Áudio Analógico de Portugal
Bem vindo / Welcome / Willkommen / Bienvenu

Áudio Analógico de Portugal

A paixão pelo Áudio


Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...
 
InícioPortalCalendárioPublicaçõesFAQGruposRegistrar-seConectar-se
Fórum para a preservação e divulgação do áudio analógico, e não só...

Compartilhe | 
 

 Lojas tradicionais de cd´s

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
nbaptista
Membro AAP


Mensagens : 213
Data de inscrição : 31/03/2015

MensagemAssunto: Lojas tradicionais de cd´s   Sex Abr 22 2016, 18:58

Boa tarde,
Na cidade onde vivo(Coimbra) fecharam todas as tradicionais lojas de cd´s e apenas ficaram FNAC´s e Worten´s.O espaço tradicional onde se falava com o lojista e se trocavam algumas ideias sobre musica cedeu ao avanço das superfícies comerciais com os seus grandes descontos.Ainda hoje comprei na FNAC um cd dos Sun Kil Moon e em casa a pesquisar na Net descobri que o vocalista era o Mark Kotzeleck .Que saudades dos tempos em que essas informações me eram transmitidas pelo lojista,agora nas grandes superfícies a lógica é mais de self service. Enfim , sinais dos tempos, o atendimento personalizado cada vez é mais raro!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Sex Abr 22 2016, 19:05

Mudam-se os tempos...

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
zaratustra
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4763
Data de inscrição : 09/07/2010
Localização : Frossos, Albergaria-a-Velha

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Sex Abr 22 2016, 19:08

É verdade. Essa é uma das marcas do nosso tempo...
Globalização, massificação. Parece que perdemos o direito à diversidade. Hélas!
Contudo, há que ter esperança. O mesmo se verificou em cidades maiores (Lisboa, Porto) e agora já é possível entrarmos em diversas pequenas lojas de música. Esperemos que o mesmo aconteça com (a minha bonita cidade de) Coimbra.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://zaratustrices.blogspot.com/
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Sex Abr 22 2016, 19:11

zaratustra escreveu:
É verdade. Essa é uma das marcas do nosso tempo...
Globalização, massificação. Parece que perdemos o direito à diversidade. Hélas!
Contudo, há que ter esperança. O mesmo se verificou em cidades maiores (Lisboa, Porto) e agora já é possível entrarmos em diversas pequenas lojas de música. Esperemos que o mesmo aconteça  com (a minha bonita cidade de) Coimbra.



Por outro lado, ganhamos espaços como este e como outros onde se pode compartilhar musica (e todo o tipo de saber em geral) à distancia de um click. Nem tudo é mau.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
nbaptista
Membro AAP


Mensagens : 213
Data de inscrição : 31/03/2015

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Sex Abr 22 2016, 19:15

zaratustra escreveu:
e agora já é possível entrarmos em diversas pequenas lojas de música. Esperemos que o mesmo aconteça  com (a minha bonita cidade de) Coimbra.

Aqui em Coimbra acho isso difícil de acontecer, porque esse tipo de lojas requerem muitos €€€ investimento para "aguentar" os primeiros meses . Aqui em Coimbra investe-se mais em bares e discotecas para os estudantes!E depois há as grandes superficies comerciais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1168
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 47
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Ter Abr 26 2016, 18:30

Os meus primeiros discos foram adquiridos em discotecas (sim, era esse o nome das lojas que vendiam discos) de Águeda.
Eram três. Em todas elas, encontrava sempre tipos (nunca percebi este afastamento das ladys) na conversa sobre os artistas, as bandas e os lançamentos do momento.
Lembro-me que vinha da escola para casa a pé (e não de "camioneta carreira") e poupava uns escudos que juntava para investir em discos. No mínimo, 2 LPs por mês.
Nostalgia.... Neutral

Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Ter Abr 26 2016, 23:05

jorge.henriques escreveu:
Os meus primeiros discos foram adquiridos em discotecas (sim, era esse o nome das lojas que vendiam discos) de Águeda.
Eram três. Em todas elas, encontrava sempre tipos (nunca percebi este afastamento das ladys) na conversa sobre os artistas, as bandas e os lançamentos do momento.
Lembro-me que vinha da escola para casa a pé (e não de "camioneta carreira") e poupava uns escudos que juntava para investir em discos. No mínimo, 2 LPs por mês.
Nostalgia.... Neutral




Era a verdadeira paixão pelos discos e pela musica. Hoje, a malta nova faz download de discografias completas que depois acabam por não ouvir nada de jeito, nem na ordem cronológica nem sequer um álbum por inteiro.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
jorge.henriques
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1168
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 47
Localização : Águeda

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Ter Abr 26 2016, 23:42

António José da Silva escreveu:
jorge.henriques escreveu:
Os meus primeiros discos foram adquiridos em discotecas (sim, era esse o nome das lojas que vendiam discos) de Águeda.
Eram três. Em todas elas, encontrava sempre tipos (nunca percebi este afastamento das ladys) na conversa sobre os artistas, as bandas e os lançamentos do momento.
Lembro-me que vinha da escola para casa a pé (e não de "camioneta carreira") e poupava uns escudos que juntava para investir em discos. No mínimo, 2 LPs por mês.
Nostalgia.... Neutral




Era a verdadeira paixão pelos discos e pela musica. Hoje, a malta nova faz download de discografias completas que depois acabam por não ouvir nada de jeito, nem na ordem cronológica nem sequer um álbum por inteiro.

E, o pior de tudo, deixa de haver aquela relação forte que se criava com um álbum.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Ter Abr 26 2016, 23:43

jorge.henriques escreveu:


E, o pior de tudo, deixa de haver aquela relação forte que se criava com um álbum.


E subsequentemente, com a musica.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tankado
Membro AAP
avatar

Mensagens : 663
Data de inscrição : 29/01/2016
Idade : 25
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Ter Abr 26 2016, 23:55

António José da Silva escreveu:
jorge.henriques escreveu:
Os meus primeiros discos foram adquiridos em discotecas (sim, era esse o nome das lojas que vendiam discos) de Águeda.
Eram três. Em todas elas, encontrava sempre tipos (nunca percebi este afastamento das ladys) na conversa sobre os artistas, as bandas e os lançamentos do momento.
Lembro-me que vinha da escola para casa a pé (e não de "camioneta carreira") e poupava uns escudos que juntava para investir em discos. No mínimo, 2 LPs por mês.
Nostalgia.... Neutral




Era a verdadeira paixão pelos discos e pela musica. Hoje, a malta nova faz download de discografias completas que depois acabam por não ouvir nada de jeito, nem na ordem cronológica nem sequer um álbum por inteiro.

Verdade, verdadinha...
Eu desde que comecei a ouvir discos estou "farto" de descobrir musica. Tanto de novos/"novos" artistas como de artistas que eu ouvia e até pensava que conhecia.

Há musicas que eu nem gostava e agora gosto muito. Eu sempre ouvi muita musica mas acho que ouvir com "ouvidos de ouvir" só agora...

Pode ser que seja um defeito meu ou apenas um mau hábito da geração do digital, com cd ou ficheiros uma pessoa tem sempre a tendência de passar à frente se não gosta de algo ou só para ouvir "aquela musica" e acaba por perder partes boas de outras faixas. Se calhar vocês que são de outro tempo e o formato normal eram os discos não têm tanto essa tendência de passar à frente mesmo ouvindo outros meios.

Agora mais do que nunca, acho que quando estou a ouvir um disco não estou só a ouvir mas também a apreciar o que o artista realmente fez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Qua Abr 27 2016, 00:13

Tankado escreveu:
António José da Silva escreveu:
jorge.henriques escreveu:
Os meus primeiros discos foram adquiridos em discotecas (sim, era esse o nome das lojas que vendiam discos) de Águeda.
Eram três. Em todas elas, encontrava sempre tipos (nunca percebi este afastamento das ladys) na conversa sobre os artistas, as bandas e os lançamentos do momento.
Lembro-me que vinha da escola para casa a pé (e não de "camioneta carreira") e poupava uns escudos que juntava para investir em discos. No mínimo, 2 LPs por mês.
Nostalgia.... Neutral




Era a verdadeira paixão pelos discos e pela musica. Hoje, a malta nova faz download de discografias completas que depois acabam por não ouvir nada de jeito, nem na ordem cronológica nem sequer um álbum por inteiro.

Verdade, verdadinha...
Eu desde que comecei a ouvir discos estou "farto" de descobrir musica. Tanto de novos/"novos" artistas como de artistas que eu ouvia e até pensava que conhecia.

Há musicas que eu nem gostava e agora gosto muito. Eu sempre ouvi muita musica mas acho que ouvir com "ouvidos de ouvir" só agora...

Pode ser que seja um defeito meu ou apenas um mau hábito da geração do digital, com cd ou ficheiros uma pessoa tem sempre a tendência de passar à frente se não gosta de algo ou só para ouvir "aquela musica" e acaba por perder partes boas de outras faixas. Se calhar vocês que são de outro tempo e o formato normal eram os discos não têm tanto essa tendência de passar à frente mesmo ouvindo outros meios.

Agora mais do que nunca, acho que quando estou a ouvir um disco não estou só a ouvir mas também a apreciar o que o artista realmente fez.


A malta antigamente (isto soa-me mal... Laughing ), pelo menos os que sempre apreciaram e compraram álbuns, comprava-mos porque gostava-mos da obra "toda", o álbum completo. Muitos dos álbuns eram verdadeiras histórias que só faziam sentido ouvindo na sua totalidade, como é o caso de muitos álbuns conceptuais, seja de prog, de kraut ou de outro género. Era necessário ouvir a sua totalidade. Era necessário passar por partes que no inicio se gostava menos para que no fim tudo fizesse sentido.
Lembro-me de ouvir álbuns vezes sem conta, ler as letras, agarrar no dicionário para entender esta ou aquela palavra e por ai a fora. Um álbum era ouvido, estudado, apreciado na sua totalidade enquanto hoje, na generalidade e exceptuando as sempre existentes excepções, é tudo ouvido de fugida. Não só não se ouvem álbuns completos como se chegou ao ponto de não se ouvirem musicas por completo.

E diga-se de passagem, o que a maioria faz hoje, não é apreciar musica.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tankado
Membro AAP
avatar

Mensagens : 663
Data de inscrição : 29/01/2016
Idade : 25
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Qua Abr 27 2016, 00:53

A audição de discos é muito mais propicia a apreciação do que através de ficheiros

Com os ficheiros uma pessoas com um simples click pode passar para algo que gosta mais (ou pelo menos pensa que sim) e isso acho que se torna um hábito e normal. Com os discos é todo um processo diferente, para além de ser fácil de criar uma ligação com o objecto e com o ritual é mais trabalhoso e difícil passar à frente.

Apreciar algo também requer treino e tempo, uma vez que estamos a falar de musica requer que se ouça uma obra na integra e mais do que um vez e isso é mais facil que aconteça com os discos e com o tempo torna-se normal apreciar a musica assim como é normal para quem sempre ouviu digital às vezes passar à frente.


Vocês sempre conheceram os discos e se calhar quando os ouviam não tinham 1001 coisas que podiam estar a fazer ao mesmo tempo, de certo modo apreciar a música era mais facil porque também haviam menos distracções. Mas nem toda a gente está perdida e pode ser salva como eu fui xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
luis lopes
Membro AAP
avatar

Mensagens : 4476
Data de inscrição : 25/02/2011
Idade : 50
Localização : algueirão

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Qua Abr 27 2016, 10:13

A era digital transpira.stress correria, deixamos
De ter tempo para viver e parece que estamos a
Meramente subreviver.
As melhores coisas da vida são as simplesmente analógicas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bluegirl
Membro AAP
avatar

Mensagens : 283
Data de inscrição : 24/04/2013
Idade : 33
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Seg Maio 02 2016, 16:02

Não sei se alguém já sabe, mas abriu recentemente uma loja de música dentro do metro dos Restauradores, exclusivamente dedicada á KIZOMBA !!
Voltar ao Topo Ir em baixo
António José da Silva
Membro AAP
avatar

Mensagens : 64365
Data de inscrição : 02/07/2010
Idade : 51
Localização : Quinta do Anjo

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Seg Maio 02 2016, 16:13

Bluegirl escreveu:
Não sei se alguém já sabe, mas abriu recentemente uma loja de música dentro do metro dos Restauradores, exclusivamente dedicada á KIZOMBA !!  


A isso chamo verdadeira especialização.

_________________
Digital Audio - Like Reassembling A Cow From Mince  


If what I'm hearing is colouration, then bring on the whole rainbow...


The essential thing is not knowledge, but character.
Joseph Le Conte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tankado
Membro AAP
avatar

Mensagens : 663
Data de inscrição : 29/01/2016
Idade : 25
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Seg Maio 02 2016, 21:13

António José da Silva escreveu:
Bluegirl escreveu:
Não sei se alguém já sabe, mas abriu recentemente uma loja de música dentro do metro dos Restauradores, exclusivamente dedicada á KIZOMBA !!  


A isso chamo verdadeira especialização.

Eu tenho uma opinião muito especial relativamente a esse assunto, acho que todas as cidades deviam abrir espaços dedicados a kizomba, discotecas, bares, restaurantes, lojas de "musica", etc... assim os locais recreativos e de lazer que frequento podia ser que se deixassem dessas modas Na volta ainda ficava pior para tentarem competir por esse tal "nicho"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bluegirl
Membro AAP
avatar

Mensagens : 283
Data de inscrição : 24/04/2013
Idade : 33
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Ter Maio 03 2016, 10:23

António José da Silva escreveu:
Bluegirl escreveu:
Não sei se alguém já sabe, mas abriu recentemente uma loja de música dentro do metro dos Restauradores, exclusivamente dedicada á KIZOMBA !!  


A isso chamo verdadeira especialização.

quando fizerem aulas, eu aviso-o!!

Tankado escreveu:
António José da Silva escreveu:
Bluegirl escreveu:
Não sei se alguém já sabe, mas abriu recentemente uma loja de música dentro do metro dos Restauradores, exclusivamente dedicada á KIZOMBA !!  


A isso chamo verdadeira especialização.

Eu tenho uma opinião muito especial relativamente a esse assunto, acho que todas as cidades deviam abrir espaços dedicados a kizomba, discotecas, bares, restaurantes, lojas de "musica", etc... assim os locais recreativos e de lazer que frequento podia ser que se deixassem dessas modas Na volta ainda ficava pior para tentarem competir por esse tal "nicho"

Por mim não me incomoda, supostamente a música tem de agradar a todos Smile nessas alturas aproveita-se e vai-se ao wc
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mário Franco
Membro AAP
avatar

Mensagens : 1610
Data de inscrição : 27/03/2013
Idade : 59
Localização : Paço de Arcos

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Ter Maio 03 2016, 11:38

António José da Silva escreveu:
Tankado escreveu:
António José da Silva escreveu:
jorge.henriques escreveu:
Os meus primeiros discos foram adquiridos em discotecas (sim, era esse o nome das lojas que vendiam discos) de Águeda.
Eram três. Em todas elas, encontrava sempre tipos (nunca percebi este afastamento das ladys) na conversa sobre os artistas, as bandas e os lançamentos do momento.
Lembro-me que vinha da escola para casa a pé (e não de "camioneta carreira") e poupava uns escudos que juntava para investir em discos. No mínimo, 2 LPs por mês.
Nostalgia.... Neutral




Era a verdadeira paixão pelos discos e pela musica. Hoje, a malta nova faz download de discografias completas que depois acabam por não ouvir nada de jeito, nem na ordem cronológica nem sequer um álbum por inteiro.

Verdade, verdadinha...
Eu desde que comecei a ouvir discos estou "farto" de descobrir musica. Tanto de novos/"novos" artistas como de artistas que eu ouvia e até pensava que conhecia.

Há musicas que eu nem gostava e agora gosto muito. Eu sempre ouvi muita musica mas acho que ouvir com "ouvidos de ouvir" só agora...

Pode ser que seja um defeito meu ou apenas um mau hábito da geração do digital, com cd ou ficheiros uma pessoa tem sempre a tendência de passar à frente se não gosta de algo ou só para ouvir "aquela musica" e acaba por perder partes boas de outras faixas. Se calhar vocês que são de outro tempo e o formato normal eram os discos não têm tanto essa tendência de passar à frente mesmo ouvindo outros meios.

Agora mais do que nunca, acho que quando estou a ouvir um disco não estou só a ouvir mas também a apreciar o que o artista realmente fez.


A malta antigamente (isto soa-me mal... Laughing  ), pelo menos os que sempre apreciaram e compraram álbuns, comprava-mos porque gostava-mos da obra "toda", o álbum completo. Muitos dos álbuns eram verdadeiras histórias que só faziam sentido ouvindo na sua totalidade, como é o caso de muitos álbuns conceptuais, seja de prog, de kraut ou de outro género. Era necessário ouvir a sua totalidade. Era necessário passar por partes que no inicio se gostava menos para que no fim tudo fizesse sentido.
Lembro-me de ouvir álbuns vezes sem conta, ler as letras, agarrar no dicionário para entender esta ou aquela palavra e por ai a fora. Um álbum era ouvido, estudado, apreciado na sua totalidade enquanto hoje, na generalidade e exceptuando as sempre existentes excepções, é tudo ouvido de fugida. Não só não se ouvem álbuns completos como se chegou ao ponto de não se ouvirem musicas por completo.

E diga-se de passagem, o que a maioria faz hoje, não é apreciar musica.

É verdade, então nos anos 70 o album conceptual, que desenvolvia uma narrativa, perfigurou-se quase como um produto sofisticado da música popular (rock), os artistas tentavam passar uma mensagem (muitas vezes enigmática, a roçar a profecia do oráculo) e quem os acompanhava tinha expectativas relativamente aos conteúdos publicados.

Porém, não havia tanta gente a ouvir música, nem do modo como hoje se ouve.

Hoje a música está ao nível da pastilha elástica, do fumar cigarro, do coçar (desculpem lá esta), do esgravatar o nariz (apre, ainda foi pior), do ler prospectos do supermercado, e por aí fora ...

Por outro lado ...

Se quisermos ver o positivo, devemos ter em linha de conta que o ambiente digital (estou a pensar no youtube) proporciona um manancial de dimensão enciclopédica.

A nossa capacidade para explorar e conhecer conteúdos (aos quais noutras circunstâncias nunca poderíamos aceder) aumentou exponencialmente.

Portanto o problema não está nos suportes (analógico ou digital) mas sim no modo como as pessoas os utilizam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
rkixa
Membro AAP
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 06/01/2016
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   Qua Maio 04 2016, 19:34

@nbaptista percebo o teu dilema também vivo em Coimbra e para comprar tem que ser fora! No entanto tens ao pé do Leroy Merlin a Stradivarius só visitei nunca comprei lá nada mas lojas do género aqui só conheço essa.

A morada é:
Galerias Pérola, Loja 6 R. Luís A. Duarte Santos nº 22
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Lojas tradicionais de cd´s   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Lojas tradicionais de cd´s
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Lojas tradicionais de cd´s
» Lojas na Gringa
» GK MB2-500, finalmente nas lojas.
» Lojas em Londres
» Lojas de material para DIY

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Áudio Analógico de Portugal :: Áudio Geral-
Ir para: