Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 High-Ai Low-End

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
ricardo onga-ku
Membro AAP


Mensagens : 5198
Data de inscrição : 02/01/2012

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 23 2018, 10:34

TD124 escreveu:
analog_sa escreveu:
(...) The Serbian amp certainly looks like an enthusiastic product. The wacky cap with the grounded case just rocks. The threaded shaft extension for the pot too. The price appears almost  impossibly low ...

Goansipife escreveu:
(...) Custa cerca de 300 €, portanto cerca de 333 vezes menos que o Ongaku, e do pouco que ouvi, não toca menos 333 vezes que o Ongaku. Pode ser um amplificador para a vida? Sim, pode! Nem que seja num segundo sistema para um espaço, relativamente pequeno. ...

I completely agree with analog_sa!... the grounded cap case are esoteric and somewhat aristocratic and at the opposite the knob rod extension is completely punk ... so its tasteful and it rock's really!!! Definetely i'll give him a serious listening since possible and i find the price very low ... even for a serbian product!...

Eu não gosto das comparações entre os Dacia e os Bentley, simplesmente porque não existe linearidade entre os preços e os resultados (medida ou escuta), da mesma maneira que um Bentley não é 20 vezes mais rapido do que um Dacia ... mas o Gonçalo toca numa ferida que é assência deste topico e que é de compreender a relação entre o preço e a qualidade da escuta. Vou deixar um exemplo que me pareçe "muito demonstrativo" deste problema:


Nesta imagem véem um amplificador monolitico LM1875 (amplificador integrado) que permite de fazer um amplificador de 25watts assim que os componentes necessarios. Estes amplificadores (gainclones) possuém uma excelente reputação sonora e são culto tanto dos amadores de DIY que de algumas empresas artesanais. Evidentemente, todos os amplificadores feitos com este componente téem uma potência equivalente e medidas muito proximas. Actualmente e no meu conhecimento, os amplificadores feitos com este componente oscilam entre menos de 100€ para um chinês e 3500€ para um sueco ... com todos os preços intermediàrios para os feitos na holanda, frança, itàlia, coreia, japão e etc...

Isto indica uma diferença de 35x entre aparelhos que téem (mais ou menos) o mesmo n° de peças, medidas "quase" idênticas a mesma potência ... e sobretudo o mesmo circuito de amplificação. Uns téem melhores componentes passivos do que os outros ... mas nenhum possui componentes 10 vezes mais caros do que os outros, então 35x ainda menos. Mas em contrapartida eles soam todos diferente e a escuta vai do bom até ao excelente...

Serà que a diferença entre o bom e o excelente vale 35 vezes, ora que o preço de fabrico é +/- o mesmo (china fora) ???

E serà que se substituir-mos os componentes do amplificador chinês por melhores o que o leva a custar 160€, o resultado não se torna muito proximo dos que custam 5x, 10x, 15x! o preço ???... ficam estas perguntas, e certamente uma outra visão da relação qualidade preço e ao mesmo tempo da relação escuta/preço !!!

Penso com este exemplo estar verdadeiramente no coração do topico cheers

Há uns anos mordi o isco e comprei um sistema do Kimura com fonte digital; foi o conjunto mais bonito que tive até hoje mas o desempenho está longe de se poder considerar alta fidelidade. Tratava-se da série que é compõe a gama média do fabricante mas mesmo os topos de gama deixam muito a desejar:

https://www.stereophile.com/content/47-laboratory-4706-gaincard-power-amplifier-measurements

Aparentement o Kimura não se opôs a clonagem e no DIYAudio apareceram aos milhares, tanto dos amplificadores como do transporte de gama média.
Não deixa de ser irónico o facto de o transporte utilizar a simplória mecânica laser de um tijolo, o JVC RC-EZ31, cujo sucesso de vendas deve ter surpreendido o fabricante:



Na minha opinião o sucesso do Gainclone e do Shigaclone deveu-se sobretudo ao custo e facilidade de excução. Infelizmente muitos DIY'ers não conseguem distanciar-se emocionalmente o suficiente das suas obras para conseguirem efectuar uma análise imparcial ao desempenho.

Voltando ao Kimura, os equipamentos que me passaram pelas mãos apresentavam deficiências de funcionamente, na minha opinião devido aos componentes utilizados serem de má qualidade e a mão de obra deixar muito a desejar.
O interruptor de alternância(?) que ligava o amplificador nem sempre fazia bom contacto, o potenciómetro deslizante era ruidoso, o transporte não lia a Table Of Contents automaticamente o que obrigava a pressionar um botão e se a pressão não fosse de exactamente 2 segundos se bem me lembro a leitura dava erro, o LCD era minúsculo e de contraste insuficiente...

O interior impecável de um amplificador chip-amp igual ao que tive:


-

Talvez fosse interessante iniciar um tópico sobre os mitos do Audio; eu caí na esparrela algumas vezes, nomeadamente com as colunas monovia, amplificação Class T ou o DAC NOS para reproduzir CD/Redbook...vivendo e aprendendo.

A solução passa por ignorar as reviews, e esquecer que a 6Loons existe. Os tipos são mesmo doidos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 23 2018, 11:23

ricardo onga-ku escreveu:
(...) Aparentement o Kimura não se opôs a clonagem e no DIYAudio apareceram aos milhares, tanto dos amplificadores como do transporte de gama média. ...

Legalmente ele não pode se opôr ... pois o seu aparelho é a aplicação do datasheet do constructor e não possui nenhum elemento original ou submetido à proteção intelectual http://www.ti.com/lit/ds/symlink/lm1875.pdf

(...) Na minha opinião o sucesso do Gainclone e do Shigaclone deveu-se sobretudo ao custo e facilidade de excução.

Não estou de acordo. Actualmente estou a ouvir um que fiz hà 15 anos quando o chip era ainda fabricado pela LT e não pela Texas. È possivel fazer melhor evidentemente, mas custa muito(issimo) mais caro. E assim de base, jà é um amplificador muito honesto e extremamente transparente ... casado com as colunas adaptadas !!!

Infelizmente muitos DIY'ers não conseguem distanciar-se emocionalmente o suficiente das suas obras para conseguirem efectuar uma análise imparcial ao desempenho. ...

Existem mesmo profissionais que são incapazes disso ... então, porquê criticar os amadores !!!

(...) Talvez fosse interessante iniciar um tópico sobre os mitos do Audio; eu caí na esparrela algumas vezes, ...vivendo e aprendendo. ...

Poderia ser interessante sém duvida ... mas, altamente arriscado, pois a diferença entre um aparelho interessante e um sem interesse, às vezes é muito ténue. Desmontar os mitos é mais complicado do que crià-los !!!

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 23 2018, 13:21

Prosseguindo a dica do Gonçalo com o amplificador sérvio pensei neste FX Audio. Jà faz quase dois anos que este aparelho é altamente badalado nos forums e nos meios "underground" franceses:

O cumulo é que no ano passado um forumista que possui um site sobre a fabricação e o càlculo das colunas e que é reputado muito purista ... fez-lhe um enorme elogio considerando-o melhor do que as suas eléctronicas no seio do seu sistema principal http://smf.petoindominique.fr/index.php?topic=3556.0

Quase a integralidade das pessoas que o compraram ou experimentaram nos seus sistemas derretem-se em elogios ... e se tal é o caso pois nunca escutei, por 100€ e com o Dac integrado trata-se de natal antes da hora santa

Como não hà fumo sém fogo, mesmo se às vezes hà mais fumo do que fogo ... fica aqui a dica!!! cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
TS1lva
Membro AAP


Mensagens : 107
Data de inscrição : 19/09/2017

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 23 2018, 14:02

TD124 escreveu:
Prosseguindo a dica do Gonçalo com o amplificador sérvio pensei neste FX Audio. Jà faz quase dois anos que este aparelho é altamente badalado nos forums e nos meios "underground" franceses:

O cumulo é que no ano passado um forumista que possui um site sobre a fabricação e o càlculo das colunas e que é reputado muito purista ... fez-lhe um enorme elogio considerando-o melhor do que as suas eléctronicas no seio do seu sistema principal http://smf.petoindominique.fr/index.php?topic=3556.0

Quase a integralidade das pessoas que o compraram ou experimentaram nos seus sistemas derretem-se em elogios ... e se tal é o caso pois nunca escutei, por 100€ e com o Dac integrado trata-se de natal antes da hora santa

Como não hà fumo sém fogo, mesmo se às vezes hà mais fumo do que fogo ... fica aqui a dica!!! cheers

Já tive um, e não gostei nada...

É um class D, com todas as vantagens daí inerentes, boa eficiência elétrica face aos class AB, não aquecem quase nada, e tudo mais...
Mas como todo o class D, necessitam de filtragem à saída, o que fazem deles amplificadores pouco planos, ou com reposta de frequência muito má.
O mais engraçado, é como os fabricantes destes chips atribuem os valores máximos de potência, sempre com 10% de distorção.

Prefiro antes o tal LM1875 como já foi aqui referido, ou melhor ainda o LM3886.

Basta pesquisarem por LM3886 Gainclone, não faltam por aí projetos DIY...
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5198
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 23 2018, 14:44

Há anos que não visitava o site do Petoin...

Está lá o artigo com a modificação do CD723

http://petoindominique.fr/php/cd723.php
Voltar ao Topo Ir em baixo
ricardo onga-ku
Membro AAP
avatar

Mensagens : 5198
Data de inscrição : 02/01/2012
Localização : Terra d'Anglos...e Saxões

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 23 2018, 14:49

TS1lva escreveu:
Prefiro antes o tal LM1875 como já foi aqui referido, ou melhor ainda o LM3886.

Basta pesquisarem por LM3886 Gainclone, não faltam por aí projetos DIY...

O Shigaraki que eu tive usava o LM1875:

Voltar ao Topo Ir em baixo
TS1lva
Membro AAP


Mensagens : 107
Data de inscrição : 19/09/2017

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 23 2018, 15:54

TD124 escreveu:
Talvez fosse interessante iniciar um tópico sobre os mitos do Audio; eu caí na esparrela algumas vezes, nomeadamente com as colunas monovia, amplificação Class T ou o DAC NOS para reproduzir CD/Redbook...vivendo e aprendendo.

Lá está, mais uma manobra de marketing dos fabricantes...
O class T no fundo não deixa de ser um class D, só que é uma marca registada da "Tripath" (fabricante de chips) e foi uma formas de se destacar dos outros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Seg Mar 26 2018, 10:07

The Henry Audio DAC (first proposed by TD124) ist a very good sounding, affordable and simple to use USB DAC. In it's last incarnation MKIII it's a fully European product, developed in Norway and assembled in Germany.

Maybe the only digital source you need, until you want even more...which is possible...

Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Seg Mar 26 2018, 16:03

mannitheear escreveu:
(...) Maybe the only digital source you need, until you want even more...which is possible...


That's an excellent advice and i completely agree with

cheers


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
analog_sa
Membro AAP
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 04/05/2017
Localização : Cascais

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Seg Mar 26 2018, 19:25

Gents, many thanks for this pointer. The documentation is a gold mine. Wow!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2558
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 10:27

Aproveitando o tópico e na sequência do post do Mário Franco http://www.audioanalogicodeportugal.net/t10467-a-idade-e-um-posto#295712, no tópico do Rui Ribeiro (Ruife) "A idade é um posto" e ainda, após reler a excelente reportagem que o José Vítor Henriques fez sobre o PortugÁudio 2016, lembrei-me que ainda ninguém, principalmente dos digníssimos possuidores de equipamento JP - Viriatus e/ou Brutus - veio aqui postar, de sua justiça, os seus reais "sentimentos" e (con)vivências com estes equipamentos, merecedores de elevado enquadramento nesta magnífica categoria de "High-Ai Low-End"

Estou em crer que Viriatus e Brutus, ou outros equipamentos de construtores portugueses (João da Bernarda, Rui Pinho, Nuno Lopes, Paulo Marcelo, etc., etc.), têm absoluto cabimento de apresentação e "discussão" neste tópico, porquanto penso, não estarem na esfera mercantilista do "toma lá fruta €€€€".

São equipamentos feitos com toda a generosidade de quem os constrói, toda a paixão por este hobby, e todo um longo caminho de experiências e tentativas / erro, com resultados finais não menos merecedores de elevados encómios, comparativamente com outras construções mais industrializadas, quer em grande escala quer em escala de garagem, ou vão de escada, como muitos dos reconhecidos High-End, por esse mundo fora.

Não sei, nunca estive interessado em saber, quanto custa um Viriatus, ou Brutos. Se soube alguma vez quanto é que um destes equipamentos custou ao seu dono, já me esqueci! Mas tenho ideia de estarem longe dos preços gritantes desses outros concorrentes, por vezes com mais badalação do que proveito.





Para além de tudo já dito, aqui, sobre estes equipamentos, lamento só a minha relação com material valvulado ser de "Paixão Doentia", na verdadeira acepção da palavra "Doentia", isto porque:

1- Já, por três ocasiões, tentei ser possuidor de amplificação a válvulas e, por outras tantas, tive de desistir, com muita pena e mágoa, pois faço parte daquele grupo de crentes da inegualável magia das válvulas na reprodução musical;

2- São raras as vezes que, após ter feito uma audição, mais ou menos, prolongada com amplificação a válvulas, eu não acabe a dita com uma terrível dor de cabeça. Não sei explicar o porquê da coisa, mas que sucede, lá isso sucede! Todavia, é interessante ter ideia, das vezes que ouvi o Viriatus ou outros projectos do Joaquim, estes sintomas não me ocorreram  

Julgo já ter ouvido estes dois exemplares, representantes de um justo culto, no AAP, para ter uma opinião formada sobre eles. No entanto, não venho para aqui tecer loas, quando existe tanta gente que, melhor, muito melhor, sabe e conhece os ditos e com eles convive diariamente.

Portanto, vá lá malta, venham aqui dizer de V/ Mui Digníssima Justiça.

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 11:41

Dear Goansipife,

as a lucky and proud owner of gear made by Joaquim Pinto and Paulo Marcelo for years now I can confirm that every single device is outstanding.
At least my wish for an upgrade or "better" equipment in the respective gear categorie has gone to zero.

I wrote much about Brutus (MM and MC version!) phono pre, Anti-Lenco turntable and enFase headphone amp in other topics, they can easily be found in this and other forums. And I stand up for every word I wrote, even years later.

All of these devices have one thing in common: you won't find any "sound" in them. Instead, they are masterly made with great craftmanship, attention to detail, outstanding technical knowledge and all the human sensitivity that is needed to achieve the best and most honest possible reproduction of recorded music. This is very very rare, at least I searched for 35 years and found it only here, after all.

But why no posts in this topic? I can only speak for me. Indeed I considered that a few times but hesitated for one reason: each of these devices is worth easily a multiple of the actual price for a music lover, but none of them is exactly cheap.

If someone is looking for a budget system, it is unlikely that she/he wants to spent several hundred € for a phono preamp or a headphone amp. Considered realisitically, the target group rather asks: "What the hell this is that?" and "Do I really need that?"

Hugs
M
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 12:00

Goansipife escreveu:
(...) São equipamentos feitos com toda a generosidade de quem os constrói, toda a paixão por este hobby, e todo um longo caminho de experiências e tentativas / erro, com resultados finais não menos merecedores de elevados encómios, comparativamente com outras construções mais industrializadas, quer em grande escala quer em escala de garagem, ou vão de escada, como muitos dos reconhecidos High-End, por esse mundo fora.

... Mas tenho ideia de estarem longe dos preços gritantes desses outros concorrentes, por vezes com mais badalação do que proveito.
(...)

Pareçe-me complicado de determinar até que nivel de preço podemos falar de Low/High, tanto o mercado hoje està desvairado e um par de colunas novas de grande qualidade pode ir de 1000€ (às vezes menos) até 100000€ (às vezes mais) affraid  ... mas talvez seja a adequação entre a qualidade dos produtos e o preço que dê o justo diapasão de comparação. Eu venho de ver o preço actual do teu gira bolachas do William H. Firebaugh aqui em frança e oscila consoante o modelo entre 3500 e 5000€. Este preço não posiciona essa màquina no campo do Low end ... mas a ultima vez que ouvi esse gira ele tinha ao lado um colega de uma outra marca que custava o triplo, e que deu três vezes menos de musica, então comparativamente o teu tornou-se muito barato !!!

Digo isto, porque acho muito bem que recordes que existém produtos que sém serem do preço do chinês, na realidade são pechinchas quando comparados a outros mais, ou muito mais caros. Ao mesmo tempo num mundo "globalisado" é importante de recordar que às vezes temos à porta coisas melhores e mais baratas do que as que são feitas noutros sitios. E em ultimo, é importante de recordar que em Portugal hà pessoas que fazem coisas muito boas, e que a melhor recompensa que se pode dar ao trabalho deles é comprar ... que seja no audio, no vinho ou em qualquer outro dominio. Eu nunca escutei o material das pessoas que citaste, mas se vàrios companheiros aqui no forum as possuém não creio que seja por mimetismo mas por alteridade ... e não hà fumo sém fogo!

Quanto hà tua doença com as vàlvulas ... eu também tenho a(s) minha(s) com os transistores/vinyl, mas ando a me tratar e não perdi a esperança de me curar  Wink

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2558
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 13:46

Dear Mannitheear,

I do really think you're right to all you wrote. It's absoluty what I think about!
But for this topic the price tag doesn't really matter. What's important is the propely relationship between cost - pleasure - quality at an afordable price, considering our capacity to get it close there

Hugs
Gonçalo.

Caro Paulo,

Na realidade é terrível determinar se um produto áudio é High ou Low-end, unicamente pelo factor preço. Pese embora muita gente que constrói, julgando que tem, forçosamente, integrar o o seu produto resultante na categoria do High-end, estique o preço e, depois, ainda vá encontrar mais encargos com todo o marketing envolvente.

Também considero verdadeiro que o meu WT é um equipamento longe de ser barato, mas como dizes, comparativamente com outros pode revelar-se como uma autêntica pechincha, ou pelo menos, como algo que não necessita de se gastar mias, para se ter o mesmo resultado, em termos de qualidade percepcionado e prazer auditivo. Este sentido, é sempre a minha pedra-toque. Usar sempre o factor "CPM" - Conta, Peso e Medida.

Tenho muito orgulho em ser português e como tal estou sempre disponível para encontrar coisas "Made in Portugal" e elogiá-las como quaisquer outras de outras origem e que reputo da maior qualidade.

Também ando a ver se me curo. Ainda a semana passada ouvi um sistema a funcionar muito bem, de um amigo e agora vizinho, com amplificação VTL idêntica a uma que tive, mas estava a ver que não chegava a casa.

Abraço
Gonçalo
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 14:32

Goansipife escreveu:
(...) Também considero verdadeiro que o meu WT é um equipamento longe de ser barato, mas como dizes, comparativamente com outros pode revelar-se como uma autêntica pechincha, ou pelo menos, como algo que não necessita de se gastar mias, para se ter o mesmo resultado, em termos de qualidade percepcionado e prazer auditivo. Este sentido, é sempre a minha pedra-toque. Usar sempre o factor "CPM" - Conta, Peso e Medida. ...

Eu fiz de proposito de não citar qual era o outro gira pois não gosto de o fazer "publicamente" e por vàrias razões ... mas é verdade que é dificil de falar de melhor/pior quando não ce cita os elementos, assim que as razões da analise. Vou então dar um exemplo ligado ao vinho, que considero muito adequado com o audio em comparação, para mostrar até que ponto o que é abordado neste topico é complexo ... e de uma certa maneira fundamental!

Hà um mês e meio com dois amigos fomos ver um amigo que agora vive longe na Côte d'Azur. È um grande conheçedor de vinhos e um perfeito hedonista. Levei comigo duas garrafas do Dão para o fazer descobrir. Quando abrimos a primeira garrafa (+/-20€), o rapaz até dava pulos (nòs todos bounce ) e ele disse-me sém rodeios que nesse preço, nenhuma garrafa de vinho francesa lhe chegava aos calcanhares. Depois abri a segunda garrafa (+/-60€) que tinha comprado no porto e do mesmo productor, e a reação foi muito mais contida. Reconheçeu que era um grande vinho mas disse-nos que nesses preços conhecia muito melhor. Abriu então uma garrafa de Côte Rotie que eu não conhecia e que custa mesmo um pouco menos. Era tão bom e profundo que o unico vinho português com o qual possa comparar é o Mouchão Tonel 3-4, que custa três vezes mais!!!

Então o vinho português a 20€ possuia uma relação preço fantàstica e o vinho françês a esse preço é caro ... mas na zona dos 60€, o vinho françês é superior e mais barato do que o português! Bem complicado tudo isto não é ??? confused

Abraço cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Goansipife
Membro AAP
avatar

Mensagens : 2558
Data de inscrição : 04/12/2011
Idade : 59
Localização : Freiria - Torres Vedras

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 15:27

E depois há o vinho e a vergonha Embarassed

Começo, desde já a pedir desculpa se, por acaso, aquilo que vou escrever agora, constituir constrangimento e/ou alguma palavra menos cordial a alguém.

Contudo, cá vai...

Imagine-se que quero convidar uns amigos para uma patuscada em minha casa. Faço com todo o cuidado, nervosismo e expectativa o melhor repasto que sei. Como, porventura, já o fiz com algum sucesso em outras ocasiões, por aqui estou mais, ou menos, descansado.

A acompanhar quero oferecer um bom vinho. Vinte "aérios" por um vinho, em Portugal, não é propriamente um vinho barato e, forçosamente, não deverá ser um mau vinho, pelo preço. Digamos que é um vinho que já começa a entrar no High-end dos vinhos (pelo menos muito no end do bolso). Mas, acabo de descobrir um vinho que muito me agrada, da Cooperativa de Vitivinícola da terra, que custa 3 € a garrafa.

Arrisco e acabo mesmo por oferecer este vinho ao pessoal. Por vergonha, ou outra razão qualquer de acanhamento pelo ridículo, ou menor dignidade, fecho-me em copas e não menciono o preço, tentando sempre disfarçar o preço, principalmente quando alguém, desconhecedor da proveniência do dito, elogia-o e rotula-o de muito bom.

Das duas, uma:

- Ou perco a timidez e a vergonha, confessando o preço. Com um discurso de reforço "autoritário" de grande descobridor de pechinchas. Tipo... "e só custa 3 €, é um achado";

- Ou faço aquele papelão de sim, mas também, sou um grande conhecedor de vinhos, capaz de surpreender os amigos com algo totalmente desconhecido para eles, só porque, em vinhos, sou o maior... e continuo a fechar-me em copas Cool Laughing

Caros amigos,

Esta tentativa de ficcionar as situações, com o mote do Paulo Marcelo, pretende tão só dizer que, inúmeras vezes, no áudio, passa-se a mesma coisa!

Quantas vezes não temos algum decoro, vergonha, timidez, em dizer que o nosso sistema não é composto por esta ou aquela marca do tão badalado High-end, mas sim de algo, como diz o Mannitheear, "magistralmente feito com grande habilidade artesanal, atenção aos detalhes, excelente conhecimento técnico e toda a sensibilidade humana que é necessária para alcançar a melhor e mais honesta possível reprodução da música gravada".

Ainda no final dizer, com orgulho e uma ponta de vaidade q.b., tal como ele, que andámos anos e anos à procura e só agora conseguimos

cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 19:39

Goansipife escreveu:
E depois há o vinho e a vergonha Embarassed

... Arrisco e acabo mesmo por oferecer este vinho ao pessoal. Por vergonha, ou outra razão qualquer de acanhamento pelo ridículo, ou menor dignidade, fecho-me em copas e não menciono o preço, tentando sempre disfarçar o preço, principalmente quando alguém, desconhecedor da proveniência do dito, elogia-o e rotula-o de muito bom.
...
Quantas vezes não temos algum decoro, vergonha, timidez, em dizer que o nosso sistema não é composto por esta ou aquela marca do tão badalado High-end ...  

Não sei se o termo "vergonha" é o mais indicado, e talvez infelismente sim ... mas, talvez o problema à volta do Low-end seja criado pelo espaço vazio que existe entre a "vergonha" de uns e o "orgulho e vaidade" dos outros, como se alta fidelidade fosse binària e que oscile entre o barato e mau e o bom mas caro. Este topico sobre a alta-fidelidade com preço de amigo não é muito frequentado, quer dizer por isso que a alta-fidelidade barata não interessa a ninguém?... que é vergonhoso ter um bom sistema mas que não é caro?... ou simplesmente que ninguém se gaba de ter um sistema bom e barato pois "não hà ném orgulho ném vaidade" nessa pocessão??? Não sei, mas neste aspecto o problema é ainda mais complexo, pois toca ao humano!

Hà uns anos atràs quando as pessoas me vinham perguntar se eu conhecia uma célula boa e barata e que aconselhava a M75, diziam-me logo se eu não conhecia qualquer coisa de mais a sério e ao qual eu respondia:

-Mais a sério ou mais cara ???...

Hoje aconselho directamente a Ortofon Bronze, que é mais cara ... e ninguém me pergunta se conheço algo mais a sério e economiso assim tempo e saliva !!!

Qual amador da DL103 tém vontade de experimentar no lugar uma SC35C e economisar mais de 200€, ou no lugar da SPU e economisar 1000€ ???... muito poucos e na verdade ninguém, ora que a BBC preferia essa MM em relação à MC da Ortofon, mas é conhecido que os engenheiros da BBC não tinham "ouvidos"...

Pois é !...    cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
lore
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 11/07/2010
Localização : lisboa

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 20:42

Pois é caro Paulo , o audiófilo é um gênero complicado de entender ....
Dentro deste meio , o tipo do sistema de milhões quase sempre é levado mais a sério que o dos tostões !
Voltar ao Topo Ir em baixo
lore
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 11/07/2010
Localização : lisboa

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 20:48

Respondendo ao Gonçalo , acho que os produtos do Joaquim , do Nuno , do Joao são de uma qualidade muito acima da média . São daquelas peças que já não pensamos em trocar . Orgulho enorme de os conhecer pessoalmente, acompanhar o desenvolvimento de alguns projectos e "pena" por estarem em Portugal terra das oportunidades .
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 21:35

lore escreveu:
Respondendo ao Gonçalo , acho que os produtos do Joaquim , do Nuno , do Joao são de uma qualidade muito acima da média . São daquelas peças que já não pensamos em trocar . Orgulho enorme de os conhecer pessoalmente, acompanhar o desenvolvimento de alguns projectos e "pena" por estarem em Portugal terra das oportunidades .

Eles deveriam se unir para divulgar as produções deles, o que multiplicaria o impacto e seria uma grande força. O "Portugaudio" nesse aspecto era uma muito boa iniciativa ... e nmho deveria continuar a existir !!! cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1970
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Qui Mar 29 2018, 22:17

TD124 escreveu:


Hoje aconselho directamente a Ortofon Bronze, que é mais cara ... e ninguém me pergunta se conheço algo mais a sério e economiso assim tempo e saliva !!!


Pois é !...    cheers

A realidade da ilusão é tramada smedley smedley smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 07:12

Mário Franco escreveu:
TD124 escreveu:


Hoje aconselho directamente a Ortofon Bronze, que é mais cara ... e ninguém me pergunta se conheço algo mais a sério e economiso assim tempo e saliva !!!


Pois é !...    cheers

A realidade da ilusão é tramada smedley smedley smedley


_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 11:21

TD124 escreveu:


Hà uns anos atràs quando as pessoas me vinham perguntar se eu conhecia uma célula boa e barata e que aconselhava a M75, diziam-me logo se eu não conhecia qualquer coisa de mais a sério e ao qual eu respondia:

-Mais a sério ou mais cara ???...

Hoje aconselho directamente a Ortofon Bronze, que é mais cara ... e ninguém me pergunta se conheço algo mais a sério e economiso assim tempo e saliva !!!

Qual amador da DL103 tém vontade de experimentar no lugar uma SC35C e economisar mais de 200€, ou no lugar da SPU e economisar 1000€ ???... muito poucos e na verdade ninguém, ora que a BBC preferia essa MM em relação à MC da Ortofon, mas é conhecido que os engenheiros da BBC não tinham "ouvidos"...

Pois é !...    cheers
Feel guilty....Asking for something more serious could be me, too!

The SC35C is worth a try, perhaps in a heavier arm?
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 13:11

mannitheear escreveu:
(...)Feel guilty....Asking for something more serious could be me, too!

Yes indeed as all my friends some years ago ... but today their only headache is to break the SAS stylus  affraid

The SC35C is worth a try, perhaps in a heavier arm?

It's not an easy answer, so i'm going to turn it in a different way ... if you or anyone feel that a cartridge like DL103 or old SPU's is worthing a try and they love their sound, so the SC35C deserves more than a simple try, she deserves attention, care and recognition. Of course, in a HEAVY tonearm as the MC's i've told before ...

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4402
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 13:51

Prezado mannitheear,

O companheiro TD124 recomenda bem a Shure SC35C. Desde os anos 80 que conheço essa célula, a qual, dada a utilização por animadores musicais, denominados disc jockey, não é considerada para o mercado doméstico. Essa desconsideração, será causada pelos vendedores e por quem possui gira-bolachas no seu sistema, pois por vezes, além de olharem com desdém para o material profissional, colocam as mãos à cabeça ao constatarem o peso recomendado (4,5 gramas).affraid Contudo, se tem hipótese de experimentar um exemplar do modelo supracitado, pode incorrer em erro ao hesitar.

Com melhores cumprimentos,
What a Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 14:39

Ghost4u escreveu:
(...) Desde os anos 80 que conheço essa célula, a qual, dada a utilização por animadores musicais, denominados disc jockey, não é considerada para o mercado doméstico. ...

Antes de ser utilisada pelos DJ's a Shure SC35C lançada em 1971 (ano do SP10 Wink ) era uma célula "professional broadcast" criada para se casar com o braço BBC MP1-18 montado nos ... 301 e SP10 !!!

"... Shure's SC35C (footnote 1) is currently billed as a "DJ Record Needle" on Shure's website, but it's more than that. A broadcast-quality cartridge introduced in the 1970s, the SC35C was created to be used with a BBC MP1-18 tonearm fitted to the BBC-spec Technics SP-10 turntable (see photo). Shure calls the SC35C a "professional" cartridge designed to have excellent "tonal balance and clarity throughout the audio range." ...

Leiam este artigo sobre esta célula e tenho a certeza que vão deixar de ver esta célula como uma charrua !!!

https://www.stereophile.com/content/gramophone-dreams-3-shure-sc35c

cheers

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4402
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 14:56

Prezado TD124,

Tenho conhecimento da informação concedida referente à utilização da Shure no mercado profissional. Eu próprio, como ferramenta de trabalho, tive Garrard e EMT 938, cuja célula instalada era a CS35C.

Com melhores cumprimentos,
What a Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 15:04

Ghost4u escreveu:
... Tenho conhecimento da informação concedida referente à utilização da Shure no mercado profissional. Eu próprio, como ferramenta de trabalho, tive Garrard e EMT 938, cuja célula instalada era a CS35C. ...

Então grite comigo a esta gente toda que é uma célula de respeitar com o braço adequado... lol!

Num 938 com um braço là para os lados do pesado(ão) ... não deve ser nada mal 2cclzes

Abraço

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4402
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 15:32

No EMT 938, gostei mais da Shure CS35C do que da EMT TSD15. Tal episódio repetiu-se no Clearaudio Reference, equipado com braço Souther TQ-1; o representante, orgulhosamente demostrando o gira-bolachas com a célula Insider, da própria Clearaudio, quando permitiu que fizesse a instalação da Shure, após a escuta, ficou de queixo caído. Mas tais impressões são pessoais, pois reconheço que na minha Caixa Idiota Instruída, o Tico e o Teco têm gostos diferentes.Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
TD124
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3570
Data de inscrição : 07/07/2010
Idade : 52
Localização : França

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 16:11

Ghost4u escreveu:
No EMT 938, gostei mais da Shure CS35C do que da EMT TSD15. Mas isso sou eu, pois na minha Caixa Idiota Instruída, o Tico e o Teco têm gostos diferentes.Smile  

MODO ADMINISTRATIVO: Por ter proferido e escrito uma tal heresia e que de memoria de administrador é a maior blasfémia jamais proferida contra as MC's e contra o High-End em geral ... voçê é condenado a ouvir o oratorio Matthäus-Passion do Bach mais o Stabat Mater do Pergolese e ainda uma AVE MARIA do Schubert, e tudo isto num 401 com braço Rega e uma EMT TSD15!!!... isto para lhe aprender a respeitar as células miticas e no intuito de lavar esse pecado de luxuria de preferir as MM's. Està dito!...

lol!                          

_________________
Il semble que la perfection soit atteinte, non quand il n'y a plus rien à ajouter mais quand il n'y a plus rien à retrancher... Antoine de Saint-Exupéry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4402
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 16:19

TD124 escreveu:
MODO ADMINISTRATIVO: Por ter proferido e escrito uma tal heresia e que de memoria de administrador é a maior blasfémia jamais proferida contra as MC's e contra o High-End em geral ...


Serei o peluche posicionado na esquerda Question
Voltar ao Topo Ir em baixo
mannitheear
Membro AAP
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 01/08/2013

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 17:03



Great stuff!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1970
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 60
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 19:35

TD124 escreveu:
Ghost4u escreveu:
No EMT 938, gostei mais da Shure CS35C do que da EMT TSD15. Mas isso sou eu, pois na minha Caixa Idiota Instruída, o Tico e o Teco têm gostos diferentes.Smile  

MODO ADMINISTRATIVO: Por ter proferido e escrito uma tal heresia e que de memoria de administrador é a maior blasfémia jamais proferida contra as MC's e contra o High-End em geral ... voçê é condenado a ouvir o oratorio Matthäus-Passion do Bach mais o Stabat Mater do Pergolese e ainda uma AVE MARIA do Schubert, e tudo isto num 401 com braço Rega e uma EMT TSD15!!!... isto para lhe aprender a respeitar as células miticas e no intuito de lavar esse pecado de luxuria de preferir as MM's. Està dito!...
lol!                          

 Manifestação solidária a ghost e à complaçência cúmplice de TD124 lol! O pecado capital é atentar contra a inteligência. Não foi o caso (muito pelo contrário).

Nunca usei a 35 mas num dos GDs tenho uma M44-7 de 1973 com uma agulha N44-7 original NOS que também é considerada cabeça de DJ. Eu gosto bastante dela.

Mais acima o camarada ghost (havia um filme chamado ghost o espírito do amor  não leve a mal a alusão lol!) refere-se ao peso 4,5g mas eu recordo as palavras de CNeves,  que aqui no fórum há muito tempo,  explicou que uma agulha elíptica regulada para 1,7g exerce muito mais pressão sobre um disco do que uma agulha esférica regulada para 3g (porque a superfície de apoio da esférica é maior do que a da elíptica).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4402
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   Sex Mar 30 2018, 19:53

Mário Franco escreveu:
(...) o camarada ghost (havia um filme chamado ghost o espírito do amor  não leve a mal a alusão lol!) refere-se ao peso 4,5g mas eu recordo as palavras de CNeves,  que aqui no fórum há muito tempo,  explicou que uma agulha elíptica regulada para 1,7g exerce muito mais pressão sobre um disco do que uma agulha esférica regulada para 3g (porque a superfície de apoio da esférica é maior do que a da elíptica).

Em nada levo a mal a alusão.
Quanto à explicação de CNeves, fez bem avivar a Caixa Idiota Instruída com esse pormenor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: High-Ai Low-End   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
High-Ai Low-End
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» [YOUTUBE] Tocando ACES HIGH sem um braço!!!
» High End em Munique
» High End Phono Pre-Amplifiers XXX
» Entradas High e Low
» Tem como usar Input High e Low do Staner BX200 ao mesmo tempo com o mesmo baixo?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: