Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Michell

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
afonso
Membro AAP


Mensagens : 2309
Data de inscrição : 17/06/2012

MensagemAssunto: Michell    Sab Set 01 2012, 11:20

Michell tecnodec turntable

Rb 300

Vale a pena? Novo

Qual seria um bom preço ?

Ou será que vale o upgrade para o gyrodec com o mesmo braço,
mas o dobro do preço ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Sab Set 01 2012, 15:57

Só para te confundir ainda mais... Smile
Estive para comprar um Girodec há 2 semanas atrás, no ebay. Como não o conheço muito bem e não tinha hipótese de o ouvir fiz uma pesquisa por aí e fiquei um bocado desmoralizado quando li que o girodec era mais um hype criado pela imprensa britânica.
Não costumo acreditar em tudo que leio por aí, mas hesitei e a oportunidade passou.
No teu caso tens oportunidade de ouvir ou já ouviste algum?
Voltar ao Topo Ir em baixo
afonso
Membro AAP


Mensagens : 2309
Data de inscrição : 17/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Dom Set 02 2012, 19:24



Não. Ainda não consegui ouvir nenhum michell.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64401
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Michell    Dom Set 02 2012, 19:45

Já equacionastes a hipótese de indagar o Rui Borges para a compra de um UNO?

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
afonso
Membro AAP


Mensagens : 2309
Data de inscrição : 17/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Dom Set 02 2012, 20:25


Equacionar sim, decidir ainda não.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Dom Set 02 2012, 20:44

António José da Silva escreveu:
Já equacionastes a hipótese de indagar o Rui Borges para a compra de um UNO?

Isso não é passar de oito para oitenta?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Moises Ricardo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 169
Data de inscrição : 25/06/2012
Idade : 42
Localização : setúbal

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 00:34

Manel escreveu:
António José da Silva escreveu:
Já equacionastes a hipótese de indagar o Rui Borges para a compra de um UNO?

Isso não é passar de oito para oitenta?

É pois, mas vale bem o esforço.

Em relação ao tecnodec, não vale a pena o investimento pois esse gira só serve para rodar o disco o som reproduz é muito fraco.

Com todo o investimento que tens de fazer e, depois de fazer bem as contas vais ver que o valor gasto é muito para tão pouco.

O gira+fonte+braço+célola+mesa

Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 02:10

Ninguém duvida que o Uno seja um bom gira-discos mas é preciso ver se o resto do sistema o acompanha, senão não tirará o devido proveito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 49
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 09:34

Manel escreveu:
Ninguém duvida que o Uno seja um bom gira-discos mas é preciso ver se o resto do sistema o acompanha, senão não tirará o devido proveito.

No caso do António são as colunas que estragam tudo e deitam tudo a perder...




P.S.:
Estou a brincar pois nunca ouvi as colunas dele Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 09:56

Malta,

Vou dar a minha opinião, que não vale mais do que isso. Uma opinião. Aqui vai:

- O Michell GyroDec é um projecto inicialmente bem pensado e com potencial, mas que eu penso que foi interminado (calhando por falta de relação custo de processo vs preço final!??). É portanto para mim um mau produto final a partir de um projecto com um potencial fantástico, pese embora seja verdade que a imprensa britânica da especialidade o tenha posto nos píncaros.

O UNO é, sem dúvida uma grande solução, mas reconhecendo isso, compreendo que por vezes o investimento correcto e sem riscos que é efectuado num UNO, não encontre o momento certo para se conjugar com a nossa carteira presente. Por isso, e continuo a pensar que um projecto do Rui Borges (viva o Rui ) é sempre de equacionar se não devemos ter paciência e esperarmos a oportunidade (como fez, ou julgo ter feito o António), caso seja este o GD que efectivamente pretendemos, mesmo reconhecendo que há outras propostas muito válidas no mercado e que estão mais de acordo com o nosso capital disponível. Eu próprio optei por outra proposta, sem retirar nenhum mérito ao RB UNO, muito antes pelo contrário. São opções!

Quanto ao "temor" que O UNO possa não ser devidamente acompanhado pelo restante equipamento a montante e a jusante, compreendo, e há muito que venho desenvolvendo a ideia que uma boa fonte é importante, no entanto 2 dois equipamentos, para mim, são realmente o obstáculo para que essa fonte não brilhe devidamente. O prévio ou a secção pré de um integrado e as colunas. A estes dois elementos junto a unidade de phono seja ela integrada no pré, seja separada e dedicada, tratando-se de uma fonte como o GD.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64401
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 14:39

Goansipife escreveu:
Malta,

Vou dar a minha opinião, que não vale mais do que isso. Uma opinião. Aqui vai:

- O Michell GyroDec é um projecto inicialmente bem pensado e com potencial, mas que eu penso que foi interminado (calhando por falta de relação custo de processo vs preço final!??). É portanto para mim um mau produto final a partir de um projecto com um potencial fantástico, pese embora seja verdade que a imprensa britânica da especialidade o tenha posto nos píncaros.

O UNO é, sem dúvida uma grande solução, mas reconhecendo isso, compreendo que por vezes o investimento correcto e sem riscos que é efectuado num UNO, não encontre o momento certo para se conjugar com a nossa carteira presente. Por isso, e continuo a pensar que um projecto do Rui Borges (viva o Rui ) é sempre de equacionar se não devemos ter paciência e esperarmos a oportunidade (como fez, ou julgo ter feito o António), caso seja este o GD que efectivamente pretendemos, mesmo reconhecendo que há outras propostas muito válidas no mercado e que estão mais de acordo com o nosso capital disponível. Eu próprio optei por outra proposta, sem retirar nenhum mérito ao RB UNO, muito antes pelo contrário. São opções!

Quanto ao "temor" que O UNO possa não ser devidamente acompanhado pelo restante equipamento a montante e a jusante, compreendo, e há muito que venho desenvolvendo a ideia que uma boa fonte é importante, no entanto 2 dois equipamentos, para mim, são realmente o obstáculo para que essa fonte não brilhe devidamente. O prévio ou a secção pré de um integrado e as colunas. A estes dois elementos junto a unidade de phono seja ela integrada no pré, seja separada e dedicada, tratando-se de uma fonte como o GD.


Tu nem te podes queixar, lol! porque esse teu prato funciona e toca muito bem. Claro que é uma opinião baseada naquilo que eu ouvi na Audioteam, mas que me agradou bastante.

Quanto à escolha de um determinado prato, aqui vai a minha modesta opinião.
Um Thorens 125 ou 160 bem afinados e tratados com carinho, e/ou melhorados por quem sabe, são máquinas que podem dar prazer durante anos. Lembro-me bem (e não me hei-de esquecer) do meu 125 com a fonte Dr. Fuss que aquilo toca que é um regalo.
Convém comparar bem e ouvir para ver se o passo é realmente para a frente em relação a um clássico bem tratado.
Depois temos os grandes Garrard 3/401 e Thorens 124 que são verdadeiros topos de gama da reprodução analógica, mas que para estarem à altura do que de muito bom se faz, têm que ser tratados pelos (poucos) entendidos na matéria, o que não sai barato à nossa carteira, e mesmo a sair caro, não dá lucro a quem faz a reconstrução (convém que seja dito)
A restauração de um 124 para ficar a 100% e com uma caixa à maneira, custa muito dinheiro e quem o arranja tem que ser muito simpático e esquecer muitas das horas de trabalho.
Depois temos um produto como o do Rui Borges que se fosse feito por uma marca de renome teria que custar o triplo, e isso ouve-se.

Felizmente que as variáveis para se ouvir vinil são muitas e muitas delas de grande valia e sem se ter que gastar fortunas. Felizmente que temos opções que nos deixam felizes. E felizmente que nos podemos orgulhar de um produto da mais elevada tecnologia da reprodução analógica feita por cá. E infelizmente, não nos podemos gabar dessa faceta na maioria das outras áreas.

Pelo menos, acho que vale a pena consultar o Rui.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 15:05

O desempenho de um sistema de audio avalia-se pelo componente mais fraco. É este que determina o som final pois impõe uma limitação aos restantes componentes.
De nada adianta termos a melhor fonte do mundo se depois temos umas colunas ou amplificador que não acompanham.
Portanto na minha opinião , e não passa disso, de uma opinião, antes de pensar em gastar 4 ou 5 mil euros numa fonte penso que será melhor olhar para o sistema para ver se não será mais lógico gastar 2 mil numa fonte e outros 2 mil numas colunas. Isto sou eu a pensar que sou um teso.

Agora também é certo que algumas peças até tocam bem desligadas e que eu me babo todo a olhar para elas, mas aqui a razão já se deixou vencer pela paixão.
Houvesse dinheiro e...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64401
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 15:18

Manel escreveu:
O desempenho de um sistema de audio avalia-se pelo componente mais fraco. É este que determina o som final pois impõe uma limitação aos restantes componentes.
De nada adianta termos a melhor fonte do mundo se depois temos umas colunas ou amplificador que não acompanham.
Portanto na minha opinião , e não passa disso, de uma opinião, antes de pensar em gastar 4 ou 5 mil euros numa fonte penso que será melhor olhar para o sistema para ver se não será mais lógico gastar 2 mil numa fonte e outros 2 mil numas colunas. Isto sou eu a pensar que sou um teso.

Agora também é certo que algumas peças até tocam bem desligadas e que eu me babo todo a olhar para elas, mas aqui a razão já se deixou vencer pela paixão.
Houvesse dinheiro e...


Isso que acabas de dizer é bem verdade. Mas também não deixa de ser verdade que uma peça mesmo muito boa, é para ficar enquanto o resto vai evoluindo. Quantas peças mudamos no decorrer da nossa vida porque afinal não são o que imaginámos?

As peças que tenho adquirido nos últimos tempos, são peças para ficar. O resto, vai para vinil de qualidade.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 15:53

Pois...peças para ficar...
Qualquer dia estás a fazer olhinhos ao "Primo".
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64401
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 16:04

Manel escreveu:
Pois...peças para ficar...
Qualquer dia estás a fazer olhinhos ao "Primo".



Mas para isso, o Primo teria que ser superior.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1414
Data de inscrição : 12/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 16:17

Claro, claro. Estão verdes, não prestam.
Faz olhinhos à prima, então. lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64401
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 16:32

Manel escreveu:
Claro, claro. Estão verdes, não prestam.
Faz olhinhos à prima, então. lol!


Enquanto não me sair alguma lotaria, o meu é o melhor. lol!

Para além disso, tenho o privilégio de ter um Rui Borges único. E não digo isto com vaidade prepotente, mas com a alegria de ter algo feito por um grande amigo, para um grande amigo.

Mas isto já foge ao tema do tópico.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 16:33

Manel escreveu:
Claro, claro. Estão verdes, não prestam.
Faz olhinhos à prima, então. lol!

Cuidado que o PRIMO vs o UNO, pode não concordar com o adágio popular: "Quanto mais prima mais se lhe arrima". O Rui Borges poderá ter aqui um probleminha para no futuro se entreter. Mas isto sucede a todos os GRANDES CONSTRUTORES COMO ELE
Voltar ao Topo Ir em baixo
ΜΟΥΣΙΚΗ
Membro AAP
avatar

Mensagens : 302
Data de inscrição : 12/08/2012
Idade : 45
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 19:37

O Gyrodec não é um mau gira-discos quando bem casado, mas não o compraria.

O meu irmão teve um e tocava muito bem. Nunca fiz um comparativo mas não duvido que o UNO toque muito melhor.

Quando comprei o meu UNO, tinha um rega P3-24 com uma Goldring 1042 gx e um Pré da Megaudio MM e confesso que depois de começar a ouvi-lo tive algumas duvidas. Após algumas horas/dias o Rei UNO calou o Rega. E atenção que o rega é um excelente gira. Tb é verdade que tive que comprar o ASR pois o Megaudio não tinha mãozinhas.

Estamos a falar de patamares diferentes, mas sabendo que temos um produto nacional que ombreia com muitos giras acima dos muitos milhares de euros, se me pedem uma opinião, eu sugiro o UNO. Vale a pena o esforço financeiro. Mas contem com mais alguns valentes euros para um bom Pré de Phono.





Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3487
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 57
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Michell    Seg Set 03 2012, 20:05

Eu também vou dar a minha opinião.
Eu ouvi o Gyrodec e muitos outros superiores em qualidade e preço, como os SME... E acontece que não tenho qualquer dúvida em afirmar que o Uno é superior a qualquer um! Só tenho pena o meu orçamento não me permitir!... Mas não é por falta de qualidade que me queixo! Olhem bem para o meu menino!
Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Michell    Ter Set 11 2012, 10:21

Caro Goansipife,

Porque é que diz que o Michell é um produto inacabado mas com potencial?

Eu tenho um e acho que tem uma relação qualidade-preço quase imbatível.

Acho o mesmo do Gira-discos do Rui Borges, noutro patamar de preços...E ouço-o muitas vezes em casa deum amigo um Uno com um braço Moerch com enorme prazer, além do orgulho que tenho de produzirmos um produto ddeste calibra cá no nosso cantinho.

Um abraço,

Seven


Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Michell    Ter Set 11 2012, 10:58

seven escreveu:
Caro Goansipife,

Porque é que diz que o Michell é um produto inacabado mas com potencial?

Eu tenho um e acho que tem uma relação qualidade-preço quase imbatível.

Acho o mesmo do Gira-discos do Rui Borges, noutro patamar de preços...E ouço-o muitas vezes em casa deum amigo um Uno com um braço Moerch com enorme prazer, além do orgulho que tenho de produzirmos um produto ddeste calibra cá no nosso cantinho.

Um abraço,

Seven





Caro Seven,
Com eu disse, em minha opinião, que não vale mais do isso. É uma opinião, o Gyro Dec é um bom projecto em potencial, porque usa potencialmente tudo o que são materiais que estão voltados para minimizar resonâncias (acrílico, várias ligas metálicas, disposição dos materiais entre si, configuração do chassi, etc., etc.), mas depois quando o oiço não me dá prazer musical nenhum. É para mim, insípido, sem chama e como se costuma dizer sem pica. Por outro lado é, para mim, inacabado, também porque o braço que o acompanha, sendo um braço que eu admiro e aceito - RB 300, da Rega - que, de premeio, poderá fazer muito sentido usar em projectos de alto nível, principalmente quando não temos dinheirinho para comprar algo mais adequado com o nível do restante, não é neste caso para mim o braço mais indicado. É algo rígido e e até me parece que o desenho do prato deveria compreender um braço mais longo, de 12". Dá a sensação que faltou dinheiro para o desenvolvimento de um braço que seguisse a ideia de construção subjacente. Dá a sensação de inacabado.

O desenho do prato que está muito bem explicado no site da marca http://www.michell-engineering.co.uk/design/ parece depois não corresponder ao resultado final, em termos de som. Volto a dizer para mim

Um Abraço

Voltar ao Topo Ir em baixo
seven
Membro AAP


Mensagens : 766
Data de inscrição : 08/08/2011

MensagemAssunto: Re: Michell    Ter Set 11 2012, 11:24

O Gyrodec foi desenvolvido tendo como base os braços SME 4 e 5 e o Zeta e um tangencial que nunca consegui saber qual era, e que estão a outro nível face ao RB300 e derivados que são uma alternativa barata que a Michell propõe.

O John Michell usava um Gyrodec e depoi um Orbe com um SME 5 e uma Koetsu Rosewood Signature.

O meu post não era para contestar a opinião, embora eu goste bastante do seu som, mas sim perceber em termos teóricos porque é que achava o Michell um produto inacabado.

Um abraço,

Seven
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Michell    Ter Set 11 2012, 11:37

seven escreveu:
O Gyrodec foi desenvolvido tendo como base os braços SME 4 e 5 e o Zeta e um tangencial que nunca consegui saber qual era, e que estão a outro nível face ao RB300 e derivados que são uma alternativa barata que a Michell propõe.

O John Michell usava um Gyrodec e depoi um Orbe com um SME 5 e uma Koetsu Rosewood Signature.

O meu post não era para contestar a opinião, embora eu goste bastante do seu som, mas sim perceber em termos teóricos porque é que achava o Michell um produto inacabado.

Um abraço,

Seven

Conheço um sujeito que tem um, que já ouvi várias vezes, isto é, sempre que ele mudava de braço, um mais caro que o outro e incluindo um SME V5, que veio especial para ele, após conselho da Michel Enginneering. O resultado foi sempre o mesmo, na minha opinião. Mesmo com algumas células diferentes, no "entrementes", entre as quais a Koetsu

Hoje ele tem o GD à venda por 800€, com um braço da Clearaudio que para mim foi o braço que melhor conjugou com o Gyro Dec.

Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
afonso
Membro AAP


Mensagens : 2309
Data de inscrição : 17/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Ter Set 11 2012, 12:10

Goansipife escreveu:
seven escreveu:
O Gyrodec foi desenvolvido tendo como base os braços SME 4 e 5 e o Zeta e um tangencial que nunca consegui saber qual era, e que estão a outro nível face ao RB300 e derivados que são uma alternativa barata que a Michell propõe.

O John Michell usava um Gyrodec e depoi um Orbe com um SME 5 e uma Koetsu Rosewood Signature.

O meu post não era para contestar a opinião, embora eu goste bastante do seu som, mas sim perceber em termos teóricos porque é que achava o Michell um produto inacabado.

Um abraço,

Seven

Conheço um sujeito que tem um, que já ouvi várias vezes, isto é, sempre que ele mudava de braço, um mais caro que o outro e incluindo um SME V5, que veio especial para ele, após conselho da Michel Enginneering. O resultado foi sempre o mesmo, na minha opinião. Mesmo com algumas células diferentes, no "entrementes", entre as quais a Koetsu

Hoje ele tem o GD à venda por 800€, com um braço da Clearaudio que para mim foi o braço que melhor conjugou com o Gyro Dec.

Abraço

Aonde é que está a venda ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2205
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 58
Localização : S. Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: Michell    Ter Set 11 2012, 12:23

afonso escreveu:
Goansipife escreveu:
seven escreveu:
O Gyrodec foi desenvolvido tendo como base os braços SME 4 e 5 e o Zeta e um tangencial que nunca consegui saber qual era, e que estão a outro nível face ao RB300 e derivados que são uma alternativa barata que a Michell propõe.

O John Michell usava um Gyrodec e depoi um Orbe com um SME 5 e uma Koetsu Rosewood Signature.

O meu post não era para contestar a opinião, embora eu goste bastante do seu som, mas sim perceber em termos teóricos porque é que achava o Michell um produto inacabado.

Um abraço,

Seven

Conheço um sujeito que tem um, que já ouvi várias vezes, isto é, sempre que ele mudava de braço, um mais caro que o outro e incluindo um SME V5, que veio especial para ele, após conselho da Michel Enginneering. O resultado foi sempre o mesmo, na minha opinião. Mesmo com algumas células diferentes, no "entrementes", entre as quais a Koetsu

Hoje ele tem o GD à venda por 800€, com um braço da Clearaudio que para mim foi o braço que melhor conjugou com o Gyro Dec.

Abraço

Aonde é que está a venda ?

Eu não sei se ele o colocou em algum lado para venda, mas sei que ele o tem (pelo menos até há bem pouco tempo) para venda a este preço e posso contactá-lo para saber
Voltar ao Topo Ir em baixo
afonso
Membro AAP


Mensagens : 2309
Data de inscrição : 17/06/2012

MensagemAssunto: Re: Michell    Ter Set 11 2012, 12:51


Obrigado.
Não vale a pena estar a maçar-se. Era só curiosidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Michell    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Michell
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» DAC ELECTROCOMPANIET ECD1 / VENDO OU TROCO POR GIRA
» Pre Phono Michell ISO ( MC )

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Phono Geral-
Ir para: