Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Patricia Barber (2/XII/2017)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3565
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Patricia Barber (2/XII/2017)   Qua Dez 06 2017, 23:13




6º - 18º



        Segundo dia de Dezembro. Vinte horas e quarenta e cinco minutos. 6º içados pela ausência de precipitação. Vento em marcha lenta a 10 km/hora. Passo pela Rua de Belém, pobre em iluminação e enfeites de Natal, que não emergem à vista. Dirijo-me para o Centro Cultural de Belém, na Praça do Império. No Grande Auditório, povoado com metade da lotação, Patricia Barber em formato trio, inicia a actuação às 21h05, com o clássico «In your own sweet way», de Dave Brubeck. À semelhança desse pianista, também ela envereda por súbitas mudanças de tempo contrárias à estética da matemática.


        Tentar efectuar prognose do que Patricia interpretará é malograr, visto ter habituado o público a diversificações constantes nas actuações, juntando alguns temas de sua autoria e outros de sua memória que tão bem sabe reanimá-los. Do reportório do pouco ortodoxo John Birks Gillespie (dito Dizzy Gillespie), surge com vigor no domínio harmónico e rítmico, «Groovin´ high», condimentado pelo ritmo solto resultante das prestações impregnantes de Patrick Mulcahy (contrabaixo) e Jon Deitmyer (bateria).


        Dos treze temas interpretados, no sétimo sentiu-se aquecimento na atmosfera, com o sereno «Pygmalion», do álbum «Mythologies» (2006), retribuído com efusivos aplausos. Gradualmente, a temperatura aumentava na noite de luar cilíndrico, gordo e cheio, não faltando «The Moon», tema que primeiramente surgiu no álbum «Verse» (2002). Em «Company», a pianista e compositora chicagoense cantava gesticulando e ao exercer pressão sobre as cordas do piano, obteve uma sonoridade como se fosse outro instrumento, fazendo lembrar uma guitarra eléctrica - instrumento, cuja falta foi notada na roupagem dada a «Light my fire» dos Doors, com o qual preencheu o encore - terminando a actuação, que sem ser fogosa, foi amena, rondando os 18º de temperatura.




Tiro ao boneco e blá-blá-blá com a antiga grafia: Ghost4u
Voltar ao Topo Ir em baixo
José Miguel
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4306
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 36
Localização : A Norte, ainda a Norte...

MensagemAssunto: Re: Patricia Barber (2/XII/2017)   Qua Dez 06 2017, 23:52

Agora que tenho os pés em "continente" firme, ir a um bom concerto já está na agenda. O próximo será já no Sábado, Mão Morta... creio não vir a ser capaz de o retratar como aqui vejo retratado o de Patricia Barber.

O belo relato e retratos merecem , é assim que se aguça a curiosidade alheia! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferpina
Membro AAP
avatar

Mensagens : 9905
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 62
Localização : Assado - Perú

MensagemAssunto: Re: Patricia Barber (2/XII/2017)   Qui Dez 07 2017, 00:23

Boa reportagem escrita e fotográfica, não fosse o habitual do "prezado" Ghost4u, e então com máquina nova...

Quase que percebo o titulo... a senhora não retirou o cachecol scratch

_________________
Cumprimentos, Fernando Pina
Voltar ao Topo Ir em baixo
vlopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2965
Data de inscrição : 03/07/2010
Localização : Azeitão

MensagemAssunto: Re: Patricia Barber (2/XII/2017)   Qui Dez 07 2017, 18:35

Ghost4u escreveu:



6º - 18º



        Segundo dia de Dezembro. Vinte horas e quarenta e cinco minutos. 6º içados pela ausência de precipitação. Vento em marcha lenta a 10 km/hora. Passo pela Rua de Belém, pobre em iluminação e enfeites de Natal, que não emergem à vista. Dirijo-me para o Centro Cultural de Belém, na Praça do Império. No Grande Auditório, povoado com metade da lotação, Patricia Barber em formato trio, inicia a actuação às 21h05, com o clássico «In your own sweet way», de Dave Brubeck. À semelhança desse pianista, também ela envereda por súbitas mudanças de tempo contrárias à estética da matemática.


        Tentar efectuar prognose do que Patricia interpretará é malograr, visto ter habituado o público a diversificações constantes nas actuações, juntando alguns temas de sua autoria e outros de sua memória que tão bem sabe reanimá-los. Do reportório do pouco ortodoxo John Birks Gillespie (dito Dizzy Gillespie), surge com vigor no domínio harmónico e rítmico, «Groovin´ high», condimentado pelo ritmo solto resultante das prestações impregnantes de Patrick Mulcahy (contrabaixo) e Jon Deitmyer (bateria).


        Dos treze temas interpretados, no sétimo sentiu-se aquecimento na atmosfera, com o sereno «Pygmalion», do álbum «Mythologies» (2006), retribuído com efusivos aplausos. Gradualmente, a temperatura aumentava na noite de luar cilíndrico, gordo e cheio, não faltando «The Moon», tema que primeiramente surgiu no álbum «Verse» (2002). Em «Company», a pianista e compositora chicagoense cantava gesticulando e ao exercer pressão sobre as cordas do piano, obteve uma sonoridade como se fosse outro instrumento, fazendo lembrar uma guitarra eléctrica - instrumento, cuja falta foi notada na roupagem dada a «Light my fire» dos Doors, com o qual preencheu o encore - terminando a actuação, que sem ser fogosa, foi amena, rondando os 18º de temperatura.




Tiro ao boneco e blá-blá-blá com a antiga grafia: Ghost4u

Nice review!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Patricia Barber (2/XII/2017)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Patricia Barber (2/XII/2017)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Patricia Barber
» The Who confirma 4 shows no Brasil em 2017
» 2016 - Balanço Musical do Ano (e expectativas para 2017)
» Shows e Eventos
» Marli no privê 89!!!!!!!Isso mesma a diva baiana que a patricia k. mostrou!!!(Olhem no topico de variados!!)Tri-shot

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Eventos * Reportagens * Recortes de Imprensa-
Ir para: