatura presidencial de Cavaco Silva, não se recorda se houve “acerto de contas” entre o proprietário e a construtora. ( é da idade. Começam a perder a memória)
“Quem é que se lembra disso agora? A única pessoa que podia lembrar-se era o senhor Manuel Afonso [gerente da Constralmada], que já morreu, coitado…” ( logo ele que fazia falta para confirmar a seriedade do negócio)
No momento da escritura, Manuel Afonso não estava presente.
A representar a sociedade estavam Martinho Ribeiro da Silva e Manuel Martins Parra.
Este último, já não pertencia à Constralmada desde 1996, data em que renunciou ao cargo de gerente.Parra era, de facto, administrador da Opi 92.
Outro interveniente deste processo é o arquitecto Olavo Dias, contratado para projectar a casa de Cavaco Silva nove meses antes de este ser proprietário do lote 18.
Olavo Dias é familiar do Presidente da República, por afinidade, e deu andamento ao projecto cujo alvará de construção foi aprovado no dia 22 de Setembro de 1997.
A “habitação com piscina” que ocupa “620,70 m2″ num terreno de mais de1800, é composta por três pisos, e acabou de ser construída, segundo os registos da Câmara a 6 de Agosto de 1999.

A única intervenção de Cavaco Silva nas obras deu-se poucos dias antes da conclusão, a 21 de Julho de 1999, quando requereu a prorrogação do prazo das obras (cujo prazo caducara em 25 de Junho).A família Cavaco Silva ocupa, então, a moradia, em Agosto.
A licença de utilização seria passada quatro meses depois, a 3 de Dezembro, pelo vereador (actual edil de Albufeira, do PSD) Desidério Silva, desrespeitando, segundo revelou o jornal  Público, um embargo camarário à obra, decretado em Dezembro de 1997, e nunca levantado. ( uma falha é natural, né?????)

Que fique bem claro que a transparência de métodos e seriedade de processos do casal Silva não esta a ser questionada nem mesmo após o conhecimento publico da profunda honestidade dos seus conselheiros e colaboradores,antigos e actuais,  Dias Loureiro, Duarte Lima e amigos (importantes na valorização a 125% dos seus títulos já quando o BPN não podia devolver nada, nem sequer o capital investido, a ninguém).É perfeitamente credível que, a uma semana de ser reeleito, quando afirmou que “a operação era perfeitamente legítima” e com o caso BPN há muito nas bocas do mundo, o Sr. Silva, ( pessoa que de economia e finanças percebe muito pouco ) estava sinceramente convencido de que não havia qualquer gigantesca fraude no banco (o seu conselheiro pessoal tinha-lho assegurado segundo disse) e de que o BPN pagaria a todos os seus credores, não só o capital investido mas também um rendimento à taxa liquida de 25% (mais de 4 vezes superior ao mercado) tal como lhe pagou a ele. “… O homem é honesto, para quê duvidar!” (disse Dias Loureiro na antevéspera da sua reeleição).Aprendam com o nosso presidente, pois ele, só vai estar mais cinco anitos…..(depois, se isto alguma vez vier a ser esclarecido, ele emigra também como toda esta porcaria em que nos vemos envolvidos)…
O Sr. Silva, que por mero acaso é Presidente da Républica portuguesa, disse alto e bom som para os senhores jornalistas, que: " Ainda está para nascer pessoa mais honesta que eu...""

   

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sex Fev 27 2015, 17:11

CNeves escreveu:

O Sr. Silva, que por mero acaso é Presidente da Républica portuguesa, disse alto e bom som para os senhores jornalistas, que: " Ainda está para nascer pessoa mais honesta que eu...""

   

Tentem ouvir algumas coisinhas



Mentem com a mesma facilidade que roubam.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sab Fev 28 2015, 20:19

Passos Coelho acumulou dívidas à Segurança Social durante cinco anos

José António Cerejo

Público 28/02/2015 - 07:37

Primeiro-ministro afirma que nunca foi notificado da dívida, criada entre 1999 e 2004, e que ela prescreveu em 2009, facto de que diz ter tomado conhecimento em 2012. Apesar disso adianta que pagou já este mês, voluntariamente, cerca de 4 mil euros, depois de ser questionado pelo PÚBLICO.

Mais de cem mil portugueses, sobretudo trabalhadores precários pagos a recibos verdes, andaram com o coração na boca em 2007 e 2008. A Segurança Social estava então a notificá-los de que deviam elevados montantes, relativos a contribuições não entregues — mesmo em anos em que não tinham ganho um cêntimo. Pedro Passos Coelho era um dos que devia alguns milhares de euros por contribuições não pagas entre 1999 e 2004.

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Sab Fev 28 2015, 20:31

CNeves escreveu:
Passos Coelho acumulou dívidas à Segurança Social durante cinco anos

José António Cerejo

Público 28/02/2015 - 07:37

Primeiro-ministro afirma que nunca foi notificado da dívida, criada entre 1999 e 2004, e que ela prescreveu em 2009, facto de que diz ter tomado conhecimento em 2012. Apesar disso adianta que pagou já este mês, voluntariamente, cerca de 4 mil euros, depois de ser questionado pelo PÚBLICO.

Mais de cem mil portugueses, sobretudo trabalhadores precários pagos a recibos verdes, andaram com o coração na boca em 2007 e 2008. A Segurança Social estava então a notificá-los de que deviam elevados montantes, relativos a contribuições não entregues — mesmo em anos em que não tinham ganho um cêntimo. Pedro Passos Coelho era um dos que devia alguns milhares de euros por contribuições não pagas entre 1999 e 2004.

Tentem ouvir algumas coisinhas



Olha a sorte que ele teve que passou despercebido. dvil

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
nicodemes
Membro AAP


Mensagens : 56
Data de inscrição : 08/10/2014
Idade : 69

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 12:43

Já vi mais filmes do mesmo autor
Portugal é um país bonito!Pequena que os Portugueses sejam hoje um minoria ,não representada e sem voz....
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 12:47

nicodemes escreveu:
Já vi mais filmes do mesmo autor
Portugal é um país bonito!Pequena que os Portugueses sejam hoje um minoria ,não representada e sem voz....


Os que lá estão (no parlamento, não só no governo), "representam-se" bem.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
nicodemes
Membro AAP


Mensagens : 56
Data de inscrição : 08/10/2014
Idade : 69

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 12:53

Devo ter um problema .A resposta era para o convento de Mafra,no entanto parece que saiu a propósito.
mas este tópico parece-me ser mais politico ,pelo peço desculpa pelo erro .Terei que ver o que se passa ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5225
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 12:53

Isto lembra-me aquela música dos Nirvana..."Tuga"; conhecem?

Tuga wants a cracker
I think I should get off him first
I think he wants some water
To put out the blow torch

Tuga wants a cracker
Maybe he would like more food
He asks me to untie him
A chase would be nice for a few

Tuga says his back hurts
He's just as bored as me
He caught me off my guard
It amazes me, the will of instinct

Isn't me,
Have some seed
Let me clip,
Dirty wings
Got some rope,
Have been told
Promised you,
Have been true
Let me take a ride,
Hurt yourself
Want some help,
Help myself
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 14:03

Caros amigos

Sobre o caso do não pagamento á Segurança Social do nosso pm, permitam-me algumas perguntas.

Se isso se tivesse passado com o Engenheiro Sócrates, o que é que já teria acontecido?

O que é que já teria sido dito?

O que é que já lhe tinham chamado?

Já imaginaram, se isto se tivesse passado na Alemanha, o que teria acontecido?

Já imaginaram, se isto se tivesse passado na Grécia o que teria acontecido?

Pois é, cá  é um coitadinho, não sabia: pobre pm: já tinha sido deputado, e ainda não sabia que tinha de descontar para a Segurança Social!

“A culpa é da Segurança Social, claro”!

Notável

O que é que o país tem a dizer aos reformados; que sempre cumpriram e as suas obrigações sociais e fiscais; a quem o pm efetuou cortes significativos na sua remunerações; e que agora sabem que esse mesmo  pm andou a vigarizar a segurança Social.

O que é que o país tem a dizer aos penhorados, a quem o pm efetuou penhoras por não terem cumprido as suas obrigações ao estado?

Querem apostar que nada vai dizer, ou fazer?

Notável!

O país está no bom caminho!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 14:14

Se fosse na Ucrânia, tinha metido o gajo no contentor do lixo.


E tens que deixar de pensar que somos todos contra o Sócrates. A maioria é contra todos os canalhas, Sócrates incluindo.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 14:23

AJS escreveu:
E tens que deixar de pensar que somos todos contra o Sócrates. A maioria é contra todos os canalhas, Sócrates incluindo.

Olha que não parece: o Sócrates tem “um gostinho especial”

No país claro:  

Aqui, diz-se tanto mal do silva e do passos como do Sócrates.

Boas audições
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5225
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 14:27

CNeves escreveu:
Sobre o caso do não pagamento á Segurança Social do nosso pm, permitam-me algumas perguntas.

Se isso se tivesse passado com o Engenheiro Sócrates, o que é que já teria acontecido?

O que é que já teria sido dito?

O que é que já lhe tinham chamado?

Por acaso tenho curiosidade em saber porque é que isso acontece.
Afinal ambos são políticos arrogantes, pouco competentes e com um passado "colorido"; em teoria o Socas tem a vantagem de ter ganho as eleições com maioria absoluta...muito estranho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 16:05

CNeves escreveu:


Aqui, diz-se tanto mal do silva e do passos como do Sócrates.

Boas audições


Ora nem mais, tal como disse mais acima, de todos os canalhas intrujas.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10218
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 63
Localização : Assado - Perú

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 16:48

António José da Silva escreveu:
CNeves escreveu:


Aqui, diz-se tanto mal do silva e do passos como do Sócrates.

Boas audições


Ora nem mais, tal como disse mais acima, de todos os canalhas intrujas.

Mas alguns são mais "fdp" do que outros, apesar de serem todos "fdp". Depende das mães (pobres coitadas)... What a Face

E desses 3 mencionados há dois que me tiram completamente do sério, fico logo todo eriçado! E o outro dá-me um "galo" do caraças!!!
Mas há tantos mais... e alguns pavoneiam-se por aí sem qualquer beliscadura... e com um património de fazer inveja a qualquer "Onassis" scratch

_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10218
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 63
Localização : Assado - Perú

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 18:20

Podemos tirar algumas reflexões desta reportagem...


_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Dom Mar 01 2015, 23:07

Marcelo: Como é que Passos pagou uma dívida que já não existe? :

por Manuel Carlos Freire

DN-Hoje

Comentador político da TVI diz desconhecer solução jurídica que permitiu a Pedro Passos Coelho pagar "voluntariamente uma dívida prescrita" que, por isso, já não existe.

Marcelo Rebelo de Sousa questionou este domingo qual a solução jurídica que permitiu ao Estado cobrar ao primeiro-ministro uma dívida já inexistente por ter prescrito.

Intervindo no seu espaço de comentário na TVI, sobre o não pagamento de contribuições para a Segurança Social por Pedro Passos Coelho entre 1999 e 2004, Marcelo perguntou: Como é que se paga voluntariamente uma dívida prescrita? Se prescreveu, não há dívida."

Segundo o artigo 254º do Código Contributivo, a título excecional é possível regularizar uma dívida prescrita se, "à data da prestação de trabalho, a atividade [que impunha o pagamento de contribuições para a Segurança Social] não se encontrar obrigatoriamente abrangida pelo sistema de segurança social".

Edmundo Martinho, ex-presidente do Instituto da Segurança Social (ISS) que o DN ouviu este domingo, também expressou dúvidas semelhantes: "A lei define em que condições as dívidas prescritas podem ser pagas. Tenho dificuldade em perceber" como é que Pedro Passos Coelho pagou a sua.

"A lei é clara" sobre as circunstâncias em que é possível pagar uma dívida prescrita "e com que efeitos" para a carreira contributiva de quem o faz, o que "aparentemente não se aplica ao caso" do primeiro-ministro, observou Edmundo Martinho, que liderou o ISS durante os governos de José Sócrates (leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN de amanhã).

Para os dirigentes e ministros do PSD, os serviços especiais são a norma.

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 08:20

Ex-diretor da Segurança Social acusa Passos de evasão contributiva

por Manuel Carlos Freire

DN-Hoje

Pedro Passos Coelho regularizou a sua dívida à Segurança Social este mês, depois de questionado pela imprensa


Edmundo Martinho, ex-presidente do Instituto da Segurança Social (ISS), acusou ontem o primeiro--ministro de ter estado numa situação "continuada de evasão contributiva" entre 1999 e 2004.

"De modo nenhum é possível invocar o desconhecimento da lei", porque "nem falamos de uma lei que se aplica a um número reduzido de cidadãos", sublinhou ao DN o agora membro do Observatório da Segurança Social (Genebra) e que presidiu ao ISS na vigência de governos do PS liderados por José Sócrates.

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5225
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 08:51

Aposto que não estava a recibos-verdes senão tinham-lhe penhorado a casa; o mais provável era dever algo nas muitas dezenas de milhar...só assim é que alguém se safa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 12:12

Ricardo onga-ku escreveu:
CNeves escreveu:
   Sobre o caso do não pagamento á Segurança Social do nosso pm, permitam-me algumas perguntas.

   Se isso se tivesse passado com o Engenheiro Sócrates, o que é que já teria acontecido?

   O que é que já teria sido dito?

   O que é que já lhe tinham chamado?


Por acaso tenho curiosidade em saber porque é que isso acontece.

Amigo Ricardo

Vou tentar responder á sua pergunta.

É tão só a minha resposta; não a resposta.

Já repararam que os governantes mais empreendedores da nossa história caíram todos em desgraça?

Já repararam?

D. Dinis, (sem dúvida o nosso melhor governante de sempre);
Marquês de Pombal;
Salazar;

e agora, recentemente, e numa dimensão menor:

Sócrates;
e Isaltino de Morais;

todos caíram em desgraça: todos foram escorraçados, caluniados, e mesmo presos.

Dá que pensar, não dá.

Pois é: a gente gosta mais de dizer mal do que fazer alguma coisa.

O ditado: “em terra de cegos quem tem um olho é rei”, é completamente falso.

Nesta terra de cegos, quem “tem um olho”, é corrido “á pedrada” pelos cegos.

Quem “tem um olho” e tenta fazer alguma coisa é odiado pelos “cegos”.

Nós gostamos mais de “cegos” bem falantes, que dizem que fazem muito, mas que não fazem nada; e sobretudo que nunca têm culpa de nada:

Gajos em que a culpa é sempre dos outros.

Gostamos é de pessoal manhoso, que foge ás suas responsabilidades como “o diabo da cruz”.

Nos tempos atuais, de intensa globalização, isto não augura nada de bom.

Nós temos de arrepiar rapidamente caminho.

E em vez de caluniar, e mandar para a prisão,  quem “tem um olho”, devemos antes, aparicá-los; incentivá-los; idolatrá-los, que é o que os outro fazem; dar-lhes condições para conseguirem mais um “olho.”; e sobretudo motivar outros a não serem “cegos”.

Se não o fizermos, iremos rapidamente dissolver-nos.

Ontem, imigravamos para o estrangeiro para limpar as casas de banho dos outros; amanhã, só nos resta, no nosso país, limpar as casas de banhos dos estrangeiros que mandam em nós.

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 16:49

Grande homem.

http://ovoodocorvo.blogspot.pt/2015/03/denuncia-anonima-acusou-juiz-carlos.html

Carlos Alexandre teve de jurar em tribunal que não violou segredo de justiça


ANA HENRIQUES

Público- 02/03/2015 - 08:26


Almoço de magistrado com jornalista originou denúncia anónima, que acabou por ser arquivada.


Visto a almoçar numa tasca de grelhados em Moscavide com um jornalista, o juiz Carlos Alexandre foi acusado, por carta anónima enviada à Procuradoria-Geral da República, de lhe ter passado informações confidenciais sobre o interrogatório judicial de Ricardo Salgado. O caso obrigou a abrir um processo, que o PÚBLICO consultou, e, antes de ter sido arquivado, em Janeiro passado, o magistrado por quem têm passado alguns dos mais mediáticos casos da justiça portuguesa teve de jurar em tribunal que não violou o segredo de justiça. Foi ouvido como testemunha pelo Ministério Público do Tribunal de Relação.

Não fora a medicina chinesa e nada disto teria sucedido. Adepto da acupunctura desde que um conterrâneo seu de Mação se tornou discípulo do conhecido médico Pedro Choy, Carlos Alexandre concordou em almoçar no Verão passado com o jornalista da Visão Francisco Galope, a pedido de um procurador das suas relações. O repórter queria fazer um perfil do juiz e recorreu a este magistrado, que conhecera num curso de medicina chinesa e sabia ser amigo do juiz. Há muito esquivo à comunicação social, Carlos Alexandre declinou colaborar na elaboração do artigo, alegando que vários jornais já tinham esmiuçado os seus hábitos, ao ponto de descreverem aquilo que supostamente comia ao pequeno-almoço. Mas acabou por concordar em ir à tasca de Moscavide um dia depois de Ricardo Salgado ter sido detido e de o ter interrogado.

Por correio azul
A denúncia anónima chegou em correio azul à Procuradoria-Geral da República um mês depois, dirigida não a Joana Marques Vidal mas à procuradora-geral distrital de Lisboa, Francisca Van Dunem, e a um membro do Conselho Superior do Ministério Público eleito pelo distrito do Porto, Jorge Alves de Oliveira. “Nos dias seguintes à detenção e inquirição do dr. Ricardo Salgado, o sr. juiz Carlos Alexandre desmultiplicou-se em contactos directos e pessoais com jornalistas. Num dos encontros falou com detalhe sobre o interrogatório de Ricardo Salgado e outros detalhes do processo. Quem assistiu ao almoço, ficou a saber como Ricardo Salgado foi confrontado com um documento que dava sem efeito o contrato-promessa de venda da ESCON [sic] à Sonangol, mostrando desconhecer o documento”, lê-se na denúncia. A missiva assegura também que o magistrado teria ainda revelado como houve 27 milhões de euros que “andaram num virote de um lado para o outro” nos negócios do Banco Espírito Santo Angola, numa tentativa dos suspeitos de lhes fazer desaparecer o rasto.

Sugerindo às autoridades que usem o sistema de geo-referenciação dos telemóveis dos envolvidos para comprovar aquilo que escreve, o autor da carta termina com um recado: “Relativamente a esta violação, poderão lavar as mãos como Pilatos, mas não poderão dizer que nada souberam”.

Na sequência da denúncia, foram ouvidos jornalistas de vários órgãos de comunicação social no Tribunal da Relação de Lisboa, onde o assunto foi parar por as suspeitas recaírem também sobre um juiz. A maioria deles tinha escrito sobre a detenção do banqueiro, uns inspirando-se em material já publicado por colegas, outros recorrendo a fontes de informação judiciais. Recusaram-se a revelar que fontes tinham sido essas, invocando o sigilo profissional, mas todos declararam que Carlos Alexandre não estava entre elas. E chegaram mesmo a queixar-se do carácter demasiado reservado do juiz. Um deles explicou de que forma havia conhecido o magistrado, há muitos anos atrás: “Constituiu-me arguido pelo crime de espionagem quando trabalhava para a Polícia Judiciária Militar”.

O Tribunal da Relação também confrontou as declarações feitas no interrogatório a Ricardo Salgado com o teor da denúncia. No dia em que um antigo deputado do CDS contou, na comissão parlamentar de inquérito ao BES, que era ele quem preenchia o IRS do banqueiro, e de graça, Carlos Alexandre foi finalmente prestar declarações à Relação sobre a denúncia de fuga de informação.

Dispensa de advogado
Tal como as restantes testemunhas, foi obrigado a jurar que falaria verdade e advertido de que, caso o não fizesse, incorria em multa ou mesmo em prisão. Prescindindo do direito de se fazer acompanhar por um advogado, disse à magistrada que o interrogou que nunca tinha “refeiçoado” com os jornalistas em causa, à excepção do da Visão, com quem não viu nenhum inconveniente em almoçar. Negou peremptoriamente ter-lhe passado qualquer tipo de informação sobre o processo de Ricardo Salgado. “Seria temerário da minha parte fazer qualquer consideração a esse respeito num restaurante onde é impossível ter qualquer tipo de privacidade”, observou, acrescentando que a carta anónima visaria “criar um ambiente de suspeição” à volta da sua pessoa ou mesmo afastá-lo do processo ou do próprio tribunal.



Temos aqui outro santo ao nível do coelho: um não sabia que tinha que pagar; este nunca violou o segredo de justiça: apesar nos processos que tutela: a regra é a imprensa tudo saber:

Tudo não: só aquilo que parece prejudicar o arguido.

Grandes homens.

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 17:51

Não percebi. O senhor CNeves está a acusar o Juiz Carlos Alexandre de violar o segredo de justiça??? É isso???
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:05

Senhor Manel

É fácil perceber: é só ler a notícia; e o que eu escrevi.

Mas como o amigo, já de certeza leu o meu post, e pelos vistos não o percebeu: vou tentar esclarecê-lo:

Dados:

As noticias que descrevem o comportamento do dito, juiz, em alguns processos; nunca desmentidas!

O almoço com jornalistas da presente noticia!

A sistemática violação do segredo de justiça, em alguns dos seus processos; com sérios prejuízos dos arguidos!

O anterior Presidente da República, Mário Soares, ter dito que um arguido dos seus processos era vítima de cobardes: e tanto quanto eu, quanto a opinião pública saibamos, ele, “comeu e calou”!

Mas também por em  Portugal todos serem santos; e ninguém ser responsável por nada; até quem durante cinco anos não pagou as suas comparticipações á segurança social!

Pois dado tudo isto, é possível que alguém se interrogue sobre o posicionamento da referida personagem nas referidas sistemáticas violações do segredo de justiça.


É tão só isso.

Percebeu agora?

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:21

vlopes escreveu:
Competente, jovem e bonita!!!

Que mais queremos?

lol!

Queremos que estas comissões dêem resultados palpáveis, falam muito mas fica tudo cada vez mais na mesma.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:25

CNeves escreveu:
Senhor Manel

É fácil perceber: é só ler a notícia; e o que eu escrevi.

Mas como o amigo, já de certeza leu o meu post, e pelos vistos não o percebeu: vou tentar esclarecê-lo:

Dados:

As noticias que descrevem o comportamento do dito, juiz, em alguns processos; nunca desmentidas!

O almoço com jornalistas da presente noticia!

A sistemática violação do segredo de justiça, em alguns dos seus processos; com sérios prejuízos dos arguidos!

O anterior Presidente da República, Mário Soares, ter dito que um arguido dos seus processos era vítima de cobardes: e tanto quanto eu, quanto a opinião pública saibamos, ele, “comeu e calou”!

Mas também por em  Portugal todos serem santos; e ninguém ser responsável por nada; até quem durante cinco anos não pagou as suas comparticipações á segurança social!

Pois dado tudo isto, é possível que alguém se interrogue sobre o posicionamento da referida personagem nas referidas sistemáticas violações do segredo de justiça.


É tão só isso.

Percebeu agora?

Tentem ouvir algumas coisinhas

Desculpe mas continuo a não perceber. Eu sou um bocado ignorante.
Está ou não a acusar o Juiz Carlos Alexandre de violar o segredo de justiça?
É uma pergunta simples. Sim ou não?
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:27

CNeves escreveu:
Marcelo: Como é que Passos pagou uma dívida que já não existe? :

por Manuel Carlos Freire

DN-Hoje

Comentador político da TVI diz desconhecer solução jurídica que permitiu a Pedro Passos Coelho pagar "voluntariamente uma dívida prescrita" que, por isso, já não existe.

Marcelo Rebelo de Sousa questionou este domingo qual a solução jurídica que permitiu ao Estado cobrar ao primeiro-ministro uma dívida já inexistente por ter prescrito.

Intervindo no seu espaço de comentário na TVI, sobre o não pagamento de contribuições para a Segurança Social por Pedro Passos Coelho entre 1999 e 2004, Marcelo perguntou: Como é que se paga voluntariamente uma dívida prescrita? Se prescreveu, não há dívida."

Segundo o artigo 254º do Código Contributivo, a título excecional é possível regularizar uma dívida prescrita se, "à data da prestação de trabalho, a atividade [que impunha o pagamento de contribuições para a Segurança Social] não se encontrar obrigatoriamente abrangida pelo sistema de segurança social".

Edmundo Martinho, ex-presidente do Instituto da Segurança Social (ISS) que o DN ouviu este domingo, também expressou dúvidas semelhantes: "A lei define em que condições as dívidas prescritas podem ser pagas. Tenho dificuldade em perceber" como é que Pedro Passos Coelho pagou a sua.

"A lei é clara" sobre as circunstâncias em que é possível pagar uma dívida prescrita "e com que efeitos" para a carreira contributiva de quem o faz, o que "aparentemente não se aplica ao caso" do primeiro-ministro, observou Edmundo Martinho, que liderou o ISS durante os governos de José Sócrates (leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN de amanhã).

Para os dirigentes e ministros do PSD, os serviços especiais são a norma.

Tentem ouvir algumas coisinhas

Triste realidade.



Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:29

Vamos tentar manter as conversas num âmbito de informação e saudável discussão.
Estas questões políticas são mesmo só para conversarmos, visto que não alteramos nada, infelizmente.


_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:43

Caro amigo Manel

Por acaso o amigo, não é o Juis Carlos Alexandre; ou familiar dele; ou amigo; ou camarada de qualquer organização: das legais, claro?

É porque se fosse uma destas coisas, fica a saber, ou pode dizer-lhe, que gostaria muito de almoçar com ele: que gostaria de lhe manifestar as minhas dúvidas; e, claro, se não fossem devidamente esclarecidas, dizer-lhe o que me vai na alma.

Porque pode ter a certeza: não deixava nada para o gato.

Boas audições
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:44

O convite para almoçar, a solo, estende-se ao coelho, claro.


Boas audições
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:44

CNeves escreveu:
Ricardo onga-ku escreveu:
CNeves escreveu:
   Sobre o caso do não pagamento á Segurança Social do nosso pm, permitam-me algumas perguntas.

   Se isso se tivesse passado com o Engenheiro Sócrates, o que é que já teria acontecido?

   O que é que já teria sido dito?

   O que é que já lhe tinham chamado?


Por acaso tenho curiosidade em saber porque é que isso acontece.

Amigo Ricardo

Vou tentar responder á sua pergunta.

É tão só a minha resposta; não a resposta.

Já repararam que os governantes mais empreendedores da nossa história caíram todos em desgraça?

Já repararam?

D. Dinis, (sem dúvida o nosso melhor governante de sempre);
Marquês de Pombal;
Salazar;

e agora, recentemente, e numa dimensão menor:

Sócrates;
e Isaltino de Morais;

todos caíram em desgraça: todos foram escorraçados, caluniados, e mesmo presos.

Dá que pensar, não dá.

Pois é: a gente gosta mais de dizer mal do que fazer alguma coisa.

O ditado: “em terra de cegos quem tem um olho é rei”, é completamente falso.

Nesta terra de cegos, quem “tem um olho”, é corrido “á pedrada” pelos cegos.

Quem “tem um olho” e tenta fazer alguma coisa é odiado pelos “cegos”.

Nós gostamos mais de “cegos” bem falantes, que dizem que fazem muito, mas que não fazem nada; e sobretudo que nunca têm culpa de nada:

Gajos em que a culpa é sempre dos outros.

Gostamos é de pessoal manhoso, que foge ás suas responsabilidades como “o diabo da cruz”.

Nos tempos atuais, de intensa globalização, isto não augura nada de bom.

Nós temos de arrepiar rapidamente caminho.

E em vez de caluniar, e mandar para a prisão,  quem “tem um olho”, devemos antes, aparicá-los; incentivá-los; idolatrá-los, que é o que os outro fazem; dar-lhes condições para conseguirem mais um “olho.”; e sobretudo motivar outros a não serem “cegos”.

Se não o fizermos, iremos rapidamente dissolver-nos.

Ontem, imigravamos para o estrangeiro para limpar as casas de banho dos outros; amanhã, só nos resta, no nosso país, limpar as casas de banhos dos estrangeiros que mandam em nós.

Tentem ouvir algumas coisinhas

O Isaltino de Morais é um criminoso condenado pela justiça. Só não está ainda na prisão porque os seus advogados tanto recorreram que os crimes prescreveram.

Então eu devo apaparicar, incentivar e idolatrar um individuo destes??? Shocked Shocked Shocked
Será que percebi bem???
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:47

Esperem um bocadinho, vou buscar as pipocas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:49

CNeves escreveu:
Caro amigo Manel

Por acaso o amigo, não é o Juis Carlos Alexandre; ou familiar dele; ou amigo; ou camarada de qualquer organização: das legais, claro?

É porque se fosse uma destas coisas, fica a saber, ou pode dizer-lhe, que gostaria muito de almoçar com ele: que gostaria de lhe manifestar as minhas dúvidas; e, claro, se não fossem devidamente esclarecidas, dizer-lhe o que me vai na alma.

Porque pode ter a certeza: não deixava nada para o gato.

Boas audições

Bem, o senhor não responde à minha pergunta que é tão simples. Basta um sim ou um não, mas em vez disso enrola, enrola, enrola, tipo politico.
Vou ficar sempre na dúvida.
Duma coisa tenho a certeza. A calúnia é punível com 2 anos de prisão podendo ser majorada em mais metade da pena no caso de um magistrado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:52

ducar escreveu:
Esperem um bocadinho, vou buscar as pipocas.


Ná, vou-me calar que o António já deve estar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 19:55

Manel escreveu:
ducar escreveu:
Esperem um bocadinho, vou buscar as pipocas.


Ná, vou-me calar que o António já deve estar...

Ainda bem porque eu nem gosto de pipocas.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Mendes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3174
Data de inscrição : 17/04/2012
Idade : 47
Localização : Alfragide

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 20:07

https://www.youtube.com/watch?v=bxaDSOAKt-w&list=PLPAKyd_5x-2uKzGZZdNP0hJOLBB8f3Jz0

O minuto 5:00 é muito empreendedor
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 20:23

Manel escreveu:
ducar escreveu:
Esperem um bocadinho, vou buscar as pipocas.


Ná, vou-me calar que o António já deve estar...


Nada disso amigo Manel, já estou é....




_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 21:03

Os amigos gostariam de ver um filme picante, ou de trolha!  

Poderão ver, mas não é comigo como protagonista.

Genericamente digo apenas:

insulta e ameaça quem não tem razão.

E creio que nenhum amante do vinil é sensível a ameaças:

Ignora-as; e despreza quem as faz.

Boas audições
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 21:15

Vou pagar, senhor jornalista

Bernardo Ferrão

Expresso 18:21 Segunda feira, 2 de março de 2015

Outubro de 2012. Debate quinzenal no Parlamento. Passos Coelho: "Eu pertenço a uma raça de homens que gosta, mesmo quando não é o próprio a causa do endividamento, de honrar os compromissos do país, de pagar aquilo que deve, mesmo que por essa razão tenha de solicitar aos portugueses um sacrifício ainda maior."

Esta frase do primeiro-ministro não podia ser mais ajustada ao momento. Porque, de facto, Passos Coelho pagou o que devia à Segurança Social. O problema é que só o fez, como já reconheceu, depois de ter sido pressionado por um "senhor jornalista". Ou seja, tarde e a más horas. E ainda por cima porque foi descoberto.

Percebe-se agora que, desde 2012, o primeiro-ministro já sabia que tinha um montante para pagar mas decidiu adiar esse ajuste de contas. Talvez para quando saísse de São Bento. É verdade que a dívida já estava prescrita, mas porque é que não a pagou logo naquela altura? Será que não lhe era politicamente conveniente? Nesse ano, Passos cortou o subsídio de férias, os salários e as pensões. Alargou a contribuição extraordinária de solidariedade e manteve a sobretaxa de IRS.

O que também se estranha é como é que durante esses 5 anos a recibos verdes nunca lhe tenha ocorrido que tinha de descontar para a Segurança Social. É verdade que alega que o Estado não o notificou, mas será que o Estado sabia que Passos estava nessas condições? Nesses anos em que não pagou (1999-2004), alguma vez foi à procura de saber se estava numa situação regular? Não é isso que o Estado exige a todos os cidadãos?

Dizer que "não tinha consciência que essa obrigação era devida", ou que "estava convencido que era uma opção", é fraco argumento quando se sabe que o desconhecimento da lei não serve de desculpa para ninguém. Muito menos para um primeiro-ministro. Para este primeiro-ministro e para a sua governação feita de sacrifícios e de lições de moral. E isto num país onde quem deve ao Fisco e à Segurança Social é penhorado na hora, sem apelo nem agravo.

Que moral tem agora o primeiro-ministro para falar das contas deficitárias da Segurança Social?
A oposição não parece disposta a largar o assunto. E se a isto somarmos as dúvidas que ficaram da Tecnoforma e CPPC, o líder do PSD parte ainda mais intoxicado para a campanha eleitoral.

O primeiro-ministro, que tanto gosta de usar a linguagem popular nas suas intervenções, já devia saber que, nos dias que correm, a célebre passagem de Frei Tomas está desatualizada. Agora já não se olha apenas para o que se diz. Também se olha para o que se faz. E, neste caso, Passos fez mal e disse ainda pior.

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/vou-pagar-senhor-jornalista=f913140#ixzz3TGUcEXet

Nota: O negrito e o tamanho da letra é da minha autoria.


"Grande homem"  

Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5004
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 21:52

CNeves escreveu:
Os amigos gostariam de ver um filme picante, ou de trolha!  

Poderão ver, mas não é comigo como protagonista.

Genericamente digo apenas:

insulta e ameaça quem não tem razão.

E creio que nenhum amante do vinil é sensível a ameaças:

Ignora-as; e despreza quem as faz.

Boas audições

E agora que faço eu com as pipocas?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10218
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 63
Localização : Assado - Perú

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Seg Mar 02 2015, 23:27

ducar escreveu:
... E agora que faço eu com as pipocas?


Come-as, ou tinhas outra utilização para elas?


_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Voltar ao Topo Ir em baixo
CNeves
Membro AAP


Mensagens : 1098
Data de inscrição : 13/11/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Ter Mar 03 2015, 00:57

 photo Nunca desesperar_zpsxqtmwqeh.jpeg




Tentem ouvir algumas coisinhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64911
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Ter Mar 03 2015, 01:04

lol!


E o Hitler também começou a sua adolescência como um absoluto falhado, e tal como o Coelho, depois conseguiu destruir muita coisa.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Ter Mar 03 2015, 07:48

segurança social

PSD contra-ataca e diz que Costa “não pagou” contribuição autárquica. Líder do PS desmente.

Sociais-democratas usam recorte do extinto Tal&Qual, para espalhar mensagem de que Costa não pagou a contribuição autárquica quando era ministro da Justiça. Costa desmente, como já o tinha feito.



http://observador.pt/2015/03/02/agora-foi-costa-que-nao-pagou-contribuicao-autarquica/

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Algumas vergonhas no nosso jardim
Voltar ao Topo 
Página 5 de 20Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 12 ... 20  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Algumas vergonhas no nosso jardim
» Algumas vergonhas no nosso jardim
» Orgulhos do nosso Jardim
» Algumas histórias, sobre algumas músicas
» Som Nosso de Cada Dia - A história.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Off Topic-
Ir para: