Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
reirato
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3029
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 73
Localização : Stª Maria de Belém, Lisboa

MensagemAssunto: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Qua Abr 27 2016, 16:10

Pois, isto é muita areia para a minha carroça!...

Mas aqui fica à, benévola, consideração dos teóricos, matemáticos, filosofos e designers!...

http://shure.custhelp.com/app/answers/detail/a_id/4072/~/high-fidelity-phonograph-cartridge---technical-seminar

study scratch  

geek

king
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://arato.rocha@gmail.com
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Qua Abr 27 2016, 16:14

Muitos estudos comprimidos, muito conhecimento acumulado.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1610
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 59
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Qua Abr 27 2016, 16:44

reirato escreveu:
Pois, isto é muita areia para a minha carroça!...


Idem para a minha (a V15 como corolário referencial ? smedley / diferente isso sim)

Além do mais já comi muito gato por lebre à conta do marketing e dos artigos técnicos "isentos"

No hi-fi o mito de que a evolução tecnológica corresponde a um aperfeiçoamento da musicalidade é um dos maiores novelos em que nos podemos enredar.

Nesta fase do meu campeonato estou como o São Tomé, tenho de "ouver" para crer

E como já perdi a vergonha de passar por ignorante, porque não compro os aparelhos para mostrar às visitas  lol!  até me dou ao luxo de gostar de algumas sonoridades que não são hi-tec, nem hi-end smedley
Voltar ao Topo Ir em baixo
mango
Membro AAP
avatar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2010

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Seg Jan 23 2017, 14:49

reirato escreveu:
http://shure.custhelp.com/app/answers/detail/a_id/4072/~/high-fidelity-phonograph-cartridge---technical-seminar

Muito bom material sim senhor Wink

Uma das coisas que gostava de perceber, a proposito de um vide que vi ha tempos (e que a resposta ate pode estar na compilação desses textos, mas ainda vou no princípio) é porque é que a audio technica prefere, pelos menos em certas células, meter os imans fora da encapsulamento, ao passo que os restantes fabricantes os imans estão dentro e mais junto à bobine.

Por exemplo umas das coisas que pode acontecer, diria que com alguma frequência, é pelo facto de os imans serem exteriores poderem ficar desalinhados com facilidade com a bobine.

se pensarmos que o fluxo magnetico, que é o que vai dar origem a uma corrente induzida na bobine, é dependente do vector normal e o vector de indução (na realidade é o coseno do angulo destes dois) qualquer toque no iman pode fazer com que este fique desalinhado e o fluxo magnetico baixe consideravelmente, originando uma corrente menor e o pessoal notar problemas num dos canais. O simples facto de os imans estarem fora significa tambem que o proprio vector de indução é menor...mas talvez usassem imans de um material magnetico maior, não sei.

mas pronto, obrigado pela partilha...é muito bom material mesmo.

Há um livro que aborda algumas destas tematicas, que é o From Tinfoil to Stereo, mas nunca o li.

https://www.amazon.com/Tinfoil-Stereo-Acoustic-Recording-1877-1929/dp/0813013178



Voltar ao Topo Ir em baixo
reirato
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3029
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 73
Localização : Stª Maria de Belém, Lisboa

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Seg Jan 23 2017, 15:52

mango escreveu:
... ... ... meter os imans fora da ... ... ...



Eu agora ando numa de .... meter os imans fora da equação!?...

Ando de volta destas que não sendo magnéticas... òbviamente não têm imans!?



TECHNICS, EPC-460c e PANASONIC EPC-451c

E querendo há-as mais modernas, melhores e maaaais caras...

Soundsmith, SG-220 Strain-Gauge

king
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://arato.rocha@gmail.com
mango
Membro AAP
avatar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2010

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Seg Jan 23 2017, 16:23

Olá reirato,

Tive que ir googlar porque nem sequer sabia o principio de funcionamento dessas celulas...

https://en.wikipedia.org/wiki/Strain_gauge

mas isso deve precisar de DC...como é que pensas alimentar a celula? Só curiosidade minha
Voltar ao Topo Ir em baixo
mango
Membro AAP
avatar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2010

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Seg Jan 23 2017, 16:35

terias que usar um pre deste tipo certo? http://www.sound-smith.com/strain-gauge-preamplifier/signature-sg-systems-preamplifier

senão não estou a ver...isso num pre normal não vai funcionar.

eu nem sabia que havia células com 4 canais Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Seg Jan 23 2017, 16:41

mango escreveu:
terias que usar um pre deste tipo certo? http://www.sound-smith.com/strain-gauge-preamplifier/signature-sg-systems-preamplifier

senão não estou a ver...isso num pre normal não vai funcionar.

eu nem sabia que havia células com 4 canais Embarassed


Ele tem mais do que um pré dedicado a este tipo de células.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
reirato
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3029
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 73
Localização : Stª Maria de Belém, Lisboa

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Seg Jan 23 2017, 23:10

António José da Silva escreveu:
mango escreveu:
terias que usar um pre deste tipo certo? http://www.sound-smith.com/strain-gauge-preamplifier/signature-sg-systems-preamplifier

senão não estou a ver...isso num pre normal não vai funcionar.

eu nem sabia que havia células com 4 canais Embarassed


Ele tem mais do que um pré dedicado a este tipo de células.

Não, num pre normal não sai nada... siléncio absoluto!
E, dispensa a equalização, RIAA ou outra qualquer!?....

Tenho 3 destes,


e um destes,


scratch

king
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://arato.rocha@gmail.com
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Seg Jan 23 2017, 23:46

reirato escreveu:

E, dispensa a equalização, RIAA ou outra qualquer!?....




Depois de muita investigação, parece que não é bem bem assim.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
reirato
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3029
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 73
Localização : Stª Maria de Belém, Lisboa

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Ter Jan 24 2017, 00:05

António José da Silva escreveu:
reirato escreveu:

E, dispensa a equalização, RIAA ou outra qualquer!?....




Depois de muita investigação, parece que não é bem bem assim.


Dos domínios da SOUNDSMITH, USA:

What is so unique about a Strain Gauge Cartridge?

How does it work?

Why no RIAA or Phono preamp?

Long Story. Interesting answers........

About:

The Strain Gauge cartridge is not at all like any other cartridge. All other cartridges, whether moving magnet, moving coil, or moving iron, are "generators" - that is, you put motion in, and you get energy out.....a tiny voltage that you amplify and send to your speakers. The key here in describing all other cartridges is in the word MOVING.  All other cartridges need to move a mass around - a magnet, and iron core with wires (moving "coil") or moving iron. They are all magnetic generating systems, which require a mass to be constantly moved to generate a voltage.

When you move any mass, it has stored energy, just like your car when you get it going. When you need to turn, or slow down, the mass tries to keep you from doing so. Imagine a stylus in the groove of a record that must make lots of changes in direction to follow the groove walls. Imagine how the mass of the generating parts must restrain the stylus as it tries to move.

Now, imagine driving a car where you and the car have NO MASS. If you can, then you can understand only one reason why the Strain Gauge is so exciting; it has almost no "stored energy" in the moving system - there IS no large amount of "mass" to move around - it does NOT have to move around a magnet, or wire coils, or iron. This means that the stylus stays in much better statistical contact with the groove walls of your records because there is no large mass trying to keep it from doing so. Imagine how different that sounds.

Inertia (the law by which mass tends to stay at rest or continue in the direction in which it was moving) makes all styli "jitter" or jump about in the groove of the record, and not stay in intimate contact with the groove wall. If a stylus can't follow the groove wall, you cant hear what's on the record. Its that simple.

So how does it work if it doesn't generate a voltage???

The SG cartridge has two Strain Gauge elements, pieces of silicon crystal that when compressed or expanded by tiny amounts, change resistance. The cantilever suspension, a necessary part of any cartridge, is coupled to these elements. The energy that is usually always "lost" into the suspension of all cartridges is used to couple the stylus movement and create the signal in our Strain Gauge cartridge. It is also a purely "resistive" system, with no coils of wire to alter the high frequency performance, or pick up hum, noise or radio stations! Our preamp supplies it a flow of electricity, which it varies, and that gets amplified.

Why no RIAA required??

The Strain Gauge cartridge does not use or require an RIAA playback filter because it inherently plays the RIAA recording EQ curve used on the record correctly. This is because the RIAA recording curve used to make the original master recording with a magnetic cutter head COMPENSATES for the normal cutter head velocity response and thereby results in a groove that is  basically equal “displacement” for a signal that is swept from 20 Hz. to 20 Khz. and is an amplitude flat (equal volume) input signal. How does that happen? Simply. Without RIAA, the "velocity" response of the magnetic cutter head would normally cut a large displacement groove for low frequencies, and less displacement as the frequency rises. Using RIAA, which LOWERS the amplitude (volume) as the frequency lowers and raises it as the frequency increases, it "COMPENSATES" for the natural displacement differences of a magnetic cutter head's response and RESULTS in a basically equal displacement groove, for a flat, frequency swept (20 to 20K) input signal. Since normal magnetic cartridges are velocity sensitive devices (whose output is sensitive or proportional to velocity), they need the RIAA inverse filter to result in a flat playback response of a groove cut with an RIAA recording curve.  However, since the Strain Gauge is a DISPLACEMENT sensitive device, it automatically produces a basically flat response from a RIAA encoded groove, which as stated above, is a basically equal displacement recorded groove.  

The Strain Gauge cartridge is a displacement device, producing an output that is dependent and directly proportional to the amount of displacement of the stylus, NOT the velocity, like magnetic cartridges. It therefore inherently plays the RIAA encoded groove correctly. If one inspects the RIAA EQ, one will discover that there are two areas that occur where a displacement type cartridge will deviate a small amount from a perfectly flat playback of the recorded RIAA groove, and therefore will not produce a perfectly flat response.

Attempts made in the distant past to perfectly and absolutely correct Strain Gauge cartridges for any amplitude anomaly have required complex equalization circuits, which add circuitry. Adding circuitry to the signal path is strongly against our audio faith tradition. It is the Soundsmith’s belief that human hearing is much more forgiving of amplitude errors than time errors, so we have made the required but absolutely minimal efforts to correct for any amplitude deviation from absolute flatness. The result is a very flat signal that does not deviate from the RIAA curve in an appreciable manner. We have also done it with NO ADDITIONAL circuitry that the signal must pass through. We believe that is the right way to do things.


Because it has ultra-low moving mass, and because it uses no wire coils, it has a high frequency performance to beyond 70 Khz. Because it goes all the way down to DC, we can use that DC information (on some models) to display tracking forces, forces on each groove wall, record eccentricity and "AC" component of the tracking force (record warp). Because it does NOT have to move around a large mass, and has almost not "stored" energy in a moving system that is required in magnetic cartridges, it can track details that MC and MM designs simply cannot hope to track as they suffer from the stylus "jittering" or chattering down the groove walls due to reflected energy from the generator. The stylus in a properly designed SG cartridge therefore stays in intimate contact with the record groove. And because we engineered it carefully, our Strain Gauge has user replaceable styli, a first for high end cartridges.

That's a lot of "because's". And there's more.

I will be glad to consult with those who are seriously interested in owning this system. All cartridges are individually hand-made by me, and I take great care in doing so.

If you search this website, you will find some anecdotal and additional technical information on our Strain Gauge Cartridge and preamp systems......both our entry level SG-200/210/230 systems as well as our top of the line Signature systems.

Thanks for your interest - Peter Ledermann/President & Chief Engineer


Detailed Question:



What is so unique about a Strain Gauge Cartridge? How does it work? Why no RIAA or Phono preamp?

Refers to

Strain Gauge Cartridge Systems
 


studystudystudy

king
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://arato.rocha@gmail.com
Ghost4u
Membro AAP
avatar

Mensagens : 3457
Data de inscrição : 13/07/2010
Localização : Ilhéu Chão

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Ter Jan 24 2017, 00:12



Ainda fazem ressuscitar as personagens da foto, no episódio "olhe que não doutor, olhe que não"...
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Ter Jan 24 2017, 00:42

Conheço bem o texto da Soundsmith e na altura em que andei a investigar estas células, falei bastante sobre este sistema com o Dr. Seibt que inclusive trabalhou bastante no desenvolvimento de sistemas Strain-gauge para mais do que uma aplicação (tais como balanças de precisão), e ele diz que não é bem assim. Terá sempre que ter alguma "correcção" a não ser que eles não respeitem assim tanto nem corrijam correctamente a norma da equalização gravada.


Assunto algo complexo ao qual também não cheguei a uma conclusão final.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
mango
Membro AAP
avatar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2010

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Ter Jan 24 2017, 08:59

Interessante.
Fui pesquisar um pouco sobre o tema da necessidade ou não de equalização e realmente não é consensual.

Mas de facto olhando para a foto do desmodulador SH-400 que o reirato colocou estes aparelhos vinham preparados para trabalhar com células normais (dá para ver o switch no painel frontal) e, pegando num documento da JVC que tenta explicar o sistema quadrifonico de raiz, às tantas no diagrama de blocos dizem o seguinte:

"The composite signal from the cartridge first undergoes RIAA equalization, but only in the lower part of the frequency spectrum and only if a magnetic cartridge is used, as the semiconductor cartridge is self-equalizing in the low range"

http://www.quadraphonic.info/manuals/All_Youve_Ever_Wanted_to_Know_about_the_CD-4_Disk_System.pdf

Talvez a "não necessidade" de correcção da RIAA tenha sido um argumento dos fabricantes e talvez o pessoal se tenha apercebido que não seria bem assim e alguma correcção teria que ser feita?

O que achas do som reirato? ou não fosse isso o mais importante Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64345
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...   Ter Jan 24 2017, 10:24


_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Teoria! Teoria!... Será isto o "estado da arte"!? ...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Se isto não é arte ....
» Algumas perguntas basicas sobre teoria e etc...
» Novos lançamentos em teoria musical para contrabaixo
» Teoria da música (qual livro estudar) e aulas em vídeo
» Harmonia com o mínimo de Teoria possível!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Phono Geral :: Células e Agulhas-
Ir para: