Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 A gravidez de um aparelho ...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3290
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 19:16


Olà,

alguns tinham manifestado o interesse de conheçer o percurso de um aparelho do comercio desde a nascença, e as particularidades do trabalho de designer. E a razão deste topico, pois vou utilizar um aparelho sobre o qual trabalho hoje, em descascando as diferentes etapas desde a ideia até ao resultado. Espero que isto vos agrade e vos permita de compreender todas as fases que estão por detràs de um aparelho...



1° mês : Nesta primeira fase é preciso um pai e uma mãe, o que é normal. Bom a mãe sou eu!!!, pois vou portà-lo durante nove meses e dar-lhe vida. O pai é, neste caso, um industrial que possui vàrias lojas de mobiliario de luxo e que é apaixonado por audio. Ele encontrou por acaso um "velho" stock de transformadores de saida Millerioux (um bobinador audio de prestigio françês, que jà não existe), e decidiu de fazer em série limitada um aparelho de prestigio, que serà vendido aos seus clientes. A série é limitada a 100 exemplares, pois corresponde aos 200 transformadores que ele possede, na realidade são 220 péças, mas é preciso deixar 10% de lado para eventuais reparações nos cinquenta anos a vir. Estes transformadores foram concebidos para funcionar com um push-pull (duas vàlvulas por canal) de EL84. Como sou reconhecido aqui como um especialista dessa vàlvula, ele foi dirigido até mim para me encarregar caso açeitasse, de desenvolver o projecto e transformà-lo em realidade. De habito não açeito empreitadas deste tipo, pois prefiro trabalhar com as marcas que conheço e que aprecio a filosofia, mas a ideia de trabalhar com estes transformadores miticos era forte. Visto que o cliente me deu uma "folha branca", ou seja, uma liberdade total para a realização técnica do projeto açeitei. Bom antes de açeitar foi necessario falar de pagamento, pois não trabalho à borla, o que é normal. No caso desta profissão as discussões de preço são simples, pois ou o cliente paga o estudo e parte com o aparelho desenhado no fim e os ganhos das vendas são para ele, ou eu decido de vender o estudo mais barato (ou mesmo à borla) e recebo uma porcentagem por cada aparelho vendido. A realidade é um pouco mais complexa mas està bem resumido. Com este acordo mutuo, o projecto vém de nascer e agora é so fazer crescer a coisa, o que vamos fazer durante os oito meses que faltam...


2° mês : Tenho em carga de imaginar o aparelho que vou fazer, e o cliente espera de mim que seja um produto original e visto o preço de venda, que ele seja unico. Como gosto muito desta vàlvula e jà fiz coisas lindas com ela estou muito motivado. Decidi de fazer um integrado hibrido de 3° geração, e de grande originalidade. O aparelho sera integralmente comandado por microprocessador e possui: um ecrã de controle personalisado ao cliente final, um volume digital, um DAC interno com entrada SPDIF e USB e um phono interno com transformadores MC de alta qualidade. O circuito audio é a transistores para a entrada e vàlvulas para a saida, sem nenhum condensador entre os dois (ligação directa), o que é a minha especialidade. Tudo isto com um aspecto minimalista, simétrico e com um minimo de botões, e como véem o concepto da coisa é tecnicamente original. O cliente pediu para que o corpo fosse desenhado por um estilista para que o objecto fosse contemporaneo e valorisante. Fui ver varias vezes o estilista pois o meu trabalho depende dele e vice-versa. O châssis deve ser de dimensões suficientemente grandes para que os componentes entrem todos là dentro, feito com materiais às normas CE (electromagneticas) e suficientemente rigido para aguentar os 12 quilos de transformadores que vão vir para cima. Começei por encomendar as peças de grande tamanho como o transformador de alimentação e as caixas de blindagem CEM para o Dac interno (visivel na foto), afim que o estilista possa desenhar o châssis com os componentes definitivos. Finalmente o corpo é feito de aluminio polido em 3.5 mm de espessura os lados são feitos de madeira (polida e com verniz epoxy à mão), mas encaixada no interior de forma a dar a impressão que a folha de aluminio està no ar. Trata-se a este estado de fazer o primeiro prototipo de caixa para que eu a encha. Sou eu que vou contactar vàrias empresas e escolher a definitiva, segundo o preço e a qualidade de fabricação...

Até breve para a continuação...

Até+
Voltar ao Topo Ir em baixo
vlopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2950
Data de inscrição : 03/07/2010
Localização : Azeitão

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 19:23

Será concerteza um topico muito interessante de seguir.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 19:26

Viva TD124 , consegue fazer com que fique completamente vidrado na estória à espera do pormenor seguinte...

Super!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jorge Ferreira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3392
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 49
Localização : Palmela

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 19:43

Muito bom inicio de partilha, esperamos ansiosamente por mais

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://farmvinyl.blogspot.pt
*©uℓto do Ʋıƞıℓ ®
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1377
Data de inscrição : 04/07/2010
Idade : 44
Localização : Terra da Capa Rica

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 20:16

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cultovinil.blogspot.com
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64294
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 20:46

Não é que já não o seja, mas fico sempre parvo e rendido a ler os teus tópicos.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10380
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 22:18


Com certeza vamos seguindo a gestação desse bébé, que deve ser " lindo ".
Bonita partilha.Obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64294
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 22:22

Luis Filipe Goios escreveu:

Com certeza vamos seguindo a gestação desse bébé, que deve ser " lindo ".
Bonita partilha.Obrigado


E queremos ecografias regulares.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Duarte Rosa
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2023
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 41
Localização : Abrantes

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 12 Fev - 22:33

Excelente tópico, vou seguir atentamente
Voltar ao Topo Ir em baixo
jpamplifiers
Membro AAP
avatar

Mensagens : 608
Data de inscrição : 16/09/2011
Localização : Sintra

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Seg 13 Fev - 0:47


eu quero um lugar à frente porque tenho miupía.
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3290
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Seg 13 Fev - 11:13


3° mês : Vamos entrar num periodo complicado e primordial. Vou receber a primeira caixa que tém as dimensões, os materiais e o aspecto da definitiva, mas que tem buracos para passar os parafusos para as cartas e uma finição menos luxuosa. A versão definitiva terà roscas encastradas no interior e os parafusos não serão visiveis, mas para isso é necessario que eu determine o desenho e o ensaio das cartas electronicas, afim de determinar o sitio exacto aonde as roscas serão postas. E um mês de reflexão e de problemas, pois no fim do mês teoricamente (no papel) o aparelho tém de ter a sua forma electronica "quase" definitiva. O essencial do trabalho vai ser o desenho das seis cartas (circuitos impressos) do aparelho. Vai haver uma carta para o DAC, uma para o phono, uma para a alimentaçao dos dois, uma para o ecrã + microprocessador + telecomando, uma para as entradas e para o volume e enfim a carta do amplificador com as valvulas a alimentação e o andar de entrada. E necessario que toda esta gente se entenda bem e tenha vontade de fazer musica juntos, sem estragar as qualidades respectivas de cada um. E um verdadeiro puzzle, excitante e angustiante ao mesmo tempo, pois a cada erro é preciso repensar e fazer tudo de novo. Para um aparelho de preço médio vou tentar grupar os forneçedores para economisar dinheiro, ou seja, vou trabalhar com condensadores de uma so marca, de mesmo para as resistencias e outros componentes, afim de fazer menos encomendas mas superiores, e neste caso os preços de compra e de envio são inferiores. Mas neste caso visto que é um produto de topo de gama, vou poder utilisar o que quero e a cada sitio do circuito. Vou ter um pouco mais de 20 fornecedores para a integralidade do aparelho, contra seis ou sete para um aparelho normal. Estão a ver, um aparelho sério e audiofilo também sai mais caro em fabricação. Vou começar por montar e testar a carta do DAC que é um dac antigo da Philips sem filtro digital. Escolhi este DAC porque tém um som muito "analogico" e vai no sentido do espirito que quero dar ao som dos ficheiros. O DAC é metido na caixa de aluminio em cima do aparelho e està electromagneticamente independente das outras cartas, como se ele estivesse numa caixa à parte. O phono é a transistores Jfet discretos que fazem pensar ao som a valvulas, mas muito mais compactos em tamanho. E um phono sem realimentação negativa, com uma correcção RIAA passiva e com transformadores MC (feitos sobre medida) para poder ser utilisado com as células a bobines mòveis, ou seja, é como um circuito classico a vàlvulas mas com transistores no lugar destas ultimas. A alimentação destes dois modulos é separada, pois o phono serà alimentado pelo grande transformador principal (grupo analogico), e o DAC mais os microprocessadores (o grupo digital) sera alimentado por um transformador interno alemão a fraca indução, para não irradiar os outros circuitos. Uma vez montados estes circuitos vão ser testados electricamente e à escuta. Todos os dias vou escutar o DAC e o Phono através de outro amplificador para me imbiber das personalidades respectivas de um e do outro. Vou tentar afinà-los de tal maneira que a passagem de um ficheiro a um vinilo se faça sem ruptura do equilibrio espectral. O objectivo é que o cliente final encontre uma continuidade de estilo e de sonoridade, que seja no analogico ou no digital, o que é mais simple a dizer que a fazer !. Toda a logica de funcionamento vai ser definida, e no fim o aparelho vai funcionar desta maneira : O botão de esquerda é o volume e em carregando uma pressão pode-se modificar uma das quatro entradas (Linha, Phono, Coaxial, USB), o ecrã de controlo indicando em permanência o nivel em dB do volume e a entrada escolhida. O botão de direita tém três posições, pois a primeira acende o DAC e o Phono para aqueçer, a segunda posição acende o amplificador em modo ultralineario (uma técnica de trabalho das vàlvulas de potência) e o terceiro comuta as vàlvulas em funcionamento pentodo, com um ligeiro ganho de potência, e um som diferente. As duas janelas redondas à volta do ecrã são para o receptor do telecomando e o outro para uma led a três cores que indica o tipo de funcionamento escolhido do aparelho. Tudo isto pode ser telecomandado por um telecomando do tipo "carta de crédito", e mesmo apagar o ecrã. Apos este trabalho vou-me atacar ao amplificador e à logica de comando. No fim deste mês o aparelho é funcional, o que quer dizer que ele funciona electricamente...

Até+
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64294
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Seg 13 Fev - 11:27

Como esse aparelho ira soar não sabemos mas que esteticamente vai ficar um mimo la isso vai.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luis Filipe Goios
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10380
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 59
Localização : Lanhelas - Minho

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Seg 13 Fev - 12:40

Orquestra
... de " babar "... e de " babar " por mais...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Seg 13 Fev - 13:00

Definitivamente: temos Homem

Nós, no AAP, vamos ser os padrinhos e será que teremos o prazer de ver a criança?

Pela descrição, é possível integrar dois mundos com coerência e estilo.

O botão do lado direito parece uma chave para um Mundo encantado...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3487
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 56
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Qua 15 Fev - 22:35

Mais um belo poste a seguir!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64294
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Sex 18 Jan - 12:33

Amigo Paulo, será que já foi dado à luz este belo aparelho?

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3290
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 51
Localização : França

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 20 Jan - 11:31

António José da Silva escreveu:
Amigo Paulo, será que já foi dado à luz este belo aparelho?

Sim jà deu à luz, mas vou finalisar o topico desde que tiver um bom momento para escrever um pouco...

Até+
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15174
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: A gravidez de um aparelho ...   Dom 20 Jan - 12:11

TD124 escreveu:
António José da Silva escreveu:
Amigo Paulo, será que já foi dado à luz este belo aparelho?

Sim jà deu à luz, mas vou finalisar o topico desde que tiver um bom momento para escrever um pouco...

Até+
Cá ficamos à espera das fotos do petiz, para ver se sai ao pai....

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A gravidez de um aparelho ...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» uma gravidez pode mudar tudo!
» Alguem ai usa o VOCALIST II?
» Genz Benz
» Hartke LH500 - Caixa VX115
» QUE AUSCULTADORES COMPRAR...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: