Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 O mito dos degraus e outras fantasias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: O mito dos degraus e outras fantasias   Seg Abr 29 2013, 19:37

Estes videos sobre audio digital foram especialmente criados para o Stereo Razz

http://xiph.org/video/vid1.shtml

http://xiph.org/video/vid2.shtml
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilusion
Membro AAP
avatar

Mensagens : 109
Data de inscrição : 02/03/2013
Idade : 32
Localização : Espinho

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Seg Abr 29 2013, 23:59

Ele percebe e muito do assunto!
Mas pelos vistos até nem fala mal do Audio Digital.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 10:37

Ilusion escreveu:
Ele percebe e muito do assunto!
Mas pelos vistos até nem fala mal do Audio Digital.

Estranho, não é? Suspect

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilusion
Membro AAP
avatar

Mensagens : 109
Data de inscrição : 02/03/2013
Idade : 32
Localização : Espinho

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 10:44

Não sei se é estranho ou não. Pelo que sempre ouvi dizer o analógico era superior ao Digital....
Nota: As minhas fontes são todas Digitais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15209
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 11:21

Ilusion escreveu:
Pelo que sempre ouvi dizer o analógico era superior ao Digital....
Estranho, não é? Suspect

Laughing

O unico problema do analogico prende-se com os suportes....

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilusion
Membro AAP
avatar

Mensagens : 109
Data de inscrição : 02/03/2013
Idade : 32
Localização : Espinho

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 11:22

Pois isso é verdade.
Mas não ouve uma aclamada discussão sobre este assunto em que toda a a gente dizia que o Analógico era melhor?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15209
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 11:35

Ilusion escreveu:
Pois isso é verdade.
Mas não ouve uma aclamada discussão sobre este assunto em que toda a a gente dizia que o Analógico era melhor?
E eu não tenho duvidas da superioridade do analogico....porque aos meus ouvidos e mesmo com clikes e pops e hissss soa-me melhor do que os cds
Mas se houvesse um suporte imune aos clikes ,pops e hisss isso seria o ideal.
Entretanto vamos tentando e aperfeiçoando os sistemas de leitura de forma a "contornarem" essas vicissitudes...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 11:49

(Acho que) não existem razões técnicas que provem a superioridade do vinil, antes pelo contrário.
Trata-se, isso sim, uma questão de preferência subjectiva, ou seja, gosto.
Gosto pela sonoridade, gosto pelo ritual, e gosto pelo objecto que é indiscutivelmente belo.

Para mim o que poderá fazer a diferença, com a balança da qualidade a pender para o vinil, é o facto do disco preto ser produzido em pequenas quantidades e vendido a preços mais elevados o que pode em teoria possibilitar um maior cuidado no fabrico do suporte e na masterização do conteúdo.
Infelizmente hoje isso nem sempre acontece pelo que existem maus exemplos em ambos os suportes, tanto piores quanto menos erudito for o conteúdo musical, já que o renascimento do vinil é acima de tudo, para a indústria discográfica, mais uma oportunidade de negócio.

O resto, conforme já referi, são questões de gosto pela sonoridade, pelo ritual, pelo objecto, pela caça aos títulos, de comodismo, de saudosismo, de disponibilidade financeira, de coleccionismo, etc, etc, etc.

No outro extremo temos a questão da captação e do registo, que nos dias de hoje deve a sua menor qualidade não ao facto de ser efectuada em digital mas a problemas relacionados com budget, com timings, com o "facilitismo" que a tecnologia digital trouxe ao processo da produção discográfica, em suma, o objectivo das empresas discográficas deixou de ser também qualidade e é hoje apenas o lucro.
Não nos deixemos iludir com a santidade (ou perfeição) mítica do vinil, já que na época áurea deste suporte também se cometiam enormes barbaridades, especialmente na música rock e pop, tanto ao nível da gravação como ao nível da prensagem.
Por outro lado, editoras como a Decca ou a Deutsche Gramophone, ou algumas etiquetas de jazz sempre produziram bons discos, tanto na era analógica como hoje, na era digital.
O pior é se não gostamos destes géneros músicais.

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilusion
Membro AAP
avatar

Mensagens : 109
Data de inscrição : 02/03/2013
Idade : 32
Localização : Espinho

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 12:09

Eu, talvez por ser novo, não aderi ao vynil. No entanto, tenho aqui em casa um Thorens TD160 do meu pai. Sim, um dia será meu! Aí eu irei dar mais atenção ao analógico.
Para já, contento-me com os meus FLAC's....
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 12:13

Os FLACs podem ser bons ou maus, dependendo do ficheiro a partir do qual foram criados.
Qualquer coisa a partir de 16bit/44,1kHz é "perfeita".

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilusion
Membro AAP
avatar

Mensagens : 109
Data de inscrição : 02/03/2013
Idade : 32
Localização : Espinho

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 12:20

Oh, ia jurar que noutro tópico disse que superior a 24/96 não havia nenhum ganho..
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 12:32

Ilusion escreveu:
Oh, ia jurar que noutro tópico disse que superior a 24/96 não havia nenhum ganho..

E pode jurar.
Talvez eu não tenha sido claro: ≥16/44,1...menos que isso é indesejável.

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ilusion
Membro AAP
avatar

Mensagens : 109
Data de inscrição : 02/03/2013
Idade : 32
Localização : Espinho

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Ter Abr 30 2013, 12:49

Então seria >= 16/44 e <= 24/96
Voltar ao Topo Ir em baixo
ViciAudio
Membro AAP


Mensagens : 494
Data de inscrição : 13/03/2012
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Qui Maio 09 2013, 17:35

Esses mitos e fantasias são irrelevantes perante a imensidão que simplesmente nem imaginamos (muito menos conhecemos) sobre o que é "ouvir" ou o que é a nossa relação "musical" com o som...

Este video pode ajudar a começar a desvendar um "niquinho" de tudo aquilo que hoje se começa a saber sobre o assunto, e que se calhar nem chega a 0.000001% do que há para saber e aprender.

http://www.youtube.com/watch?v=pBeDn8XHhKU

Degraus? Talvez... e outras fantasias também. Dentro do oceano da nossa audição, ou do universo da música, os teoremas que fundamentam o audio digital parecem tão rudimentares como uma calculadora digital avariada.

Na minha opinião até um disco de vinil com toda a sua "simplicidade" oferece uma abordagem milhões de vezes mais complexa e aproximada ao que nós conhecemos sobre a nossa audição do que qualquer processo ADC/DAC. Um sistema analógico aperfeiçoado onde fosse possível eliminar as limitações do vinil (que obviamente existem como nos outros formatos todos) poderia revelar de forma ainda mais clara essa vantagem.

Just my 2 cents Smile





Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64354
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Qui Maio 09 2013, 17:52

ViciAudio escreveu:


Just my 2 cents Smile








Esses dois cêntimos parece-me carregados de razão. Em casa vou visionar o vídeo.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Qui Maio 09 2013, 19:27

António José da Silva escreveu:
ViciAudio escreveu:


Just my 2 cents Smile








Esses dois cêntimos parece-me carregados de razão. Em casa vou visionar o vídeo.

Vais visioná-lo em VHS? Cool

ViciAudio escreveu:
Esses mitos e fantasias são irrelevantes perante a imensidão que simplesmente nem imaginamos (muito menos conhecemos) sobre o que é "ouvir" ou o que é a nossa relação "musical" com o som...

Este video pode ajudar a começar a desvendar um "niquinho" de tudo aquilo que hoje se começa a saber sobre o assunto, e que se calhar nem chega a 0.000001% do que há para saber e aprender.

http://www.youtube.com/watch?v=pBeDn8XHhKU

Degraus? Talvez... e outras fantasias também. Dentro do oceano da nossa audição, ou do universo da música, os teoremas que fundamentam o audio digital parecem tão rudimentares como uma calculadora digital avariada.

Na minha opinião até um disco de vinil com toda a sua "simplicidade" oferece uma abordagem milhões de vezes mais complexa e aproximada ao que nós conhecemos sobre a nossa audição do que qualquer processo ADC/DAC. Um sistema analógico aperfeiçoado onde fosse possível eliminar as limitações do vinil (que obviamente existem como nos outros formatos todos) poderia revelar de forma ainda mais clara essa vantagem.

Concordo que um sistema moderno de suporte e leitura de gravações analógicas que pudesse eliminar as limitações do vinil seria um passo em frente na reprodução de sinal 100% analógico mas a verdade é que essas limitações já foram eliminadas com a invenção do CD.
Apareceram outras, é certo, mas foi o fim das distorções produzidas por empenos e descentramentos, das dificuldades de afinação, do ruído de fundo resultante da leitura, do lixo nas altas frequências, da captação de vibrações por acoplamento físico e por via aérea, da sujidade, das variações na resposta de frequências entre o início e o fim do disco, da fraca separação de canais, da inconsistência do suporte físico, do desgaste do equipamento de leitura (célula), da inconsistência das curvas RIAA, da necessidade de mudar de lado antes por vezes literalmente a meio de um andamento sinfónico, etc., etc.
Para quem não acredita que o digital é "transparente" proponho que faça passar o sinal da saída do prévio de phono por um processo de conversão A/D e D/A e avalie o resultado.
Basta para isso comprar um Behringer UCA222 que custa 25 ou 30 euros.

Mas a obsessão manter o sinal analógico do princípio ao final do processo tem inúmeros defensores não faz sentido porque, ao contrário do sinal analógico, um sinal digital é hoje praticamente imune a interferências e perdas, ou seja, é capaz de uma maior integridade ou fidelidade.
Não há memória de alguém ter perdido uma vígula ou um pixel que fosse entre o seu computador pessoal e a página de um fórum alojada num ou em vários servidores localizados a quilómetros de distância, possivelmente noutro continente (mas curiosamente as "distorções" na gramática passam todas).

E que melhor forma de revelar a vantagem, ou melhor, a fidelidade do digital do que a comparação entre uma imagem impressa a partir de um registo digital com uma mesma imagem captada em filme de celulóide, ou entre o VHS e o DVD?

Audio tem a ver com reprodução de som (música gravada), não com música (produção de sons).
Mas se a fidelidade é indispensável na reprodução, já na fase de produção desses sons (música), de mistura, etc. o recurso ao analógico pode ser uma ferramenta criativa interessante para os géneros musicais que não têm com objectivo a fidelidade ao timbre do instrumento acústico.
Mas hoje em dia há plug-ins que simulam este "calor analógico" na perfeição (e permitem maior controlo sobre a utilização destas "colorações"), como aliás está descrito neste artigo:

http://www.audioanalogicodeportugal.net/t5052-som-analogico-em-gravacoes-digitais-em-ingles

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64354
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Qui Maio 09 2013, 20:59

Acabei de visionar o filme, e há realmente muito por descobrir.

Quanto a ao debate (manipulação) gravação digital Vs. gravação analógica, para mim continua a não haver duvidas e é bem audível. Mas nem todos ouvimos o mesmo como as experiências da Sr. Deutsch mostram.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Sex Maio 10 2013, 13:44

Conheces este desafio?
Se estás assim tão seguro da tua opinião talvez fosse boa ideia participares. Cool
O objectivo é escolheres a mistura de que gostas mais, uma "criada" na consola Neve e a outra no software Pro Tools...

HEAT Listening Challenge
Take the Mixing Challenge: Pro Tools “In the Box,” Neve 8048, and Pro Tools HEAT

http://www.avid.com/US/resources/HEAT-Listening-Challenge?cmpid=AV-SM-OP-3

How sonically different are the mixes—and which do you prefer?
Many audio professionals believe that certain Neve consoles are the Holy Grail of analog mixing supremacy and are key to getting that coveted warmth in your digital recordings. Many others believe that you can get the same sonic richness mixing in Pro Tools, using plug-ins and no analog gear whatsoever. Still others believe that the answer lies somewhere in between, using analog inserts or summing boxes with an “in the box” Pro Tools mix.

We thought you’d be interested in finding out if your beliefs are in tune with your actual preferences. So, we did a fun experiment (similar to one we did several years ago with a vintage SSL console) at the world famous Village Studios in Los Angeles to see how closely a Pro Tools “in the box” mix being summed on a vintage Neve 8048 console compares with a mix done only “in the box” in Pro Tools—and “in the box” with our new HEAT software add-on, which brings the warmth and character of vintage analog gear to Pro Tools|HD mixes. We invite you to hear the results and judge for yourself.

Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Sex Maio 10 2013, 13:46

Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4809
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O mito dos degraus e outras fantasias   Sab Maio 25 2013, 11:20

What The Matrix can teach us about “resolution” in digital audio



http://productionadvice.co.uk/no-stair-steps-in-digital-audio/
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O mito dos degraus e outras fantasias
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Vómito
» Mito ou realidade - Estralar os dedos, causa perda de mobilidade?
» Quinta corda do contrabaixo com som bem mais baixo que as outras
» Veneza Carnaval 2011, fantasias inspiradas em Bill e Tom Kaulitz
» I-Doser,mito ou verdade...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Digital-
Ir para: