Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Set 08 2012, 16:37

http://www.positive-feedback.com/Issue33/tx1000.htm

UM EXCELENTE ARTIGO PARA EXPLICAR O "WOW" - VARIANTIONS IN PICTH.











The reason for the rise and fall in pitch and its significance was explained in Dr. Robert Greene's review of the TX-1000 which appeared in issue 54 of The Absolute Sound (July/August 1988). Since Dr. Greene stated it so well, I will quote from his article which is posted at his site.

"Suppose we are listening to a groove that is, say, 75 mm from the center of the record; typically, this is still in the music groove region, but near the end of it. (Seventy-five millimeters is about three inches.) Since the record goes around once in 1/(33 1/3) minutes = 1.8 seconds, the velocity of this groove past the stylus is 2 pi (75mm)/1.8 sec. which equals 261.8 mm/sec. Now suppose the record is 0.5 mm off center. (This is the limit of the correcting motion of the Nakamichi TX1000. Records further off-center than that have to be roughly hand centered before the TX1000 is applied. Most records that do not have badly worn spindle holes meet this standard of 0.5 mm.) Then when we are hearing the part of the 75 mm groove that is furthest from the platter center, the effective radius of the groove is 75.5 mm and the velocity goes up to 263.5 mm/sec. At the closest part of the groove, the radius is effectively 74.5 mm and the velocity goes down to 260.1. The ratio between the maximum and minimum velocities is 75.5/74.5 = 1.0134. Thus the pitch of a note recorded in this groove is a little more than 1.3 percent higher at the part farthest from the platter center than it is at the part closest. In another viewpoint, the wow is ±0.66 percent. Proportionately, smaller center errors give smaller pitch wow, with .25 mm giving about 0.33 percent, 0.1 mm giving .13 percent, etc. Smaller groove radii would give larger wow percentage (inverse proportion) for a given off-centeredness. Off-center wow is worst at the end of the side. A usually accepted standard for audibility of wow is 0.1 percent. This of course varies from person to person. The pitch discrimination level for A/B matching can be as low as 0.01 percent in people highly sensitive to pitch. This is of course a different, probably more sensitive kind of pitch audibility than wow, but in fact the repeated periodic pitch variations of off-center wow are seemingly quite close in nature to the A/B test. The TX-1000, in the process of centering the records, gives read-outs of how far the records are off-center before the correction. While most meet the 0.5 mm standard, few are centered within 0.1 mm and almost none at the level of, say, 0.03 mm or less. Moreover, spindle-hole looseness generates ambiguities that are often on the order of a tenth of a millimeter, varying with how you put the record on. And, as noted, better than 0.1 mm centering is needed to meet the nominal ± 0.1 percent wow threshold. (Precisely, at 75 mm groove radius, ±0.1 percent wow corresponds to .075 mm centering.) In short, it is numerically clear that some correction process is needed for the vast majority of records, if they are to be audibly pitch stable."

To summarize Dr. Greene, even if your LP is made with the spindle hole dead-centered, if your spindle hole is .1 mm larger in diameter than your spindle you will most likely have audible wow. Wow at this level will probably not be audible as a rising and falling pitch unless you are very sensitive to pitch instability. However, most people will notice that the inner details of the music will be blurred or indistinct. Also consider what is happening to your stereo image as the stylus is forced against first one side of the groove and then against the other side of the groove with each rotation of the LP—essentially anti-skating gone crazy. For those of us that listen to vinyl on a regular basis we are accustomed to hearing the consequences of pitch instability caused by off-centeredness. We just chalk these detriments up as just some of the inherent differences between digital and vinyl playback. This is what I thought also, until I found a TX-1000 lying on a shelf in the back storeroom of a shop where it had lain covered by dust and debris for eleven years. With some tender loving care and a lot of luck I was able to resurrect the TX-1000 and for the first time was able to hear the dramatic sonic improvement that is inherent with having the LP correctly centered.


LEMBREM-SE QUE O NAKAMICHI TX1000 FOI FEITO PELA MÁIOR !!!!!! MICROSEIKI.
~

FULL ARTICLE
Amongst turntable aficionados the Nakamichi TX-1000 turntable and its smaller brother, the Dragon Computing Turntable (CT), are legendary. These turntables, like most classics, are rare. Both turntables were sold from roughly 1983 to 1987 before being killed off by the ascendancy of the CD. The TX-1000 sold in the USA for approximately $8,000 and the Dragon CT for approximately $2,000 (including a good tonearm). Estimates of the total number of these turntables sold worldwide range from 200 to 500 for the TX-1000 and 2,000 to 5,000 for the Dragon CT. These numbers are guesstimates as no one really knows for sure. While the TX-1000 and the Dragon CT are both Nakamichi turntables, they actually are quite different from one another in both design, appearance, and materials (cast metal versus wood). These differences are understandable when you realize that the TX-1000 was designed by Etsuro Nakamichi and built by Micro-Seiki, while the Dragon CT was designed by Junichi Okumura and built by Fujiya Audio Ltd. (Courtesy of www.thevintageknob.org)

Amongst turntable aficionados the Nakamichi TX-1000 turntable and its smaller brother, the Dragon Computing Turntable (CT), are legendary. These turntables, like most classics, are rare. Both turntables were sold from roughly 1983 to 1987 before being killed off by the ascendancy of the CD. The TX-1000 sold in the USA for approximately $8,000 and the Dragon CT for approximately $2,000 (including a good tonearm). Estimates of the total number of these turntables sold worldwide range from 200 to 500 for the TX-1000 and 2,000 to 5,000 for the Dragon CT. These numbers are guesstimates as no one really knows for sure. While the TX-1000 and the Dragon CT are both Nakamichi turntables, they actually are quite different from one another in both design, appearance, and materials (cast metal versus wood). These differences are understandable when you realize that the TX-1000 was designed by Etsuro Nakamichi and built by Micro-Seiki, while the Dragon CT was designed by Junichi Okumura and built by Fujiya Audio Ltd. (Courtesy of www.thevintageknob.org)

Despite being so different from each other the TX-1000 and the Dragon CT share one incredible feature. Both turntables have a self-centering mechanism that eliminates the wow caused by the spindle hole being punched off center.(1) All of us who play vinyl records have seen the effect of an LP with an off-center spindle hole—the cartridge and arm swings horizontally from side to side with each revolution of the platter. Likewise, we have heard the pitch of a sustained note rise and fall with each revolution of the turntable. This is particularly noticeable on sustained piano notes contained in the last grooves of a side.

The reason for the rise and fall in pitch and its significance was explained in Dr. Robert Greene's review of the TX-1000 which appeared in issue 54 of The Absolute Sound (July/August 1988). Since Dr. Greene stated it so well, I will quote from his article which is posted at his site.

"Suppose we are listening to a groove that is, say, 75 mm from the center of the record; typically, this is still in the music groove region, but near the end of it. (Seventy-five millimeters is about three inches.) Since the record goes around once in 1/(33 1/3) minutes = 1.8 seconds, the velocity of this groove past the stylus is 2 pi (75mm)/1.8 sec. which equals 261.8 mm/sec. Now suppose the record is 0.5 mm off center. (This is the limit of the correcting motion of the Nakamichi TX1000. Records further off-center than that have to be roughly hand centered before the TX1000 is applied. Most records that do not have badly worn spindle holes meet this standard of 0.5 mm.) Then when we are hearing the part of the 75 mm groove that is furthest from the platter center, the effective radius of the groove is 75.5 mm and the velocity goes up to 263.5 mm/sec. At the closest part of the groove, the radius is effectively 74.5 mm and the velocity goes down to 260.1. The ratio between the maximum and minimum velocities is 75.5/74.5 = 1.0134. Thus the pitch of a note recorded in this groove is a little more than 1.3 percent higher at the part farthest from the platter center than it is at the part closest. In another viewpoint, the wow is ±0.66 percent. Proportionately, smaller center errors give smaller pitch wow, with .25 mm giving about 0.33 percent, 0.1 mm giving .13 percent, etc. Smaller groove radii would give larger wow percentage (inverse proportion) for a given off-centeredness. Off-center wow is worst at the end of the side. A usually accepted standard for audibility of wow is 0.1 percent. This of course varies from person to person. The pitch discrimination level for A/B matching can be as low as 0.01 percent in people highly sensitive to pitch. This is of course a different, probably more sensitive kind of pitch audibility than wow, but in fact the repeated periodic pitch variations of off-center wow are seemingly quite close in nature to the A/B test. The TX-1000, in the process of centering the records, gives read-outs of how far the records are off-center before the correction. While most meet the 0.5 mm standard, few are centered within 0.1 mm and almost none at the level of, say, 0.03 mm or less. Moreover, spindle-hole looseness generates ambiguities that are often on the order of a tenth of a millimeter, varying with how you put the record on. And, as noted, better than 0.1 mm centering is needed to meet the nominal ± 0.1 percent wow threshold. (Precisely, at 75 mm groove radius, ±0.1 percent wow corresponds to .075 mm centering.) In short, it is numerically clear that some correction process is needed for the vast majority of records, if they are to be audibly pitch stable."

To summarize Dr. Greene, even if your LP is made with the spindle hole dead-centered, if your spindle hole is .1 mm larger in diameter than your spindle you will most likely have audible wow. Wow at this level will probably not be audible as a rising and falling pitch unless you are very sensitive to pitch instability. However, most people will notice that the inner details of the music will be blurred or indistinct. Also consider what is happening to your stereo image as the stylus is forced against first one side of the groove and then against the other side of the groove with each rotation of the LP—essentially anti-skating gone crazy. For those of us that listen to vinyl on a regular basis we are accustomed to hearing the consequences of pitch instability caused by off-centeredness. We just chalk these detriments up as just some of the inherent differences between digital and vinyl playback. This is what I thought also, until I found a TX-1000 lying on a shelf in the back storeroom of a shop where it had lain covered by dust and debris for eleven years. With some tender loving care and a lot of luck I was able to resurrect the TX-1000 and for the first time was able to hear the dramatic sonic improvement that is inherent with having the LP correctly centered.



With the TX-1000 you can play an LP without using the self-centering feature—this is called nominal centering. And you can switch back and forth between nominal and self-centered. Thus, it is easy to hear the difference self-centering makes. With an LP that is .5 mm off-center, the improvement in sound is very noticeable—more detail, a more natural, relaxed sound, and none of that annoying undulating wow on sustained notes. I never realized how much I hated that sustained note wow until it was gone. With LPs that are less than .1 mm off-centered, the sonic difference between nominal and self-centered is not very audible. However, I think I can still hear the difference down to about .06 mm, though the difference is very slight. As Dr. Greene mentioned in the quote above, the TX-1000 gives a digital readout of the off-centeredness of each LP that it centers. Very few of the hundreds of LPs that I have centered on my TX-1000 are off-center by less than .1 mm. Thus, almost all LPs that I play on my TX-1000 sound better for having been self-centered. There is no doubt in my mind that self-centering an LP can significantly improve the quality of the sound during playback. However, self-centering is meaningless if the turntable itself is not a good sounding turntable. After all, putting delicious frosting on a mediocre tasting cake is waste of good frosting.

The specifications of the TX-1000 as published by Nakamichi in early 1984 (via a Google translated Japanese sales brochure) stated the signal to noise ratio as "above 78dB DIN-B". Wow and flutter were stated at "0.003% (WRMS/FG direct reading method) 0.02% (after WRMS and the center search)". I am not an engineer and I don't know what these numbers really mean. What I do know is that as my TX-1000 is currently set up, with a Van den Hul Colibri XPW mkIII mounted on a Schroeder Reference 9" jacoba tonearm and with the turntable supported on Stillpoints rather than on its original air bladders, the sound with nominal centering is wonderful. The sound is detailed, smooth, musical, has rhythmic drive and arises from a black, black background. With self-centering, things get even better. I wish I had a Teres Certus direct drive or a Walker Proscenium belt drive turntable in my listening room so that I could do a proper A-B comparison. However, I don't. I have heard both the Certus and the Proscenium turntables at audio shows. I suspect that both turntables sound better than the TX-1000 with nominal centering. To say how much better, I would have do an actual A-B comparison. However, if the TX-1000 self-centering feature were used, I believe that I would much prefer the sound of off-centered LPs played on the TX-1000 versus the same LP played on either the Certus or the Proscenium. I admit it. I am addicted to listening to LPs that don't have pitch instability. Having lived for months with pitch stability I really would not want to go back to instability.

Now I will qualify that last statement. For rock, heavy metal and certain percussive soundtracks pitch stability or instability is not really that noticeable. For this type of music I use my Garrard 401turntable with Moerch DP-6 12" arm and Empire 750LTD (moving magnet) cartridge. I find that this combination of table, arm and cartridge to be highly synergistic and produces music that has more pace and rhythmic drive than the TX-1000, Schroeder, Colibri combination. On the other hand, for classical music, small ensembles, and vocals the TX-1000 combination is, for me, the only way to go.

Now the above two paragraphs are not much of an equipment review. Besides how many readers of this article will ever see a TX-1000 in the flesh let alone be able to purchase one? The answer is - not many. Under the guise of a review, this article is really an editorial. Vinyl is making a resurgence. New turntables are coming to market and many of them are quite expensive—much more expensive than either the TX-1000 or the Dragon CT, which would have cost roughly $16,000 and $4000, respectively, when their original purchase price is adjusted for twenty years of inflation. Modern day turntable manufacturers are reluctant to publish the flutter and wow specifications for their turntables. However, the rule of thumb is that current belt drive turntables have flutter and wow of less than .1% and current direct drive turntables have flutter and wow of less than .05%. The inexpensive ($399 street) Technics SL1200 has published flutter and wow of .035%. So let us be generous. Let us say that your new $30,000 turntable has flutter and wow of only .015%—an incredibly low number. Now you put your audiophile approved $40 LP (with the spindle hole being .25mm off center) on your new turntable. Per Dr. Green's figures above, your flutter and wow just went up to .345% (.015% from the turntable and .33% from the off centered spindle hole). The manufacturer of your turntable just spent $1 million in research and development to bring the flutter and wow down to an incredibly low .015% and you just paid a portion of that R & D with your purchase. My question to you and the manufacturer is: Who cares if flutter and wow of the turntable is .015%? What is important is not the flutter and wow of the turntable by itself, but the flutter and wow of the turntable and LP combined. If the flutter and wow of the turntable was .05% that would mean the flutter and wow of the turntable with the LP would be .380% (.05% + .33%). Audibly, .380% is not much different from .345%. The difference between .380% and .345% may not even be audible because the .035% difference is being swamped by the .33% LP wow. To my way of thinking, the purchaser of a turntable would be far better off if the turntable manufacturer spent his R & D money on developing a self-centering mechanism for his turntable. That would dramatically lower flutter and wow on playback for the purchaser of the turntable. Who listens to a turntable spin with no record on it? What is important is the flutter and wow with the LP spinning and the stylus in the groove. This is the real world situation. Even if all of our LPs were off center by only .1 mm and all spindle holes were the exact diameter of the spindle, neither of which is the case, the .380% versus .345% flutter and wow would only drop to .180% versus .145%. This is still audible and the LP flutter and wow is still dominating the turntable flutter and wow.

So what does all this mean for the average vinyl lover. It means nothing if you are not going to buy a new turntable at some time in the future. However, if you might be buying that one last turntable some time in the future you might want to have a little chat on the phone or at the next audio show with your favorite turntable manufacturer. You might want to give him copy of Dr. Green's article and point out to him that while Mr. Manufacturer is spending all his time trying to drop his flutter and wow from .05% to .04%, there is a 400 kg gorilla rampaging though the listening room that is making so much noise that all of Mr. Manufacturer's time and money spent on achieving a .04% flutter and wow is meaningless and wasted. If enough of us talk about self-centering, maybe one manufacturer will actually do it. And if one manufacturer does it, many more will follow due to competitive pressure. If a dealer is demoing a self-centering turntable and a non-self-centering table and the tables are anywhere close in price, I believe the customer will choose the self-centering turntable the majority of the time. Building a self-centering mechanism is not as difficult or as expensive as it was in the 1980s. With current micro processors and servo motors the design and manufacturing of a self-centering turntable is easier and cheaper (in inflation adjusted dollars) than ever before.

If you love listening to your vinyl, do yourself and the rest of us vinyl lovers a favor and talk to turntable manufacturers about getting rid of the 400 kg gorilla and giving us true pitch stability by building a self-centering function into their turntables.

(1) Both the TX-1000 and the Dragon CT have a glass top platter on top of a metal sub-platter. A sensor arm is used by both turntables to measure the off-centeredness of the LP. The top platter is then automatically moved relative to the sub-platter to correct for the off-centeredness of the LP. The two turntables make the correction in different ways.

I have never seen a Dragon CT perform its self centering feature. However, from descriptions of it that I have read on the Web it seems you push down on the spindle which manually brings the glass top platter into alignment with the sub-platter and starts the self-centering process. In the photograph of the Dragon CT the arm at the back of the Dragon CT is not a tonearm. It is the sensor arm. Once the self-centering process has been initiated, the sensor arm moves over to the leadout groove area of the LP and slowly drops down. The sensor arm has a stylus at the end of the arm. Once the stylus is caught in the lead out groove, the sensor arm moves to the lead out lockout groove. The lead out lockout groove is in almost all cases, particularly for modern LPs, a perfect circle. As the LP spins, the sensor arm measures the horizontal movement of the stylus caused by the off-centeredness of the spindle hole. A small plunger then comes out of a housing next to the platter. The plunger gently nudges the glass top platter. You may have done something similar to this when you tried to center an LP with an oversize spindle hole by gently nudging on the rim of the LP as it spun on the platter. I have never had much luck trying to center an LP using this technique. The Dragon CT, however, is very precise and accurate. After nudging the top platter the Dragon CT measures again, applies another nudge and continues to measure and nudge until the LP is centered. Once centering is complete the sensor arm lifts up and retracts to its rest position.



For the TX-1000 the process is essentially the same. An LP is placed on the glass top platter and the 'center search' button is pressed. A 2" x 9" housing to the left of the platter rises up about 2.5", a brass rod (the sensor arm) rotates out, moves over to the lead out groove area and drops down. The stylus at the end of the brass rod drops into the lead out groove and moves the rod to the lead out lockout groove. The turntable measures the horizontal movement of the stylus and by means of two servo motors in the sub-platter adjusts the position of the top platter relative to the bottom platter. After moving the top platter the off-centeredness is again measured and additional correction applied. For most LPs, the self-centering measuring and adjusting process takes about ten seconds. On a few LPs, which are very off-centered, it can take up to thirty seconds. Once the LP is correctly centered the brass sensor arm lifts up, rotates back into its housing and the housing drops back into the turntable.

Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Set 08 2012, 17:36

Já há muito tempo que tenho enorme curiosidade em ouvir um destes GD´s. Embora haja aqui malta no forum que diz já ter ouvido e não gostado muito, este era um problema que gostaria muito que os fabricantes em número crescente de Gira-discos caríssimos afrontassem.

Alguém que já tenha ouvido um destes dois pode dar mais detalhes?

Um abraço,

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Set 08 2012, 17:46

Ò António,

Vi num dos posts a seguir que tens fotos do tx1000, não queres pô-las aqui, e, já agora, descrever as respectivas audições...

Um abraço,

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Set 08 2012, 17:55

seven escreveu:
Já há muito tempo que tenho enorme curiosidade em ouvir um destes GD´s. Embora haja aqui malta no forum que diz já ter ouvido e não gostado muito, este era um problema que gostaria muito que os fabricantes em número crescente de Gira-discos caríssimos afrontassem.

Alguém que já tenha ouvido um destes dois pode dar mais detalhes?

Um abraço,

Seven

Caro Seven,

Nunca ouvi nenhum, mas um amigo que o ouviu, disse-me uma coisa interessante. "precisão de CD". quando lhe pedi para esclarecer, referiu o Timing, Transient speed, ...... mas sem a frieza digital.
Foi a opinião dele.
disse ele que não se importava de ter um.
O dele é um Pioneer P3a

Penso que nos habituamos a ouvir a nossa musica em casa com algumas limitações/imprecisões e quando aparece uma peça que resolve ao menos uma parte desses problemas, estranhamos!

Outras vezes á quem desvalorize aquilo que não consegue adquirir.
Repara que não estou a defender o melhor som do mundo deste GD, mas quantas das pessoas que falaram mal deste e doutros, podem adquirir algumas dessas peças?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 00:47

microseiki escreveu:
seven escreveu:
Já há muito tempo que tenho enorme curiosidade em ouvir um destes GD´s. Embora haja aqui malta no forum que diz já ter ouvido e não gostado muito, este era um problema que gostaria muito que os fabricantes em número crescente de Gira-discos caríssimos afrontassem.

Alguém que já tenha ouvido um destes dois pode dar mais detalhes?

Um abraço,

Seven

Caro Seven,

Nunca ouvi nenhum, mas um amigo que o ouviu, disse-me uma coisa interessante. "precisão de CD". quando lhe pedi para esclarecer, referiu o Timing, Transient speed, ...... mas sem a frieza digital.
Foi a opinião dele.
disse ele que não se importava de ter um.
O dele é um Pioneer P3a

Penso que nos habituamos a ouvir a nossa musica em casa com algumas limitações/imprecisões e quando aparece uma peça que resolve ao menos uma parte desses problemas, estranhamos!

Outras vezes á quem desvalorize aquilo que não consegue adquirir.
Repara que não estou a defender o melhor som do mundo deste GD, mas quantas das pessoas que falaram mal deste e doutros, podem adquirir algumas dessas peças?



Muito bem argumentado
Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 09:51

Só para que fique claro,

Eu acredito que deve tocar muito bem e que o problema que tenta resolver é importantíssimo.

Como são raros e nunca ouvi, gostava de saber mais sobre a sua sonoridade.

Micro, Parece que um deles era feito pela Micro-Seiki, sabes alguma coisa?

Um abraço,

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 11:38

seven escreveu:
Ò António,

Vi num dos posts a seguir que tens fotos do tx1000, não queres pô-las aqui, e, já agora, descrever as respectivas audições...

Um abraço,

Seven



Infelizmente, adquiri um novo telemóvel e formatei o cartão de memória sem me lembrar das ditas fotos. Até um pequeno filme eu tenho onde se via a função de centragem.
Se tiver oportunidade, volto a fotografar.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 12:08



LEMBREM-SE QUE O NAKAMICHI TX1000 FOI FEITO PELA MÁIOR !!!!!! MICROSEIKI.






Como disse, nunca ouvi nenhum, mas não me importava nada!


a maquinação do TX1000 foi feita pela microseiki. a electronica penso que nao.
o que li e o me foi dito, é que é uma excelente peça, mas tambem varia entre o muito bom e excelente consoante o braço usado. reage bem com 12" e tangenciais, menos bem com 9" e 10".

Mas isto todos os GDs!. uns trabalham melhor com uns bracos outros com outros. um braço+celula pode ser bom num prato e o mesmo conjunto ser menos bom noutro prato.
e depois temos os nossos ouvidos! podemos ser omais ou menos surdos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 12:32

Oh Microseiki,

Queres pôr esta malta toda no manicómio? inclusivé eu? Eh pá, isso não se faz , mostrar equipamentos deste calibre que se fizeram no passado mas que estão sempre bem presentes, acaba por nos pôr em estado catatónito.

Sem dúvida, mais outra peça de origem divina.

Saúde.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 12:46

Visto ao vivo é mesmo uma peça imponente, apesar de eu favorecer mais a simplicidade como por exemplo no (para mim) muito mais belo RX5000.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 12:55

António José da Silva escreveu:
Visto ao vivo é mesmo uma peça imponente, apesar de eu favorecer mais a simplicidade como por exemplo no (para mim) muito mais belo RX5000.

No Coments!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15224
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 13:36


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 15:07

microseiki escreveu:


LEMBREM-SE QUE O NAKAMICHI TX1000 FOI FEITO PELA MÁIOR !!!!!! MICROSEIKI.






Como disse, nunca ouvi nenhum, mas não me importava nada!


a maquinação do TX1000 foi feita pela microseiki. a electronica penso que nao.
o que li e o me foi dito, é que é uma excelente peça, mas tambem varia entre o muito bom e excelente consoante o braço usado. reage bem com 12" e tangenciais, menos bem com 9" e 10".

Mas isto todos os GDs!. uns trabalham melhor com uns bracos outros com outros. um braço+celula pode ser bom num prato e o mesmo conjunto ser menos bom noutro prato.
e depois temos os nossos ouvidos! podemos ser omais ou menos surdos

Quando vivi para os lados de Sintra, conheci aí um apaixonado por música e por servi-la nas melhores condições. Para além disso tinha, para si, que essas condições se traduziam numa marca a Nakamichi, que se revelava como outra das suas paixões . Tinha tudo o que a marca disponibilizava de topo: o conjunto Prévio/amp CA-/ e PA-7, o Deck Dragon e um cd que já não me lembro a referência, para além deste GD.
Só posso dizer que era um conjunto realmente fantástico (e também imponente) e que tinha um muito bom som. Passava-se uma tarde a ouvir música na maior
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 17:52

Então toma lá, vais já ao tapete



Muito ouvia este bicho na saudosa Interlux quando esta estava ali para os lados do Intendente.
Acho que vi um à venda algures por aí, na Audio Foreign Office, masi coisa mesnos coisa,q ue por sinal é o mesmo MF que eu ouvia há muitos anos lá para o Intendente.

Saúde
Voltar ao Topo Ir em baixo
PALUSE
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1384
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 52
Localização : Vale da Amendoeira.

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Dom Set 09 2012, 23:43

smedley
microseiki escreveu:

...mas um amigo que o ouviu, disse-me uma coisa interessante. "precisão de CD". quando lhe pedi para esclarecer, referiu o Timing, Transient speed, ...... mas sem a frieza digital.
Foi a opinião dele...


A "frieza digital" "cura-se" com um aquecedor.

Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Seg Set 10 2012, 17:07

Eu tive em casa um Power Nakamichi PA5e2 e não fiquei arrebatado...

Já pelo gira discos, só pelas fotos e pelas características affraid

Claro que aquele braço ET ajuda ao encanto Cool

Abraço,

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
MikeF
Membro AAP
avatar

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/07/2010

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Seg Set 10 2012, 22:44

Esteve um TX 1000 recentemente em casa dum amigo meu. Pode não tocar mal, mas não é nada de extraordinário comparado com os gira-discos actuais...

Como disse o AJS, às vezes a simplicidade dá melhor resultado. Para resolver um suposto problema que só acontece em 1% dos discos mete-se tanta maquinaria num gira-discos que arruina algumas das pricipais virtudes do mesmo: um bom chassis... porque os mecanismos complicados para deslocar o conjunto prato/chumaceira comprometem muita coisa. Por alguma coisa foi um "devaneio tecnológico" que não pegou.
Não duvido que um microseiki dos mais simples tipo o RX5000 toque melhor que esse Naka.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Seg Set 10 2012, 22:51

Se quiserem não me importo de ficar com ele, estou de férias, tenho tempo e que bom que é estar de férias em Setembro, posso ir buscá-lo se fôr preciso, não sendo nada de especial...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 10:13

Mozarteano escreveu:
Se quiserem não me importo de ficar com ele, estou de férias, tenho tempo e que bom que é estar de férias em Setembro, posso ir buscá-lo se fôr preciso, não sendo nada de especial...

Já somos dois! De férias e prontos para ir buscar o Naka
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 10:14

Mozarteano escreveu:
Se quiserem não me importo de ficar com ele, estou de férias, tenho tempo e que bom que é estar de férias em Setembro, posso ir buscá-lo se fôr preciso, não sendo nada de especial...

Vou contigo e fazemos time sharing do Naka!
1% de discos mal centrados , duvido muito. para além de que muitos dos nossos disquitos não sao as preciosidades AI!AI! Ende do nosso jorge


Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 10:17

Sem querer ofender ninguém, não posso deixar de dizer que sendo um adepto da simplicidade, ás vezes problemas complexos exigem respostas complexas, e isso poderia justificar o preço do crescente número de gira-discos de preço astronómico que não fazem nada para os resolver.

A simplicidade parece-me muitas vezes um bom alibi para aumentar as margens de lucro...

Por outro lado é óbvio que este problema, admito que em graus diferenciados, afecta muito mais do que 1% dos discos, basta ver que na grande maioria são perfeitamente visíveis deslocações pendulares do braço enquanto segue a espira (mesmo em prensagens supostamente audiófilas - mais um sintoma doaumento das margens de lucro), sintoma do descentramento em questão.

O que era interessante era alguém arranjar uma solução mais simples para este problema em vez de este ser ignorado...

O Micro-seiki até pode (sublinho PODE porque nunca ouvi) tocar melhor que o TX1000 mas não vai resolver as flutuações de velocidade causadas pela excentricdade dos discos. Não é para mim liquído que num patamar elevado de prestações sonoras, uma coisa seja mais importante do que a outra...

Sem ofensa,

Um abraço a todos

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 10:18

microseiki escreveu:
Mozarteano escreveu:
Se quiserem não me importo de ficar com ele, estou de férias, tenho tempo e que bom que é estar de férias em Setembro, posso ir buscá-lo se fôr preciso, não sendo nada de especial...

Vou contigo e fazemos time sharing do Naka!
1% de discos mal centrados , duvido muito. para além de que muitos dos nossos disquitos não sao as preciosidades AI!AI! Ende do nosso jorge




Eu diria que nem de 1% de discos mal centrados estamos a falar, no caso de estarmos a falar de algo audível que mereça ser corrigido.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 10:25

seven escreveu:
Sem querer ofender ninguém, não posso deixar de dizer que sendo um adepto da simplicidade, ás vezes problemas complexos exigem respostas complexas, e isso poderia justificar o preço do crescente número de gira-discos de preço astronómico que não fazem nada para os resolver.

A simplicidade parece-me muitas vezes um bom alibi para aumentar as margens de lucro...

Por outro lado é óbvio que este problema, admito que em graus diferenciados, afecta muito mais do que 1% dos discos, basta ver que na grande maioria são perfeitamente visíveis deslocações pendulares do braço enquanto segue a espira (mesmo em prensagens supostamente audiófilas - mais um sintoma doaumento das margens de lucro), sintoma do descentramento em questão.

O que era interessante era alguém arranjar uma solução mais simples para este problema em vez de este ser ignorado...

O Micro-seiki até pode (sublinho PODE porque nunca ouvi) tocar melhor que o TX1000 mas não vai resolver as flutuações de velocidade causadas pela excentricdade dos discos. Não é para mim liquído que num patamar elevado de prestações sonoras, uma coisa seja mais importante do que a outra...

Sem ofensa,

Um abraço a todos

Seven
Bom..., mas pelo que diz o nosso amigo Microseiki, o TX1000 foi produzido pela microseiki. Logo, estamos a falar de um projecto da microseiki para a Nakamichi, em que aquela viu alguma utilidade prática na questão da centralidade dos discos, para a ter incluído no GD !???
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4124
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 55
Localização : Casal do Marco - Seixal

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 10:46

Olá
Não sou a favor nem contra com qualquer sistema utilizado pela marca xpto ou pela zxtpo, o que interessa para mim é ouvir a música e ela soar-me bem, aqui à alguns anos atrás um amigo meu trocou um Technics SL1600 por um Pioneer PL-L800, foi um verdadeiro tiro no pé, o Technics com o normal braço em S tocava muito melhor que o Pioneer, e a cabeça do Pioneer até era MC. A troca foi efectuada porque o tangencial era o último grito, DIZIA-SE que era melhor .Malditas revistas.
Fredie
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 11:02

Goansipife escreveu:
seven escreveu:
Sem querer ofender ninguém, não posso deixar de dizer que sendo um adepto da simplicidade, ás vezes problemas complexos exigem respostas complexas, e isso poderia justificar o preço do crescente número de gira-discos de preço astronómico que não fazem nada para os resolver.

A simplicidade parece-me muitas vezes um bom alibi para aumentar as margens de lucro...

Por outro lado é óbvio que este problema, admito que em graus diferenciados, afecta muito mais do que 1% dos discos, basta ver que na grande maioria são perfeitamente visíveis deslocações pendulares do braço enquanto segue a espira (mesmo em prensagens supostamente audiófilas - mais um sintoma doaumento das margens de lucro), sintoma do descentramento em questão.

O que era interessante era alguém arranjar uma solução mais simples para este problema em vez de este ser ignorado...

O Micro-seiki até pode (sublinho PODE porque nunca ouvi) tocar melhor que o TX1000 mas não vai resolver as flutuações de velocidade causadas pela excentricdade dos discos. Não é para mim liquído que num patamar elevado de prestações sonoras, uma coisa seja mais importante do que a outra...

Sem ofensa,

Um abraço a todos

Seven
Bom..., mas pelo que diz o nosso amigo Microseiki, o TX1000 foi produzido pela microseiki. Logo, estamos a falar de um projecto da microseiki para a Nakamichi, em que aquela viu alguma utilidade prática na questão da centralidade dos discos, para a ter incluído no GD !???

Caro Goansipife,

uma pequena correcção,

de facto foi a MicroSeiki que os maquinou, mas era um projecto Nakamichi, tanto no desenho com na ideia de tentar resolver a questão da excentricidade dos Discos.

A microseiki, inicio a sua actividade, e continua ainda hoje, como empresa/indutria/oficina de maquinação/CNC. Esse era o Core Business deles. Mas como tinha uns doidinhos por GDs e musica experimentaram e deram um pezinho de dança pelo audio.
Com a redução do analogico, nao justificava financeiramente colocar á disposiçao do audio Equipamento e mao de obra no audio.

"..........These differences are understandable when you realize that the TX-1000 was designed by Etsuro Nakamichi and built by Micro-Seiki,........."



A MicroSeiki, trabalhou com Marcas como a Tannoy, JVC, Marantz(Japão), Kenwood etc. das poucas que nao trabalhou se não me engano foi a Sony.


Mas continuam no mercado, mas virados para a industria Medica, Aero Espacial e outras de alta precisão. O know How deles não se restrigia á MAquinação, mas ao conhecimento de Materiais e compositos.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:23

microseiki escreveu:
Mozarteano escreveu:
Se quiserem não me importo de ficar com ele, estou de férias, tenho tempo e que bom que é estar de férias em Setembro, posso ir buscá-lo se fôr preciso, não sendo nada de especial...

Vou contigo e fazemos time sharing do Naka!
1% de discos mal centrados , duvido muito. para além de que muitos dos nossos disquitos não sao as preciosidades AI!AI! Ende do nosso jorge



Combinado! Horas, local e quando

Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:25

Goansipife escreveu:
Mozarteano escreveu:
Se quiserem não me importo de ficar com ele, estou de férias, tenho tempo e que bom que é estar de férias em Setembro, posso ir buscá-lo se fôr preciso, não sendo nada de especial...

Já somos dois! De férias e prontos para ir buscar o Naka

Eh pá, já combinei, só falta acordar dia e hora

Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:37

É curioso a existencia de algumas Marcas, no qual o seu Core business, não é o Audio per se, mas quando se metem nele, aré o fazem bem.

CounterPoint - tranformadores e outro material electronico. Faziam os Transformadores para aplicações Aero espaciais, nomeadamente para o Space Shuttle.

A YBA (Yves Bernard Andre) que pertence a PLOX. Fabrica componentes de electronica generalistas.

AudioMat que tem origem numa empresa que faz equipamento de alta precisão Médica. foram uns carolos medicos e engenheiros que decidiram aproveitar os meios e conhecimentos de engenharia para satisfazer o seu gosto.

.......................
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:40

Nunca pensei que um Gira-discos provoque tanta discussão, é porque de facto não é assim tão mau como pintam. Eu tenho a minha opinião sobre o bicho.

Fala-se aqui muito em tábuas, e alguns falam em também simplicidade, eu próprio me incluo, estão a ver nada mais simples que uma Tábua da Rega. Simples, Eficácia, Eficiência, e Musicalidade, esta última em meu entender é o mais importante, e fala-se pouco neste aspecto quando nos referimos a Gira-Discos XPTO affraid

Repito, tábuas como Rega, Ariston, Linn e outros são o suficiente para alegrar os nosso espíritos, não nos devemos preocupar em demasiado com detalhes técnicos, isso fica a carga dos criadores, estes últimos só puseram à disposição um meio para ouvir música de outra forma, só isso, nada mais, e para quê complicar o que é fácil.

Os fóruns virtuais muitas vezes como já tive a oportunidade de o escrever e dizer dão para os dois lados Arrow , ora se discute em volta de um problema que não existe mas á força toda tem que se o criar, ora se debatem assuntos que pouco ou nada trazem valor acrescentado à coisa. Eh pá, que me desculpem os mais sensíveis à coisa, mas continuo a dizer, que saudade do tempo em que a rapaziada ia aos AudioShows de há 20 anos atrás, ouvia, via, comia com os olhos e não só, e voltava para casa, e ficava loucamente á espera do próximo para ano seguinte


Saúde e boas audições.
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:49

MikeF escreveu:

Como disse o AJS, às vezes a simplicidade dá melhor resultado. Para resolver um suposto problema que só acontece em 1% dos discos mete-se tanta maquinaria num gira-discos que arruina algumas das pricipais virtudes do mesmo: um bom chassis... porque os mecanismos complicados para deslocar o conjunto prato/chumaceira comprometem muita coisa. Por alguma coisa foi um "devaneio tecnológico" que não pegou.
Não duvido que um microseiki dos mais simples tipo o RX5000 toque melhor que esse Naka.

Por vezes temos de ter algum cuidado. A simplicidade do RX-5000, RX-1500 e outros da marca, é aparente.
As ligas com o qual e fabricado o prato , etc. são um pouco mais complexas, bem como o proprio desenho, Massas.

Por exemplo no Micro RX 1500, a utilização do motor em separado deve ser acompanhado, não só com a base propria, bem como com um Peso que se aplica por baixo do Plinth com o intuito de igualizar as frequencias de vibração de ambos. não resulta apenas de aplicar uma Bolacha por baixo do Plinth, mas esta tem de ter uma dimensão e massa proprios e em função do conjunto.

Um aparte: a MicroSeiki tambem é especialista na moldagem (casting) de materiais Metalicos e ligas Metálicas e compositas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10385
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:51

Mozarteano escreveu:
Nunca pensei que um Gira-discos provoque tanta discussão, é porque de facto não é assim tão mau como pintam. Eu tenho a minha opinião sobre o bicho.

Fala-se aqui muito em tábuas, e alguns falam em também simplicidade, eu próprio me incluo, estão a ver nada mais simples que uma Tábua da Rega. Simples, Eficácia, Eficiência, e Musicalidade, esta última em meu entender é o mais importante, e fala-se pouco neste aspecto quando nos referimos a Gira-Discos XPTO affraid

Repito, tábuas como Rega, Ariston, Linn e outros são o suficiente para alegrar os nosso espíritos, não nos devemos preocupar em demasiado com detalhes técnicos, isso fica a carga dos criadores, estes últimos só puseram à disposição um meio para ouvir música de outra forma, só isso, nada mais, e para quê complicar o que é fácil.

Os fóruns virtuais muitas vezes como já tive a oportunidade de o escrever e dizer dão para os dois lados Arrow , ora se discute em volta de um problema que não existe mas á força toda tem que se o criar, ora se debatem assuntos que pouco ou nada trazem valor acrescentado à coisa. Eh pá, que me desculpem os mais sensíveis à coisa, mas continuo a dizer, que saudade do tempo em que a rapaziada ia aos AudioShows de há 20 anos atrás, ouvia, via, comia com os olhos e não só, e voltava para casa, e ficava loucamente á espera do próximo para ano seguinte


Saúde e boas audições.

Subscrevo por inteiro estas palavras do caríssimo Mozarteano, mas...nas «...tábuas...» faltam os Thorens(itos), também me alegram o espírito. Wink
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:52

Resumindo e baralhando: são grandes máquinas que foram projectas e criadas no passado e que anda tudo doido á procura delas no presente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 12:53

Luis Filipe Goios escreveu:
Mozarteano escreveu:
Nunca pensei que um Gira-discos provoque tanta discussão, é porque de facto não é assim tão mau como pintam. Eu tenho a minha opinião sobre o bicho.

Fala-se aqui muito em tábuas, e alguns falam em também simplicidade, eu próprio me incluo, estão a ver nada mais simples que uma Tábua da Rega. Simples, Eficácia, Eficiência, e Musicalidade, esta última em meu entender é o mais importante, e fala-se pouco neste aspecto quando nos referimos a Gira-Discos XPTO affraid

Repito, tábuas como Rega, Ariston, Linn e outros são o suficiente para alegrar os nosso espíritos, não nos devemos preocupar em demasiado com detalhes técnicos, isso fica a carga dos criadores, estes últimos só puseram à disposição um meio para ouvir música de outra forma, só isso, nada mais, e para quê complicar o que é fácil.

Os fóruns virtuais muitas vezes como já tive a oportunidade de o escrever e dizer dão para os dois lados Arrow , ora se discute em volta de um problema que não existe mas á força toda tem que se o criar, ora se debatem assuntos que pouco ou nada trazem valor acrescentado à coisa. Eh pá, que me desculpem os mais sensíveis à coisa, mas continuo a dizer, que saudade do tempo em que a rapaziada ia aos AudioShows de há 20 anos atrás, ouvia, via, comia com os olhos e não só, e voltava para casa, e ficava loucamente á espera do próximo para ano seguinte


Saúde e boas audições.

Subscrevo por inteiro estas palavras do caríssimo Mozarteano, mas...nas «...tábuas...» faltam os Thorens(itos), também me alegram o espírito. Wink
cheers

Tens razão, desculpa, desculpa, fica já corrigido, a Thorens de outrora era outra igualmente de origem divina.

Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 13:41

Apenas coloquei este GD por aqui por se tratar de um icone do GDs! e porque tentou lida com um problema ainda hoje existente. Mas é evidente que não vou deixar de ouvir os meus disquinhos por causa disso.
Quanto as tabuas, por vezes o seu desenho ou melhor a sua criação é mais complexa do que parece. Mas não me parece que nem o Linn nem os Thorens sejam propriamente "tabuas". Troquem as molas de suspensão por umas parecidas (no AKI ou numa drogaria encontram-se) e vão ouvir as diferenças. Onº de voltas da mola, os Kg/nw de capacidade de carga e amorteecimento são estudados.

Quando o Naka TX 1000 foi criado não havia a World Wide Web para se criarem discussoes sobre problemas que nao existiram e dp passaram a existir.
Foi um problema que se conhecia - o Wow - resultante da excentricidade do Disco e que provocava e provoca variações no Pitch. O Srº Nakamichi avançou com uma solução. pode não ser a ideal, mas foi a possivel para a altura.

Á uns dias atras fiz uma coisa que não faziam á anos!!
Uma audição repetitiva (A/B). Ganda seca!!!!! para tentar perceber a importancia do Wow. Um Keith Jarret - Knoll Concert ja velhinho e desgastado ao centro e um novo - Faixa A do disco 1.
No desenvolver de um nota, que eu pensei que fosse o menino a brincar com os pedais do piano, ás vezes era no inicio da nota, noutra repetição já era um pouco mais adiante e com um decay ligeiramente diferente.
No disco novo, rien de rien!!!!

Ou seja, o "problema" existe.

CONSELHO: não façam o Teste!!!!


E assim já não existe!!



E é para isto que existe este Forum!!!!
e colocar Posts que são lançados com um fim e acabam por servir para n´s falarmos sobre aquilo que realmente nos interessa.
OUVIR MUSICA!!
e discutir um pouco sobre os melhores meios de a ouvir!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 17:04

microseiki escreveu:


Por vezes temos de ter algum cuidado. A simplicidade do RX-5000, RX-1500 e outros da marca, é aparente.



A simplicidade para funcionar a 100% é antecedida de grande complexidade e tem muito que se lhe diga. Existe uma frase bem velha que diz que a verdadeira arte está em simplificar o complexo. Mas para que isso aconteça, primeiro teve que se ter conhecimento cabal dessa mesma complexidade.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 17:12

António José da Silva escreveu:
microseiki escreveu:


Por vezes temos de ter algum cuidado. A simplicidade do RX-5000, RX-1500 e outros da marca, é aparente.



A simplicidade para funcionar a 100% é antecedida de grande complexidade e tem muito que se lhe diga. Existe uma frase bem velha que diz que a verdadeira arte está em simplificar o complexo. Mas para que isso aconteça, primeiro teve que se ter conhecimento cabal dessa mesma complexidade.


MÁ NÁDA!

A vóz da sabedoria falou!!!




Uma pequena duvida Caro Moderador.
Porque trocaste um especime como o Micro por um RB???








SEM OFENSA RUI !!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 17:18

microseiki escreveu:



Porque trocaste um especime como o Micro por um RB???





Para dizer a verdade, aquele Micro DD não me fascinou minimamente.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 17:20

António José da Silva escreveu:
microseiki escreveu:


Por vezes temos de ter algum cuidado. A simplicidade do RX-5000, RX-1500 e outros da marca, é aparente.



A simplicidade para funcionar a 100% é antecedida de grande complexidade e tem muito que se lhe diga. Existe uma frase bem velha que diz que a verdadeira arte está em simplificar o complexo. Mas para que isso aconteça, primeiro teve que se ter conhecimento cabal dessa mesma complexidade.


Quero fazer agora constar a minha posição de fundo sobre a questão da excentricidade.

o problema não é dos GDs, tem é de ser resolvido pelas Prensagens dos discos. AI sim é que existe um problema de "fabrico".

O que alguns projectista de GDs tentam superar são problemas que não são deles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 17:21

António José da Silva escreveu:
microseiki escreveu:



Porque trocaste um especime como o Micro por um RB???





Para dizer a verdade, aquele Micro DD não me fascinou minimamente.

Agora é


Mas dantes




vê la o que dizes da Microsinha


Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 17:32

Não foram aquele tipo de Micros que deram fama à mesma. Com aquilo e aquele género de tração, não teriam ido longe, a acho que sabes bem disso.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 17:38

microseiki escreveu:


Á uns dias atras fiz uma coisa que não faziam á anos!!
Uma audição repetitiva (A/B). Ganda seca!!!!! para tentar perceber a importancia do Wow. Um Keith Jarret - Knoll Concert ja velhinho e desgastado ao centro e um novo - Faixa A do disco 1.
No desenvolver de um nota, que eu pensei que fosse o menino a brincar com os pedais do piano, ás vezes era no inicio da nota, noutra repetição já era um pouco mais adiante e com um decay ligeiramente diferente.
No disco novo, rien de rien!!!!

Ou seja, o "problema" existe.

CONSELHO: não façam o Teste!!!!


E assim já não existe!!




Oh microseiki,

Muito bem, isso é o que eu chamo de verdadeira dissecação da música e do aparelho que a reproduz, é isso que hoje em dia no mercado do audio vai escasseando,, depois somos considerados outsider's e inconvenientes da coisa


Saúde
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 48
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 18:02

António José da Silva escreveu:
Não foram aquele tipo de Micros que deram fama à mesma. Com aquilo e aquele género de tração, não teriam ido longe, a acho que sabes bem disso.

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Ter Set 11 2012, 18:04

microseiki escreveu:
António José da Silva escreveu:
Não foram aquele tipo de Micros que deram fama à mesma. Com aquilo e aquele género de tração, não teriam ido longe, a acho que sabes bem disso.



Estava a ver que tinha que ser assim....



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Qua Set 12 2012, 19:39

So mais uma clarificação,

Não penso de todo que nem o MicroSeiki nem o Rui Borges (cuja simplicidade é apenas aparente de facto) se insiram na categoria de novos gira-discos que referi que não tentando resolver alguns problemas importantes apenas parecem preocupados com o aumento da margem de lucro, bem pelo contrário!

Um abraço a todos.

Sevem
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Qua Set 12 2012, 19:47

Nunca achei os RB Turntables simples. Belas máquinas, já todos sabemos disso nem não vale a pena discutir mais isso, mas simples é que eles não...

Saúde
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Out 06 2012, 07:55

Esta foto também não está feia de todo.






_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Out 06 2012, 08:48

António José da Silva escreveu:
Esta foto também não está feia de todo.






Ainda há bem pouco tempo ouvi um destes na casa do nosso amigo RB. É realmente uma máquina fantástica, mas como a conversa estava boa esqueci-me de tirar umas fotos
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64409
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Out 06 2012, 08:54

Goansipife escreveu:
António José da Silva escreveu:
Esta foto também não está feia de todo.






Ainda há bem pouco tempo ouvi um destes na casa do nosso amigo RB. É realmente uma máquina fantástica, mas como a conversa estava boa esqueci-me de tirar umas fotos


Eu já lá o vi muitas vezes mas infelizmente não o ouvi.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Out 06 2012, 09:04

António José da Silva escreveu:
Goansipife escreveu:
António José da Silva escreveu:
Esta foto também não está feia de todo.






Ainda há bem pouco tempo ouvi um destes na casa do nosso amigo RB. É realmente uma máquina fantástica, mas como a conversa estava boa esqueci-me de tirar umas fotos


Eu já lá o vi muitas vezes mas infelizmente não o ouvi.



É o que mereces!
Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   Sab Out 06 2012, 09:32

Goansipife

O que achaste do som?

Um abraço,

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Nakamichi TX-1000 and Nakamichi Dragon CT
» NAKAMICHI DRAGON OU TEAC V7000
» NAKAMICHI DRAGON
» Nakamichi 480
» Nakamichi BX-300E

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Phono Geral-
Ir para: