Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Audio Show 2012

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
chicosta
Membro AAP


Mensagens : 1074
Data de inscrição : 25/02/2012

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 13:28

lore escreveu:
Na Imacustica , achei que o som nao estava muito coerente . Faltava grave alto , background .O grave baixo aparecia em avalanche , nem pareciam umas Wilson .

So ouvi com fonte digital , e tambem nao gostei do sobe e desce do volume a meio das musicas ...

Será que não foi algum problema com a fonte?
Enquanto estive lá não notei nada disso, das subidas e descidas do volume.

Já quanto à questão dos graves, não notei isso, mas podem ser 'limitações' que só se notem com algumas músicas e eu ter tido sorte com a seleção musical do momento...

Não sei se pareciam umas Wilson, nunca tinha ouvido nenhumas, mas pelo que ouvi até as podiam pintar de côr-de-rosa com pintinhas amarelas que as aceitaria em minha casa sem quaquer problema!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
lore
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1145
Data de inscrição : 11/07/2010
Localização : lisboa

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 13:52

As subidas e descidas era o sr demonstrador a criar falsa dinamica / suavisar a faixa em escuta .

A sensaçao que me deu era de estar a ouvir a parte superior em fones e os graves em colunas ...A gama

media sempre em (demasiada) evidencia ate surgir a avalanche de graves a levar tudo a frente .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Doug
Membro AAP
avatar

Mensagens : 496
Data de inscrição : 09/01/2011
Idade : 31

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 15:25

Eu não gostei do som da Imacustica (wilson), na sexta quando ouvi, o som tinha algumas reverbações em certas frequencias, e achei o som demasiado escuro. As melhores salas foram as duas da Ultimate audio, tanto as rockport como as tad estavam a ser bem alimentadas e o resultado final excelente em ambas. O som da Tad impressionava pela naturalidade e o das rockport pelo grave... nunca tinha ouvido nada assim...

Mas no final quando cheguei a casa e liguei o meu sistema fiquei bastante contente, coisa que ainda não me tinha acontecido depois de um show
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brás
Membro AAP


Mensagens : 146
Data de inscrição : 21/11/2011

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 15:39

Pois é mais um Audioshow e mais uma vez se viu e ouviu a qualidade dos sistemas apresentados. Eu levei a minha filhota mais nova que de certeza deverá aqui ser referênciada como a visitante mais nova do show (3 mesitos), como ela não chorou em nenhuma sala foi porque de certo modo gostou. É preciso louvar todos aqueles que se dispuseram a comparecer com as suas ofertas, pois de certeza que com a crise em que estamos não é igual para todos e por isso temos que atender a todas as limitações inerentes à participação de um evento como este. O som da Ultimate Audioelite foi na minha opinião o melhor, grande som e que graves, já as TAD precisariam um pouco mais de espaço...Tive pena de não ter ouvido a sala da Imacustica mas a minha filhota estava KO e depois tanta gente para entrar. O som da sala da Ajasom estava muito agradável com a fonte analógica, muito limpo e transparente... Eu gostei do que vi e ouvi, foi pena o tempo não ajudar e que estando o evento dividido em espaços geog´raficamente distintos criou um problema logistico que deverá ser corrigido para a próxima, assim é chato. Parabéns a todos e Obrigado por continuarem a proporcionarem-nos momentos de prazer inesqueciveis. Brás
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64328
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 15:48

Brás escreveu:
. É preciso louvar todos aqueles que se dispuseram a comparecer com as suas ofertas, pois de certeza que com a crise em que estamos não é igual para todos e por isso temos que atender a todas as limitações inerentes à participação...


Muita gente nem se apercebem desse facto e da dificuldade que é para muitos especialmente os crescentes encargos financeiros para um retorno cada vez menor.



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ΜΟΥΣΙΚΗ
Membro AAP
avatar

Mensagens : 300
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 45
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 17:35

Falta aqui o toque de um repórter amador para nos reportar o que viu. Infelizmente não tive oportunidade de ir a Lx, pelo que gostaria de ler algo mais concreto sobre este evento.
Já percebi que que a Ultimate tinha o melhor som (perfeitamente natural...), mas ainda não li nada sobre os outros. Pontos fortes e fracos de cada sistema/sala.
Venham daí as opiniões ds repórteres de campo What a Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64328
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 18:08

ΜΟΥΣΙΚΗ escreveu:
Falta aqui o toque de um repórter amador para nos reportar o que viu. Infelizmente não tive oportunidade de ir a Lx, pelo que gostaria de ler algo mais concreto sobre este evento.
Já percebi que que a Ultimate tinha o melhor som (perfeitamente natural...), mas ainda não li nada sobre os outros. Pontos fortes e fracos de cada sistema/sala.
Venham daí as opiniões ds repórteres de campo What a Face


Isso mesmo, e acompanhado de algumas fotos.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 18:26

lore escreveu:
Na Imacustica , achei que o som nao estava muito coerente . Faltava grave alto , background .O grave baixo aparecia em avalanche , nem pareciam umas Wilson .

So ouvi com fonte digital , e tambem nao gostei do sobe e desce do volume a meio das musicas ...

Ainda estou para ouvir umas Wilson às quais não "falte" algum médio-baixo...é para dar aquele grave tenso e extenso, o baixo "percussivo" que os audiófilos tanto gostam.

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
ΜΟΥΣΙΚΗ
Membro AAP
avatar

Mensagens : 300
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 45
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 19:38

ricardo onga-ku escreveu:
lore escreveu:
Na Imacustica , achei que o som nao estava muito coerente . Faltava grave alto , background .O grave baixo aparecia em avalanche , nem pareciam umas Wilson .

So ouvi com fonte digital , e tambem nao gostei do sobe e desce do volume a meio das musicas ...

Ainda estou para ouvir umas Wilson às quais não "falte" algum médio-baixo...é para dar aquele grave tenso e extenso, o baixo "percussivo" que os audiófilos tanto gostam.

R
Apesar de gostar muito de válvulas e da Audio Research, as colunas da Wilson, nomeadamente as Alexandria, pedem transístores.
Aquilo toca bem com krell, pass e afins. Coisas com músculo e rápidos --> transístores

No entanto já ouvi aquele conjunto AR com as Magico e até casavam bem, muito bem mesmo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 19:58

ricardo onga-ku escreveu:
lore escreveu:
Na Imacustica , achei que o som nao estava muito coerente . Faltava grave alto , background .O grave baixo aparecia em avalanche , nem pareciam umas Wilson .

So ouvi com fonte digital , e tambem nao gostei do sobe e desce do volume a meio das musicas ...

Ainda estou para ouvir umas Wilson às quais não "falte" algum médio-baixo...é para dar aquele grave tenso e extenso, o baixo "percussivo" que os audiófilos tanto gostam.

R

Sugiro Watt Puppy 8, se não estou em erro.

A Viasónica fazia algumas demonstraçoes há alguns anos com ''essas'' WP. Não vou comentar detalhes técnicos e muito menos comentar o que quer que seja, porque não estive no local do crime, só comento o que vejo e ouço e ''entranhas'' não é comigo.

Mas só uma ''rapidinha'', eu nunca fui muito amigo de colunas Amaricanas[b], e o Dave Wilson que me perdoe, mas da Série Wilson as Puppy 7, e 8 já me curvo um pouquinho mais, a série Sophia 2, algures de alguns anos julgo eu, eram muito boas também.

O problema até pode não estar na origem da coluna, mas sim da amplificação que lhes é acolitada, usualmente em Portugal, costuma ser sempre a mesma, ou qui-ça se se esta é utilizada para qualquer Wilson de forma intencional de um modo muito especifico para tirar todo o partido que uma coluna com a complexidade que é qualquer modelo Wilson, o Dave lá saberá melhor que ninguém, e como eu não chego nem á capa do tacão do sapato de qualquer engenheiro de som que fabrica colunas, ( designer já é outra coisa )não posso opinar de forma mais consistente, mas tenho um bom par de tímpanos que ainda não me deixaram ficar mal, felizmente e por enquanto.

Acolita-se Wilson muitas vezes Audio Research, eh pá não sei o que é funciona menos bem aos ouvintes que se dizem audiófilos, eu como não sou audiófilo, aliás nunca o fui, ou se fui nunca dei por isso, mas não sou duro de ouvido, mas dizia eu, que também quando tinha ainda paciência para ouvir ouvia AR com Wilson, notava ali alguma flacidez sónica, se calhar o defeito é meu.

Dos Americanos e agora um pouco de humor á mistura, gosto muita da Beleza Americana Smile , , mas voltando ao sério, em tempos numa das casas de referência de Lisboa em matéria de HiFi, tal como o tempo, faz esquecer, mas no caso que falarei de seguida o tempo oq ue fez foi limpar o rasto a mais uma, e que saudades da G&P, e não sendo a minha de eleição, havia por lá um grande e belissimo par não de mamas mas de colunas, usadas sim, mas quase virgens, e na altura já vão uns bons anos, as Joseph Audio andavam-me a flirtar, e a seduzir, com caraças, se eu não fosse casado, ai papava-as , enfim, aquilo é que era caraças, sempre gostei da Joseph Audio, pelo menos até há uns anos, nem sei se ainda existe, se fôr ao google fico logo a saber, mas não vou perder tempo com isso, e na altura a G&P trabalhava com o que de melhor se fazia em termos de audio, e ouvir Moon/Simaudio com aquilo, ui, minha nossa como diz brasileiro de favela., mas enfim, na vida não se pode ter tudo, mas para terminar não trocava por nenhuma Wilson., posso ou poderia estar redondamente enganado, se calhar ate estava, mas o que lá vai, lá vai.

Só para terminar que isto já longo demais para mim, e qui-ça para outros, há uns anos num desses AudioShows, havia um sujeito Quadros&Ventura que tinha lá umas coisas muito jeitosas dos americas se não estou em erro, Von Schweikert, aquilo era bom sim senhor, com uns cabinhos de coluna Acrolink, ui, até gemia, o homem pôs lá uma das salas do ISCTE se não estou em erro a gemer, mas enfim, tudo tem um fim e um preço. Isto para dizer que nos dias de hoje, e daqui um abraço fraterno para o Eng.Jorge Gonçalves que ainda vai dando sangue à coisa, hajam ou não interesses envolvidos, não é assunto do meu pelouro,, mas eu fiquei cansado de AudioShows e de tudo terminado em Shows, já me vai faltando pachorra para ouvir e ver sempre o mesmo, vou utilizar uma expressão de um tal Bagão Félix, (aoq ue parece agora deu em estrela televisiva, tal como alguns dos parceiros sociais julgo eu ser isso Very Happy ), qualquer dia o ( o futuro a deus pertence ), dizia eu, que o futuro do audio seja ele show ou não, é uma sépticémia quase na certa Very Happy deus queira que esteja enganado bem...mas não é isso que se esboça tanto nos padrões de vida das pessoas nem das suas prioridades, pelos menos na Tugalândia, óbviamente maduros há sempre em qualquer vertente, até a coleccionar cromos, mas sempre ou quase sempre não mais do que meia dúzia e lá vão dando ar à lareira para que esta não apague de vez.

Saúde



Última edição por Mozarteano em Dom Nov 25 2012, 21:16, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 20:32

Mozarteano escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
lore escreveu:
Na Imacustica , achei que o som nao estava muito coerente . Faltava grave alto , background .O grave baixo aparecia em avalanche , nem pareciam umas Wilson .

So ouvi com fonte digital , e tambem nao gostei do sobe e desce do volume a meio das musicas ...

Ainda estou para ouvir umas Wilson às quais não "falte" algum médio-baixo...é para dar aquele grave tenso e extenso, o baixo "percussivo" que os audiófilos tanto gostam.

R

Sugiro Watt Puppy 8, se não estou em erro.

Grande depressão abaixo dos 500Hz, tanto em câmara anecoica como na sala do reviewer:





e para comparação a resposta na mesma sala das Vivid G1Giya (vermelho) e Thiel CS3.7 (azul)


Uma vergonha para o preço que custam estas colunas.

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
ΜΟΥΣΙΚΗ
Membro AAP
avatar

Mensagens : 300
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 45
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 20:38

Os números não enganam e o resto é conversa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 20:43

Os valores que esstão associados a estes bens de luxo de facto não são para o nível de vida tuga, acho que a isto tudo está em concordância e em sintonia. Umas Wilson XPTO nos USA custam $160.000.000, para um americano classe assim assim, ''deve custar a dar'', mas lá arranja morabitinos para essas tretas e quese sem recorrer a empréstimos bancários como é hábito fazer por cá, para comprar ''p&%t&lhos''. Se a isso se adicionar imposições alfandegárias, custos de transporte, aéreo, ou terreste, mas armazenagem aeroportuária ou terminal contentores Santa Apolónia se fôr um desses casos, mas o tempo de despacho que este tipo de mercadorias costuma ser alvo, eh pá não admira o preço a que chegue, há muitas condicionantes, e muitas voltas a dar neste tipo de mercadoria.

Quanto a gráficos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 21:40

lore escreveu:
As subidas e descidas era o sr demonstrador a criar falsa dinamica / suavisar a faixa em escuta .

A sensaçao que me deu era de estar a ouvir a parte superior em fones e os graves em colunas ...A gama

media sempre em (demasiada) evidencia ate surgir a avalanche de graves a levar tudo a frente .

Sabemos nós lá o que vai também na cabeça do demonstrador, muitos já devem andar fartinhos da coisa, e se fôr o que penso de acordo com o que o que vi algures por ai num video, pareceu-me ser um dos costume, o homem com o devido respeito, ou melhor o Senhor G. já faz isto há c'anos, e muitas vezes com os mesmos equipamentos de ano para ano, a saturação também vai começando a invadir um pouco a coisa, além dos incentivos certamente já não serem os mesmos, embora a empresa que julgo que é anda goza de algum fôlego financeiro, apesar de já ter melhores dias dias, já não abonam tanto nem compensam tanto, e estes dias são severamente bem diferentes e crus dos de há uma década ou um vintena delas, digo eu, posso estar enganado. Hoje é usual ouvir, fazer mais com menos, pois, e o resto...

É que, o muda o disco e toca o mesmo também cansa e isto feito durante uma vida ou longos anos, não mata mas farta... talvez agora a rapaziada mais jovem faça esse papel, melhor ou pior só respondo na presença do meu advogado. Laughing


Última edição por Mozarteano em Dom Nov 25 2012, 21:55, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Doug
Membro AAP
avatar

Mensagens : 496
Data de inscrição : 09/01/2011
Idade : 31

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 21:41

Bem ate as minhas pequeninas aegis 1 teem uma resposta mais acertada...

http://www.stereophile.com/images/archivesart/aegfig3.jpg
Voltar ao Topo Ir em baixo
lore
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1145
Data de inscrição : 11/07/2010
Localização : lisboa

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 22:21

Por acaso ( ou talvez nao) o sr G P estava aos comandos da parte analogica .

Isso caro Mozarteano sao contas de outro rosario ...

A espectativa era alta e nao foi correspondida , se calhar com mais tempo para afinaçoes o sistema

rendesse mais .



( cada vez gosto mais do regresso a casa e do meu sistema )
Voltar ao Topo Ir em baixo
ΜΟΥΣΙΚΗ
Membro AAP
avatar

Mensagens : 300
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 45
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 22:33

lore escreveu:

( cada vez gosto mais do regresso a casa e do meu sistema )

É um sentimento comum para a grande maioria. Já são muitos anos a virar frangos "chez nous"
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64328
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 22:35

ΜΟΥΣΙΚΗ escreveu:
lore escreveu:

( cada vez gosto mais do regresso a casa e do meu sistema )

É um sentimento comum para a grande maioria. Já são muitos anos a virar frangos "chez nous"


E especialmente porque em casa muitas vezes é bem melhor do que certas coisas bem caras nos shows. Mas uma avaliação correta seriam certos aparelhos em nossa casa.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
lore
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1145
Data de inscrição : 11/07/2010
Localização : lisboa

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 22:50

De qualquer forma um agradecimento aos comerciantes presentes pela coragem em investir numa participaçao .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 23:15

lore escreveu:



( cada vez gosto mais do regresso a casa e do meu sistema )


Do regresso a casa gosta-se sempre, independentemente de qual a origem. Do sistema e falo do que me diz respeito, sempre gostei muito do meu, senão não o comprava. Há anos que gosto cada vez mais dele, prova é que o único upgrade no meu sistema que fiz foi porque o meu leitor de cd's teve de entregar a sua alma ao criador, após 20 anos de intensas audições.
Tive algumas colunas, confesso, todas com muitos anos de estada, e hoje as que mantenho já vão na casa dos 20 e vão morrer comigo, mas se pudesse reaver as que tive...

Quando se diz que se gosta cada vez mais do sistema que se tem em casa, várias leituras podem ser feitas, umas delas é que o que se comprou há anos foi resultante da maturidade que se foi adquirindo; outra leitura é não haver dinheiro para outras soluções e opções que se gostaria de ter para melhorar o que se tem que na maioria das vezes já é bom demais para o uso que os proprietários dão no seu dias, e outra leitura que se poderá fazer comparativamente aos dias de hoje, é que muitos ditos audiófilos ou melómanos já perceberam que muito do audio esotérico que se apresenta por aí de novo ou de inovador tem muito pouco ou rien de rien, apenas formas bonitas e atraentes, e os melómanos querem mais do que isso, ou seja, querem mais conteúdo e menos forma, e como este ( conteúdo não é tão evolutivo na sua rapidez, sofre poucas alterações, vai é sofrendo operações de cosmética, aí sim, são rápidas e sempre mais atraentes do que as anteriores, e nas gerações de hoje que acabam por ser o público alvo, são as que mais se sentem atraídas, e olhando para o esoterismo de um equipamento, julgam-no só pelo que olham, nada mais errado, mas cada um está na vida como quer, como pode e faz dela o que acha melhor para si...eh pá, mas já estou marreco de falar e escrever sobre isso, agora está na hora da deita.

Saúde
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64328
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Nov 25 2012, 23:31

Mozarteano escreveu:
lore escreveu:



( cada vez gosto mais do regresso a casa e do meu sistema )


Do regresso a casa gosta-se sempre, independentemente de qual a origem. Do sistema e falo do que me diz respeito, sempre gostei muito do meu, senão não o comprava. Há anos que gosto cada vez mais dele, prova é que o único upgrade no meu sistema que fiz foi porque o meu leitor de cd's teve de entregar a sua alma ao criador, após 20 anos de intensas audições.
Tive algumas colunas, confesso, todas com muitos anos de estada, e hoje as que mantenho já vão na casa dos 20 e vão morrer comigo, mas se pudesse reaver as que tive...

Quando se diz que se gosta cada vez mais do sistema que se tem em casa, várias leituras podem ser feitas, umas delas é que o que se comprou há anos foi resultante da maturidade que se foi adquirindo; outra leitura é não haver dinheiro para outras soluções e opções que se gostaria de ter para melhorar o que se tem que na maioria das vezes já é bom demais para o uso que os proprietários dão no seu dias, e outra leitura que se poderá fazer comparativamente aos dias de hoje, é que muitos ditos audiófilos ou melómanos já perceberam que muito do audio esotérico que se apresenta por aí de novo ou de inovador tem muito pouco ou rien de rien, apenas formas bonitas e atraentes, e os melómanos querem mais do que isso, ou seja, querem mais conteúdo e menos forma, e como este ( conteúdo não é tão evolutivo na sua rapidez, sofre poucas alterações, vai é sofrendo operações de cosmética, aí sim, são rápidas e sempre mais atraentes do que as anteriores, e nas gerações de hoje que acabam por ser o público alvo, são as que mais se sentem atraídas, e olhando para o esoterismo de um equipamento, julgam-no só pelo que olham, nada mais errado, mas cada um está na vida como quer, como pode e faz dela o que acha melhor para si...eh pá, mas já estou marreco de falar e escrever sobre isso, agora está na hora da deita.

Saúde



Analise acertada.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
João Henrique
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1458
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 52
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 03:26

José Carvalho escreveu:
Tudo muito apertado, muito claustrofóbico para o numero de visitantes, demorei nem uma hora, não gostei.

Fui na sexta-feira, impecável, havia gente qb, andava-se bem. Entrei às 17 e saí às 21.30h.

José Carvalho escreveu:
Tive oportunidade de ouvir e comparar o sistema da Ultimate Audio, fonte analógica (RB Unico)/Digital.
Não é surpresa para ninguém, o analógico a tocar lindamente com um som natural, muito agradável. O digital... parecia que estava numa sala de cinema, não me impressionou.
A mim o que me impressionou foi o digital, pois o analógico já não me surpreende pois é simplesmente fantástico.
Mas os digital, desculpem lá mas aquilo tocava tudo muito bem, para mim é claro, simplesmente espetacular, surpreendeu-me pela positiva, um regalo para os ouvidos. Não sei que ficheiros estavam a servir de fonte, mas não eram CD's

Posso dizer que foi um fim de tarde muito bem passado.
Tive oportunidade de ouvir algumas duas pequenas palestras uma à cerca do sistema secundário da Ultimate Audio, com as suas TAD que já as tinha ouvido, e outro sobre as propostas da Linn (este último apesar da simpatia do orador não me cativou).

O sistema de eleição foi, sem sombra de dúvida, o sistema principal da Ultimate Audio. A minha sargento também achou o mesmo.
A noite acabou no HCP, com a voz de Joana Espadinha a aquecer a noite.




Voltar ao Topo Ir em baixo
MF
Membro AAP
avatar

Mensagens : 115
Data de inscrição : 16/07/2012
Idade : 41
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 09:37

As prestações dos sistemas nestes certames são sempre difíceis de avaliar. A maioria das vezes não conhecemos nenhum dos componentes, as salas estão longe de ser as ideais, a optimização está longe de ser perfeita, a confusão dentro das salas é muita, a pressão sonora escolhida pelos demonstradores é variável, a escolha das músicas está longe do nosso gosto, etc. Assim, vou limitar-me a dar a minha opinião: pessoal, intransmissível e subjectiva. Não gostei de quase nada... Fiquei mesmo muito frustrado em ver como sistemas muitos deles de valores astronómicos eram tratados pelos demonstradores e estavam, certamente, muito longe do que poderiam fazer. Pressões sonoras quase dolorosas foram um dos problemas mais comuns. Depois escolherem músicas em que mais parecia estarem a mostrar as qualidades de um subwoofer em filmes de explosões... Dei por mim a fugir rapidamente de muitas salas. Agradou-me e muito apenas a sala da Zenaudio, com as Xavian Virtuosa, tanto com o Favard como com o RB como fonte. Um sistema muito equilibrado e musical, com um desempenho notável para a sala que era. Para terminar, uma nota para a péssima escolha das instalações. Como hotel pode ser óptimo mas para este fim há outros muito melhores. Veremos para o ano como será...


Última edição por MF em Seg Nov 26 2012, 10:28, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Carvalho
Membro AAP
avatar

Mensagens : 301
Data de inscrição : 16/08/2011
Idade : 48
Localização : Carcavelos

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 10:04

MF escreveu:
As prestações dos sistemas nestes certames são sempre difíceis de avaliar. A maioria das vezes não conhecemos nenhum dos componentes, as salas estão longe de ser as ideais, a optimização está longe de ser perfeita, a confusão dentro das salas é muita, a pressão sonora escolhida pelos demonstradores é variável, a escolha das músicas está longe do nosso gosto, etc. Assim, vou limitar-me a dar a minha opinião: pessoal, intransmissível e subjectiva. Não gostei de quase nada... Fiquei mesmo muito frustrado em ver como sistemas muitos deles de valores astronómicos eram tratados pelos demonstradores e estavam, certamente, muito longe do que poderiam fazer. Pressões sonoras quase dolorosas foram um dos problemas mais comuns. Depois escolherem músicas em que mais parecia estarem a mostrar as qualidades de um subwoofer em filmes de explosões... Dei por mim a fugir rapidamente de muitas salas. Agradou-me e muito apenas a sala da Zenaudio, com as Xavian Virtuosa, tanto com o Favard como com o RB como fonte. Um sistema muito equilibrado e musical, com um desempenho notável para a sala que era. Para terminar, uma nota para a péssima escolha das instalações. Como hotel pode ser óptimo mas este fim há outros muito melhores. Veremos para o ano como será...

Partilho da mesma opinião.

Já estava a pensar que me tinha enganado no Audio Show, ou que tinha acordado "com os pés de fora".

Para quando um regresso do Audio Show às instalações do Técnico?!

Abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 10:38

MF escreveu:
As prestações dos sistemas nestes certames são sempre difíceis de avaliar. A maioria das vezes não conhecemos nenhum dos componentes, as salas estão longe de ser as ideais, a optimização está longe de ser perfeita, a confusão dentro das salas é muita, a pressão sonora escolhida pelos demonstradores é variável, a escolha das músicas está longe do nosso gosto, etc. Assim, vou limitar-me a dar a minha opinião: pessoal, intransmissível e subjectiva. Não gostei de quase nada... Fiquei mesmo muito frustrado em ver como sistemas muitos deles de valores astronómicos eram tratados pelos demonstradores e estavam, certamente, muito longe do que poderiam fazer. Pressões sonoras quase dolorosas foram um dos problemas mais comuns. Depois escolherem músicas em que mais parecia estarem a mostrar as qualidades de um subwoofer em filmes de explosões... Dei por mim a fugir rapidamente de muitas salas. Agradou-me e muito apenas a sala da Zenaudio, com as Xavian Virtuosa, tanto com o Favard como com o RB como fonte. Um sistema muito equilibrado e musical, com um desempenho notável para a sala que era. Para terminar, uma nota para a péssima escolha das instalações. Como hotel pode ser óptimo mas este fim há outros muito melhores. Veremos para o ano como será...

Duas "questões" acima indicadas têm-me levado a perder o interesse por estas mostras: o som "aos berros" e as gravações "espectaculares" demasiado artificiais, desinteressantes do ponto de vista artístico e completamente inadequadas para avaliar o desempenho dos equipamentos.
Das últimas vezes levei dois CDs comigo mas compreendo que nem sempre seja possível atender aos "discos pedidos".

Quanto aos espaços disponíveis, há hotéis melhores do que outros para o efeito e esse pelo menos tem o glamour "Las Veguiano" que convém aos sistemas "high-end".
De todos aqueles em que estive presente o layout que mais me agradou foi a Escola Superior de Educação (não estive no Técnico) mas a acústica das salas de aula é demasiado desfavorável e teria obrigatoriamente de ser corrigida, o que elevaria os custos de participação dos expositores.

Mas se olharmos para um certame deste género pela perspectiva dos profissionais conseguimos imaginar as suas dificuldades: montar um sistema com a "prata da casa", se possível mostrando algumas "novidades", numa sala desconhecida e muitas vezes "difícil" não é tarefa fácil *.
E tal empreendimento tem custos elevados que só fazem sentido caso o investimento tenha algum retorno do ponto de vista comercial.
Esta possibilidade de ouvir equipamentos, muitas vezes excepcionais e "inacessíveis", é um privilégio pelo qual não podemos deixar de estar gratos.

Este ano até consegui babysitting mas depois de alguma indecisão acabei por optar por ir a um concerto, infelizmente também ele repleto de pequenos problemas que retiraram algum prazer à escuta...

R



P.S.: * - e ainda por cima correm o risco de "apedrejamento" público nos fóruns de audio. silent pirat
Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 764
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 11:59

Bom dia a todos!

Estive no Audioshow no Sábado desde a abertura até ao fecho.

Considero ser muito difícil, e até pouco inteligente, avaliar os sistemas pelo que se ouve num evento...

Fico muito feliz que se tenha realizado, pois no do ano passado fiquei com receio que viesse a ser o último, pelo menos nos tempos mais próximos, conturbados...

Nesse sentido agradeço a todos os expositores o investimento e o esforço, que recompensamos com deslocações custosas, mas que quer eu quer os meus quatro companheiros de viagem, demos por bem feitas.

Também foi uma maneira de por a conversa em dia com alguns dos "doentes" que conhecemos aí por baixo...

Dito isto, nem sempre gostei da maneira como fomos recebidos nalgumas salas (com uma certa arrogância), e acho que, quanto mais não seja por interesse comercial, se devia pensar que os clientes talvez sejam hoje mais importantes do que nunca...

Por outro lado, este ano vi pessoal muito mais jovem a assistir o que é uma esperança pois esta geração é cada vez mais insensível à qualidade de som, muitas vezes por desconhecimento. Parece-me errado, por outro lado, criar nestas pessoas a ideia de que apenas se conseguem grandes sons por valores da ordem dos 6 digitos, até porque está completamente longe da verdade!

Em alguns gira-discos eram perfeitamente audíveis efeitos das vibrações provocadas pela construção em madeira do hotel ao ser submetida à vibração de pessoas constantemente a circular e às frequências graves que sistemas de outras salas emitiam. Globalmente foi o ano em que o Vinil me desiludiu mais, sem prejuízo de ser sempre a melhor fnte e o verdadeiro suporte de alta-resolução. Posso particularizar este aspecto em baixo porque me parece muito importante para instalar convenientemente um gira-discos e até para debater alguns dos seus princípios construtivos...

Quanto aos sons, pela ordem em que ouvi:

ZenAudio - Sistemas de que gosto normalmente. Este ano menos que os anteriores, apesar da habitual simpatia e da interessante comparação entre ficheiros de 44 khz e 96khz, que derimiu quaisquer dúvidas que pudessem levantar as vantagens destes últimos. De qualquer das maneiras o verdadeiro formato de alta resolução era o LP que tocou muito bem no RB, embora num dos LPs me parecesse um pouco afectado pelas referidas ressonâncias. Mesmo sendo um pouco alérgico a amplificadores digitais em todas as escalas de preços (Devialet incluído) o Lyngdorf habitualmente utilizado sempre foi uma agradável surpresa e o único até hoje que me fez pensar que poderia viver feliz com, mérito também sem dúvida do seu magnífico casamanto com as Xavian, pelo que este ano fique um pouco desapontado mas não senti o mesmo com o Goldenote. A sala, quadrada era seguramente difícil, mas já noutros anos tem sido imagem de marca deste importador (e daí também a minha admiração) tirar sons notáveis por valores não estratósféricos de salas difíceis...

Mind the music - Selecção musical interessante, é sempre um prazer ouver um LP12, embora o dsempenho global do sistema me tenha deixado indiferente, e já ouvi LP12´s a tocar tão bem...

Audioteam - Simpatia habitual, grandes discos (cada vez mais caros...) o sistema com o Rega3 sempre agradável, mesmo depois de se sair de salas com pesos pesados.

Viasónica - Recepção indiferente, som indiferente. As Kef devem ter potencial(apesar de detestar o seu design), mas aqui não convenciam muito...

Supportview - sem demontração. Tive pena de não ver (pelo menos) o novo Project Xtension10 que me parece ter grande potencial.

Digibit - Simpatia qb, Discos interessantes, preços carotes. Não ouvi o sistema com grande atenção porque me parecem mais equipamentos vocacionados para quem procura integrar o computador no sistema áudio o que não é o meu caso. Gosto sempre do design da Amphion.

Audionote - Gostei muito. Fico sempre que com a impressão de que é um sistema muito coeso e coerente, com o qual viveria feliz, mas que precisa que se lhe aceite as limitações - a maior é a falta de punch, muito visível na reprodução de peças sinfónicas- já que tudo o resto é de muito elevado nível. Fica-se com a sensação que se se começa mudar componentes ou a acrescentar subs ou outras coisas por exmplo, lá se vai aquele equilíbrio. Muito interessnte o GD e muito bom som do CD, o que já é menos habitual, principalmente nesta gama de preços. Boa selecção musical e simpatia. Se o princípio é dizer o preço de todos os componentes é bom e devia ser seguido, achava bem que se fizesse para todos e não apenas dos que tinham um preço mais razoável, deixando de fora os cabos, a célula e, claro , os monoblocos...

Topaudio - Som interessante, grande, dinámico e dramático. Agudo um pouco excessivo ainda que muito detalhado.

Delaudio - Limitações da sala por demais patentes. Som ainda assim muito interessante, apesar de não gostar normalmente das Monitor Audio, adorar os Esoteric e os Plinius, fora dos powers em classe A, me deixarem um pouco indiferentes. A simpatia dos anfitriãos e a selecção musical foram de grande nível.

Belmiro Ribeiro - Não me puxam os equipamentos de imagem. Mas o sistema com as B&W tocou surpreendentemnete bem com algumas faixas, nomeadamente Miles Davis.

Imacústica - sala1 Magico - Recepção e selecção musical decepcionantes. Som para mim um pouco "clínico" e distante apesar da grande definição.

my audiophilestore - para grande vergonha e pena minha não ouvi, até porque gosto muito da Creek e tenho boas recordações das Epos mais antigas.

Parte 2 - Cavalariças.

Ultimate Audio RB/Rockport/Gryphon - Não é de facto o meu tipo de som. Escala incrível, mas algo sem alma. As Avantgarde Trio (e sem Basshorns!) com Audiopax que ouvi em NYC continuam a ser a referência, a mesma escala, mas fluidez e delicadeza e, pelo menos a mesma rapidez. Som algo "mecânico" e agressivo...Demonstração simpática e eu nunca ouvi o The Wall dos Pink Floyd a tocar tão bem(que foi o primeiro disco que comprei na minha vida, aos 7 anos), mas todos os outros não me entusiasmarar. Eu que adoro as electrónicas da Gryphon, fiquei com a sensção que a Rockport deveria ter continuado a fazer os seus incríveis gira-discos. Por falar em incríveis gira-discos, as poucas faixas que ouvi com o RB, apesar de terem coisas incríveis, pareceram-me muito audivelmente afectadas pelas vibrações do edifício ao ponto de se sentir claramente flutuação nas altas frequências, o que não acontece de todo em nemnhum gira discos do Rui Borges, e muito menos neste!- em situações normais. Talvez aqui haja alguma interação entre a frequência de ressonância da suspensão dos RB (e digo dos porque também senti um pouco isso, menos, na ZenAudio) e as vibrações do edifício. De qualquer maneira aquela combinação seria um dos meus sonhos, embora entre o incrivel RB e a incrivel Air-Tight talvez fosse buscar à Kuzma o ainda mais incrível tangencial Airline.
Este sistema não me encheu as medidas e tive pena de ouvir os outros com Ayon e Gryphon que deveriam ser muito interessantes.


Ultimate Audio 2/ TAD em alguns aspectos o melhor som do show, faltava ainda, mas agora apenas do meu ponto de vista alguma fluidez e delicadeza e não tinha a escala do anterior. Dinamicamente era de tal ordem que era preciso adaptar os ouvidos ao passar para os outros sistemas. Em termos dinâmicos o único som que ouvi assim foi no Estoril, quando o Francisco Monteiro da Luz&Som tocou o MagicBus dos The Who nas Avantgarde Mezzo-Duo a níveis de Concerto...
Um som incrível, apesar de beneficiar do uso intensivo de gravações directas de Live-feeds para o disco duro do computador. Demonstração de grande profissionalismo e simpatia.

Ajasom - Depois de reajustados os ouvidos em relação ao som anterior um som também muito interessante, principalmente com o apaixonante gira-discos Bergmann que tocou muito bem. Inteligentemente instalado junto a um nicho de Janela (embora o pudesse aproveitar ainda melhor se entrasse mais para dentro dele), que nestes edifícios é a única zona do pavimento não suspensa e como tal menos fléxivel. O António Almeida com uma recepção muito simpática encorajando à escolha de faixas para ouvir. Este gira-discos com chumaceira em almofada de ar e braço tangencial também em almofada de ar deixa-me sempre a babar...

ATC - Só ouvi as mais pequenas, passivas. Som com muito potencial na gama média e aguda que me pareceram das melhores de todos os sistemas, apesar das enormes limitações em todos os outros aspectos.

Imacústica - Sala 2 Wilson - Recepção hipercalorosa e selecção musical fantástica e bastante eclética. Som muito bom apesar das limitações que a sala impunha à pressão sonora. Foi onde acabamos a jornada e foi o som que gostei mais globalmente. Estas Wilson parecem dar-nos um cheirinho das grandes em termos de escala, e o seu tamanho é domesticamente aceitável (já o preço...) Eu nem costumo ser fã da Wilson, e continuo a achar que as Wilson tocam bem é com válvulas e julgo que foram estas que me levaram a eleger este som como o que preferi no show e que me agradou quer com CD (estes Metronome não são muito falados mas são um caso sério) quer com LP (ai! esta Koetsu!). Este sistema não tendo, pelo menos nestas condições, a dinâmica do sistema da TAD -embora tivesse uma macro-dinâmica notável, não estava ao nivel explosivo do TAD, mas era muito bom nas micro-dinâmicas- tinha algo que julgo que o TAD não teria em nehuma sala, fluidez, subtileza e SWING. E por isso foi para mim o melhor som do show e o que gostaria de ter em minha casa, de entre os presentes...

"It don´t mean a thing if it ain´t got that swing!"

Desculpem a extensão, mas quando não vou a um show gosto das descrições porque, apesar de muito pessoais, permitem uma visita (guiada) virtual.

Um abraço,

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
ΜΟΥΣΙΚΗ
Membro AAP
avatar

Mensagens : 300
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 45
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 12:08

Caro Seven

Mesmo sem ter ido ao Audioshow, e conhecendo a maior parte dos sistemas, encaixo-me perfeitamente na sua análise, apesar de ali a acolá não estar completamente de acordo, nomeadamente as Wilson tocarem melhor com válvulas. No entanto é verdade que com válvulas, gostei muito de ouvir umas watt puppy 8 com conrad johnson

Muito obrigado pela sua descrição do evento
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 13:19


Gostei muito da tua intervenção Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4074
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 55
Localização : Casal do Marco - Seixal

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 14:08

Olá
Parabéns Seven e obrigado pela partilha, pois para mim como não pude estar presente foi uma visita virtual
Fredie
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mister W
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4327
Data de inscrição : 07/03/2012
Idade : 50
Localização : Margem Sul... Margem Norte...

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 14:53

Caríssimos Membros,

Depois dos comentários sempre interessantes (em particular da excelente descrição do seven) creio que não haverá muito mais a acrescentar (talvez umas fotos). Deixo-vos contudo, a minha opinião sobre o Audio Show 2012, que esperamos seja apenas mais um dos muitos que se seguirão.

Poderá não parecer muito simpático da minha parte (porque conhecendo alguns dos intervenientes, sei que este evento, principalmente nos tempos que correm, só é possível com uma grande dose de esforço, muita carolice a acima de tudo, muita paixão por esta forma de arte) mas em termos de organização e principalmente da escolha do local, o Audio Show 2012 deixou-me bastante desiludido.
O espaço é extremamente agradável e acolhedor, que não haja dúvidas sobre isso. A vista sobre o Tejo é igualmente deslumbrante. Agora, para acolher um evento desta dimensão, era fundamental um espaço de maior amplitude (e dimensão) sem as inúmeras barreiras, que dificultaram o acesso e nos faziam sentir num labirinto...
Em determinados pontos do "percurso" o congestionamento era notório, fazendo parecer mais o Metro em hora de ponta do que propriamente uma exposição.
As salas, na sua grande maioria, eram igualmente limitadas em termos de espaço, fazendo-me ansiar por sair, apenas decorridos poucos minutos depois de me encontrar no seu interior (chegando mesmo a ter que limpar o suor da cara...).

Por tudo isto (e não só) a escolha do local não foi a mais apropriada e decerto que não foi por falta de alternativas, que até existem em número razoável na cidade de Lisboa. Talvez a escolha estivesse limitada a questões orçamentais... Não sei.

Instalações e organização à parte, vamos ao que realmente interessa. As máquinas e os seus fabricantes!

Mentiria, se dissesse que não gostei de ver/ouvir vários sistemas de topo, a que normalmente não tenho acesso. Posso destacar alguns (por diferentes razões) mesmo correndo o risco de me esquecer de outros: as ofuscantes Wilson Alexia (cor laranja!), as belas Avalon Isis, os elegantes constituintes do sistema dCS Vivaldi, as monstruosas Rockport Altair, o exclusivo sistema da TAD, as surpreendentes Xavian Virtuosa e as Epos Epic 5, o maravilhoso cubículo da Audio Note, o poderoso arsenal da Gryphon e as mal aproveitadas Tannoy Prestige Kensington, Estelon XA e ATC SCM150SL que na minha opinião podiam ter um rendimento diferente, se a sua localização e enquadramento fossem outros.

Eu compreendo que nestas exposições o (bom) nome das marcas e o marketing que lhes é associado são, regra geral, mais importantes do que os seus produtos em particular. Por isso, todos os fabricantes sem excepção, optam por exibir, orgulhosamente, os seus modelos de topo, para que não restem as mínimas dúvidas acerca das suas capacidades. Esta prática, apesar de aceite pelo mercado, priva-nos de conhecermos os produtos que mais se enquadram nas reais possibilidades de cada um de nós. Quantas colunas de 100.000 Euros é que se vendem ou negoceiam num evento destes?! Provavelmente nenhuma... mas o importante é causar impacto, deixar boa impressão e de preferência associada ao reconhecimento (não oficial) do público em geral, como por exemplo o "Melhor Som da Exposição", a "Melhor Sala do Evento"... e infelizmente essa é a melhor publicidade (e ainda por cima gratuita).

Prova disso, é por exemplo o facto da Imacústica em vez de exibir os novos amplificadores de potência Audio Research Reference 75, que vão certamente ter uma boa aceitação em virtude da sua relação qualidade Vs preço, optou por exibir os monoblocos "milionários" da marca (Ref.750 ?) a que muito poucos tem acesso devido ao seu preço (cerca de 10 vezes superior ao do novo Ref. 75 ou melhor, 20 vezes se considerarmos que são monoblocos!).
Estou certo que não fui o único que gostava de ter ouvido estes novos amplificadores (não que esteja interessado...) mas mais uma vez tivemos que "levar" com as extravagâncias da marca (e do dealer principalmente) dum produto que não é adequado ao mercado português e que tem apenas o Show-Off como principal propósito. (Se bem que neste exemplo, as colunas em exposição também necessitassem de uns amplificadores à altura).
Mas este é apenas um exemplo. Existem mais:
A gama Venere da Sonus Faber que suscita a curiosidade de muitos, já que parece manter o rigor de construção apesar do seu preço atractivo.
O novo Rega RP8, embora sobre este recaia o beneficio da dúvida pois nem sequer estava exposto, previsivelmente por falta de produto.
As Y.G. Acoustics (desconheço o modelo) que eram uma das minhas maiores expectativas, por tudo o que se diz sobre as mesmas. Estranhamente, um par destas colunas, estava perdido no meio de um corredor, passando quase desapercebidas a quem passava.
A nova gama de amplificadores e leitores CD/SACD da TEAC, que incorpora parte da tecnologia da Esoteric mas a um preço consideravelmente inferior.
etc.

Uma vez que já me estou a alongar demasiado, vou terminar, fazendo votos para que, apesar das limitações patentes, o Audio Show continue por muitos e bons anos.
Para tal, vamos continuar a precisar da carolice de uns quantos "apaixonados pela causa", a quem aproveito desde já para deixar as minhas Saudações e os meus Agradecimentos pelo extraordinário esforço.

Até pró Ano se Deus (e a Troika) quiser.
Mister W

Voltar ao Topo Ir em baixo
rednef
Membro AAP
avatar

Mensagens : 691
Data de inscrição : 20/03/2012
Localização : Queluz

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Seg Nov 26 2012, 16:07

Depois de ter estado no Audioshow , depois de ter entrado em todas as "tascas" voltei ao início apenas para ouvir novamente o sistema da Delaudio, à partida pode parecer uma "estupidez" entrar precisamente num dos locais menos falados aqui e com um equipamento em demonstração com um preço dos mais baixos, mas a verdade é que foi o som que mais me agradou, quer em termos realisticos (os aparelhos devem servir para ouvir musica/musicos e não som/potência) quer na transparência e definição e equilibrio do mesmo.
Quando marcas como a TAD demonstram "frigoríficos" debitadores de potência na sala da Delaudio ouvi musica...na sala TAD estava um sistema de mais de 250 mil euros na Delaudio um sistema de 15 mil eu não pensava duas vezes em escolher a Delaudio( marcas apresentadas) , a menos que tivesse um cinema para equipar, todos os outros sistemas pareceram-me completamente exagerados, dei por mim a pensar se a feira seria para amantes de musica ou para multi milionários com mansões do tamanho de Centros comerciais em que o equipamento era obrigado a ter uma potência para se fazer ouvir de uma ponta à outra...
Voltar ao Topo Ir em baixo
ΜΟΥΣΙΚΗ
Membro AAP
avatar

Mensagens : 300
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 45
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Qua Nov 28 2012, 21:29

rednef escreveu:
Depois de ter estado no Audioshow , depois de ter entrado em todas as "tascas" voltei ao início apenas para ouvir novamente o sistema da Delaudio, à partida pode parecer uma "estupidez" entrar precisamente num dos locais menos falados aqui e com um equipamento em demonstração com um preço dos mais baixos, mas a verdade é que foi o som que mais me agradou, quer em termos realisticos (os aparelhos devem servir para ouvir musica/musicos e não som/potência) quer na transparência e definição e equilibrio do mesmo.
Quando marcas como a TAD demonstram "frigoríficos" debitadores de potência na sala da Delaudio ouvi musica...na sala TAD estava um sistema de mais de 250 mil euros na Delaudio um sistema de 15 mil eu não pensava duas vezes em escolher a Delaudio( marcas apresentadas) , a menos que tivesse um cinema para equipar, todos os outros sistemas pareceram-me completamente exagerados, dei por mim a pensar se a feira seria para amantes de musica ou para multi milionários com mansões do tamanho de Centros comerciais em que o equipamento era obrigado a ter uma potência para se fazer ouvir de uma ponta à outra...
Os níveis de pressão sonora debitados pela grande maioria das salas são proibidas em nossas casas.


Última edição por ΜΟΥΣΙΚΗ em Qui Nov 29 2012, 21:07, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Qua Nov 28 2012, 22:23

rednef escreveu:
Depois de ter estado no Audioshow , depois de ter entrado em todas as "tascas" voltei ao início apenas para ouvir novamente o sistema da Delaudio, à partida pode parecer uma "estupidez" entrar precisamente num dos locais menos falados aqui e com um equipamento em demonstração com um preço dos mais baixos, mas a verdade é que foi o som que mais me agradou, quer em termos realisticos (os aparelhos devem servir para ouvir musica/musicos e não som/potência) quer na transparência e definição e equilibrio do mesmo.
Quando marcas como a TAD demonstram "frigoríficos" debitadores de potência na sala da Delaudio ouvi musica...na sala TAD estava um sistema de mais de 250 mil euros na Delaudio um sistema de 15 mil eu não pensava duas vezes em escolher a Delaudio( marcas apresentadas) , a menos que tivesse um cinema para equipar, todos os outros sistemas pareceram-me completamente exagerados, dei por mim a pensar se a feira seria para amantes de musica ou para multi milionários com mansões do tamanho de Centros comerciais em que o equipamento era obrigado a ter uma potência para se fazer ouvir de uma ponta à outra...

O meu ponto de vista é o oposto: eu visito estes certames em busca de desempenhos superlativos que me sirvam de referência no que toca a som reproduzido, não me interessam as colunas de prateleira que consigo escutar nos hipermercados.
O problema é que raramente tocam gravações que permitam avaliar o desempenho dos mesmo, e que os níveis de pressão sonora roçam muitas vezes o limiar da dor.

R
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 7786
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Qua Nov 28 2012, 22:27

Este show este ano não foi muito apelativo para mim pelo que acabei por não ir, mas para mm ir a estes show é um pouco como ir a um show de automóveis ver os ferraris.
Voltar ao Topo Ir em baixo
João Henrique
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1458
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 52
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Qui Nov 29 2012, 00:31

anibalpmm escreveu:
(...) para mm ir a estes show é um pouco como ir a um show de automóveis ver os ferraris.

Somos dois.
Como já disse eu fui lá e passei uma bela tarde de sexta-feira. É sempre agradável dar uma voltinha e mexer naqueles brinquedos todos, mesmo sabendo que não irei nunca ter um.
Mas é como dizes eu gosto de ir a exposições e ver grandes máquina e no entanto sei que nunca terei um Ferrari, bem pelo menos um novo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Laos
Membro AAP


Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/10/2012
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Qui Nov 29 2012, 00:47

João Henrique escreveu:
anibalpmm escreveu:
(...) para mm ir a estes show é um pouco como ir a um show de automóveis ver os ferraris.

Somos dois.
Como já disse eu fui lá e passei uma bela tarde de sexta-feira. É sempre agradável dar uma voltinha e mexer naqueles brinquedos todos, mesmo sabendo que não irei nunca ter um.
Mas é como dizes eu gosto de ir a exposições e ver grandes máquina e no entanto sei que nunca terei um Ferrari, bem pelo menos um novo.

Tambêm concordo, no entanto penso que por vezes tambem o que realmente falta referir é que nestes eventos o que acontece é que os sistemas apresentados obdecem a uma regra que é a de estarem confinados a determinadas marcas e representações e como tal as sinergias e o tempo para as equacionar é escasso tambêm.
Ou já alguem pensou em ir a determinado evento do genero e ouvir na mesma sala o aparelho de um representante a tocar junto com o de outro diferente como por vezes acontece em nossas casas ?
Ora claro que não e como tal os sistemas apresentados tocam o que podem, sobressaindo um ou outro por esta ou aquela razão.
Mas pronto mesmo assim é de louvar o esforço do intervenientes que se esforçam para nos dias trikanos que correm em levarem avante tal esposição.

Bem haja a todos
Voltar ao Topo Ir em baixo
BAILOTE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1625
Data de inscrição : 16/02/2011
Idade : 45
Localização : Albufeira

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Qui Nov 29 2012, 10:35

Eu não fui para me reservar para a Portugaudio...As Tad continuam a revelar a sua força e o saudosismo da Audioshow em Benfica há uns bons anos atrás impera onde encontava-mos mais representantes e para todos os bolsos e ouvidos como sony,bose,as saudosas JPW e a sala DIY com sistemas portugueses que impressionavam qualquer um com os ouvidos baralhados das outras salas...emfim em vez de se virarem para o povo viram-se para os ricos e depois queixam-se que não vendem nada...um agradecimento especial ao autor da gravação (excepcional) e colocada aqui para nosso deleite. cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64328
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Sab Dez 01 2012, 17:40

Aqui o magnifico UNICO na sala da Ultimate






_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Carvalho
Membro AAP
avatar

Mensagens : 301
Data de inscrição : 16/08/2011
Idade : 48
Localização : Carcavelos

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Dez 02 2012, 10:06

Em relação a este Audio Show, há aqui qualquer coisa que ainda me está a escapar!!

Um evento desta natureza, representa certamente um investimento elevado para os expositores e naturalmente têm a expetativa de ter um retorno desse investimento.

rednef escreveu:
todos os outros sistemas pareceram-me completamente exagerados, dei por mim a pensar se a feira seria para amantes de musica ou para multi milionários com mansões do tamanho de Centros comerciais em que o equipamento era obrigado a ter uma potência para se fazer ouvir de uma ponta à outra...

Se o objetivo era vender equipamento a milionários, não era ali naquelas condições que o conseguiríam. Para este segmento de clientes há outras formas de abordagem, nem que seja no aeroporto de Lx à chegada do voo de Luanda.
Agora se o objetivo era dar música aos pobres, é legitimo, já não está cá quem falou.

Para terminar, quero saudar um expositor que desconhecia, que é o Belmiro Ribeiro, e que foi dos poucos ou senão o único com os pés bem assentes no chão quanto à realidade do país diz respeito. Não tenho dúvidas que se tiver que comprar algum equipamento "Low end" vou procurá-lo nem que seja por respeito à sua postura comercial.

Abraços.

JPC
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Carvalho
Membro AAP
avatar

Mensagens : 301
Data de inscrição : 16/08/2011
Idade : 48
Localização : Carcavelos

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Dez 02 2012, 11:04

Meus caros,

Estava-me a esquecer do meu caro amigo Jorge Alves da Audio Team, que tinha a sala repleta de CLIENTES a ver e a comprar vinil, e que tinha um sistema, Rega, que quase passava despercebido, tal era a quantidade de gente na sala.

Abraços.
JPC
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64328
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Dez 02 2012, 15:28

Em minha opinião muito pessoal, a beleza de uma exposição destas está na sua variedade. Podemos ouvir coisas que numa situação normal, nuca poderemos adquirir, e podemos ouvir uma variedade de equipamento ao alcance do nosso bolo, como aquelas gamas intermédias que poderemos adquirir com alguma dose de esforço.
É bom haver de tudo e é bom podermos ouvir de tudo.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3487
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 57
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Audio Show 2012    Dom Dez 02 2012, 17:35

António José da Silva escreveu:
Em minha opinião muito pessoal, a beleza de uma exposição destas está na sua variedade. Podemos ouvir coisas que numa situação normal, nuca poderemos adquirir, e podemos ouvir uma variedade de equipamento ao alcance do nosso bolo, como aquelas gamas intermédias que poderemos adquirir com alguma dose de esforço.
É bom haver de tudo e é bom podermos ouvir de tudo.

Aqui há um tanto de verdade. Mas...
Naturalmente que, como em tudo, deve haver espaço para que haja seja desenvolvimento, seja a procura de satisfazer os nossos apetites (gostos?...) e toda uma série de razões que se possa invocar... Mas há um mas: a questão que o ser humano tende a negligenciar e que é a razão de todos os males - a negação aos limites.
Ainda ontem vi um indivíduo a entrar no seu Mercedes SLS AMG. Este brinquedo custa à partida para cima dos 250 mil Euros. Também há equipamentos de áudio que custam algo parecido... Evidentemente que ninguém irá vender a sua casa (se o seu valor for tão alto...) para comprar algo do género, mas ainda assim, lá por que existem pessoas que tenham tanto dinheiro, não quer dizer que não seja insultuoso para muito boa gente a simples existência de produtos a certos valores! Precisamente, ao passar por esse tal Mercedes, indo eu a conduzir um Clio, disse «vejam o nosso dinheiro». E é aqui que está a questão.

O áudio show deve ser tido em conta como algo dentro da realidade e infelizmente esta é a realidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Audio Show 2012
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» AUDIO DO SHOW AO VIVO!
» Metrônomo - música com mudanças no bpm
» Audio Show 2016
» Krefeld 2012 - Rui Borges
» CES 2012

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Eventos * Reportagens * Recortes de Imprensa-
Ir para: