Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Colunas BBC: tentativa de "biografia"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Abr 28 2012, 10:03


Desde o início do serviço público de radiodifusão pela British Broadcasting Company em 1922 os engenheiros da empresa estiveram na vanguarda dos desenvolvimentos no campo da radiodifusão.

Nos anos 50, o Departamento de Pesquisa da BBC começou a debruçar-se sobre o desempenho das colunas monitoras tendo-se seguido um longo percurso dedicado aos mais variados estudos, desde o comportamento dos materiais usados nos cones e suspensões dos altifalantes à determinação de uma sonoridade mais neutra através da escuta comparativa com música ao orquestral vivo e com a voz humana.


Maurice E. Whatton testa umas LS3/5a (fonte)

Esses estudos deram origem a uma série de modelos de coluna monitora concebidos por forma a produzir um som neutro, consistente e repetível, adaptados a diferentes exigências de tamanho e aplicação.
As famosas LS3/5a, por exemplo, devem as suas características à necessidade de fabricar uma monitora de dimensões reduzidas para utilização nos estúdios móveis, onde eram suspensas de cabeça para baixo para que as unidades de altas frequências ficassem à altura dos ouvidos do técnico.

O estúdio móvel da BBC




Alguns desses engenheiros criaram as suas próprias empresas, e estas ainda hoje fabricam colunas que seguem a tradição BBC: Jim Rogers (Rogers 1947), Raymond Cooke (Kef 1961), Spencer Hughes (Spendor 1969), Dudley Harwood (Harbeth 1977).

(continua...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Abr 28 2012, 12:16

Tudo dá trabalho, mas sem ele não se chega a lado nenhum. Obrigado Ricardo.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 49
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Abr 28 2012, 12:51

Excelente post
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Abr 28 2012, 14:57

Grande post Ricardo.

Abraço,

MJC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10386
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Abr 28 2012, 15:12


Muito bom post, caro Ricardo.
Bonita "estória", e para quem, como eu, teve o privilégio de as ouvir, são inesquecíveis.
Ouvir o The Koln Concert do K.J.a "sair" de umas ... foi, até hoje, uma experiência única.
Tenho umas debaixo de olho... à muito tempo.
Obrigado por partilhar.
cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Ter Maio 01 2012, 12:18

Nos primeiros anos dava-se pouca importância à resposta de frequência porque não era possível efectuar muitos ajustamentos ao som captado e o reduzido tamanho das cabinas de controlo implicava o uso de colunas de pequenas dimensões o que, naturalmente, limitava o desempenho destas ao nível da extensão das baixas frequências e do nível máximo de pressão sonora.
Com o passar do tempo, os desenvolvimentos tecnológicos tanto ao nível da captação, registo e emissão como da reprodução doméstica geram novas necessidades e exigências e levam a que o Departamento de Pesquisa dê início ao trabalho de pesquisa e desenvolvimento de colunas monitoras de maior qualidade (reprodução próxima do som original) mas com dimensões reduzidas de modo a poderem ser utilizadas nos cubículos existentes, procurando também que o som dos diferentes modelos fosse o mais semelhante possível.
O facto de, à data, a indústria produzir essencialmente equipamentos destinados ao mercado de consumo e à indústria de gravação, os primeiros de sonoridade pouco neutra e os últimos demasiado volumosos, foi também determinante para o desenvolvimento deste projecto.
Um terceiro aspecto era exclusivamente económico: a companhia utilizava várias centenas de colunas monitoras e necessitava que o fabrico, a manutenção e a substituição das mesmas fosse fácil e financeiramente suportável.

Os principais critérios de projecto para o desenvolvimento das colunas eram os seguintes:
• fiabilidade e resistência a acidentes por utilização incorrecta
• consistência de desempenho (objectiva e subjectiva) de unidade para unidade e entre os diversos modelos, o que implicava a disponibilidade a longo prazo dos altifalantes utilizados e a consistência no fabrico dos mesmos, para permitir que um dado modelo fosse substituído quando necessário sem receio de que o substituto não tivesse um desempenho equivalente (cada altifalante é marcado com um sinal que indica a sensibilidade e está ligado ao filtro com fichas para forma a permitir uma fácil substituição)
• equilíbrio tonal que procura a reprodução natural da voz (um som que não tem origem em nenhuma caixa de madeira ou tubo metálico e como tal é bem adequada à detecção ressonâncias e colorações de caixa) por forma a permitir uma monitorização correcta do programa, fosse ele musical ou de comunicação oral
• a interacção com o espaço, que resulta do padrão de dispersão: as colunas que apresentam maior directividade apenas produzem a imagem estereofónica numa área de escuta muito pequena mas o equilíbrio tonal é muito menos afectado pelas características da sala

Seguiram-se estudos exaustivos que incidiram sobre os diversos elementos que compõem as colunas como o tipo de material usado nos cones dos altifalantes e o comportamento das suspensões dos mesmos, o controlo das ressonâncias de caixa, as características dos filtros de divisão de frequências e modelação de resposta, e extensos testes de avaliação subjectiva do som acompanhados de (inovadoras) medições dos diversos parâmetros relacionados com o desempenho.

Até então, os cones eram fabricados em polpa de papel prensado, material que oferecia pouco controlo sobre a qualidade de som, especialmente na tão fundamental gama média, e foram desenvolvidos esforços no sentido de encontrar um material alternativo.
O resultado dessa pesquisa foi o Bextrene, material à base de poliestireno que permitia resultados mais consistentes e uma melhor resposta no extremo superior do espectro.
Entre as desvantagens deste material estão a reduzida sensibilidade e nível máximo de pressão sonora, e a produção de um pico de distorção de banda larga aos 1,5-2KHz seguido de três picos de ressonância elevada aos 4,5KHz, o que obrigava a aplicação manual em ambas as faces de grandes quantidades de uma membrana de amortecimento em PVA (álcool polivinílico) e a uma maior complexidade do filtro (responsáveis pela reduzida sensibilidade das LS3/5a).


Seguiu-se, nos anos 70, o desenvolvimento de um outro material de melhor desempenho, o Polipropileno, mais eficiente e auto-amortecido, que não necessitava de correcções no filtro nem da aplicação de qualquer amortecimento no cone:


Rogers BBC LS5/9

Mais recentemente, financiada pela BBC, a Harbeth desenvolve o Radial que, tanto quanto sei, tem o cone preenchido com minúsculas esferas de vidro ou acrílico.

(continua...)


Última edição por ricardo onga-ku em Ter Maio 01 2012, 14:38, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Ter Maio 01 2012, 12:36

Consegui-mos ver desde já que foi uma coluna estudada para uma finalidade bastante especifica e onde a qualidade e consistência dessa qualidade seriam de grande importância. Não sei se a historia ainda vai falar da parte electromagnética dos drivers mas julgo que também esses eram de elevada qualidade.
Este segundo episódio fecha com chave de ouro com a imagem das belas Rogers BBC LS5/9.

Venha mais...

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10386
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Ter Maio 01 2012, 12:36


Um prazer ler estas "coisas".Thanks!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Ter Maio 01 2012, 13:39

António José da Silva escreveu:
Consegui-mos ver desde já que foi uma coluna estudada para uma finalidade bastante especifica e onde a qualidade e consistência dessa qualidade seriam de grande importância. Não sei se a historia ainda vai falar da parte electromagnética dos drivers mas julgo que também esses eram de elevada qualidade.
Este segundo episódio fecha com chave de ouro com a imagem das belas Rogers BBC LS5/9.

Venha mais...

O problema é que a informação está espalhada por imensas fontes...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Ter Maio 01 2012, 13:47

ricardo onga-ku escreveu:

Venha mais...

O problema é que a informação está espalhada por imensas fontes... [/quote]


Para nós termos o prazer, alguém tens que ter o trabalho. lol! Não te chores e continua a tua busca. Todos agradecemos e tu (que até nem gostas das colunas) ficas com mais conhecimento também.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Maio 19 2012, 20:01


Kingswood Warren, a sede do Departamento de Pesquisa (Surrey)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Maio 19 2012, 23:22

ricardo onga-ku escreveu:

Kingswood Warren, a sede do Departamento de Pesquisa (Surrey)


Local inspirador.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Maio 20 2012, 00:09

Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Maio 20 2012, 09:29

Bela jogada de marketing... Censored Rolling Eyes

Isto, sim, é uma coluna que cumpre os requisitos necessários para obter a licença da BBC:


Stirling Broadcast LS3/6 - 3500€

http://www.stirlingbroadcast.net/ls36.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
jmarcedo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 69
Data de inscrição : 11/07/2012
Idade : 42
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Qui Out 04 2012, 15:10

Ricardo,

Só agora li este excelente post, quando andava à procura de informação sobre colunas de "herança BBC".

Quando vem o resto da estória?!?

Abraço,

Jorge Marcedo
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sex Out 05 2012, 02:03

Bom dia Ricardo,

Tinha que vir aqui picar o ponto. Hoje passei todo o meu tempo livre a ouvir música através das LS3/5a.

É difícil de explicar o som que sai das meias-lecas. Mas um amigo meu, melómano puro, com vacina anti-audiofilia em dia teve uma saída espectacular,
― O som das LS3/5a tem mais luz…

Um abraço,
MJC
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sex Out 05 2012, 10:36

Em Fevereiro de 1948 o Departamento de Pesquisa, então sob a tutela de H. L. Kirke, publica um relatório intitulado "The Selection Of Wide-Range Loudspeakers For Monitoring Purposes".
São avaliados equipamentos provenientes de diversos fabricantes (Tannoy, RCA, Altec Lansing, Western Electric, Goodmans, Voigt, ect.) conclusão é a seguinte:

"The performance of sixteen "high-fidelity" loudspeakers submitted by British manufacturers has been investigated.
The results have been generally disappointing.
The cause for this state of affairs is thought to lie, not so much in any lack of ingenuity in design on the part of the manufacturers concerned as in the scant attention paid by them to simple subjective testing.
It is true that the opportunities of comparison between direct and reproduced orchestral music are denied to most designers.
On the other hand, the majority of the defects noted in our tests were clearly shown in the reproduction of speech, and in fact the results of the music tests, apart from yielding some information in the extreme low frequency range, and on certain non-linear distortion effects, did no more than confirm the conclusions arrived at in the speech tests.
The technical equipment required to carry out a speech test under carefully controlled conditions is no more than any reputable loudspeaker manufacturer might reasonably expect to posses, and it would appear that either the designers have made too little use of this simple technique or that, in using it, they have neglected to make frequent and critical comparisons with the original sound."


A terceira e última parte do relatório, publicada em 1952, traz um comentário que me parece muitíssimo mais interessante e que define aquele que será o fio condutor do programa de desenvolvimento de colunas monitoras:

"Apart from the choice of a unit for immediate use in the LSU/10, the results have yielded much valuable information on the correlation between subjective and objective assessment of performance"

"Os resultados forneceram informações muito valiosas sobre a correlação entre a avaliação subjetiva e a avaliação objetiva do desempenho".

Estes relatórios estão disponíveis em PDF nos arquivos da BBC.

(continua...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sex Out 05 2012, 11:02

ricardo onga-ku escreveu:

The technical equipment required to carry out a speech test under carefully controlled conditions is no more than any reputable loudspeaker manufacturer might reasonably expect to posses, and it would appear that either the designers have made too little use of this simple technique or that, in using it, they have neglected to make frequent and critical comparisons with the original sound."[/i]

Então isto é um estudo genérico, acerca do desenvolvimento de colunas full range ou a pesquisa é , propositadamente enviesada para o tipo de colunas mais adequadas ao uso que se lhe queira dar nos estúdios?




Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sex Out 05 2012, 11:39

Ulrich escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:

The technical equipment required to carry out a speech test under carefully controlled conditions is no more than any reputable loudspeaker manufacturer might reasonably expect to posses, and it would appear that either the designers have made too little use of this simple technique or that, in using it, they have neglected to make frequent and critical comparisons with the original sound."[/i]

Então isto é um estudo genérico, acerca do desenvolvimento de colunas full range ou a pesquisa é , propositadamente enviesada para o tipo de colunas mais adequadas ao uso que se lhe queira dar nos estúdios?

A BBC começou por efectuar uma pesquisa para determinar quais seriam as colunas comerciais adequadas às suas necessidades e acima de tudo ao seu nível de exigência.

Foi o resultado (infrutífero) dessa avaliação que deu origem ao programa de pesquisa e desenvolvimento das colunas BBC.
O objectivo era conceber vários tipos de colunas para aplicações diversas, como tenciono descrever em breve, mas de tonalidade semelhante dentro da gama de frequências útil de cada modelo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sex Out 05 2012, 11:49

ricardo onga-ku escreveu:

O objectivo era conceber vários tipos de colunas para aplicações diversas, como tenciono descrever em breve, mas de tonalidade semelhante dentro da gama de frequências útil de cada modelo.

Já percebi ,
ainda a procissão vai no adro study
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Out 07 2012, 09:20

MJC escreveu:
Bom dia Ricardo,

Tinha que vir aqui picar o ponto. Hoje passei todo o meu tempo livre a ouvir música através das LS3/5a.

É difícil de explicar o som que sai das meias-lecas. Mas um amigo meu, melómano puro, com vacina anti-audiofilia em dia teve uma saída espectacular,
― O som das LS3/5a tem mais luz…

Um abraço,
MJC

Bom dia Mário,

Vou completar a saída do seu amigo:

O som das LS3/5a tem mais luz…por ausência da escuridão. Ou melhor, de baixas frequências.
Passa-se o mesmo com o violino em oposição ao violoncelo.

No entanto devo confessar que ultimamente tenho sentido alguma preguiça em remover a coffee-table para um canto e em colocar a cadeira de escuta no sweet-spot. E a má posição do sofá não me tem retirado tanto prazer às escutas como se poderia pensar do mesmo modo que, apesar das vantagens óbvias de um "balão" em cristal delicado, um bom tinto não deixa de o ser quando bebido num grosso copo de tasca.

Um abraço,
Ricardo
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Out 07 2012, 10:27

ricardo onga-ku escreveu:


Bom dia Mário,

Vou completar a saída do seu amigo:

O som das LS3/5a tem mais luz…por ausência da escuridão. Ou melhor, de baixas frequências.
Passa-se o mesmo com o violino em oposição ao violoncelo.

No entanto devo confessar que ultimamente tenho sentido alguma preguiça em remover a coffee-table para um canto e em colocar a cadeira de escuta no sweet-spot. E a má posição do sofá não me tem retirado tanto prazer às escutas como se poderia pensar do mesmo modo que, apesar das vantagens óbvias de um "balão" em cristal delicado, um bom tinto não deixa de o ser quando bebido num grosso copo de tasca.

Um abraço,
Ricardo


Ora ai está uma boa conclusão e analogia. A musica quando bela (em primeiro) e bem "tratada" ou gravada (em segundo), dá muito prazer mesmo sem ser nas melhores das condições de escuta. Como diz um amigo meu, o som acaba sempre por encontrar o seu caminho.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Out 07 2012, 12:34

ricardo onga-ku escreveu:


Bom dia Mário,

Vou completar a saída do seu amigo:

O som das LS3/5a tem mais luz…por ausência da escuridão. Ou melhor, de baixas frequências.
Passa-se o mesmo com o violino em oposição ao violoncelo.

Um abraço,
Ricardo


Boa tarde Ricardo,

Neste caso particular, a escuridão é imensa. As LS3/5a têm estado a trabalhar alternadamente com um Janis de 18" e com dois B&W de 15". E com XOver e amplificação dedicada que permite todo o tipo de ajuste de fase. E a luz continua imensa.

Aliás, mesmo despidas e sozinhas, descem quase até aos 70Hz de uma forma bem mais limpa que a maioria dos caixotes com o dobro e o triplo do volume. Bem sei que é curto (para mim certamente é), mas tal como nas ESL 57 de vez em quando gosto de escutar música com as tão importantes gamas média e média alta reproduzidas de forma insuperável. Mesmo correndo o risco da Pastorella em Fá Maior não fazer tremer as paredes da casa.

E desde quando o violino tem mais luz que o violoncelo? Só consigo ouvir as Suites de Bach, por exemplo, por Starker, com os óculos escuros postos.

E já que estamos no tema Bach vou ouvir as Goldberg com as caganitas sem »ajudas«.

Abraço,
MJC
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Out 07 2012, 12:53

MJC escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:


Bom dia Mário,

Vou completar a saída do seu amigo:

O som das LS3/5a tem mais luz…por ausência da escuridão. Ou melhor, de baixas frequências.
Passa-se o mesmo com o violino em oposição ao violoncelo.

Um abraço,
Ricardo


Boa tarde Ricardo,

Neste caso particular, a escuridão é imensa. As LS3/5a têm estado a trabalhar alternadamente com um Janis de 18" e com dois B&W de 15". E com XOver e amplificação dedicada que permite todo o tipo de ajuste de fase. E a luz continua imensa.

Aliás, mesmo despidas e sozinhas, descem quase até aos 70Hz de uma forma bem mais limpa que a maioria dos caixotes com o dobro e o triplo do volume. Bem sei que é curto (para mim certamente é), mas tal como nas ESL 57 de vez em quando gosto de escutar música com as tão importantes gamas média e média alta reproduzidas de forma insuperável. Mesmo correndo o risco da Pastorella em Fá Maior não fazer tremer as paredes da casa.

E desde quando o violino tem mais luz que o violoncelo? Só consigo ouvir as Suites de Bach, por exemplo, por Starker, com os óculos escuros postos.

E já que estamos no tema Bach vou ouvir as Goldberg com as caganitas sem »ajudas«.

Abraço,
MJC

Quando era pequeno, a minha avó repetia-nos frequentemente o seguinte ditado: "quem feio ama, bonito lhe parece".
(Hoje penso que vivia atormentada pela ideia de que nós, os quatro primos, jamais viríamos a casar...)

Um abraço,
Ricardo



P.S.: tenho a impressão de não ter compreendido a "maior luz" do teu amigo...é o problema de não existir uma linguagem universal audiófila
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Out 07 2012, 13:31

ricardo onga-ku escreveu:


Quando era pequeno, a minha avó repetia-nos frequentemente o seguinte ditado: "quem feio ama, bonito lhe parece".
(Hoje penso que vivia atormentada pela ideia de que nós, os quatro primos, jamais viríamos a casar...)

Um abraço,
Ricardo

P.S.: tenho a impressão de não ter compreendido a "maior luz" do teu amigo...é o problema de não existir uma linguagem universal audiófila

Neste caso das LS3/5a (por oposição, por exemplo às NS-10M que são horrendas) a quase universalidade dos que amam o feio destas colunas levará sem dúvida a pensar que o ditado, aqui, não terá cabimento.

Acho que compreendeste a linguagem do meu amigo. Para a compreender melhor só escutando as anãs.

Devia ter mencionado que comparámos as anãs+subs com outras colunas nas mesmas condições (outras+subs) e as LS3/5a, para os nossos ouvidos, saíram sempre por cima. As que mais luta deram, mesmo quando comparadas sem muletas, foram, sem surpresa, as Spendor.

Noutra vertente, e como nunca consegui compreender (talvez defeito meu) o apreço universal das Goldberg pelo Gould, cada vez gosto mais da interpretação de Gavrilov (1993).
Eu com as Goldberg/Gould, tu com as LS3/5a.

Abraço,
MJ

Post Scriptum: As avós têm sempre razão. Mesmo que não acertam uma…

PPS: Sabes se as Goldberg/Gavrilov que vão ser editadas no final deste mês são gravações novas?
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Dom Out 07 2012, 14:00

MJC escreveu:
Acho que compreendeste a linguagem do meu amigo. Para a compreender melhor só escutando as anãs.

Temos de combinar isso.

MJC escreveu:
PPS: Sabes se as Goldberg/Gavrilov que vão ser editadas no final deste mês são gravações novas?

Não sei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Qua Out 10 2012, 11:53

Em meados dos anos 60 o Departamento de Pesquisa constroi uma câmara anecóica nas suas instalações.
Este espaço vem proporcionar as condições necessárias ao estudo detalhado do comportamento de caixas e transdutores electro-acústicos e uma maior fidelidade nas avaliações subjectivas graças à ausência de ruído e à inexistência de superfícies reflectoras.


Câmara anecóica (Kingswood Warren)

Para uma informação mais detalhada sobre a função de uma câmara anecóica sugiro a leitura deste e deste artigos no site da Bowers & Wilkins.

(continua...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Qua Out 10 2012, 12:09

Isso é que tem sido dedilhar.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Qui Fev 21 2013, 22:59

Estava a vasculhar os meus "arquivos" e encontrei uma carta enviada por Spencer Hughes à redação da HIFI News descrevendo as origens da Spendor:

Dear Sir,

It may be of interest to have the following résumé of how Spendor came into operation.

The Spendor BC1 was not, as it has so many times been described a development of the BBC loudspeaker type LS3/6. Perhaps a short history of the lead into, and the development, of the two systems may be of interest.

From the very early days, even before HiFi, the BBC has designed its own monitor loudspeaker systems as commercial systems were not, and most are still not, accurate enough for broadcast work. These designs were based on available units matched by, what were in those days, very complex crossover networks and mounted in custom designed cabinets.

During the mid nineteen sixties the development work carried out by the BBC had advanced to a stage which was beyond the capabilities of the available paper pulp cone bass units. The decision was taking to investigate the possibilities of using some form of plastic as a cone and surround material. It was assumed that plastic would be a consistent material unlike paper pulp, which to some degree seemed to depend on the mood of pulp stirrer. Over the years it has been found that it was not quite that easy.

The section of the BBC Research Department involved in this operation was headed by Mr. D.E.L. Shorter, now retired, with Mr. H.D. Harwood now of Harbeth Acoustics, second in command and myself completing the investigating team.

Some two years were spent making 12-inch unit cones in a variety of shapes and from a range of plastics; this could be a story on its own. The first successful unit was made from the now well-known Bextrene and used in the development of the BBC studio monitor type LS5/5. This loudspeaker was described in an article written by Mr. H.D. Harwood in the March 1968 issue of Wireless World.

My part, as a laboratory technician, in the operation was to do most of the actual work both on the plastic investigation and the development of the LS5/5. With that experience I decided that it should be possible to make a loudspeaker from scratch in the home environment. With the aid of our electric fire, a compressor working in reverse and an iron bedstead the first vacuum former was built. Bins full of malformed cones were produced before any measure of success was achieved and the first eight inch unit was produced. This unit turned out to be almost certainly the first commercial eight-inch Bextrene driver and still arguably the best.

The first pair of BC1s was constructed using these units and Celestion HF1300 units. The cabinets were smaller than the current model and initial listening tests indicted that the performance could be improved by an increase in size, hence the present design. At this point it was all being done for fun.

The second pair of BC1s was made for a friend who took them to Merrow Sound of Guildford. The third pair was sold to Merrow Sound and Spendor was on the way to a small niche in the audio world.

Now some difficulties were beginning to arise as under the terms of my contract with the BBC, the design had to be offered to them. Fortunately the "Pop" era had just started and the main request was for more power, so the BC1 was turned down. Around about this time there was a special requirement within the BBC for one pair of speakers about the size of the BC1s. Being a kind soul I suggested that my design could be used, so I was given the task of producing an official version of the BC1, later designated the LS3/6

This design used an eight-inch unit made by Research Department, the Celestion HF1300 and a redesigned crossover. The main change in the crossover was the addition of a large multi-tap autotransformer to allow adjustment of levels between the two units, normal BBC practice at that time.
Some months later BC1s were fitted with an amplifier mounted in the back panel and the Coles 4001G super tweeter added. This addition was for purchase tax reasons, but it did have two extra gains. Firstly it improved the overall dispersion characteristics, secondly, from the broadcasting angle, it made any 625-line breakthrough to be more easily detected.

Now the LS3/6 was offered to a number of commercial companies and eventually taken by Roger, then under the control of Jim Rogers. With approval, and a little assistance from the BBC, Rogers added the Celestion HF2000.

As Spendor was now a commercial company it was agreed that a royalty should be paid to the BBC for each BC1 produced. This was in recognition of the work I had done on the loudspeaker whilst still employed by the BBC.

To perhaps prove the order of development of the two systems it is of note that out of over two thousand BC1s supplied to the professional market there are over six hundred in operation with the BBC and as far as I know very few if any LS3/6 speakers.

In addition to the above, the name Spendor is derived from the first names of myself and my wife Dorothy.
Mrs. Hughes provided practical assistance in the early days with her coil winding expertise and now as Managing Director is responsible for all accounting, sales and general management. Derek Hughes, the son, another ex BBC employee deals with an amplifier design and assists me with research and development and general running of the factory.

Voltar ao Topo Ir em baixo
jose.ribeiro
Membro AAP


Mensagens : 692
Data de inscrição : 06/12/2012
Idade : 36
Localização : Gondomar

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Ter Fev 26 2013, 11:56

Excelente tópico. Parabens por toda a info aqui reunida. .

Abraços!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 12:00

Quatro video efectuados durante visitas de Alan Shaw (Harbeth) e Derek Hughes (filho dos fundadores da Spendor e dono da empresa até 1992, actualmente trabalha como freelancer com a Harbeth, a Stirling e a Cicable) à câmara anecóica da BBC em Kingswood Warren.
Aqui efectuaram medições àquelas que se pensava serem as LS3/5a mais velhas em existência e às Harbeth P3ESR, a versão actual do famoso modelo fabricada pela Harbeth e podemos ainda ver o protótipo que deu origem às LS3/5.
Reparem no pormenor da porta.

http://www.harbeth.co.uk/usergroup/showthread.php?1837-What-s-it-like-to-be-working-at-the-BBC-anechoic-chamber&p=22635#post22635

http://www.harbeth.co.uk/usergroup/showthread.php?1837-What-s-it-like-to-be-working-at-the-BBC-anechoic-chamber&p=22636#post22636

Este último video é uma visita à gruta do Aladino.

http://www.harbeth.co.uk/usergroup/showthread.php?1837-What-s-it-like-to-be-working-at-the-BBC-anechoic-chamber&p=22700#post22700
Voltar ao Topo Ir em baixo
enxuto
Membro AAP


Mensagens : 1284
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 43

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 16:09

As pequenas LS3/5a tocam muito.

Até agora foram as únicas que impressionaram a minha queridíssima esposa.

Ouviu as substitutas e disse (passados uns dois segundos) "as outras eram melhores".
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.abportal.net
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 16:17

enxuto escreveu:
As pequenas LS3/5a tocam muito.

Até agora foram as únicas que impressionaram a minha queridíssima esposa.

Ouviu as substitutas e disse (passados uns dois segundos) "as outras eram melhores".


Se calhar, porque as seguintes eram maiores. lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15227
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 16:47

enxuto escreveu:
As pequenas LS3/5a tocam muito.

Até agora foram as únicas que impressionaram a minha queridíssima esposa.

Ouviu as substitutas e disse (passados uns dois segundos) "as outras eram melhores".
Um dia verás o erro que fizeste em vender as piquenas....
Eu tambem estive quase a fazer um erro identico, mas um "grilo falante" chamou-me à razão...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
enxuto
Membro AAP


Mensagens : 1284
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 43

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 17:37

Por acaso são maiores.

Epá, não me arrependo.

Se um dos rapazes metesse um altifalante para dentro, adeus colunas.

estas são mais recentes e o estrago é menor... e fico mais descansado.

As LS3/5a eram melhores no escritório. Na sala, não.

Mas no escritório (+- 12 m2) não deve haver nada muito melhor. Talvez até em espaços um pouco maiores.

E têm "carisma". Enfim, é outra coisa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.abportal.net
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 17:40

enxuto escreveu:
Na sala, não.



Esse é um dos problemas e quanto a isso, "batatas" como se costuma de dizer.

Contra as leis da física não se pode fazer grande coisa.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
enxuto
Membro AAP


Mensagens : 1284
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 43

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 18:03

Sim,

mas ainda assim, dão muito mais do que o aspeto dá a entender. De uma coisa daquele tamanho esperava-se menos.

Deve ser uma das criações mais "felizes" do mundo do hardware...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.abportal.net
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15227
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 18:15

Essas "piquenas" ganhavam logo outra dimensão com isto :


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 18:18

Milton escreveu:
Essas "piquenas" ganhavam logo outra dimensão com isto :



Ganham logo outra dimensão em som, tamanho e dinheiro gasto. lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
enxuto
Membro AAP


Mensagens : 1284
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 43

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 19:22

Acredito, mas prefiro sem os acrescentos Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.abportal.net
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sab Mar 23 2013, 19:32

enxuto escreveu:
Acredito, mas prefiro sem os acrescentos Smile


E é preciso saber se os acrescentos são um "remendo", ou se é realmente algo que completa o todo.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Qua Maio 15 2013, 09:55

Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4812
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Angles

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sex Jan 16 2015, 10:17

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64424
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   Sex Jan 16 2015, 15:27

ricardo onga-ku escreveu:
Mais duas "réplicas" de colunas BBC (LS5/9 e LS5/Cool:

http://www.grahamaudio.co.uk/Graham_Audio/LS5_9_speakers.html

https://www.facebook.com/grahamaudiouk


Essa coluna já parece aqueles "one hit wonders". Um sucesso, e depois fazem-se vários remixes para aproveitar. lol!

Nunca ouvi nenhuma, mas com tanta réplica, só pode ser boa...digo eu.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Colunas BBC: tentativa de "biografia"   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Colunas BBC: tentativa de "biografia"
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Colunas BBC: tentativa de "biografia"
» DOCUMENTÁRIOS E BIOGRAFIA DE BAIXISTAS
» Colunas de estante para Dynavox VR-70E II
» Colunas de Som DIY.(Galeria)
» Upgrade de colunas: Magnepan SMGa

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Colunas, Altifalantes e Crossovers-
Ir para: