Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Os 10 Mitos do Vinil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
António José da Silva
Membro AAP


Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 16:51

TD124 escreveu:


E hoje em dia,...  estamos aonde e quém é quém ???


Exatamente. Ainda acrescentava....onde está a verdade?

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3314
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 16:59

António José da Silva escreveu:
TD124 escreveu:


E hoje em dia,...  estamos aonde e quém é quém ???


Exatamente. Ainda acrescentava....onde está a verdade?


Geralmente, a verdade e o bom sentido està entre os extremos !!!...

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 17:00

TD124 escreveu:
António José da Silva escreveu:
TD124 escreveu:


E hoje em dia,...  estamos aonde e quém é quém ???


Exatamente. Ainda acrescentava....onde está a verdade?


Geralmente, a verdade e o bom sentido està entre os extremos !!!...


Penso que sim.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 17:15

António José da Silva escreveu:
Temos as questões do costume e que bem analisadas, são bem interessantes.

SS vs. Válvulas - As especificações dão clara vantagem ao SS, mas...

SS vs. SS - As especificações quanto melhor, melhor o aparelho, mas...

Valvulado PP vs. SE - As especificações não dão qualquer hipótese ao SE, mas...

Colunas de várias espécies - Especificações?????

Parece-me que se fala do subjetivo como algo negativo (e realmente não é mensurável), mas dentro do que é mensurável, quase nada é consensual, mesmo para quem por elas se gosta de guiar.
Se assim não fosse, não haveria necessidade de ouvir colunas, amps fontes etc.

E já me esquecia. O CD, essa coisa perfeita para sempre que de tanto mal  soar (subjetivamente) a tanta gente, já vai na 10º reencarnação ou tentativa de melhoramento....apesar da sua perfeição.

Orquestra
AJS, explica-me o que é isso da 10º encarnação?
Quantas encarnações teve o formato analógico em disco? 78rpm sem igualizações e com várias e igualizações? 16 rpm, 33 rpm com várias igualizações (Decca, Columbia, Capitol?...etc) até se fixar com a RIAA, DMM (supostamente requer igualização ajustada; diferente da RIAA).

78RPM:

Columbia Inglesa /EMI

Columbia Americana/Victor após 1925

Columbia Americana após 1938

Victor (Possível RCA) após 1925

Capitol, Decca no inicio e Mercury

Brunswick, Parlophone

MGM, Victor 1947

Victor 1925 e 1938-47


33,(3) RPM:

FFRR pré 1953

FFRR (Decca/London)

RIAA

NAB (Columbia Americana)


Tudo tem o seu período de "aquecimento"...

Pelo CD só conheço a variação HDCD, o resto são processos de optimização no domínio digital e analógico, nada se altera no aparelho de leitura exceto no HDCD.
O CD tem 30 anos, por essa clivagem de tempo estava-se a passar para os 33rpm...como nós estamos a passar para os formatos mais densos em disco e em stream, com a possibilidade de várias amostragens e dois tipos de modulação: PCM e Bitstream (Sigma-Delta, DSD)...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 17:17

Amigo Paluse.

A evolução de algo imperfeito (como o velho disco), é normal que se tente evoluir, já a perfeição.... lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 17:20

RMD audio escreveu:

Eu gosto muito de Pat Metheny, um dos discos que me acompanha desde miúdo é o álbum ao vivo road to you, live in europe. O som deste disco é muito bom, mas o ultimo disco que ele lançou chamado KIN, é qualquer coisa de horrível. basta ligar o osciloscópio e os picos cortados são mais que evidentes, por isso este tipo de mistura\masterização, também está a chegar ao jazz. Pessoalmente acho que o futuro é um bocado negro, não por culpa do digital, mas dos macacos da rodar os botões...


A mediocridade profissional não existe só em Portugal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 17:21

PALUSE escreveu:

A mediocridade profissional não existe só em Portugal!


Bom, até é o que se vê mais no estrangeiro.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Sab Nov 15 2014, 17:31

António José da Silva escreveu:
Amigo Paluse.

A evolução de algo imperfeito (como o velho disco), é normal que se tente evoluir, já a perfeição.... lol!

A Philips com a sua pressa e relutância em aperfeiçoar a eléctrónica dos DACs fez trampa, já a Sony teve o bom senso de obrigar o sistema a 16 Bits e ter correção de erros, ou seja "encriptação redundante". Nesse aspeto e não só, tiro o chapéu ao Sr. Morita ou eventualmente aos seus consultores técnicos.
Eu lembro-me dos anúncios da perfeição; pura blasfémia e arrogância, quando os dacs da Philips a 14 bits mostravam a distorção acima dos 3% nos níveis baixos dos registos a cerca de -60db.
A concorrência era dura e as alternativas em oferta não mostravam melhoras. Sobrava a possibilidade do CD Analógico. A malta da baixa burguesia tinha som de gira bastante foleiro e estava tudo farto dos "clicks", "pops" e só tocar com boa extensão de banda no inico do disco.
Quem tinha bastante graveto podia usufruir do perfecionismo técnico da altura e ter bom som em vinil...
Voltar ao Topo Ir em baixo
MikeF
Membro AAP
avatar

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/07/2010

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 00:03

PALUSE escreveu:
MikeF escreveu:
Queres cá vir ouvir um dos novos Lyngdorf TDAI a amplificar directamente DXD a 384? Ás vezes também fazia bem à malta ouvir um full digital... smedley
O vinyl que me soa melhor geralmente é de há 20 anos atrás, mas há boas edições novas... Se quiserem ouvir algumas da Gold Note...

Orquestra
Ora aí está uma proposta indecente; pena a minha que não tenha sido feita por uma mulher bonita e bondosa... smedley
Para cúmulo só posso comparar com ficheiros Nordic 2D passados por um iFi DSD nano...


Onde fica a capela e em que dia e horas se faz o ritual?

Pois não, foi feita por um gajo barbudo a tender para o gordo...

Mas para compensar posso também mostrar-vos algum vinyl num sistema full analog... com um gira-discos de que vão gostar; ainda não é o Reed, mas já ficam a saber o caminho quando este tiver chegado e quiserem vir cá ouvir (deve ser no principio de Dezembro).
A sede da ZenAudio fica em Telheiras, quase em frente ao Continente, antigo Carrefour.
Querem vir na próxima 6ªf? ou Sab à tarde?
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 00:10

MikeF escreveu:

Querem vir na próxima 6ªf? ou Sab à tarde?




_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 01:00

MikeF escreveu:
PALUSE escreveu:
MikeF escreveu:
Queres cá vir ouvir um dos novos Lyngdorf TDAI a amplificar directamente DXD a 384? Ás vezes também fazia bem à malta ouvir um full digital... smedley
O vinyl que me soa melhor geralmente é de há 20 anos atrás, mas há boas edições novas... Se quiserem ouvir algumas da Gold Note...

Orquestra
Ora aí está uma proposta indecente; pena a minha que não tenha sido feita por uma mulher bonita e bondosa... smedley
Para cúmulo só posso comparar com ficheiros Nordic 2D passados por um iFi DSD nano...


Onde fica a capela e em que dia e horas se faz o ritual?

Pois não, foi feita por um gajo barbudo a tender para o gordo...

Mas para compensar posso também mostrar-vos algum vinyl num sistema full analog... com um gira-discos de que vão gostar; ainda não é o Reed, mas já ficam a saber o caminho quando este tiver chegado e quiserem vir cá ouvir (deve ser no principio de Dezembro).
A sede da ZenAudio fica em Telheiras, quase em frente ao Continente, antigo Carrefour.
Querem vir na próxima 6ªf? ou Sab à tarde?


Há que estabelecer um "gang" para fazer a audição e ainda para mais com um gira.
Quando é que dá mais jeito Mike?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 14:49

António José da Silva escreveu:
Temos as questões do costume e que bem analisadas, são bem interessantes.

SS vs. Válvulas - As especificações dão clara vantagem ao SS, mas...

SS vs. SS - As especificações quanto melhor, melhor o aparelho, mas...

Valvulado PP vs. SE - As especificações não dão qualquer hipótese ao SE, mas...


O CD, amps SS e amps PP são os substitutos naturais do vinil, amp SS, e amp SE, respetivamente.

No entanto:

CD vs vinil - CD mede melhor, mas vinil tem colorações muito agradáveis que nos fazem achar o som mais natural.

SS vs VT - SS mede melhor, mas os tubos têm colorações muito agradáveis que nos fazem achar o som mais natural.

PP vs. SE - PP mede melhor, mas os SE tem colorações muito agradáveis que nos fazem achar o som mais natural.

smedley

Conclusão: o som mais natural possível é vinil + VT-SE e o sistema mais hi-fi é cd + SS-PP.

No entanto, como o SE tem colorações muito boas, também se consegue um bom som natural com CD + VT-SE.

Orquestra


Última edição por Digital Man em Dom Nov 16 2014, 15:10, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 14:53

Digital Man escreveu:
António José da Silva escreveu:
Temos as questões do costume e que bem analisadas, são bem interessantes.

SS vs. Válvulas - As especificações dão clara vantagem ao SS, mas...

SS vs. SS - As especificações quanto melhor, melhor o aparelho, mas...

Valvulado PP vs. SE - As especificações não dão qualquer hipótese ao SE, mas...


O CD, amps SS e amps PP são os substitutos naturais do vinil, amp SS, e amp SE, respetivamente.

No entanto:

CD vs vinil - CD mede melhor, mas vinil tem colorações muito agradáveis que nos fazem achar o som mais natural.

SS vs VT - SS mede melhor, mas os tubos têm colorações muito agradáveis que nos fazem achar o som mais natural.

PP vs. SE - PP mede melhor, mas os SE tem colorações muito agradáveis que nos fazem achar o som mais natural.

smedley

Conclusão: o som mais natural possivo é vinil + VT-SE e o sistema mais hi-fi é cd + SS-PP.

No entanto, como o SE tem colorações muito boas, também se consegue um bom som natural com CD + VT-SE.

Orquestra


Parece-me bem.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:21

Para ser rápido e conciso e ja' nada que não se saiba, mas em ambos os formatos existem boas e gravações menos boas.
Não sou fundamentalista do vinilo, embora o meu formato de eleição seja o analógico, mas o digital também faz parte das minha audições, e relembro por exemplo a editora Proprius tem gravações (cd) fabulosas, mas a preços elevados, e estes cd's são de uma qualidade impar que tocados em leitores Worten quase que fazem frente aos de milhares de euros exibidos nos eventos de audio...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:30

Mozarteano escreveu:
Para ser rápido e conciso e ja' nada que não se saiba, mas em ambos os formatos existem boas e gravações menos boas.
Não sou fundamentalista do vinilo, embora o meu formato de eleição seja o analógico, mas o digital também faz parte das minha audições, e relembro por exemplo a editora Proprius tem gravações (cd) fabulosas, mas a preços elevados, e estes cd's  são de uma qualidade impar que tocados em leitores  Worten quase que fazem frente aos de milhares de euros exibidos nos eventos de audio...

Sem dúvida. Há gravações em CD fabulosas... Assim como há muito más... Mas segundo tenho lido, no que respeita ao vinil e aos LPs recentemente produzidos têm aparecido verdadeiros sapos, e não são só os que são feitos a partir de um CD-master...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:35

Onde o CD não bate o vinil é na envolvente, como a cerimónia nobre que consiste o processo de carregamento do disco. A envolvente também melhora a experiência...   Twisted Evil

Fazendo uma analogia com o café, no que respeita à envolvente:

Vinil:


CD:


Reparem que o café pode ser exatamente o mesmo, mas o de cima vai saber melhor... dvil


Alguns leitores CD com carregamento no topo e com peso, dão um "cheirinho" do processo de carregamento de um vinil. Exemplo:
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:41

Digital Man escreveu:
Onde o CD não bate o vinil é na envolvente, como a cerimónia nobre que consiste o processo de carregamento do disco. A envolvente também melhora a experiência...   Twisted Evil
]


O teu DAC está mostrar as rugas e comparativamente perde a "envolvência".
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:43

Mozarteano escreveu:
Para ser rápido e conciso e ja' nada que não se saiba, mas em ambos os formatos existem boas e gravações menos boas.
Não sou fundamentalista do vinilo, embora o meu formato de eleição seja o analógico, mas o digital também faz parte das minha audições, e relembro por exemplo a editora Proprius tem gravações (cd) fabulosas, mas a preços elevados, e estes cd's  são de uma qualidade impar que tocados em leitores  Worten quase que fazem frente aos de milhares de euros exibidos nos eventos de audio...


Talvez os leitores da Worten e da Kunft não sejam assim tão beras.
Nunca se sabe quem é o consultor da Sonae a especificar ao fabricante o material a usar em função dos custos de produção e margem de comercialização...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:44

Digital Man escreveu:
Onde o CD não bate o vinil é na envolvente, como a cerimónia nobre que consiste o processo de carregamento do disco. A envolvente também melhora a experiência...   Twisted Evil

Fazendo uma analogia com o café, no que respeita à envolvente:

Vinil:


CD:


Reparem que o café pode ser exatamente o mesmo, mas o de cima vai saber melhor... dvil


Alguns leitores CD com carregamento no topo e com peso, dão um "cheirinho" do processo de carregamento de um vinil. Exemplo:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:47

Digital Man escreveu:
Mozarteano escreveu:
Para ser rápido e conciso e ja' nada que não se saiba, mas em ambos os formatos existem boas e gravações menos boas.
Não sou fundamentalista do vinilo, embora o meu formato de eleição seja o analógico, mas o digital também faz parte das minha audições, e relembro por exemplo a editora Proprius tem gravações (cd) fabulosas, mas a preços elevados, e estes cd's  são de uma qualidade impar que tocados em leitores  Worten quase que fazem frente aos de milhares de euros exibidos nos eventos de audio...

Sem dúvida. Há gravações em CD fabulosas... Assim como há muito más... Mas segundo tenho lido, no que respeita ao vinil e aos LPs recentemente produzidos têm aparecido verdadeiros sapos, e não são só os que são feitos a partir de um CD-master...

E o que ''por vezes'' não deixa de ser caricato e' ver rapaziada a estoirar 30 e 40 heróis em discos de vinilo supostamente audiofilos...mas cada um cada compra o que bem entender e o que acha melhor...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 15:52

PALUSE escreveu:
O teu DAC está mostrar as rugas e comparativamente perde a "envolvência".

Atenção que não falava do som... Mas já que falas do meu DAC, ele mostra as rugas mas também mostra as curvas... Talvez eu goste de ver rugas e curvas, mas o certo é que me encontro no pequeno grupo de audiófilos que acredita que nuca mais trocará a fonte principal porque a actual é perfeita. Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
MikeF
Membro AAP
avatar

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/07/2010

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 16:50

Não sei se estaremos a falar bem da mesma coisa, mas se envolvência for a sensação de "arejamento" e decay, aí um ficheiro de alta resolução deixa o vinyl a milhas, porque primeiro, consegue um silencio de fundo absoluto, e depois, porque consegue uma extensão de agudos maior do que a maioria dos gira-discos.

Com a minha agulha e com VTA bem afinado até consigo uma extensão de agudos muito boa, mas a agulha é suposto ir aos 40k. Com a maioria delas, acho que nem 16 se consegue. E então ter sistemas com VTA bem afinado...

Com ficheiros de alta resolução conseguem-se bem 30, 40 ou mais kHz... depende da frequência de amostragem, e de se o original foi mesmo gravado a essa frequência. De notar que as gravações em DSD geralmente não dão muito mais de 30k e a partir daí há um monte de lixo ultrassónico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 17:06

Posso estar descansado com a minha que vai dos 10Hz aos 50KHz. dvil

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MikeF
Membro AAP
avatar

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/07/2010

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 17:21

Olha esta...

Mas isso exige um VTA afinado com uma precisão enorme...

http://www.goldnote.it/wordpress/tuscany-gold-2-2/
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 17:22

Digital Man escreveu:
PALUSE escreveu:
O teu DAC está mostrar as rugas e comparativamente perde a "envolvência".

Atenção que não falava do som... Mas já que falas do meu DAC, ele mostra as rugas mas também mostra as curvas... Talvez eu goste de ver rugas e curvas, mas o certo é que me encontro no pequeno grupo de audiófilos que acredita que nuca mais trocará a fonte principal porque a actual é perfeita. Cool


Ok, apesar da entourage do brinquedo, ninguém lhe tira a velhice dos ICs de conversão e atenção que não sou eu quem vai julgar um rapazinho desses, muito menos com um iFi DSD nano a rodar.


Mas para mim, a dúvida é constante...apesar de não me importar nada de poder ter um.
Por exemplo. como é que esse rapazinho tocará comparativamente ao Gryphon Kalliope, com o mesmo "bit depth e sample rate" para ambos?

Voltar ao Topo Ir em baixo
MikeF
Membro AAP
avatar

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/07/2010

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 18:09

Paluse,

no próximo fds vais ouvir uma topologia bem mais interessante para reproduzir digital...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 20:11

PALUSE escreveu:

Ok, apesar da entourage do brinquedo, ninguém lhe tira a velhice dos ICs de conversão e atenção que não sou eu quem vai julgar um rapazinho desses, muito menos com um iFi DSD nano a rodar.

Ora aí é que está - os conversores são os PCM1704 que não são muito velhos e foram dos últimos a converter bem redbook, a par com os mais antigos PCM63.

Agora, o mais estranho é que os DACs modernos que ouvi até agora não têm qualquer hipótese a tocar CD. É como se estivessem otimizados para alta resolução?! scratch

O som dos leitores de CD foi sempre melhorando desde a nascença até há cerca de 10 anos atrás e a partir daí começou a andar para trás.
Voltar ao Topo Ir em baixo
MikeF
Membro AAP
avatar

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/07/2010

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 20:31

Digital: terá sido a altura em que praticamente desapareceram as drives dedicadas de CDs e a maioria dos leitores passou a usar drives com clocks optimizados para video?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 20:51

MikeF escreveu:
Digital: terá sido a altura em que praticamente desapareceram as drives dedicadas de CDs e a maioria dos leitores passou a usar drives com clocks optimizados para video?

Sim, creio que sim. A maioria dos fabricantes deixou de ter máquinas dedicadas a CD por essa altura. Apareceram os SACD e os multi-formato, logo seguidos dos DACs de alta resolução. Ainda assim houve uns quantos que mantiveram uma aposta no CD e também no PCM1704.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 21:06

Digital Man escreveu:
PALUSE escreveu:

Ok, apesar da entourage do brinquedo, ninguém lhe tira a velhice dos ICs de conversão e atenção que não sou eu quem vai julgar um rapazinho desses, muito menos com um iFi DSD nano a rodar.

Ora aí é que está - os conversores são os PCM1704 que não são muito velhos e foram dos últimos a converter bem redbook, a par com os mais antigos PCM63.

Agora, o mais estranho é que os DACs modernos que ouvi até agora não têm qualquer hipótese a tocar CD. É como se estivessem otimizados para alta resolução?!  scratch

O som dos leitores de CD foi sempre melhorando desde a nascença até há cerca de 10 anos atrás e a partir daí começou a andar para trás.

Orquestra
Essa ideia ainda sobrevive no DAC da AMR, o DP-777, que tem um DAC especifico para Red Book e outro mais moderno para o resto da tralha.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 21:15

PALUSE escreveu:
Orquestra
Essa ideia ainda sobrevive no DAC da AMR, o DP-777, que tem um DAC especifico para Red Book e outro mais moderno para o resto da tralha.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 21:17

António José da Silva escreveu:
Posso estar descansado com a minha que vai dos 10Hz aos 50KHz. dvil

Como é possível ler no mito #5 do post #1 deste tópico sobre a resposta em freq. do vinil, essa resposta teórica raramente é verificável no mundo real.
Além das limitações aí identificadas ligadas à gravação, gira-discos e pré de phono, somam-se ainda estas duas:

- Os amplificadores a válvulas começam normalmente a "esmorecer" após os 20KHz (e muitos deles um pouco antes dos 20KHz)  dvil
- A maioria dos tweeters começa a "perder a voz" a partir dos 20KHz.

smedley

Amigo AJS, tem que ter cuidado com essas afirmações porque assim é que nascem os mitos... dvil dvil dvil
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 21:33

Com todos os mitos continuo a preferir o vinil
há contudo um mito que é verdadeiro
"todos os sons são analógicos tal como o vinil"
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 22:05

Digital Man escreveu:
Onde o CD não bate o vinil é na envolvente, como a cerimónia nobre que consiste o processo de carregamento do disco. A envolvente também melhora a experiência...   Twisted Evil

Fazendo uma analogia com o café, no que respeita à envolvente:

Vinil:


CD:


Reparem que o café pode ser exatamente o mesmo, mas o de cima vai saber melhor... dvil


Alguns leitores CD com carregamento no topo e com peso, dão um "cheirinho" do processo de carregamento de um vinil. Exemplo:

Eu tive um leitor que obrigava a atarrachar o CD ao veio com uma porca em acrílico...



Era muito bonito mas obrigava a accionar a leitura da tabela de conteúdos (TOC) antes de começar a ouvir cada CD...era uma seca.


Última edição por ricardo onga-ku em Dom Nov 16 2014, 22:09, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 22:08

Digital Man escreveu:
PALUSE escreveu:

Ok, apesar da entourage do brinquedo, ninguém lhe tira a velhice dos ICs de conversão e atenção que não sou eu quem vai julgar um rapazinho desses, muito menos com um iFi DSD nano a rodar.

Ora aí é que está - os conversores são os PCM1704 que não são muito velhos e foram dos últimos a converter bem redbook, a par com os mais antigos PCM63.

Agora, o mais estranho é que os DACs modernos que ouvi até agora não têm qualquer hipótese a tocar CD. É como se estivessem otimizados para alta resolução?!  scratch

O som dos leitores de CD foi sempre melhorando desde a nascença até há cerca de 10 anos atrás e a partir daí começou a andar para trás.


Alguns designers defendem que de um ponto de vista técnico o SACD deve convertido com chip bit-stream.
Algum de vocês já efectuou a comparação?

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1171
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 47
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 22:12

fredy escreveu:
Olá

Uma pergunta que eu faço...

Alguém acredita que tirando uma ou outra excepção... que não deve atingir se calhar 1% alguém grava em estúdio em analógico (fita) nos dias de hoje???
Logo estão a levar com o Digital quer queiram quer não...
Para mim não faz diferença nenhuma...
mantenho a minha... nada é perfeito... nem o Vinil nem o CD...
só quero é ouvir MUSICA
Orquestra

Nem mais!
É o que importa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1171
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 47
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 22:15

Digital Man escreveu:


Vinil:


CD:



Laughing

Edit: ... e com este cafézinho já vou poder participar no sorteio Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 22:51

Digital Man escreveu:


- Os amplificadores a válvulas começam normalmente a "esmorecer" após os 20KHz (e muitos deles um pouco antes dos 20KHz)  dvil


Então já posso estar descansado na célula e no valvulado que vai aos 40KHz. dvil

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7789
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 23:23

António José da Silva escreveu:
Digital Man escreveu:


- Os amplificadores a válvulas começam normalmente a "esmorecer" após os 20KHz (e muitos deles um pouco antes dos 20KHz)  dvil


Então já posso estar descansado na célula e no valvulado que vai aos 40KHz. dvil
pra quê se as colunas não chegam lá?
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 23:27

anibalpmm escreveu:
António José da Silva escreveu:
Digital Man escreveu:


- Os amplificadores a válvulas começam normalmente a "esmorecer" após os 20KHz (e muitos deles um pouco antes dos 20KHz)  dvil


Então já posso estar descansado na célula e no valvulado que vai aos 40KHz. dvil
pra quê se as colunas não chegam lá?



Eu não falei das colunas.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 23:30

anibalpmm escreveu:
Com todos os mitos continuo a preferir o vinil
há contudo um mito que é verdadeiro
"todos os sons são analógicos tal como o vinil"

Orquestra
Convém desmistificar a palavra "analógico".
1- Nem é "Anal" nem é "Lógico".  Censored
2-É um erro de tradução da palavras Inglesas "Analog" ou "Analogue" ="Análogo" ou das palavras Francesas "Analogue= Similar" e "Analogique=Análogo".
3-Como podemos deduzir, o termo correcto será Análogo:
a.ná.lo.go
[ɐˈnaluɡu]
Adjetivo
1. Que tem analogia;  semelhante
2. Que provém de factos idênticos
Do grego análogos, «proporcional», pelo latim analŏgu-.

4- A primeira conclusão é que não será igual, será somente semelhante; assim comos todos nós em relação aos nossos semelhantes na espécie humana.
5- Não é continuo na linha temporal, limitada à pequeníssima dimensão dos blocos da matéria que constituem este Universo e que se sabe aos níveis mais pequenos existem enormes distancias proporcionalmente às dimensões desses blocos, ou seja; ao nível atómico a existência é bem mais rala que um queijo suíço ou a farinha do miolo de uma carcaça. Conclui-se que a resolução do "Analógico" não pode ser continuo, assim como o digital. Tem é que se encontrar a frequência de amostragem equiparada à resolução "analógica" em função do tempo.
6- Sobre a amplitude acho que os 24 bits já superam o intervalo mínimo conseguido entre dois níveis de voltagem, pelo menos à escala dos 5,66V Pico a Pico ou algo como 0,34uV por cada intervalo possível desde 0V até 5,66V!!!!
  ontopic
Qual será a clivagem mínima de voltagem da fita magnética, dos semicondutores ou das termiónicas?
 lol!


Última edição por PALUSE em Dom Nov 16 2014, 23:35, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 23:31

Digital Man escreveu:
António José da Silva escreveu:
Posso estar descansado com a minha que vai dos 10Hz aos 50KHz. dvil

Como é possível ler no mito #5 do post #1 deste tópico sobre a resposta em freq. do vinil, essa resposta teórica raramente é verificável no mundo real.
Além das limitações aí identificadas ligadas à gravação, gira-discos e pré de phono, somam-se ainda estas duas:

- Os amplificadores a válvulas começam normalmente a "esmorecer" após os 20KHz (e muitos deles um pouco antes dos 20KHz)  dvil
- A maioria dos tweeters começa a "perder a voz" a partir dos 20KHz.

E os ouvidos? cyclops

António, esquece-mo-nos de medir a resposta dos ouvidos. What a Face
No outro dia passei um tom de teste de 19kHz; não ouvi nada mas os meus filhos começaram aos berros...e não é que tinha o volume demasiado alto.

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 23:38

anibalpmm escreveu:
António José da Silva escreveu:
Digital Man escreveu:


- Os amplificadores a válvulas começam normalmente a "esmorecer" após os 20KHz (e muitos deles um pouco antes dos 20KHz)  dvil


Então já posso estar descansado na célula e no valvulado que vai aos 40KHz. dvil
pra quê se as colunas não chegam lá?


Nem os ouvidos!!! lol!

Mas se o AJS tiver gatos, eles vão gostar:


smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 23:46

ricardo onga-ku escreveu:
Digital Man escreveu:
António José da Silva escreveu:
Posso estar descansado com a minha que vai dos 10Hz aos 50KHz. dvil

Como é possível ler no mito #5 do post #1 deste tópico sobre a resposta em freq. do vinil, essa resposta teórica raramente é verificável no mundo real.
Além das limitações aí identificadas ligadas à gravação, gira-discos e pré de phono, somam-se ainda estas duas:

- Os amplificadores a válvulas começam normalmente a "esmorecer" após os 20KHz (e muitos deles um pouco antes dos 20KHz)  dvil
- A maioria dos tweeters começa a "perder a voz" a partir dos 20KHz.

E os ouvidos? cyclops

António, esquece-mo-nos de medir a resposta dos ouvidos. What a Face
No outro dia passei um tom de teste de 19kHz; não ouvi nada mas os meus filhos começaram aos berros...e não é que tinha o volume demasiado alto.

R

Ainda não tinha chegado a este post... Eu diria que o AJS tem pouco mais de 30 anos, ainda é capaz de ouvir bem até aos 17KHz... dvil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Dom Nov 16 2014, 23:59

PALUSE escreveu:
anibalpmm escreveu:
Com todos os mitos continuo a preferir o vinil
há contudo um mito que é verdadeiro
"todos os sons são analógicos tal como o vinil"

Orquestra
Convém desmistificar a palavra "analógico".
1- Nem é "Anal" nem é "Lógico".  Censored
2-É um erro de tradução da palavras Inglesas "Analog" ou "Analogue" ="Análogo" ou das palavras Francesas "Analogue= Similar" e "Analogique=Análogo".
3-Como podemos deduzir, o termo correcto será Análogo:
a.ná.lo.go
[ɐˈnaluɡu]
Adjetivo
1. Que tem analogia;  semelhante
2. Que provém de factos idênticos
Do grego análogos, «proporcional», pelo latim analŏgu-.

4- A primeira conclusão é que não será igual, será somente semelhante; assim comos todos nós em relação aos nossos semelhantes na espécie humana.
5- Não é continuo na linha temporal, limitada à pequeníssima dimensão dos blocos da matéria que constituem este Universo e que se sabe aos níveis mais pequenos existem enormes distancias proporcionalmente às dimensões desses blocos, ou seja; ao nível atómico a existência é bem mais rala que um queijo suíço ou a farinha do miolo de uma carcaça. Conclui-se que a resolução do "Analógico" não pode ser continuo, assim como o digital. Tem é que se encontrar a frequência de amostragem equiparada à resolução "analógica" em função do tempo.
6- Sobre a amplitude acho que os 24 bits já superam o intervalo mínimo conseguido entre dois níveis de voltagem, pelo menos à escala dos 5,66V Pico a Pico ou algo como 0,34uV por cada intervalo possível desde 0V até 5,66V!!!!
  ontopic
Qual será a clivagem mínima de voltagem da fita magnética, dos semicondutores ou das termiónicas?
 lol!

É um fenómeno curioso, mas muitas pessoas que têm um som melaço e rouco, praticamente sem agudos, tudo redondinho mas fácil no ouvido; ao passar a ouvir um sistema de alta definição, com ampla resposta em frequência, detalhe, e silêncios entre os sons, a sua reação é normalmente «Este sistema deve estar avariado - é ultra-analítico e soa terrivelmente mal comparado com o meu!»

Para alguém que está está habituado a ver uma imagem desfocada, de repente ver tudo ultra nítido pode incomodar a vista...  dvil

smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Seg Nov 17 2014, 00:28

PALUSE escreveu:


4- A primeira conclusão é que não será igual, será somente semelhante...

Ora nem mais....e mais semelhante não há.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Seg Nov 17 2014, 00:54

Digital Man escreveu:
PALUSE escreveu:
anibalpmm escreveu:
Com todos os mitos continuo a preferir o vinil
há contudo um mito que é verdadeiro
"todos os sons são analógicos tal como o vinil"

Orquestra
Convém desmistificar a palavra "analógico".
1- Nem é "Anal" nem é "Lógico".  Censored
2-É um erro de tradução da palavras Inglesas "Analog" ou "Analogue" ="Análogo" ou das palavras Francesas "Analogue= Similar" e "Analogique=Análogo".
3-Como podemos deduzir, o termo correcto será Análogo:
a.ná.lo.go
[ɐˈnaluɡu]
Adjetivo
1. Que tem analogia;  semelhante
2. Que provém de factos idênticos
Do grego análogos, «proporcional», pelo latim analŏgu-.

4- A primeira conclusão é que não será igual, será somente semelhante; assim comos todos nós em relação aos nossos semelhantes na espécie humana.
5- Não é continuo na linha temporal, limitada à pequeníssima dimensão dos blocos da matéria que constituem este Universo e que se sabe aos níveis mais pequenos existem enormes distancias proporcionalmente às dimensões desses blocos, ou seja; ao nível atómico a existência é bem mais rala que um queijo suíço ou a farinha do miolo de uma carcaça. Conclui-se que a resolução do "Analógico" não pode ser continuo, assim como o digital. Tem é que se encontrar a frequência de amostragem equiparada à resolução "analógica" em função do tempo.
6- Sobre a amplitude acho que os 24 bits já superam o intervalo mínimo conseguido entre dois níveis de voltagem, pelo menos à escala dos 5,66V Pico a Pico ou algo como 0,34uV por cada intervalo possível desde 0V até 5,66V!!!!
  ontopic
Qual será a clivagem mínima de voltagem da fita magnética, dos semicondutores ou das termiónicas?
 lol!

É um fenómeno curioso, mas muitas pessoas que têm um som melaço e rouco, praticamente sem agudos, tudo redondinho mas fácil no ouvido; ao passar a ouvir um sistema de alta definição, com ampla resposta em frequência, detalhe, e silêncios entre os sons, a sua reação é normalmente «Este sistema deve estar avariado - é ultra-analítico e soa terrivelmente mal comparado com o meu!»

Para alguém que está está habituado a ver uma imagem desfocada, de repente ver tudo ultra nítido pode incomodar a vista...  dvil

smedley


Esse aspeto já poderá ser um pouco subjetivo...
A tendência será para amaciar e aparentemente o som parecer menos dinâmico, pois tornar-se-á menos incomodativo à mesma amplitude. Isso na minha opinião já foi apresentado por mim em alguns posts: será uma das características da evolução do hi-fi.
Há pouco tempo ouvi um amplificador integrado da Avance Acoustic, com DAC integrado etc; mas estava ligado a um leitor de cd da Rotel e umas coluna B&W grandalhonas com unidades de graves em polipropileno e o medio em kevlar como já é apanágio da marca.
O cd em questão é o demo da B&W-Real World que eu depois apanhei em flac. A apresentação era estranha para as minhas referencias. Tudo bastante "contido", mas os extremos lá estavam. O grave é rápido e bem definido, os agudos extensos e bem integrados com os médios. Não gostei do timbre do polipropileno nos graves e da característica "anémica" da banda média que apesar de contida, apresentava algum "grão". A imagem pareceu-me bem decente, pois o espaço envolvente era amplo e as colunas apresentavam-se apontadas de frente e não em triângulo.
Quando ouvi no meu sistema-chasso, claro que é mais aberto , o grave mais pesado, mais agudos, os médios mais "abrilhantados", mas não "senti" o "grão" e o tom anémico da banda média. OK tenho uma sala mais pequena, e as colunas mais perto da parede e mais reflexões, só falta colocar a minha engrenagem numa sala idêntica.
Claro que estas comparações não podem ser feitas sem um aquecimento de mais de 2 horas, sendo 3 horas o inicio da estabilidade. Utilizei os leitores óticos e o iFi nano DSD, que notoriamente está à frente dos restantes digitais uns anitos...
A conclusão deste texto é que somos um animal de hábitos e aposto que com o tempo era capaz de começar a não ter tantas dúvidas sobre o sistema novo depois de ouvir outras obras.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Seg Nov 17 2014, 01:05

António José da Silva escreveu:
PALUSE escreveu:


4- A primeira conclusão é que não será igual, será somente semelhante...

Ora nem mais....e mais semelhante não há.


Claro, como comparar dois jogadores desta selecção:





ontopic
lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64415
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Seg Nov 17 2014, 01:16

PALUSE escreveu:



Claro, como comparar dois jogadores desta selecção:





ontopic
lol!


Caro Paluse, no digita aparecem gajos de seleções diferentes, tal a semelhança.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Seg Nov 17 2014, 08:50

PALUSE escreveu:

A conclusão deste texto é que somos um animal de hábitos e aposto que com o tempo era capaz de começar a não ter tantas dúvidas sobre o sistema novo depois de ouvir outras obras.

Concordo integralmente, tanto que conheci uma pessoa que recebeu um sistema highend de herança mas depois vendeu-o porque gostava mais do som que tinha no carro.  
Naturalmente, o inverso também é verdade, ainda que, para quem estiver habituado a um som com mais informação e menos distorção vai ter muito mais dificuldade em adaptar-se ao sistema inferior porque tem noção clara daquilo que está a perder...

O verdadeiro amante de musica tem mais flexibilidade e não deixa de ouvir certas musicas só porque estão em CD e o seu leitor não é muito bom. dvil
O verdadeiro amante de música até do radio extrai grande prazer, onde existem perdas/desvios assinaláveis para o CD, ainda que do lado de lá esteja a rodar um CD. A começar logo pelos 15KHz...
Agora, mesmo com CD's a devitar 0a e 1s na estação, se for um daqueles rádios com umas boas harmónicas pares (mais distorção portanto), a malta o vinil já é capaz de achar piada porque o som é analógico.. dvil dvil

Isto leva-me a concluir que há espaço para um novo tipo de equipamento no mercado - o "vinilizador". No fundo é um pequeno DSP com um programa específico que injeta distorções e ruído muito específicas no sinal digital pré-DAC, tornando o som final vinyl-like.
lol!
Ainda que o café tenha o mesmo sabor, a parte das chávenas é que é mais complicada... scratch
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   Seg Nov 17 2014, 09:29

Digital Man escreveu:
É um fenómeno curioso, mas muitas pessoas que têm um som melaço e rouco, praticamente sem agudos, tudo redondinho mas fácil no ouvido; ao passar a ouvir um sistema de alta definição, com ampla resposta em frequência, detalhe, e silêncios entre os sons, a sua reação é normalmente «Este sistema deve estar avariado - é ultra-analítico e soa terrivelmente mal comparado com o meu!»

Para alguém que está está habituado a ver uma imagem desfocada, de repente ver tudo ultra nítido pode incomodar a vista...  dvil

smedley



Também é comum que os audiófilos habituados a monitoras com pouca extensão das baixas frequências achem o grave das colunas "full-range" demasiado gordo e arrastado...

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Os 10 Mitos do Vinil   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Os 10 Mitos do Vinil
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Os 10 Mitos do Vinil
» Discos de vinil para venda
» Corte e Prensagem de vinil
» ERIC CLAPTON VINIL
» Vinil: Lojas on-line

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Phono Geral-
Ir para: