Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 A rodar XIV

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 10 ... 20  Seguinte
AutorMensagem
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9017
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 15:54

Jorge Ferreira escreveu:
anibalpmm escreveu:
Concordo absolutamente com os dois posts anteriores
Os discos audiofilos nao são maus só põe serem audiofilos
Tenho muitos e de uma maneira geral são melhores que as prensagens normais, mas também há prensagens normais muito boas
O que interessa é gostar da música e o resto é conversa, pois cada um é que sabe quanto está disposto a pagar pelo que quer ouvir

Sim mas você também é quase meu vizinho por isso torna-se em mais um dos principais suspeitos do crime, ao dizer isso...



Sim mas ainda nao estabelecemos relação comercial, por isso nao pode haver suspeição possivel


Última edição por anibalpmm em Dom Maio 06 2012, 15:59, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
r-finger
Membro AAP
avatar

Mensagens : 999
Data de inscrição : 17/09/2010

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 15:55


BOB JAMES - TWO

http://www.discogs.com/Bob-James-Two/release/317433



Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 50
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 15:56

anibalpmm escreveu:
Jorge Ferreira escreveu:
anibalpmm escreveu:
Concordo absolutamente com os dois posts anteriores
Os discos audiofilos nao são maus só põe serem audiofilos
Tenho muitos e de uma maneira geral são melhores que as prensagens normais, mas também há prensagens normais muito boas
O que interessa é gostar da música e o resto é conversa, pois cada um é que sabe quanto está disposto a pagar pelo que quer ouvir

Sim mas você também é quase meu vizinho por isso torna-se em mais um dos principais suspeitos do crime, ao dizer isso...



Sim mas ainda nao estabelecemos relação comercial

Sim mas se você prestar atenção a todos os tópicos parvos que eu criei neste forum a dizer parvoices nem nunca vamos estabelecer...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 16:08

Jorge Ferreira escreveu:



Mas eu noto que os discos de vinyl audiófilos incomodam muita gente aqui, acho isso muito estranho sinceramente, pois era uma coisa que eu não esperava encontrar num forum chamado "Audio Analógico de Portugal".


Das muitas coisas acertadas que dissestes, esta é claramente, e como dizem os Brasileiros, besteira.
Lá porque um ou dois falam de modo depreciativo dos discos audiófilos, isso está longe de significar que, e passo a citar, "incomodam" muita gente. Penso que é bem o oposto.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
r-finger
Membro AAP
avatar

Mensagens : 999
Data de inscrição : 17/09/2010

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 18:28


Concluída a audição analógica da trilogia de Bob James, lamentando a inserção dos "post's" no interior de uma calorosa e interessante apreciação aos valores do vinil audiófilo.

BOB JAMES - THREE

http://www.discogs.com/Bob-James-Three/release/3142320



Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 18:54

Jorge Ferreira escreveu:
... Mas eu noto que os discos de vinyl audiófilos incomodam muita gente aqui, acho isso muito estranho sinceramente, pois era uma coisa que eu não esperava encontrar num forum chamado "Audio Analógico de Portugal" ...
A mim, não me incomodam em nada, pois o dinheiro, não é meu, simplesmente para mim, não faz qq sentido gastar esses balúrdios todos (para mim, note-se bem).

Para já, não sou audiófilo, gosto da musica e nada mais do que isso.
Tenho como opção, conhecer o máximo possível de musica que me agrada, e como tal, gastar 60 ou 80 euros num disco, está fora de questão, pois prefiro comprar 5 ou 6 LPs, com esse dinheiro ... cada um, gasta o dinheiro, onde quer, e como quer, e continuo a afirmar, que para mim, não faz qualquer sentido gastar esses balúrdios em LPs (para outros, fará todo o sentido, e será primordial fazê-lo), como não faz qq sentido (para mim), haver pessoal com mais do que um aparelho, seja que aparelho for.

AAP, o A é de analógico, e não de audiófilo, por isso encontra-se por este forum, gente para tudo, desde que seja analógico (e pelo que tenho visto, não só, já que não somos "estanques" cerebralmente falando).

Entre comprar um disco audiófilo, por 60 euros, e comprar uma 1ª edição que valha esse montante, prefiro a 1ª edição, ainda que na prática, não o faça.

Se não fosse assim, ainda hoje andava a ouvir bandas que toda a gente conhece, ao invés de poder explorar e aprender/conhecer, a quantidade enormérrima de bandas, que existiram e existem, por esse mundo fora.

Cpts

PS : aliás, nem posso dizer mal dos discos audiófilos, porque não os conheço

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:05

Fran escreveu:

PS : aliás, nem posso dizer mal dos discos audiófilos, porque não os conheço



E esta é a postura certa. E até estou convencido que no caso de vires a adquirir algum (nem todos custam 60 euros) seria algo de que não te arrependerias.
Eu nestas coisas, e já o disse várias vezes, estou por tudo. Gosto de primeiras edições ou originais assim como adoro edições "normais" com excelentes obras e som (tenho felizmente centenas assim) como adoro um bom disco audiófilo. Se não tenho muito mais deles todos, é porque não os posso ter.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4430
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 56
Localização : Casal do Marco - Seixal

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:18

Olá
A rodar em K7



Fredie
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:24

E siga a musica cheers , neste caso, com os Mountain e o disco Nantucket Sleighride de 1971, em edição Windfall 5500


Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:30

Fran escreveu:
E siga a musica cheers , neste caso, com os Mountain e o disco Nantucket Sleighride de 1971, em edição Windfall 5500




Posso-te dizer que sou maluco por esse álbum. Uma obra de arte do Rock. Maravilhoso.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:33

António José da Silva escreveu:
Fran escreveu:
E siga a musica cheers , neste caso, com os Mountain e o disco Nantucket Sleighride de 1971, em edição Windfall 5500




Posso-te dizer que sou maluco por esse álbum. Uma obra de arte do Rock. Maravilhoso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9017
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:37

inicio de tarde e a rodar



e uma muito aguardada nova aquisição que é uma gravação extraordinária com uma prensagem muito boa (não é audiofila mas não lhe fica atrás)



e umas magnificas bolachas emprestadas pelo AJS



&



Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:42

Esses dois últimos tem uma qualidade de som do melhor que há.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9017
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:45

sem duvida
mas o lee morgan é também muito bom
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 19:50

anibalpmm escreveu:
sem duvida
mas o lee morgan é também muito bom


Lee Morgen é sempre excelente e se for nas edições japonesas da JVC como o The Cooker que comprei ao Jorge, é divinal. Penso que por muito que a industria hoje tente, não faz nada que se assemelhe a estes discos do passado de ouro do vinil.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 20:24

Dando uma saltada até Itália ... banda onde militava quiçá o melhor baterista italiano de todos os tempos, Furio Chirico, os Arti E Mestieri, com o seu 1º album Tilt (Immagini per un orecchio) de 1974, edição original Cramps CRSLP 5501




Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 20:28

Mais uma preciosidade Fran.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 20:47

Olá Fran,
Esse Tilt, não tenho, mas sei que é muito bom, e sim também concordo com o que dizes do F.Chirico, um dia trouxe a minha casa (dos meus pais), há mais de 30 anos, um amigo baterista, infelizmente já falecido, propositadamente, para ouvir um disco que eu acabava de adquirir e que tinha um baterista, que eu achava fabuloso, depois da audição, estava sem palavras...
Agora com esses outros, Moutain, Ray Russell.. é só baba...
Abç
Voltar ao Topo Ir em baixo
nbunuel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2467
Data de inscrição : 07/07/2010

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 21:01

[quote="Fran"]
Jorge Ferreira escreveu:
... Mas eu noto que os discos de vinyl audiófilos incomodam muita gente aqui, acho isso muito estranho sinceramente, pois era uma coisa que eu não esperava encontrar num forum chamado "Audio Analógico de Portugal" ...
Jorge a mim não interessa saber se o disco é audiófilo ou não..quando compro algo estou sempre preocupado com o título...Tenho uma obvia preferência por 1ª edições do país de origem.. ou então Inglesas ou japonesas...Não compro discos audiófilos porque a música é na sua generalidade muito sofrível ( e...Quando ao $$ dispendido.. não fazes muita ideia do $$$ necessário para comprar o material que eu gosto!!bem mais do que as edições audiófilas.. E desses não há reedições XPTO pois é!!Abraço
Continuando a saga da musíca Tuga[img][/img]
Roxigénio - "Roxigénio 2" - Ed Original uma vez que AA ainda não o reeditou (vá-se lá saber porquê?)
Voltar ao Topo Ir em baixo
MicroGruas
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3204
Data de inscrição : 12/11/2011
Idade : 49
Localização : Oriente

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 21:17

rodou


e mais uma vez









Voltar ao Topo Ir em baixo
*©uℓto do Ʋıƞıℓ ®
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1377
Data de inscrição : 04/07/2010
Idade : 45
Localização : Terra da Capa Rica

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 21:27

JOSÉ CID
Vida (Sons do Quotidiano) 1977

Segundo Cid e confidenciado-me no final de um concerto onde pude privar com ele, este é o seu melhor trabalho e o que mais complicado de concluir se tornou.
Eu discordei dizendo que o 10,000 estava um patamar acima, Segundo ele ainda este foi um trabalho injustiçado devido ao format 7".

José Cid: string synth, Solina, Mellotron, Moog synthesizer, Voz;
Guilherme Scarpa Inês: bateria
Zé Nabo: baixo
José Carrapa: guitarra



Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cultovinil.blogspot.com
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 21:28

por aqui,
Isaac Hayes - Live At The Sahara Tahoe - 2lp - 1973

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 21:51

Luis Filipe Goios escreveu:
Olá Fran,
Esse Tilt, não tenho, mas sei que é muito bom, e sim também concordo com o que dizes do F.Chirico, um dia trouxe a minha casa (dos meus pais), há mais de 30 anos, um amigo baterista, infelizmente já falecido, propositadamente, para ouvir um disco que eu acabava de adquirir e que tinha um baterista, que eu achava fabuloso, depois da audição, estava sem palavras...
Também só tenho este, e o Quinto Stato em edição tuga.
Belissima história essa amigo Filipe, que bom que é recordar esses pequenos grandes momentos


Subscrevo tudo o que o Nbnuel disse, menos largar balúrdios pelas edições originais (porque não posso, só por isso)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:01

[quote="Fran"]
Luis Filipe Goios escreveu:

Também só tenho este, e o Quinto Stato em edição tuga.

É como eu O Quinto Stato tuga e o original Cramps " Giro Di Valze Per Domani". Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven
Acho que já falámos aqui (AAP) disto ... scratch
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 40
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:02


Pessoal, eu sou, ainda, um menino que vive este mundo musical com o fascínio de quem
descobre a beleza de uma flôr.

Para mim, não tendo sapiência da vossa experiência, tudo vale a pena; adoro tudo o que seja bom, não tenham dúvidas que adquiri edições melhores por vossa, boa, influência.

Ainda não estou em posição de afirmar que determinada gravação é melhor do que outra, mas uma coisa é certa: aquele álbum do Kenny Drew, depois de "knoesteado" e a tocar um pouco mais alto leva-me ao céu

Aquela capa Mint, e aquela trompete a abrir são para mim uma confirmação de que esta nossa paixão merece a nossa entrega.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:03

[quote="Luis Filipe Goios"]
Fran escreveu:
Luis Filipe Goios escreveu:

Também só tenho este, e o Quinto Stato em edição tuga.

É como eu O Quinto Stato tuga e o original Cramps " Giro Di Valze Per Domani". Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven
Acho que já falámos aqui (AAP) disto ... scratch
cheers
Yep, seguro Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:04

Ulrich escreveu:



Aquela capa Mint, e aquela trompete a abrir são para mim uma confirmação de que esta nossa paixão merece a nossa entrega.



Podemos dizer que a nossa entrega é altamente recompensada com um prazer indescritível.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:29

E já roda o Quinto Stato, selo Cramps, mas tuga ... Arti E Mestieri




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:45

Porra, Fran
fizeste-me ouvir isto,
Arti + Mestieri - Giro di Valzer Per Domani - lp - 1975

e, que bem que sabe!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 50
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:47

Ulrich escreveu:

aquele álbum do Kenny Drew, depois de "knoesteado" e a tocar um pouco mais alto leva-me ao céu

Esses Blue Notes da TOSHIBA-EMÎ JAPAN são de facto fabulosos.

Se gostaste do Pianista Kenny Drew aconselho-te também que procures outros LP's dele da editora Dinamarquesa STEEPLECHASE onde ele gravou alguns dos seus melhores discos também, como por exemplo "Duo", "Duo 2", "Dark Beauty", "Duo Live In Concert " e "Morning" (acho que não me esqueci de nenhum).

Estes discos da STEEPLECHASE eram discos audiófilos com um excelente som, e normalmente conseguem comprar-se por um preço acessível no Ebay.


Abraço,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:52

Luis Filipe Goios escreveu:
Porra, Fran
fizeste-me ouvir isto,
Arti + Mestieri - Giro di Valzer Per Domani - lp - 1975

e, que bem que sabe!!
Porra digo eu, que ando atrás desse disco há buéréré, e "foge-me" sempre na ultima
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 40
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:54

Jorge Ferreira escreveu:

Se gostaste do Pianista Kenny Drew aconselho-te também que procures outros LP's dele da editora Dinamarquesa STEEPLECHASE onde ele gravou alguns dos seus melhores discos também, como por exemplo "Duo", "Duo 2", "Dark Beauty", "Duo Live In Concert " e "Morning" (acho que não me esqueci de nenhum).

Adoro Kenny Drew, esteve muitas vezes na sombra dos melhores,
aceito a tua fabulosa sugestão
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:56

A dinamarquesa Steeplechase, já anda no mercado desde 1972 ... tenho um ou outro em vinyl, não me lembro é quais

http://rateyourmusic.com/label/steeplechase_records/

EDITO : lembrei-me agora de um deles, que uns quantos foristas o têm, Stolen Moments de Jimmy Raney & Doug Raney (father & son), e tem um excelente som sim senhor


Última edição por Fran em Dom Maio 06 2012, 23:01, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 22:59

Já rodou algumas vezes, mas não me canso, fico quase num estado hipotético a ouvir esta maravilha. É em fita, mas o ouro negro já vem a caminho. Quem não conhece que o oiça. Mas é daqueles álbuns que só faz sentido todo de seguidinha.


Soft Machine - 5




_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 23:11

Fran escreveu:
A dinamarquesa Steeplechase, já anda no mercado desde 1972 ...


E com grandes álbuns de som irrepreensível.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 23:30

Mudando até à Alemanha ... Nine Days Wonder de 1971, capa alternativa na edição tuga da Bacillus IM-30037


Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 50
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Dom Maio 06 2012, 23:53

Da Steeplechase agora tenho só estes:



E mais estes:



Já tive muitos mais da steeplechase incluindo Chet Baker, Kenny Drew e esse stolen moments dos Raney (por acaso não gostei muito desse).


Abraços,
Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9017
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 01:06

2º round do did







este já não o ouvia há algum tempo e realmente é magnifico, para quem não conhece, uma vanguardista de primeira - annette peacock



este é audiofilo e é para o nbunel que diz a musica é sofrivél, um bluesman dos maiores com o um disco magnifico

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 01:16

anibalpmm escreveu:
... ...
cheers
Com Richard Thompson, Ashley Hutchings, John Kirkpatrick e mais uns quantos, Morris On e o unico album de 1972 em edição original Island HELP 5
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10494
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 60
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 12:33

por cá, com a chuva acompanhar, roda
The Legendary Blues Band - Red Hot'n' Blue - lp - 1983

quentinho!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 50
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 12:59

anibalpmm escreveu:
este é audiofilo e é para o nbunel que diz a musica é sofrivel, um bluesman dos maiores com o um disco magnifico

O Nbunuel é um tipo porreiro, gosta de entrar com a gente e também tem um enorme sentido de humor,
é preciso vermos que ele gosta daqueles discos de Kraut Rock dos mais agrestes que existem,
convém colocarmo-nos no lugar dele e entendermos os gostos dele para percebermos bem o contexto da afirmação quando ele diz que os discos audiófilos têm uma música sofrivel....

Convinha era ele tentar meter-se também no nosso lugar e tentar entender os nossos gostos, talvez as afirmações dele nessa altura fossem ligeiramente diferentes.

Esse também mora cá:


E mais este:


E este:


Tudo música sofrível das editoras audiófilas da AP e DCC, ai como eu sofro
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 13:05

Jorge Ferreira escreveu:


Esse também mora cá:


E mais este:


E este:


Tudo música sofrível das editoras audiófilas da AP e DCC, ai como eu sofro


Também quero sofrer.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 13:27

Boas,
Desculpem a intromissão, e sem querer entrar em "guerras", mas realmente, a quantidade de discos audiófilos editados, comparados com os não audiófilos, deve andar na ordem dos 0.001% ... esta reduzida percentagem, e como será óbvio por questões comerciais, não abrange, nem de perto nem de longe, o que de melhor se fez e faz no mundo do Rock e Jazz.

Penso que a afirmação do Nuno, tem a ver exactamente com isso, pois não se vêem discos audiófilos, de 99% daquilo que ele ouve (ou eu ouço), e a grande parte desse tipo de edições, tem um cariz comercial muito grande, pois caso assim não fosse, haveriam as tais edições de grupos menos conhecidos.

Penso que o sofrivel a que ele se refere, tem exactamente a ver com isso, pois quem odeia os Yes e outros que mais (sem ironia de minha parte) que o comum dos mortais gosta e ouve, não se pode compadecer com edições audiófilas de grupos mais do que conhecidos, pois como já o referi, estes é que são vendáveis, e dão lucro (chamemos-lhes, comerciais, palavra que não gosto muito de usar).


A minha própria opinião, passa um pouco por aquilo que o Nuno disse, pois ainda que os nossos gostos sejam distintos, eu sempre tentei fugir a grupos que toda a gente conhece, e tentei sempre explorar, comprando, o desconhecido, coisa que não existe no mundo das edições audiófilas, por razões comerciais.

Cpts

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 13:36




Fran escreveu:
Boas,
Desculpem a intromissão, e sem querer entrar em "guerras", mas realmente, a quantidade de discos audiófilos editados, comparados com os não audiófilos, deve andar na ordem dos 0.001% ... esta reduzida percentagem, e como será óbvio por questões comerciais, não abrange, nem de perto nem de longe, o que de melhor se fez e faz no mundo do Rock e Jazz.

Penso que a afirmação do Nuno, tem a ver exactamente com isso, pois não se vêem discos audiófilos, de 99% daquilo que ele ouve (ou eu ouço), e a grande parte desse tipo de edições, tem um cariz comercial muito grande, pois caso assim não fosse, haveriam as tais edições de grupos menos conhecidos.

Penso que o sofrivel a que ele se refere, tem exactamente a ver com isso, pois quem odeia os Yes e outros que mais (sem ironia de minha parte) que o comum dos mortais gosta e ouve, não se pode compadecer com edições audiófilas de grupos mais do que conhecidos, pois como já o referi, estes é que são vendáveis, e dão lucro (chamemos-lhes, comerciais, palavra que não gosto muito de usar).


A minha própria opinião, passa um pouco por aquilo que o Nuno disse, pois ainda que os nossos gostos sejam distintos, eu sempre tentei fugir a grupos que toda a gente conhece, e tentei sempre explorar, comprando, o desconhecido, coisa que não existe no mundo das edições audiófilas, por razões comerciais.

Cpts



Só posso concordar em parte, pois há muita edição audiófila de Jazz e Blues que foge bastante ao mainstream.
Todavia, não vejo onde possa haver duvidas nem contradições. Há coisas fabulosas em discos audiófilos e não audiófilos. Penso que nós podemos ver as várias edições como complementando-se e não antagónicas.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cocharro
Membro AAP


Mensagens : 1688
Data de inscrição : 05/08/2011
Idade : 41
Localização : Alto Alges

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 14:07

Jorge Ferreira escreveu:


Tudo música sofrível das editoras audiófilas da AP e DCC, ai como eu sofro

Com todo esse sofrimento atá já estou com uma lagrima no canto do olho Very Happy tambem quero sofrimentos desses ehhehehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/pages/Vinyl-Garage/189844294473841
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 14:27

Cocharro escreveu:
Jorge Ferreira escreveu:


Tudo música sofrível das editoras audiófilas da AP e DCC, ai como eu sofro

Com todo esse sofrimento atá já estou com uma lagrima no canto do olho Very Happy tambem quero sofrimentos desses ehhehehe


Nesse aspecto, contem com mais este masoquista.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 15:00

António José da Silva escreveu:



Fran escreveu:
Boas,
Desculpem a intromissão, e sem querer entrar em "guerras", mas realmente, a quantidade de discos audiófilos editados, comparados com os não audiófilos, deve andar na ordem dos 0.001% ... esta reduzida percentagem, e como será óbvio por questões comerciais, não abrange, nem de perto nem de longe, o que de melhor se fez e faz no mundo do Rock e Jazz.

Penso que a afirmação do Nuno, tem a ver exactamente com isso, pois não se vêem discos audiófilos, de 99% daquilo que ele ouve (ou eu ouço), e a grande parte desse tipo de edições, tem um cariz comercial muito grande, pois caso assim não fosse, haveriam as tais edições de grupos menos conhecidos.

Penso que o sofrivel a que ele se refere, tem exactamente a ver com isso, pois quem odeia os Yes e outros que mais (sem ironia de minha parte) que o comum dos mortais gosta e ouve, não se pode compadecer com edições audiófilas de grupos mais do que conhecidos, pois como já o referi, estes é que são vendáveis, e dão lucro (chamemos-lhes, comerciais, palavra que não gosto muito de usar).


A minha própria opinião, passa um pouco por aquilo que o Nuno disse, pois ainda que os nossos gostos sejam distintos, eu sempre tentei fugir a grupos que toda a gente conhece, e tentei sempre explorar, comprando, o desconhecido, coisa que não existe no mundo das edições audiófilas, por razões comerciais.

Cpts



Só posso concordar em parte, pois há muita edição audiófila de Jazz e Blues que foge bastante ao mainstream.
Todavia, não vejo onde possa haver duvidas nem contradições. Há coisas fabulosas em discos audiófilos e não audiófilos. Penso que nós podemos ver as várias edições como complementando-se e não antagónicas.
Mainstream, quer dizer vendável?!
Se reparares bem, e pelo que me é dado a conhecer das edições audiófilas de autores de jazz e de blues, os autores destes dois géneros musicais, que são abrangidos por esse tipo de edição, são dos mais conhecidos e os que dão mais garantias de venda imediata (chamemos-lhe comerciais) ... quando anteriormente referi "com edições audiófilas de grupos mais do que conhecidos", também era extensível ao Jazz, e quiçá, à clássica.

Cpts

PS : talvez por o pessoal do Rock, ser teso , é que não existam edições audiófilas suficientes e de grande variedade (muitos grupos), neste género
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 50
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 15:05

Eu não entro em guerras porque sou quase Gay e quase Jeová, tudo numa pessoa só,
e apesar disso já cumpri o serviço militar obrigatório há mais de 20 anos atrás, por isso já chega...

Mas atenção deixem-me explicar para não haver confusões:

Eu sou tipo Gay pois tenho um gira discos Linn LP12, facto esse que eu tento compensar com o resto do sistema todo NAIM (que é para disfarçar), é tipo os Gays que casam com mulheres mas só que ao contrário, tão a ver ?

E agora também tenho um Brutus, para ficar um bocadinho ainda mais Macho não é...

O facto de já ter sido audiófilo e ter tido Audio Note e Sonus Faber a tocar juntos também levanta sérias dúvidas acerca da minha pessoa e deixa muito a desejar...mas já passei essa fase...

E depois esta minha paixão de teimar em procurar discos em que além de música boa tenham também um som o mais fabuloso possível, é realmente uma mariquice admito...

Quanto à minha parte Jeová,
eu sou tipo um Jeová pois ando de porta em porta, a mostrar aos meus amigos a luz e a paz de espirito (sob a forma de vinyl), mais tarde eles percebem que isso lhes vai custar muito dinheiro, mas entretanto já é tarde demais, já são crentes...

Agora falando muito a sério:

Comprem o que quiserem, o que mais gostarem, o que mais dão valor, o que mais gozo vos dá, desde que achem que para vocês é bom, pois o dinheiro é vosso...

Seja edições originais, seja reedições audiófilas ou não, caros ou baratos, ninguém tem nada a ver com isso, desde que gostem não tenham a mínima dúvida que eu fico contente.

Os forums para mim não são nem uma guerra nem uma competição para ver quem é o melhor ou o maior lá do Bairro.
Isso era quando eramos chavalos, certo ?

Os forums para mim, são partilha de informação das coisas que mais sabemos, para pessoas que podem não saber ainda mas estar intressadas em saber.

Eu tenho o espírito aberto,
gosto de acompanhar as dicas do Fran sobre Prog/Rock de que nunca ouvi falar e depois ir ouvir muitos deles no youtube e ter agradáveis surpresas.

Também gosto muito de ver aqui os discos de Kraut Rock do Nbunuel que me fazem lembrar os Naim e quando eu era mais novo, pois percebo perfeitamente a onda dele, pois também já ouvi coisas que agora já não ouço, não porque fossem más, mas porque eu hoje estou diferente do que quando era adolescente (isto não é uma crítica, é pura e simplesmente a mutação do ser humano).

De facto, apesar de ainda só ter 43 anos noto uma coisa muito interessante e engraçada,
quando vamos envelhecendo aos poucos e o nosso metabolismo e hormonas ficam mais calmos,
existem certos tipos de música que ouviamos e gostávamos e que já não gostamos nem ouvimos agora,
outros tipos de música que não gostávamos nem ouviamos e que gostamos e ouvimos agora.

Ás vezes até passamos por fases em que ouvimos mais uns tipos de música que outros, depois passamos para outra fase em que ouvimos outros estilos de música, e voltamos a mudar de estilo...e assim sucessivamente...

"A mudança é a única constante da vida"

O próprio tipo de sistema de som que gostávamos quando tinhamos 15 anos é diferente do que gostamos aos 30 e aos 45 e por ai fora...

Existem algumas pessoas que se calhar não mudam assim tanto, ou então que não se apercebem tanto dessas mudanças que ocorrem dentro deles próprios, ou que simplesmente são teimosos e não querem encarar a realidade que eles são hoje em dia simplesmente pessoas diferentes do que eram e do que vão ser no futuro.


Continuem aqui com o Prog e o Kraut que eu também vou continuar aqui com os discos audiófilos,
Abraços a todos

Jorge Ferreira
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 15:09

Jorge Ferreira escreveu:
Eu não entro em guerras porque sou quase Gay e quase Jeová, tudo numa pessoa só,
e apesar disso já cumpri o serviço militar obrigatório há mais de 20 anos atrás, por isso já chega...

Mas atenção deixem-me explicar para não haver confusões:

Eu sou tipo Gay pois tenho um gira discos Linn LP12, facto esse que eu tento compensar com o resto do sistema todo NAIM (que é para disfarçar), é tipo os Gays que casam com mulheres mas só que ao contrário, tão a ver ?

E agora também tenho um Brutus, para ficar um bocadinho ainda mais Macho não é...

O facto de já ter sido audiófilo e ter tido Audio Note e Sonus Faber a tocar juntos também levanta sérias dúvidas acerca da minha pessoa e deixa muito a desejar...mas já passei essa fase...

E depois esta minha paixão de teimar em procurar discos em que além de música boa tenham também um som o mais fabuloso possível, é realmente uma mariquice admito...

Quanto à minha parte Jeová,
eu sou tipo um Jeová pois ando de porta em porta, a mostrar aos meus amigos a luz e a paz de espirito (sob a forma de vinyl), mais tarde eles percebem que isso lhes vai custar muito dinheiro, mas entretanto já é tarde demais, já são crentes...

Agora falando muito a sério:

Comprem o que quiserem, o que mais gostarem, o que mais dão valor, o que mais gozo vos dá, desde que achem que para vocês é bom, pois o dinheiro é vosso...

Seja edições originais, seja reedições audiófilas ou não, caros ou baratos, ninguém tem nada a ver com isso, desde que gostem não tenham a mínima dúvida que eu fico contente.

Os forums para mim não são nem uma guerra nem uma competição para ver quem é o melhor ou o maior lá do Bairro.
Isso era quando eramos chavalos, certo ?

Os forums para mim, são partilha de informação das coisas que mais sabemos, para pessoas que podem não saber ainda mas estar intressadas em saber.

Eu tenho o espírito aberto,
gosto de acompanhar as dicas do Fran sobre Prog/Rock de que nunca ouvi falar e depois ir ouvir muitos deles no youtube e ter agradáveis surpresas.

Também gosto muito de ver aqui os discos de Kraut Rock do Nbunuel que me fazem lembrar os Naim e quando eu era mais novo, pois percebo perfeitamente a onda dele, pois também já ouvi coisas que agora já não ouço, não porque fossem más, mas porque eu hoje estou diferente do que quando era adolescente (isto não é uma crítica, é pura e simplesmente a mutação do ser humano).

De facto, apesar de ainda só ter 43 anos noto uma coisa muito interessante e engraçada,
quando vamos envelhecendo aos poucos e o nosso metabolismo e hormonas ficam mais calmos,
existem certos tipos de música que ouviamos e gostávamos e que já não gostamos nem ouvimos agora,
outros tipos de música que não gostávamos nem ouviamos e que gostamos e ouvimos agora.

Ás vezes até passamos por fases em que ouvimos mais uns tipos de música que outros, depois passamos para outra fase em que ouvimos outros estilos de música, e voltamos a mudar de estilo...e assim sucessivamente...

"A mudança é a única constante da vida"

O próprio tipo de sistema de som que gostávamos quando tinhamos 15 anos é diferente do que gostamos aos 30 e aos 45 e por ai fora...

Existem algumas pessoas que se calhar não mudam assim tanto, ou então que não se apercebem tanto dessas mudanças que ocorrem dentro deles próprios, ou que simplesmente são teimosos e não querem encarar a realidade que eles são hoje em dia simplesmente pessoas diferentes do que eram e do que vão ser no futuro.


Continuem aqui com o Prog e o Kraut que eu também vou continuar aqui com os discos audiófilos,
Abraços a todos

Jorge Ferreira


Um texto cheio de verdade e genialidade. Os meus parabéns ao Jorge.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    Seg Maio 07 2012, 15:14

Jorge Ferreira escreveu:
... O facto de já ter sido audiófilo ...
Passado?!


Bem, eu ainda estou à espera da tal mutação que referes (ainda ouço e vibro com Deep Purple, como o fazia quando tinha 10 aninhos, e quem diz Deep Purple, diz outros mais), pois ouço de tudo, e estou só à espera, do tal "click", para a música clássica ... não é que não a ouça, sem problemas nenhuns, mas não consigo tê-la como importante na minha vida



Misturas de clássica com rock, ái isso sim, têm-me cá
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A rodar XIV    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A rodar XIV
Voltar ao Topo 
Página 1 de 20Ir à página : 1, 2, 3 ... 10 ... 20  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A rodar XXX
» A rodar III
» A rodar XVI
» A rodar XVII
» Som de Discos Novos em Comparação Velhos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Música Geral :: O que andam a ouvir (a rodar)-
Ir para: