Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalPublicaçõesRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe
 

 Algumas vergonhas no nosso jardim

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 13 ... 20  Seguinte
AutorMensagem
Stereo
Membro AAP


Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyDom Nov 11 2012, 21:08

A sra. Merkel quer aproveitar a crise. Para ela esta é deveras uma oportunidade, mas a sua inteligência não lhe permite ver os limites do razoável. E por isso está a caminhar em terreno perigoso: a estupidez que ela cultiva só nos levará ao mesmo que no passado - o proteccionismo...
Esta por um lado e a China por outro, levam o mundo ao abismo. E isto, infelizmente graças à inteligência saloia desta gente, não será nada bom para ninguém, ou seja, enganam-se se pensam que vão ganhar alguma coisa. O «chupa-chupa» vai sair-lhes demasiado caro.
À China aconselho-os a repensar a lógica, a ideologia e a política, pois a história já tem demasiadas lições para se aprender, por exemplo, que os imperialismos não são saudáveis nem duram muito...
À Alemanha, nem vale a pena dizer mais nada. Se não querem aprender, o problema é deles. Pelo menos seria de bom-senso pensar em pagar a sua dívida histórica e se não querem ficar na Europa, saírem.
Já a Europa, o melhor é repensar o projecto, pois é evidente que este está no lixo. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774

Já agora, gostava que neste país se acabasse com a absurda situação que vivemos, em que os chineses estão a vender, ora produtos chineses, ora portugueses, e sem pagar impostos! Será que ainda faz sentido falar em alguma coisa neste país? É que só vejo idiotices! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySeg Nov 12 2012, 20:02

Talvez tenha sido sugestão, mas hoje pareceu-me ter sentido um mau cheiro! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 13 2012, 09:37

Foi Cavaco Silva, e não Merkel, que enquanto primeiro-ministro permitiu o desbaratar de fundos europeus em obras faraónicas e inúteis, desde piscinas e pavilhões desportivos sem utentes, ao desnecessário Centro Cultural de Belém. Foi o seu ministro Ferreira do Amaral que hipotecou o estado no negócio da Ponte Vasco da Gama.

Foi António Guterres, e não Merkel, que decidiu esbanjar centenas de milhões de euros na construção de dez estádios de futebol. Foi também no seu tempo que se construiu o Parque das Nações, o negócio imobiliário mais ruinoso para o estado em toda a história de Portugal. Foi mais tarde, já com Durão Barroso e o seu ministro da defesa Paulo Portas, que ocorreu o caso de corrupção na compra de submarinos a uma empresa alemã. E enquanto no país de Merkel os corruptores estão presos, por cá nada acontece.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/bode-expiatorio

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5429
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 13 2012, 10:54

Acho curioso já ninguém falar do Zé Socas...deve estar para breve o seu regresso.
Presidenciais? Suspect

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
hugo.dionisio
Membro AAP


Mensagens : 278
Data de inscrição : 05/05/2012
Idade : 42
Localização : AlgMM

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 13 2012, 11:20

Concordo com o António a 100%, no entanto, não faz sentido alguns alemães, com voz na comunicação social, devido aos cargos que ocupam, suportarem-se em falsos moralismos, como as férias ou as horas de trabalho dos Portugueses, para a razão pela qual o país chegou ao que chegou. Existe inclusivé um video a circular nas redes sociais, de iniciativa do Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, que atesta a falta de verdade nalgumas das afirmações feitas.


Abr

HD
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 13 2012, 11:25

hugo.dionisio escreveu:
suportarem-se em falsos moralismos, como as férias ou as horas de trabalho dos Portugueses, para a razão pela qual o país chegou ao que chegou.

Essa é sem duvida uma das grandes cabalas da contra-informação. Fazem a m*&da, tomam as decisões erradas, gastam o que não é deles com ele e com os amigos, e depois querem fazer querer que fomos nós os culpados. É por isso que não suporto esses fdp.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 13 2012, 13:47

António José da Silva escreveu:
Foi Cavaco Silva, e não Merkel, que enquanto primeiro-ministro permitiu o desbaratar de fundos europeus em obras faraónicas e inúteis, desde piscinas e pavilhões desportivos sem utentes, ao desnecessário Centro Cultural de Belém. Foi o seu ministro Ferreira do Amaral que hipotecou o estado no negócio da Ponte Vasco da Gama.

Foi António Guterres, e não Merkel, que decidiu esbanjar centenas de milhões de euros na construção de dez estádios de futebol. Foi também no seu tempo que se construiu o Parque das Nações, o negócio imobiliário mais ruinoso para o estado em toda a história de Portugal. Foi mais tarde, já com Durão Barroso e o seu ministro da defesa Paulo Portas, que ocorreu o caso de corrupção na compra de submarinos a uma empresa alemã. E enquanto no país de Merkel os corruptores estão presos, por cá nada acontece. ...
Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 754215



PS : a mania das grandezas, mas prontes Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 317942
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 13 2012, 20:11

António José da Silva escreveu:
Foi Cavaco Silva, e não Merkel, que enquanto primeiro-ministro permitiu o desbaratar de fundos europeus em obras faraónicas e inúteis, desde piscinas e pavilhões desportivos sem utentes, ao desnecessário Centro Cultural de Belém. Foi o seu ministro Ferreira do Amaral que hipotecou o estado no negócio da Ponte Vasco da Gama.

Foi António Guterres, e não Merkel, que decidiu esbanjar centenas de milhões de euros na construção de dez estádios de futebol. Foi também no seu tempo que se construiu o Parque das Nações, o negócio imobiliário mais ruinoso para o estado em toda a história de Portugal. Foi mais tarde, já com Durão Barroso e o seu ministro da defesa Paulo Portas, que ocorreu o caso de corrupção na compra de submarinos a uma empresa alemã. E enquanto no país de Merkel os corruptores estão presos, por cá nada acontece.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/bode-expiatorio

Mas o que está em causa não é apenas quem fez ou deixou de fazer, mas igualmente quem apoia e o quê. Esta sra. não está sequer a falar em nome dos alemães, que também atravessam a crise. E se esta não se compara em caso algum, não é por isso que se deve pensar que é alguma espécie de drama que a criou e que temos que aguentar a austeridade... É que a austeridade é a receita que serve os mesmos interesses de quem criou a crise. E é na lógica de disfarçar ou desviar as atenções que se tenta vender a ideia de que o povinho é que tem que se aguentar à bronca.
Esta sra. ainda por cima não está a ter qualquer respeito pela UE, querendo tomar esta construção como sendo um «império» seu. Por isso, digo: esta sra. está a «alimentar» os... Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 13 2012, 22:48

A minha satisfação é que, estas pessoas que vivem à conta da desgraça alheia também acabam por «provar do próprio veneno». http://economico.sapo.pt/noticias/descoordenacao-da-troika-e-incompreensivel_156150.html
Se bem que a TROIKA, assim como as agências de rating, o FMI... cuja existência se justifica para cuidar dos interesses dos capitalistas, que exploram todo o tipo de oportunidade, seja a ignorância, o conhecimento, a ambição, os recursos naturais... independentemente do resultado, a verdade é que também eles perdem.

Seja como for, a greve amanhã só pode ser para aderir. E esta manifestação diz respeito a todos, desde as crianças, que infelizmente já sofrem as consequências deste vergonhoso abuso, aos idosos, que não encontram outra forma de procurar defender os seus direitos... o deficiente, o desempregado... enfim, todos temos que dizer não a este abuso, não aos políticos, da esquerda à direita, e não ao roubo, à injustiça ou falta de justiça, não aos srs. «patriarcas», que querem que povo seja idiota... e, finalmente, não a este sistema, que não existe para o cidadão, mas para o poder! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Nov 14 2012, 17:06

Nem com provas nem com nada. A escumalha defende-se uma a outra com unhas e dentes.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/ambrosio

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Nov 14 2012, 20:03

António José da Silva escreveu:
Nem com provas nem com nada. A escumalha defende-se uma a outra com unhas e dentes.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/ambrosio

isto só vem engrossar o que venho dizendo sobre o sistema e a legitimidade.
E por falar nisso, o governo e a presidência da república pratica mesmo o crime relativamente à legitimidade... Como se estivessem mesmo no gozo, insultam a inteligência do povo português dizendo que os que não fizeram greve é que estão preocupados com o país! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774 O que é preciso para pôr termo a este abuso?! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3175
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 15:00

O vídeo que os alemães não querem ver:

https://www.youtube.com/watch?v=OB8pKYZmkqI&feature=youtu.be
Voltar ao Topo Ir em baixo
afonso
Membro AAP


Mensagens : 2309
Data de inscrição : 17/06/2012

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 15:28



Eu acho que esse video é uma vergonha !

Desde quando é que temos que andar a lamber as botas aos alemães e rebaixarmo-nos dessa maneira ?

Nós temos a nossa identidade e não precisamos de nos andar a justificar a ninguém !

Parece um video dum país de terceiro mundo pedinchas ! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 57537
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3175
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 15:36

afonso escreveu:


Eu acho que esse video é uma vergonha !

Desde quando é que temos que andar a lamber as botas aos alemães e rebaixarmo-nos dessa maneira ?

Nós temos a nossa identidade e não precisamos de nos andar a justificar a ninguém !

Parece um video dum país de terceiro mundo pedinchas ! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 57537

A sugestão de onde veio...o que é que esperávamos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 15:41

Vergonha, vergonha, é a m*&da da FNAC Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774 Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774 Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
Fran

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 15:48

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 FNACMiguel
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 21:07

A fnac ou seja o que for, tudo o que é grupo económico (na gíria grupo é treta) é grupo de malandragem.
Pampilar é uma empresa que, segundo o que ouvi agora nas notícias, distribui os lucros pelos empregados. Ora, isto é o tipo de empresa que já há muito falo e que deveria ser obrigatório como prática. Aqui não haveria qualquer desculpa. Espero encontrar produtos dessa empresa!...

Já agora, falando de crise e da Alemanha... O justo é o contributo proporcional e se os alemães não estão bem na fotografia, não é por acaso. Seja porque elegeram a sra. Merkel, seja porque convivem bem com esta realidade, o lado de crise não tem qualquer peso para justificar a causa. Sinto muito, mas quando se pedem contas... Eu não fico contente com isto mas não sou eu que me coloco numa posição como a Sra. Merkel... e por cá não paro de criticar a escumalha dos políticos! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5429
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 21:13

Filantropia vem do grego φίλος (amor) e άνθρωπος (homem), e significa "amor à humanidade".

fonte: wikipedia


Dois exemplos:


Paul Newman: He used his fame to give away his fortune

http://www.slate.com/articles/news_and_politics/obit/2008/09/paul_newman.html


https://www.youtube.com/watch?v=5wcqdKowpsI
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
ricardo onga-ku

Mensagens : 5429
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 15 2012, 21:25

Por um tecto salarial...

"In a time of massive domestic and economic distress, President Franklin Delano Roosevelt issued an executive order during World War II limiting corporate salaries to no more than $25,000 per year after taxes. The president believed that if middle class fathers, brothers, and sons were putting their lives on the line for just $60 per month, the rich should be required to make some sacrifice too."

http://www.salairemaximum.net/

http://articles.latimes.com/1992-04-08/local/me-457_1_maximum-wage



O "fim" do futebol...(por falar em grupos)

"A desregulação económica a que assistimos a partir do início da década de 1960 a nível do futebol, com o fim do tecto salarial para os jogadores profissionais, dá-se como um primeiro passo para uma mudança orgânica que leva à concentração de poder em cinco clubes de futebol em Inglaterra – o Manchester United, o Liverpool, o Arsenal, o Totenham e o Everton, sendo que estes dois ficaram agora para trás nessa luta pela hegemonia, surgindo um novo fenómeno económico como o Chelsea, financiado por um grande capitalista russo. É a partir do fim dessa política do tecto salarial e é com a entrada da televisão na economia do jogo que começa um processo que se afirmará espectacularmente na década de 1990. Na década de 1990, dá-se uma luta política entre as forças de desregulação económica – Estado, grandes media e grandes clubes – e as culturas dos adeptos que se sentem afectadas pelas transformações que se procura levar adiante. Uma das questões mais visíveis foi a referida questão do fim da zona do peão, zona que acabou sendo transformada em espaço de lugares sentados, o que por sua vez levou à diminuição da lotação dos estádios e ao aumento generalizado do preço dos bilhetes. E, para além desta questão, essa transformação criou uma cultura de espectáculo substancialmente diferente da cultura do peão no que se refere à forma de experimentação do jogo. O jogo tornou-se um espectáculo, algo para se ver sentado e não de pé."

http://pt.mondediplo.com/spip.php?article50
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3175
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySex Nov 16 2012, 12:47

...batendo as asas pela noite calada... vêm em bandos, com pés de veludo...» Os Vampiros do Século XXI:
A Caixa Geral de Depósitos (CGD) está a enviar aos seus clientes mais modestos uma circular que deveria fazer
corar de vergonha os administradores - principescamente pagos - daquela instituição bancária.
A carta da CGD começa, como mandam as boas regras de marketing, por reafirmar o empenho do Banco em
oferecer aos seus clientes as melhores condições de preço qualidade em toda a gama de prestação de serviços,
incluindo no que respeita a despesas de manutenção nas contas à ordem.
As palavras de circunstância não chegam sequer a suscitar qualquer tipo de ilusões, dado que após novo
parágrafo sobre racionalização e eficiência da gestão de contas, o estimado/a cliente é confrontado com a
informação de que, para continuar a usufruir da isenção da comissão de despesas de manutenção, terá de ter em cada
trimestre um saldo médio superior a EUR1000, ter crédito de vencimento ou ter aplicações financeiras associadas à
respectiva conta.

Ora sucede que muitas contas da CGD,designadamente de pensionistas e reformados, são abertas por imposição
legal.

É o caso de um reformado por invalidez e quase septuagenário, que sobrevive com uma pensão de EUR243,45 - que para ter direito ao piedoso subsídio diário de EUR 7,57 (sete euros e cinquenta e sete cêntimos!) foi forçado a abrir conta na CGD por determinação expressa da Segurança Social para receber a reforma.
Como se compreende, casos como este - e muitos são os portugueses que vivem abaixo ou no limiar da pobreza - não podem, de todo, preencher os requisitos impostos pela CGD e tão pouco dar-se ao luxo de pagar despesas de manutenção de uma conta que foram constrangidos a abrir para acolher a sua miséria.
O mais escandaloso é que seja justamente uma instituição bancária que ano após ano apresenta lucros fabulosos e que aposenta os seus administradores, mesmo quando efémeros, com "obscenas" pensões (para citar Bagão Félix), a vir exigir a quem mal consegue sobreviver que contribua para engordar os seus lautos proventos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySex Nov 16 2012, 13:29

É esta a nossa realidade vergonhosa. Se houvessem que analisasse bem as coisas neste país, decerto que não teria qualquer dificuldade em encontrar centenas de inconstitucionalidades. Ou melhor dizendo, roubos ás claras, contra a lei mas ignoradas e protegidas pelas mesmas.

Uma vergonha.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySex Nov 16 2012, 21:22

António José da Silva escreveu:
É esta a nossa realidade vergonhosa. Se houvessem que analisasse bem as coisas neste país, decerto que não teria qualquer dificuldade em encontrar centenas de inconstitucionalidades. Ou melhor dizendo, roubos ás claras, contra a lei mas ignoradas e protegidas pelas mesmas.

Uma vergonha.

É, mas tem que deixar de ser!

Deixo aqui mais um pequeno texto, para que se pense um pouco e se evite os estragos causados pelos anarquistas, dando assim motivos para que se veja o aumento do fascismo, como resposta.

Existe agora, segundo informações, uma excepção relativamente aos subsídios de férias e natal a alguns cidadãos, ao que parece, alguns militares.
Isto é sem qualquer dúvida uma manobra no sentido de manter as águas calmas neste sector. Agora, eu apelo aos militares precisamente para se não deixarem enganar e estejam atentos. Espero que de alguma forma se proporcione uma resposta adequada à realidade, pois o povo assim o deseja.
Se bem que as evidências se vão mostrando no sentido de mostrar a perversão do estado, que sendo de direito, está a entrar num novo fascismo, o povo não deixará de pedir contas. E é nesse sentido que se impõe a necessidade de uma boa reflexão.
Par começar, se bem que já está bem demonstrada a qualidade da manifestação dos portugueses, não será a pressão que a realidade imprime que irá servir de desculpa para que os senhores que querem impor a sua lógica o fazerem. Por isso, e para que não restem dúvidas de serem simples cidadãos ou não a perpetrar os arremessos contra as autoridades, devem os manifestantes passar a estar atentos e filmar ou fotografar os ditos cujos, que assim estão a destruir o sentido da manifestação e dar razões aos fascistas para imporem «a ordem». Assim, podendo postar publicamente a identidade destas pessoas, as mesmas pensarão duas vezes antes de o fazerem. E se afinal era a própria polícia os tais «profissionais da desordem», deixará de ser uma forma de o conseguirem, pois serão de imediato identificados e a polícia deixará de ter pretexto para acusar «o povo» de arruaceiro.
Isto é mais uma razão para o manifesto e dizer não a este abuso que estamos a viver! E mais: é bom que finalmente se pense bem no que se está a passar e que se pensa de uma vez por todas na verdadeira e derradeira revolução!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySab Nov 17 2012, 15:08

Para o precipício! Em frente, marche!

http://expresso.sapo.pt/para-o-precipicio-em-frente-marche=f767439#ixzz2CUYMxBPV

O aumento brutal de impostos contemplado no Orçamento do Estado para 2013 será o xeque-mate à esperança da recuperação da economia portuguesa por muitos anos.

Milhares de empresas serão lançadas na falência, o desemprego vai continuar a sua escalada, milhões de cidadãos deixarão de pagar ao fisco por falta de capacidade - e, contradição das contradições, a dívida externa será cada vez mais difícil de pagar e o défice orçamental continuará longissimo dos objetivos fixados.

Não acredita? Segundo dados da CMA DataVision, o risco de incumprimento da dívida nacional num horizonte de cinco anos continua a subir desde 19 de outubro e Portugal conserva o 5.º lugar no "clube" dos 10 países com mais alto risco de bancarrota.

A agência Bloomberg já coloca em causa a própria análise sobre a sustentabilidade da dívida portuguesa realizada pelo Fundo Monetário Internacional na 5ª revisão regular do plano de ajustamento.

O agravamento do contexto externo, com a entrada oficial em recessão da zona euro no terceiro trimestre deste ano, também não abre perspetivas optimistas. E os mercados da dívida sinalizam cada vez mais que a sua perspetiva sobre o futuro da economia portuguesa e do próprio ajustamento é tudo menos otimista.

Ninguém acredita que a recessão fique apenas em 1% no próximo ano, base no qual está construído o OE/2013. E do FMI às Nações Unidas, passando pela União Europeia, adensam-se as dúvidas e as críticas a um ajustamento em 2013 que virá em 80% do aumento dos impostos.

Mas perante tudo isto, o que faz o Governo e o ministro das Finanças em particular? Como o sargento que confia cegamente no que está a fazer, manda os soldados continuar a marchar, apesar de ser evidente o precipício no qual todos vão cair.

Devem-se manter todos os cortes na despesa e ir mais além, onde for possível. Mas, por favor, deixem a economia respirar! Não aumentem a carga fiscal sobre os contribuintes individuais e coletivos!

O Orçamento do Estado para 2013 é, do ponto de vista fiscal, o precipício em que vão morrer milhões de contribuintes. Por isso, só há uma maneira de parar esta carnificina: é não aprovando o OE/2013. Porque depois da sua aprovação, não haverá recuo e a mortandade de empresas e contribuintes será uma realidade, que tornará o país por longos anos num cemitério da esperança de qualquer vida digna neste retângulo à beira-mar plantado.





_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
Goansipife

Mensagens : 3175
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 60
Localização : Freiria - Torres Vedras

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySab Nov 17 2012, 19:31

Só que desta vez, António, no precipício poderá cair um País inteiro.... e eles sabem disso Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySab Nov 17 2012, 19:44

António José da Silva escreveu:
Para o precipício! Em frente, marche!

http://expresso.sapo.pt/para-o-precipicio-em-frente-marche=f767439#ixzz2CUYMxBPV

O aumento brutal de impostos contemplado no Orçamento do Estado para 2013 será o xeque-mate à esperança da recuperação da economia portuguesa por muitos anos.

Milhares de empresas serão lançadas na falência, o desemprego vai continuar a sua escalada, milhões de cidadãos deixarão de pagar ao fisco por falta de capacidade - e, contradição das contradições, a dívida externa será cada vez mais difícil de pagar e o défice orçamental continuará longissimo dos objetivos fixados.

Não acredita? Segundo dados da CMA DataVision, o risco de incumprimento da dívida nacional num horizonte de cinco anos continua a subir desde 19 de outubro e Portugal conserva o 5.º lugar no "clube" dos 10 países com mais alto risco de bancarrota.

A agência Bloomberg já coloca em causa a própria análise sobre a sustentabilidade da dívida portuguesa realizada pelo Fundo Monetário Internacional na 5ª revisão regular do plano de ajustamento.

O agravamento do contexto externo, com a entrada oficial em recessão da zona euro no terceiro trimestre deste ano, também não abre perspetivas optimistas. E os mercados da dívida sinalizam cada vez mais que a sua perspetiva sobre o futuro da economia portuguesa e do próprio ajustamento é tudo menos otimista.

Ninguém acredita que a recessão fique apenas em 1% no próximo ano, base no qual está construído o OE/2013. E do FMI às Nações Unidas, passando pela União Europeia, adensam-se as dúvidas e as críticas a um ajustamento em 2013 que virá em 80% do aumento dos impostos.

Mas perante tudo isto, o que faz o Governo e o ministro das Finanças em particular? Como o sargento que confia cegamente no que está a fazer, manda os soldados continuar a marchar, apesar de ser evidente o precipício no qual todos vão cair.

Devem-se manter todos os cortes na despesa e ir mais além, onde for possível. Mas, por favor, deixem a economia respirar! Não aumentem a carga fiscal sobre os contribuintes individuais e coletivos!

O Orçamento do Estado para 2013 é, do ponto de vista fiscal, o precipício em que vão morrer milhões de contribuintes. Por isso, só há uma maneira de parar esta carnificina: é não aprovando o OE/2013. Porque depois da sua aprovação, não haverá recuo e a mortandade de empresas e contribuintes será uma realidade, que tornará o país por longos anos num cemitério da esperança de qualquer vida digna neste retângulo à beira-mar plantado.





Já antes, no anterior governo eu alertava para esta situação. O povinho deixou-se iludir. Depois, comecei por alertar, por exemplo, no caso das SCUT... E ainda parece que o povo não percebe que anda enganado. Ora as agências, ora os especialistas da treta, sempre vendem uma realidade falsa. E é precisamente esse o propósito: o de venderem a treta - que o povo acaba por comprar! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
A pergunta que se põe é: será que o povo ainda não abriu os olhos? É que o país está entregue ao bichos e é o povo que o está a entregar! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySab Nov 17 2012, 20:09

Goansipife escreveu:
Só que desta vez, António, no precipício poderá cair um País inteiro.... e eles sabem disso Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774


Claro que sabem. Não acredito na imbecilidade daqueles gajos, imbecil sou eu.
Uma coisa é certa, muita gente que se move na camada mais "pensante" e com conhecimentos da população está a ficar seriamente assustada. E isso é o sinal mais evidente de que a desgraça está iminente.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
greytear
Membro AAP
greytear

Mensagens : 314
Data de inscrição : 19/05/2012
Idade : 40
Localização : Aveiro

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySab Nov 17 2012, 22:30

António José da Silva escreveu:
Para o precipício! Em frente, marche!

http://expresso.sapo.pt/para-o-precipicio-em-frente-marche=f767439#ixzz2CUYMxBPV

O aumento brutal de impostos contemplado no Orçamento do Estado para 2013 será o xeque-mate à esperança da recuperação da economia portuguesa por muitos anos.

Milhares de empresas serão lançadas na falência, o desemprego vai continuar a sua escalada, milhões de cidadãos deixarão de pagar ao fisco por falta de capacidade - e, contradição das contradições, a dívida externa será cada vez mais difícil de pagar e o défice orçamental continuará longissimo dos objetivos fixados.

Não acredita? Segundo dados da CMA DataVision, o risco de incumprimento da dívida nacional num horizonte de cinco anos continua a subir desde 19 de outubro e Portugal conserva o 5.º lugar no "clube" dos 10 países com mais alto risco de bancarrota.

A agência Bloomberg já coloca em causa a própria análise sobre a sustentabilidade da dívida portuguesa realizada pelo Fundo Monetário Internacional na 5ª revisão regular do plano de ajustamento.

O agravamento do contexto externo, com a entrada oficial em recessão da zona euro no terceiro trimestre deste ano, também não abre perspetivas optimistas. E os mercados da dívida sinalizam cada vez mais que a sua perspetiva sobre o futuro da economia portuguesa e do próprio ajustamento é tudo menos otimista.

Ninguém acredita que a recessão fique apenas em 1% no próximo ano, base no qual está construído o OE/2013. E do FMI às Nações Unidas, passando pela União Europeia, adensam-se as dúvidas e as críticas a um ajustamento em 2013 que virá em 80% do aumento dos impostos.

Mas perante tudo isto, o que faz o Governo e o ministro das Finanças em particular? Como o sargento que confia cegamente no que está a fazer, manda os soldados continuar a marchar, apesar de ser evidente o precipício no qual todos vão cair.

Devem-se manter todos os cortes na despesa e ir mais além, onde for possível. Mas, por favor, deixem a economia respirar! Não aumentem a carga fiscal sobre os contribuintes individuais e coletivos!

O Orçamento do Estado para 2013 é, do ponto de vista fiscal, o precipício em que vão morrer milhões de contribuintes. Por isso, só há uma maneira de parar esta carnificina: é não aprovando o OE/2013. Porque depois da sua aprovação, não haverá recuo e a mortandade de empresas e contribuintes será uma realidade, que tornará o país por longos anos num cemitério da esperança de qualquer vida digna neste retângulo à beira-mar plantado.





Resta-nos a acção de protesto. Convido-vos a estarem presentes nas acções de luta que se desenrolam periodicamente por este país fora....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySab Nov 17 2012, 23:19

greytear escreveu:




Resta-nos a acção de protesto. Convido-vos a estarem presentes nas acções de luta que se desenrolam periodicamente por este país fora....[/quote]

Dentro das minhas possibilidades, eu darei o meu contributo. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 22692
Por falar nisso: para aqueles que pensam que estamos ainda a discutir alguma coisa irrelevante, é bom que pensem melhor. Isto é não só para os trabalhadores, mas para os empresários e todo o cidadão.
Eu encontro-me numa situação difícil e não deixo de aderir à luta. O que ganho agora é pouco e mesmo assim «não me importo» de perder um dia. O povo deve pensar que, se não fizer agora algum sacrifício no sentido de evitar o desastre, irá perder essa oportunidade e depois o sacrifício será algo de muito se irá arrepender de nada ter feito para o evitar.

António, não importa a consciência ou a falta dela nestas pessoas, o importante é, contrariando os seus interesses, procurar mudar de rumo. Estes são uns criminosos e o seu dia chegará.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySeg Nov 19 2012, 15:45

Mais um caso de grande gravidade que nos vai custar uma fortuna para ser julgado e que vai acabar numa bola voadora de sabão.


http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=365307

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySeg Nov 19 2012, 19:01

António José da Silva escreveu:
Mais um caso de grande gravidade que nos vai custar uma fortuna para ser julgado e que vai acabar numa bola voadora de sabão.


http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=365307

Estava mesmo a pensar comentar este caso...
http://expresso.sapo.pt/caso-dos-submarinos-entra-em-julgamento=f767982
http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2012/11/19/advogado-dos-arguidos-alemaes-no-caso-dos-submarinos-defende-que-revisao-do-contrato-anula-motivos-de-julgamento

Acontece que, a mal vem de longe: na Alemanha o assunto foi resolvido sem grandes alaridos e cumpriu-se bem os interesses envolvidos. Sim, porque se trata simplesmente de interesses e não fazia sentido pensar em justiça. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Por cá, é como de costume: muito alarido e para resultar em coisa alguma ou apenas manter a fachada, como de resto aconteceu na Alemanha, só que sem meias medidas.
É isto, mais uma vez, a maravilha de sistema a que chamam de jurisdição, mas que não é senão a protecção da máfia do poder! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySeg Nov 19 2012, 20:40

Stereo escreveu:
António José da Silva escreveu:
Mais um caso de grande gravidade que nos vai custar uma fortuna para ser julgado e que vai acabar numa bola voadora de sabão.


http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=365307

Estava mesmo a pensar comentar este caso...
http://expresso.sapo.pt/caso-dos-submarinos-entra-em-julgamento=f767982
http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2012/11/19/advogado-dos-arguidos-alemaes-no-caso-dos-submarinos-defende-que-revisao-do-contrato-anula-motivos-de-julgamento

Acontece que, a mal vem de longe: na Alemanha o assunto foi resolvido sem grandes alaridos e cumpriu-se bem os interesses envolvidos. Sim, porque se trata simplesmente de interesses e não fazia sentido pensar em justiça. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Por cá, é como de costume: muito alarido e para resultar em coisa alguma ou apenas manter a fachada, como de resto aconteceu na Alemanha, só que sem meias medidas.
É isto, mais uma vez, a maravilha de sistema a que chamam de jurisdição, mas que não é senão a protecção da máfia do poder! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Claro, não é nada! Só temos que pagar, nada mais! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Acabei de ver nas notícias a confirmação daquilo que acabo de dizer. Um sr. juiz acaba de dizer que como a empresa vai fazer um investimento, o caso é automaticamente encerrado, pois deixa de haver a questão de burla e ou corrupção. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774 Como é que pode?! Então se alguém comete um crime, só por exibir alguma intenção de cumprir um acordo, o crime deixa de existir?! Então, se alguém mata alguém e exibir uma razão, como, fazer um negócio... já não nem interessa se alguém morreu?! O quê, foi algum azar, a pessoa ter morrido?!... Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 317942 Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Só temos que pagar, nada mais que isso! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
Ferpina

Mensagens : 10423
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 64
Localização : Assado - Perú

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 20 2012, 15:22

Meio milhão de portugueses são analfabetos!

Taxa de analfabetismo caiu para quase metade em dez anos, mas continua a ser o valor mais alto da Europa.

Joana Pereira Bastos (www.expresso.pt)

Terça feira, 20 de novembro de 2012. Ler mais: http://expresso.sapo.pt/meio-milhao-de-portugueses-sao-analfabetos=f768287#ixzz2Cm4pmyxJ


Cerca de 500 mil portugueses não sabem ler nem escrever, segundo os resultados definitivos do Censos 2011, hoje apresentados. A taxa de analfabetismo caiu de 9% para 5,2% na última década, uma diminuição acentuada, que ainda assim não é suficiente para tirar Portugal do último lugar da tabela a nível europeu.

Realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), os resultados do Censos 2011 refletem o progresso registado ao nível das qualificações. Em apenas dez anos, o número de portugueses com mais de 23 anos com ensino superior quase duplicou (passou de 9% para 15%). Entre os licenciados, 60% são mulheres.

Metade da população com 15 ou mais anos concluiu, pelo menos, o 9º ano de escolaridade, o que representa um aumento de 12 pontos percentuais em relação a 2001. Lisboa e Algarve apresentam os maiores níveis de qualificação da população, com 60,4% e 52,7%, respetivamente.

De acordo com os dados do INE, a maioria (52%) da população é economicamente inativa, sendo que os reformados já representam 22% dos portugueses. Não é de estranhar, tendo em conta o envelhecimento da população, que se acentuou na última década: o número de idosos com 70 ou mais anos cresceu 26% e a idade média da população subiu dos 39 para os 42 anos.

A dimensão média das famílias reflete a quebra da natalidade, tendo passado de 2,8 para 2,6 pessoas. A alteração do modelo de organização familiar é notória, com um crescimento de 36% registado ao nível das famílias monoparentais em apenas dez anos.

Como já indicavam os resultados preliminares do Censos, apresentados no ano passado, a população portuguesa cresceu 2% desde 2001 (para 10.562.178), uma subida muito ligeira, conseguida quase exclusivamente à custa do saldo migratório.

O número de estrangeiros a residir em Portugal subiu quase 70%, sendo que as maiores comunidades são a brasileira (28%), cabo-verdiana (10%) e ucraniana (9%). A comunidade angolana, que em 2001 ocupava o primeiro lugar, está agora em 4º.

_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Vu-1_z10 Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Vu-1_z10
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 20 2012, 16:26

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 53233241547245185641345


_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 20 2012, 21:02

Ferpina escreveu:
Meio milhão de portugueses são analfabetos!

.

Isto é deveras um drama! Mas devo ainda lembrar que existem boas razões para isso e não vejo em lado algum espaço para tratar o assunto, apesar de sempre haver gente que se quer mostrar como especialista no assunto.
Mas isto de tratar problemas e de «especialistas», dá pano para mangas. Podemos agora avançar para uma observação da realidade da economia e do trabalho.
Há cada vez mais idosos, porque a economia está na m*&da e isto tem os devidos responsáveis, além das «especialidades»... Cada vez mais se vêm velhos a terem que continuar a trabalhar, porque não têm rendimentos suficientes.
Os jovens, mesmo que tenham tido a oportunidade de obter uma formação superior, estão igualmente por sua conta. E é precisamente esta a questão: o liberalismo venceu e destruiu a economia, e continua a ditar as suas regras, levando as pessoas a uma luta inglória na busca de trabalho que não existe, tentando mais e mais explorando o trabalho.
O mundo empresarial, já não passa de uma ilusão (salvo algum mísero exemplo, que é explorado na opinião pública como sendo algum exemplo a seguir), pois se a principal regra é neste caso a concorrência, é escusado falar de tal; se é para falar de inovação, isso já pouco relevo tem, no mundo que está basicamente controlado por meia dúzia de badamecos... Investir é praticamente suicídio. A economia está estagnada, numa realidade que força ao nivelamento da realidade chinesa, de escravatura. E é nesta perspectiva, de contínuo empobrecimento que o poder económico impõe a sua vontade através da política.
A França já obteve hoje uma ameaça de uma agência de rating que poderá baixar a sua avaliação. A Alemanha lá cegará e as agências só ainda não perceberam que já está no mesmo caminho, pois com a crise instalada, não é só para alguns países, mas para a Europa e para o mundo, que a avaliação terá que se voltar... Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 20 2012, 21:17

Há pouco tempo, houve uma novidade sobre o IMI. Parecia que a situação iria tomar um rumo bem mais saudável, ao que comentei aqui. Hoje tudo muda de figura. Veio o presidente da CML à tv, juntamente com Santana Lopes, anunciar que vai baixar o IMI.
O problema não é baixar o IMI a quem está a pagar a sua casa (habitação própria), é antes - pelo menos não houve indicação discriminatória positiva - voltar atrás, sustentando ainda mais esta especulação... deixando os senhores donos de prédios a pular de alegria, esfregando as mãos, pensando que podem assim especular ainda mais à vontade.
Ainda por cima, não se deram ao trabalho de disfarçar: fizeram questão de se mostrar como parceiros nesta negociata. Como que, em nome de uma espécie de caridade, faz-se este gesto, cuidando dos interesses de alguns, que assim beneficiam. Esta negociata vem na verdade com a conjugação de interesses que esses «alguns» procuraram defender, pois viam a situação a pesar para o lado deles! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774 Como se costuma dizer, todos podem ganhar... neste caso, eles, claro. É como se costuma dizer: uma mão lava a outra... Onde é que já ouvi isto?! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 22 2012, 10:09

Hoje é um dia bastante importante na união europeia, visto que se vai debater as finanças e participações dos países nessas mesmas finanças num plano que é suposto ser até 2020.
É um acordo que só passa com a aprovação a 100% o que significa todos os 27 países tem que estar de acordo.
E é impressionante que seja a Inglaterra (que nem esta no euro) a grande causa de preocupação e que está a deixar o nosso Barroso com os cabelos em pé. E parece mesmo que o Sr. Cameron não esta com ideias de ceder. Se tudo correr pelo pior (e há quem pense que sim), a Europa poderá poderá não voltar a ser a mesma.

Vamos ficar atentos a esta situação.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 22 2012, 22:34


Não sei se foi por engano que isto foi postado no tópico de piadas... mas, apesar de existir uma forma de aligeirar a coisa séria levando-a a brincar na cultura, há que reconhecer limites ao aligeirar, e tomar as coisas sérias de forma séria, pois só assim se vai ao encontro de respostas, em vez de se manifestar apenas a indignação...
Pelo sim, pelo não, resolvi trazer para este tópico este texto, pois parece fazer mais sentido. Agradecido por este.

Isto revela uma amostra do que tanto tenho tentado mostrar. O mal da crise, portanto, está na facilidade como temos aceite a roubalheira e continuamos a pactuar com isto, sustentando a chulice! Enquanto isso, «andamos», como crianças a seguir a treta, como que cada cidadão (leia-se antes indivíduo) deva ser uma espécie de empresa, limitando-se cada vez mais a aceitar uma esmola em troca de trabalho. E quem não tiver trabalho, que se dane. Por isso hoje se viu a triste «feira de emprego».

--------------------------

Nem merece comentários ... mas merece divulgação




Assunto: "Carta Aberta" ao Presidente (Esta é forte!!!)

(Carta publicada no Facebook, por Carlos Paz)



Meu caro Ilustre Prof. CAVACO SILVA.

Tomo a liberdade de me dirigir a V. Exa., através deste meio [o Facebook],
uma vez que o Senhor toma a liberdade de se dirigir a mim da mesma forma.
É, aliás, a única maneira que tem utilizado para conversar comigo (ou com
qualquer dos outros Portugueses, quer tenham ou não, sido seus eleitores).

Falando de eleitores, começo por recordar a V. Exa., que nunca votei em si,
para nenhum dos cargos que o Senhor tem ocupado, praticamente de forma
consecutiva, nos últimos 30 anos em Portugal (Ministro das Finanças,
Primeiro Ministro, Primeiro Ministro, Primeiro Ministro, Presidente da
República, Presidente da República).

No entanto, apesar de nunca ter votado em si, reconheço que o Senhor:
1) Se candidatou de livre e espontânea vontade, não tendo sido para isso
coagido de qualquer forma e foi eleito pela maioria dos eleitores que se
dignaram a comparecer no acto eleitoral;
2) Tomou posse, uma vez mais, de livre vontade, numa cerimónia que foi PAGA
POR MIM (e por todos os outros que AINDA TINHAM, nessa altura, a boa ventura
de ter um emprego para pagar os seus impostos);
3) RESIDE NUMA CASA QUE É PAGA POR MIM (e por todos os outros que AINDA TÊM
a boa ventura de ter um emprego para pagar os seus impostos);
4) TEM TODAS AS SUAS DESPESAS CORRENTES PAGAS POR MIM (e pelos mesmos);
5) TEM TRÊS REFORMAS CUMULATIVAS (duas suas e uma da Exma. Sra. D.
Maria) que são PAGAS por um sistema previdencial que é alimentado POR MIM (e
pelos mesmos);
6) Quando, finalmente, resolver retirar-se da vida política activa, vai ter
uma QUARTA REFORMA (pomposamente designada por subvenção
vitalícia) que será PAGA POR MIM (e por todos os outros que, nessa altura,
AINDA TIVEREM a boa ventura de ter um emprego para pagar os seus impostos).

Neste contexto, é uma verdade absoluta que o Senhor VIVE À MINHA CUSTA (bem
como toda a sua família directa e indirecta). Mais: TEM VIVIDO À MINHA CUSTA
quase TODA A SUA VIDA.

E, não me conteste já, lembrando que algures na sua vida profissional:
a) Trabalhou para o Banco de Portugal;
b) Deu aulas na Universidade.

Ambos sabemos que NADA DISSO É VERDADE.

BANCO DE PORTUGAL: O Senhor recebia o ordenado do Banco de Portugal, mas
fugia de lá, invariavelmente com gripe, de cada vez que era preciso
trabalhar. Principalmente, se bem se lembra (eu lembro-me bem), aquando das
primeiras visitas do FMI no início dos anos 80, em que o Senhor se fingiu
doente para que a sua imagem como futuro político não ficasse manchada pela
associação ao processo de austeridade da época. Ainda hoje a Teresa não
percebe como é que o pomposamente designado chefe do gabinete de estudos
NUNCA esteve disponível para o FMI (ao longo de MUITOS meses. Grande gripe
essa).
Foi aliás esse movimento que lhe permitiu, CONTINUANDO A RECEBER UM ORDENADO
PAGO POR MIM (e sem se dignar sequer a passar por lá), preparar o ataque
palaciano à Liderança do PSD, que o levou com uma grande dose de intriga e
traição aos seus, aos vários lugares que tem vindo a ocupar (GASTANDO O MEU
DINHEIRO).

AULAS NA UNIVERSIDADE: O Senhor recebia o ordenado da Universidade (PAGO POR
MIM). Isso é verdade. Quanto ao ter sido Professor, a história, como sabe
melhor que ninguém, está muito mal contada. O Senhor constava dos quadros da
Universidade, mas nunca por lá aparecia, excepto para RECEBER O ORDENADO,
PAGO POR MIM. O escândalo era de tal forma que até o nosso comum conhecido
JOÃO DE DEUS PINHEIRO, como Reitor, já não tinha qualquer hipótese de tapar
as suas TRAPALHADAS. É verdade que o Senhor depois o acabou por o presentear
com um lugar de Ministro dos Negócios Estrangeiros, para o qual o João tinha
imensa apetência, mas nenhuma competência ou preparação.

Fica assim claro que o Senhor, de facto, NUNCA trabalhou, poucas vezes se
dignou a aparecer nos locais onde recebia o ORDENADO PAGO POR MIM e devotou
toda a vida à sua causa pessoal: triunfar na política.

Mas, fica também claro, que o Senhor AINDA VIVE À MINHA CUSTA e, mais ainda,
vai, para sempre, CONTINUAR A VIVER À MINHA CUSTA.

Sou, assim, sua ENTIDADE PATRONAL.

Neste contexto, eu e todos os outros que O SUSTENTÁMOS TODA A VIDA, temos o
direito de o chamar à responsabilidade:
a) Se não é capaz de mais nada de relevante, então: DEMITA-SE e desapareça;
b) Se se sente capaz de fazer alguma coisa, então: DEMITA O GOVERNO;
c) Se tiver uma réstia de vergonha na cara, então: DEMITA O GOVERNO e, a
seguir, DEMITA-SE.

Aproveito para lhe enviar, em nome da sua entidade patronal (eu e os outros
PAGADORES DE IMPOSTOS), votos de um bom fim de semana.

Respeitosamente,
Carlos Paz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 22 2012, 22:45

António José da Silva escreveu:
Hoje é um dia bastante importante na união europeia, visto que se vai debater as finanças e participações dos países nessas mesmas finanças num plano que é suposto ser até 2020.
É um acordo que só passa com a aprovação a 100% o que significa todos os 27 países tem que estar de acordo.
E é impressionante que seja a Inglaterra (que nem esta no euro) a grande causa de preocupação e que está a deixar o nosso Barroso com os cabelos em pé. E parece mesmo que o Sr. Cameron não esta com ideias de ceder. Se tudo correr pelo pior (e há quem pense que sim), a Europa poderá poderá não voltar a ser a mesma.

Vamos ficar atentos a esta situação.

Veremos se não é desta que a UE vai à vida.
Como se costuma dizer «mesa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão», e aqui aplica-se bem, pois a crise está instalada. Enquanto as coisas correm ao nosso agrado é uma alegria, mas quando temos que assumir as nossas responsabilidades... É assim que se revela a infantilidade do ser humano. Enquanto a brincadeira deu lucros, todos viviam felizes, agora que aparece a factura, ninguém quer pagar a conta; dizem sempre que é o vizinho que a deve pagar. E claro, como sabem, o sacrifício tende sempre a cair para o lado mais fraco. Não sendo este que cria a situação, querem que seja quem deve pagar. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Agora, independentemente das negociações, o povo não deve ceder a nenhum tipo de chantagem e exigir responsabilidades. Se a UE cair, paciência! É a triste realidade, em que o ser humano nada aprende, mas que a presunção lhe basta, porque assim lhe é permitido. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Nov 27 2012, 21:17

Hoje aprovou-se o orçamento de estado. Atropelou-se simplesmente a constituição e todos os responsáveis convivem com isso!
Veremos o que se segue. Sim, porque é bom que o povo esteja alerta e não se deixe enganar (enrrabar)! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774

Para quem quizer, um pouco mais de leitura.
http://planetaterra.forumeiro.com/t20-a-politica-no-seu-melhor
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Nov 28 2012, 21:59

Já agora, fica aqui mais uma...
http://planetaterra.forumeiro.com/t19-o-poder-economico-e-a-cidadania
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQui Nov 29 2012, 22:49

O sr. Jardim votou pelo orçamento de estado, agora quer submeter ao tribunal constitucional a parte que lhe convêm...
O sr. Coelho oferece O natal... ao sector público, como quem dá um rebuçado a uma criança para que ela se porte «bem», para que assim lhe possa ser facilitado o trabalho...
O povo, segundo parece, gosta de sofrer e faz questão que assim o tratem, como que com sadismo. http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=2131852
A questão que fica é: onde é que está a legitimidade?

Foi entregue uma carta ao sr. presidente da República de umas quantas «personalidades», ao que eu chamo «personagens», como se isso adiantasse alguma coisa. É certo que «representativamente» tem o seu peso, mas isto é coisa «para meninos»...
A coisa só lá vai a mal. E não é por isso que me vejo metido numa conspiração. Pelo contrário, apenas devo alertar para o perigo. Lembro, por exemplo, os Iras e agora a personagem de um filme, que tem alimentado mentes com ideias de vingança ou «justiça»... E lembro principalmente que, tal como se criaram organizações secretas como a maçonaria, podem perfeitamente a partir deste momento começar a surgir alguma vontade de organizar algo do género para «acabar com a raça» que tem vindo a roubar o povo... Por isso, não digam que não foi dado o alerta.

Portanto, ignorância à parte, o dever urge. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptySeg Dez 03 2012, 21:28

Acabo de ver uma reportagem na tvi onde podemos assistir a mais um escândalo. Mais um caso que se vai contando, que mostram a verdade e a razão para nos encontrarmos na miséria. A verdade sobre o poder...
Desta vez trata-se de financiamento de colégios privados com dinheiro do estado. É isto a maravilha e a responsabilidade que por cá se cultiva! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Dez 04 2012, 10:16

Como já mencionado pelo amigo Fernando, mais uma vergonha que custou (fora o que não se sabe) 25 milhões aos bolsos dos portugueses.

http://www.tvi24.iol.pt/503/sociedade/reporter-tvi-ana-leal-grupo-gps-dinheiros-publicos-vicios-privados-tvi24/1398555-4071.html

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Dez 04 2012, 10:21

Vale tudo.

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 30598042046231469076089

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Dez 04 2012, 21:12

António José da Silva escreveu:
Como já mencionado pelo amigo Fernando, mais uma vergonha que custou (fora o que não se sabe) 25 milhões aos bolsos dos portugueses.

http://www.tvi24.iol.pt/503/sociedade/reporter-tvi-ana-leal-grupo-gps-dinheiros-publicos-vicios-privados-tvi24/1398555-4071.html
Não se consegue ver nada...

Mas o problema não se fica por aqui: os professores ainda eram coagidos a muita coisa, nomeadamente a dar notas positivas, que mesmo que não as dessem as mesmas seriam alteradas. E isto deixa a pergunta: então é assim que se compreende a «excelência» no sector privado? Quer dizer que apenas interessa o dinheiro e nada mais. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Aliás, não será por acaso que os directores ou simplesmente donos destes estabelecimentos têm vários automóveis e de luxo! A única coisa que conta aqui é a oportunidade de sacar, seja do privado, seja do estado. Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyTer Dez 04 2012, 21:20

António José da Silva escreveu:
Vale tudo.

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 30598042046231469076089

Infelizmente o mundo das organizações de formação, nomeadamente profissional... são ninhos de ratos deste espécie, que aproveitam toda a oportunidade. Aliás, a formação profissional (da treta) tem servido para alimentar a ilusão do povo, aliviar a estatística do desemprego e principalmente para encher os bolsos desta gente! Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 809774

Com o tempo muito porcaria será descoberta, disso podem estar certos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Dez 05 2012, 09:25

A grande contribuição deve de ser da classe política.


http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=2927745

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Dez 05 2012, 09:57

Isto parece brincadeira mas não é, chama-se Portugal (no seu pior).


Tribunal de Contas deteta várias ilegalidades em duas PPP de Oeiras

Os juízes responsabilizam Isaltino Morais, mas também mais de 50 vereadores e deputados municipais de Oeiras que aprovaram os projetos.



http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=2927514

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Dez 05 2012, 15:14

As diferenças são grandes e os resultados também. Em Inglaterra decorre neste momento um ataque feroz á evasão fiscal das grandes empresas, enquanto em Portugal vão cada vez mais ao bolso de quem já nada tem para viver.
Os nossos políticos não só se defendem a eles e ás suas famelgas e amigos, como não tem tomates de enfrentar aquilo que realmente interessa enfrentar e que traria bastantes mais benefícios á nação do que a ladroagem que estão a fazer aos muitos que já vivem no limiar da dignidade.

http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/news/politics/4678135/George-Osbornes-10bn-attack-on-fat-cat-tax-dodging.html#ixzz2EBX6IknX



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
António José da Silva

Mensagens : 64575
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 53
Localização : Quinta do Anjo

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Dez 05 2012, 17:28

Claro que nada disto serve para incriminar os senhores do poder. Até poderia dizer á boca cheia que roubou.


http://publico.pt/local/noticia/isaltino-morais-admite-que-pode-ter-havido-ilegalidades-nas-ppp-1576207

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 6xxboo


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
Stereo

Mensagens : 3493
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 59
Localização : Lisboa

Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 EmptyQua Dez 05 2012, 19:19

Pois é!... É uma questão de tempo, e nem fugindo, como o sr. Sócrates, escaparão! É bom que procurem remediar a situação, como por exemplo, devolvendo o que roubaram e passar o resto da vida a pagar os estragos, isto se não for mesmo caso de cumprir um tempo na prisa! Caso contrário, além de ficarem sem nada, irão mesmo parar à prisa, isto se não acontecer nada pior!

Mas importa manter a guarda firme e exigir responsabilidade seja de quem for, nomeadamente juristas... pois não outro caminho para se resolver as coisas como deve ser!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Algumas vergonhas no nosso jardim   Algumas vergonhas no nosso jardim - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Algumas vergonhas no nosso jardim
Voltar ao Topo 
Página 6 de 20Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 13 ... 20  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Off Topic-
Ir para: