Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Quem disse que os cabos não fazem diferença'

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ricardo onga-ku
Membro AAP


Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Jun 09 2018, 22:02

Ghost4u escreveu:
nbaptista escreveu:
Ela, agora começou a discutir cabos de corrente! Agora é que este tópico não termina tão cedo.

Não se lamente. Normalmente, depois da temática cabos de corrente, surgem os cabos de massa (terra), que o Filipe Massa utiliza no seu bólide...

Eu uso um destes no carro e consigo tirar mais 2 ou 3 cavalos de rendimento:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Jun 09 2018, 22:18

lol! : lol! lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
nbaptista
Membro AAP


Mensagens : 480
Data de inscrição : 31/03/2015

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Jun 09 2018, 22:26

José Miguel escreveu:

Quanto ao preço dos âlbuns que referiu, dependendo do álbum poderá ser um bom preço ou nem por isso... Amália compra-se com muita facilidade em loja física (usados em bom estado) ou via classificados (internet).
Achei o preço bom porque os tenho visto em loja física a 20€.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4610
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Jun 09 2018, 23:48

Hallscool escreveu:
(...) 1 metro de cabo de corrente vai fazer diferença, sem se usar uma régua com filtro, específica para o efeito?

Em matéria de réguas, sempre tive isentas de filtro, fabricadas pelo meu falecido amigo Almeida Louro, sob a chancela Eixo.
Recentemente, um amigo com uma régua filtrada Supra(lativo), experimentou uma Eixo; resultado: apanhou o queixo quase a tocar no chão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
avatar

Mensagens : 10262
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 63
Localização : Assado - Perú

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Jun 09 2018, 23:59

Ghost4u escreveu:
... experimentou uma Eixo; resultado: apanhou o queixo quase a tocar no chão.

Assim?
...

... da m***a dos cabos e réguas  What a Face

_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4610
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 00:17

Ferpina escreveu:
Assim? ...
... da m***a dos cabos e réguas  What a Face


Era mais. O queixo fez extensão de 160 cm.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 06:50

lol! lol! lol!

Em suma, o cabo de alimentação elétrica faz diferença e as réguas também.

Como os meus amplificadores não permitem a substituição dos cabos, nunca experimentei, e uso extensões normais para ligar os restantes aparelhos.
Talvez experimente trocar a régua para verificar se na minha aparelhagem as diferenças são perceptíveis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 08:39

Somos dois. A minha régua é da Legrand, comprada no Continente, o amplificador tem um cabo cativo de dois condutores... e no entanto o sistema de 160mil com cabos e réguas de 20mil não toca melhor do que o meu. Isto diz muito sobre onde devemos investir o grosso do nosso orçamento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4610
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 15:17

Quanto ao episódio do amigo que experimentou uma régua Eixo, que apanhou o queixo quase a tocar no chão, sendo rigoroso, confesso que tendo 1,98 m de altura, o meu queixo não fez extensão maior que o ouvinte e proprietário do sistema, por estar comodamente sentado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5569
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 15:34

ricardo onga-ku escreveu:
Somos dois. A minha régua é da Legrand, comprada no Continente, o amplificador tem um cabo cativo de dois condutores... e no entanto o sistema de 160mil com cabos e réguas de 20mil não toca melhor do que o meu. Isto diz muito sobre onde devemos investir o grosso do nosso orçamento.
O Ricardo não acredita na diferença que os cabos fazem!?! scratch Ou defende, e bem, que essa componente de um sistema deverá receber apenas uma pequena (10% máximo...) fatia do investimento?

Tenho a ideia que escolhe bem (racionalmente!) os cabos que usa. Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 18:08

José Miguel escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
Somos dois. A minha régua é da Legrand, comprada no Continente, o amplificador tem um cabo cativo de dois condutores... e no entanto o sistema de 160mil com cabos e réguas de 20mil não toca melhor do que o meu. Isto diz muito sobre onde devemos investir o grosso do nosso orçamento.
O Ricardo não acredita na diferença que os cabos fazem!?! scratch Ou defende, e bem, que essa componente de um sistema deverá receber apenas uma pequena (10% máximo...) fatia do investimento?

Tenho a ideia que escolhe bem (racionalmente!) os cabos que usa. Wink

10% de 2000€ são 200€.

200€ em cabos é para mim, um valor muito alto. lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5569
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 18:56

Como eu disse, uma pequena fatia (10% máximo...)...

Eu também já disse que prefiro comprar Música em vez de equipamentos, que prefiro ter um bom em vez de muitos assim-assim, ... Mas não deixo de reconhecer que até os cabos fazem diferença, que um bom contacto é melhor do que um pior, que cobre de qualidade (uno ou multi filar) é melhor do que cabos em que o cobre está sempre a quebrar...

Depois há que ter várias coisas em mente, por exemplo:

Um amplificador de alta corrente vai fazer notar mais a diferença?
Sim... Já assisti um grande amplificador ficar com um "hum" notório pelo uso de ligações à corrente de desenrasque.

Umas colunas mais "transparentes" farão sobressair mais as diferenças entre cabos?
Sim...

O tópico refere que os cabos fazem diferença e fazem... Infelizmente fazem, para o bem e para o mal.

Não alinho em loucuras do tipo "congelar cabos" e coisas assim, em que se pagam mensalidades a empresas... Apenas constacto a "realidade" que presenciei, mais nada.


Ah! Em dois mil euros de sistema, poderão ser necessários dois cabos para as colunas, dois ou três cabos de ligação - nâo digo 200 euros, mas arriscaria/escolheria ligar esses equipamentos com os cabos mais baratos do mercado?


Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 20:18

Usaria cabos de coluna 100% cobre OFC de 1,5mm. RCA usaria uns Audioquest ou semelhantes de 15€ e cabo de alimentação usaria o que viesse com o amplificador. Wink

E na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença. Não que os mais caros são melhores.

No meu sistema não percebi diferenças com o uso de cabos diferentes, no entanto acho perfeitamente possível que uns cabos mais baratos agradem mais do que uns caros.

A marca inflaciona o preço final.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4337
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 20:40

Hallscool escreveu:
Usaria cabos de coluna 100% cobre OFC de 1,5mm. RCA usaria uns Audioquest ou semelhantes de 15€ e cabo de alimentação usaria o que viesse com o amplificador. Wink

E na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença. Não que os mais caros são melhores.

No meu sistema não percebi diferenças com o uso de cabos diferentes, no entanto acho perfeitamente possível que uns cabos mais baratos agradem mais do que uns caros.

A marca inflaciona o preço final.

De que sistema falamos?

Voltar ao Topo Ir em baixo
galvaorod
Membro AAP
avatar

Mensagens : 330
Data de inscrição : 14/04/2017

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 20:42

Hallscool escreveu:
Usaria cabos de coluna 100% cobre OFC de 1,5mm. RCA usaria uns Audioquest ou semelhantes de 15€ e cabo de alimentação usaria o que viesse com o amplificador. Wink

E na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença. Não que os mais caros são melhores.

No meu sistema não percebi diferenças com o uso de cabos diferentes, no entanto acho perfeitamente possível que uns cabos mais baratos agradem mais do que uns caros.

A marca inflaciona o preço final.



Já experimentei vários cabos da marca barrete Nordost e não consigo perceber porque são tão caros. E não me venham com o chavão do "não tens equipamento à altura" porque isso é uma grande treta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4610
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 20:51

Hallscool escreveu:
(...) na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença.
A marca inflaciona o preço final.

Possivelmente inflaciona. Para não se dispender de quantias avultados, quiçá se recomende utilizar o cabo XPTO (mais caro) no canal esquerdo e o Y (mais barato) no canal direito. Como existem individualidades que desacreditam nas diferenças audíveis de cabos, desta forma, certamente com cabos de fabricantes distintos, as diferenças serão inexistentes.Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4337
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 21:14

Ghost4u escreveu:
Hallscool escreveu:
(...) na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença.
A marca inflaciona o preço final.

Possivelmente inflaciona. Para não se dispender de quantias avultados, quiçá se recomende utilizar o cabo XPTO (mais caro) no canal esquerdo e o Y (mais barato) no canal direito. Como existem individualidades que desacreditam nas diferenças audíveis de cabos, desta forma, certamente com cabos de fabricantes distintos, as diferenças serão inexistentes.Laughing




Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5569
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 37
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 21:21

Hallscool escreveu:

(...)

E na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença. Não que os mais caros são melhores.

(...)

Não poderia estar mais de acordo, daí ter brincado com as "loucuras" feitas com cabos.

Eu não quero convencer ninguém sobre estes temas, até porque experimentar diferenças não me permite ir muito mais longe do que isso... Elas acontecem e acredito, pelas muitas experiências partilhadas por aqui com o A400, que em sua casa as consiga sentir - se experimentar uma gama de cabos diferente de outra (não interessa o preço, nem qual "ganhará"...).


Ah! Experimentar coisas dá trabalho... o troca-troca sem mexer em mais nada... Mas creio que tem amplificador para notar!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 21:34

José Miguel escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:
Somos dois. A minha régua é da Legrand, comprada no Continente, o amplificador tem um cabo cativo de dois condutores... e no entanto o sistema de 160mil com cabos e réguas de 20mil não toca melhor do que o meu. Isto diz muito sobre onde devemos investir o grosso do nosso orçamento.
O Ricardo não acredita na diferença que os cabos fazem!?! scratch Ou defende, e bem, que essa componente de um sistema deverá receber apenas uma pequena (10% máximo...) fatia do investimento?

Tenho a ideia que escolhe bem (racionalmente!) os cabos que usa. Wink

Os cabos de audio podem afectar o sinal dependendo da geometria (p.ex. a enorme capacidade de um cabo de interligação entrançado como o da Kimber produz alguma atenuação no topo da gama audível); alguns fabricantes adicionam um circuito electrónico e esses cabos afectam realmente o sinal.
Nunca ouvi diferenças produzidas por cabos de corrente e também nunca li sobre qualquer justificação científica que explique ou valide essa possibilidade.
Idem para os cabos USB e CAT5/6.

As ligações balanceadas complicam desnecessariamente o circuito adicionando mais componentes electrónicos no caminho do sinal.

• na minha opinião e experiência os cabos de interligação devem ter baixa capacidade
• o cabo de phono deve ser coaxial e necessita de blindagem
• o cabo de linha não necessita de blindagem (nem deve ter)
• os cabos de coluna não necessitam de blindagem (nem devem ter)
• a impedância do cabo coaxial de interligação digital S/PDIF tem de ser de 75 Ohm
• prefiro cabos de condutor único (solid core)

Um Blue Jeans LC1 c/ 100cm custa 35€.
Um DNM c/ 50cm custa 35€.
Um par de cabos de coluna DNM c/ 150cm custa 125€.
Total - 195€

Comprando usado ou fazendo em casa consegue-se o mesmo por metade do preço.

Por isso a minha resposta é sim, defendo que o valor alocado para os cabos deve ser uma pequena fracção do orçamento.


Última edição por ricardo onga-ku em Dom Jun 10 2018, 22:04, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
nbaptista
Membro AAP


Mensagens : 480
Data de inscrição : 31/03/2015

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 21:43

ricardo onga-ku escreveu:

• na minha opinião e experiência os cabos de interligação devem ter baixa capacidade
Qual a vantagem da baixa capacitância nos IC´s?
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 22:00

nbaptista escreveu:
ricardo onga-ku escreveu:

• na minha opinião e experiência os cabos de interligação devem ter baixa capacidade
Qual a vantagem da baixa capacitância nos IC´s?

Tanto quanto sei a capacidade actua como um filtro passa-baixo, ou seja, atenua progressivamente as altas frequências. A frequência do joelho depende do valor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 22:55

Alexandre Vieira escreveu:
Hallscool escreveu:
Usaria cabos de coluna 100% cobre OFC de 1,5mm. RCA usaria uns Audioquest ou semelhantes de 15€ e cabo de alimentação usaria o que viesse com o amplificador. Wink

E na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença. Não que os mais caros são melhores.

No meu sistema não percebi diferenças com o uso de cabos diferentes, no entanto acho perfeitamente possível que uns cabos mais baratos agradem mais do que uns caros.

A marca inflaciona o preço final.

De que sistema falamos?  


Neste sistema em particular, refiro-me a um Pioneer A-400 com umas colunas Onkyo dos anos 70.
Voltar ao Topo Ir em baixo
JPEREIRA
Membro AAP
avatar

Mensagens : 231
Data de inscrição : 13/07/2010

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 23:38

Olá

Esta de
• o cabo de linha não necessita de blindagem (nem deve ter)


A mim parece-me brincadeira
Será que alguém acredita nisto, de pôr antenas a transmitir sinal entre aparelhos ?
Se existe locais onde as blindagens fazem mais sentido, é precisamente onde o amontoado de cabos e cabinhos,passam
Até há pessoas que elevam os cabos de coluna do chão.
A capacitância dos cabos fará toda a diferença se aplicado em andar de phono ou em gira discos, e não me parece que entre os outros aparelhos seja aplicada a mesma regra da baixa capacitância.
Essa variante é uma das que provocam diferenças entre cabos, entre outras.
Também acho que os cabos não devem um valor superior a 20% de todo o sistema
As topologias dos cabos será em função do sistema de cada um.
Agora a qualidade do som , é uma coisa muito pessoal, única, porque a acústica onde o sistema está, nunca se repete.
E o gosto e preferência musical, então nem se fala.
Para mim tive a maioria das vezes melhores resultados com blindagens do que sem blindagem.

Cumps
Voltar ao Topo Ir em baixo
galvaorod
Membro AAP
avatar

Mensagens : 330
Data de inscrição : 14/04/2017

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Jun 10 2018, 23:55

Hallscool escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
Hallscool escreveu:
Usaria cabos de coluna 100% cobre OFC de 1,5mm. RCA usaria uns Audioquest ou semelhantes de 15€ e cabo de alimentação usaria o que viesse com o amplificador. Wink

E na verdade o tópico refere que os cabos fazem diferença. Não que os mais caros são melhores.

No meu sistema não percebi diferenças com o uso de cabos diferentes, no entanto acho perfeitamente possível que uns cabos mais baratos agradem mais do que uns caros.

A marca inflaciona o preço final.

De que sistema falamos?  


Neste sistema em particular, refiro-me a um Pioneer A-400 com umas colunas Onkyo dos anos 70.


Enquanto tiveres essas colunas, não vale a pena te chateares com cabos. Aí no olx no Porto andam para aí alguns espécimes de colunas até aos 100 paus com alguma qualidade, ví umas elac e umas wharfedale 8,1 por exemplo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 00:01

Conheces estas colunas? Quando as comprei não as conhecia e não há muita informação na internet sobre as mesmas. O que te leva a dizer isso?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 00:37

galvaorod escreveu:



Enquanto tiveres essas colunas, não vale a pena te chateares com cabos. Aí no olx no Porto andam para aí alguns espécimes de colunas até aos 100 paus com alguma qualidade, ví umas elac e umas wharfedale 8,1 por exemplo.

Estive a ver a que colunas referes. Dúvido mesmo que tenham comparação com estas Onkyo.
Comparei com as Monitor Audio RS1 e as Onkyo soam melhor. Gostaria apenas que as Onkyo tivessem as frequências altas mais atenuadas, mas nesse aspecto as RS1 agradam-me menos.

Com o Cyrus não experimentei, mas está ligado a umas Infinity Reference 20 e o conjunto Pioneer A-400 com as Onkyo agrada-me mais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
galvaorod
Membro AAP
avatar

Mensagens : 330
Data de inscrição : 14/04/2017

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 09:20

Hallscool escreveu:
galvaorod escreveu:



Enquanto tiveres essas colunas, não vale a pena te chateares com cabos. Aí no olx no Porto andam para aí alguns espécimes de colunas até aos 100 paus com alguma qualidade, ví umas elac e umas wharfedale 8,1 por exemplo.

Estive a ver a que colunas referes. Dúvido mesmo que tenham comparação com estas Onkyo.
Comparei com as Monitor Audio RS1 e as Onkyo soam melhor. Gostaria apenas que as Onkyo tivessem as frequências altas mais atenuadas, mas nesse aspecto as RS1 agradam-me menos.

Com o Cyrus não experimentei, mas está ligado a umas Infinity Reference 20 e o conjunto Pioneer A-400 com as Onkyo agrada-me mais.


Se gostas deixa estar assim, eu disse aquilo porque essas onkyo parecem uns charutos, mas se tocam bem, quem sou eu para dizer o contrário. Os gostos pessoais é que decidem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 09:56

JPEREIRA escreveu:
Esta de
• o cabo de linha não necessita de blindagem (nem deve ter)


A mim parece-me brincadeira
Será que alguém acredita nisto, de pôr antenas a transmitir sinal entre aparelhos ?
Se existe locais onde as blindagens fazem mais sentido, é precisamente onde o amontoado de cabos e cabinhos,passam

Amontoado?
O meu sistema só tem uma fonte, um amplifidaor integrado e um par de colunas: os cabos de corrente estão posicionados do lado direito e os de sinal do lado esquerdo. Simples e eficaz.

Muitos problemas do audio passam exactamente por essa atitude do "acreditar"... Rolling Eyes

JPEREIRA escreveu:
Até há pessoas que elevam os cabos de coluna do chão.

Quanto aos elevadores de cabos também há quem defenda que a actividade humana não afecta o clima, ou quem ignore que o tabaco mata.

Em tempos contratávamos uma rapariga para tomar conta doss meus filho; um dia chegámos a casa e ela tinha colado um pedaço de papel higiénico na testa de uma das crianças.
Quando lhe perguntei qual a razão respondeu-me que era para os soluços. Ela colava o papel na testa e passado algum tempo os soluços passavam...

JPEREIRA escreveu:
A capacitância dos cabos fará toda a diferença se aplicado em andar de phono ou em gira discos, e não me parece que entre os outros aparelhos seja aplicada a mesma regra da baixa capacitância.
Essa variante é uma das que provocam diferenças entre cabos, entre outras.

Concordo que é mais importante com o sinal phono que é de baixa intensidade, mas todos os componentes colocados no caminho do sinal afectam-no, ainda que com maior ou menor intensidade dependendo do componente em questão pelo que a boa prática determina que devemos optar pela solução mais eficaz mesmo que o impacto seja ínfimo porque o desempenho final é resultado da soma de todas as limitações, por pequenas pequenas que sejam.

As características dos cabos que afectam o sinal são L=inductância, R=resistência e C=capacidade, as propiedades dieléctricas do isolamento e a blindagem.
De acordo com a literatura e as experiências de muitos, bem como a minha, a blindagem só deve ser utilizada quando necessário.


JPEREIRA escreveu:
Também acho que os cabos não devem um valor superior a 20% de todo o sistema

Depende do valor do sistema.
Se o sistema custar 20.000€ então basta gastar 1%. Wink

JPEREIRA escreveu:
As topologias dos cabos será em função do sistema de cada um.

Eu acho que a topologia de um cabo deverá ser determinada pela sua função de modo a obter o melhor desempenho possível.

JPEREIRA escreveu:
Agora a qualidade do som , é uma coisa muito pessoal, única, porque a acústica onde o sistema está, nunca se repete.
E o gosto e preferência musical, então nem se fala.

Acho importante distinguir entre Gosto e Desempenho.

Desempenho tem a ver com a fidelidade com que o sinal é lido, amplificado e transduzido; é um conceito objectivo e indiscutível.

Gosto depende da cultura de cada um, tanto musical como sónica (de som ao vivo e som reproduzido), e da sua experiência de vida.

Eu prefiro deixar o gosto para a música e no que se refere ao sistema opto antes por procurar o melhor desempenho possível dentro das limitações de espaço e de orçamento e de conhecimento.
E na minha experiência o melhor som resulta de um melhor desempenho, ou seja, da maior fidelidade possível ao sinal gravado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 10:07

Hallscool escreveu:
galvaorod escreveu:



Enquanto tiveres essas colunas, não vale a pena te chateares com cabos. Aí no olx no Porto andam para aí alguns espécimes de colunas até aos 100 paus com alguma qualidade, ví umas elac e umas wharfedale 8,1 por exemplo.

Estive a ver a que colunas referes. Dúvido mesmo que tenham comparação com estas Onkyo.
Comparei com as Monitor Audio RS1 e as Onkyo soam melhor. Gostaria apenas que as Onkyo tivessem as frequências altas mais atenuadas, mas nesse aspecto as RS1 agradam-me menos.

Com o Cyrus não experimentei, mas está ligado a umas Infinity Reference 20 e o conjunto Pioneer A-400 com as Onkyo agrada-me mais.

O segredo de se obter um som de qualidade passa por utilizar uma metodologia de avaliação do desempenho pela escuta eficaz que permita determinar quais são as limitações do sistema. Quando complementada com medições e algum conhecimento técnico podemos procurar identificar as causas das limitações e agir sobre elas.

Acredito que as Onkyo "soam melhor" do que as RS1 mas há aspectos ou características do som que são reproduzidos com muito maior fidelidade com as RS1.
O primeiro erro está em comparar umas mini "monitoras" com umas colunas de três vias com um volume de caixa considerável e um altifalante de graves de grandes dimensões sem ter a noção que a resposta nas baixas frequências será consideravelmente mais "completa" com as Onkyo o que obviamente torna o som mais "agradável" mesmo que as MA permitam escutar mais detalhe, falseando os resultados da avaliação... Idem para as Infinity Reference 20.

Na minha opinião as mini "monitoras" têm demasiadas limitações (como topologia) e é natural que decepcionem quando comparadas com colunas mais "substânciais".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 10:50

ricardo onga-ku escreveu:
Hallscool escreveu:
galvaorod escreveu:



Enquanto tiveres essas colunas, não vale a pena te chateares com cabos. Aí no olx no Porto andam para aí alguns espécimes de colunas até aos 100 paus com alguma qualidade, ví umas elac e umas wharfedale 8,1 por exemplo.

Estive a ver a que colunas referes. Dúvido mesmo que tenham comparação com estas Onkyo.
Comparei com as Monitor Audio RS1 e as Onkyo soam melhor. Gostaria apenas que as Onkyo tivessem as frequências altas mais atenuadas, mas nesse aspecto as RS1 agradam-me menos.

Com o Cyrus não experimentei, mas está ligado a umas Infinity Reference 20 e o conjunto Pioneer A-400 com as Onkyo agrada-me mais.

O segredo de se obter um som de qualidade passa por utilizar uma metodologia de avaliação do desempenho pela escuta eficaz que permita determinar quais são as limitações do sistema. Quando complementada com medições e algum conhecimento técnico podemos procurar identificar as causas das limitações e agir sobre elas.

Acredito que as Onkyo "soam melhor" do que as RS1 mas há aspectos ou características do som que são reproduzidas com muito maior fidelidade com as RS1.
O primeiro erro está em comparar umas mini "monitoras" com umas colunas de três vias com um volume de caixa considerável e um altifalante de graves de grandes dimensões sem ter a noção que a resposta nas baixas frequências será consideravelmente mais "completa" com as Onkyo o que obviamente torna o som mais "agradável" mesmo que as MA permitam escutar mais detalhe, falseando os resultados da avaliação... Idem para as Infinity Reference 20.

Não poderia estar mais de acordo. Realmente comparar umas colunas de 3 vias com woofer de 12" e com uma caixa com 70cm de altura por 40 de largura e 37cm de profundidade com umas colunas de 2 vias pequenas é "injusto" no entanto nós optamos sempre pelo que mais nos agrada, ou neste caso, soa melhor.

Particularmente abdico da fidelidade em prol do som que mais me agrada.

As RS1 quando saíram e ouvi na loja, impressionaram-me muito pela positiva. São pequenas e tocam mesmo muito bem, no entanto passado pouco tempo comecei a desgostar do som delas. O graves para o tamanho são muito bons, no entanto os agudos sobressaem em demasia.

Um amigo entretanto comprou umas RX-6 e achei o mesmo. Foram as únicas Monitor Audio que ouvi, mas é marca que já não me suscita interesse.
Ouvi também umas BX1 na Fnac e gostei, mas não equacionaria comprar Monitor Audio actualmente.

Há 3 ou 4 marcas que têm colunas de grande qualidade e que não aprecio. KEF, acho que os tweeters avariam com facilidade, Monitor Audio, pelos motivos que já referi, Wharfedale e Qacoustic, estas duas sem qualquer motivo, inclusive não ouvi nenhumas. Talvez seja pelo design. lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4337
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 11:50

Desculpem-me o desabafo, mas não eu já tinha jurado que não meteria mais a colherada, mas...

Uma colunas de 3, 5 ou 20 vias não tocam necessariamente melhor que umas de duas.

O que interessa mesmo é a coerência do som, a escala, a dinâmica e claro está a fidelidade. Existe um fenómeno que alguns gostam, eu odeio, que é a coloração do som, que dá uma ideia de maior escala. Ou seja a sensação de terem um grave mais extenso e ou uma gama média brilhante. Eu pessoalmente como só nos últimos 8 anos lidei com colunas de chão (com alguma fidelidade) tenho tido alguma dificuldade em adaptar-me, motivo pelo qual tenho 4 pares de monitoras e duas de chão (umas são umas Akai parecidas com essas OnKyo - não sei se são melhores ou piores mas enfim devem ter uma dinâmica pelo menos parecida).

Resumindo na minha opinião e só na minha, maior escala e mais vias não determina um som mais fiel. E nem sequer me vou agarrar ao chavão de que as colunas de estúdio são de duas vias, etc..etc..etc..

Apenas uma deixa, na minha opinião também as colunas de caixa fechada têm um "ponto de escuta" mais difícil, mas uma vez descoberto o mesmo, tornam-se bastante mais fieis do que as colunas esburacadas para reflectir os graves.

Como já aqui foi dito, o posicionamento e as condições da sala são determinantes, bem como a equalização do sistema. Todos os elementos que colocamos (cabos e afins) bem como os controlos do amplificador (quando os tem) equalizam o sistema. Eu gosto de equalizar com cabos, e claro que um cabo melhor tem em tese três grandes benefícios:

1- O isolamento do sinal

2 - A precisão do palco sonoro

3 - A revelação de todas as pistas que estão a ser reproduzidas pela fonte.

Eu já fiz testes com o Carrilho em que com certos cabos (cabos IC) conseguimos "abafar" certas linhas de ritmos, no entanto com cabos mais reveladores elas apareciam de novo.

Os cabos power conferem uma enorme precisão ao som e torná-lo mais tridimensional, destacando-o, muitas vezes porque, penso, conseguem baixar o ruído da rede elétrica.

Os fusíveis só experimentando é que se acredita, pois conseguem imprimir uma maior precisão (no caso do sistema principal) uma maior extensão dos graves em determinada configuração.

O isolamento dos aparelhos é também ele determinante, a minha sala é pequena e tenho tido enormes problemas com isso, tanto na vibração dos móveis e os objectos no seu interior, bem como a vibração que os aparelhos projectam nas fontes. Um maior isolamento traduz-se sempre, num sinal bem mais limpo (seja gira-discos, seja outra qualquer fonte).

Pré-amplificação e pré-phono: Os melhores resultados que já obtive foram com aparelhos que estejam como que desligados da rede eléctrica, ou seja, alimentados por bateria, o sinal é muito melhor e acima de tudo com uma ausência de ruído que só se sente quando este não se tem.

O meu sonho era ter uma configuração, penso que temos alguém no fórum que a tem em casa (penso) todos os aparelhos com excepção do amplificador(es) desligados da rede.

Quem me conhece sabe que acho quase sempre que a "galinha da vizinha" é sempre melhor que a minha, ou seja, que os sistemas dos outros são melhores que os meus, talvez até pelo efeito novidade, pelo que as minhas certezas, valem só para mim.  

Mas estes são os meus cinco tostões neste tópico.  cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hallscool
Membro AAP
avatar

Mensagens : 736
Data de inscrição : 10/02/2015
Idade : 37
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 14:55

Referiste um ponto que desconhecia.
Estas Onkyo, na verdade JVC, são seladas e realmente o ponto de escuta não é tão alargado, como em outras colunas que tenho com bass reflex.
Parece que temos que procurar o "Sweet Spot".
30 cm faz a diferença.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 16:40

Alexandre Vieira escreveu:
Desculpem-me o desabafo, mas não eu já tinha jurado que não meteria mais a colherada, mas...

Uma colunas de 3, 5 ou 20 vias não tocam necessariamente melhor que umas de duas.

O que interessa mesmo é a coerência do som, a escala, a dinâmica e claro está a fidelidade. Existe um fenómeno que alguns gostam, eu odeio, que é a coloração do som, que dá uma ideia de maior escala. Ou seja a sensação de terem um grave mais extenso e ou uma gama média brilhante. Eu pessoalmente como só nos últimos 8 anos lidei com colunas de chão (com alguma fidelidade) tenho tido alguma dificuldade em adaptar-me, motivo pelo qual tenho 4 pares de monitoras e duas de chão (umas são umas Akai parecidas com essas OnKyo - não sei se são melhores ou piores mas enfim devem ter uma dinâmica pelo menos parecida).

Fidelidade é a precisão com que uma coluna reproduz o sinal.
"a coerência do som, a escala, a dinâmica" são características do som gravado, e serão mais fielmente reproduzidas quanto mais precisa for a transdução (conversão das ondas eléctricas em ondas sonoras).

Independentemente do número de vias uma coluna toca melhor ou pior dependendo da qualidade do projecto e é mais fácil conceber uma coluna de 2 vias do que uma de 3 vias.
Além disso a primeira opção é muito mais barata devido ao menor número de altifalantes e de componentes electrónicos e dimensões de caixa e pelo mesmo valor o fabricante pode gastar mais em altifalantes com melhor desempenho.


Mas a palavra chave é "necessariamente", daí eu ter falado em topologia para dizer que uma coluna de três vias tem um maior potencial de desempenho do que uma de duas vias.

Existem quatro vantagens em utilizar 3 (ou 4) vias:
- menor distorção por intermodulação (ver http://www.neumann-kh-line.com/neumann-kh/glossary.nsf/root/19025D8C4F126AD8C12578B2003A71E9?Open&term=TIM )
- melhor dispersão polar
- maior gama dinâmica
- maior extensão das baixas frequências


Se a coluna de 2 vias for uma mini "monitora" o potencial de desempenho é ainda mais reduzido.

Algumas razões estão descritas neste tópico:

http://www.audioanalogicodeportugal.net/t9609-vantagens-e-desvantagens-de-mini-monitors

O que torna as "mini-monitoras" tão fascinantes?
- para começar há o factor cute...são giras
- para quem gosta há também um acentuar do "efeito de palco" devido às características de dispersão
- a reduzida extensão na baixas frequências (falta de "corpo") produz uma maior sensação de "velocidade" ou "rapidez"


Alexandre Vieira escreveu:
Resumindo na minha opinião e só na minha, maior escala e mais vias não determina um som mais fiel. E nem sequer me vou agarrar ao chavão de que as colunas de estúdio são de duas vias, etc..etc..etc..

Tanto quanto sei os estúdios "a sério" só utilizam as mini-monitoras para avaliar como uma mistura pop/rock irá soa num sistema pequenino ou numa boom-box (vulgo tijolo) com dinâmica reduzida, e grandes monitoras de três vias, por vezes com subs, para trabalho "sério" (Adam, ATC, Dynaudio, Genelec, JBL, Neumann, PMC, PSI, etc.).


Alexandre Vieira escreveu:
Apenas uma deixa, na minha opinião também as colunas de caixa fechada têm um "ponto de escuta" mais difícil, mas uma vez descoberto o mesmo, tornam-se bastante mais fieis do que as colunas esburacadas para reflectir os graves.

Não sei o que significa ""ponto de escuta" mais difícil" mas concordo que a qualidade da reprodução de uma coluna de caixa selada é superior e isso deve-se ao facto de esta topologia produzir uma resposta de transitórios muito superior ao de uma topologia de caixa ventilada, seja ela bass-reflex ou linha de transmissão.
Outra vantagem tem a ver com a pendente de atenuação mais suave do extremo grave que aliada ao ganho da sala permite uma maior extensão.


Quanto aos cabos, já me pronunciei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4337
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 16:59

ricardo onga-ku escreveu:
Alexandre Vieira escreveu:
Desculpem-me o desabafo, mas não eu já tinha jurado que não meteria mais a colherada, mas...

Uma colunas de 3, 5 ou 20 vias não tocam necessariamente melhor que umas de duas.

O que interessa mesmo é a coerência do som, a escala, a dinâmica e claro está a fidelidade. Existe um fenómeno que alguns gostam, eu odeio, que é a coloração do som, que dá uma ideia de maior escala. Ou seja a sensação de terem um grave mais extenso e ou uma gama média brilhante. Eu pessoalmente como só nos últimos 8 anos lidei com colunas de chão (com alguma fidelidade) tenho tido alguma dificuldade em adaptar-me, motivo pelo qual tenho 4 pares de monitoras e duas de chão (umas são umas Akai parecidas com essas OnKyo - não sei se são melhores ou piores mas enfim devem ter uma dinâmica pelo menos parecida).

Fidelidade é a precisão com que uma coluna reproduz o sinal.
"a coerência do som, a escala, a dinâmica" são características do som gravado, e serão mais fielmente reproduzidas quanto mais precisa for a transdução (conversão das ondas eléctricas em ondas sonoras).

Independentemente do número de vias uma coluna toca melhor ou pior dependendo da qualidade do projecto e é mais fácil conceber uma coluna de 2 vias do que uma de 3 vias.
Além disso a primeira opção é muito mais barata devido ao menor número de altifalantes e de componentes electrónicos e dimensões de caixa e pelo mesmo valor o fabricante pode gastar mais em altifalantes com melhor desempenho.


Mas a palavra chave é "necessariamente", daí eu ter falado em topologia para dizer que uma coluna de três vias tem um maior potencial de desempenho do que uma de duas vias.

Existem quatro vantagens em utilizar 3 (ou 4) vias:
- menor distorção por intermodulação (ver http://www.neumann-kh-line.com/neumann-kh/glossary.nsf/root/19025D8C4F126AD8C12578B2003A71E9?Open&term=TIM )
- melhor dispersão polar
- maior gama dinâmica
- maior extensão das baixas frequências


Se a coluna de 2 vias for uma mini "monitora" o potencial de desempenho é ainda mais reduzido.

Algumas razões estão descritas neste tópico:

http://www.audioanalogicodeportugal.net/t9609-vantagens-e-desvantagens-de-mini-monitors

O que torna as "mini-monitoras" tão fascinantes?
- para começar há o factor cute...são giras
- para quem gosta há também um acentuar do "efeito de palco" devido às características de dispersão
- a reduzida extensão na baixas frequências (falta de "corpo") produz uma maior sensação de "velocidade" ou "rapidez"


Alexandre Vieira escreveu:
Resumindo na minha opinião e só na minha, maior escala e mais vias não determina um som mais fiel. E nem sequer me vou agarrar ao chavão de que as colunas de estúdio são de duas vias, etc..etc..etc..

Tanto quanto sei os estúdios "a sério" só utilizam as mini-monitoras para avaliar como uma mistura pop/rock irá soa num sistema pequenino ou numa boom-box (vulgo tijolo) com dinâmica reduzida, e grandes monitoras de três vias, por vezes com subs, para trabalho "sério" (Adam, ATC, Dynaudio, Genelec, JBL, Neumann, PMC, PSI, etc.).


Alexandre Vieira escreveu:
Apenas uma deixa, na minha opinião também as colunas de caixa fechada têm um "ponto de escuta" mais difícil, mas uma vez descoberto o mesmo, tornam-se bastante mais fieis do que as colunas esburacadas para reflectir os graves.

Não sei o que significa ""ponto de escuta" mais difícil" mas concordo que a qualidade da reprodução de uma coluna de caixa selada é superior e isso deve-se ao facto de esta topologia produzir uma resposta de transitórios muito superior ao de uma topologia de caixa ventilada, seja ela bass-reflex ou linha de transmissão.
Outra vantagem tem a ver com a pendente de atenuação mais suave do extremo grave que aliada ao ganho da sala permite uma maior extensão.


Quanto aos cabos, já me pronunciei.


Não existe polémica. Obrigado pelo acerto técnico.


"ponto de escuta" é para evitar inglesismos excessivos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5295
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Jun 11 2018, 17:14

Alexandre Vieira escreveu:
"ponto de escuta" é para evitar inglesismos excessivos.

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
nbaptista
Membro AAP


Mensagens : 480
Data de inscrição : 31/03/2015

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Qui Ago 09 2018, 14:22

Pois é, estou a usar o Qed Performance Audio 2 no gira-discos, mais barato que o Audioquest Coral, mas para mim superior!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Soares
Membro AAP
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 26/08/2018
Idade : 98
Localização : Aqui

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Ago 27 2018, 19:25

JPEREIRA escreveu:
Olá

Agora voltando aos cabos novamente, porque para discutir preferencias discografia existe um tópico aberto
Se algumas pessoas não reconhecem diferenças nos cabos e nas  diferenças que fazem nos sistemas  áudio, a mim parece-me têm razão.
Agora eu também acho que fazem diferença, e muita, e estou no lote de pessoas que ouvem as diferenças e também têm razão.
é livre a escolha de cada um, comprar aquilo que acha apropriado, barato, caro,dado ,oferecido, achado, o que for é a liberdade da pessoa.
Se existe tanto condutor,diversos materiais ,tecnologias de fabrico,será para não fazer diferença nenhuma?
Por que será que a rede eléctrica tem tanta importância no desempenho dum sistema áudio?
Que haja um aproveitamento das marcas e proliferem preços exorbitantes, eu também concordo, mas que não façam diferença, por favor
Eu pessoalmente  com 3 sistemas, os cabos de coluna são todos de marcas diferentes, cada modelo e marca para seu sistema ,e não posso trocar senão o som fica uma mer......
Até o cabo de corrente é diferente para alguns aparelhos.
Estou cheio de placebo

Inté

Vou-me meter na conversa. Não há um único cabo no mundo que "mude o som" de uma fonte, de um pre, de um amp, ou, dumas colunas.

Para conseguir alterar a resposta do RIAA, do pre, da fonte, do amplificador, e/ou das colunas, terão mesmo que abrir a peça de hardware cujo "som" querem alterar e, alterar componentes ou o proprio circuito da referida peça. Em relação as colunas poderão mudar o cross, os drivers e a caixa. Caso contrário, os diversos aparelhos e ou colunas, irão sempre manter a mesma resposta ou especificações. Nada vai alterar os componentes em si, pelo facto de la ligarem o cabo x ou y.

O que os cabos fazem, é exactamente o contrário daquilo que as pessoas pensam que eles fazem. As pessoas sem perceberem estão a usar os cabos como filtros (imaginem um equalizador de som). Os cabos não melhoram o som, o que os cabos fazem, alguns mais do que outros, é de alguma forma interferir com o sinal que por la passa. Ou por outras palavras, os cabos estragam o sinal (o "som"), uns mais do que outros.

As pessoas podem alterar a resposta dum sistema de som com diferentes cabos, mas não vão alterar a resposta das colunas, nem do amplificador, da fonte ou coisa que o valha.

Vocês podem dizer, "Ahh! mas isso é a mesma coisa"

Mas o facto é que não é a mesma coisa. O truque é conseguir o cabo mais "transparente" à passagem do sinal. E para isso nem sempre é necessário ir para cabos estupidamente caros. Contudo cabos baratos com boa apresentação podem também não ser a solução mais indicada (estou-me a referir a pelo menos uma marca mencionada no tópico).

Por isso quando me falam de cabos eu concordo que muitos conseguem alterar a resposta de um sistema (não de um componente), mas não porque estão a melhorar o som do amplificador ou as colunas etc. Eles fazem-no porque estão a fazer exactamente o contrário.
Voltar ao Topo Ir em baixo
takeooff
Membro AAP
avatar

Mensagens : 745
Data de inscrição : 09/11/2016
Idade : 47
Localização : Cascais

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Ago 27 2018, 20:06

E eu afinal que ando há tantos anos a ouvir som estragado e não sabia Rolling Eyes

Bom, pelo menos não tem feito mal.

A mal disposição começa mesmo quando tento ouvir tudo dentro do prazo Embarassed

É que às vezes abuso...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Soares
Membro AAP
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 26/08/2018
Idade : 98
Localização : Aqui

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Seg Ago 27 2018, 20:11

takeooff escreveu:
E eu afinal que ando há tantos anos a ouvir som estragado e não sabia Rolling Eyes

Bom, pelo menos não tem feito mal.

A mal disposição começa mesmo quando tento ouvir tudo dentro do prazo Embarassed

É que às vezes abuso...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4610
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Ter Ago 28 2018, 11:54

takeooff escreveu:
E eu afinal que ando há tantos anos a ouvir som estragado e não sabia Rolling Eyes
A mal disposição começa mesmo quando tento ouvir tudo dentro do prazo Embarassed

Não dês ideias! Qualquer dia, à semelhança das mangueiras para gás, os fabricantes de cabos colocam uma nota referente ao prazo de validade. Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
takeooff
Membro AAP
avatar

Mensagens : 745
Data de inscrição : 09/11/2016
Idade : 47
Localização : Cascais

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Ter Ago 28 2018, 14:01

Ghost4u escreveu:


Não dês ideias! Qualquer dia, à semelhança das mangueiras para gás, os fabricantes de cabos colocam uma nota referente ao prazo de validade. Smile

Isso era capaz de ser boa ideia, aproveitava para comprar baratuxo quando o prazo estivesse a acabar, e depois usava-os quando estivessem a apodrecer que é como gosto deles What a Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
Único
Membro AAP


Mensagens : 54
Data de inscrição : 26/08/2018

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Set 01 2018, 19:44

ricardo onga-ku escreveu:
nbaptista escreveu:
Hallscool escreveu:
Não notei diferença nenhuma com a troca de cabos interconnect.  
Se a fonte fôr boa, notam-se diferenças, como eu notei. Mas aí está, depende da qualidade da fonte.Os cabos por si não fazem milagres.

A fonte, a amplificação e as colunas.

Desculpem lá intervir aqui a cair do céu...

As ditas "melhorias" em cablagem funcionam... Mas só se começa a notar seriamente e que o justifique, isso em equipamentos de gamas menos "consumer" e mais high tec ou pelo menos no caminho do high end... Atenção que conjugar a cablagem com o sistema que se tem em casa é quase em si mesmo uma ciência...

Há carradas de coisas a dizer sobre isto... Digamos que com pouco investimento e mesmo recorrendo ao mercado de usados, a cablagem solid core ou de cobre prateado, tem normalmente maiores níveis de "energia" e dinâmica... Claro que o tipo de cobre importa e do OFC ao LC-OFC e por aí acima há todo um leque de texturas e preços... Mas a ciência está no equilíbrio sonoro de acordo com as preferências de cada um...

Por exemplo, na cablagem de colunas, umas tipo Celestion DL8 / 12 ou da gama SL foram das primeiras a usar um tweeter metálico e soam algo agrestes (brilhantes) face a propostas de tecido ou não metálicas... Conjugar isso com cablagem de "prata" é uma calinada. Aqui só se deveria usar cobre puro, incluindo na substituição e upgrade da cablagem interna.  

Mas isto não é genérico. Já umas Monitor Audio 3, 1ª versão (suspensão acústica) da antiga série Gold (tweeter metálico dourado) gostam de cobre e prata pois o som "original" é algo velado... Intervir igualmente nos interiores dessa forma é uma benesse... Mas não é necessário gastar rios de massa... No lugar dos ainda hoje referenciados DPA / Deltec Black Sixteen (multiple solid core), uns baratíssimos EAGLE Silver Line (4 mm) de gama profissional (multifilar) funcionam muito bem para colunas de média ou baixa gama... Uns vulgaríssimos shunts da QED XT-400 (cobre prateado) ajudam imenso ao resultado final, substituindo as placas metálicas manhosas de origem (bronze?)...

Falar disto a seco sem explicar as variáveis que dão origem a estas afirmações é lixado, pois fica sempre campo para criticas e contestações. basicamente tudo gira em torno da relação qualidade-preço e com o nível dos equipamentos. De que serve gastar por exemplo o valor do equipamento todo nuns cabos interconnect se isso não representa uma melhoria audível mas sente-se e bem na carteira???? A tal ciência é saber quanto gastar sem estragar o investimento e tendo em vista o resultado obtido... E isso está ao alcance de muito pouca, honesta e experimentada gente...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2050
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Set 01 2018, 20:02

Tem-se falado aqui muito de cabos.

Um erro grave e muito frequente: retirar os cabos do gira discos e instalar umas RCA todas pipis e passar a utilizar uns cabos interconector todos pipis sem verificar se a impedância é igual à original.

Acontece frequentemente.

Altera mesmo o som (para pior) lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
takeooff
Membro AAP
avatar

Mensagens : 745
Data de inscrição : 09/11/2016
Idade : 47
Localização : Cascais

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Set 01 2018, 20:05

Mário Franco escreveu:
Tem-se falado aqui muito de cabos.

Um erro grave e muito frequente: retirar os cabos do gira discos e instalar umas RCA todas pipis e passar a utilizar uns cabos interconector todos pipis sem verificar se a impedância é igual à original.

Acontece frequentemente.

Altera mesmo o som (para pior) lol!

Ora aí está uma coisa que nunca me tinha lembrado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Único
Membro AAP


Mensagens : 54
Data de inscrição : 26/08/2018

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Set 01 2018, 21:22

takeooff escreveu:
Mário Franco escreveu:
Tem-se falado aqui muito de cabos.

Um erro grave e muito frequente: retirar os cabos do gira discos e instalar umas RCA todas pipis e passar a utilizar uns cabos interconector todos pipis sem verificar se a impedância é igual à original.

Acontece frequentemente.

Altera mesmo o som (para pior) lol!

Ora aí está uma coisa que nunca me tinha lembrado.

Ora boas caro Mário Franco,

Pois, sucede... Eu por acaso tive de mudar os RCAś do meu Rega Planar 3. Os de origem enferrujaram literalmente. Usei um par de Straightwire macho (encontrar RCA's de pequena dimensão e reduzido diâmetro de cabo admissível é obra!) e aquilo funciona bem. Mas o cabo é o mesmo, se me faço entender...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Único
Membro AAP


Mensagens : 54
Data de inscrição : 26/08/2018

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Sab Set 01 2018, 21:37

Rui Soares escreveu:
JPEREIRA escreveu:
Olá

Agora voltando aos cabos novamente, porque para discutir preferencias discografia existe um tópico aberto
Se algumas pessoas não reconhecem diferenças nos cabos e nas  diferenças que fazem nos sistemas  áudio, a mim parece-me têm razão.
Agora eu também acho que fazem diferença, e muita, e estou no lote de pessoas que ouvem as diferenças e também têm razão.
é livre a escolha de cada um, comprar aquilo que acha apropriado, barato, caro,dado ,oferecido, achado, o que for é a liberdade da pessoa.
Se existe tanto condutor,diversos materiais ,tecnologias de fabrico,será para não fazer diferença nenhuma?
Por que será que a rede eléctrica tem tanta importância no desempenho dum sistema áudio?
Que haja um aproveitamento das marcas e proliferem preços exorbitantes, eu também concordo, mas que não façam diferença, por favor
Eu pessoalmente  com 3 sistemas, os cabos de coluna são todos de marcas diferentes, cada modelo e marca para seu sistema ,e não posso trocar senão o som fica uma mer......
Até o cabo de corrente é diferente para alguns aparelhos.
Estou cheio de placebo

Inté


Vou-me meter na conversa. Não há um único cabo no mundo que "mude o som" de uma fonte, de um pre, de um amp, ou, dumas colunas.

Para conseguir alterar a resposta do RIAA, do pre, da fonte, do amplificador, e/ou das colunas, terão mesmo que abrir a peça de hardware cujo "som" querem alterar e, alterar componentes ou o proprio circuito da referida peça. Em relação as colunas poderão mudar o cross, os drivers e a caixa. Caso contrário, os diversos aparelhos e ou colunas, irão sempre manter a mesma resposta ou especificações. Nada vai alterar os componentes em si, pelo facto de la ligarem o cabo x ou y.

O que os cabos fazem, é exactamente o contrário daquilo que as pessoas pensam que eles fazem. As pessoas sem perceberem estão a usar os cabos como filtros (imaginem um equalizador de som). Os cabos não melhoram o som, o que os cabos fazem, alguns mais do que outros, é de alguma forma interferir com o sinal que por la passa. Ou por outras palavras, os cabos estragam o sinal (o "som"), uns mais do que outros.

As pessoas podem alterar a resposta dum sistema de som com diferentes cabos, mas não vão alterar a resposta das colunas, nem do amplificador, da fonte ou coisa que o valha.

Vocês podem dizer, "Ahh! mas isso é a mesma coisa"

Mas o facto é que não é a mesma coisa. O truque é conseguir o cabo mais "transparente" à passagem do sinal. E para isso nem sempre é necessário ir para cabos estupidamente caros. Contudo cabos baratos com boa apresentação podem também não ser a solução mais indicada (estou-me a referir a pelo menos uma marca mencionada no tópico).

Por isso quando me falam de cabos eu concordo que muitos conseguem alterar a resposta de um sistema (não de um componente), mas não porque estão a melhorar o som do amplificador ou as colunas etc. Eles fazem-no porque estão a fazer exactamente o contrário.


Não li o tópico todo... Mas apanhei esta sua boa intervenção, Rui Soares...

De facto, para complementar até o que já deixei escrito neste tópico, a cablagem apenas pode ajudar a não apenas "maior transparência", mas eventualmente em consequência disso, a melhorar a dinâmica global da reprodução e do PMC... Como Rocker, dou especial atenção à dinâmica e arejamento do som, já que tenho como referência os concertos ao vivo.

É óbvio que não muda o som de equipamento nenhum. No entanto "o som" também nunca é apenas da fonte ou das colunas ou do amplificador... É do TODO em presença, sala incluída e até da cablagem de sector da sala incluída.... E com a cablagem podemos melhorar a prestação do conjunto (o tal TODO) que nos proporciona aquele tipo de sonoridade acústica. Mas só "melhora" se de facto existir tecnologia para isso. Ou seja, se o hardware em presença é elaborado o suficiente para que tal situação possa ocorrer. Também, não digo que fio de candeeiro funcione sempre bem em sistemas baratuchos. Mas há que adequar o investimento em cablagem em relação com o investimento global, salvo em sistemas especiais e com características especiais onde usando determinado tipo de cabo ou de tecnologia de fabrico se sabe de antemão que irá melhorar aqueles aspectos referidos anteriormente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre Vieira
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4337
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 48
Localização : The Other Band

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Set 02 2018, 00:24

??????...


ε=εrε0 ; ε0 = 8,8542 10-12 [F/m]  Rolling Eyes
μ=μrμ0 ; μ0 = 4π10-7 [H/m]  What a Face

Pelo que: ν=1= c =c εμ εrμr n

Então temos que: VSWR = Vmax Vmin tendo em conta que: A velocidade de propagação de uma OEM num cabo condutor é inferior à velocidade da luz no vácuo e é relacionada com a sua permeabilidade magnética (μ) e com a constante dielétrica (ε) do isolante que separa os dois condutores. Estes dois parâmetros definem o índice de refração do meio de propagação, dado por :
n=c εμ= εrμr

Ahhhhhhh, depois de verificar estas formulas fiquei bem mais elucidado...

Se calhar os cabos de audio têm muito mais influência do que normalmente alguns lhe atribuem....

http://www.eletrica.ufpr.br/marlio/mestrado/aulas/medidashf.pdf



Última edição por Alexandre Vieira em Dom Set 02 2018, 12:05, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
JPEREIRA
Membro AAP
avatar

Mensagens : 231
Data de inscrição : 13/07/2010

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Set 02 2018, 02:48

Boas

Agora é que a porca troce o rabo, depois de ler isto http://www.eletrica.ufpr.br/marlio/mestrado/aulas/medidashf.pdf .
Quero ver quem vai ter coragem de desmentir eheheheh
Á e tal não é bem assim.
E bem assim é ,fazem diferença sim, e muita, e em alguns casos uma mossa na carteira que até dói
Tenho mais de 30 cabos em casa, e alguns deles já pensei em descarna-los para vender o cobre
Outros, não prescindo deles por nada, não vendo ,não troco,não ofereço, nada, é só usar
Tivesse eu carregado de guito e até tinha que usar óculos escuros para não ficar encandeado como brilho dos cromados e brilhantinas dos cabos GROSSOS e com umas caixas metidas pelo meio para aprisionar as interferências espúrias da corrente eléctrica.
É tudo uma questão de bom senso, nem um Ferrari com pneus de um Fiat, nem uns pneus de corrida num Mercedes 190 D

Amém
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rui Soares
Membro AAP
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 26/08/2018
Idade : 98
Localização : Aqui

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Set 02 2018, 03:51

JPEREIRA escreveu:
nem um Ferrari com pneus de um Fiat,

Amém

Tecnicamente falando a Ferrari é da Fabbrica Italiana Automobili Torino. A Fiat controla as seguintes marcas de automóveis:

Marcas europeias:

Abarth
Alfa Romeo
Ferrari
Fiat
Lancia
Maserati
Volvo
Buggati
Iveco

Marcas Americanas

Chrysler
Dodge
Jeep
Ra
Troller
Fyber

Os pneus do Ferrari são provavelmente a única coisa no carro que não é da Fiat.  

Já agora. Conhece o Fiat A12, Tem um motor de 21.7 Litros



A não esquecer o 20b rotary Fiat 124 Coupe. Aprecie o video de dentro do carro. Talvez a fiat não seja assim tão "fraquinha" que não possa ter pneus bonzinhos.





E claro. Este:



Por ultimo, a historia de como apareceu o 131 Abarth





Em relação aos cabos. Sim grande parte deles infelizmente afecta negativamente a passagem do sinal.


Última edição por Rui Soares em Dom Set 02 2018, 13:53, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
JPEREIRA
Membro AAP
avatar

Mensagens : 231
Data de inscrição : 13/07/2010

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Set 02 2018, 10:56

Olá, Bom Domingo

Com o devido respeito, isto parece conversa de advogados  
Prezado Rui Soares, depois disto tudo...

Em relação aos cabos. Sim grande parte deles infelizmente afecta a passagem do sinal. o que quer dizer , fazem diferença.

É só uma questão de interpretação

Amém
Voltar ao Topo Ir em baixo
fredy
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4452
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 56
Localização : Casal do Marco - Seixal

MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   Dom Set 02 2018, 11:43

Olá

Estou-me a divertir à brava a ler este tópico...  

O audio é tramado... o que uns adoram... outros detestam...

Fredie
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quem disse que os cabos não fazem diferença'   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quem disse que os cabos não fazem diferença'
Voltar ao Topo 
Página 2 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Pra quem curte Black Music , a voz desse caras são verdadeiros instrumentos !
» Cabos para baixo e para guitarra são iguais ?
» Você sabe quem é Romero Britto e qual a sua ligação com Michael Jackson?
» Cabos P10 - Quantos?
» Quem curtiu a época de ouro dos forrós de duplo sentido?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Cabos-
Ir para: