Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Tribunal das escutas!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3814
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Tribunal das escutas!   Qua Nov 07 2018, 17:04

Uma das coisas que me pareçe mais importante num forum é a partilha das experiências de uns e outros ... isto independentemente do nivel de experiência de cada um. Muitas vezes o neofito, por natureza desembaraçado dos dogmas, possui uma leitura dos aparelhos muito interessante pois espôntanea (como as mulheres). Essas experiências podem ajudar os mais novos, também podem dar lugar a opiniões contràrias e merecer explicação dessa razão. Muitas vezes um aparelho do qual não gostà-mos, uma vez expostas as razões, pode-se tornar num aparelho ideal para outros, pois gostos são gostos. O sistema no qual o aparelho se insere vai determinar a experiência auditiva e muitas vezes a acoplagem determina uma boa ou mà opinião do resultado. Penso que é uma partilha na qual podemos aprender todos e convido-vos a partilhar delas, sém limite!...

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qua Nov 07 2018, 17:14

TD124 escreveu:
Uma das coisas que me pareçe mais importante num forum é a partilha das experiências de uns e outros ... isto independentemente do nivel de experiência de cada um. Muitas vezes o neofito, por natureza desembaraçado dos dogmas, possui uma leitura dos aparelhos muito interessante pois espôntanea (como as mulheres). Essas experiências podem ajudar os mais novos, também podem dar lugar a opiniões contràrias e merecer explicação dessa razão. Muitas vezes um aparelho do qual não gostà-mos, uma vez expostas as razões, pode-se tornar num aparelho ideal para outros, pois gostos são gostos. O sistema no qual o aparelho se insere vai determinar a experiência auditiva e muitas vezes a acoplagem determina uma boa ou mà opinião do resultado. Penso que é uma partilha na qual podemos aprender todos e convido-vos a partilhar delas, sém limite!...

Transcrevo para aqui, o que deveria de estar aqui :-)

Evan Oliveira escreveu:
TD124 escreveu:
Pmoura43 escreveu:
... eu tenho um MC275 e nem por isso é o meu aparelho de eleição e trás essas válvulas.

Por outro lado já tive outro aparelho com KT120 e não tocava nada mal. ...

Isto é sò valvulados no AAP!... voçês são alergicos aos transistores lol!

cheers


ehehehe... não é  meu caso, agora estou a usar o ADCOM GFA-555 com uma bateria de 8 transistors bipolares por canal...!!! Smile
Claro que é diferente da válvula... mas tem um som clássico que me agrada bastante... e muito power para dar.

Agora quanto a válvulas, sim, as minhas preferidas são as KT's, embora haja diferença, e muita, na qualidade das válvulas.
Já da coloração dos médios das EL-34 não sou muito apreciador...
Nos amps de guitarra então, nem pensar... só uso amps com 6L6...!!!  

Já agora, caro Moura, qual o seu amp de eleição?
Cumprimentos.

Caro Evan,

Eu sou tudo menos audiófilo, ou pelo menos não pretendo ser, apenas tento ouvir a música que gosto da melhor forma possível e com o realismo que me for possível, com isto quero dizer que dificilmente haverá aparelhos perfeitos (eu não conheço aqueles aparelhos de valores estratosféricos, podem ser perfeitos, esses, não sei), mas posso-lhe dizer por exemplo o seguinte:

Eu tenho à venda/troca no OLX um aparelho que é um ASR Emitter HD plus, com duas fontes de alimentação/Baterias, uma para a secção de prévio e outra para a secção de Power, ora este aparelho, era um aparelho que custava cerca de € 9.500,00, um exagero confesso.

No entanto, o critico da Stereophile, na sua análise ao desempenho deste aparelho (igual ao meu, ou parecido) dizia quase no final da sua dissertação que este era um dos três melhores integrados que tinha tido o privilégio de ouvir, ora quem sou eu para contestar tal afirmação, nem tenho seguramente os conhecimentos técnicos do cavalheiro nem a certamente a experiência  que ele tem, muito menos a possibilidade de ouvir ou testar aparelhos da forma que ele tem, sou um mero ouvinte...

No entanto, cá estou eu, a vender/trocar o tal aparelho que supostamente é um dos três melhores integrados.

A conclusão a que eu chego é que seguramente o defeito é meu, ou seja das duas uma, ou sou surdo ou sou parvo, inclino-me mais para a segunda hipótese, isto porque surdo não sou.

É um aparelho que faria as maravilhas num qualquer sistema suponho, e porque não no meu?

Também não sei dizer, talvez o casamento com aquilo que tenho, não posso dizer que é mau, porque não é, mas não vai de encontro aquilo que eu "gosto" ou da forma que eu quero "ouvir".

E como disse anteriormente, estou a ouvir musica com um aparelho mais barato, mas que gosto mais.

Portanto estas coisas dos aparelhos e verdades absolutas, são coisas que não existem neste mundo, ou se gosta ou não se gosta, o que não significa que para outra pessoa, não seja absolutamente fantástico e a sua referência.

E isto é tão verdade para os que defendem amplificação a válvulas ou a transistores, e qual o melhor, não tem nada menos nada mais que ver com o gosto de cada um e todos têm razão.

Para mim por exemplo dos aparelhos que conheço a Válvulas (e tenho um), confesso que só encontro qualidade nessa área a preços já algo proibitivos, mas lá está, eu posso estar completamente errado, mas é a minha verdade.

isto é mesmo muito complicado...


Última edição por Pmoura43 em Qua Nov 07 2018, 17:16, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qua Nov 07 2018, 17:15

José Miguel escreveu:
Pmoura43 escreveu:
José Miguel escreveu:
Pmoura43 escreveu:
José Miguel escreveu:


Será que esse é melhor que o Primare A30.1?



Amigo José Miguel,

Já alguma vez ouviste esse Primare?

Obrigado
Boa noite Paulo Moura!

Esse Primare em particular não, mas o I30 sim e é um amplificador que surpreendeu pela positiva - ouvimos em loja, o que não é a melhor coisa...

O Primare parece ser um amplificador muito informativo, capaz de conduzir bem as colunas, já disse algures que seria uma marca a considerar caso se pensasse uma troca por aqui...

Creio que a marca não deverá ter mudado muito, mas tendo em conta o preço (600 euros) e o facto de se poder comprar em loja... achei por bem partilhar para dar uma alternativa às válvulas.


Bom dia José Miguel,

Eu perguntei isso, porque tenho uma opinião completamente contrária, ou seja, já ouvi esse e o I30, e francamente não gostei nada.

Por € 600,00 está por exemplo no OLX um Marantz PM15S, que toca muito bem :-)


Bom tarde Paulo Moura!

Eu não quero raptar o tópico ao criador, ainda por cima o senhor quer válvulas... mas seria um desperdício deitar fora a conversa... Wink

Eu li atentamente o que o Paulo disse e revela ter experiências e referências bem mais interessantes do que eu, desde logo em ambiente doméstico, com outras peças que conhece bem - isso é muito importante.

Pela experiência que tivemos, digo-lhe que o Primare seria um amplificador a considerar até ao nível de preços que está na Imacustica (os tais 600 euros). Ouvido em loja e não em casa, ele parecia estar muito confortável a conduzir as colunas, muito pormenor no ar e... não sei se causaria fadiga, não chegamos ao tempo necessário, mas como gostamos do som detalhado... não sei! Não conheço esse Marantz, mas tem outro em serviço pelo qual já demonstrei interesse, o Plinius (outros valores, para lá do dobro) - marca com a qual nos cruzamos ao procurar referências do nosso, ambos são da Nova Zelândia. O Plinius 8100/8200 já esteve no nosso radar, mas lá se foi afastando à medida que este nosso nos ia servindo e à medida que o nosso orçamento ia encontrando outras prioridades.

Tem um Krell por aí, dessa casa apenas conhecemos os Power e das três vezes a coisa não se deu... o som mais "musculado", com as baixas frequências "ao ataque" não nos convenceu - devem funcionar muito bem para quem gosta do tipo de "som ao vivo" com grande impacto. Esse integrado não sei como se comportará, tem números que impressionam, mas não foram suficientes para o Paulo!


Tem um MC275... bem, esse já foi um daqueles amplificadores fetiche, lá no início da nossa jornada... muita história e estórias sobre ele, aqueles conjuntos com colunas grandalhonas da JBL... nunca ouvimos um, mas agora estamos algo tremidos com as válvulas, não encontramos um amplificador a válvulas baratinho para experimentarmos com calma em casa e acabamos a fazer o nosso caminho com os transístores - na altura em que vivemos em Gaia apareceu um "vizinho" a vender um Dynavox VR70 a bom preço, 300 euros, mas não se deu... Não estou a colocar no mesmo cesto o Dynavox e o Mcintosh no mesmo cesto, nem todos os amplificadores com válvulas, desde logo porque já fomos surpreendidos.


Como se pode ver, o caminho que cada um faz vai influenciar o Gosto, as referências são importantes para que no momento de escuta se percebem as Qualidades e defeitos... e perceber se a peça tem características para agradarem ao longo do tempo. Vale a pena tentar ouvir um "sistema de referência", principalmente quando se quer gastar umas boas centenas (ou poucos milhares) de euros.


Partilhe mais essas suas experiências, tem aí algumas que merecem umas palavritas!!! Wink

Olá José Miguel,

É sempre um prazer falar contigo, e eu tenho a ideia que o amigo Evan, não se importa nada, mais, até participa e isto é que dá vida ao Fórum, a derivação das conversas, começa numa coisa, expande-se para outra e cada um envia um "bitaite" lol!

Antes de mais, uma recomendação da minha parte e que presumo que faça com seja expulso deste grupo de amigos, fuja dos Dynavox, isso é mesmo muito mau, a não ser que sejam mexidos por quem sabe, caso contrário é horrível.

É a minha opinião.

Os Krell são complicados, curiosamente, este que tenho (tive outros da Krell, incluindo o FPB) é que mais falam mal dele, porque é construído na china e tal, portanto uma "m%&&da", acontece que a maioria dos aparelhos são feitos lá, muitas das vezes, nem sabem, porque provavelmente nem fornecem essa informação, mas com a globalização a maioria das Empresas deslocou a fabricação para essa parte do mundo para poupar dinheiro, e estes não fugiram à regra, mas sinceramente, é na minha opinião o que tem melhor som dos integrados que eles fizeram...ainda não ouvi este ultimo, o Vanguard, mas tenho um amigo aí do Porto que já me confessou que não é superior ao S300i, não sei, não ouvi.

Atenção que o Plinius 8100/8150, não é igual ao Plinius 8200, parecem iguais, mas não são, eu tive ambos o 8150 e o 8100 e não gostei, o 8200 gosto, creio que tem a ver com a secção de prévio que é diferente, além de ter 200w/canal, mas como digo, não tenho conhecimentos técnicos que suportem a minha afirmação.
Quem me comentou isso, porque eu perguntei o porquê da diferença no som, foi o técnico da Delaudio, ou seja, segundo ele, o 9200 é igual ao 8200 internamente, mas com uma roupagem diferente e com ligações XLR.

Mas existe muita "sugestão" sobre aparelhos "míticos", que não passa disso mesmo, é o que eu penso
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5512
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qua Nov 07 2018, 18:48

TD124 escreveu:
Uma das coisas que me pareçe mais importante num forum é a partilha das experiências de uns e outros ... isto independentemente do nivel de experiência de cada um. Muitas vezes o neofito, por natureza desembaraçado dos dogmas, possui uma leitura dos aparelhos muito interessante pois espôntanea (como as mulheres). Essas experiências podem ajudar os mais novos, também podem dar lugar a opiniões contràrias e merecer explicação dessa razão. Muitas vezes um aparelho do qual não gostà-mos, uma vez expostas as razões, pode-se tornar num aparelho ideal para outros, pois gostos são gostos. O sistema no qual o aparelho se insere vai determinar a experiência auditiva e muitas vezes a acoplagem determina uma boa ou mà opinião do resultado. Penso que é uma partilha na qual podemos aprender todos e convido-vos a partilhar delas, sém limite!...

Quero começar por felicitar o Paulo (TD124) pela escolha do título do tópico, gosto muito!! Wink

Para lançar gasolina para a fogueira, vou desde já começar a definir o que para mim é o "Tribunal das escutas":

Deixei duas frases a negrito na primeira intervenção do Paulo e por uma razão, elas apontam precisamente ao que considero ser o tal Tribunal. Não há melhor lugar por onde se começar, como nos posicionamos face ao desconhecido ou ao que vamos conhecer?  Como avaliamos uma experiência acabadinha de ter ou a que tivemos faz algum tempo? Como projectamos o que será o nosso ideal?

Pois bem, para todas estas questões há uma resposta, a saber, a nossa experiência (ou como se diz em estrangeiro, o nosso background). Não há volta a dar, o nosso muito estimado poeta, Fernando Pessoa, colocou muito bem isto em alguns versos:
"Da minha aldeia veio quanto da terra se pode ver no Universo...
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não, do tamanho da minha altura...
Nas cidades a vida é mais pequena
Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.

Na cidade as grandes casas fecham a vista à chave,
Escondem o horizonte, empurram o nosso olhar para longe de todo o céu,
Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
E tornam-nos pobres porque a nossa única riqueza é ver.
"

Leio muitas vezes pessoas escreverem que não participam mais porque não têm "experiência" e que não "saberiam o que dizer", ora isso é contraproducente e não conduz à abertura. Eu falo por mim, tenho uma experiência de tamanho ridículo, mas quem disse que o tamanho conta!?!?! dvil

Muitas vezes faço perguntas que parecem despropositadas, mas como poderia eu a partir de Viseu sacar informações a quem está no Sul de França, algures em Inglaterra, em Lisboa, em Freiria, em São Martinho do Porto, ...? Obviamente que o conhecimento partilhado por palavras não basta, mas ajuda muito. Em experiências de escuta, quantas vezes pensamos nas vossas palavras e nos colocamos criticamente face a elas e aos equipamentos? A um álbum? A um suporte?


Tudo muda, até a perspectiva estética... é muito engraçado pensar como mudamos face a um certo "gosto" que tínhamos e que regia em parte as nossas escolhas. Hoje temos muito mais foco na função, claro que sabemos dizer que para lá da função poderá existir um cuidado com o "pacote"...
(A Rosinha bem diz que leva no pacote e que no pacote tem outro sabor... https://www.youtube.com/watch?v=Cdl-8DJf6LQ )


É um começo, faz muito tempo que tenho na questão da Aprendizagem um "cavalo de batalha", seja por vício de experiência ou por mera crença, mas é onde vejo tudo começar e é onde eu gostaria de colocar parte da conversa para que muitos mais se sentissem confortáveis a partilhar.

Há muita gente a entrar no Fórum e a pedir conselhos sobre como começar com peças baratas, por vezes lá deixo um ou outro conselho e um dos que deixo é: tentar escutar algo bom, para que se tenham referências. Até para se escolher barato convém saber com o que se pode contar em termos de Reprodução de Música, nem que seja para medir (mais ou menos objectivamente) a Qualidade de uma peça de baixo custo.

Para a formação de um bom Tribunal tudo conta, até aquela dica sobre pormenores que devem aparecer numa dada faixa de um qualquer álbum, porque há equipamentos que os revelam e outros não... Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evan Oliveira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 78
Data de inscrição : 15/11/2017
Idade : 58
Localização : Anadia

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qua Nov 07 2018, 23:14

Ora então cá estamos no tribunal...!!!

Caro Moura, os Krell são fabricados na China segundo o método tradicional "a cópia", como os Chineses tanto gostam. São baseados em circuitos que ficaram célebres outrora, como é o caso do modelo I-037 que é uma cópia do célebre Linsley-Hood.

Os amplificadores desta marca têm uma construção muito cuidada, componentes de boa qualidade e um acabamento irrepreensível. Excelentes para o preço, diria.

Os modelos mais modernos, são desenhados e montados por máquinas computorizadas, ao estilo moderno Chinês. São muito bonitos, mas pessoalmente não gosto deles.

Têm tendência a ser muito recortados e duros no som. Nunca ouvi o S-300i, mas pelo aspecto do circuito,
deve ter esta característica, diga-me se estou errado.
É provável que quando puxado, o som tenha tendência a ficar ainda mais duro, "embrulhar" tipo... a ficar baço... será assim?

Cumprimentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 894
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 06:45

Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3814
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 06:53

mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5512
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 07:11

mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil
"In the beginning was the Word, and the Word was with..." everyone!

It's a new topic and I am always ready to put something else in the concrete - as i said, a significant number of people say things like this: I am not participating because i don't have the experience... well, life is experience, let share it.

Here, you already can read about experiences with Krell, Dynavox, Plinius, ASR, … and you can share your experience with us, for example, tell us about your evolution and what you try to find when you pursuit a new equipment. Wink


Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 894
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 07:50

José Miguel escreveu:

Here, you already can read about experiences with Krell, Dynavox, Plinius, ASR, … and you can share your experience with us, for example, tell us about your evolution and what you try to find when you pursuit a new equipment. Wink
Yes I've read the story of paulo Moura about ASR - and I'm not surprised at all.
My german forum buddy Werner had many incarnations of the Emitter I and II over the years, and it was always a emotional back and forth, heaven on one day and hell on the other. The amp has too many variables (op amp type, op amp voltage with battery psu, bandwidth, material and manufacturer of in- and outputs and so on.) He first had a stable result with the latest incarnation of the Emitter I, and only with the "small" model without battery psu and built by Mr. Schäfer to his own demands...

If anyone would ask me to recomment a "good" amp my reply would be that, (aside from very few portuguese and french manufactory amps) I don't know any good amplifier. There are some acceptable ones, but good???
Building an amp looks like the most easy task in audio. Low signal in - input selector - volume control - high signal out. And almost all amps have perfect specs with 0,00001 % distortion and so on. But sound? Meh.

To paraphrase José Miguel I would like to put some gasoline into the fire and say that it's difficult for many amps to exceed the sound of a simple SMSL SA-98E (or some other similar designs)! If using it with a robust source or preamp and a decent linear PSU or battery (forget the PSU that comes with the amp) this 140 € device sets a benchmark which must be exceeded first. It's a real high ender's nightmare, not only because it sets his heavy and shiny kilobuck amp in bad distress but also because his heavy cables will pull the tiny and light box off the table dvil

@TD124: about my can experiences I will write in the future  when I have a more complete idea of what's going on...
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5512
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 08:39

Pragmatism and Scepticism... Or Scepticism and Pragmatism...

Is not gasoline, but pure oxygen to the fire! Evil or Very Mad Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2744
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 09:34

Bom, Bom, Bom... M. Paulo, estás a meter lenha na fogueira. Após a minha curta ausência, por motivos de me ter ocorrido um problema grave no cabo da coluna, que descendo por esta vai até à zona média / grave, e daí, até aos suportes, dando consistência e sustentabilidade às frequências graves em movimento lol! O problema foi resolvido com uma operação meticulosa, utilizando a mais recente e alta tecnologia, para o efeito. Neste momento, se a coluna não voltar ao seu vigor de juventude (que é pouco provável), voltará certamente (espero) a uma revitalização mais madura e consistente do som, de forma a não ser condenada em nenhum Tribunal.


Continuando, o nosso companheiro de São Martinho do Porto, vem relembrar um equipamento que realmente marcou, pelo menos em Portugal, a verdadeira mudança de paradigma existente sobre os integrados e que o primeiro Krell KAV 300i não conseguiu (para mim) relativamente ao chavão de "uma lança em África".

O ASR Emitter que ouvi por duas ocasiões - a primeira ainda no então representante Audio Elite e a segunda na já actual joint-venture com a Ultimate Audio, deixou-me boas impressões, mas fiquei, em ambas com vontade de algo mais. Manias

Todavia, ao nível de integrados, já antes haviam integrados que marcavam a sua personalidade bem vincada, sem a real necessidade, muitas vezes, de equacionar um conjunto de amplificação separado. Relembro (e para meu gosto claro) os NAIM Nait 2, os YBA Intégré, o A100 da MF, o "Pionés" A 400, enfim.. muitos outros, que os "Tribunais das Escutas" mais exigentes e por vezes mais snobes, não lhes davam boa conta.

Felizmente que hoje, esses mesmos tribunais já evoluíram e há inúmeros integrados a baterem-se mano-a-mano com muito conjunto separado. Até porque o "Keep it simple and cool" está a ficar na moda, também em demasia.

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 10:10

TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with... DT880...


Esta foi uma das (muitas) sugestões que tenho que agradecer. Obrigado Paulo, continuam a dar imenso prazer.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3814
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 11:07

António José da Silva escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with... DT880...


Esta foi uma das (muitas) sugestões que tenho que agradecer. Obrigado Paulo, continuam a dar imenso prazer.

A mim também! ... mas o nosso amigo alemão tém feito muitas experiências e com Can's que custam quase oito vezes, e o DT880 continua a ser imbativel. Isto sim é digno de ser partilhado pois deveras raro!...

cheers


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 11:07

Evan Oliveira escreveu:
Ora então cá estamos no tribunal...!!!

Caro Moura, os Krell são fabricados na China segundo o método tradicional "a cópia", como os Chineses tanto gostam. São baseados em circuitos que ficaram célebres outrora, como é o caso do modelo I-037 que é uma cópia do célebre Linsley-Hood.

Os amplificadores desta marca têm uma construção muito cuidada, componentes de boa qualidade e um acabamento irrepreensível. Excelentes para o preço, diria.

Os modelos mais modernos, são desenhados e montados por máquinas computorizadas, ao estilo moderno Chinês. São muito bonitos, mas pessoalmente não gosto deles.

Têm tendência a ser muito recortados e duros no som. Nunca ouvi o S-300i, mas pelo aspecto do circuito,
deve ter esta característica, diga-me se estou errado.
É provável que quando puxado, o som tenha tendência a ficar ainda mais duro, "embrulhar" tipo... a ficar baço... será assim?

Cumprimentos.

Amigo Evan,

Tive o KAV300i (com e sem tuner) e o 400xi, e ambos "gritavam", este S-300i, não sendo como já disse a minha eleição no campo sonoro, é de longe o mais musical dos integrados que eu conheço da Krell, como disse anteriormente não ouvi ainda este ultimo que saiu.

Este aparelho tem um som aberto. muito recortado e a tal característica da Krell, força bruta, com o aumentar do volume (embora seja raro no meu caso) não perde essas características.

Apenas um dado curioso é que é o aparelho onde não consigo ouvir Vinil, por alguma razão, o meu pré de phono deve dar-se mal com o Krell e o som aí sim, é mais "baço", estranho, nunca percebi bem porquê...

De resto, como disse não é mau.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 11:36

Goansipife escreveu:
Bom, Bom, Bom... M. Paulo, estás a meter lenha na fogueira. Após a minha curta ausência, por motivos de me ter ocorrido um problema grave no cabo da coluna, que descendo por esta vai até à zona média / grave, e daí, até aos suportes, dando consistência e sustentabilidade às frequências graves em movimento lol! O problema foi resolvido com uma operação meticulosa, utilizando a mais recente e alta tecnologia, para o efeito. Neste momento, se a coluna não voltar ao seu vigor de juventude (que é pouco provável), voltará certamente (espero) a uma revitalização mais madura e consistente do som, de forma a não ser condenada em nenhum Tribunal.


Continuando, o nosso companheiro de São Martinho do Porto, vem relembrar um equipamento que realmente marcou, pelo menos em Portugal, a verdadeira mudança de paradigma existente sobre os integrados e que o primeiro Krell KAV 300i não conseguiu (para mim) relativamente ao chavão de "uma lança em África".

O ASR Emitter que ouvi por duas ocasiões - a primeira ainda no então representante Audio Elite e a segunda na já actual joint-venture com a Ultimate Audio, deixou-me boas impressões, mas fiquei, em ambas com vontade de algo mais. Manias

Todavia, ao nível de integrados, já antes haviam integrados que marcavam a sua personalidade bem vincada, sem a real necessidade, muitas vezes, de equacionar um conjunto de amplificação separado. Relembro (e para meu gosto claro) os NAIM Nait 2, os YBA Intégré, o A100 da MF, o "Pionés" A 400, enfim.. muitos outros, que os "Tribunais das Escutas" mais exigentes e por vezes mais snobes, não lhes davam boa conta.

Felizmente que hoje, esses mesmos tribunais já evoluíram e há inúmeros integrados a baterem-se mano-a-mano com muito conjunto separado. Até porque o "Keep it simple and cool" está a ficar na moda, também em demasia.

cheers

Amigo Gonçalo,

Seja bem aparecido e desejo-lhe as melhoras e que corra tudo bem na recuperação.

Ontem por acaso, acabei de saber algo, que já tinha ouvido falar mas que por burrice minha, nunca tinha tentado por achar que não seria possível, mas que afinal é, e que segundo o Fórum da ASR e o cavalheiro que ontem me deu esta "dica" melhora imenso o som, que é nada mais nada menos, que ligar o Emiiter sem a Bateria Akku.

Segundo eles, sem a Akku (Bateria) apenas com a fonte de alimentação, o som torna-se mais rápido, melhora a banda média e o grave mais incisivo e deixa de ter aquele "mel" quase válvulado.

Bom, vou experimentar este fim-de-semana e pode ser que deixe de ter guia de marcha e ganhe nova vida cá em casa.

Outra coisa, de que falam lá nesse fórum e que a própria ASR em troca de emails que tive com eles, foi a sugestão da troca dos Op amps, conforme o nosso amigo mannitheear menciona, na na troca mas fala sobre os Op amps.

No entanto, segundo o fórum alemão dos fãs desta marca, eles aconselham outros op amps mais baratos e segundo eles melhores (entenda-se com melhor som do que os que a ASR sugere), estamos a falar de uma coisa que custa cerca de € 50,00 já com portes incluidos.

O problema é que "nabo" como eu sou em Electrónica, não sei quais devo mandar vir por causa da "impedância" ou lá o que é, e tenho medo de provocar uma desgraça, e o aparelho não é ou não foi própriamente barato.

Porque mudar, já tive a ver é fácil, aquilo tem umas "perninhas" é "tirável" e "povél"

Sobre os outros integrados que menciona:

Pois, eu fui "Naimo-dependente" nos anos 90, por causa do Rui Carrasco da Atitude, e tive os Nac's Naps, CD's, colunas etc, depois acabei por me cansar, mas atenção a Naim tinha a sua piada e não tocava nada mal na época.

Mais recentemente tive o 5i e o XS com fonte de alimentação externa, a deles e a dos Israelitas (essa ainda a tenho cá por casa), mas honestamente nada de especial na minha opinião.

O Nait2 para mim foi uma decepção por comparação com o Nait1, acho o Nait2 mais virado para o Audiófilo e não tanto o som à "Naim"...enfim...

este YBA Intégré, foi talvez dos aparelhos que mais saudades me deixaram, excelente!

A minha relação com a MF nunca foi boa, não consigo gostar de nenhum, muito "brilhantes", sei lá, aquilo comigo não funciona bem.


Última edição por Pmoura43 em Qui Nov 08 2018, 17:45, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3814
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 12:03

Muitas escutas na minha vida me marcaram ... ném sempre pelas boas razões, mas somos todos humanos. Como muitos começei o meu caminho no audio a partir de sensações imediatas, fulgurantes e às vezes estéticas. Se um aparelho tinha uma sonoridade (obrigatoriamente açentuada...) e que me agradava, a boa tecnolologia pela qual estava apaixonado (as vàlvulas) ... e uma estética à "minha" maneira (minimalista ...), então havia namoro garantido. Muitos aparelhos e sistemas me tocaram, ainda hoje é verdade, mas a minha experiência mais perturbadora foi o encontro com o amplificador hibrido JH30 nos anos 90. Foi a aprendizagem da neutralidade como qualidade fundamental, e uma reviravolta na minha maneira de pensar e de escutar, até hoje!...

Este modesto aparelho pelo tamanho e potência, mas muito caro, foi escutado com colunas Apertura Tanagra e um leitor de Cd's YBA em dois chassis, jà não me lembro da referência ... um sistema 100% francês então! Desde as primeiras notas o que me surpreendeu (e negativamente...) foi a ausência "sonora" de vàlvulas, pois a assinatura tecnologica era indetéctavel e podia tão bem ser um transistor que um valvulado ... ou outra coisa diferente. No entanto, apòs duas ou três faixas a minha impressão começou a mudar e o primeiro sentimento negativo tornou-se em prazer complétamente jubilatorio...

Pela primeira vez ouvia um aparelho feito para reproduzir musica e não para agradar (seduzir???) o ouvinte! O choque foi grande e como jà disse modificou-me até hoje. Hoje quando o escuto, faço vàrias criticas e o aparelho està em muitos outros critérios ultrapassado ... mas subsiste um respeito devido e merecido. Conto isto pois cada um de nòs é o fruto das experiências vividas e que a ruptura faz parte da vida. Muitas vezes não compreendemos o outro pois seguimos um outro caminho ou aprendemos coisas que o outro não e vice-versa. as partilhar é começar a marchar mais perto e talvez um dia lado a lado...

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5280
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 12:28

TD124 escreveu:
Uma das coisas que me pareçe mais importante num forum é a partilha das experiências de uns e outros ... isto independentemente do nivel de experiência de cada um. Muitas vezes o neofito, por natureza desembaraçado dos dogmas, possui uma leitura dos aparelhos muito interessante pois espôntanea (como as mulheres). Essas experiências podem ajudar os mais novos, também podem dar lugar a opiniões contràrias e merecer explicação dessa razão. Muitas vezes um aparelho do qual não gostà-mos, uma vez expostas as razões, pode-se tornar num aparelho ideal para outros, pois gostos são gostos. O sistema no qual o aparelho se insere vai determinar a experiência auditiva e muitas vezes a acoplagem determina uma boa ou mà opinião do resultado. Penso que é uma partilha na qual podemos aprender todos e convido-vos a partilhar delas, sém limite!...

O problema da partilha de experiências auditivas está no facto de estas serem conduzidas pelo gosto. E como todos temos o nosso isso torna a comunicação complicada e a utilidade da informação bastante reduzida.

Outro aspecto que me parece importante é que a maior parte dos audiófilos descreve os equipamentos por aquilo que fazem bem negligenciando na maior parte das vezes os defeitos que afinal é o mais importante.

E é aqui, na identificação dos defeitos e posterior determinação de possíveis causas, que está não só a maior dificuldade do nosso passatempo como também a via que nos irá levar a um melhor som.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 12:39

ricardo onga-ku escreveu:
TD124 escreveu:
Uma das coisas que me pareçe mais importante num forum é a partilha das experiências de uns e outros ... isto independentemente do nivel de experiência de cada um. Muitas vezes o neofito, por natureza desembaraçado dos dogmas, possui uma leitura dos aparelhos muito interessante pois espôntanea (como as mulheres). Essas experiências podem ajudar os mais novos, também podem dar lugar a opiniões contràrias e merecer explicação dessa razão. Muitas vezes um aparelho do qual não gostà-mos, uma vez expostas as razões, pode-se tornar num aparelho ideal para outros, pois gostos são gostos. O sistema no qual o aparelho se insere vai determinar a experiência auditiva e muitas vezes a acoplagem determina uma boa ou mà opinião do resultado. Penso que é uma partilha na qual podemos aprender todos e convido-vos a partilhar delas, sém limite!...

O problema da partilha de experiências auditivas está no facto de estas serem conduzidas pelo gosto. E como todos temos o nosso isso torna a comunicação complicada e a utilidade da informação bastante reduzida.

Outro aspecto que me parece importante é que a maior parte dos audiófilos descreve os equipamentos por aquilo que fazem bem negligenciando na maior parte das vezes os defeitos que afinal é o mais importante.

E é aqui, na identificação dos defeitos e posterior determinação de possíveis causas, que está não só a maior dificuldade do nosso passatempo como também a via que nos irá levar a um melhor som.

Bom dia Ricardo,

Eu por acaso falo dos defeitos dos meus aparelhos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mr Bojangles
Membro AAP
avatar

Mensagens : 741
Data de inscrição : 17/02/2013
Idade : 41
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 12:49

TD124 escreveu:
António José da Silva escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with... DT880...


Esta foi uma das (muitas) sugestões que tenho que agradecer. Obrigado Paulo, continuam a dar imenso prazer.

A mim também! ... mas o nosso amigo alemão tém feito muitas experiências e com Can's que custam quase oito vezes, e o DT880 continua a ser imbativel. Isto sim é digno de ser partilhado pois deveras raro!...

cheers


Já agora, qual dos modelos é aconselhável, o DT880 (250Ω) ou o DT880 Pro (600Ω)?
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3814
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 16:13

ricardo onga-ku escreveu:
... O problema da partilha de experiências auditivas está no facto de estas serem conduzidas pelo gosto. E como todos temos o nosso isso torna a comunicação complicada e a utilidade da informação bastante reduzida. ...

A ausência de gosto e o mau gosto são vizinhos!... Penso, para não dizer que tenho a certeza, que antes de seres o objectivista que pretendes ser, foste uma pessoa que escolhia o seu sistema pelo gosto. Creio mesmo que tiveste um 47Lab Shigaraki!... se isto não é uma escolha subjectivista (mesmo se é de bom gosto) então não sei o que é. Talvez tenha sido o encontro com um determinado produto que te levou a enveredar pelo caminho no qual està hoje. Partilhar disso, mesmo se não é perfeito, é sempre melhor do que não dizer nada, pareçe-me!!!...

Num tribunal diz-se o bom e o mau ... não hà dogma ném politicamente correcto em relação a isso!!!

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5280
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 17:49

TD124 escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
... O problema da partilha de experiências auditivas está no facto de estas serem conduzidas pelo gosto. E como todos temos o nosso isso torna a comunicação complicada e a utilidade da informação bastante reduzida. ...

A ausência de gosto e o mau gosto são vizinhos!... Penso, para não dizer que tenho a certeza, que antes de seres o objectivista que pretendes ser, foste uma pessoa que escolhia o seu sistema pelo gosto. Creio mesmo que tiveste um 47Lab Shigaraki!... se isto não é uma escolha subjectivista (mesmo se é de bom gosto) então não sei o que é. Talvez tenha sido o encontro com um determinado produto que te levou a enveredar pelo caminho no qual està hoje. Partilhar disso, mesmo se não é perfeito, é sempre melhor do que não dizer nada, pareçe-me!!!...

Num tribunal diz-se o bom e o mau ... não hà dogma ném politicamente correcto em relação a isso!!!

Se alguem descrever o que escuta como um cientista descreve um fenómeno que observa, aí sim a partilha faz sentido.
Mas quando o padrão não é a neutralidade acho impossível que exista realmente uma partilha...

A descrição da escuta é uma comparação. Isso implica padrões que neste caso não existem.

Não digo que estas conversas sejam inúteis mas a sua eficácia é limitada.


Depois de alguns anos sem ligar muito ao sistema acabei por substituir aquilo que tinha por algo completamente fora de órbita. E fi-lo influenciado pelas revistas e pelos fórums. Sabendo aquilo que sei hoje nunca teria trilhado esse caminho das monovias e NOS DACs.

Eu procuro partilhar os meus erros, tentando tanto quanto possível substanciar as minhas opiniões com fundamentos técnicos porque os audiófilos apaixonam-se por conceitos e é difícil convencê-los que estão errados "porque lhes soa bem". Não é um papel fácil e normalmente os conselhos, a ajuda, não são bem recebidos. Preferem que se diga bem, mesmo se isso não fizer sentido. E poucos são os que gostam de medições ou de explicações "demasiado" técnicas.
A mim também "me soava bem" até eu descobrir que afinal "me soava mal e eu não sabia".
Fiquei a saber porque criticaram as minhas escolhas e os meus equipamentos, porque me ensinaram a escutar e me deram a escutar equipamentos com um despenho ou fidelidade muito superior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5512
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 17:53

TD124 escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
... O problema da partilha de experiências auditivas está no facto de estas serem conduzidas pelo gosto. E como todos temos o nosso isso torna a comunicação complicada e a utilidade da informação bastante reduzida. ...

A ausência de gosto e o mau gosto são vizinhos!... Penso, para não dizer que tenho a certeza, que antes de seres o objectivista que pretendes ser, foste uma pessoa que escolhia o seu sistema pelo gosto. Creio mesmo que tiveste um 47Lab Shigaraki!... se isto não é uma escolha subjectivista (mesmo se é de bom gosto) então não sei o que é. Talvez tenha sido o encontro com um determinado produto que te levou a enveredar pelo caminho no qual està hoje. Partilhar disso, mesmo se não é perfeito, é sempre melhor do que não dizer nada, pareçe-me!!!...

Num tribunal diz-se o bom e o mau ... não hà dogma ném politicamente correcto em relação a isso!!!
Acabo de "chamar" o Gonçalo a participar aqui por via de uma questão que toca esta. No tópico My Top 5 ele refere a fadiga que alguns sentiram com o sistema de topo da TAD... Ora, levantei eu a questão: it's perfection perfect enough!?

É aqui que entra esse tal condimento chamado Gosto e que se vai educando. Por exemplo, nós (eu e a Luciana) mudamos bastante a nossa posição depois de escutarmos calmamente um sistema muito bom. Aquela experiência tocou-nos de tal forma que sentimos a necessidade de procurar equipamentos mais capazes, ou transparentes, ou que se aproximassem mais do som que...
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5280
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 18:23

José Miguel escreveu:
TD124 escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
... O problema da partilha de experiências auditivas está no facto de estas serem conduzidas pelo gosto. E como todos temos o nosso isso torna a comunicação complicada e a utilidade da informação bastante reduzida. ...

A ausência de gosto e o mau gosto são vizinhos!... Penso, para não dizer que tenho a certeza, que antes de seres o objectivista que pretendes ser, foste uma pessoa que escolhia o seu sistema pelo gosto. Creio mesmo que tiveste um 47Lab Shigaraki!... se isto não é uma escolha subjectivista (mesmo se é de bom gosto) então não sei o que é. Talvez tenha sido o encontro com um determinado produto que te levou a enveredar pelo caminho no qual està hoje. Partilhar disso, mesmo se não é perfeito, é sempre melhor do que não dizer nada, pareçe-me!!!...

Num tribunal diz-se o bom e o mau ... não hà dogma ném politicamente correcto em relação a isso!!!
Acabo de "chamar" o Gonçalo a participar aqui por via de uma questão que toca esta. No tópico My Top 5 ele refere a fadiga que alguns sentiram com o sistema de topo da TAD... Ora, levantei eu a questão: it's perfection perfect enough!?

É aqui que entra esse tal condimento chamado Gosto e que se vai educando. Por exemplo, nós (eu e a Luciana) mudamos bastante a nossa posição depois de escutarmos calmamente um sistema muito bom. Aquela experiência tocou-nos de tal forma que sentimos a necessidade de procurar equipamentos mais capazes, ou transparentes, ou que se aproximassem mais do som que...

Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5512
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 18:43

Apesar de pegar de forma leve, esse filme trata assuntos filosofica/social/psicologicamente (escolha-se a disciplina a gosto) muito pertinentes. A Percepção que temos das coisas não está desligada da forma como conhecemos... Ora, é aqui que a "porca torce o rabo", é que nós conhecemos assim: as coisas são o que nelas colocamos...

Ver o copo meio cheio ou ver o copo meio vazio não significa necessariamente defeito (problemas no acto de conhecer), na maioria das vezes significa apenas feitio (via educação).

Quando o Ricardo diz que as pessoas experimentas as coisas e colocam lá o "Gosto", tem toda a razão para o dizer, até porque não há outra forma de o fazer.

Quando o Paulo (ou eu) apela à partilha da experiência, ele tem toda a razão para o fazer, porque nessa partilha pode muito bem estar a "pílula vermelha" para alguém, até para quem partilha...

Para não ser acusado de estar para aqui a estragar o tópico com conversa fiada... Vou ouvir um disquito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5280
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 18:51

Eu estive a ouvir este:

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3814
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 53
Localização : França

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 20:04

ricardo onga-ku escreveu:
... E poucos são os que gostam de medições ou de explicações "demasiado" técnicas.
A mim também "me soava bem" até eu descobrir que afinal "me soava mal e eu não sabia". ...

O Georges Cabasse dizia: As medidas são uteis para os que não sabem escutar!...  Wink

Não vou tão longe quanto ele, então digo que as medidas são um mal necessario! Tu és, ou tornaste-te um "geek" da hifi, é normal então que a tua "visão da reprodução" se faça com os olhos postos num grafico. Mas, se eu te tirar o grafico seràs tu capaz de ouvir, analisar e compreender o problema às cegas?...

Se és capaz, então és capaz de explicar aos outros como fazes, e assim ajudà-los a avançar ... sém graficos affraid

ricardo onga-ku escreveu:
... Fiquei a saber porque criticaram as minhas escolhas e os meus equipamentos, porque me ensinaram a escutar e me deram a escutar equipamentos com um despenho ou fidelidade muito superior.

Partilha então sobre esses professores e sobretudo desse material de Alta-Fidelidade ... é o topico certo !!! cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5280
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 21:10

TD124 escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
... E poucos são os que gostam de medições ou de explicações "demasiado" técnicas.
A mim também "me soava bem" até eu descobrir que afinal "me soava mal e eu não sabia". ...

O Georges Cabasse dizia: As medidas são uteis para os que não sabem escutar!...  Wink

Não vou tão longe quanto ele, então digo que as medidas são um mal necessario! Tu és, ou tornaste-te um "geek" da hifi, é normal então que a tua "visão da reprodução" se faça com os olhos postos num grafico. Mas, se eu te tirar o grafico seràs tu capaz de ouvir, analisar e compreender o problema às cegas?...

Se és capaz, então és capaz de explicar aos outros como fazes, e assim ajudà-los a avançar ... sém graficos affraid

Aceito o rótulo de "geek" da hifi mas não vejo razão para assumires que eu não escuto, ou que não sei escutar.

As medições permitem-me duas coisas: separar o trigo do joio (por que razão hei-de perder tempo com equipamento cujo desempenho está abaixo dos níveis exigidos?) e identificar potenciais causas de problemas que observei na escuta.
E nos fórums uso-as para ilustrar ou substanciar um ponto de vista.

A escuta só por si é insuficiente, escuta e medições complementam-se.
Sempre achei que havia algo de errado no som das MA Studio ou das Acoustic Energy AE, e só muitos anos mais tarde percebi que a causa estava na ressonância que resulta do breakup do cone; hoje utilizo as waterfalls para me ajudar a eliminar colunas que produzam um efeito/coloração/distorção semelhante.
Com o tempo tenho notado uma maior correlação entre aquilo que escuto e as medições, especialmente no que se refere ao equilíbrio tonal.
O meu ponto fraco é o insuficiente conhecimento de electrónica. Compreendo alguns princípios e pouco mais. Na acústica estou um pouco mais confortável e é-me mais fácil antecipar o potencial de desempenho de uma determinada topologia.

No tópico do Top 5 referi que não tocava no darTZeel nem no D'Agostino. O D'Agostino até escutei uma vez a alimentar acho que umas Magico, o darTZeel penso que nunca escutei (acho que me lembraria de ter visto ao vivo um equipamento tão feio). Não tenho interesse em escutá-los porque as medições deixam antever um desempenho (som?) que não me atrai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2744
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 21:53

José Miguel escreveu:
(...)

Num tribunal diz-se o bom e o mau ... não hà dogma ném politicamente correcto em relação a isso!!!
Acabo de "chamar" o Gonçalo a participar aqui por via de uma questão que toca esta. No tópico My Top 5 ele refere a fadiga que alguns sentiram com o sistema de topo da TAD... Ora, levantei eu a questão: it's perfection perfect enough!?

[/quote]

José Miguel,

Na realidade, eu até compreendo a afirmação / acusação do Ricardo Onga-ku, quando diz: "E no entanto eles mudaram de sistema... Absurdo.", por causa de se cansarem com a sua própria "casmurrice".

Quero dizer com isto o seguinte:

- Esta "trupe" de audiófilos (que têm todo o direito de existir), não se preocupam com a escuta, como fala o Paulo, mas mais com a audição dentro de cânones muito rigorosos daquilo que acabou por ser demasiado reconhecido neste mundo dito audiófilo;

- As salas tratadas, por vezes demasiado tratadas, havendo até muito boa gente que, tendo possibilidade, constrói salas dedicadas à audição do seu sistema, com todos os lugares marcados - onde ficam posicionadas as colunas, onde fica posicionado o ponto ideal de escuta, onde fica o candeeiro que ilumina o sistema, onde deve ficar este, etc.;

- Para mim este tipo de pessoas têm uma certa dose de "egoísmo auditivo". Confesso que tenho muitas dúvidas se têm prazer. Quando adquirem este tipo de equipamentos como esta gama de referência da TAD / Pioneer caiem em situações que vão muito para além daquilo que o próprio construtor do equipamento pretende;

- Havendo múltiplas razões para determinadas decisões - adquirir e desfazer-se - nunca fico muito admirado se, passado algum tempo, sei que já não possuem este ou aquele equipamento e já trocaram por um outro qualquer.

Depois há um outro tipo de audiófilos / melómanos (entre muitos outros tipos) que não tendo as condições financeiras tão facilitadas, se recolham e recorram às medidas. Então também aqui percebo a questão do Ricardo em fazê-lo. É realmente uma forma (como muitas outras) de separar o trigo do joio, seguindo as palavras dele.

Mas também eu, há muito, aprendi a escutar mais do que ouvir, no sentido de fazer uma "audição". E, a maioria daquilo que gosto até não é extraordinariamente caro. Até porque gosto sempre de ter uma ponderação de "abordagem terrena" que não entre pelo escândalo social.

Não nego que a amplificação que mais gostei de ouvir entra nesta zona do escandaloso, mas, por sua vez, as colunas que mais gostei e gosto, estão a milhas de distância dessa zona, por isso tenho-as.

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5512
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 22:41

Todo o "Tribunal" precisa de uma pausa para poder julgar melhor... Por isso:

A entrada é gratuita, a Região do Dão tem-nos surpreendido bastante e por isso deixamos a dica! Wink


Posto isto... Eu costumo brincar dizendo: o meu pragmatismo termina quando esbarra na crença profunda do Homem ser Animal.

Como está na pergunta que aparece na citação, a perfeição nunca será suficiente e quantas vezes os "defeitos" são as "virtudes"!?

Em tese, uma pessoa deveria ficar satisfeita com um sistema de enorme qualidade, mas depois visita uma outra sala e ouve algo "defeituosamente incrível"... O Paulo (TD124) já partilhou uma boa história sobre uma noite de copos e fumo, com um sistema que marcou até que... Depois uns resistem e travam, outros nem por isso e seguem com trocas e mais trocas.

Acredito também que o "caminho" pode mesmo ser mais interessante do que a "meta", porque lá está, a vida é movimento.

Somos um Animal complexo, sozinhos um desastre, mas em Sociedade apenas uma confusão! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4144
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 23:38

Adoro este tópico, mas não gosto do titulo, nos tribunais condena-se. E condenar é algo que não me agrada especialmente quando defendo um arguido.

Tribunal da escutas faz-me lembrar um processo apenas com recurso a uma prova obtida através de meios electrónicos, pouco humanos e ao mesmo tempo quase que cobarde, porque muitas vezes as escutas retiradas do contexto tornam-se quase que fatais para a realização da justiça.

Acho que TRIBUNA DAS ESCUTAS em vez de tribunal ficaria bem melhor.

Tribuna remete-nos para "Montra", espaço onde falamos e discutimos sem julgar.

É uma opinião...
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5512
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 23:47

Num Tribunal tanto se condena, como se absolve... Até prova em contrário somos todos inocentes e quem ataca este princípio é... Condenado em Tribunal! Wink

Por outro lado, Tribunal está muito ligado ao uso da Razão, como equilíbrio, como princípio de Justiça.


Eu gostei do título e disse em cima, mas li-o assim caro Alexandre. Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 23:48

Temos que arranjar um painel de jurados...



_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4144
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 23:48

José Miguel escreveu:
Num Tribunal tanto se condena, como se absolve... Até prova em contrário somos todos inocentes e quem ataca este princípio é... Condenado em Tribunal! Wink

Por outro lado, Tribunal está muito ligado ao uso da Razão, como equilíbrio, como princípio de Justiça.


Eu gostei do título e disse em cima, mas li-o assim caro Alexandre. Smile

Os tribunais traumatizam, o diálogo liberta. lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4144
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 23:50

António José da Silva escreveu:
Temos que arranjar um painel de jurados...




Só se o crime tiver uma moldura penal em abstracto superior a oito anos e for requerido.

Mas com o CMTV no ar, não existe arguido que resista...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Qui Nov 08 2018, 23:53

Alexandre Vieira escreveu:
António José da Silva escreveu:
Temos que arranjar um painel de jurados...




Só se o crime tiver uma moldura penal em abstracto superior a oito anos e for requerido.

Mas com o CMTV no ar, não existe arguido que resista...


Já estou a imaginar o amigo ricardo onga-ku nos jurados (ele escolheria o lugar mais centrado possível) com o microfone de medição ligado a um laptop.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evan Oliveira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 78
Data de inscrição : 15/11/2017
Idade : 58
Localização : Anadia

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 10:25

TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers


Pensava que este forum era mais para... Portugueses...!!!!

Obrigado e cumprimentos para todos... em Português...!!! Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evan Oliveira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 78
Data de inscrição : 15/11/2017
Idade : 58
Localização : Anadia

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 11:06

Pmoura43 escreveu:


Apenas um dado curioso é que é o aparelho onde não consigo ouvir Vinil, por alguma razão, o meu pré de phono deve dar-se mal com o Krell e o som aí sim, é mais "baço", estranho, nunca percebi bem porquê...

De resto, como disse não é mau.


Claro que não, antes pelo contrário... decerto exagerei, fruto da minha aversão aos fet´s...!!

Agora essa coisa do Phono, acontece frequentemente... é o chamado "mau casamento".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 11:35

Evan Oliveira escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers


Pensava que este forum era mais para... Portugueses...!!!!

Obrigado e cumprimentos para todos... em Português...!!! Twisted Evil

O Amigo Manfred é quase Português lol!

Já nos faz companhia há muito tempo e ainda bem, é sempre bem-vindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 11:36

Evan Oliveira escreveu:
Pmoura43 escreveu:


Apenas um dado curioso é que é o aparelho onde não consigo ouvir Vinil, por alguma razão, o meu pré de phono deve dar-se mal com o Krell e o som aí sim, é mais "baço", estranho, nunca percebi bem porquê...

De resto, como disse não é mau.


Claro que não, antes pelo contrário... decerto exagerei, fruto da minha aversão aos fet´s...!!

Agora essa coisa do Phono, acontece frequentemente... é o chamado "mau casamento".

Seguramente que tens razão
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2744
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 11:38

Pmoura43 escreveu:
Evan Oliveira escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers


Pensava que este forum era mais para... Portugueses...!!!!

Obrigado e cumprimentos para todos... em Português...!!! Twisted Evil

O Amigo Manfred é quase Português lol!

Já nos faz companhia há muito tempo e ainda bem, é sempre bem-vindo

E presumo que ele é Alemão. Só escreve em inglês, porque em alemão... Para mim em alemão era muito mais fácil.......................................... não responder, porque nem sempre tenho batatas quentes à mão
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pmoura43
Membro AAP
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 51
Localização : São Martinho do Porto

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 11:48

Goansipife escreveu:
Pmoura43 escreveu:
Evan Oliveira escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers


Pensava que este forum era mais para... Portugueses...!!!!

Obrigado e cumprimentos para todos... em Português...!!! Twisted Evil

O Amigo Manfred é quase Português lol!

Já nos faz companhia há muito tempo e ainda bem, é sempre bem-vindo

E presumo que ele é Alemão. Só escreve em inglês, porque em alemão... Para mim em alemão era muito mais fácil.......................................... não responder, porque nem sempre tenho batatas quentes à mão

Amigo Gonçalo,

Ontem, ainda voltando à estória do ASR, experimentei (foi muito pouco tempo e já era 01h30) o aparelho sem a Bateria AKKU, afinal aquilo funciona e não sei se é sugestão, mas, pareceu-me melhor, hoje e amanhã já irei experimentar.

Outra coisa que vou experimentar é trocar os tais op amps, tenho estado em conversação com Burson Audio, www.BursonAudio.com, para me enviarem os Op amps apropriados para a máquina.

Falam muito bem destes cavalheiros e dizem que é um sério upgrade, vamos ver, o pior que pode acontecer é não gostar e voltar a colocar os antigos lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 894
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:00

Pmoura43 escreveu:
Evan Oliveira escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers


Pensava que este forum era mais para... Portugueses...!!!!

Obrigado e cumprimentos para todos... em Português...!!! Twisted Evil

O Amigo Manfred é quase Português lol!

Já nos faz companhia há muito tempo e ainda bem, é sempre bem-vindo

I tried to learn Portuguese but with little success.

Everybody is free at least to answer on my posts in Portuguese! I don't want to change the language in a whole thread!

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 894
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:01

Goansipife escreveu:
Para mim em alemão era muito mais fácil....
Wir können uns gerne mal in deutsch austauschen.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2744
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:04

mannitheear escreveu:
Goansipife escreveu:
Para mim em alemão era muito mais fácil....
Wir können uns gerne mal in deutsch austauschen.

Are you joking Bless You
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:17

mannitheear escreveu:
Pmoura43 escreveu:
Evan Oliveira escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers


Pensava que este forum era mais para... Portugueses...!!!!

Obrigado e cumprimentos para todos... em Português...!!! Twisted Evil

O Amigo Manfred é quase Português lol!

Já nos faz companhia há muito tempo e ainda bem, é sempre bem-vindo

I tried to learn Portuguese but with little success.

Everybody is free at least to answer on my posts in Portuguese! I don't want to change the language in a whole thread!

cheers


Freies Land, freier forum und wir könne in jeder Sprache antworten die wir wollen, geth keinen a%&sh was an. lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2744
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:21

António José da Silva escreveu:
mannitheear escreveu:
Pmoura43 escreveu:
Evan Oliveira escreveu:
TD124 escreveu:
mannitheear escreveu:
Now, I see here very little concrete. Will this become the next philosophers circle? dvil

No!!!... this is the place to talk about your experiences with K812, DT880, RefSigns, Tannoy and any other audio stuff you've listened in your life!... cheers


Pensava que este forum era mais para... Portugueses...!!!!

Obrigado e cumprimentos para todos... em Português...!!! Twisted Evil

O Amigo Manfred é quase Português lol!

Já nos faz companhia há muito tempo e ainda bem, é sempre bem-vindo

I tried to learn Portuguese but with little success.

Everybody is free at least to answer on my posts in Portuguese! I don't want to change the language in a whole thread!

cheers


Freies Land, freier forum und wir könne in jeder Sprache antworten die wir wollen, geth keinen a%&sh was an. lol!

Também Tu ??? Vê lá se queres

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:23

Goansipife escreveu:

Também Tu ??? Vê lá se queres

lol!


Depende, uma grade de cerveja???? lol! Senao.... LMAA (que é uma expressão bem alema). cheers

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evan Oliveira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 78
Data de inscrição : 15/11/2017
Idade : 58
Localização : Anadia

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:42

Eu vi logo que isto ia dar porrada...!!!  Laughing

O forum é aberto... penso eu de que.... e claro todos são bem vindos.

No entanto, acho que seria bom que todos pudessem entender o que se escreve por aqui...
e não falo por mim, mas por outros que eventualmente poderão não entender.

E o nosso amigo Manfred que me desculpe, não sabia que era Alemão...!!! mas pode sempre melhorar o Português, vindo cá mais vezes...!!! dvil
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64941
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:47

Evan Oliveira escreveu:
...!!! mas pode sempre melhorar o Português, vindo cá mais vezes...!!! dvil


Alguma vez, punha-se a comer sardinhas e a mamar jarros de vinho e para além de não aprender a língua, até as que sabe pioravam. lol!

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 894
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   Sex Nov 09 2018, 17:50

Goansipife escreveu:
Are you joking Bless You


António José da Silva escreveu:
LMAA


Evan Oliveira escreveu:
E o nosso amigo Manfred que me desculpe, não sabia que era Alemão...!!! mas pode sempre melhorar o Português, vindo cá mais vezes...!!! dvil
I'll try my very best!
The Google translator is not so bad in Portuguese <-> English! But the more refined the Portuguese is, the worse is the translation. One I almost always understand perfectly is TD124 because he writes very simple Portuguese...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Tribunal das escutas!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tribunal das escutas!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» La Toya Jackson grita e mãe de Michael Jackson chora com condenação do doutor Conrad Murray

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: