Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Linn Sondek LP12

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 18:18

É incrível a quantidade de gira-discos que se vendem agora acima dos 10K ou mesmo acima dos 20K. Acima dos 50K há bastantes e até há alguns modelos que custam mais de 100K!  Shocked

A lista de gira-discos recomendados da Stereophile de 2013 é proibitivamente cara. Nas primeiras três classes o gira-discos mais barato custa $4.5K. A maior parte anda ali pelos $20K e alguns atiram-se para cima dos $100K.

Quer isto dizer que o audiófilo com bolsa normal (digamos com 1K para comprar um gira-discos) que queira comprar um equipamento de elevada prestação está tramado... A não ser que encontre um bom modelo vintage em bom estado à venda por 1K... Ou existem também modelos novos de 1K muito bons que a Stereophile não analisou?

Para o audiófilo com os bolsos recheados, aparentemente não é necessário gastar $150K para ter um gira de topo - Na classe A está o Linn Sondek LP12, with Lingo power supply: $5010.
Por incrível que pareça, a Stereophile considera-o da mesma classe do Brinkmann Balance: $24,700, Onedof turntable: $150,000, Oracle Delphi Mk.VI: $15,650, SME 20/12: $22,500, with 312S tonearm, Spiral Groove SG1.1: $25,000 without tonearm, Spiral Groove SG2: $15,000, TechDAS Air Force One: $97,000, VPI HR-X: $13,000, with tonearm, VPI Super Scoutmaster Reference Rim Drive: $10,000, Wave Kinetics NVS Reference: $45,000, mas está um pouco abaixo do Continuum Audio Labs Caliburn: $149,995 with tonearm and stand...

O nome do modelo não é novo - vem de 1972.


O palmarés deste leitor é impressionante:

Em 2002 a Stereophile elaborou a lista dos componentes hi-fi mais importantes dos últimos 40 anos e a versão de 1984 do Linn Sondek LP12 ficou em nº1, à frente de amplificadores, colunas e outros pratos.

As versões de 2004 e de 2007 foram eleitas pela Stereophile como fonte analógica do ano.

Em 2006 recebeu o galardão " "the most important hi-fi components ever sold in the UK" da Hi-fi choice.

E já agora, A Absolute Sound em 2011, como "Most Significant Turntables of All Time".

O nome manteve-se mas o aparelho foi tendo alguns retoques ao longo dos últimos 40 anos.. uns mais superficiais do que outros, quem sabe se todos para melhor... A versão atual será idêntica à de 2001 em que pela primeira vez o motor foi substituído...

1972, LP12 turntable introduced.
1974, Main bearing liner changed. Sub-chassis strengthened by addition of strap, spot welded in place. Motor control circuit changed from terminal strip to small PCB. Mains switch changed from two buttons to single with mains neon. [s/n 2,000]
1978, Top plate modified adding two holes for 6 x 0.5 self tappers into wood block. [23,000]
1979, Lid prop removed, hinges changed to spring loading. [27,000]
1981, February. Nirvana mechanical components. [32,826]
1982, May. Valhalla crystal-driven electronic power supply made standard. [38,794]
1984, Enlarged plinth corner bracing. [53,000]
1984, June. Sub-chassis strengthening bar epoxy glued instead of spot welded. [54,101]
1985, August. Cap head screws on bearing housing. [60,383]
1985, September. Diode modification to Valhalla board [61,090]
1985, December. Strengthening blocks on corners of plinth.
1986, May. New clear lid.
1986, Suspension springs improved.
1987, March. New bearing housing, New Formica and MDF armboard. [69,161]
1987, April. New springs. [69,591]
1987, Bearing improved with better lining material and tighter tolerances. Change to black oil. Suspension springs ground to improved tolerance. Arm board composition improved. [70,000]
1989, Motor thrust pad changed. Valhalla surge guard modification. PCB mains lead (UK). [79,700]
1989, New MDF armboard, laminated top and bottom. [79,160]
1989, Harder suspension grommets fitted. [81,000]
1990, External Lingo power supply available as add-on.
1991, motor thrust pad cap added to Lingo models. [87,047]
1991, Valhalla board prototype with 45RPM (never went into production) [87,047]
1991, motor thrust pad cap added to Valhalla models. [87,206]
1991, Introduction of LP12 Basik, a stripped down version of the turntable [87,672]
1991, Solid base board replaces hardboard. [87,672]
1991, Trampolin base board with isolating feet available as an option [87,672].
1992, Improved top plate fixing. [88,950]
1993, Cirkus upgrade (larger and better machined inner platter and new bearing, new springs, armboard, belt) fitted as standard. [90,582]
1997, a limited edition commemorative LP12 was created to mark the 25th anniversary of the LP12. Amongst other features, it bears a plaque etched with the signature of Linn's founder Ivor Tiefenbrun.
2000, 4th bolt added near motor on top plate, fitted as standard. Required extra cross beam on plinth.
2001, New motor used (first new motor since original 1972).
2002, Maple plinth introduced adding to existing black, walnut, rosewood and afromosia options.
2013, Full-spec limited-edition (40 in all) 40th anniversary LP12, plinth made from oak casks from Highland Park distillery, priced at £25,000.[20]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3285
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 19:19

Digital Man escreveu:

...
1991, Trampolin base board with isolating feet available as an option [87,672].
...


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 20:06

Limited Edition - 40th Anniversary (40 unidades)





Esta ideia não será original. A Pioneer também já tinha usado a madeira de barris de whisky envelhecido numas mini-monitoras:


smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4041
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 55
Localização : Casal do Marco - Seixal

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 20:08

Olá
Sinceramente nunca ouvi o gira em questão, e sei que é do agrado de muitos, mas... também já ouvi dizer a quem já o teve que foi o pior gira que alguma vez teve...

O audio é tramado... o que uns adoram outros detestam...

Fredie
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64193
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 20:25

Já o ouvi muitas vezes, e é bem pior do que o preço pedido, e bem melhor do que muitos querem fazer crer.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 20:26

fredy escreveu:
Olá
Sinceramente nunca ouvi o gira em questão, e sei que é do agrado de muitos, mas... também já ouvi dizer a quem já o teve que foi o pior gira que alguma vez teve...

O audio é tramado... o que uns adoram outros detestam...

Fredie

Não fico surpreendido...

Pode parecer estranho, mas já tive amigos que se 'viciaram' numa sonoridade. Houve um que gostava do som melaço e arrastado do sistema que ouvia há anos e achava desagradável o som de um sistema mais detalhado, dinâmico, e com realismo tonal.

Depois é preciso ver as coleções musicais... equipamentos diferentes podem favorecer mais um tipo ou outro.

A (in)compatibilidade entre componentes também pode levar a juízos precipitados.

Por fim, todos os componentes estariam em bom estado e operacionais?

Mesmo no mercado de usados estes LP12 não são baratos, exceto os mais antigos e/ou maltratados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 20:36

António José da Silva escreveu:
Já o ouvi muitas vezes, e é bem pior do que o preço pedido, e bem melhor do que muitos querem fazer crer.

Verifiquei que se vendem updates e acessórios de vários tipos, usados e novos, e de várias origens, o que é natural dado que o modelo deve ter uma base de utilizadores muito grande. Possivelmente algumas dessas peças poderão ajudar a melhorar o desempenho...

Possivelmente também haverá diferenças importantes entre as várias versões que foram saindo ao longo dos 40 anos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 21:06

Sistema com fonte LP12 com braço Ekos. A gravação é muito má mas consegue-se inferir a atmosfera tridimensional criada pelos SE.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2104
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 21:08

fredy escreveu:
Olá
Sinceramente nunca ouvi o gira em questão, e sei que é do agrado de muitos, mas... também já ouvi dizer a quem já o teve que foi o pior gira que alguma vez teve...

O audio é tramado... o que uns adoram outros detestam...

Fredie

Pois é tens toda a razão! O áudio é tramado! Como tu sabes eu sou daqueles que o detestam, como já o disse aqui algumas vezes. Pedi durante muitos anos perdão ao meu querido Thorens td 160.

António José da Silva escreveu:
Já o ouvi muitas vezes, e é bem pior do que o preço pedido, e bem melhor do que muitos querem fazer crer.

Pois é António Twisted Evil O pior é realmente o preço que ele custa. O que é caro tem a obrigação de ser realmente bom! Mesmo sabendo-se que ser caro nem sempre é significado ou certificado de qualidade (cada vez menos o é), isso não impede que o exijamos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 22:20


Olá a todos.
A questão sobre o LP12 será: O aparelho toca mesmo bem ou não?
Será mais um dos cultos ou fetiches criados pelos media do Hi-Fi, com a Linn a faturar o "belo" e a investir no arranjo mediático??

Ouvi um bocadinho dele na última áudio e não fiquei com o ouvido em estado de "alerta".
smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
ViciAudio
Membro AAP


Mensagens : 494
Data de inscrição : 13/03/2012
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Ter Set 02 2014, 22:42

Se com 1000 euros já se compra um excelente gira-discos com performance de alta qualidade (enfim não direi de referência nem de topo, mas de qualquer forma a um nível muito alto)? Claro que sim Smile

Desde que muito bem "casado" e integrado com os componentes correctos e no sistema certo, bem afinado e suportado, 1000 euros chegam e sobram.

Não tenho nada contra as máquinas de 10k ou por aí fora hehehehe antes pelo contrário, mas não são de forma nenhuma condição necessária para se ter som fabuloso do vinil.

E para se ter som que já considero de referência, verdadeira performance de topo, abaixo dos 5000 euros há muita coisa... Wink

Sobre o Linn, eu gosto muito e já os ouvi tocar maravilhosamente, mas eu sou "alérgico" a coisas que exigem muita afinação e que se mexem etc etc hehehehe pelo mesmo motivo nunca seria capaz de ter um Well Tempered Labs... comigo é "keep it simple & static & well setup only once & extremely good & just play music"

Very Happy


Última edição por ViciAudio em Qua Set 03 2014, 00:15, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 00:02

fredy escreveu:
Olá
Sinceramente nunca ouvi o gira em questão, e sei que é do agrado de muitos, mas... também já ouvi dizer a quem já o teve que foi o pior gira que alguma vez teve...

O audio é tramado... o que uns adoram outros detestam...

Fredie

Se estiver desafinado é simplesmente mau, e desafina com bastante facilidade.
Já o Axis e o Basik são inferiores mas não sofrem desse mal.



Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 00:06

Digital Man escreveu:
Sistema com fonte LP12 com braço Ekos. A gravação é muito má mas consegue-se inferir a atmosfera tridimensional criada pelos SE.


Olha umas Proac, o meu Linn dá-se bem com as Proac.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 07:51

ViciAudio escreveu:
Se com 1000 euros já se compra um excelente gira-discos com performance de alta qualidade (enfim não direi de referência nem de topo, mas de qualquer forma a um nível muito alto)? Claro que sim Smile

Desde que muito bem "casado" e integrado com os componentes correctos e no sistema certo, bem afinado e suportado, 1000 euros chegam e sobram.

Não tenho nada contra as máquinas de 10k ou por aí fora hehehehe antes pelo contrário, mas não são de forma nenhuma condição necessária para se ter som fabuloso do vinil.

E para se ter som que já considero de referência, verdadeira performance de topo, abaixo dos 5000 euros há muita coisa... Wink

Sobre o Linn, eu gosto muito e já os ouvi tocar maravilhosamente, mas eu sou "alérgico" a coisas que exigem muita afinação e que se mexem etc etc hehehehe pelo mesmo motivo nunca seria capaz de ter um Well Tempered Labs... comigo é "keep it simple & static & well setup only once & extremely good & just play music"

Very Happy

O aspeto da afinação é um dado importante, de que eu não tinha conhecimento.

Já agora, como sou leigo no domínio dos gira-discos, exatamente porque os que gostei mesmo de ouvir estavam para além da minha bolsa e entretanto a coleção de CD's foi crescendo... atrevo-me a perguntar que gira-discos há por aí, novos ou usados, de preços mais acessíveis?

E, já agora, que não precisem de ser afinados cada vez que toca um disco... Cool De que tipo de afinação estamos a falar? Há afinações que são muito fáceis e rápidas, como por exemplo afinar o bias de um amplificador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3285
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 10:21

Digital Man escreveu:
...

E, já agora, que não precisem de ser afinados cada vez que toca um disco... Cool De que tipo de afinação estamos a falar? Há afinações que são muito fáceis e rápidas, como por exemplo afinar o bias de um amplificador.

Os giras com menos afinagens, continuam a ser os Rega com célula da mesma marca, ou os ProJect...

As afinagens clàssicas são:

A suspensão para os giras suspendidos

O peso de apoio da célula

O antiskating do braço e o azimute horizontal e vertical da célula no braço...

Penso que haja especialistas, ou lojas, que o façam no seu lugar se não souber

Até+

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 10:55

TD124 escreveu:
Digital Man escreveu:
...

E, já agora, que não precisem de ser afinados cada vez que toca um disco... Cool De que tipo de afinação estamos a falar? Há afinações que são muito fáceis e rápidas, como por exemplo afinar o bias de um amplificador.

Os giras com menos afinagens, continuam a ser os Rega com célula da mesma marca, ou os ProJect...

As afinagens clàssicas são:

A suspensão para os giras suspendidos

O peso de apoio da célula

O antiskating do braço e o azimute horizontal e vertical da célula no braço...

Penso que haja especialistas, ou lojas, que o façam no seu lugar se não souber

Até+

O que tem piada é aprender a fazer essas operações, desde que não envolva equipamento que eu não tenha à mão.

Ali nos 80s/90s alguns amigos tinham Regas. Tinham sido baratos e não eram maus.

E dentro os Regas, será melhor comprar usado ou novo? O autor deste artigo é da opinião que embora possam existir melhores gira-discos na atualidade, quando se mete o preço na equação os antigos ganham:

http://best-turntables.com/old-turntables-vs-new-turntables/ escreveu:
We think old turntables offer far and away the best bang for buck. They can often be found for peanuts, and if there’s someone around who can fix it up to near-new condition, or if you can do it up yourself, it’ll still produce better sound than a new turntable.

Curiosamente, o Linn LP12 e o Rega P9 são ambos referidos no artigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3285
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 12:09

Digital Man escreveu:
...

O que tem piada é aprender a fazer essas operações, desde que não envolva equipamento que eu não tenha à mão.

Uma balança digital para agulhas (20 a 40€), um alicate pequeno, chave de fendas pequena e uma bolha de ar pequena... jà deve chegar para afinar a coisa!

Ali nos 80s/90s alguns amigos tinham Regas. Tinham sido baratos e não eram maus.

E dentro os Regas, será melhor comprar usado ou novo? O autor deste artigo é da opinião que embora possam existir melhores gira-discos na atualidade, quando se mete o preço na equação os antigos ganham:

Continua a ser uma questão complexa, e depende do destino que quer dar ao seu gira, pois a integração num sistema de topo, médio ou de entrada, vai exigir escolhas diferentes. Um gira antigo é em média mais barato, mas se estiver em mau estado pode vir a sair caro, ora que um novo està garantido. Pensar que o som do vinilo é a soma do gira/braço/célula/andar de phono, e que o elemento mais baixo vai condicionar o desempenho total da escuta. Um gira antigo ou novo, deve se assegurar que o braço seja de qualidade e adaptado à maioria das células, afim de escolher com tranquilidade a que mais lhe agradar. Os Thorens, SystemDeck, Ariston e outros équivalentes são bons exemplos de giras de qualidade antigos, que se vendem a preços intéressantes... creio que hà um Thorens nos classificados feito a novo...

...

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4323
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 50
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 12:24

Digital Man escreveu:
Sistema com fonte LP12 com braço Ekos. A gravação é muito má mas consegue-se inferir a atmosfera tridimensional criada pelos SE.

Não tenho nada contra o LP12 mas com um sistema desses "qualquer" gira-discos brilha!

A quota-parte do Linn no rendimento deste setup é pouco relevante. Neste caso, não duvido que a importância da própria célula (para o resultado final) seja superior ao gira-discos utilizado...

Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 13:09

Mister W escreveu:
Digital Man escreveu:
Sistema com fonte LP12 com braço Ekos. A gravação é muito má mas consegue-se inferir a atmosfera tridimensional criada pelos SE.

Não tenho nada contra o LP12 mas com um sistema desses "qualquer" gira-discos brilha!

A quota-parte do Linn no rendimento deste setup é pouco relevante. Neste caso, não duvido que a importância da própria célula (para o resultado final) seja superior ao gira-discos utilizado...


Não é bem assim no que toca às Proac são bastante reveladoras tanto para o bom como para o mau, depende sempre da fonte que se utiliza.



Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64193
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 14:41

Mister W escreveu:
Digital Man escreveu:
Sistema com fonte LP12 com braço Ekos. A gravação é muito má mas consegue-se inferir a atmosfera tridimensional criada pelos SE.

Não tenho nada contra o LP12 mas com um sistema desses "qualquer" gira-discos brilha!

A quota-parte do Linn no rendimento deste setup é pouco relevante. Neste caso, não duvido que a importância da própria célula (para o resultado final) seja superior ao gira-discos utilizado...




Por muito que queira, não consigo avaliar qualquer tipo de qualidades sonoras em ficheiros youtube.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 14:57

TD124 escreveu:
Continua a ser uma questão complexa, e depende do destino que quer dar ao seu gira, pois a integração num sistema de topo, médio ou de entrada, vai exigir escolhas diferentes. Um gira antigo é em média mais barato, mas se estiver em mau estado pode vir a sair caro, ora que um novo està garantido. Pensar que o som do vinilo é a soma do gira/braço/célula/andar de phono, e que o elemento mais baixo vai condicionar o desempenho total da escuta. Um gira antigo ou novo, deve se assegurar que o braço seja de qualidade e adaptado à maioria das células, afim de escolher com tranquilidade a que mais lhe agradar. Os Thorens, SystemDeck, Ariston e outros équivalentes são bons exemplos de giras de qualidade antigos, que se vendem a preços intéressantes...

Obrigado pelas dicas!

E as máquinas japonesas, como a Sansui, Technics, Sony, Pioneer, ...? Ou ficam num patamar abaixo desses que referiu?
Falo dos japoneses porque aprecio a qualidade de construção e fiabilidade desse equipamento audio ali nos 70's.

Por exemplo, este Sansui SR-939 (76-79) tem muito bom aspeto! http://www.thevintageknob.org/sansui-SR-929.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4323
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 50
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 14:58

António José da Silva escreveu:
Mister W escreveu:
Digital Man escreveu:
Sistema com fonte LP12 com braço Ekos. A gravação é muito má mas consegue-se inferir a atmosfera tridimensional criada pelos SE.

Não tenho nada contra o LP12 mas com um sistema desses "qualquer" gira-discos brilha!

A quota-parte do Linn no rendimento deste setup é pouco relevante. Neste caso, não duvido que a importância da própria célula (para o resultado final) seja superior ao gira-discos utilizado...


Por muito que queira, não consigo avaliar qualquer tipo de qualidades sonoras em ficheiros youtube.

Não é para todos, é preciso ter alguma sensibilidade... extra-sensorial...

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3285
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 15:05

Digital Man escreveu:
...
E as máquinas japonesas, como a Sansui, Technics, Sony, Pioneer, ...? Ou ficam num patamar abaixo desses que referiu?
Falo dos japoneses porque aprecio a qualidade de construção e fiabilidade desse equipamento audio ali nos 70's.

Por exemplo, este Sansui SR-939 (76-79) tem muito bom aspeto! http://www.thevintageknob.org/sansui-SR-929.html

Olà,

sim, são soluções de qualidade, equivalentes segundo o modelo e absolutamente fiàveis...

Esse Sansui não conheço, mas o braço Acos que o equipa é bom, é o "mesmo" que o RB200, o primeiro braço da Rega!...

Até+

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 18:17

Entretanto fui espreitar os preços... A Linn vende o LP12 "deck only" por cerca de GBP 2K. No entanto, é depois possível gastar uma fortuna no braço, cabeça e updates.  

Só para dar uma ideia:

Power Supplies:
• Majik – $600
• Lingo 3 – $1,810
• Radikal – $4,250

Tonearms:
• Akito – $2,400
• Ekos SE – $4,950  Shocked

Phono Cartridges:
• Adikt (moving magnet) – $640  
• Klyde (moving coil) – $1,320  
• Kandid (moving coil) – $4,710  Shocked  

Fonte: http://www.pearlaudiovideo.com/blog/expertise/turntables/upgrades-and-options-for-linn-sondek-lp12/


Já os preços da Rega são mais simpáticos (EUR):

RP1 - 300
RP3 (braço RB303) c/  cabeça Goldring 1006  - 760
RP6 (braço RB303) sem cabeça - 990
RP8 (braço RB808) sem cabeça - 1990
RP10 (braço RB2000) sem cabeça - 3590


Os braços:
RB202 - 250
RB303 - 430
RB808 - 750

As cabeças têm preços para todas as bolsas- Três exemplos:
BIAS2 - 95
EXACT - 299
ALPHETA - 1100

Somando os preços do RP10 c/ Alpheta = 4690!  Shocked

Fonte: http://www.audioteam.pt/

A baixa espessura dos Rega fez-me sempre confusão... scratch
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 49
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 20:42

Em relação aos upgrades do LP12,
o que eu acho mais escandaloso é o upgrade do sub-chassi para o "Keel" por $3,250 (é uma única peça não muito grande em aluminio).

Um roubo!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
nbunuel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2447
Data de inscrição : 07/07/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 20:55

Vendi um linn lp 12 há menos de um mês e foi um dos giras menos interessantes no binómio preço/qualidade que já tive..
Um gira discos que aconselho para um iniciado .. e sem qualquer tipo de afinações e que, quanto a mim, toca melhor que esses Regas, linn, etc etc é um magnífico technics SL
P 7...
Pode ser acusado por grande parte dos "aufiófilos" de ter um som demasiado para o Cd.. o que, quanto a mim não é nenhuma desvantagem!e até toca pendurado na parede!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 21:12

Jorge Ferreira escreveu:
Em relação aos upgrades do LP12,
o que eu acho mais escandaloso é o upgrade do sub-chassi para o "Keel" por $3,250 (é uma única peça não muito grande em aluminio).

Um roubo!!!

Penso que a peça em questão é esta. Nem sequer é maciça, como se pode ver por baixo. Embora a matriz evite a torção da peça, o baixo peso não afecta a vibração integral.


Pelo menos a qualidade visual do Linn não parece justificar o preço, mesmo com o Keel instalado:


O Ekos (que é usado no LP12 do filme anterior) também custa mais que o prato!
Será que a candura da kandid justifica tal preço?!  tongue

Conclusão: Um LP12 artilhado atira-se para os 15K!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe
Membro AAP
avatar

Mensagens : 359
Data de inscrição : 15/02/2012
Idade : 55
Localização : Serra D'Aire & Serra de Bornes

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qua Set 03 2014, 21:59

Jorge Ferreira escreveu:
Em relação aos upgrades do LP12,
o que eu acho mais escandaloso é o upgrade do sub-chassi para o "Keel" por $3,250 (é uma única peça não muito grande em aluminio).

Um roubo!!!

...a minha foi executada pelas minhas mãos utilizando um material estranho às lides: CORIAN, anulando aqueles 3 parafusinhos ridículos que tentam desesperadamente segurar a armboard. Tem no entanto 3 upgrades: um Hércules (quanto a mim superior ao sugerido pela LINN, e por menos €), uma esfera cerâmica no motor adquirida no mercado Nacional e uns pézinhos a condizer. Agrada-me o resultado
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://luisgomes@agostinhos.com.pt
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Qui Set 04 2014, 22:46

Eu gosto muito do meu Linn Axis, logicamente que joga noutro campeonato mas dificilmente me desfaço dele já mora cá em casa desde os anos 90.
O meu já trazia o braço Akito e o selctor de velocidade electrónico como os LP12 mais recentes.
A célula é uma AT OC3 MC  



Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64193
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 00:47

ducar escreveu:
Eu gosto muito do meu Linn Axis, logicamente que joga noutro campeonato mas dificilmente me desfaço dele já mora cá em casa desde os anos 90.
O meu já trazia o braço Akito e o selctor de velocidade electrónico como os LP12 mais recentes.
A célula é uma AT OC3 MC  






Merecia uma cómoda mais bonita.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 11:44

António José da Silva escreveu:
ducar escreveu:
Eu gosto muito do meu Linn Axis, logicamente que joga noutro campeonato mas dificilmente me desfaço dele já mora cá em casa desde os anos 90.
O meu já trazia o braço Akito e o selctor de velocidade electrónico como os LP12 mais recentes.
A célula é uma AT OC3 MC  






Merecia uma cómoda mais bonita.  

O meu (mau) gosto diz o contrário - o fabuloso móvel merecia um Linn com um ar menos 'sintético'!

O móvel não só é imponente como até já tem reforço anti-vibração. Além disso, não se confunda boa madeira com MDF... ou plástico.

O Linn só precisa de ir ao alfaiate escolher um fato compatível para ir com a sua companheira ao concerto:
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 11:50

António José da Silva escreveu:
ducar escreveu:
Eu gosto muito do meu Linn Axis, logicamente que joga noutro campeonato mas dificilmente me desfaço dele já mora cá em casa desde os anos 90.
O meu já trazia o braço Akito e o selctor de velocidade electrónico como os LP12 mais recentes.
A célula é uma AT OC3 MC  






Merecia uma cómoda mais bonita.  

Isto não é uma comoda é uma mesa que faz conjunto com uma mobília de escritório onde tenho instalado o sistema principal.



Última edição por ducar em Sex Set 05 2014, 11:57, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 11:55

Digital Man escreveu:
António José da Silva escreveu:
ducar escreveu:
Eu gosto muito do meu Linn Axis, logicamente que joga noutro campeonato mas dificilmente me desfaço dele já mora cá em casa desde os anos 90.
O meu já trazia o braço Akito e o selctor de velocidade electrónico como os LP12 mais recentes.
A célula é uma AT OC3 MC  






Merecia uma cómoda mais bonita.  

O meu (mau) gosto diz o contrário - o fabuloso móvel merecia um Linn com um ar menos 'sintético'!



O móvel não só é imponente como até já tem reforço anti-vibração. Além disso, não se confunda boa madeira com MDF... ou plástico.

O Linn só precisa de ir ao alfaiate escolher um fato compatível para ir com a sua companheira ao concerto:

Não gosto de tunings gosto dos equipamentos originais.

Vá-lá que as colunas são ao teu gosto porque são folheadas a madeira natural senão tinha que deitar as caixas fora para fazer umas em madeira.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 13:06

ducar escreveu:


Não gosto de tunings gosto dos equipamentos originais.

Vá-lá que as colunas são ao teu gosto porque são folheadas a madeira natural senão tinha que deitar as caixas fora para fazer umas em madeira.


Mas esse aparelho tem tuning cosmético feito pela Linn! O LP12 sempre teve originalmente estrutura em madeira. Faz parte do DNA do modelo. O mais típico e característico num LP12 é ter a cor da matéria prima usada na estrutura. Desvios, seja para preto ou vermelho, feitos pela Linn ou pelo proprietário são tuning cosmético para agradar modas.  tongue


Essa dedução sobre os meus gostos está errada. Eu não tenho qualquer gosto privilegiado pelo folheado natural da madeira - depende 100% do espaço onde vai ser integrada a coluna/peça.

Já agora, se algum dia fores deitar essa mesa fora, eu trato de toda a logística sem encargos! Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64193
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 13:45

ducar escreveu:


Isto não é uma comoda é uma mesa que faz conjunto com uma mobília de escritório onde tenho instalado o sistema principal.





Pronto, deixa de ser uma comoda feia e passa a ser uma mesa horrorosa.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 16:14

Digital Man escreveu:
ducar escreveu:


Não gosto de tunings gosto dos equipamentos originais.

Vá-lá que as colunas são ao teu gosto porque são folheadas a madeira natural senão tinha que deitar as caixas fora para fazer umas em madeira.


Mas esse aparelho tem tuning cosmético feito pela Linn! O LP12 sempre teve originalmente estrutura em madeira. Faz parte do DNA do modelo. O mais típico e característico num LP12 é ter a cor da matéria prima usada na estrutura. Desvios, seja para preto ou vermelho, feitos pela Linn ou pelo proprietário são tuning cosmético para agradar modas.  tongue



Essa dedução sobre os meus gostos está errada. Eu não tenho qualquer gosto privilegiado pelo folheado natural da madeira - depende 100% do espaço onde vai ser integrada a coluna/peça.

Já agora, se algum dia fores deitar essa mesa fora, eu trato de toda a logística sem encargos! Cool

Tens aqui uma foto do sistema, as Proac infelizmente não se vêm muito bem mas têm acabamento em nogueira, quando as comprei existiam vários tipo de acabamentos, que me recorde era preto, cerejeira, nogueira, a escolha recaiu pela nogueira, as Dali para o AV tanto a central e os canais traseiros são cerejeira
Aproveitei e mandei fazer uma arca sem costas para ter fácil acesso para montar os Audiolab e o Nakamichi.






Voltar ao Topo Ir em baixo
JCF
Membro AAP


Mensagens : 218
Data de inscrição : 08/07/2010
Idade : 54
Localização : Alfragide

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 16:41

Por acaso entre os vários GD que passaram por minha casa, um deles foi um Axis com braço Akito. Comprei-o barato e vendi-o por pouco mais mas levou uma Nagaoka quase nova.

O LINN Axis estava no geral em bastante bom estado, sem riscos ou sinais de uso. Não era feio e o aspecto dele era o de um aparelho bem concebido. O motor não estava na mesma board do prato e do braço o que ajudava a controlar vibrações e ruido. O isolamento era por borrachas e não por molas como no LP 12.

As rotações não estavam certas mas foram ajustadas nuns parafusos por baixo. A placa onde estava o rolamento e o braço tambem não estavam bem alinhados com a estrutura.

Em termos de som era relativamente neutro e pouco emocionante. Era mais ou menos certinho mas não me impressionou especialmente.

Vendi-o basicamente por dois motivos:

1-A fonte de alimentação e controlo da velocidade do motor tendiam a ter avarias dispendiosas e eram fonte de preocupação.

2-O braço Akito é conhecido por ter problemas nos rolamentos do movimento horizontal de braço e o meu efectivamente tinha esses problemas. Não afectavam a reprodução pelo menos de forma evidente, a agulha não saltava dos sulcos, reproduzia os LP do inicio ao fim sem problemas. Apenas se notava que sem antiskating e com o braço em equilíbrio (sem aplicar tracking force) havia umas resistências ao avanço em alguns pontos. Como se a pista onde funciona o rolamento estivesse as ondas. Ao dar um pequeno toque no braço ele avançava, encontrava a resistência e recuava. Se colocasse um valor baixo no antiskating o braço voltava ao descanso sem grandes hesitações.

Fiz este teste em pelo menos mais um braço Akito que revelou o mesmo problema. Segundo li esta anomalia afectou os Akitos feitos no Japão pela Jelco. Posteriormente saiu uma segunda versão mais cara feita no Reino Unido que aparentemente era melhor e não afectada por esta anomalia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 16:51

ducar escreveu:

Tens aqui uma foto do sistema, as Proac infelizmente não se vêm muito bem mas têm acabamento em nogueira, quando as comprei existiam vários tipo de acabamentos, que me recorde era preto, cerejeira, nogueira, a escolha recaiu pela nogueira, as Dali para o AV tanto a central e os canais traseiros são cerejeira
Aproveitei e mandei fazer uma arca sem costas para ter fácil acesso para montar os Audiolab e o Nakamichi.






A ideia da arca é excelente. Só uma observação - convém a arca não estar completamente encostada à parede para o ar circular. Mesmo que cada aparelho não aqueça muito são 8 e estão todos aconchegados...


Última edição por Digital Man em Sex Set 05 2014, 16:59, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 16:59

JCF escreveu:
Por acaso entre os vários GD que passaram por minha casa, um deles foi um Axis com braço Akito. Comprei-o barato e vendi-o por pouco mais mas levou uma Nagaoka quase nova.

O LINN Axis estava  no geral em bastante bom estado, sem riscos ou sinais de uso. Não era feio e o aspecto dele era o de um aparelho bem concebido. O motor não estava na mesma board do prato e do braço o que ajudava a controlar vibrações e ruido. O isolamento era por borrachas e não por molas como no LP 12.

As rotações não estavam certas mas foram ajustadas nuns parafusos por baixo. A placa onde estava  o rolamento e o braço tambem não estavam bem alinhados com a estrutura.

Em termos de som era relativamente neutro e pouco emocionante. Era mais ou menos certinho mas não me impressionou especialmente.

Vendi-o basicamente por dois motivos:

1-A fonte de alimentação e controlo da velocidade do motor tendiam a ter avarias dispendiosas e eram fonte de preocupação.

2-O braço Akito é conhecido por ter problemas nos rolamentos do movimento horizontal de braço e o meu efectivamente tinha esses problemas. Não afectavam a reprodução pelo menos de forma evidente, a agulha não saltava dos sulcos, reproduzia os LP do inicio ao fim sem problemas. Apenas se notava que sem antiskating e com o braço em equilíbrio (sem aplicar tracking force) havia umas resistências ao avanço em alguns pontos. Como se a pista onde funciona o rolamento estivesse as ondas. Ao dar um pequeno toque no braço ele avançava, encontrava a resistência e recuava. Se colocasse um valor baixo no antiskating o braço voltava ao descanso sem grandes hesitações.

Fiz este teste em pelo menos mais um braço Akito que revelou o mesmo problema. Segundo li esta anomalia afectou os Akitos feitos no Japão pela Jelco. Posteriormente saiu uma segunda versão mais cara feita no Reino Unido que aparentemente era melhor e não afectada por esta anomalia.

O som ser neutro pode não ser mau, já não ter emoção é grave...

As questões de fiabilidade têm para mim a mais alta importância e essas informações são muito úteis.
Curioso é o facto dos braços feitos no Japão serem os defeituosos. Normalmente é o contrário...

Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 17:59

Digital Man escreveu:
ducar escreveu:

Tens aqui uma foto do sistema, as Proac infelizmente não se vêm muito bem mas têm acabamento em nogueira, quando as comprei existiam vários tipo de acabamentos, que me recorde era preto, cerejeira, nogueira, a escolha recaiu pela nogueira, as Dali para o AV tanto a central e os canais traseiros são cerejeira
Aproveitei e mandei fazer uma arca sem costas para ter fácil acesso para montar os Audiolab e o Nakamichi.






A ideia da arca é excelente. Só uma observação - convém a arca não estar completamente encostada à parede para o ar circular. Mesmo que cada aparelho não aqueça muito são 8 e estão todos aconchegados...

Embora não pareça tem cerca de 20 cm de intervalo entre a arca e a parede.
Os powers da Audiolab aquecem muito o dac pouco fica atrás, aquilo tudo junto ligado nem precisa ligar o aquecedor da sala.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64193
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:05

E este LP 12 fica bem em qualquer sala.


http://www.audio-markt.de/_markt/item.php?id=4140305925&

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:08

JCF escreveu:
Por acaso entre os vários GD que passaram por minha casa, um deles foi um Axis com braço Akito. Comprei-o barato e vendi-o por pouco mais mas levou uma Nagaoka quase nova.

O LINN Axis estava  no geral em bastante bom estado, sem riscos ou sinais de uso. Não era feio e o aspecto dele era o de um aparelho bem concebido. O motor não estava na mesma board do prato e do braço o que ajudava a controlar vibrações e ruido. O isolamento era por borrachas e não por molas como no LP 12.

As rotações não estavam certas mas foram ajustadas nuns parafusos por baixo. A placa onde estava  o rolamento e o braço tambem não estavam bem alinhados com a estrutura.

Em termos de som era relativamente neutro e pouco emocionante. Era mais ou menos certinho mas não me impressionou especialmente.

Vendi-o basicamente por dois motivos:

1-A fonte de alimentação e controlo da velocidade do motor tendiam a ter avarias dispendiosas e eram fonte de preocupação.

2-O braço Akito é conhecido por ter problemas nos rolamentos do movimento horizontal de braço e o meu efectivamente tinha esses problemas. Não afectavam a reprodução pelo menos de forma evidente, a agulha não saltava dos sulcos, reproduzia os LP do inicio ao fim sem problemas. Apenas se notava que sem antiskating e com o braço em equilíbrio (sem aplicar tracking force) havia umas resistências ao avanço em alguns pontos. Como se a pista onde funciona o rolamento estivesse as ondas. Ao dar um pequeno toque no braço ele avançava, encontrava a resistência e recuava. Se colocasse um valor baixo no antiskating o braço voltava ao descanso sem grandes hesitações.

Fiz este teste em pelo menos mais um braço Akito que revelou o mesmo problema. Segundo li esta anomalia afectou os Akitos feitos no Japão pela Jelco. Posteriormente saiu uma segunda versão mais cara feita no Reino Unido que aparentemente era melhor e não afectada por esta anomalia.

O meu é mais recente que o teu, a fonte de alimentação é muito semelhante ao do LP12 o braço deve ser o mk2 porque em quase 20 anos nunca tive problemas.
Quanto a células o meu apenas tocou com a AT MC OC3 e recomendo vivamente.
Gravar Vinil com o LInn para o Tascam é sublime meus amigos.


Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:24

Digital Man escreveu:
JCF escreveu:
Por acaso entre os vários GD que passaram por minha casa, um deles foi um Axis com braço Akito. Comprei-o barato e vendi-o por pouco mais mas levou uma Nagaoka quase nova.

O LINN Axis estava  no geral em bastante bom estado, sem riscos ou sinais de uso. Não era feio e o aspecto dele era o de um aparelho bem concebido. O motor não estava na mesma board do prato e do braço o que ajudava a controlar vibrações e ruido. O isolamento era por borrachas e não por molas como no LP 12.

As rotações não estavam certas mas foram ajustadas nuns parafusos por baixo. A placa onde estava  o rolamento e o braço tambem não estavam bem alinhados com a estrutura.

Em termos de som era relativamente neutro e pouco emocionante. Era mais ou menos certinho mas não me impressionou especialmente.

Vendi-o basicamente por dois motivos:

1-A fonte de alimentação e controlo da velocidade do motor tendiam a ter avarias dispendiosas e eram fonte de preocupação.

2-O braço Akito é conhecido por ter problemas nos rolamentos do movimento horizontal de braço e o meu efectivamente tinha esses problemas. Não afectavam a reprodução pelo menos de forma evidente, a agulha não saltava dos sulcos, reproduzia os LP do inicio ao fim sem problemas. Apenas se notava que sem antiskating e com o braço em equilíbrio (sem aplicar tracking force) havia umas resistências ao avanço em alguns pontos. Como se a pista onde funciona o rolamento estivesse as ondas. Ao dar um pequeno toque no braço ele avançava, encontrava a resistência e recuava. Se colocasse um valor baixo no antiskating o braço voltava ao descanso sem grandes hesitações.

Fiz este teste em pelo menos mais um braço Akito que revelou o mesmo problema. Segundo li esta anomalia afectou os Akitos feitos no Japão pela Jelco. Posteriormente saiu uma segunda versão mais cara feita no Reino Unido que aparentemente era melhor e não afectada por esta anomalia.

O som ser neutro pode não ser mau, já não ter emoção é grave...

As questões de fiabilidade têm para mim a mais alta importância e essas informações são muito úteis.
Curioso é o facto dos braços feitos no Japão serem os defeituosos. Normalmente é o contrário...


Do que estavas à espera de uma unidade cheia de defeitos, que toca-se bem?

Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:26

António José da Silva escreveu:
ducar escreveu:


Isto não é uma comoda é uma mesa que faz conjunto com uma mobília de escritório onde tenho instalado o sistema principal.





Pronto, deixa de ser uma comoda feia e passa a ser uma mesa horrorosa.

Tu deves ser um bom cliente do Ikea
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:43

António José da Silva escreveu:
E este LP 12 fica bem em qualquer sala.


http://www.audio-markt.de/_markt/item.php?id=4140305925&

Esse é uma das 40 unidades da série comemorativa dos 40 anos.

Já agora, este botão/leds podiam ter mais estilo:   pirat
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64193
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:47

Digital Man escreveu:


Já agora, este botão/leds podiam ter mais estilo:   pirat



Por uma valor tão baixo, querias o quê? lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:47

Digital Man escreveu:
António José da Silva escreveu:
E este LP 12 fica bem em qualquer sala.


http://www.audio-markt.de/_markt/item.php?id=4140305925&

Esse é uma das 40 unidades da série comemorativa dos 40 anos.

Já agora, este botão/leds podiam ter mais estilo:   pirat

Olha o botão selector de velocidade do meu Linn é igual a esse.
Para passar das 33 para as 45 espera-se uns segundos e aquilo muda.


Última edição por ducar em Sex Set 05 2014, 18:50, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ducar
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4340
Data de inscrição : 11/11/2010

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:48

António José da Silva escreveu:
Digital Man escreveu:


Já agora, este botão/leds podiam ter mais estilo:   pirat



Por uma valor tão baixo, querias o quê? lol!

ainda dizem que o teu RB foi caro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digital Man
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 09/01/2012

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:55

ducar escreveu:


Olha o botão selector de velocidade do meu Linn é igual a esse.


Este Linn LP12 custa perto de 30K... tentando adivinhar a decomposição do preço deve ser mais ou menos esta:

- 2.000,00 pelo prato (preço atual)
- 13.000,00 pelo braço, cabeça e updates
- 14.999,50 pela exclusividade de só haver 40 no mundo iguais
- 0,50 pelo tal botão e leds.

smedley

PS: Esqueci-me da madeira de barril de whisky envelhecido e não sei se oferecem uma garrafinha... tongue
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64193
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 50
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Linn Sondek LP12   Sex Set 05 2014, 18:59

Digital Man escreveu:
ducar escreveu:


Olha o botão selector de velocidade do meu Linn é igual a esse.


Este Linn LP12 custa perto de 30K... tentando adivinhar a decomposição do preço deve ser mais ou menos esta:

- 2.000,00 pelo prato (preço atual)
- 13.000,00 pelo braço, cabeça e updates
- 14.999,50 pela exclusividade de só haver 40 no mundo iguais
- 0,50 pelo tal botão e leds.

smedley


Esqueceste-te da garrafa de Scotch que acompanha essa "box".






_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Linn Sondek LP12
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Gira discos Linn sondek lp12
» Linn Sondek LP12
» Krefeld 2012 - Rui Borges
» Vendo GD Linn Axis
» Braços XXX

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Phono Geral-
Ir para: