Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 O ressurgimento do Vinil provoca discórdia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 13:29

Vinyl Revival Causes Discord
NORMAN LEBRECHT
May 2012

There is a truth, universally held among classical musicians, that old recordings are better than new. The absurdity of this proposition is obvious. It is the same as arguing that athletes and equipment in the 1948 London Olympics were superior to those of 2012. But where sport can prick pretension with statistics, music is a matter of faith — and faith, as Richard Dawkins refuses to accept, flourishes where reason ends.

In music, the flat-earthers are winning the argument. Listen carefully, the grinding noise you hear behind this column is the sound of the musical clock being turned back. Here's the latest news: the classical LP has resumed production.

continua aqui -> http://standpointmag.co.uk/node/4433/full
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 13:36

The Old Believers give two reasons for revering LPs. The first, misty-eyed, proclaims that there were giants in past times who were closer than we are to the source of creation and thus greater than we can ever hope to be. There is no comeback to this claim. I have tried in vain to demonstrate how Riccardo Chailly's 2011 Decca set of the Beethoven symphonies is better played, in immaculate sound and with a clearer concept of structure than Toscanini's boxy platters on RCA Red Seal, but the OBs just plug their ears and go la-la-la.
The second credo, more mystical still, maintains that recording sound on to a physical surface is a healthy, organic process, whereas its reduction to binary digits somehow deprives the music of its "humanity". Harking back to my first dose of digital 30 years ago at Decca's West Hampstead studios, I can summon a grain of sympathy for that position. Early digital was not easy on the ears. The technology was so clinical that microphone placement needed to be frugal and precise. It rarely was. I recall the noise of a carpentry workshop in a digital Tchaikovsky overture. Upon investigation it turned out to be one mike too close to the cello bridges, ruining a good record.

Ten years after those first demonstrations, I watched Nigel Kennedy record the Beethoven concerto in a small town in Germany with an EMI team who were so scornful of his Luddite adherence to analogue tape that they set up a parallel digital feed and challenged me blindfold to tell them apart. I couldn't. Such was the advance of digital ingenuity that the boffins had managed to produce a sound that had the presence (or warmth) of analogue without the disfiguring snap, crackle and pop that condemned the late LP to the knacker's yard.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64284
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 14:44

ricardo onga-ku escreveu:
Such was the advance of digital ingenuity that the boffins had managed to produce a sound that had the presence (or warmth) of analogue ....


Esta parte dizer muito.
Quanto aos "crackle and pop", bom, o gajo la sabe como trata as coisas dele.
Obviamente que um cd tem a vantagem de poder ter um som mais limpo nesse sentido.


_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 14:47

Respondendo na mesma língua, what a full load of crap!

Apenas pegando num exemplo citado por esta sumidade, comparar Chailly digital com Toscanini em vinil é o mesmo que, e aproveitando também uma analogia deste cérebro, comparar Zátopek com Lewis.

Ressurgimento do vinil? Com cepos destes a defender o digital...

SA,

MJC

PS: Já agora e aproveitando a deixa, nunca ouvi a integral das sinfonias do Beet por Toscanini. No caso de Chailly, e se o ilustre escriba se refere à gravação de 2011 ref. Decca 478 2721, já ouvi e são uma boa bodega. A interpretação é lastimável. O som inenarrável.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 15:40

MJC escreveu:
Respondendo na mesma língua, what a full load of crap!

Apenas pegando num exemplo citado por esta sumidade, comparar Chailly digital com Toscanini em vinil é o mesmo que, e aproveitando também uma analogia deste cérebro, comparar Zátopek com Lewis.

Ressurgimento do vinil? Com cepos destes a defender o digital...

Cool

Estou de acordo que a abordagem ao assunto não é feliz (nem politicamente correcta, podendo ferir a susceptibilidade de alguns vinilistas Razz mais sensíveis), nem demonstra grande capacidade de argumentação (a comparação entre os compositores não podia vir mais a despropósito).
Mas concordo com a ideia de que os problemas da gravação digital, (que pode ser) essencialmente transparente, se resumem a erros técnicos como posicionamento de microfones, manipulação excessiva (uma redundância, já que qualquer manipulação é um excesso), compressão dinâmica, etc.

MJC escreveu:
PS: Já agora e aproveitando a deixa, nunca ouvi a integral das sinfonias do Beet por Toscanini. No caso de Chailly, e se o ilustre escriba se refere à gravação de 2011 ref. Decca 478 2721, já ouvi e são uma boa bodega. A interpretação é lastimável. O som inenarrável.

Confesso que nunca escutei nenhuma gravação de Toscanini e que desconheço a integral pelo Chailly.
Tenho duas integrais "digitais" mas são mais antigas (Denon e RCA).

A gravação mais recente da Decca (2006) que tenho é a integral de Prokofiev pelo Gergiev...não gosto das sinfonias de Prokofiev mas achei que o conjunto fazia falta na minha discoteca.
O som é horrendo: seco e (com excesso de detalhe) artificial mas, lá está, resulta de erros técnicos e não de quaisquer deficiências da tecnologia.

Que me lembre, de Prokofiev apenas gosto do concerto para piano, do para violoncelo, do bailado Romeu e Julieta e da cantata Alexander Nevsky...

Boas escutas,
Ricardo


Última edição por ricardo onga-ku em Ter Maio 08 2012, 15:49, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8496
Data de inscrição : 08/12/2011
Localização : Açores

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 15:43

MJC escreveu:
... comparar Zátopek com Lewis ...
Gostei dessa.

Cpts
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 17:04

Boa tarde Ricardo.

Vamos por partes,

1- Esta abordagem é um atentado à inteligência de qualquer ser humano com um mínimo de capacidade de raciocínio.

2- Os problemas que citaste não são exclusivos das gravações digitais nem são os únicos ― sempre na MMO.

3- As integrais em digital têm a vantagem de ocupar menos espaço na prateleira. Mas se a interpretação é bera...
Tenho ideia que li algures uma critica qualquer a zurzir esta gravação do Chailly. Vou ver se me lembro onde.

4- O som horrendo que descreves, podes garantir que resulta de erros técnicos?

5- Falando de Prokofiev: »O Amor das Três Laranjas«. Possibilita encenações fantásticas e musicalmente é uma ópera genial. Não é para todos ― eu por exemplo tenho alturas em que a laranja me provoca aftas à primeira dentada.
Já fizeste a sessão de »Pedro e o Lobo« aos teus filhos?

SA,
MJ
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4806
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 17:35

Esqueci-me do Pedro e o Lobo.
Esta versão animada em DVD pela Susie Templeton já foi vista cá em casa no mínimo várias dezenas de vezes:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3487
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: O ressurgimento do Vinil provoca discórdia   Ter Maio 08 2012, 22:35

Ainda outro tópico sobre esta trapalhada?!

Eu acho que já disse tudo o que tinha a dizer sobre esta matéria, mas... acho que vou dizer: eu prefiro ouvir ANALÓGICO! E pensar que uma imitação - que é a «conversão» de digital para analógico - pode substituir este!... O que o digital faz é uma tentativa de imitação de analógico!
Enfim, uma coisa é considerar um mundo próprio do digital, outra é tentar fazer dos outros idiotas!
Eu não percebo: como já disse, também uso digital, agora, porque é que andamos a insistir numa disputa sem sentido?!
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O ressurgimento do Vinil provoca discórdia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Discos de vinil para venda
» Corte e Prensagem de vinil
» ERIC CLAPTON VINIL
» Vinil: Lojas on-line
» CONFRARIA DO VINIL

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: