Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Custo/ Beneficio.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 01:54

Caro amigos,

este tema do custo é constante referido em diversos posts desta confraria analogica e já agora darei a minha opinião (dada em diversas vezes noutros locais).

Lembro-me de algo que li na decada de 90, não sei pelo Michaelson da Musical Fidelity se pelo Mark levinson (que perdeu o nome em nome de uma Marca meramente comercial), mas que me ficou na mente e me fez mudar a opiniao face ao High End.

..." para se ganhar 5% de mais qualidade de som (seja lá o que isto significa) paga-se no minimo mais 100% pelo produto final"........

E fiquei a pensar.....

será que o tal ganho de "qualidade" não é um estado mental de indução externa (marketing) para comprar mais e mais caro?

Será que os tais 5% não sao apenas ilusórios? É que tenho ouvido musica em aparelhos 1000 X mais baratos e são muito proximos .

Amplificadores, GDs, CDs a custar 20/30/40 ................mil€!!! colunas na ordem das centenas de milhar?!?será que justifica?

Talvez em uma sala dedicada! em ouvidos profissionais que passam o dia a fazer audiçoes objectivas e a fazer medições etc, etc..

Ou seja, ou são profissionais ou não fazem nada na vida! muitos nem ouvem um faixa inteira de um disco!!!!

Fala-se em qualidade dos aparelhos e como soam, ou como medem, mas se a fonte, o disco, CD tem na origem uma má gravação ou dita de má gravação, então os aparelhos apennas vão reproduzir fielmente a dita MÁ gravação.

ou então,

a gravação foi mal feita porque o microfone foi colocado a 1 cm demasiado proximo ou afastadoou qualquer outra mariquisse! e então vou deixar de ouvir musica porque a tal gravação foi "mal" feita?

O Ai Ende , audiofilia ou outro qualquer conceito veio apenas afastar as pessoas do prazer de ouvir somente a Musica!



Eu pessoalmente gosto de musica e gosto de equipamento Vintage, mas não misturo as duas.
Tenho equipamentos que me dá gozo te-los e funcionam e tocam nas tais audiçoes despreocupadas da manhã quando vou ao banho, lavo os dentes. mas quando no final do dia me sento e oiço um Peterson, Gordon etc é no sistema principal, que acaba por vezes por ser uma contradição em termos!

Amp de meia duzia de patacas, Gd mais carote e colunas com 15/20 anos que nao me lembro do valor. e uns cabitos que me custaram 7€ por 2 metros!!! e chega-me perfeitamente!

Agora ter um GD de 100mil, celula de 15Mil e por ai em diante terminando em colunas de 500 a 1 milhão, só se for para convidar curiosos para verem o que é um sistema idioticamente caro e dizer que tenho muita pastel!!!

Chego a perguntar-me se teremos a capacidade para ouvir tamanha "QUALIDADE" de alguns equipamentos! ou seja,
será que os equipamentos não foram para lá da capacidade auditiva natural do ser Humano!

É que para um CD custar 20/30....100 mil euros quer dizer que os na ordem dos 500 a 1000 ou pouco mais SÃO PARA SURDOS!!!! não é essa a logica?? para esta diferença de valores os mais baratitos são mesmo para quem precisa de aparelho auditivo para ouvir qualquer coisa!!!

Um desabafo










Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 02:39

Tudo tem o seu lugar e a sua razão de ser. Por exemplo, o sistema que tenho em UK, com as Wharfdale dos anos 70, o amp Leak e o gira Revoler, que tudo somado me custou 80 libras, dá-me bastante gozo e dá-me para ouvir as minhas musiquinhas. Mas comparado com o meu sistema principal....é do dia para a noite. Se não pudesse ter o sistema principal, teria que viver com o outro e dá na mesma para ouvir musica, mas são coisas totalmente diferentes. Obviamente que o som que tenho, comparado com coisas superiores, pode ser considerado uma treta, mas é o meu sistema, aquele que eu consegui compara e estou super satisfeito pois chegou (para mim) a um nível de musicalidade que nunca julguei vir a ter.
Penso que não podemos julgar as coisas só por julgar, nem atribuir intenções a quem tem isto ou aquilo só por atribuir. As pessoas não são todas iguais, o construtores Ai-End também não.
Não me choca que as pessoas comprem o que possam comprar, independentemente dos "benefícios" ou não que possa trazer. O áudio tem muitos caminhos diferentes que podem ser percorridos e que ainda por cima podem ser cruzados entre eles.
Depois existe o vintage, que e uma categoria á parte. Convém não esquecer que muito do vintage muito apreciado já foi High-End, quer de consumo quer profissional e muito dele caríssimo. Existiam EMT's que davam para comprar Mercedes topo de gama da altura.
Isto para dizer que, na altura em que saiu, seria impensável a sua aquisição, mas nem por isso deixava de ser bom.

Eu costumo de dizer que só é caro e se preocupa quem não tem dinheiro para a (ou as) sua aquisição, independentemente do que seja (áudio, casas, carros). Qualquer um de nós com esta paixão, não se importaria de experimentar uma ou mais células e braços de muitos quilo-euros se para nós esse quilo-euros fossem peanut.

Mas o que é mesmo positivo, felizmente, é que existe de tudo para todos e todos podem ser felizes com aquilo que podem alcançar. Outra coisa positiva é que existe sempre algo com o qual sonhamos e para o qual podemos lutar. Felizmente que já não vivemos na altura em que se tinha que ser rico para ter carro, ou televisão etc. Hoje em dia, existem carros para todos os bolsos, televisões e sistemas de som.

E ainda bem que assim é.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 09:24

Já viste este tópico: O grande jogo (comercial) do Audio

http://www.audioanalogicodeportugal.net/t4398-o-grande-jogo-comercial-do-audio


- há equipamentos baratos com bom e com mau desempenho, tal como há equipamentos caros com bom e com mau desempenho

- há equipamentos baratos de boa e de má qualidade (fabrico e materiais), tal como há equipamentos caros de boa e de má qualidade (fabrico e materiais)


Os equipamentos de audio não fogem às regras dos restantes bens de consumo e factores como a "marca", o "design", o marketing e a relativa ignorância consumidor em termos técnicos influenciam muito a sua opinião.

Os preços nem sempre têm uma relação directa com a qualidade e com o desempenho, são antes definidos pelo fabricante, por vezes pelos reviewers (que são no fundo quem "coloca" os produtos no mercado, os "comerciais") e pelo consumidor (especialmente no caso dos equipamentos "vintage").
O preço final tem de pagar os custos de fabrico e a margem de lucro deve ser suficiente para alimentar a indústria: fabricante, distribuidores, lojistats, reviewers e publicidade.

Se o nosso objectivo é obter um bom desempenho para um dado orçamento então devemos "aprender" os básicos e evitar as armadilhas do "mercado", como por exemplo as "críticas" profissionais ou reviews ou os mitos e lendas gerados em torno de equipamentos e topologias de desempenho medíocre.

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 09:32

António José da Silva escreveu:
Não me choca que as pessoas comprem o que possam comprar, independentemente dos "benefícios" ou não que possa trazer.



Esta é uma verdade indiscutível: as pessoas querem substituir os seus equipamentos mas não sabem/conseguem identificar o que está mal no sistema ou de que forma podem melhorar/eliminar essas deficiências...
E com isto torram muita "massa".

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15209
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 11:41

microseiki escreveu:


Chego a perguntar-me se teremos a capacidade para ouvir tamanha "QUALIDADE" de alguns equipamentos! ou seja,
será que os equipamentos não foram para lá da capacidade auditiva natural do ser Humano!


Eu acho que não tenho Qualidade para ouvir tanta Capacidade..... lol!

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 18:47

Resumindo

O que pretendo salientar é que por vezes (mais do que o desejavél) o que se ganha num equipamento de gama mais alta (portanto mais caro) poderá nao ter uma relação directa entre valor e ganho em qualidade!



Um outra coisa, quando os equipamentos são bons e algo caros, por vezes encontram-se no mercado dos usados esses equipamentos a menos de metade do valor (dos novos) e o Ratio custo beneficio melhora substanciamente.
!
é aqui que quero chegar. Maximizar a relação custo beneficio!






e gastar o resto em discos!!!








Última edição por microseiki em Sex Jun 07 2013, 22:14, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 19:38

Voltando ao meu exposto anterior, ainda bem que existem gajos que podem comprar as coisas mais caras novas para outros poderem compra-las em segunda mão, deveriam de ser encorajados e não descriminados. lol!

As colunas que tenho hoje, nunca as poderia ter comprado se não fossem em segunda mão. Ou melhor, poder até podia mas só com divorcio onde no fim iria ficar sem nada.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 20:29

António José da Silva escreveu:
Voltando ao meu exposto anterior, ainda bem que existem gajos que podem comprar as coisas mais caras novas para outros poderem compra-las em segunda mão, deveriam de ser encorajados e não descriminados. lol!

As colunas que tenho hoje, nunca as poderia ter comprado se não fossem em segunda mão. Ou melhor, poder até podia mas só com divorcio onde no fim iria ficar sem nada.


Se calhar foi por isso que me separei!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 20:38

Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2184
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sex Jun 07 2013, 21:00

Pois é... Todos têm razão. Existe de tudo e para todos os gostos, como diz o António.

E assim é que está bem! É a Democracia do Audio

O problema está quando, os maus exemplos em todas as situações (muitas delas aqui apontadas), deixam de ser a árvore para se transformarem na florestas, principalmente na nossa cabeça e tendemos a generalizar
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3304
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sab Jun 08 2013, 14:43

microseiki escreveu:
Caro amigos,
...
O Ai Ende , audiofilia ou outro qualquer conceito veio apenas afastar as pessoas do prazer de ouvir somente a Musica!
...
Eu pessoalmente gosto de musica e gosto de equipamento Vintage, mas não misturo as duas.
Tenho equipamentos que me dá gozo te-los e funcionam e tocam nas tais audiçoes despreocupadas da manhã quando vou ao banho, lavo os dentes. mas quando no final do dia me sento e oiço um Peterson, Gordon etc é no sistema principal, que acaba por vezes por ser uma contradição em termos!
...
Chego a perguntar-me se teremos a capacidade para ouvir tamanha "QUALIDADE" de alguns equipamentos! ou seja,
será que os equipamentos não foram para lá da capacidade auditiva natural do ser Humano!


É que para um CD custar 20/30....100 mil euros quer dizer que os na ordem dos 500 a 1000 ou pouco mais SÃO PARA SURDOS!!!! não é essa a logica?? para esta diferença de valores os mais baratitos são mesmo para quem precisa de aparelho auditivo para ouvir qualquer coisa!!!

Um desabafo
...

Olà,

efectivamente às vezes, podemos nos questionar sobre a evolução da alta-fidelidade, e este fenomeno é velho como o hérodes... Mas ! talvez o problema seja outro. A alta fidelidade é uma disciplina da eléctronica, da mecânica e da electro-acustica, é uma paixão também, um passatempo, uma profissão e para alguns mesmo, uma religião.

Por detràs, do argumento habitual dos audiofilos, que é de gostarem muito da musica... a realidade prova (e o nosso forum não é excepção), que o gosto pelo material iguala e muitas vezes suplanta o interesse pela musica... Colunas, braços, amplificadores, phonos, vàlvulas, células, transformadores MC, cabos, upgrades, tuning etc etc etc... é o pão quotidiano do mundo da alta fidelidade...

Para alimentar a fome e a vaidade, dos consumidores de "musica em conserva", o mundo da alta-fidelidade "criou", uma série de valores refugio, que vão dar sentido ao desejo do consumidor. Assim o High-end, é uma forma tecnologica de puxar os limites da electronica, mesmo se o resultado final està (nem sempre...) longe da musica. Mas o vintage é uma maneira de fazer a mesma coisa, com resultados semelhantes, em pior!... e a solução a tudo isto finalmente é uma questão de bom sentido!...

Acreditar que um gira com cinquenta anos é tão bom (a classe igual), quanto um moderno, é insensato e desrazoàvel e conduz à crença que a alta-fidelidade não evoluiu...

Pensar que um gira moderno a 50000 euros, é a unica maquina que sabe ler vinilos, é igualmente falso e sem sentido... e isto é valàvel para todos os elementos que constituem uma aparelhagem.

Então a solução é simples. Basta gostar de musica e não de aparelhos, e a partir dai, com um gira Project bem escolhido (xpression), um amplificador da Rega (Brio 3) e um par de colunas da Kef (Série Q), é possivel de ter um sistema que soa verdadeiramente, mais barato do que um Thorens TD124 em segunda mão... mas poucos escolhem esta opção !!!

Então o problema não é a alta-fidelidade, mas a atitude do consumidor... Ninguém é obrigado a fazer um crédito para comprar material High-End, nem a ir no Ebay comprar material vintage ultrapassado, ao preço que se pode encontrar do novo... se as pessoas o fazem, é que assim escolheram! Hoje possuir algo de raro e prestigioso, é uma maneira de se valorisar publicamente nos forums, e alimenta então as derivas actuais...

E no fim, a unica verdade da paixão é a loucura... então vamos assumi-la e pouco a pouco aprender a ser sensatos. Talvez um dia as coisas sejam diferentes, ou talvez nunca... mas a luta de classes, existirà sempre em alta fidelidade, como em automovéis...............

Até+



_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sab Jun 08 2013, 20:24

Caro Paulo,

Tiraste-me as palavras do teclado.

Um abraço,
Ricardo
Voltar ao Topo Ir em baixo
lore
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1160
Data de inscrição : 11/07/2010
Localização : lisboa

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Sab Jun 08 2013, 20:30

Parabens Paulo .
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 00:27

TD124 escreveu:

Um desabafo
...


Olà,

efectivamente às vezes, podemos nos questionar sobre a evolução da alta-fidelidade, e este fenomeno é velho como o hérodes... Mas ! talvez o problema seja outro. A alta fidelidade é uma disciplina da eléctronica, da mecânica e da electro-acustica, é uma paixão também, um passatempo, uma profissão e para alguns mesmo, uma religião.

Por detràs, do argumento habitual dos audiofilos, que é de gostarem muito da musica... a realidade prova (e o nosso forum não é excepção), que o gosto pelo material iguala e muitas vezes suplanta o interesse pela musica... Colunas, braços, amplificadores, phonos, vàlvulas, células, transformadores MC, cabos, upgrades, tuning etc etc etc... é o pão quotidiano do mundo da alta fidelidade...

Para alimentar a fome e a vaidade, dos consumidores de "musica em conserva", o mundo da alta-fidelidade "criou", uma série de valores refugio, que vão dar sentido ao desejo do consumidor. Assim o High-end, é uma forma tecnologica de puxar os limites da electronica, mesmo se o resultado final està (nem sempre...) longe da musica. Mas o vintage é uma maneira de fazer a mesma coisa, com resultados semelhantes, em pior!... e a solução a tudo isto finalmente é uma questão de bom sentido!...

Acreditar que um gira com cinquenta anos é tão bom (a classe igual), quanto um moderno, é insensato e desrazoàvel e conduz à crença que a alta-fidelidade não evoluiu...

Pensar que um gira moderno a 50000 euros, é a unica maquina que sabe ler vinilos, é igualmente falso e sem sentido... e isto é valàvel para todos os elementos que constituem uma aparelhagem.

Então a solução é simples. Basta gostar de musica e não de aparelhos, e a partir dai, com um gira Project bem escolhido (xpression), um amplificador da Rega (Brio 3) e um par de colunas da Kef (Série Q), é possivel de ter um sistema que soa verdadeiramente, mais barato do que um Thorens TD124 em segunda mão... mas poucos escolhem esta opção !!!

Então o problema não é a alta-fidelidade, mas a atitude do consumidor... Ninguém é obrigado a fazer um crédito para comprar material High-End, nem a ir no Ebay comprar material vintage ultrapassado, ao preço que se pode encontrar do novo... se as pessoas o fazem, é que assim escolheram! Hoje possuir algo de raro e prestigioso, é uma maneira de se valorisar publicamente nos forums, e alimenta então as derivas actuais...

E no fim, a unica verdade da paixão é a loucura... então vamos assumi-la e pouco a pouco aprender a ser sensatos. Talvez um dia as coisas sejam diferentes, ou talvez nunca... mas a luta de classes, existirà sempre em alta fidelidade, como em automovéis...............

Até+



Em bold colocaste o assento numa das questões.

nAO PRECISAMOS DE GASTAR FORTUNAS! nem no novo de preços estratosfericos nem em vintage de valor especulativo! se o fim, esta claro fõr a musica.

É evidente que se o orçamento for mais largo, então poderemos ir mais longe, mas a minha ideia deste post foi chamar a atenção á relação custo/beneficio dos equipamentos, que por vezes é uma relaçao demasiado curta. muito custo pouco beneficio.( e depois nós podemos adquirir bons aparelhos a muito bons preços ).

um aparelho pode ser menos bom comparado na sua classe, mas ser muito bom se o preço for metade ou menos!


Quanto ao Vintage, existem aparelhos muito bons apesar da sua idade. Mas nem todo o Vintage é bom!
Mas existe bom Vintage! por vezes o que precisa é de umas transfusoes de sangue e eventualmente um pace maker!







Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 00:34

Já agora, no sistema principal uso alguns vintage.
1 EMT 948 ( neste momento toca Tom Waits - The heart of saturday night)
Microseiki rx 1500
e um garrard 301

as JBL sao dos anos 90 (4425)
e o amp, uma chinezisse recente e um Diy por um amigo!


Mas gosto de material vintage!

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3304
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 01:06

microseiki escreveu:


Em bold colocaste o assento numa das questões.

NÃO PRECISAMOS DE GASTAR FORTUNAS! nem no novo de preços estratosfericos nem em vintage de valor especulativo! se o fim, esta claro fõr a musica.
...
Quanto ao Vintage, existem aparelhos muito bons apesar da sua idade. Mas nem todo o Vintage é bom!
Mas existe bom Vintage! por vezes o que precisa é de umas transfusoes de sangue e eventualmente um pace maker!
...

Olà microseiki,

para mim! (então não é universal...) o vintage é um passatempo. Gosto de restaurar os grandes giras clàssicos a roda dos anos 50/60, e mesmo vesti-los em smoking com vàrios braços, de maneira a fazer inveja aos giras novos! Mas isto é um jogo, não é um objectivo...

Como venho de dizer noutro topico, uma amiga minha hoje deixou rolar uma làgrima à escuta do Ellington & Coltrane num Garrard 301. Mas ela não chorou porque era um Garrard, pois nas condições de hoje qualquer clàssico que seja; TD124, Lenco, Rek-O-Kut, Gates ou outro faria o mesmo efeito... Mas se no lugar do Garrard 301, tivesse sido um PT One ou Two ou um Roksan Xerxes, as lagrimas teriam sido acompanhadas de soluços. Ora um PT One ou um Xerxes, são mais baratos em segunda mão, que os aparelhos que venho de citar...

A moda do Vintage, tràs atràs dela uma ideia falsa e descabida que é "antes era melhor", então é NIET e meia volta até aos bancos da escola da alta-fidelidade, como trabalho de escutar o que se faz de bom hoje e a preços doçes... como um pastel de nata...

Eu também gosto do Vintage,... mas não ao ponto de confiar um "Love supreme" à escuta atentiva e emotiva numa màquina antiga. Seria uma ofensa ao imenso Coltrane... a menos que seja um 930 equipado de uma Koetsu "rosewood 78" do Sugano...

Mas um PT ou um Roksan fazem a mesma coisa por mais barato então: VINTAGE OR NOT ???

De novo digo... é a minha opinião e não palavras biblicas!!!

Até+

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3304
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 01:39

microseiki escreveu:
Já agora, no sistema principal uso alguns vintage.
1 EMT 948 ( neste momento toca Tom Waits - The heart of saturday night)
Microseiki rx 1500
e um garrard 301

as JBL sao dos anos 90 (4425)
e o amp, uma chinezisse recente e um Diy por um amigo!


Mas gosto de material vintage!


Efectivamente hà Coisas Vintage de grande classe... como os antigos albuns do grande Tom Waits !!!

ontopic ..................... ............................. lol!

Até+

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 12:49

Custo beneficio

O micro seiki rx 1500 ficou-me abaixo dos 100€ em 1995 !!! E com um braço da well tempered !!!!!

Diz-me um Gd abaixo dos 1500/2000 que lhe façam frente?
Ja ouvi muita coisa e no meu ouvido teria que gastar muito mais ( estou a comparar Gd novos e o meu microseiki).
Ainda ando a procura de micro RX 5000 em bom estado a bom preço ( tive um mas o motor estava com um problema e foi devolvido) porque este "arrasa" com Gd de valores acima dos 5/10 mil! No meu ouvido!
Agora é evidente que nao. Vou pagar 20/30 mil por um ( nao tenho) e o custo beneficio era ridiculamente baixo. E é aqui que quero chegar
Ao ratio custo beneficio
Quando se vendem micro rx1500 entre os 3500 a 6000 e o meu ficou por 100, quem é que ganha mais?

Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 13:09

microseiki escreveu:
O micro seiki rx 1500 ficou-me abaixo dos 100€ em 1995 !!! E com um braço da well tempered !!!!!

Diz-me um Gd abaixo dos 1500/2000 que lhe façam frente?

Grande exemplo...qualquer iniciado no vinil consegue encontrar Micros a esse preço. Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2184
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 13:39

microseiki escreveu:
Custo beneficio

O micro seiki rx 1500 ficou-me abaixo dos 100€ em 1995 !!! E com um braço da well tempered !!!!!

Diz-me um Gd abaixo dos 1500/2000 que lhe façam frente?
Ja ouvi muita coisa e no meu ouvido teria que gastar muito mais ( estou a comparar Gd novos e o meu microseiki).
Ainda ando a procura de micro RX 5000 em bom estado a bom preço ( tive um mas o motor estava com um problema e foi devolvido) porque este "arrasa" com Gd de valores acima dos 5/10 mil! No meu ouvido!
Agora é evidente que nao. Vou pagar 20/30 mil por um ( nao tenho) e o custo beneficio era ridiculamente baixo. E é aqui que quero chegar
Ao ratio custo beneficio
Quando se vendem micro rx1500 entre os 3500 a 6000 e o meu ficou por 100, quem é que ganha mais?


Só para confirmar este teu último parágrafo

http://www.ebay.com/itm/MICRO-SEIKI-RX-1500-turntable-RY-1500D-w-SPECIAL-VINYL-PLATTER-/230601961145

... Mas, mesmo em 1995, essa tua aquisição foi uma "Lança em África"!

Por isso eu disse no meu anterior post que, na minha opinião não podemos confundir a árvore (neste caso a lança"), com a floresta (...ou seja... com a Companhia de Lanceiros )

Ainda na minha opinião esse GD não pode / deve ser comparado com Gds de valor inferior a 2000€, mas sim com aqueles que hoje estão no mesmo patamar. Isso significa um Gd que custa algumas vezes mais
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 13:48

O problema é que os preços foram imensamente inflacionados nos últimos anos.

Por exemplo:

B&W Matrix 801 Series 2 (1987) - $4,500

B&W Nautilus 801 (1999) - $11,000

e

JMlab Grand Utopia (1996) - $65,000

JMlab Grande Utopia Be (2003) - $80,000

JM Lab Grande Utopia EM (2010?) - $180,000

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 15:46

Micro Seiki 1500????? Isso é um gira discos???? O melhor é ir logo para qualquer coisa mais a sério.


http://www.audio-markt.de/_markt/item.php?id=7172836824&


lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 16:03

Da mesma forma que nao podemos os monster receivers da década de 70 como os pioneer sx 1.... Passarem facilmente os 2000€ e alguns amplificadores integrados actuais. Podem ser bons mas .....

Nao confundir vintage muito bonito com qualidade de som!

Nota: o micro seiki que tenho foi adquirido numa época em que se tinha dado por extinto o vinil e o analógico.
Foi quando apareceram os DAT, DTT (da philips/Marantz), o MiniDisc, os formatos de vídeo digital como o lazer disc , VCD, o inicio do DVD etc.
Por isso tive sorte!!!

Mas ao valor que os Micro e outras marcas atingem nos dias de hoje, provavelmente nao compraria!

Quanto a qualidade ou características de som, um conhecido tem um Kuzma XL e um Micro RX 5000 e diz ele ainda preferir o micro!
Um GD com 20 anos!

Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 16:10

António José da Silva escreveu:
Micro Seiki 1500????? Isso é um gira discos???? O melhor é ir logo para qualquer coisa mais a sério.


http://www.audio-markt.de/_markt/item.php?id=7172836824&


lol!

Aí esta um que acho estar inflacionádo.
Nao há peças, muito pouca gente sabe mexer e afinar os air bearing bem - teria que enviar para o Japão para reparações.

E temos o JC Verdier Platine,entre outros que são tão bons ou melhores e custam metade do valor!

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3304
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 16:43

microseiki escreveu:
Custo beneficio

O micro seiki rx 1500 ficou-me abaixo dos 100€ em 1995 !!! E com um braço da well tempered !!!!!

Diz-me um Gd abaixo dos 1500/2000 que lhe façam frente?
...
Quando se vendem micro rx1500 entre os 3500 a 6000 e o meu ficou por 100, quem é que ganha mais?

Microseiki, o Ricardo tém razão em considerar o exemplo do RX 1500 como mau...

Voçê não comprou um gira de segunda mão!... voçê teve uma grande sorte e a isso chama-se uma pechincha!!! Um dos meus TD124 foi-me dado, então ainda é melhor, mas não é um exemplo viàvel ném definitivo...

Cada um pode se convençer do que quer, e estou habituado a isso. Mas é dificil de resistir a uma comparação, feita com regras objectivas e numa situação modelisada, entre uma velha maquina e outra "equivalente mas moderna"... a raras excepções como o EMT930! Mesmo se podemos ter uma preferência sonora pela antiga, mas a isso chama-se "gosto pessoal" e trata-se de Audio e não de Alta-Fidelidade!

Quanto a fazer melhor que um RX1500 entre 1500 e 2000 euros "novo", não vejo nada agora assim de cabeça!... mas por 500€ mais 200€ de braço, ou seja 700€!... um PT One ou Two de segunda mão ou um Xerxes type I, podem ser as màquinas globalmente vitoriosas desse combate...

Quanto ao custo/beneficio, cada um gere essa historia pessoal como quizer. O meu filho mais velho teve um custo beneficio excelente com o sistema dele pois fui eu que lhe dei..., mas para mim o custo/beneficio é elevado pois fui eu que paguei. O seu microseiki a 100€, teve um custo/beneficio enorme ao primeiro comprador, e muito baixo a si. Pois é, para haver segunda mão, é necessàrio uma primeira mão !!!... e se sigo o seu raciocinio, o primeiro comprador é parvo, ora que o segundo, o terceiro e por ai fora são espertos...

Não vejo as coisas assim, e a alta-fidelidade sendo um prazer, como se diz aqui "Le plaisir n'a pas de prix..."... e efectivamente a partir de um certo nivel técnologico, o preço a pagar para avançar um pouco à escuta é exponencial... como em todos os dominios técnologicos !

Até+


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1833
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 20:59

Eu sou da opinião que podemos ter bons aparelhos consoante a nossa carteira, mas também sou daqueles que gosto de obter certos aparelhos que estão um pouco acima da minha carteira, mas para isso normalmente faço um esforço extra a nível de trabalho para o obter. Dou o exemplo do meu amplificador que quando o comprei em 93 foi mais que o meu ordenado mas trabalhei bastante para o ter, mas agora depois de ouvir um JP Viriatus vou voltar a fazer um esforço suplementar para o obter pois é um aparelho caro mas também não é nenhuma fortuna em relação à sua qualidade. Não quero dizer com isto que o meu amplificador não é bom mas se posso obter um com uma melhoria a nível sonoro, porque não tentar obter-lo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 21:03

fernando3728 escreveu:
Eu sou da opinião que podemos ter bons aparelhos consoante a nossa carteira, mas também sou daqueles que gosto de obter certos aparelhos que estão um pouco acima da minha carteira, mas para isso normalmente faço um esforço extra a nível de trabalho para o obter. Dou o exemplo do meu amplificador que quando o comprei em 93 foi mais que o meu ordenado mas trabalhei bastante para o ter, mas agora depois de ouvir um JP Viriatus vou voltar a fazer um esforço suplementar para o obter pois é um aparelho caro mas também não é nenhuma fortuna em relação à sua qualidade. Não quero dizer com isto que o meu amplificador não é bom mas se posso obter um com uma melhoria a nível sonoro, porque não tentar obter-lo.


Esse texto é como se me estivesse a ver ao espelho.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1833
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 21:03

Quanto ao meu Gira não gastei muito e é novo, com uma boa qualidade. Acho que pelo mesmo preço não iria conseguir um melhor, mesmo Vintage, sem gastar mais dinheiro com ele.
Um abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 21:39

Estamos a fugir a questão principal e por minha culpa!

individualizei com exemplos pessoais e que sei serem excepções (falta o garrard 301 por 25€ lol! )

A titulo pessoal!

Bem sei que se pudesse compraria algumas coisas novas. Como um Verdier La platine com um EMT 997! etc. mas dentro dentro desta gama já nao iria para um Kuzma XL com o Braço AirBearing.

Mas não posso! e já ouvi ambos e na mesma noite! e pelo valores e no meu ouvido o Verdier tem substancialmente maior beneficio! apenas opinião pessoal.

Como não posso (ainda! lol! ) ter um Verdier, tenho um EMT que aos meus ouvidos bateu muitos GDs modernos. e posso adiantar que nem foi tão bom negócio (preço) quanto isso, mas o beneficio já cobriu o custo lol!

Num universo mais terráqueo, entre o Pioneer A400 e um AudioLab 8000A ia para o primeiro.


Agora apenas nos equipamentos Actuais e em produção!

É evidente que o beneficio de um ou outro equipamento é subjectivo (gosto) e objectivo (no que nos interessa, o custo), tudo depende destes dois factores.
E nas escolhas temos sempre um grande subjectivismo.

Mas curioso, é a oferta do usado! certas marcas e modelos é raro ver no mercado do usado! e o verdier serve de exemplo, os RuiBorges igualmente!
ou seja são exemplos na minha opinião (minha) de que os compradores tiveram uma relação custo beneficio muito proxima uma da outra. Custaram mas o prazer que lhes dá é igualmente elevado!

e este sim é uma boa relação custo/beneficio.


Os exemplos negativos não vou apontar por razoes obvias!







Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 21:46

fernando3728 escreveu:
Quanto ao meu Gira não gastei muito e é novo, com uma boa qualidade. Acho que pelo mesmo preço não iria conseguir um melhor, mesmo Vintage, sem gastar mais dinheiro com ele.
Um abraço

Parece ter-se gerado uma confusão!

Não digo que nao haja Gds novos muito bons e a bons preços (um beneficio/custo bom) e tb digo e afirmo que é errado partir do pressuposto que só o Vintage é bom!


Alias o Vintage genericamente falando esta inflacionadissimo! e não compensa de forma alguma! mas bons negócio aparecem no recente usado !

E se te satisfaz, tens um custo Beneficio positivo! ou seja o beneficio ultrapassa o custo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2184
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Custo/ Beneficio.   Dom Jun 09 2013, 22:13

Bom, eu já disse aqui quais eram os meus GDs favoritos.

Entre eles está o meu que não foi nada barato e foi suado cada cêntimo que me custou. Também já disse aqui, que em comparação de prazer musical entre o meu e um dos outros favoritos - o SME 20/3 - não teria muitas dúvidas em escolher o meu, quando entrava em linha de conta com o factor preço, de um e de outro.

No entanto, um destes dias tive a oportunidade de ouvir novamente o SME 20/3 e o outro favorito, o Clearaudio Master Innovation, e... Claro que, mesmo que tivesse muita massa, continuaria a pensar se valeria a pena o maior investimento para estes, até porque hoje não é desprezível o facto de, apesar da ascendente venda de vinil, esta não é compatível com a edição da música nova que se vai fazendo. Esta está cada vez mais a ser dirigida para o streaming de alta definição e aqui a qualidade começa a superar e muito o CD e a entrar no rumo que se prometia com este suporte.

Mas retomando o fio à meada, que estes dois equipamentos me bateram cá na tola..., lá isso bateram e nos meus ouvidos não me lembro de nenhum, hoje vintage, ontem High-End, que os bata realmente. Mas claro está isto é nos meus ouvidos. Agora claro está que, também nos meus ouvido e no meu prazer musical, o ganho obtido com qualquer destes equipamentos, não é proporcional com o que se paga a mais. Mas o que é, nesta vida, quando começamos a entrar em especialidades ? No entanto, compreendo perfeitamente quem julgue que valerá a pena o investimento e ainda bem que há.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Custo/ Beneficio.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Fretless custo x beneficio bom
» Ampli pra Casa - melhor Custo x Benefício
» Les Paul x Custo Benefício
» Fretless melhor custo benefício ou o mais barato
» P-Bass custo/benefício nível SX

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: