Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Fusiveis

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
mango
Membro AAP


Mensagens : 640
Data de inscrição : 04/10/2010

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Seg Out 08 2018, 16:30

Olá Alexandre,

Eu já não dou para este peditório, e reitero aquilo que escrevei acima: cada um é livre de gastar o dinheiro onde bem entender. No fundo é uma questão de prioridades, penso eu...os fusíveis nunca foram a minha.

Uma palavra ainda sobre a pseudo-ciência: há uma frase celebre que está escrita na Royal Society em Londres e que é "Nullius in verba", ou por outras palavras não acredites nas palavras do "mestre".  
Ou seja não é a palavra de nenhum homem que diz o que é que está certo. São as provas, é a natureza, é a observação e no fundo não importa quem é que propõe uma determinada teoria, importam sim as provas que apresenta em seu abono.

Infelizmente no nosso hobby existem muitos crentes.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nullius_in_verba

Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2629
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Seg Out 08 2018, 17:27

Alexandre Vieira escreveu:
Concordo que é um placebo que faz diferença no som que se ouve.

Mas só ouve a diferença quem experimenta...

Sem sombra de dúvidas!

Todavia, Alexandre, a possibilidade de experimentar até acertar não está ao alcance de todos e, na maioria das vezes custa tanto dinheiro que afasta grande parte desses "todos", como gera cépticos convictos.

Na minha perspectiva e ao longo do tempo, acredito piamente, que tudo no áudio faz diferença. Umas vezes para melhor, outras para pior e outras ainda, só diferença no peso da carteira. Ou seja, isto é como as triplas no totobola: 1X2.

Sempre que alguém me pede ajuda para instalar um sistema, fico de cabelos arrepiados e só alinho com amigos nos quais tenha muita confiança. Primeiro porque, como sabes, considero que cada um tem os seus ouvidos e ouve à sua maneira, mesmo considerando as capacidades físicas da sua acuidade auditiva no momento. Afinal os algo surdos também têm direito a ouvir música: E segundo lugar porque não é realmente fácil e barato o caminho que temos pela frente até atingirmos o mais perfeito possível fine tune de um sistema.

Todo o sistema conta, incluindo a sala e a rede eléctrica disponível na casa. Por exemplo, uma rede eléctrica doméstica onde haja uma boa "drenagem" - Terra - faz logo toda a diferença no som, bem como na "saúde" dos equipamentos.

Daí que sigo uma regra / ciclo próprio. Primeiro instalo tudo de uma forma muito rudimentar e simples, incluindo cabos do chinês para interligação e colunas. Se o resultado final, desta fase preparatória, estiver com o mínimo de qualidade, para mim, e revelar o potencial esperado, defino e planeio onde poderá ser mais crítico / importante começar a fazer as afinações finas do sistema (equipamentos e/ou acessórios, incluindo mesas de suporte), com as respectivas causas e efeitos esperados.

No Segundo passo tento, o mais possível, ir à experimentação de acessórios que eu tenha e conheça bem, ou que amigos tenham e possam emprestar para o devido teste, tornando a coisa o mais gratuito possível.

Terceiro, verifico e redefino a lista de prioridades críticas / importantes, face aos resultados obtidos, não vá uma afinação levar a novas causas e efeitos.

Quarto, volto à carga.

Isto na gestão industrial (área onde começou e é mais aplicado e com a qual estou quase casado  Very Happy ) chama-se "Ciclo PDCA" - Plan - Do - Check - Act or Adjust - e é um método iterativo de gestão de quatro passos, utilizado para o controle e melhoria contínua de processos e produtos.

Logo é facto indesmentível, que o processo de melhoria contínua é uma forma inteligente na gestão de qualquer faceta da nossa vida, muitas vezes agregado ao "Processo de Satisfação Pessoal", ao qual os nossos amigos britânicos chamam de O&PDP - "Organization & Personal Development Process

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3895
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Seg Out 08 2018, 19:47

mango escreveu:
Olá Alexandre,

Eu já não dou para este peditório, e reitero aquilo que escrevei acima: cada um é livre de gastar o dinheiro onde bem entender. No fundo é uma questão de prioridades, penso eu...os fusíveis nunca foram a minha.

Uma palavra ainda sobre a pseudo-ciência: há uma frase celebre que está escrita na Royal Society em Londres e que é "Nullius in verba", ou por outras palavras não acredites nas palavras do "mestre".  
Ou seja não é a palavra de nenhum homem que diz o que é que está certo. São as provas, é a natureza, é a observação e no fundo não importa quem é que propõe uma determinada teoria, importam sim as provas que apresenta em seu abono.

Infelizmente no nosso hobby existem muitos crentes.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nullius_in_verba

Abraço


Estimado

A sua nova interpelação não merece da minha parte qualquer tipo de comentário, porque de facto não merece mesmo.

Atentamente

Alexandre Vieira

Voltar ao Topo Ir em baixo
JPEREIRA
Membro AAP
avatar

Mensagens : 226
Data de inscrição : 13/07/2010

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Ter Out 09 2018, 00:32

Olá boa noite

Eu leio bastante aqui no fórum, sempre com o intuito de aprender, mas por vezes algumas pessoas deixam me intrigado, pois a sabedoria e conhecimento que transmitem pela escrita é de tal ordem que fico com a sensação que devem ter um sistema a tocar como poucos,ou seja (brutalmente bem) e fico com e inveja de não os poder ouvir.
Gostaria de ver essas pessoas a debater num fórum como o Diyaudio onde anda muita gente com a clareza do conhecimento e sabedoria mas sempre na procura de algo melhor em qualidade da reprodução musical.
E quando os fusíveis e outros acessórios são uma crença,ou um placebo, que raio fazem as fábricas? vão ao mercado contratam pessoas indiferenciadas para projetarem e desenvolver todos estes artefatos que deliciam os audiófilos, nem precisam de engenheiros  .
Isto porque a quantidade do que se ouve consegue-se medir, mas a qualidade do que cada um ouve, não.
De notar que a ciência se desmente muita vez, o que era verdade há 10 anos atrás, hoje não o é, porque atualmente a prova é muito mais exata, e o nível de conhecimento muito maior.
Eu felizmente faço parte dos crentes, só não tenho é dinheiro para gastar, tivesse eu muito dinheiro e os meus fusíveis eram em ouro.


Amém
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3895
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Ter Out 09 2018, 11:55



Agradecendo o cuidado manifestado por muitos pelo modo em como gasto os meus recursos, atesto que já chegaram mais uns cabitos.

São os terceiros desta geração que não me arriscou comentar para não fundamentar polémicas.

Mas declaro para os conhecedores que são a evolução daqueles azuis que ouvimos na sala 16 faz dois anos na experimentação com cabos variados. Quem lá esteve presente tirou as suas conclusões. Se alguém as quiser fazer chegar que o faça porque eu não quero arriscar a fazê-lo, porque se for declarado uma vez mais  inimputavel arrisco-me a perde o meu emprego e desse modo não poderei almejar a compra de mais cabos. lol!


Última edição por Alexandre Vieira em Ter Out 09 2018, 23:18, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2629
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Ter Out 09 2018, 15:38

Qualquer dia ainda te enforcas com os Chord lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3895
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Ter Out 09 2018, 15:43

Goansipife escreveu:
Qualquer dia ainda te enforcas com os Chord lol!

Isso seria o teste derradeiro!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 396
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Ter Out 09 2018, 15:53

JPEREIRA escreveu:
Olá boa noite

Eu leio bastante aqui no fórum, sempre com o intuito de aprender, mas por vezes algumas pessoas deixam me intrigado, pois a sabedoria e conhecimento que transmitem pela escrita é de tal ordem que fico com a sensação que devem ter um sistema a tocar como poucos,ou seja (brutalmente bem) e fico com e inveja de não os poder ouvir.
Gostaria de ver essas pessoas a debater num fórum como o Diyaudio onde anda muita gente com a clareza do conhecimento e sabedoria mas sempre na procura de algo melhor em qualidade da reprodução musical.
E quando os fusíveis e outros acessórios são uma crença,ou um placebo, que raio fazem as fábricas? vão ao mercado contratam pessoas indiferenciadas para projetarem e desenvolver todos estes artefatos que deliciam os audiófilos, nem precisam de engenheiros  .
Isto porque a quantidade do que se ouve consegue-se medir, mas a qualidade do que cada um ouve, não.
De notar que a ciência se desmente muita vez, o que era verdade há 10 anos atrás, hoje não o é, porque atualmente a prova é muito mais exata, e o nível de conhecimento muito maior.
Eu felizmente faço parte dos crentes, só não tenho é dinheiro para gastar, tivesse eu muito dinheiro e os meus fusíveis eram em ouro.


Amém

Boa tarde,

Sobre a questão das Fábricas, creio que seria importante uma leitura sobre o que o nosso amigo TD124 explicou sobre a construção ou sobre a forma de como se constrói um Amplificador.

Sobre a questão da "sapiência", de facto gasta-se muito dinheiro, infelizmente muitas das vezes, dão-se passos ao lado e para trás, por vezes o deslumbramento é inicial, com o tempo, verificamos que nos enganámos e que nos deixámos ir pelo momento, pensando que estávamos a melhorar.

Daí que por vezes ter um amigo experiente para nos aconselhar, pode ser útil.

Sobre o DIY, a busca da perfeição é incessante, creio que isso nunca irá acabar, da mesma forma que quem tem dinheiro, Money no subject, irá sempre em busca do Santo Graal, tenha ele o que tiver, faz parte, e às páginas tantas, transformado em vicio.

Conheço quem tenha este vicio e não consegue ter um sistema (Muitos milhares de euros) definitivo, está sempre em trocas/compras.

Provavelmente padeceria desse problema se não tivesse igualmente problema com o que gastasse em Áudio.

Infelizmente essas pessoas gastam muito mais em aparelhos e muito pouco em obras musicais.

Um abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3676
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 13:31

Alexandre Vieira escreveu:
... São os terceiros desta geração que não me arriscou comentar para não fundamentar polémicas. ...

Falar de cabos e acessorios tornou-se verdadeiramente um "tabu"!!! Vamos ter de falar da decoração das salas de escuta e da cor dos sofàs ... penso que todos estarão de acordo que isto é fundamental no resultado sonoro!...

Mas sobretudo, nada de gastar dinheiro com sofàs em cabedal pois não se ouve a diferença...

lol!

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3895
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 14:00

TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
... São os terceiros desta geração que não me arriscou comentar para não fundamentar polémicas. ...

Falar de cabos e acessorios tornou-se verdadeiramente um "tabu"!!! Vamos ter de falar da decoração das salas de escuta e da cor dos sofàs ... penso que todos estarão de acordo que isto é fundamental no resultado sonoro!...

Mas sobretudo, nada de gastar dinheiro com sofàs em cabedal pois não se ouve a diferença...

lol!

Mas já o papel de parede....Cala-te boca


lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2629
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 14:41

Alexandre Vieira escreveu:


Mas já o papel de parede....Cala-te boca


lol!

Cala-te!!!!

Que tu qualquer dia andas a decorar as paredes da sala com cabos Chord.

Quando um amigo qualquer, não audiófilo, for lá casa, dizes:

-  que foi um artista pós-modernista que te decorou a sala "à la pointe des tendances de haute-architecture française du 21e siècle";

Quando lá for um audiófilo tu dizes:

- É para dar consistência ao Palco Sonoro.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 396
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 15:10

TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
... São os terceiros desta geração que não me arriscou comentar para não fundamentar polémicas. ...

Falar de cabos e acessorios tornou-se verdadeiramente um "tabu"!!! Vamos ter de falar da decoração das salas de escuta e da cor dos sofàs ... penso que todos estarão de acordo que isto é fundamental no resultado sonoro!...

Mas sobretudo, nada de gastar dinheiro com sofàs em cabedal pois não se ouve a diferença...

lol!

Não diria "tabu", mas talvez fosse interessante explicar qual o mínimo exigível para um cabo de interligação (de phono acho que é diferente) e cabo de coluna.

Talvez assim as pessoas não tivessem necessidade de "empenhar" a casa para ter umas mangueiras lá em casa e que ainda por cima não dá para regar o jardim lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3895
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 15:12

Pmoura43 escreveu:
TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
... São os terceiros desta geração que não me arriscou comentar para não fundamentar polémicas. ...

Falar de cabos e acessorios tornou-se verdadeiramente um "tabu"!!! Vamos ter de falar da decoração das salas de escuta e da cor dos sofàs ... penso que todos estarão de acordo que isto é fundamental no resultado sonoro!...

Mas sobretudo, nada de gastar dinheiro com sofàs em cabedal pois não se ouve a diferença...

lol!

Não diria "tabu", mas talvez fosse interessante explicar qual o mínimo exigível para um cabo de interligação (de phono acho que é diferente) e cabo de coluna.
 

Isso depende de vários factores, o sistema em concreto, a sensibilidade e grau de exigência do utilizador e por último e não menos importante o estado das finanças. lol!


Eu em termos de cabos tive tão boa experiência com a Chord que tornei-me "fiel" ao fabricante e este é o cabo com o preço mais elevado que compro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 396
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 15:27

Alexandre Vieira escreveu:
Pmoura43 escreveu:
TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
... São os terceiros desta geração que não me arriscou comentar para não fundamentar polémicas. ...

Falar de cabos e acessorios tornou-se verdadeiramente um "tabu"!!! Vamos ter de falar da decoração das salas de escuta e da cor dos sofàs ... penso que todos estarão de acordo que isto é fundamental no resultado sonoro!...

Mas sobretudo, nada de gastar dinheiro com sofàs em cabedal pois não se ouve a diferença...

lol!

Não diria "tabu", mas talvez fosse interessante explicar qual o mínimo exigível para um cabo de interligação (de phono acho que é diferente) e cabo de coluna.
 

Isso depende de vários factores, o sistema em concreto, a sensibilidade e grau de exigência do utilizador e por último e não menos importante o estado das finanças. lol!


Eu em termos de cabos tive tão boa experiência com a Chord que tornei-me "fiel" ao fabricante e este é o cabo com o preço mais elevado que compro.


Alexandre,

Mas a Chord tem cabos de valores considerados acessíveis e tem igualmente a preços muito altos
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3676
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 16:24

Pmoura43 escreveu:
... Não diria "tabu", mas talvez fosse interessante explicar qual o mínimo exigível para um cabo de interligação (de phono acho que é diferente) e cabo de coluna. ... 

Se os cabos forem feitos com um material condutor, devidamente isolados e que façam contacto ... pareçe-me ser o minimo exigivel, senão não hà som lol!

Mais a sério, pareçe-me que o problema é acima de tudo de respeito e de livre pensar, viver! Hà pessoas que gastam fortunas em vàlvulas NOS, em agulhas NOS, em cabeças antigas, em versões originais de uma obra, em mòveis audio, em escovas de pele de cabra da Mongolia e esqueço muita coisa ... sém que isto faça comichão. Ora que comprar ou gostar de um cabo em especial (que seja caro ou barato) ou de um fusivel, é visto como um Placebo e algo de intoleràvel.

Placebos hà muitos no audio pareçe, e duvidas também hà muitas ... são as explicações aos fenomenos que são escassas. Talvez seja necessario "provar" que hà diferenças entre cabos o que nunca ninguém conseguiu ... mas também nunca ninguém "provou" que as diferenças não existem, estar circunspeito pareçe-me uma atitude razoàvel nestes casos!

Um ser humano fechado numa camâra anecóica ouve os ruidos fisiologicos, escorrer do sangue nas veias/artérias, eco da pulsação cardiaca e nalguns casos um ruido de fundo com espectro largo que se imagina que sejam "as moléculas de ar a se entrechocar"...

Se a orelha é capaz de ouvir o que nenhum microfono é capaz ... talvez ela ouça coisas mais evidentes, como a diferença entre dois condutores isolados diferentemente e com outra geometria. Pareçe-me razoàvel de imaginar que possa ser credivel, sém que o Placebo seja sempre o alibi do que não temos explicação dita "ciêntifica"...

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 396
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 16:47

TD124 escreveu:
Pmoura43 escreveu:
... Não diria "tabu", mas talvez fosse interessante explicar qual o mínimo exigível para um cabo de interligação (de phono acho que é diferente) e cabo de coluna. ... 

Se a orelha é capaz de ouvir o que nenhum microfono é capaz ... talvez ela ouça coisas mais evidentes, como a diferença entre dois condutores isolados diferentemente e com outra geometria. Pareçe-me razoàvel de imaginar que possa ser credivel, sém que o Placebo seja sempre o alibi do que não temos explicação dita "ciêntifica"...

cheers

Paulo,

Não sou assim tão fundamentalista ao ponto de não achar que não exista diferenças entre cabos, suponho que haja, eu próprio dei por mim a escolher cabos por entender que estes "tocam" melhor do que outros, ou que pura e simplesmente tem melhor sinergia com o sistema, se a prata ou cobre ou misto...

A verdade é que aquando da minha passagem por estúdios de gravação, neste caso o antigo da Valentim de Carvalho, que deves de conhecer bem, perto de Paço de Arcos, só se preocupavam com cabos profissionais, onde se podiam pisar, etc, mas aquilo continuava a tocava bem, mas era com esses cabos que transportava o som até à mesa de mistura que faziam o seu trabalho e as Masters.

Eu não tenho um ouvido assim tão evoluído e capaz de ouvir coisas que mais ninguém ouve, mesmo para testar aparelhos, necessito de tempo, por vezes os aparelhos de repente surpreendem, talvez por estarmos habituados ao nosso som, e dá a sensação que de facto, estamos perante algo formidável, mas com o passar do tempo, nem sempre é assim, daí por vezes se fazerem compras erradas, mas...por outro lado, ninguém nos deixa ter em teste um aparelho por um largo período de tempo.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1575
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 49
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 16:50

A principal melhoria num equipamento de áudio, que pouco mexem, em que o efeito placebo é inexistente, é um tapete, umas cortinas, umas estantes e reformular a localização e disposição de escuta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 396
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 16:56

Pierre escreveu:
A principal melhoria num equipamento de áudio, que pouco mexem, em que o efeito placebo é inexistente, é um tapete, umas cortinas, umas estantes e reformular a localização e disposição de escuta.

Pierre,

Essa fórmula, felizmente já a tenho em casa, graças aos livros, estantes, etc, e carpetes também lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3676
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 18:10

Pmoura43 escreveu:
... eu próprio dei por mim a escolher cabos por entender que estes "tocam" melhor do que outros, ou que pura e simplesmente tem melhor sinergia com o sistema, se a prata ou cobre ou misto...

Tàs a ver, vens de dizer uma grande verdade e que qualquer pessoa que gosta de audio jà o sentiu ... é a sinergia (o resultado) que se escuta mais do que as "diferenças"...

No audio diz-se regularmente que qualquer modificação se "ouve" e que ela altera o som. Eu hoje tenho uma outra atitude em relação a isso e utiliso uma imagem mais radical ... pois digo que tudo "estraga" o que està no disco!...

È evidente que um sistema entre a leitura, os cabos, os componentes, a sala, o setup e etc sò pode "estragar" e nunca "amelhorar" o que està no disco. O sistema, os acessorios e o setup que menos "estragam" dão-nos a sensação de funcionar melhor !... Um bom cabo é aquele que "estraga" menos, e assim de seguida ...

O gosto também entra na equação!

cheers


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1575
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 49
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 18:35

Pmoura43 escreveu:
Pierre escreveu:
A principal melhoria num equipamento de áudio, que pouco mexem, em que o efeito placebo é inexistente, é um tapete, umas cortinas, umas estantes e reformular a localização e disposição de escuta.

Pierre,

Essa fórmula, felizmente já a tenho em casa, graças aos livros, estantes, etc, e carpetes também lol!

Então se os posicionamentos estiverem correctos, sobra 11% para placebos, cabos de sector, fusíveis, fichas....
Só uma coisa é impossível de melhorar, são as gravações dos discos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4409
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 56
Localização : Casal do Marco - Seixal

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 18:35

Olá

Pessoalmente estou de acordo.
A sinergia é o factor que faz tocar melhor ou pior qualquer sistema.

Quando era jovem... lol!  andei aí pela estrada  a fazer som... de norte a sul... aconteceu que uma vez caiu um cx cheio de material no cabo (com 24 condutores salvo erro) que levava o som dos microfones de palco à mesa de mistura e que retornava ao palco para ligar ao PA.
Fomos comprar outro cabo novo e desistimos devido ao preço, na altura trabalhava na metalomecânica pesada e lembrei-me que  existia na oficina abandonado um cabo parecido mas que era o cabo antigo da ponte rolante da oficina, levei-o e coloquei-o a fazer o serviço que o outro fazia e placebo    ou não aquilo ainda funcionava melhor, umas das coisas que constatei logo é que precisava de menos volume na mesa para ter a mesma intensidade de som, no geral o som era mais do meu agrado, era menos confuso.

Fredie
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3895
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qua Out 10 2018, 20:51

Pmoura43 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
Pmoura43 escreveu:
TD124 escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
... São os terceiros desta geração que não me arriscou comentar para não fundamentar polémicas. ...

Falar de cabos e acessorios tornou-se verdadeiramente um "tabu"!!! Vamos ter de falar da decoração das salas de escuta e da cor dos sofàs ... penso que todos estarão de acordo que isto é fundamental no resultado sonoro!...

Mas sobretudo, nada de gastar dinheiro com sofàs em cabedal pois não se ouve a diferença...

lol!

Não diria "tabu", mas talvez fosse interessante explicar qual o mínimo exigível para um cabo de interligação (de phono acho que é diferente) e cabo de coluna.
 

Isso depende de vários factores, o sistema em concreto, a sensibilidade e grau de exigência do utilizador e por último e não menos importante o estado das finanças. lol!


Eu em termos de cabos tive tão boa experiência com a Chord que tornei-me "fiel" ao fabricante e este é o cabo com o preço mais elevado que compro.


Alexandre,

Mas a Chord tem cabos de valores considerados acessíveis e tem igualmente a preços muito altos

Leia-se os cabos apresentados na foto...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 396
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qui Out 11 2018, 12:22

Pierre escreveu:
Pmoura43 escreveu:
Pierre escreveu:
A principal melhoria num equipamento de áudio, que pouco mexem, em que o efeito placebo é inexistente, é um tapete, umas cortinas, umas estantes e reformular a localização e disposição de escuta.

Pierre,

Essa fórmula, felizmente já a tenho em casa, graças aos livros, estantes, etc, e carpetes também lol!

Então se os posicionamentos estiverem correctos, sobra 11% para placebos, cabos de sector, fusíveis, fichas....
Só uma coisa é impossível de melhorar, são as gravações dos discos.

Pois aí não há nada a fazer, quanto às gravações,

Não deixo no entanto de comprar música, caso goste do Artista, se a gravação for má ou de menor qualidade, como diz o outro, temos pena...

Esta coisa de ter só discos/CD's com boas gravações não é para mim, muito menos discos gravados com microfones dentro dos pianos etc...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1575
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 49
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: Fusiveis   Qui Out 11 2018, 15:15

Pmoura43 escreveu:
Pierre escreveu:
Pmoura43 escreveu:
Pierre escreveu:
A principal melhoria num equipamento de áudio, que pouco mexem, em que o efeito placebo é inexistente, é um tapete, umas cortinas, umas estantes e reformular a localização e disposição de escuta.

Pierre,

Essa fórmula, felizmente já a tenho em casa, graças aos livros, estantes, etc, e carpetes também lol!

Então se os posicionamentos estiverem correctos, sobra 11% para placebos, cabos de sector, fusíveis, fichas....
Só uma coisa é impossível de melhorar, são as gravações dos discos.

Pois aí não há nada a fazer, quanto às gravações,

Não deixo no entanto de comprar música, caso goste do Artista, se a gravação for má ou de menor qualidade, como diz o outro, temos pena...

Esta coisa de ter só discos/CD's com boas gravações não é para mim, muito menos discos gravados com microfones dentro dos pianos etc...
Esse é o caminho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Fusiveis   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Fusiveis
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Fusiveis
» Fusível qual escolher?
» VTA ou não há?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Cabos-
Ir para: