Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 LOUDNESS WAR (VIDEO)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1484
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 48
Localização : Elvas

MensagemAssunto: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 10:57

Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Pinho
Membro AAP


Mensagens : 442
Data de inscrição : 27/05/2011
Idade : 63
Localização : S.Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 15:21

Um tema já muito conhecido mas o gráfico e explicação da evolução da compressão é bastante ilucidativo da dificuldade que hoje existe em se ouvir musica gravada nos tempos modernos.
Tambem em muitos casos me questiono se para ouvir determinado tipo de musica ou sons ...é preciso um registo de qualidade porque os sons já são na origem distorcidos ,comprimidos,saturados e irritantes....
Muitas das avaliações que se fazem de sistemas de audio ,são á partida condicionadas pelas gravações que não servem de referência para nada
Lembro-me de algumas gravações audiofilas que eram optimas para testar colunas pequenas,quando ouvidas numas colunas com boa resposta em graves verificava-se que afinal o grave estava enfatizado e era de má qualidade(gravação)
Acho que hoje se criou o hábito de se ouvir grave em tudo,dai que muitas vezes um bom sistema seja alvo de analises precipitadas
A musica é hoje ouvida em locais de grande ruido ambiente ,é tambem reflexo da sociedade em que vivemos .Agressiva ,exebicionista...
Quando era miudo e isso refletia a vivência de uma geração .Assistia a concertos de bandas nos coretos dos jardins publicos ,ouvia fado nas tascas ,ranchos folcloricos quando ia á terra do meu pai ou ás festas das colectividades .Sempre gostei de coros .Ainda participei em dois, o coral do Colégio NunAlvares Tomar e .O Orfeão do glorioso (SLB)
Ouvir os passarinhos a cantar á beira de um riacho, é romantismo de alguns doentes que ai encontram a musica nas suas origens mais puras
A melodia perdeu-se.

Pierre ,obrigado pelo video e desculpa a divagação... Smile

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.avosgts.blogspot.pt
Milton
Membro AAP
avatar

Mensagens : 15209
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 56
Localização : Scalabicastro, naquele Jardim á beira, mal plantado

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 15:36

Rui Pinho escreveu:
Bla,bla,bla,bla,bla,bla,bla,bla,bla,bla,bla,bla......Sempre gostei de coros .Ainda participei em dois, o coral do Colégio NunAlvares Tomar e .O Orfeão do glorioso (SLB)
Bla,bla,bla,bla,bla,bla,bla

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1484
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 48
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 15:37

Rui Pinho escreveu:
Tambem em muitos casos me questiono se para ouvir determinado tipo de musica ou sons ...é preciso um registo de qualidade porque os sons já são na origem distorcidos ,comprimidos,saturados e irritantes....
Muitas das avaliações que se fazem de sistemas de audio ,são á partida condicionadas pelas gravações que não servem de referência para nada


Faz todo o sentido o que dizes.
Em determinados géneros e estéticas musicais não se deve avaliar equipamento no sentido de sermos enganados por efeitos de pedais ou electrónica produzida.
Antigamente com os estúdios cheios de álcool e estupefacientes sairam grandes obras de produção e que ainda são hoje referências em som.
O pior é que muitas bandas ou artistas de hoje em dia dos mais variados géneros, desconhece da compressão final induzida no registo. Querem lá saber, desde que saia para o mercado!

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64352
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 15:53

Quanto mais oiço as gravações originais dos anos 60, menos me agradam as coisas que hoje são feitas.
Alguns discos são o exemplo de gravações altamente alteradas para tentar agradar. O álbum Duplo ao vivo de Norah Jones e o Raising Sand de Robert Plant e Alison Krauss é quase inaudível com os graves mais horrorosos que se pode imaginar. Não dá para entender qual a ideia de quem coloca um produto daqueles no mercado. Para os amantes da musica não é de certeza, pois é uma vergonha. A não ser que seja destinado ao mercado I-pod para ser ouvido com os headphones in-ear.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 16:54

Dado que este tema me toca particularmente, gostaria de deixar aqui algumas linhas.

Desde logo afirmar que, para mim, a »Loudness War« é uma não questão. É uma situação tão estúpida e que passa tão ao lado da música que, repito nmo, é uma não questão. Posso congratular-me por a esmagadora maioria da música gravada que consumo não sofrer desta doença da (dita) civilização áudio. De vez em quando lá tenho que gramar com frutos deste estupor, mas como diz o ditado, são algumas excepções. que confirmam a regra.

Outro aspecto que gostaria de apontar tem a ver com o facto de, cíclica e recorrentemente a indústria áudio/música usar e abusar das novas tecnologias, nem sempre com os melhores resultados. Neste caso foram as aplicações que »encostam« a música lá em cima, escamoteando a imprescindível dinâmica sem a qual música não respira. Noutros tempos (já gabados neste tópico) foi o uso excessivo dos compressores os quais criaram muito do som característico do rock. Escusado será dizer qual dois ficará, pela positiva, como um marco na referida história do áudio e da música.

Uma questão que a mim (quase) que me incomoda tem a ver com a definição do som absoluto (Alô Harry?). Não sendo um fervoroso adepto da teoria do Sr, Pearson quanto ao que é(são) o(s) som(ns) absoluto(s) reconheço que os instrumentos acústicos e a voz estarão muito bem colocados para o sprint final que levará á meta desta definição. Mas é uma questão cronológica. Os instrumentos têm evoluído. Deste os troncos das árvores, aos tambores, ao cravo, as ondas Martenot e por aí fora.

A música e a expressão musical podem, e devem, servir-se de todas as formas de produção de som que estiverem, na altura, disponíveis (a aceitação da obra quanto ao aspecto artístico e comercial, é outra loiça…).

É por isso que não concordo que se desvalorize o som de uma guitarra (ou outro instrumento qualquer) alterado por um qualquer efeito, seja ele distorção, chorus, delay ou o que se quiser.

Podemos ter uma boa gravação de uma guitarra distorcida e podemos ter uma gravação péssima dessa mesma guitarra. O mesmo para qualquer outro instrumento.

Como escreveu o Pierre, antigamente, produziram-se obras fantásticas. Dessas obras, muitas vezes o único instrumento verdadeiramente acústico incluído na gravação/produção era a própria sala do estúdio.

Sempre fui contra as generalizações. Por isso repito, boas e más gravações, sempre existiram. Talvez agora, o acesso a tecnologia de gravação esteja mais facilitado e, como tal, aparecer mais gente a gravar e a produzir, pessoal esse que, se calhar, não terá habilitações suficientes para tal (eufemismo para: não percebem a ponto de um corno). E depois a avidez da máquina comercial suga tudo…

Testar os nossos equipamentos? Cada qual terá os seus discos, as suas faixas, os seus sons, etc…
Acústico, electrónico? Desde que se esteja familiarizado com a obra e o som, nmmo, qualquer coisa serve. Apenas um pequeno detalhe; quando vim para Portugal apenas encontrei um adepto da minha filosofia da primeira aproximação ao som de um equipamento. Começar por peças com um só instrumento, um piano, uma voz e progredir até algo mais complexo. Foi na altura em que conheci o Rui Pinho no séc. passado…

Para aqueles que querem que eu tome partido, e eu sou daqueles que acho que todos devemos tomar partido seja em que situação for, acho que a »Loudness War« é a maior estupidez da história recente da indústria e arte que amamos.

Cumprimentos,
MJC
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64352
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 17:08

MJC escreveu:
...acho que a »Loudness War« é a maior estupidez da história recente da indústria e arte que amamos.


Isto resume e diz tudo. Agora coloco uma questão. Qual a razão de ser desta "guerra"? É para agradar a maioria dos mortais com equipamentos "normais" em desprimor da verdadeira obra de arte que se deveria de preservar?

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 17:15

Viva,
Rui Pinho escreveu:
...Sempre gostei de coros .Ainda participei em dois, o coral do Colégio NunAlvares Tomar e .O Orfeão do glorioso (SLB)...

Isto recordou-me um grande filme que fui logo pesquisar no YouTube:

Les Choristes
http://pt.wikipedia.org/wiki/Les_choristes

Eu também gosto muito de coros( menos o do clube do milhafre, pomba, gaivota ou lá o que é o bicho Smile)__((: ), aqui vai um mimo:



Abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1484
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 48
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 17:19

António José da Silva escreveu:
MJC escreveu:
...acho que a »Loudness War« é a maior estupidez da história recente da indústria e arte que amamos.


Isto resume e diz tudo. Agora coloco uma questão. Qual a razão de ser desta "guerra"? É para agradar a maioria dos mortais com equipamentos "normais" em desprimor da verdadeira obra de arte que se deveria de preservar?


A maioria dos consumidores de música, são os que a ouvem em portáteis, pc,s e carro. Para eles é que se destina o mercado e alteração do produto em beneficio de sua aceitação e venda, venda e mais venda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64352
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 17:23

Pierre escreveu:


A maioria dos consumidores de música, são os que a ouvem em portáteis, pc,s e carro. Para eles é que se destina o mercado e alteração do produto em beneficio de sua aceitação e venda, venda e mais venda.

Estamos sempre dependentes daquilo que nos "queiram" dar e de certas editoras que realmente se preocupam. Mas parece realmente uma estupidez visto que as gravações de qualidade soam bem em qualquer sistema.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 17:53

Pierre escreveu:


A maioria dos consumidores de música, são os que a ouvem em portáteis, pc,s e carro. Para eles é que se destina o mercado e alteração do produto em beneficio de sua aceitação e venda, venda e mais venda.

Exacto! Quanto mais alto, melhor!!!

Como é que era mesmo o título daquela música de Prince? »Sign o' the Times«? Embora a letra não tenha a ver com a questão do »Loudness War» acho que este (mau) fenómeno é uma moda, um sinal dos tempos o qual, assim o espero, irá desaparecer. Só não sei se o que aí vem será melhor ou pior...

A talho de foice, as produções do Prince Rogers Nelson (não sei como é que o gajo se chama, hoje) são sempre muito boas. E o gajo tem todas as tecnologias à disposição. Eventualmente ele, e quem trabalha com ele, sabe como usá-las.

http://shrvl.com/F915S

Cumprimentos,
MJC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1484
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 48
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 18:27

Como apetece-me dizer: o futuro é retro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Pinho
Membro AAP


Mensagens : 442
Data de inscrição : 27/05/2011
Idade : 63
Localização : S.Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 18:44

Ulrich escreveu:
Viva,
Rui Pinho escreveu:
...Sempre gostei de coros .Ainda participei em dois, o coral do Colégio NunAlvares Tomar e .O Orfeão do glorioso (SLB)...

Isto recordou-me um grande filme que fui logo pesquisar no YouTube:

Les Choristes
http://pt.wikipedia.org/wiki/Les_choristes

Eu também gosto muito de coros( menos o do clube do milhafre, pomba, gaivota ou lá o que é o bicho Smile)__((: ), aqui vai um mimo:



Abraços
Não conheço , obrigado Wink

Há distorções agradáveis outras insuportáveis .
A electronica é muito usada por compositores contemporanios que criam sonoridades que me agradam .Não perco as emissões da Ant2

O primeiro que ouvi era muito analogico Laughing

Sintetizador Moog Cool

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.avosgts.blogspot.pt
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 19:26

António José da Silva escreveu:
Quanto mais oiço as gravações originais dos anos 60, menos me agradam as coisas que hoje são feitas.
Alguns discos são o exemplo de gravações altamente alteradas para tentar agradar. O álbum Duplo ao vivo de Norah Jones e o Raising Sand de Robert Plant e Alison Krauss é quase inaudível com os graves mais horrorosos que se pode imaginar. Não dá para entender qual a ideia de quem coloca um produto daqueles no mercado. Para os amantes da musica não é de certeza, pois é uma vergonha. A não ser que seja destinado ao mercado I-pod para ser ouvido com os headphones in-ear.

É, eu digo isso há c'anos e aparecem os ''especialistas'' de nova geração, a apontarem o dedo conotando logo com ser conservador, oh meu deus, tanta falta de cortex.
Não precisa de serem gravações dos anos 60, até porque muitas gravações dos 60 e aqui para nós que ninguém los lê, tambêm não se podiam ouvir, enfim é como tudo,
também porque o stereo/hifi óbviamente nos principios dos anos 60 ainda gatinhava, visto que só apenas nos finais dos anos 50 é que foi definitivamente criado, julgo eu.

Oh, AJS aproveita a oportunidade para ouvir o que dizes ter lá na garagem...não são dos 60, mas...é um espectáculo

P.S.: O que é que se passa com esta página???
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3487
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 57
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 19:28

Einstein se ainda fosse vivo estaria desgostos com a evolução da tecnologia relativamente ao áudio, pois ele também era um amante da música e músico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mozarteano
Membro AAP
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 26/08/2010
Idade : 54
Localização : Usuário BANIDO

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 19:48

Falou-se aqui em Moog, sempre gostei, muito usado nos anos 70, tinha várias derivações, Mini Moog, e Mike Oldfield, e Emerson, Lake & Palmer entre outros usavam bastante, estes
últimos com uma grande particularidade, e bem ao meu jeito musical, gramo à brava esta banda, colossais, e utilizavam um orgão que em minha
opinião como melómano acho ser o instrumento com a sonorização mais melodiosa e cativante que a música rock conheceu falo naturalmente do
mundialmente conhecido Hammond C3, ainda hoje utilizado é uma verdadeira criação do homem que pôs ao dispôr da música, quem não conhece a sua
sonorização faça favor. Para mim seria o instrumento que me levaria ao céu saber tocar qualquer coisinha.

Quanto ao Loudness é engraçado para pôr os nossos neurónios em estado de sítio, guerra de formatos? hoje em dia faz-se guerra por tudo e por nada, lembram-se a guerra que houve com o os formatos lançados pela Toshiba e Sony no que diz respeito ao HD-Audio / HD-DVD Vs Blu Ray mais coisa menos coisa? Para quê, já se sabia que o BR levava o troféu, é puro desgaste, para mim é igual ao litro, não faço intensões de adquirir nenhum leitor BR nos anos mais próximos, estou muito bem com o meu DVD, quando surgir um outro formato mais sustentável e douradouro aí talvez...mas será que existem formatos douradouros, com a excepção do CD?

Loudness?, para quem gosta de barulho é o melhor que existe, e não duvido :GDM:


Última edição por Mozarteano em Sex Nov 11 2011, 20:20, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
MJC
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3625
Data de inscrição : 03/07/2010
Idade : 66
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 20:07

Stereo escreveu:
Einstein se ainda fosse vivo estaria desgostos com a evolução da tecnologia relativamente ao áudio, pois ele também era um amante da música e músico.

Caro Stereo,

Peço desculpa por discordar, mas não é a evolução que prejudica o áudio e a música. Tampouco as novas tecnologias. O que prejudica o áudio, a música e a vida em geral, são as más utilizações que se dão a esses progressos. Nesse aspecto, os conceitos desenvolvidos por Einstein são paradigmáticos.

Abraço,
MJ
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64352
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 20:33

MJC escreveu:


Peço desculpa por discordar, mas não é a evolução que prejudica o áudio e a música. Tampouco as novas tecnologias. O que prejudica o áudio, a música e a vida em geral, são as más utilizações que se dão a esses progressos. Nesse aspecto, os conceitos desenvolvidos por Einstein são paradigmáticos.

Abraço,
MJ


Isso é a mais pura da realidade.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sex Nov 11 2011, 22:14

Viva,
esta discussão é importante, eu já tinha pesquisado acerca deste tema.

O mais importante é ser divulgado, assim as pessoas podem escolher o som que querem adquirir já informadas.

Um dos argumentos mais importantes que ouvi para esta "Loudness War" é o facto de a música, regra geral para ouvir em dispositivos portáteis ( ainda por cima a maioria desta música adulterada é som de ouvir e deitar fora), ser modificada para criar mais impacto e destacar-se na própria playlist.

Não sei se me fiz entender

Cada label quer que a sua música se destaque no meio das outras ao ser ouvida com o mesmo volume.

Abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Pinho
Membro AAP


Mensagens : 442
Data de inscrição : 27/05/2011
Idade : 63
Localização : S.Domingos de Rana

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sab Nov 12 2011, 10:38

Ulrich escreveu:



Um dos argumentos mais importantes que ouvi para esta "Loudness War" é o facto de a música, regra geral para ouvir em dispositivos portáteis ( ainda por cima a maioria desta música adulterada é som de ouvir e deitar fora), ser modificada para criar mais impacto e destacar-se na própria playlist.

Não sei se me fiz entender



Abraços

Isso reflete uma mudança de hábitos.Hoje o ppl ouve musica no comboio,na rua e em sitio ondes antes não era possivel devido á tecnologia disponivel
No carro sempre se ouvio mas hoje o ambiente citadino é muito mais ruidoso .Eu no carro prefiro a outra musica ,a mais natural no meio .Dois weber 40 a respirarem Razz
.Ouve-se musica a martelo em tudo em que é sitio barulhento .O ppl tambem está habituado a ouvir concertos ao vivo a niveis ensurdecedores .
Uma vez fui ver um espectaculo onde se fazia a retroespectiva da musica americana ,tinha amplificação tão alta e distorcida que era insuportavel ! Fui impedido pela avó, de abandonar a sala e reclamar o meu dinheiro.
Tambem me aconteceu no CCB onde a orquestra metropolitana portuguesa ,dirigida pelo maestro Alvaro Cassuto ,usou amplificação para a solista de flauta !Resultado ouvia claramente três flautas .A solista mais duas colunas .Engraçado é que o som da flauta chegava-me em tempos destintos.Mais uma vez fui impedido de abandonar a sala

A crise da amplificação em altos berros é um fenomeno que afecta tudo,gravações ,espectáculos , som ao vivo...Até na musica clássica isso acontece embora com pouca frequência por agora...

O ouvido exposto a fortes niveis endurece perdendo a sua escala dinâmica.Tal como na electronica se usam os circuitos AGC,o ouvido reage endurecendo com um tempo de resposta lento ,dai que a recuperação da audição normal demore algum tempo
Por exemplo ,ouvir o Passaro de fogo no metro seria o mesmo perder quase tudo ou então nos crescendo o tipo ficava com os timpanos furados!
A titulo de curiosidade ,uma entrevista de um tecnico da ANT2 ,explicava que não usavam compressores dai que a musica não seria ouvida em boas condições em ambientes ruidosos.Os niveis mais baixos ficam mascarados pelo ruido
A resolução do problema do ruido é da surdez passa por dar GAZ!!!A mesma técnica dos aparelhos de surdez e tambem usada nos compressores para comunicações onde é preciso passar o nivel de ruido desde que seja compreensivel




Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.avosgts.blogspot.pt
Ulrich
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4947
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 39
Localização : Aveiro

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sab Nov 12 2011, 11:21

Viva,

gostei muito do seu testemunho, de facto ajuda a exemplificar os exageros que se vão cometento
, aindo por cima nem são postos em causa por quem produz os espetáculos.

Eu lembro-me, em miúdo, de ver os grupos a actuar nas festas com dois conjuntos Bose 801/302 de cada lado e aquilo já dava som para a aldeia toda.

Depois assistí ao evoluir, uma espécie de "novo-riquismo", de uma competição para ter mais Watts de som. Cheguei a ver um fulano com amplificação de palco para baixo da Ampeg, que dava para amplificar todo o grupo.

Neste sentido nunca se tentou educar o ouvinte a seleccionar o som, bem pelo contrário, e as pessoas nem se apercebem.

Abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stereo
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3487
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 57
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: LOUDNESS WAR (VIDEO)   Sab Nov 12 2011, 17:51

MJC escreveu:
Stereo escreveu:
Einstein se ainda fosse vivo estaria desgostos com a evolução da tecnologia relativamente ao áudio, pois ele também era um amante da música e músico.

Caro Stereo,

Peço desculpa por discordar, mas não é a evolução que prejudica o áudio e a música. Tampouco as novas tecnologias. O que prejudica o áudio, a música e a vida em geral, são as más utilizações que se dão a esses progressos. Nesse aspecto, os conceitos desenvolvidos por Einstein são paradigmáticos.

Abraço,
MJ

O problema está na questão da interpretação. É que a evolução tanto pode ser boa como má e aquilo que hoje verificamos é que é má. Não se trata da tecnologia, mas da sua aplicação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
LOUDNESS WAR (VIDEO)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» LOUDNESS WAR (VIDEO)
» D.O.M. - Pingo Doce (video)
» Liminha grande produtor musical. video 2
» Video: Como se fabrica cordas
» Video aula completo do Arismar do Espirito Santo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Eventos * Reportagens * Recortes de Imprensa-
Ir para: