Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Mitos e banhas da cobra audiófilos

Ir em baixo 
AutorMensagem
galvaorod
Membro AAP
avatar

Mensagens : 107
Data de inscrição : 14/04/2017

MensagemAssunto: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Dom Jun 10 2018, 22:12

Ao longo dos anos vão aparecendo noções estranhas para "ouvir com muito melhor qualidade", mas que pouco ou nada devem à ciência, alguns são mesmo esquemas pérfidos para ganhar dinheiro. Outros são perturbantes, pois é difícil decidir se lógicos ou não, ou se fazem parte da maluqueira deste século onde muita gente acha que a terra é plana.


Vou começar com a "água milagrosa", se benzida por um padre exorcista, ou magnetizada. Quem beber desta água, vai ouvir o melhor som do mundo em equipamento barato. E se der resultado, a fase a seguir é fazer um enema com agua polarizada pois com líquidos nas partes de baixo, pode o corpo todo vibrar por simpatia ao som da musica.

http://boneshifi.blogspot.com/2009/12/what-audiophiles-dont-know-about.html

Voltar ao Topo Ir em baixo
Cylon
Membro AAP


Mensagens : 226
Data de inscrição : 26/12/2017

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Dom Jun 10 2018, 22:19

Nos anos '90 o Diário de Notícias tinha uma secção muito completa sobre alta-fidelidade. Nunca mais me esqueço de duas notícias:
- uma falava sobre um induvíduo que estava a desenvolver uma forma de fazer música com objectos coloridos, em que as vibrações (comprimentos de onda?) das cores eram convertidas em sons;
- outra falava de um investigador que afirmava que se estava a gravar o lado errado da música! Que se estava a gravar a pressão, mas que o que se deveria gravar era a intensidade - daí o amplificador de uma guitarra não soar da mesma maneira gravado do que ao vivo, por exemplo - e que estava a gravar um disco para provar isso mesmo!
Escusado será dizer que das duas nunca mais ouvi desenvolvimentos (porque será?!)...
Voltar ao Topo Ir em baixo
galvaorod
Membro AAP
avatar

Mensagens : 107
Data de inscrição : 14/04/2017

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Seg Jun 11 2018, 09:31

Moon áudio opulence, aqui há uns anos estas colunas eram publicitadas como tendo uma unidade Dark Star lá dentro que fazia a musica "nascer dentro da cabeça dos ouvintes", a coluna era tão cara e rara que não devem ter fabricado nenhuma, só para adensar o secretismo. Mas continua à venda, embora a menção às tecnologias "Stealth" tenha desaparecido. Mas se tiver curiosidade e tiver os bolsos fundos, pode despender um milhão de euros para ver como é.

https://www.higherfi.com/speakers/higherfi-audio-opulence
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cylon
Membro AAP


Mensagens : 226
Data de inscrição : 26/12/2017

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Seg Jun 11 2018, 22:08

Será que isto não acaba por ser também uma grande banha da cobra?
Voltar ao Topo Ir em baixo
galvaorod
Membro AAP
avatar

Mensagens : 107
Data de inscrição : 14/04/2017

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 09:36

Mito do vinil soar melhor que os Cds


Há muito tempo que existe o mito generalizado que o vinil toca melhor do que os cds (ou downloads). Algo absolutamente falso até chegar à parte subjetiva de que cada um ouve o que quer, onde quer. Mas esta é uma polémica que já dura há muitos anos, e que vai durar muitos mais.

https://wiki.hydrogenaud.io/index.php?title=Myths_(Vinyl)

"Vinyl is often sourced from digital anyway

Since the mid-1970s, vinyl mastering houses began using digital delay lines instead of analog delays on the signal going to the lathe that cuts the spiral groove. So even in the increasingly unlikely event that 100% of the recording, mixing and mastering was done entirely using analog gear and media, the end of the vinyl mastering process may well have involved a conversion to digital and back."
Voltar ao Topo Ir em baixo
anibalpmm
Membro AAP
avatar

Mensagens : 8517
Data de inscrição : 05/03/2012
Idade : 52
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 09:59

galvaorod escreveu:
Mito do vinil soar melhor que os Cds


Há muito tempo que existe o mito generalizado que o vinil toca melhor do que os cds (ou downloads). Algo absolutamente falso até chegar à parte subjetiva de que cada um ouve o que quer, onde quer. Mas esta é uma polémica que já dura há muitos anos, e que vai durar muitos mais.

https://wiki.hydrogenaud.io/index.php?title=Myths_(Vinyl)



Quando o CD foi lançado no mercado era ao contrário, o CD é q era bom, com mais fidelidade e a soar melhor
Não era inédito haver lançamentos em vinil com parangonas na capa a dizer qq coisa como “newly digital recording”
Felizmente houve quem não concordasse
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3187
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : Outra Banda

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 11:01

anibalpmm escreveu:
galvaorod escreveu:
Mito do vinil soar melhor que os Cds


Há muito tempo que existe o mito generalizado que o vinil toca melhor do que os cds (ou downloads). Algo absolutamente falso até chegar à parte subjetiva de que cada um ouve o que quer, onde quer. Mas esta é uma polémica que já dura há muitos anos, e que vai durar muitos mais.

https://wiki.hydrogenaud.io/index.php?title=Myths_(Vinyl)



Quando o CD foi lançado no mercado era ao contrário, o CD é q era bom, com mais fidelidade e a soar melhor
Não era inédito haver lançamentos em vinil com parangonas na capa a dizer qq coisa como “newly digital recording”
Felizmente houve quem não concordasse

Eu gostava era dos críticos que comparavam leitores de cd de 100 contos com gira-discos de 500 e mais contos. Em vez de compararem aparelhos com igual preço.

A grande novidade nos discos nos últimos anos não é a evolução dos giras mas antes os sistemas de lavagem dos discos. Que fez toda a diferença!

Eu por exemplo gosto mais de ouvir clássica em digital e todo o resto em vinil...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1533
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 49
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 11:50

Alexandre Vieira escreveu:
[

A grande novidade nos discos nos últimos anos não é a evolução dos giras mas antes os sistemas de lavagem dos discos. Que fez toda a diferença!

Eu por exemplo gosto mais de ouvir clássica em digital e todo o resto em vinil...



Então a lavagem compressora que fazem nos estúdios, faz cá uma limpeza...!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1886
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 43
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 19:52

Quanto ao mito não sei, mas posso dar um exemplo que tenho cá em casa, de que a qualidade sonora de um disco dos Dire Straits, primeira prensagem, com o primeiro CD que saiu desse álbum, põe o som do CD a milhas.
Ups, o que é que eu fui dizer
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3187
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : Outra Banda

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 20:09

Fernando Mota escreveu:
Quanto ao mito não sei, mas posso dar um exemplo que tenho cá em casa, de que a qualidade sonora de um disco dos Dire Straits, primeira prensagem, com o primeiro CD que saiu desse álbum, põe o som do CD a milhas.
Ups, o que é que eu fui dizer

Tu querias dizer que Dire Straits é menos mau em vinil...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3187
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : Outra Banda

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 20:13

Pierre escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
[

A grande novidade nos discos nos últimos anos não é a evolução dos giras mas antes os sistemas de lavagem dos discos. Que fez toda a diferença!

Eu por exemplo gosto mais de ouvir clássica em digital e todo o resto em vinil...



Então a lavagem compressora que fazem nos estúdios, faz cá uma limpeza...!

Verdade é que hoje em dia o vinil não é muito melhor ou nada do que um cd. Uma vez que é tudo gravado em digital.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierre
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1533
Data de inscrição : 24/11/2010
Idade : 49
Localização : Elvas

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 20:14

Fernando Mota escreveu:
Quanto ao mito não sei, mas posso dar um exemplo que tenho cá em casa, de que a qualidade sonora de um disco dos Dire Straits, primeira prensagem, com o primeiro CD que saiu desse álbum, põe o som do CD a milhas.
Ups, o que é que eu fui dizer

Tempo do vinil - gravações desse tempo um previlegio.
Após - reedições duvidosas e gravação em CD é preferível.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1886
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 43
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 20:17

Alexandre Vieira escreveu:
Pierre escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
[

A grande novidade nos discos nos últimos anos não é a evolução dos giras mas antes os sistemas de lavagem dos discos. Que fez toda a diferença!

Eu por exemplo gosto mais de ouvir clássica em digital e todo o resto em vinil...



Então a lavagem compressora que fazem nos estúdios, faz cá uma limpeza...!

Verdade é que hoje em dia o vinil não é muito melhor ou nada do que um cd. Uma vez que é tudo gravado em digital.

Tu sabes bem do que é que eu estou a falar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3187
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : Outra Banda

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 20:17

Pierre escreveu:
Fernando Mota escreveu:
Quanto ao mito não sei, mas posso dar um exemplo que tenho cá em casa, de que a qualidade sonora de um disco dos Dire Straits, primeira prensagem, com o primeiro CD que saiu desse álbum, põe o som do CD a milhas.
Ups, o que é que eu fui dizer

Tempo do vinil - gravações desse tempo um previlegio.
Após - reedições duvidosas e gravação em CD é preferível.

Concordo em absoluto...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cylon
Membro AAP


Mensagens : 226
Data de inscrição : 26/12/2017

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 21:57

Fernando Mota escreveu:
Quanto ao mito não sei, mas posso dar um exemplo que tenho cá em casa, de que a qualidade sonora de um disco dos Dire Straits, primeira prensagem, com o primeiro CD que saiu desse álbum, põe o som do CD a milhas.

Se bem te lembras, na exposição comparámos duas edições em vinil com uma em CD do "Time" dos Electric Light Orchestra e, tirando a edição japonesa em vinil que tinha "esteróides anabolizantes", em próprio achei que na edição em vinil ocidental se notava mais dinâmica.

E isto com o meu PL-445 e com o A-445. Imagino se o sistema fosse superior...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fernando Mota
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1886
Data de inscrição : 31/12/2012
Idade : 43
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   Ter Jun 12 2018, 23:04

Cylon escreveu:
Fernando Mota escreveu:
Quanto ao mito não sei, mas posso dar um exemplo que tenho cá em casa, de que a qualidade sonora de um disco dos Dire Straits, primeira prensagem, com o primeiro CD que saiu desse álbum, põe o som do CD a milhas.

Se bem te lembras, na exposição comparámos duas edições em vinil com uma em CD do "Time" dos Electric Light Orchestra e, tirando a edição japonesa em vinil que tinha "esteróides anabolizantes", em próprio achei que na edição em vinil ocidental se notava mais dinâmica.

E isto com o meu PL-445 e com o A-445. Imagino se o sistema fosse superior...

Lembro-me sim senhora, tens razão, já houve outro disco que tenho Japonês dos Supertramp em que a edição Ocidental tem mais dinâmica também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mitos e banhas da cobra audiófilos   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mitos e banhas da cobra audiófilos
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Os melhores discos de vinil audiófilos de sempre, talvez brevemente...
» Nova loja de discos audiófilos
» Olá a todos os audiófilos deste fórum
» Audiófilos japoneses
» Antes fossem os meus audiófilos...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral :: Acústica-
Ir para: